Ford EcoSport 2019 – Reajuste no Preço do Carro



Montadora atualiza versões e aumenta os preços do modelo.

O Ford EcoSport 2019 sofreu um reajuste de preço, uma péssima notícia para quem estava pensando em adquirir o modelo, que agora custa mais de R$ 100 mil, assim como outros SUVs compactos, entre eles o Renegade e HR-V. A montadora já tinha conseguido segurar o preço, graças a uma redução nos equipamentos ofertados, mas acabou tendo que fazer alterações na tabela.

O reajuste foi para todas as versões do modelo e agora o EcoSport 2019 mais barato custa R$ 78.290 e o mais caro é R$ 104.190. O Jeep Renegade e também o Honda HR-V, já passaram por reajuste e o consumidor chegou a pensar que o modelo da Ford manteria o preço, mas isso não aconteceu.

O EcoSport 2019 atinge a cifra de 6 dígitos com a versão Storm, que vem com câmbio automático, motor 2.0 e tração 4×4. A versão Titanium também ficou acima dos R$ 100 mil. Na verdade, o valor é de R$ 99.490, mas se o cliente optar por uma outra pintura, além da Vermelho Arpoador, terá que pagar R$ 1.450 a mais, ou R$ 650 se escolher o Branco Ártico, de qualquer forma, o valor passa de R$ 100 mil.

Confira a tabela de preço atualizada para o EcoSport 2019:

  • SE 1.5 manual: R$ 78.290 (antes custava R$ 76.690)
  • SE 1.5 automático: R$ 84.290 (antes custava R$ 82.890)
  • FreeStyle 1.5 manual: R$ 86.490 (antes custava R$ 83.690)
  • FreeStyle 1.5 automático: R$ 92.490 (antes custava R$ 89.890)
  • FreeStyle Plus 1.5 AT: R$ 95.435 (antes custava R$ 92.790)
  • Titanium 2.0 automático: R$ 99.490 (antes custava R$ 96.990)
  • Storm 2.0 4WD AT: R$ 104.190 (antes custava R$ 99.990)

No início desse ano, a Ford já deu sinais de que estava buscando soluções para não aumentar o preço do EcoSport, mas de qualquer forma, no final era o consumidor que seria prejudicado. Em fevereiro, por exemplo, o modelo chegou a perder 7 airbags em quatro de suas versões. A mudança polêmica deu o que falar, mas era uma estratégia da montadora para manter os preços mais competitivos.



Hoje, o Ford EcoSport está na 6ª posição entre os utilitários esportivos, onde o Compass é líder com mais de 28 mil unidades vendidas. O HR-V, segundo colocado, já vendeu mais de 23 mil unidades de janeiro a junho deste ano. Na terceira colocação vem o Kicks, com 21 mil unidades. O Renegade é o quarto, com 21 mil veículos comercializados, seguido pelo Creta, que emplacou 20 mil unidades. O EcoSport está longe de atingir o objetivo de conseguir o primeiro lugar e com esse aumento de preço, a tarefa fica ainda mais complicada.

O Ford EcoSport 2019 adicionou o novo motor Dragon 1.5 Ti-VCT, com 3 cilindros, 137 cavalos com etanol e 120 com gasolina. O toque é de 15,6 e 16,2 kgfm, com 4.500 rpm para ambos. Tem a opção com câmbio manual de 6 marchas e a opção automática com conversor de torque, também com 6 marchas. Nas versões Storm e Titanium, o motor é Duratec Direct 2.0 Ti-VCT de 176 cavalos no etanol e 170 cavalos a gasolina, com 22,5 kgfm e 20,6 kgfm respectivamente. O câmbio de ambas as versões é automático, contando com 6 marchas e conversor de torque, só que a versão Sorm é personalizada e traz o sistema de tração nas quatro rodas.

A Ford com estas mudanças tinha boas chances de subir no ranking, mas o aumento de preço pode comprometer o objetivo da montadora. Felizmente para a empresa, os concorrentes também tiveram os valores reajustados e isto pode ser a salvação, mas ainda é cedo para dizer que o EcoSport conseguirá sair da 6ª posição. Os modelos concorrentes nestes segmento também trouxeram boas novidades e agora cabe ao consumidor decidir qual é o melhor investimento.

Por Russel


Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *