Ford Ranger Storm 2019 – Lançamento, Especificações




Nova versão promete visual mais agressivo com motor 3.2 a diesel de 200cv.

Segundo Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul, a Ford Ranger Storm chegará ao mercado até o final de 2019.

A montadora tem investido pesado em veículos desse porte.


Com um investimento de US$ 11 bilhões, a montadora está se preparando para lançar no mercado mundial 40 modelos híbridos e elétricos até 2022.

A nova configuração da Ford Ranger Storm é de chamar a atenção.

Começando pelo design, a frente tem 2 faróis de neblina de LEDS e o nome Storm gravado em letras garrafais na enorme grade grafite.


Possui também, central multimídia SYNC, 7 airbags, câmera de ré, sensores de estacionamento, piloto automático com limitador de velocidade e controle eletrônico de estabilidade e tração, além de outros equipamentos.

Com motor 3.2 turbodiesel, a Storm é baseada na top de linha Limited.

Equipada com cinco cilindros em linha, ela é capaz de gerar 200cv de potência e 47,9 kgfm de torque.

O câmbio continua sendo o automático de 6 marchas.

A Ranger Storm se transformou rapidamente em uma versão que revela a sua vocação para off-road.

O valor da Ford Ranger Storm versão 2019 ainda não foi definido para o mercado.

Contudo, podemos avaliar o seu preço baseando-se no valor da edição Limited, que atualmente é vendida por R$ 188.990,00.

Vale o quanto pesa

Certamente, a Ford Storm é o tipo de picape que vale cada centavo investido.

Seu interior tem um ar totalmente futurista, conectado com as últimas tecnologias de ponta para veículos desse naipe.

Há instrumentos digitais espalhados por todo o painel.

A central Sync de oito polegadas permite uma boa enxugada nos comandos.

O sistema possui botões de acionamento rápido, considerados indispensáveis, como o botão de volume por exemplo.

As superfícies são sensíveis ao toque e respondem rápido ao comando.

A central também controla comandos variados do carro, e isso inclui o ar condicionado.

O controle de cruzeiro ativo é capaz de manter uma distância segura do carro a frente, além disso, pode frear sozinho caso seja necessário.

Um recurso interessante é a projeção de uma luz vermelha no para-brisa que alerta se houver perigo de uma colisão iminente.

Outra novidade é o vibrador de volante, que alerta o motorista se ele inadvertidamente invadir o espaço de outro condutor.

Todavia, se o motorista não reagir ao alerta de invasão de faixa, o próprio veículo faz os ajustes automaticamente.

A funcionalidade dos mecanismos depende da câmera anexada junto ao retrovisor interno, que é capaz de baixar o farol alto caso detecte tráfego contrário.

A direção da Ranger Storm está mais macia do que o modelo hidráulico antigo, tudo graças a assistência elétrica embutida.

A potência do motor 3.2 continua o mesmo, com seus 5 cilindros em linha de segmento, produz um ronco mais grave e poderoso.

O motor também obedece aos critérios mais rígidos de emissões, com injetores, turbo, sensor de temperatura e novo desenho de válvulas.

Tudo isso adicionado a um motor de 200cv com 3 mil giros e 47,9 kgfm de torque.

Na pista, a Storm é capaz de atingir 100 Km/h em apenas 11,1 segundos.

O que a deixa bem à frente do modelo Hilux, que em testes atuais atingiu os mesmos 100 Km/h em 12,5 segundos.

O consumo da Storm chegou a 7,9 Km/l na cidade e 12 km/l na estrada.

Os pneus 265/60 aro 18, um tanto largos, ajudam bastante no asfalto. No entanto, recomenda-se o uso de pneus de uso misto mais agressivos para um maior aproveitamento.

Um diferencial na análise custo benefício está na garantia do novo modelo, que foi ampliado de três para cinco anos.

As revisões passaram também a ser agendadas a cada 10 mil km, ou seja, 1 ano.

Certamente, com toda essa infraestrutura é de se esperar que a Ranger Ford Storm agrade até aos compradores mais exigentes.

Por Defilho

 Ford Ranger Storm 2019

 Ford Ranger Storm 2019

Posts relacionados

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *