Recall do HB20 e HB20S por Problema no Freio



Chamado atinge veículos produzidos nos últimos três anos.

Para você entender do que se trata essa convocação da Hyundai, é necessário entender que o recall é um método usado pelas grandes montadoras de veículos, que ao saber de algum problema em seu carro produzido, convoca os portadores dos modelos “afetados” para um reparo no defeito encontrado, pois caso não aja esse concerto, a responsável por acidentes e danos no carro por defeitos é exatamente a empresa montadora.

Os chamados para este recall são os modelos que estão no título, HB20 e HB20S, sendo eles os de motor 1.0 Turbo com transmissão manual de seis marchas, a data de produção desses veículos foi de 28 de janeiro de 2016 até 5 de fevereiro de 2018, que foi o tempo que provavelmente demorou a empresa para descobrir este defeito contido no veículo do modelo citado.

O problema que se encontra nesses modelos está na sua válvula de controle de vácuo de servo do freio, sendo assim, a empresa apresenta duas soluções para o problema, e isso dependerá de qual a condição da peça, se ela não estiver danificada, a solução é mais simples, apenas será aplicado o isolador térmico no local onde pode estar o problema caso não corrigido. Diferentemente será a correção do problema se a válvula já apresentar alguma danificação, e essa medida é, a retirada e substituição da peça.

Por estar localizada em um local significativamente perto do conversor catalítico, a empresa diz que a peça poderá ser afetada de maneira que ela ressecará, mas não é um ressecamento simples, o seu problema para o motorista é que ao conduzir o veículo com defeito, poderá ser notado um barulho semelhante a um assovio no motor do carro, mas esse não é o único problema, da mesma maneira, caso estiver com defeito, o carro apresentará oscilações na marcha lenta, que também será perceptível ao condutor.



Além desses problemas citados, a empresa diz que isto afetará de outras maneiras, pois o ressecamento desta válvula pode causar um endurecimento no momento de frenagem do veículo, isso tem a ver com a exigência maior de força que deverá ser aplicada por quem conduz o carro, a falta de costume com essa exigência será ruim para o condutor, que ao não ter controle total sobre ela, poderá causar algum acidente de maior proporção afetando tanto ele quanto alguma outra pessoa que se envolva neste acidente, a empresa então teria que arcar com os gastos materiais e ficaria ruim para os dois lados, que também seria péssimo para o motorista que sofrerá um dano físico.

É de extrema importância, tanto para a empresa quanto para o funcionário, fazer esta revisão no seu veículo, para a empresa importa muito, pois para manter um nome bom no comércio é necessário que seus compradores tenham certeza de que o que estão comprando é realmente seguro para ele, pois caso não for e um acidente for causado por falha de fabricação do produto, quem deverá pagar a indenização será a empresa por não oferecer a segurança ao seu comprador.

Já ao comprador e condutor do veículo, a importância com sua própria vida o levará a fazer esta revisão, pois a intenção de comprar de uma marca de carro é por confiar em seu produto, sendo assim, o chamado para recall também mostrará para motoristas o quão a fábrica se importa com quem está conduzindo seus veículos, ao saber disso novos compradores se asseguram a comprar mais ainda, visando a importância empresarial no assunto segurança.

Gustavo Martins dos Santos




Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *