Mazda Motor pretende iniciar Vendas de Veículos no Brasil, Rússia e Índia



A confiança dos consumidores brasileiros, de vez em quando oscilante em determinadas épocas do ano, segue em alta. Os motivadores dessa tendência são o aumento do número de empregos formais ao longo dos últimos anos, o acesso ao crédito e o crescimento da remuneração média, uma tríade que há muito é levantada. As classes emergentes, tais como a nova classe média, se aventuram em compras e adquirem desde pequenos produtos de consumo rápido a bens duráveis, entre os quais residências e veículos automotores.

A economia brasileira parece contribuir na decisão de investimentos dentro das fronteiras, inclusive por parte de empresas estrangeiras, como é o caso da Mazda Motor, que projeta dobrar suas vendas anuais para próximo de 2 milhões de carros em meia década em todo o mundo, com alta proveniente dos mercados indiano e brasileiro.



De acordo com Takashi Yamanouchi, presidente-executivo da montadora, a Mazda crê na possibilidade de vender no Brasil, na Rússia e na Índia (integrantes, juntamente à China, do bloco BRIC) 300 mil unidades, dando a entender, pois, a intenção de a empresa ingressar no mercado tupiniquim, uma vez que por aqui não revende mais veículos desde 1998.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Reuters





Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *