Dicas e cuidados que devem ser tomados antes de comprar um carro




O "sonho" do veículo próprio não se encontra mais tão inalcançável, graças às atuais facilidades de crédito. Comprar um carro é algo que promete trazer conforto, acessibilidade e agilidade para a vida do homem moderno. Mas, é necessário ater-se às novas despesas e não se deixar levar pelo impulso. Por isso, estar por dentro de algumas das dicas da ABLA (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis) é o básico para se fazer um bom negócio.

De acordo com a Associação, a primeira dica é ficar de olho na alíquota do IPI. Sabe-se que o mesmo aumentou desde o início do mês. E, ainda veio acompanhado pela obrigatoriedade de freios ABS e airbag. Contudo, isso não significa que não seja possível comprar carro mais barato. Pelo menos, não segundo o Jornal de Hoje e a Fenabrave. 


Como há estocados muitos carros fabricados em 2013, torna-se possível arrematá-los dentro do índice do IPI antigo, com algumas concessionárias oferecendo até promoções. Para Fernando Pontes, Presidente da Fenabrave, janeiro é o mês que se adquire menos carros pelo fato das fábricas estarem em recesso, férias coletivas e os estoques baixos.  Entretanto, de acordo com ele, 2014 promete vendas rentáveis devido às eleições e o dinheiro disponibilizado para obras e reformas. 

A ABLA trata ainda, de como um automóvel novo traz cálculos delicados, que precisam estar dentro de um orçamento e planejamento criteriosos. 

Outra dica importante da Associação toca no impulso que leva as pessoas a esquecerem de que o valor da parcela do carro está condicionada a outras despesas, tais quais: seguro, combustível, manutenção, limpeza, etc. A mesma ideia é compartilhada por Sônia Amaro, supervisora da Proteste, a qual comenta que parcelar um automóvel requer cautela, pois, numa emergência, não seja preciso recorrer a empréstimos ou tornar-se inadimplente. Leia mais aqui.


Então, a saída seria comprar à vista?

Poucos são os que possuem tal possibilidade. E, mesmo esses, devem negociar com as concessionárias vantagens e descontos, já que mais despesas virão. E, com elas, gastos.

O consórcio e o leasing também devem ser bem analisados. 

Uma boa jogada na hora de comprar um carro, é apostar nos seminovos. Em alta, modelos antigos ou usados podem sair por um bom desconto, até metade do preço, de um zero.

Por Juciane Santana

Comprar carro

Foto: Divulgação

Posts relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *