Tesla Model S – Denúncia sobre aceleração involuntária do modelo





Tesla Model SO NHTSA, órgão responsável pela regulação de segurança no trânsito dos EUA, recebeu uma denúncia sobre a aceleração do Model S da empresa Tesla.

Segundo a esposa de um proprietário, o veículo teria acelerado de maneira involuntária enquanto ela fazia uma manobra. O veículo então colidiu com um muro, apesar de os freios terem sido acionados. Já a montadora americana afirma que a culpa pela batida é da mulher. Engenheiros da companhia realizaram testes preliminares e verificaram que a pressão no pedal subiu de 18% para 100%, o que potencializou a causa do acidente. Apesar disso, a Tesla também afirma, contraditoriamente, que o carro vem com um dispositivo de segurança que permite apenas 92% de pressão no acelerador.




O Model S é apresentado pela Tesla como o carro mais seguro nos Estados Unidos em seu site oficial. A empresa produz e vende carros elétricos há apenas 10 anos e ganhou atenção internacional após o desenvolvimento e criação do Tesla Roadster, considerado o primeiro carro esportivo elétrico do mundo.

O Tesla Model S é um hatch de luxo totalmente elétrico que foi mostrado ao público no Salão de Frankfurt em 2009. O modelo já foi lançado na Europa no meio deste ano.


Por Ebenézer Carvalho



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *