Lista de carros que podem sair de linha em 2021

Categorias: Carro Barato - Carro Popular - Carro Velho - Carros - Notícias

Comprar um carro zero quilômetro tem as suas vantagens, maior confiança em todas as peças, uma tecnologia mais nova e avançada. Porém, tem as suas desvantagens. Um preço maior é atribuído a isso e também aquela dúvida, se esse modelo vai sair de linha, onde uma perda considerável do seu valor acontecerá.



Não estou falando da falta de peças de reposição. Estou falando de um determinado carro sair de linha e, simplesmente, o seu preço despencar!

Caso esse for o seu objetivo, a redução de custo, um desconto considerável pode ser pedido e até concedido. Confira abaixo os modelos que podem sair de linha no ano que vem.

Mesmo a “CAOA” dizendo que a produção está normal, o SUV IX35 da Hyundai é um forte candidato a deixar as lojas no ano que vem, isso porque nesse ano foram vendidos um pouco mais que dois mil carros, e em 2019, menos de seis mil exemplares, ou seja, com as vendas em queda e a chegada de novos SUVs mais modernos, espaçosos e seguros, ele deixou de ser popular e passou a ser “ultrapassado”. Ele começou a ser comercializado aqui em 2010 e passou a ser montado em 2013 em Anápolis (GO).



O Citroën C3, que foi lançado em 2012, teve apenas a segunda geração vendida aqui no nosso país, onda a terceira geração, vendida na Europa, nem chegou aqui. Ele será substituído pelo, então, chamado “projeto CC21”, onde a sua arquitetura modular é o CMP (Common Modular Platform. Esse CMP já usado no 208 e o novo “hatchback” vai ser fabricado aqui no Brasil.

A picape Montana, da Chevrolet, é outra forte candidata a nos deixar, pelo menos como a conhecemos hoje. Uma versão dela ainda vai fazer parte da linha 2021, porém uma nova geração de peso está para surgir, criando uma nova Montana para continuar a concorrência na sua categoria.

O Grand Siena da Fiat foi lançado em 2012 e muitos dizem que ele tem um “visual defasado”. Apesar de vender bem e ter um grande porta-malas com capacidade para 520 litros, o modelo fica como dúvida se vai estar ou não na linha de produção da montadora, isso porquê, a Fiat irá lançar dois SUVs aqui no ano que vem, deixando a dúvida quanto a capacidade de produção. Mesmo o seu público alvo ser os consumidores de GNV (gás natural), ele sairá de linha em breve.

O Toyota Etios é outro forte candidato a nos deixar. Ele recebeu várias críticas sobre o seu design e teve vários erros consertados ao longo do tempo. Uma concorrência interna levou a montadora a colocar o carro numa faixa de preço menor, fazendo assim uma manobra nas vendas entre ele e o Yaris.

O Fox, da Volkswagem, começou a ser produzido em 2003, na sua primeira geração, e, não é de hoje, que se cogita o fim do mesmo. Apesar de ter um novo modelo na mente da montadora, há dois anos, esse exemplar pode perder o seu lugar para as novidades de que a empresa prometeu até 2023.

Nada está certo quanto aos carros que podem sair de linha, como mencionei, ou quanto aos que podem entrar em linha, mesmo porque esse é um segredo que todas as montadoras levam em sigilo, deixando o consumidor sem saber das reais intenções da mesma.

O fato principal é que, novas tecnologias vão surgindo, materiais modernos e novos desenhos vão ganhar vida e cativar o novo mercado, basta saber se os mais antigos vão resistir aos mais novos.

Seja como for, faça uma longa pesquisa e pense bastante, pois depois de apertar a mão daquele vendedor da loja, você só vai ter duas opções, a de ter feito um ótimo negócio, com a redução do preço, ou um péssimo negócio, comprando no valor normal e ter o prejuízo com a desvalorização daquele modelo.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *