Novo Suzuki Vitara 2021 terá motor 1.4 K14D Boosterjet de 129 cv

Categorias: 2021 - Notícias - Suzuki - Suzuki Vitara

Novo anúncio de aposentadoria compulsória de modelos está em pauta, em uma das mais importantes multinacionais do mercado automobilístico.



Trata-se da linha Vitara. Seu comércio internacional completa cinco anos. Atualmente, a geração do Suzuki Vitara, entretanto, de acordo com nota oficial dos gestores da companhia, os dias de produção deste modelo já estão contados. A companhia japonesa está empenhada em novas linhas, novos modelos, compondo um novo grande projeto. Todas as multinacionais, sobretudo nesse ramo, precisam estar em constante atualização. Cinco anos é tempo mais que suficiente, antes que as concorrentes possam dar um passo à frente.

Uma nova série, portanto, está próxima de ser oficializada, provavelmente nesse mesmo ano de 2020, pela Suzuki. No Japão, a modernidade e criatividade vão além da extravagância e utilidade.

De acordo com alguns especialistas, a companhia avança galopante em nova produção que, conforme os mesmos, poderá realizar uma pré-estreia no mês de outubro ainda este ano. A empresa promete apresentar evoluções muito consideráveis, muito mais atraentes para o público consumidor. Pessoas mais abastadas têm mais tempo e mais exigências.



Direto ao ponto:

Alguns aspectos da atualização do new Suzuki Vitara 2021 incluem um porte maior, na carcaça, mais incrementado de novas tecnologias, vazado em design exterior muito mais interessante. Outra novidade está na produção de versões ditas “híbridas”, por meio da adoção do chamado sistema híbrido-leve, que abrange modelo eletrificado.

Portanto, a nova edição está vazada em nova com figuração, embora, no essencial, tenha sido mantido, ele toma novos caminhos estéticos, para agradar aos olhos e despertar mais desejos. Alguns especialistas explicam que essa receita essencial vai preencher a nova geração da linha Swift, cuja meta está em transformar, gradativamente, esse modelo em estilo esportivo, em equilíbrio com design urbano.

As companhias japonesas não perdem tempo, sobretudo diante de concorrências entre si, como a linha Hyundai Creta, muito popular, e a linha Honda HR-V. A Suzuki tem intensão de produzir um modelo tipo Cupê, mais robusto.

Ficha técnica do Suzuki Vitara 2021

O Vitara está configurado dentro do seguinte padrão: em comprimento o veículo chega a 4,20 metros; ao passo que a sua largura avançou para 1,78 metros; na altura, cresceu até 1,62 metros. No distanciamento de Entre Eixos a estrutura está mantida, ou seja, 2,50 metros. A esteira de produção constitui a mesma plataforma.

Na parte mecânica é que está a grande novidade. Esta nova edição está equipada de um motor tipo 1.4 K14D (Boosterjet) com potência de 129 CV, além de estar munido de sistema híbrido-leve, em 48 Volts. Dentro dessa estrutura está inserido um pequeno motor de tipo elétrico, o qual é alimentado por meio de uma pequena bateria.

É assombroso o avanço da tecnologia, em que dois motores podem equipar um mesmo veículo. Um carro de dupla personalidade, totalmente aos gostos do freguês.

A meta dos engenheiros da companhia está em garantir mais eficácia para o sistema de acelerações, no sentido de reduzir a potência que um motor em combustão necessita produzir e poder, deste modo, proporcionar maior economia de consumo e diminuir as emissões de combustão. Trata-se, portanto, de um sistema mais eficiente e sustentável.

Todo esse processo que vai alterando o funcionamento clássico do motor proporciona, também, além das desacelerações, que descarregam as baterias, uma manutenção automática de vários sistemas do veículo em funcionamento. Essa combinação de mais tecnologia com economia é o futuro. Esse processo de assombrosa evolução n a mecânica dos automóveis vai cooperar com a indústria, com os clientes e com o próprio meio ambiente.

O futuro está chegando. Mais informações, clicando aqui.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *