Comercialização no Brasil ocorrerá até o segundo semestre deste ano.

Novo Hyundai Azera 2016 deverá iniciar sua comercialização no Brasil no máximo até o segundo semestre deste ano. O veículo vem com algumas mudanças, porém nem tanto significativas assim, chegou para ser mais um concorrente grande no mercado no Brasil, entre o Volkswagen Passat, Kia Cadenza e Ford Fusion.

O sedan traz diversas modificações, conta com um motor 3.0 litros com seis cilindros em “V” e uma potência de 250 cavalos. O veículo apresenta uma dianteira redesenhada, faróis de neblina de LED, para-choque traseiro com difusor, alerta de colisão frontal e de ponto cego. De acordo com a Hyundai, os novos ajustes na suspensão aprimoraram a estabilidade do Azera.

O carro ganhou, visualmente, alguns retoques discretos e continuou com suas características: o mesmo ainda é um veículo com bom motor e que oferece conforto e segurança aos seus passageiros. O pacote completo de equipamentos e o avantajado espaço interno continuam sendo marcas registradas da empresa sul-coreana.

De acordo com alguns testes, o consumo de combustível não foi lá muito positivo, porém não podemos esquecer que se trata de um propulsor de 3 mil cilindradas, levando em consideração também o tamanho e o peso do carro. O teste apresentou os resultados, os quais ficaram da seguinte forma: o consumo de combustível fica na média de 8,2 km/l dentro da cidade e pode chegar a até 10.7 km/l quando está em rodovias. Lembrando que o motor não é bicombustível, assim sendo estes valores são adquiridos abastecendo o veículo com gasolina.

O Azera 2016 não será comercializado por menos R$ 150 mil, desta forma é um carro limitado a poucos, não apenas pelo valor de compra, mas também pela relação custo x benefício, que é bem alta. Conforme uma simulação realizada por alguns sites, o valor do seguro deste veículo ficará em torno de R$ 3.070 para um homem casado, de 35 anos, que reside na cidade de São Paulo.

Por Nádia Neves 

Hyundai Azera

Hyundai Azera

Fotos: Divulgação


Modelo chegará ao Brasil apenas na versão Sportback e custará até R$ 111 mil.

A Audi, empresa alemã do grupo Volkswagen, tinha lançado no velho mundo, em novembro de 2014, o Audi A1 e agora o mesmo chega no Brasil. O modelo, que já estava disponível na Europa e em outros mercados, agora conta com diversas mudanças em seu design e também mecanicamente.

Externamente o modelo em questão optou por um novo conjunto ótico, com lanternas e faróis redemodelados em LED, além da grade e para-choques reestilizados e várias opções de cores para a lataria.

Conforme a marca informou, somente a versão Sportback de quatro portas vai ser vendida no Brasil.

Sob o capô, o carro é equipado com um motor 1.4 cilindradas TFSI, com 125 cv a 5 mil rpm, ou seja, 3 cv a mais que antes, além de 20,3 kgfm entre 1.400 e 4.000 giros. A Audi diz que o modelo tem uma maior economia em relação ao combustível. Vale lembrar que a empresa não irá vender no Brasil o modelo que é vendido em terras européias, que conta com um motor de 1000 cilindradas e três cilindros, com 95 cavalos de potência, o mesmo usado no carro Volkswagen Up! TSI.

Somente o Sportback de quatro portas será vendido por aqui. Em duas versões: a Attraction 1.4 TSFI e a Ambition 1.8 TSFI. A Attraction terá pneus 215/45, aro 16, com velocidade máxima de 204 km/h e capacidade de ir de 0 a 100 km/h em 8,8 segundos. Já o Ambition tem velocidade máxima de 234 km/h e vai de 0 a 100 km/h em 6,9 segundos. Ambos terão tração no eixo da frente e câmbio de dupla embreagem S Tronic com sete velocidades.

A versão mais empolgante, a S1, não será trazida para cá, devido ao preço. As versões que serão colocadas à venda no Brasil terão um valor que irá variar de R$ 96 mil a R$ 111 mil.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Nova Hilux 2016 possui preço sugerido a partir de R$ 114.860 até R$ 188.120.

No início de novembro a Toyota, uma das maiores montadoras do mundo, anunciou oficialmente a nova Hilux 2016 para o mercado brasileiro. Esse era um dos lançamentos mais esperados do mercado automotivo brasileiro.

A nova Hilux vem recheada de novidades e totalmente reformulada. Um dos principais destaques é o novo conceito adotado pela Toyota para este modelo, haja vista a montadora apostar numa versão de utilitário mais próximo dos carros de passeio. A Hilux 2016 possui preço sugerido a partir de R$ 114.860 e sua versão mais cara custa R$ 188.120.

Um exemplo bastante claro que indica o novo conceito adotado pela Toyota para a Hilux é a dianteira que conta com faróis e grade bastante inspiradas no Corolla. Além disso, a parte interna também lembra bastante o Corolla, pois dispõe de painel e quadro de instrumentos bastante semelhantes do sedan da Toyota.

O lançamento da Toyota para 2016 conta com nada menos que seis versões, sendo que todas são equipadas com motor a diesel. Dentre os principais itens da Hilux 2016, podemos destacar: cabine dupla (isofix), freios ABS com EBD além de assistente de rampas (versões SRV e SRX), três airbags (no mínimo) e controles eletrônicos de tração e estabilidade (disponíveis a partir da versão SRV).

Já em relação aos itens de série, os clientes irão encontrar: sistema de entretenimento com tela de sete polegadas, rodas de 17 polegadas, volante multifuncional, ar-condicionado, porta-luvas refrigerado e sistema de som personalizado. As versões mais caras ainda dispõem de itens como, por exemplo, sete airbags, bancos em couro acompanhados de ajustes elétricos, ar-condicionado automático, rodas de 18 polegadas, sistema de condução EcoDrive.

Uma das grandes novidades está na parte mecânica do automóvel, pois o antigo motor 3.0 de 171 cv deu lugar ao GD 2.8 de 177 cv e 42,8 kgfm com câmbio manual e 45,8 kgfm com automático. Um dos grandes destaques desse motor é sem sombra de dúvidas a promessa de economia de combustível além de uma maior potência. Além disso, é importante destacar que, pela primeira vez, o famoso sistema de tração 4×4 dispõe de acionamento eletrônico.

Por Bruno Henrique

Toyota Hilux 2016

Toyota Hilux 2016

Fotos: Divulgação


Nova geração tem previsão de chegar ao Brasil no 1º semestre de 2016.

A nova geração da Toyota SW4 tem previsão para chegada ao Brasil no primeiro semestre de 2016, com fabricação na Argentina, segundo divulgação da empresa, em evento internacional.

O novo SUV Fortuner, como é conhecido na Austrália, Tailândia (seus maiores mercados globais) e Oriente Médio, corresponde ao SW4, que será lançado no Brasil, e traz novidades na nova versão. Teve projeto desenvolvido no centro de produções da montadora Toyota, na Tailândia, com o auxílio de engenheiros e projetistas australianos e japoneses.

Com design sofisticado e particular, de traços ainda mais modernos, o novo SUV de grande porte apresenta diferenciações. Em sua parte dianteira, o modelo possui faróis com luzes diurnas de LED e projetores; grades novas, com filetes cromados e barras que se direcionam ao para-choque; também exibe molduras cromadas e espessas ao redor dos faróis de neblina. As laterais também dão continuidade ao estilo requintado do carro, com vidros de formatos distintos, com destaque para o design da porta traseira. Na parte de traz do veículo, lanternas de LED estreitas e divididas pela tampa do porta-malas, associadas a uma barra, também cromada, ajudam a compor o novo visual esportivo e moderno do SUV. 

O SW4 2016 apresenta modificações em sua dimensão: é 7 centímetros maior que o modelo anterior, 2 centímetros mais largo, 4,5 centímetros mais baixo, e continua com a mesma distância entre-eixos, de 3,08 metros.

No que diz respeito à mecânica, tem-se o novo motor GD 2.8 de 177 cv e 42,8 kgfm (câmbio manual) e 45,8 kgfm (câmbio automático) e transmissões de seis marchas, independentemente de ser manual ou automática.

Para o sistema de tração 4×4, a antiga alavanca deixa de existir, pois o acionamento desse sistema passa a ser eletrônico. O interior da picape transmite conforto, segurança e tecnologia, com revestimento em couro, a nova tela infotainment, no console central, bem como novos volantes e assentos. Há espaço para sete passageiros, e fixações Isofix para cadeirinhas de crianças, podendo chegar a conter 7 airbags.  Possui também volante multifuncional, sistema integrado de som Bluetooth/CD/USB, rodas aro 17 e porta-luvas com compartimento refrigerado.

Por Helem Franco

Toyota SW4

Toyota SW4

Fotos: Divulgação


Novo modelo tem estreia marcada no Brasil para a primeira semana de novembro de 2015. Seus preços partem de R$ 181 mil.

Após ter sido lançada no Sudeste Asiático e na Austrália, agora a oitava geração de uma das caminhonetes que mais fazem sucesso, a Toyota Hilux, chegará para comercialização aqui no Brasil na primeira semana do mês de novembro.

Informações que já estão sendo veiculadas dão conta de que o preço desse utilitário será de R$ 166 mil para a versão mais básica a SR, R$ 181 mil a versão SRV e a versão topo de linha que é a SRV TOP custará R$ 192.400.

A previsão de chegada da Hilux flex é somente para o próximo semestre, sendo assim, neste primeiro momento essa nova versão da Hilux só será comercializada com propulsor movido a Diesel.

Com relação à versão antiga, ela não mais será produzida na fábrica de Zárate, na Argentina, agora com a produção dessa antiga geração encerrada, para fazer a introdução da nova geração da caminhonete no mercado brasileiro, por aqui, as revendedoras da Toyota estão tralhando com vários descontos para zerar os seus estoques, para se ter uma noção o modelo de entrada na versão 4X2 está saindo por R$ 95 mil, a versão SRV com rodas aro 16 polegadas estão sendo vendida a R$ 153.500 e a versão top que vem com controle de estabilidade e rodas de 17 polegadas está saindo por R$ 162 mil.

Essa nova versão da Hilux traz muitos diferenciais em relação à versão anterior, o primeiro deles é que ela é mais larga, mais longa e mais baixa. Agora ela possui 5,34 metros de comprimento, 1,86 de largura e 1,82 de altura. Já a distância entre-eixos foi mantida e continuou com 3,09  metros, a melhor mudança e que irá agradar muitos consumidores foi a que ocorreu no espaço para os passageiros do banco traseiro que ganharam um espaço de 3,5 cm para acomodar os joelhos. Outra novidade interessante é que este veículo teve a sua capacidade de reboque aumentada para 3.500 Kg, sendo que o seu limite de carga é de 1.240 Kg.

Os novos propulsores são o 2.4 e o 2.8 turbodiesel os quais possuem a capacidade de produzir uma potência máxima de 150 cavalos e 177 cavalos respectivamente, a estreia desses motores ocorreu na Ásia.  

Por Adriano Oliveira

Toyota Hilux 8ª geração

Toyota Hilux 8ª geração

Fotos: Divulgação


Veículo foi reestilizado e ficou ainda mais moderno. As modificações foram na nova grade dianteira, para-choques mais encorpados e novas rodas de liga-leve diamantadas.

A grande e renomada fabricante de veículos automotores Hyundai apresentará em breve no Brasil mais uma novidade que será o Hyundai HB20X 2016, veículo este que passou por uma reestilização e ficou ainda mais moderno. O hatch aventureiro com as modificações acabou ganhando uma nova grade dianteira, para-choques mais encorpados, bem como novas rodas de liga-leve diamantadas.

O propulsor 1.6 Gamma  foi revisto e depois dessa revisão passou a trabalhar em conjunto com um câmbio de seis marchas, o qual possui opção de transmissão manual ou automática. A comercialização deste novo HB20X 2016 começará a partir do mês de novembro ainda deste ano com preços a partir de R$ 55.395. A versão topo de linha com todos os opcionais disponíveis será vendida por R$ 66.485. Outro atrativo que a marca traz para os consumidores é uma nova cor que é a verde forest.

O HB20X nesta nova versão apresenta uma linguagem inovadora de estilo da fabricante coreana, a qual é denominada “Escultura Fluida 2.0”. Na parte frontal do veículo logo dá para perceber a sua grade que possui um formato hexagonal e tem contorno cromado, contudo ela é invadida na seção anterior por um ressalto do para-choque que é bastante similar a um quebra-mato.

Na parte de trás, o veículo possui lanternas com novo desenho chamado “Clear Type”. Para os consumidores que gostam de veículos com rodas bonitas, o HB20X já vem de série em suas duas versões com rodas no tamanho 16 polegadas, o que fez com que o veículo ficasse um pouco maior do que a altura da versão hatch do veículo, sendo que a altura do solo dessa nova versão é de 206 mm, ou seja, um acréscimo de 41 mm em relação ao hatch. Outro acessório que chama bastante atenção neste carro são as barras de teto que possuem acabamento preto. Os para-choques dianteiro e traseiro mais robustos dão um ar de esportividade ao veículo.

No pacote tecnológico o carro também não deixa a desejar, uma vez que possui direção elétrica, quatro airbags, ar digital, dentre muitas outras comodidades.

Por Adriano Oliveira

Hyundai HB20X 2016

Hyundai HB20X 2016

Fotos: Divulgação


Modelo será produzido no Brasil na fábrica de Araquari (SC), mas preços continuarão os mesmos.

O Mini Countryman, considerado um dos modelos mais espaçosos da categoria, já deu início à sua fabricação no Brasil. Produzido pela BMW, o modelo possui previsão de venda para dezembro deste ano.

O local de produção será na fábrica de Araquari, localizada no estado de Santa Catarina. A má notícia, é que apesar da produção nacional, os preços continuarão os mesmos e não irão sofrer nenhum tipo de redução, a notícia deixou muita gente que havia se animado com a informação desapontada.

O modelo Countryman Cooper S Top preservará o valor de R$ 143.950,00, já o modelo Cooper S All4 que inclui tração 4×4 como diferencial custará R$ 149.950,00. Vale ressaltar que apesar da informação, os preços ainda podem sofrer alterações quando chegarem às lojas.

Não haverá mudanças mecânicas e o motor de 186CV continuará proporcionando boas performances aos motoristas. Apesar do MINI Countryman ter a desvantagem da manutenção ser bastante cara, seu modelo atrai os consumidores, pois é bastante espaçoso e potente se comparado a outros veículos da mesma categoria.

A recepção positiva dos brasileiros em relação à marca Mini é um dos motivos da BMW resolver dar início à fabricação do Countryman no país. Com a iniciativa da marca, o Brasil se equipara à Holanda e à Inglaterra, que antes, eram os 2 únicos produtores dos modelos Mini da BMW. Outro motivo que com certeza pesou na decisão foi a nova regulamentação do Inovar-Auto em 2012 que apresenta incentivo de menores taxas aos fabricantes internacionais.

Vale lembrar que a BMW investiu aproximadamente 200 milhões de euros para construir a sua primeira fábrica na América Latina. A capacidade de produção prevista para 2016 é de mais de 30 mil carros por ano e a gigante do setor pretende contratar 1.300 funcionários.

Apesar de o valor revelado ter desanimado, é necessário reconhecer que a iniciativa já é um grande passo para o Brasil.

Por Beatriz 

Mini Countryman

Mini Countryman

Fotos: Divulgação


Novos modelos Carrera e Carrera S serão vendidos no mercado brasileiro a partir do 1º trimestre de 2016.

O Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, está recheado de novidades, e uma delas é em relação à Porsche, que trará um novo modelo para o Brasil: estamos falando do novo 911, que desembarcará nas versões Carrera e Carrera S. Ambos devem estar disponíveis no país a partir do primeiro trimestre do ano que vem.

A novidade foi divulgada pela própria Porsche, através do novo presidente de sua subsidiária no Brasil, Matthias Brück. De acordo com Brück, a estratégia de trazer as duas versões para o país é de deixar o modelo básico mais acessível ao público. A marca também pretende trazer para nossas terras modelos híbridos, que oferecem novos tipos de propulsão.

Apesar das especulações sobre o motivo da Porsche trazer novos veículos ao país nesse momento de crise, Brück explica que o projeto foi realizado a médio prazo, quando o Brasil ainda não vivia essa instabilidade econômica. Ainda segundo ele, a marca acredita que o país deve se recuperar logo, mas está ciente de que isso pode ser somente no próximo ano ou nos subsequentes.

Sobre o próprio novo 911 o que é possível afirmar é que os novos modelos já devem trazer de série motores turbo, em substituição aos modelos aspirados. Isso significa que o veículo deve vir com um bloco de 3.0 litros com 6 cilindros, que vem com dois turbo compressores, fazendo com que o carro gere uma potência de 370 cv no modelo Carrera e 420 cavalos no modelo Carrera S. Em relação à versão atual, houve um aumento de 20 cavalos, algo bem significativo, ainda mais considerando toda a potência que o veículo possui.

Em termos de transmissão, foi mantida de série a versão de 7 velocidades, porém também existe a opção de câmbio automático de dupla embreagem. Essa configuração faz com que o carro acelere de 0 a 100 km//h em apenas 3,9 segundos.

Ainda não há informações oficiais sobre o valor que o novo 911 deve chegar ao país, mas sabe-se que no Reino Unido ele desembarcará com valores a partir de 76,4 mil libras, o equivalente a R$ 440 mil.

Por Felipe Villares

Novo Porsche 911

Novo Porsche 911

Novo Porsche 911

Fotos: Divulgação


Modelo terá apenas 300 unidades produzidas e será comercializado pelo valor de R$ 96.990.

A grande e renomada fabricante de veículos automotores Mitsubishi lança, no Brasil, mais uma de suas grandes novidades para este ano de 2015. Agora as apostas da empresa para atrair os consumidores brasileiros é a série especial ASX O’Neill que foi idealizada em parceria com a marca de surf.

Em princípio, a fabricante irá produzir somente 300 unidades desta versão que terá leves modificações não só no seu estilo, mas também no acabamento interno que será exclusivo. O preço de comercialização desta novidade nas concessionárias da Mitsubishi será de R$ 96.990, preço este que está sendo considerado por muitos salgado tal como a água do mar, diga-se de passagem.

As novidades que serão trazidas por essa versão exclusiva do ASX serão: uma nova grade dianteira com acabamento na cor grafite, já a grade abaixo do radiador, a parte abaixo dos para- choques, a moldura do farol de neblina, os defletores de ar das laterais, a capa dos retrovisores, bem como as maçanetas são todos também na cor grafite.

As rodas deste veículo serão as mesmas do TR 4 no tamanho 17” e com acabamento grafite.  O conjunto óptico já com a presença máscara negra, e um dos grandes atrativos dessa versão, é o rack de teto do veículo que recebeu uma espuma protetora destinada para o transporte de pranchas.

O visual do ASX O’Neill foi completado por uma faixa diagonal que foi inserida na porta dianteira e por um grafismo que foi colocado na tampa do porta malas.

Já no interior do veículo todos os seus acentos são revestidos em tecido e levam a grafia da O’Neill, o mais interessante é que realmente estes carros serão exclusivos, uma vez que cada unidade terá uma plaqueta com números de um a trezentos, números estes que terão a finalidade de identificar o número de produção do veículo.

Com relação aos acessórios, o veículo vem de série com um sistema multimídia que além de ser touchscreen ainda há  a presença de controles de áudio inseridos no volante, o carro vem ainda com paddle shifters na direção e piloto automático.

O ASX O’Neill será comercializado nas cores: vermelho, preto e branco.

Por Adriano Oliveira

Mitsubishi ASX O'Neill

Mitsubishi ASX O'Neill

Mitsubishi ASX O'Neill

Fotos: Divulgação


Sedan Elantra terá apenas 130 unidades lançadas no Brasil e será vendido pelo preço sugerido de R$ 79.990,00.

O mercado de carros estilo sedan no Brasil está com disputas acirradíssimas. Para quem pensa em comprar seu primeiro carro ou trocar e pretende optar por um modelo sedan, sem dúvidas, vai encontrar um leque de opções para essa realização.

A montadora Hyundai sabe dessa informação, já que aqui no Brasil estão montadoras de carros das mais bem sucedidas e cobiçadas do mundo, o que justifica ela ter se empenhado para recriar seu grande sucesso de aceitação: o Elantra, que já chegou a ser considerado entre os sedans mais bonitos do mundo.   

A primeira boa notícia para quem gosta de um sedan com estilo é que a Hyundai agora só contará com uma versão do Elantra, tendo teto solar e um sistema central de multimídia para controle dos aplicativos que deseja usar quando estiver dirigindo. 

Também serão de série do novo Elantra seis airbags, bancos de couro, piloto automático, volante funcional, ar condicionado de duas zonas (variando de acordo com a temperatura externa ao carro), direção hidráulica com mais modo de assistência para o motorista.  

Como a proposta é tornar o novo Elantra da Hyundai o mais personalizado possível, a sua nova versão só será vendida nas cores prata e vermelha perolada, por um preço que também está bem competitivo, no valor de R$ 79.990,00.

Serão apenas 130 unidades lançadas pela Hyundai, com o objetivo de atiçar ainda mais a cobiça por quem gosta de carros no modelo sedan. No entanto, à medida que a aceitação for positiva, a montadora asiática promete aumentar a linha de produção do novo Elantra.

Indo para o design, o Elantra ganhou mais imponência na sua fachada, o que lhe passa um ar forte e de potência, oferecendo também como linha de série retrovisores externos de controle elétricos, com motor 2.0 flex de até 178 cv e 21,5 kgfm de torque e câmbio automático de seis marchas.

Quem quiser conhecer mais detalhes do novo Elantra da Hyundai, pode acessar o site www.hyundai.com/br.             

Por Michelle de Oliveira

Hyundai Elantra

Foto: Divulgação


Novo modelo traz as versões Momentum, por R$ 319 mil, e Inscription, por R$ 363 mil.

A nova geração do XC90 da Volvo já começou a ser vendida no mercado brasileiro. Entretanto, já na fase de pré-venda o carro já chamava a atenção por diversos aspectos sendo o principal deles o preço. E para quem acha que tudo não passa de especulação vamos a eles:

Para começar temos o SUV premium que conta com sete lugares. Conforme informações da montadora serão duas versões colocadas à disposição dos consumidores: a Momentum que sai por nada mais nada menos do que R$ 319 mil e a Inscription com  preço inicial sugerido na faixa dos R$ 363 mil.

Em ambos os casos vamos ter a presença do novo motor batizado de Drive-E 2.0 turbo. São quatro cilindros com capacidade para desenvolver 320 cavalos de potência e 45 kgfm de torque. Junta-se a isso tudo um câmbio automático de oito velocidades e tração integral.

Para aqueles que gostam dos pequenos detalhes o novo utilitário esportivo da Volvo consegue chegar até os 100 km/h em 6,9 segundos. No geral o carro consegue atingir uma velocidade máxima de 230 km/h. Por esse e outros motivos o modelo deverá figurar entre os potenciais da etapa brasileira da regata Volvo Ocean Race, que acontece em Itajaí – SC.

Para não deixar de lado os itens de série do XC90 temos entre eles seis airbags (cortina, lateral e frontal) ar-condicionado digital de quatro zonas de resfriamento, rodas de liga leve de 19 polegadas, teto solar panorâmico elétrico, comandos no volante, GPS, MP3/USB/AUX, Bluetooth, sistema multimídia com tela sensível ao toque (são nove polegadas), bancos dianteiros com regulagens elétricas, cortinas nas portas traseiras, controles eletrônicos de estabilidade, alerta de mudança involuntária de faixa, sistema de frenagem automática com visão noturna, controle de tração e anticapotamento.

A versão Inscription ainda agrega outros diferenciais tais como o acréscimo do sensor de ponto-cego, banco traseiro com aquecimento, alerta de tráfego lateral, rodas de 20 polegadas. E para completar um sistema de som preparado para simular a acústica de uma sala de concertos que neste caso, é a da Orquestra Filarmônica de Gotemburgo, na Suécia.

Os atrativos são muitos, mas como foi dito no início, o preço fará com que o carro fique mais do que restrito. Ainda mais se considerarmos a situação econômica do setor.

Por Denisson Soares

Volvo XC90 Momentum

Volvo XC90 Inscription

Fotos: Divulgação


Modelo será fabricado na unidade de São José dos Pinhais (PR) e contará com motor 1.4 turbo, com 150 cv de potência.

A fabricante de veículos automotores Audi disponibilizou para o mercado brasileiro o veículo Q3, após a sua primeira reestilização. Apesar de este modelo ser importado, ele será o segundo da marca que irá ser produzido no país na unidade de São José dos Pinhais (PR). A fabricação deste veículo aqui no Brasil só terá início no mês de março do ano que vem. O primeiro veículo da Audi que será produzido no país, nessa mesma unidade fabril citada acima, será o A3, o qual terá a sua produção iniciada no mês de setembro ainda deste ano.

A maior inovação que será inserida neste veículo será a opção que o consumidor terá de poder escolher de colocar no seu veículo o motor 1.4 turbo, motor este que foi desenvolvido pela Volkswagen, empresa que é a dona da Audi. Para os veículos da Audi este motor é uma novidade, porém ele é o mesmo que foi colocado no Golf e no caso do Q3 este motor virá com o acréscimo de 10 cavalos em sua potência total que será de 150 cavalos, este propulsor irá trabalhar com uma transmissão de dupla embreagem automatizada, a qual possui 6 velocidades, só que na versão brasileira do Q3 este novo motor será disponibilizado na versão flex.

Os consumidores do país com certeza irão olhar para este veículo com bons olhos, uma vez que ele será o SUV de luxo com o valor mais acessível do país, com a versão de entrada que é a Attraction que custará R$ 127.190.

O maior concorrente em vendas deste modelo da Audi, o Range Rover Evoque tem a sua versão de entrada comercializada por nada mais nada menos que R$ 197.500, contudo o diferencial deste veículo é o fato de ele ser equipado com um propulsor 2.0 movido a gasolina que é capaz de produzir uma potência máxima de 240 cavalos, já versão movida à diesel possui 190 cavalos de potência, sendo que nas duas versões o câmbio é de 9 marchas e automático.

As mudanças no design deste novo Q3 foram bem sutis, pois houve apenas a inserção de mais detalhes cromados na sua grade frontal, no farol foi incluído o farol de neblina, o qual ficou com posicionamento bem discreto na parte inferior do para-choque.

Por Adriano Oliveira

Audi Q3 2016

Audi Q3 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá 77 unidades que estarão à venda no Brasil.

A fabricante de veículos automotivos Land Rover fez o anúncio nesta última segunda-feira, dia 6 de julho de 2015, que irá fazer o lançamento oficial da série limitada  London Edition para o Range Rover Evoque. Esta série especial estará disponível a partir do próximo dia 11 de julho de 2015. No total a empresa irá disponibilizar apenas 77 unidades desta versão especial, sendo que cada uma delas será comercializada pelo valor de R$ 244.200.

Base para a criação dessa nova versão foi retirada da versão Dynamic, contudo esta nova versão, a London Edition, irá contar com acabamentos e cores exclusivas e acima de tudo será ainda mais equipada do que as demais.

Nesta edição exclusiva uma das primeiras coisas que se percebe ao visualizá-la são as características britânicas em termos de engenharia trazidas pela Land Rover, características estas que são corroboradas através do design e no acabamento deste carro que foi todo produzido por meio da inspiração das cores trazidas na bandeira da Inglaterra.

O motor que foi utilizado neste modelo foi o 2.0 litros turbo movido a gasolina, o qual tem a capacidade de gerar uma potência máxima de 240 cavalos, este propulsor trabalha em conjunto com o câmbio modelo ZF 9HP que possui nove marchas.

A série especial London com já foi dito irá trazer outros itens de série a mais do que as outras versões e um exemplo desses adicionais são a tampa do porta-malas que dessa vez terá a abertura e o fechamento feitos por meio de comandos elétricos apenas pelo acionamento de um botão e a presença de câmera de ré.

Do lado externo, o Evoque London Edition irá trazer a sua carroceria pintada na cor branca Fuji, sendo que o teto panorâmico, os retrovisores, bem como a assinatura será na cor vermelho Firenze. A fim de dar um toque ainda mais esportivo a este veículo a fabricante inseriu nesta edição alguns detalhes muito interessantes, tais como, faróis com máscaras escurecidas, grade pintada na cor preto e luzes de neblina.

Os acabamentos internos deste veículo serão em duas opções cores uma totalmente em preto Ebony e a outra em preto Ebony com detalhes em vermelho Pimento.    

Por Adriano Oliveira

Range Rover  Evoque London Edition

Range Rover  Evoque London Edition

Range Rover  Evoque London Edition

Fotos: Divulgação


Novos modelos chegarão ao mercado brasileiro com os preços de R$ 147.9000 e R$ 194.900.

Você curte carros esportivos? Foi apresentado no Salão do Automóvel em São Paulo dois esportivos da Subaru: WRX e WRX STI. A pré-venda já foi anunciada para o público e a expectativa é que os automóveis cheguem às concessionárias ainda no mês de agosto. Os preços são um pouco salgados, sendo o WRX R$ 147.900,00 e o WRX STI R$ 194.900,00.

Os novos carros esportivos da Subaru contam com motor turbo de quatro cilindros, sendo que no modelo WRX ele tem a capacidade para desenvolver potência de 268 cv e torque de 35,7 m.Kgf com 2,0 Litros e no modelo WRX STI o motor tem 305 cv e 40 m.Kgf com 2,5 L.

Que tal conhecer mais detalhes sobre os esportivos e as diferenças de cada um? O WRX tem câmbio automático e com variação contínua. Além disso, o carro tem a habilidade para simular oito marchas no modo de troca manual, tração integral e controle de estabilidade com modo de uso mais permissivo, além da presença do sistema de vertorização de torque. Em relação à versão STI, o carro tem câmbio manual de seis marchas, suspensão mais firme se comparada com o WRX e capacidade para acelerar de 0 a 100km/h em um tempo estimado de 5,2 segundos. O design  de ambos os modelos chama a atenção, principalmente, pelos detalhes futuristas presentes no carro.

A importadora oficial e exclusiva da marca no País é a CAOA e as pré-vendas já iniciaram. Portanto, as pessoas que quiserem já podem antecipar as compras de ambos os modelos dos carros nas concessionárias. A previsão para recebê-los e em agosto deste ano, mesma época do lançamento inicial do veículo. Desta forma, os apaixonados pelos esportivos já podem garantir uma das versões nas garagens e aguardar ansiosamente pelo carro.

Gostou de conhecer sobre o WTX e WRX STI? Você é fã de carro esportivo? Conte para a gente!

Por Babi

Subaru WRX

Subaru WRX

Sbaru WRX STI

Sbaru WRX STI

Fotos: Divulgação


Novo modelo foi lançado em terras tupiniquins apenas na configuração cupê, nas versões Attraction e Ambition.

A montadora e fabricantes de veículos automotores Audi lançou nesta última sexta-feira, dia 15 de maio, a mais nova geração do veículo Audi TT no Brasil. Esta novidade foi apresentada ao público no Rio de Janeiro. O lançamento deste veículo aqui no país já estava previsto desde o último Salão do Automóvel, evento ocorrido no ano passado.

Em princípio, essa nova geração do Audi TT chegou ao país somente na configuração cupê, a qual tem duas versões, a Attraction que custa R$ 209.990 e a Ambition que custa R$ 229.990.

Ambas as versões são equipadas com propulsores 2.0 turbo, motores estes que têm a capacidade de desenvolver uma potência máxima de 230cv. O câmbio utilizado no veículo é o automatizado de seis velocidades com a tecnologia de dupla embreagem.

Segundo a Audi este novo Audi TT tem a capacidade de acelerar de 0 a 100 km/h na incrível marca de 5,9 segundos e tem como velocidade máxima 250 km/h.

No interior dessas versões as grandes novidades ficarão por conta dos seguintes detalhes: saídas de ar confeccionadas com inspiração nos modelos utilizados na aviação, comandos centralizados, navegador totalmente personalizável, que nestas versões não ficam mais na parte central do console, sendo que foi colocada no quadro de instrumentos. Vale ressaltar que as duas versões deste veículo ainda trazem consigo painel do modelo virtual, sendo que estes serão os primeiros carros da fabricante que irão contar com esta tecnologia, tecnologia esta que deverá ser ampliada para o restante da gama.

Realmente, como não poderia ser diferente, o veículo ficou muito bonito. A grande diferença entre as duas versões do veículo é que na versão topo de linha, a Ambition, que custa R$ 20.000 a mais, além dos itens convencionais de série, ele traz consigo os seguintes acessórios: rádio do tipo MMI Plus com sistema de navegação, ar-condicionado automático integrado nas saídas de ar, faróis full LED, Audi Drive Select, rodas de alumínio no aro 19 polegadas, bem como pacote de luzes.

Por Adriano Oliveira

Novo Audi TT

Novo Audi TT

Fotos: Divulgação


Lançamento do novo modelo em terras tupiniquins se dará até o final deste ano. Modelo contará com motor movido a diesel da linha Ingenium.

Para aqueles que já estavam ansiosos e estavam aguardando foi confirmado oficialmente pela montadora Land Rover a chegada do Evoque reestilizado até o final deste ano ao Brasil. Este modelo renovado deste veículo foi apresentado no mês de março durante o Salão de Genebra, na Suíça, sendo que para que este veículo desembarque aqui no último trimestre deste ano, conforme o que está sendo previsto pela montadora, a produção terá início a todo vapor no mês de junho na Inglaterra.

Esse novo Evoque ganhou algumas novidades, sendo que na parte dianteira ele recebeu um novo para-choque totalmente remodelado onde foram inseridas entradas de ar mais avantajadas, também foram feitos alguns retoques nos faróis de LED adaptativos, bem como na grade. Na traseira do veículo foi inserido um novo defletor de ar, outra novidade foi a presença de lanternas com apresentação dos grafismos novamente desenhados.

Um das maiores novidades na parte mecânica foi a inserção de um motor movido a diesel da família Ingenium à linha, o qual foi confeccionado integralmente em alumínio, este motor terá quatro cilindros e será mais eficiente que o anterior, além disso terá uma redução de 30 quilos no seu peso. No mercado europeu essa novidade será comercializada com duas variações de motores sendo uma com potência de 180cv e a outra de 150cv.

Já aqui no Brasil esta novidade deverá ser comercializada com um propulsor mais forte, a fim de substituir o antigo motor turbodiesel 2.2 de apenas 190cv. Dessa vez, aqui no Brasil, essa versão será equipada com motor 2.0 movido a gasolina, ou seja, o mesmo já utilizado no Fusion Titanium, e com capacidade de produzir uma potência máxima de 240cv.

Já na parte interna o carro topo de linha da Land Rove oferecerá novos materiais de revestimento, bem como uma nova central de multimídia com tela sensível ao toque de 8 polegadas com a função de navegação. Ainda será mantido o sistema de tração que fará com que este veículo possa ser utilizado em diversos tipos de terrenos.  

Por Adriano Oliveira

Land Rover Evoque

Land Rover Evoque

Land Rover Evoque

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: