Carros Mais Baratos no Brasil em 2022


Existem poucos modelos que estejam na faixa dos R$50 mil no Brasil. Entre eles é possível destacar o Fiat Mobi, considerado o carro popular mais barato do país pelo levantamento realizado.

De acordo com informações divulgadas recentemente, os carros populares no Brasil passaram por um aumento de preço. Em termos de porcentagem, isto representa algo entre 26,83% e 47,955% em relação ao mesmo período no ano anterior. Segundo especialistas, o aumento em questão é tão expressivo que mesmo entre os modelos de entrada, ou seja, os mais baratos à venda no território nacional, os preços estão bastante elevados.


Desse modo, é possível ressaltar que nenhum dos modelos em questão está custando menos do que 50 mil reais atualmente. As informações em questão foram veiculadas através de um estudo feito pela plataforma CupomValido.com.br. O levantamento foi feito com base em um compilado de preços de carros da Tabela Fipe. Além disso, também foram usadas informações da Scrap Car Comparion.


Vale ressaltar que antes do começo da pandemia, ainda no mês de janeiro de 2020, os carros populares, mesmo os zero km, podiam ser encontrado por valores bem inferiores, em média R$35 mil. Posteriormente, em janeiro de 2021, o preço passou por um aumento, mas não tão expressivo quanto este último. Na ocasião citada, os carros populares passaram a custar R$38 mil.


Porém, quando se chega a 2022, existem poucos modelos que estejam na faixa dos R$50 mil. Entre eles é possível destacar o Fiat Mobi, considerado o carro popular mais barato do Brasil pelo levantamento em questão. Mesmo assim, o seu valor não é tão inferior ao citado, visto que o modelo custa, em média, R$49 mil. O Mobi é seguido na lista pelo Renault Kwid, que ultrapassa o valor em questão na Tabela da Fipe e chega a custar na faixa de R$50,2 mil.


É possível afirmar que o valor do carro em si não é o único gasto que um comprador precisa ter, visto que existem taxas para a manutenção. De encontro a isso, o estudo realizado pela Cupom Válido também chegou a fazer um comparativo relativo às questões de manutenção e de compra do veículo. Além disso, os valores em questão foram pensados com relação à média de salário do Brasil.

A partir do levantamento em questão, foi possível constatar que o Brasil atualmente ocupa a 5ª posição na lista dos países do mundo nos quais é mais caro para se ter um carro. Diante disso, vale ressaltar que a Cupom Válido chegou a apontar que os gastos em cima do rendimento médio anual para comprar e manter um carro zero são de 441,89%.

O restante do ranking é ocupado pela Turquia, que é o pais mais caro do mundo, no qual é preciso desembolsar 652% do rendimento anual para ter um veículo. O país em questão é seguido pela Argentina, pela Colômbia e pelo Uruguai, cujas médias de gastos com compra e manutenção são sempre superiores aos 400%;

Por outro lado, o levantamento da Cupom Válido apontou também quais são os países do mundo mais baratos para ter um carro. O primeiro lugar foi ocupado pela Austrália, no qual é preciso gastar somente 49% dos rendimentos anuais para ter um carro. Os demais países da lista são os Estados Unidos, a Dinamarca, o Canadá e a Suécia, todos com porcentagens que variam entre 54% e 75%.

É possível afirmar que a alta nos preços dos carros no Brasil está diretamente ligada à pandemia. Entretanto, existem vários outros fatores para essa questão, visto que recentemente a indústria automobilística chegou a sofrer com a falta de componentes eletrônicos para a fabricação dos veículos. Logo, o aumento aconteceu ao redor de todo o mundo.

Porém, vale ressaltar que no Brasil conta-se ainda com um motivo extra, que acabou contribuir para o encarecimento dos veículos populares: a desvalorização do real. De acordo om sites especializados, o aumento do dólar fez com que a importação dos componentes se tornasse muito mais cara do que em momentos anteriores.

Por Amanda Guimarães Faria



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.