Caminhonete tem preços iniciando em R$ 131.990 na versão Sport GLS.

A japonesa Mitsubishi que vem tendo dias ruins devido a crise, desde 2013, encontrou forças e anunciou recentemente o lançamento da nova picape L200 Triton no Brasil. A caminhonete, que será protagonista da marca no salão de São Paulo que acontecerá em novembro, só estará nas concessionárias no mês de outubro, em três versões de acabamento: custando R$ 174.990 a Sport HPE Top, R$ 161.990 a Sport HPE, e a versão mais em conta a Sport GLS, com valor de R$ 131.990.

Sendo assim, a nova L200 ficará posicionada logo acima da atual, a 2.4 flex Outdoor, que tem um valor de R$ 91.990 e a 3.2 TD Savana A/T, que custa R$ 146.990.

O lançamento da marca estará equipado com um novo propulsor a diesel, com 2.4 litros (2400 cc) e quatro cilindros, que tem 190 cv de potência, com 43,8kgfm de torque máximo. A novidade será fabricada em alumínio, diminuindo seu peso em 30 kg em comparação com o motor antigo.

A versão GLS tem transmissão manual com seis marchas. Nas demais versões, o câmbio é automático, com aletas atrás do volante para troca de marcha. Também terá seletor de tração, sendo 4×4 ou 4×2, com modo de asfalto e reduzida.

Aparentemente, a picape recebeu algumas alterações, com faróis espichados para os lados, com lanternas que vão até a caçamba e grade mais marcante.

A versão topo de linha vem equipada com os seguintes itens de série: ar-condicionado digital dual zone, central multimídia com tela de 7 polegadas, sensores de luz, faróis de xenônio com luz de rodagem diurna, botão de ignição, sensor de estacionamento e chuva, para o condutor airbags frontais, que são obrigatórios, de joelho, cortina e laterais e câmera de ré, além de bancos de couro, para o motorista com regulagens elétricas.

A montadora irá produzir tanto o modelo novo quanto o antigo na fábrica de Catalão (GO).

Confira abaixo os preços das versões antigas (os modelos atuais foram informados acima):

  • L200 Triton Savana (transmissão manual) – valor: R$ 138.990,00
  • L200 Triton Outdoor (transmissão automática) – valor: R$ 136.990
  • L200 Triton Savana (transmissão automática) – valor: R$ 146.990,00
  • L200 Triton GLX (transmissão manual) – valor: R$ 111.990,00
  • L200 Triton GL (transmissão manual) – valor: R$ 105.990,00
  • L200 Triton 2.4 (Flex Outdoor) – valor: R$ 91.990,00

Por Filipe Silva

L200 Triton 2017


Novo modelo tem estreia marcada no Brasil para a primeira semana de novembro de 2015. Seus preços partem de R$ 181 mil.

Após ter sido lançada no Sudeste Asiático e na Austrália, agora a oitava geração de uma das caminhonetes que mais fazem sucesso, a Toyota Hilux, chegará para comercialização aqui no Brasil na primeira semana do mês de novembro.

Informações que já estão sendo veiculadas dão conta de que o preço desse utilitário será de R$ 166 mil para a versão mais básica a SR, R$ 181 mil a versão SRV e a versão topo de linha que é a SRV TOP custará R$ 192.400.

A previsão de chegada da Hilux flex é somente para o próximo semestre, sendo assim, neste primeiro momento essa nova versão da Hilux só será comercializada com propulsor movido a Diesel.

Com relação à versão antiga, ela não mais será produzida na fábrica de Zárate, na Argentina, agora com a produção dessa antiga geração encerrada, para fazer a introdução da nova geração da caminhonete no mercado brasileiro, por aqui, as revendedoras da Toyota estão tralhando com vários descontos para zerar os seus estoques, para se ter uma noção o modelo de entrada na versão 4X2 está saindo por R$ 95 mil, a versão SRV com rodas aro 16 polegadas estão sendo vendida a R$ 153.500 e a versão top que vem com controle de estabilidade e rodas de 17 polegadas está saindo por R$ 162 mil.

Essa nova versão da Hilux traz muitos diferenciais em relação à versão anterior, o primeiro deles é que ela é mais larga, mais longa e mais baixa. Agora ela possui 5,34 metros de comprimento, 1,86 de largura e 1,82 de altura. Já a distância entre-eixos foi mantida e continuou com 3,09  metros, a melhor mudança e que irá agradar muitos consumidores foi a que ocorreu no espaço para os passageiros do banco traseiro que ganharam um espaço de 3,5 cm para acomodar os joelhos. Outra novidade interessante é que este veículo teve a sua capacidade de reboque aumentada para 3.500 Kg, sendo que o seu limite de carga é de 1.240 Kg.

Os novos propulsores são o 2.4 e o 2.8 turbodiesel os quais possuem a capacidade de produzir uma potência máxima de 150 cavalos e 177 cavalos respectivamente, a estreia desses motores ocorreu na Ásia.  

Por Adriano Oliveira

Toyota Hilux 8ª geração

Toyota Hilux 8ª geração

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: