A Audi apresentou na sexta-feira, dia 9 de maio, a edição limitada da versão topo de linha de seu superesportivo, o R8 LMX. Equipado com faróis de iluminação a laser, o carro da marca alemã ganha o título de primeiro veículo de produção em série no mundo a ser equipado com essa tecnologia. Em 2008, o superesportivo foi o primeiro carro a utilizar faróis compostos por LEDs.

De acordo com a Audi, os novos faróis a laser possuem um módulo de emissor de laser instalado em cada farol que proporciona uma iluminação com o dobro de alcance quando comparado aos faróis compostos por LEDs. Cada módulo vem com quatro diodos emissores de laser de alta potência.

O faixo luminoso a laser é ativado quando o veículo atinge 60 km/h e com o auxílio de um sensor inteligente, o sistema de iluminação detecta a aproximação de outro veículo se movimentando em sentido oposto, criando uma tipo de máscara para não ofuscar o motorista do outro veículo.

Vale lembrar que em 2013 a BMW havia anunciado que faróis de laser seriam equipamentos opcionais para seu mais novo esportivo híbrido, o i8. Contudo, como a BMW ainda não está vendendo seu esportivo híbrido, a Audi alega que é a primeira montadora de veículos a fabricar um carro dotado desta tecnologia.   

Mecanicamente, o Audi R8 LMX vem equipado com motor V10 5.2 capaz de entregar 570 cv e torque de 55,1 kgfm. Dotado de tração integral Quattro, acoplado ao bloco V10 está uma transmissão automática de sete velocidades, com opção de trocas sequencias. Sendo o R8 mais potente da história do veículo, de acordo com a Audi, o superesportivo alemão acelera de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos.

A edição limitada LMX do R8 terá apenas 99 unidades e contará com o revestimento exclusivo Azul Ara. O modelo, que já pode ser encomendado, será vendido no mercado alemão por 210 mil euros, o que equivale a cerca de R$ 640 mil.

Por Caio Polo

Foto: divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: