Chevrolet Tracker 2021 – Características, Preços

Categorias: 2021 - Características - Carros - Chevrolet - Ficha Técnica - Notícias - Preços - SUV

A nova Tracker 2021 chega ao mercado brasileiro para conquistar os consumidores que são fãs de SUVs compactos.




A Chevrolet está apostando no Tracker 2021 para ganhar mercado no segmento de SUVs compactos e o modelo tem uma grande vantagem por ser o mais barato da empresa entre os seus utilitários-esportivos. A campanha de divulgação do Tracker começou pouco antes da pandemia causada pelo coronavírus e acabou sendo ofuscada pela Covid-19, mas agora a Chevrolet já está retomando o trabalho para apresentar o modelo aos brasileiros.


A nova geração do Tracker conta com tecnologia de ponta, motores modernos, mas o destaque mesmo ficou para o visual que passou por várias melhorias. Todas estas mudanças chegaram em boa hora porque esse segmento no mercado nacional está disputadíssimo e há boas opções para o consumidor.


No primeiro mês de seu lançamento, o Tracker já assumiu a liderança entre os mais vendidos, mas continuou firme como sendo o favorito nos meses de abril e maio, mas a concorrência vem se aproximando aos poucos.




O novo Tracker 2021 pode ser encontrado em 5 versões, o consumidor pode escolher entre as versões 1.0 ou 1.2, sendo que ambos são turbinados e também tem o modelo com câmbio manual e o de câmbio automático.


Quanto ao preço, há uma diferença enorme entre a versão mais barata e mais cara, começando por R$ 70.000, indo até R$ 116.490. Caberá a cada um analisar bem o que cada um dos modelos tem a oferecer para ver qual se adequa melhor ao seu perfil. À medida que as novidades e comodidades vão sendo oferecidas, os valores vão aumentando, por isso a dica é não ter pressa na hora da compra e analisar bem para não errar na escolha.


Apesar do sucesso que está fazendo agora, o modelo da Chevrolet chegou ao mercado em 2012, mas com o nome de Trax, inclusive é assim que é conhecido fora do Brasil. Por aqui, foi em 2016 que o modelo ganhou um visual mais esportivo e passou a agradar o consumidor, mas foi em março desse ano que a grande mudança aconteceu e tem sido muito bem recebida pelo mercado nacional.


Agora ele traz um visual arrojado, mas seu interior não deixa nada a desejar para os concorrentes. O motorista conta com a terceira janela na coluna C para ter melhor visibilidade e não se arriscar nas manobras. A dianteira ficou mais chamativa com a grade mais profunda e detalhes cromados, além das luzes diurnas e lateral, mas as lanternas de LED estão disponíveis só na versão Premier, que é a mais cara.


A tampa do porta-malas está completamente diferente, esse é um detalhe que chama muito a atenção. O novo Tracker está maior, tem 4,27 m de comprimento por 1,79 m de largura e todas as versões contam com rodas de alumínio.


O interior do modelo anterior não era ruim, mas agora ficou muito melhor e deixou claro que o Tracker estava defasado. O novo SUV tem muito mais espaço, um acabamento primoroso e tecnologia para oferecer maior comodidade e segurança ao motorista e passageiros. O painel está mais largo, um pouco mais baixo e isto faz uma diferença enorme no dia a dia.


O computador de bordo conta com 14 funções e ajuda a manter a manutenção do carro em dia, monitorando até mesmo a pressão dos pneus. O Tracker 2021 conta com seis airbags de série, conexão 4G Wi-Fi, controle de tração e também de estabilidade e central MyLink 3 de 8 polegadas.


A versão mais em conta é a 1.0 Turbo AT 2021 PCD, que custa R$ 70 mil. A partir daí vem a MT de R$ 85.290, a AT 1.0 por R$ 93.490 e a AT 1.2 que custa R$ 94.090. No caso da versão LTZ 1.2, o valor salta para R$ 103.890 e finalmente tem a mais cara que é a Premier, no valor de R$ 116.490.


Por Russel



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *