Ford Figo Aspire é a versão do Ka+ na Índia

Categorias: Carros - Ford - Notícias

Confira as características e mudanças feitas no veículo para ser comercializado na Índia

A Ford divulgou recentemente o Figo Aspire, uma versão da Índia do Ka+ disponibilizado no território brasileiro no final do último ano. Embora seja derivado do projeto do Brasil, o Figo Aspire possuiu sua carroceria reduzida para estar com menos de quatro metros, e desta forma ter menos pagamentos de impostos, de acordo com as regras da Índia. A parte de trás também recebeu um friso cromado na tampa do porta-malas.



No mercado da Índia, o veículo será comercializado com os motores 1.2 Ri-VCT com base à gasolina e 1.5 Duratorg a diesel, onde as especificações ainda não foram informadas pela Ford do lugar. É possível que o Figo Aspire possua um câmbio automático, que estaria presente no motor 1.5 a gasolina utilizado no EcoSport comercializado na Índia.

O Figo Aspire irá se tratar de uma das três grandes disponibilizações da empresa na Índia este ano, sendo ao lado do Figo (também famoso como Ka no território brasileiro) e do Endeavour, SUV famoso como Everest em outros locais e que é derivado da picape Ranger, que não deverá ser comercialização aqui.

Embora já tenha sido divulgado no Salão do Automóvel em Genebra, o Ford Focus RS estará presente no Salão do Automóvel em Nova York com uma versão que implementa novas tecnologias de elite de performance, com base que a Ford possui objetivo no público dos Estados Unidos.



O veículo possuirá potência maior que o veículo da Europa, entretanto, no design o modelo quase não possui modificações. Com câmbio manual de seis velocidades, o veículo possuirá motor 2.3 litros EcoBoost com a possibilidade de fornecer mais de 315 cavalos. A terceira geração do Focus também tem tração integral e quatro formas de condução, onde está incluso um botão “drift”, que altera a distribuição do torque. As configurações apenas serão informadas no Salão do Automóvel em Nova York e poderá estar presente nos Estados Unidos a partir da primavera do próximo ano.

Por Felipe Couto de Oliveira

Fotos: Divulgação



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *