Novo Jeep Renegade chegará ao Brasil em três versões


  

Apresentado no último Salão do Automóvel em São Paulo, o Jeep Renegade chega com promessas de ser o mais vendido da categoria SUV no Brasil, tarefa nada fácil quando se tem concorrentes como o Renault Duster e o líder Ford EcoSport.

O modelo, que começará a ser produzido no Brasil a partir de março do ano que vem, terá opções de motor diesel em todas as versões, se tornando o primeiro compacto SUV a ter essa opção no país. Ainda não se tem detalhes de qual será a motorização biocombustível, mas provavelmente será uma variação do 1.8 de 132cv, que equipa o Línea, Bravo e alguns outros modelos da Fiat.

Algumas outras armas para bater a concorrência do novo Jeep Renegade são os três tipos de transmissão (manual de cinco marchas e automática de seis ou nove velocidades) e o sistema de tração integral, semelhante ao de outros carros da montadora como o Cherokee, que permite escolher entre cinco diferentes tipos de piso através de um botão giratório.

Foto: divulgação

Além disso, o diretor-geral da marca no Brasil, já anunciou que os preços serão “bem competitivos”, para concorrer não só com utilitários, mas com sedas também.

O Jeep Renegade agrada no quesito conforto, com amplos ajustes de altura e profundidade dos bancos, além de ter um painel completo com ótima visibilidade e tela digital entre os dois mostradores principais.




O Renegade chegará ao Brasil em três versões: A Sport, perfeita para quem quer um equilíbrio entre andar no asfalto e terra sem grandes pretensões; A Longitude, que é  a versão intermediária aqui no país, e a Trailhawk, a verão mais completa no novo compacto SUV, com todas as opções de conforto e mobilidade, é sem dúvida a versão que mais agrada aos olhos e também será a mais cara.

Foto: divulgação

A única versão que ficou de fora na produção brasileira é a Limited, que funciona como intermediária em outros países.

Como a marca promete ser líder de vendas no próximo ano, veremos uma boa competição no segmento, que cada vez atraí mais consumidores. Basta saber se, além de todas as suas qualidades, o carro terá armas de marketing para atrair novos clientes e conseguir desbancar os concorrentes.

Por Tom Vitor de Freitas


Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *