Aumento no Preço dos Carros Novos – Abril 2010



A crise financeira mundial foi superada com certa destreza pelo Brasil. Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do país, afirmou a vários veículos de comunicação brasileiros que a nação foi uma das últimas a sentir os abalos do colapso e a primeira a deixar o ambiente negativo propiciado pelo agravante problema.

Algumas medidas foram adotadas pelo governo, eficazes, claro, pois o nível de crescimento do país é um dos mais notáveis em todo o mundo. Uma das principais iniciativas foi a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) a veículos automotores, linha branca (fogões, geladeiras e máquinas de lavar) e construção civil. Porém, como boa parte da população tem conhecimento, desde 1º de abril o benefício deixou de existir quase em sua totalidade.



O portal mercado do UOL relacionou em 9 de junho, quarta-feira, que o preço dos automóveis novos aumentou mais de 1,8% no acumulado entre abril e o mês passado, conforme dados levantados no Índice de Preços ao Consumidor Amplo. André Beer, ex-presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), atualmente prestando consultoria ao segmento, reflete que dependerá das montadoras e das concessionárias a manutenção das vendas por meio de promoções.

Apesar dessas declarações, as próprias associações da esfera automotiva acreditam que a desaceleração é um efeito normal durante os próximos meses em virtude da volta da alíquota do IPI.

Fonte UOL



Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *