Multas e infrações por acidentes de trânsito

Categorias: Acidentes de trânsito - Infrações - Motoristas - Multas - Trânsito

Acidente de trânsito consiste em fato que quando acontece ninguém fica contente. Porém, não proceder de forma correta acarreta penas, desde multas até reclusão fechada no sistema penitenciário.



Quando bandidos empregam fuga da polícia, aceleram em pista movimentada e provocam acidentes, então quando capturados devem pagar não apenas por conta do crime fora como também das ocorrências dentro da via.

Condutores que têm acidentes de trânsito com vítimas podem pensar em fugir do local em que aconteceu o crime para não serem pegos no flagrante por autoridades policiais. Porém, deixar o local representa pior erro que motoristas infratores podem cometer.

Infratores que deixam de prestar socorro, não preservam o local para futura perícia imparcial, ou removem o veículo sem autorização dos órgãos público, recebem multa gravíssima multiplicada por cinco, o que equivale em 35 pontos (7 X 5) na CNH, ou seja, 15 pontos adicionais do limite de 20 pontos. Nesse sentido, além de ter que quitar R$ 957,70, o direito de dirigir fica suspenso em virtude da recolha da Carteira Nacional de Habilitação, conforme indica o Artigo 156 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro).



Penalidade idêntica se reserva aos infratores de acidentes que não sinalizam ou afastam o perigo que existe na via, fato que coloca a integridade física em risco das pessoas que compartilham do trânsito. Condutores que não se identificam, prestam informações ou acatam decisões dos agentes de trânsito também sofrem pena semelhante.

De acordo com o Artigo 177 do CTB, consta atividade ilícita grave o ato de não ajudar agentes de trânsito que solicitam ajuda. Com a multa do tipo há cinco pontos no prontuário, além da obrigação de pagar R$ 127,69.

Por fim, vale ressaltar que Artigo 178 do CTB indica ser necessário retirar o veículo do acidente que não tem vítimas, do contrário, motoristas envolvidos pagam R$ 85,74 e recebem quatro pontos na CNH.

Por Renato Duarte Plantier



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *