Paceman: o grande Mini





A marca Mini é conhecida por seus pequenos e fortes veículos. Apesar do tamanho, são veículos espertos com bons motores e ótima evolução em cenários urbanos e nas rodovias.

A empresa lançou o Mini Paceman, um Hatch de três portas baseado no Countryman. O carro surgiu como um conceito no Salão de Detroit de 2011, foi aprimorado e tornou-se modelo de produção no Salão do automóvel de Paris de 2012.

O Paceman segue o Countryman, usando a linha irreverente do Mini Cooperporém aumentado.

Foto: divulgação

O espaço aumentado não é sinônimo de mais passageiros. O carro continua sendo feito para quatro pessoas. O banco traseiro deixa de ser inteiriço e passa a ter dois bancos individuais.

Os assentos agora, entretanto, contam com apoios laterais e são muito confortáveis à passageiros com estatura média. O porta-malas também contou com um aumento significativo em relação aos Mini tradicionais, mas ainda são menores do que o Countryman, contando com volume útil de 330 litros.

No mercado brasileiro o carro conta com apenas três versões. A versão mais tradicional é a Cooper S com tração dianteira, motor de 1.6 litros com turbocompressor e injeção direta com 184 cavalos de potência e caixa de câmbio de seis marchas.





Foto: divulgação

Outra versão com tração integral e mesmas configurações. E a terceira versão é a apimentada John Cooper Works, com motor preparado para fornecer ao carro uma potência de 218 cavalos.

O carro ainda conta com vários equipamentos de fábrica, vindos de série, além de opicionais. Entre os principais itens, podemos citar: controle eletrônico de estabilidade e tração, seis bolsas infláveis (frontais, laterais dianteiras de tórax e cortinas que protegem todos os ocupantes), faróis com lâmpadas de xenônio em ambos os fachos, revestimento interno em couro, ar-condicionado automático, rádio/toca-CDs/MP3 com comandos no volante e interfaceBluetooth, alto-falantes Harman/Kardon, navegador por GPS, controlador de velocidade, dois tetos solares (só o dianteiro abre, correndo por fora da carroceria), sensores de estacionamento na traseira e computador de bordo.

Por Nosf

Foto: divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *