O segmento de sedans compactos não teve um volume expressivo de vendas no primeiro semestre de 2017, mas alguns modelos apresentaram boa comercialização.

A comercialização de veículos e comerciais leves zero quilômetro no país cresceu 4,25% considerando o período do 1º semestre de 2017 se comparando com os dados das vendas ocorridas no mesmo período em 2016. Tal informação foi levantada pela associação de distribuidores, a Fenabrave.

Conforme ainda a própria Fenabrave o fator que teria puxado o índice para cima neste semestre passado foi o fato do aumento significativo no número de emplacamento de 5 categorias: carros de entrada (com preços mais acessíveis), SUV, hatch pequeno, grandcab (por exemplo a Spin) e pick-up grande. As demais categorias teriam encolhido o percentual.

Segmento dos sedans compactos

O segmento dos sedans pequenos não teve um volume tão expressivo de vendas no período do 1º semestre, embora alguns modelos com números de venda bem entusiásticos.

Vamos conferir os 5 mais vendidos da categoria sedan compacto!

  1. Chevrolet Prisma, com 31.202 unidades vendidas foi o campeão da categoria. O modelo LTZ 1.4 é vendido pelo valor médio de R$51.915,00
  2. Volkswagen Voyage, com 18.413 unidades vendidas no semestre ficou em 2º lugar, porém bastante longe do primeiro. O modelo Trendline 1.0 é vendido ao valor de R$40.990,00
  3. Hyundai HB20S, com 14.862 veículos vendidos nos primeiros seis meses do ano é o 3º de nossa lista. O 1.0 S Comfort Plus custa R$ 48.885,00
  4. Toyota Etios Sedan, vendeu 14.637 automóveis no primeiro semestre de 2017, ficando em 4º lugar em vendas da categoria. O modelo X 1.3 16v manual tem o preço de R$43.990,00
  5. Fiat Siena, foi o 5º e último de nossa lista, em vendas atingiu 13.148 vendas. Seu modelo EL com motor 1.0 é vendido a R$35.000,00.

Como líder no mercado nacional, a Chevrolet figurou em primeiro dos mais vendidos em nada menos do que 6 categorias distintas, sendo a maioria com grandes volumes de vendas, o que é possível perceber inclusive em nossa lista e na diferença até o 2º lugar.

Já a 2º colocada, considerando todas as categorias foi a Fiat, que figurou em outras 4 categorias como 1ª marca.

Algumas previsões apontam para uma retomada ainda melhor no 2º semestre, em se consolidando os números de melhora na economia, porém outras previsões não são tão otimistas. O fato é que o mercado de automóveis no Brasil é extremamente dinâmico.

Por Silvano Andriotti

Prisma 2017

voyage 2017

Fotos: Divulgação


Novo modelo da Fiat tem previsão de vendas no Brasil em junho e virá para substituir o Palio e o Punto.

Em tempos de recessão econômica, vale aquela máxima: Quem não se mexe, não aparece. Parece ser a mais pura verdade para a montadora italiana Fiat, presente em terras brasileiras desde 1976.

A montadora já decidiu tentar sair da estagnação e recuperar, a todo custo, a posição de líder de vendas no mercado brasileiro automotivo, posição perdida para a americana Chevrolet. A bola da vez agora ficou por conta de umhatch compacto, denominado de Argo e que tem previsão de vendas para o mês de junho.

O Fiat Argo, que até pouco tempo atrás era chamado de X6H, tem a dura missão de ocupar o lugar do bem-sucedido Palio, em suas versões top de linha e do Punto, que se aposentou em janeiro desse ano.

A missão dada ao Argo é ainda preencher o espaço do Bravo, que também teve sua produção interrompida. Sabe-se que o novo lançamento da Fiat é baseado no Tipo europeu, porém com dimensões menores, com um moderno visual que inspira esportividade e com um bom espaço interno, que é um dos seus atrativos na hora da compra. Se comparado com seu irmão, o Tipo europeu, o Argo tem o visual mais moderno. O capô do Argo é um pouco mais liso e os vincos estão presentes apenas nas laterais. Os faróis de neblina ficaram localizados nas extremidades da entrada de ar da parte central do para-choque dianteiro. Na traseira, a tampa do porta-malas é um pouco mais plana e tem o design diferente, além das lanternas, que são um pouco mais estreitas.

A versão de entrada do novo lançamento da Fiat, será a 1.0 Drive, que vem equipada com motorização de 3 cilindros FireFly com 72 cv, que promete ser bastante econômico e câmbio manual de 5 velocidades. O Argo ainda terá versões 1.3 com 101 cv e com as opções de câmbio manual de cinco marchas ou automatizado GSR, também de 5 marchas. A versão top de linha do Argo ficará por conta do 1.8 Essence e Sporting, ambos com câmbio manual ou automático de seis velocidades.

O preço sugerido pela Fiat, dependendo do modelo escolhido, pode ficar entre R$ 45 e R$ 60 mil.

Vamos ver se o Argo vai colocar a Fiat como primeira do ranking novamente.

Por Rodrigo Souza de Jesus

Fiat Argo


A nova versão, lançada neste ano, foi reestilizada e ganhou muitas novidades. A principal mudança foi na parte externa.

O Gol é um dos carros mais queridos do País, e está presente no mercado desde 1981. Além de ser um dos mais vendidos, ele passou por muitas mudanças em tecnologia e design ao longo dos anos. Por exemplo, no início ele era vendido com motor refrigerado e ar herdado do antigo fusca, mas com o tempo e investimento foi o carro mais vendido do Brasil por 25 anos.

A nova versão, lançada neste ano, foi reestilizada e ganhou muitas novidades. A principal mudança foi na parte externa, que teve o desenho reformulado e a cabine também foi foco de mudança. A parte traseira do carro, por exemplo, concentrou muitas alterações, pois no lugar das lanternas horizontalizadas, a marca acrescentou peças tridimensionais, e a borda superior foi unida por meio de um novo vinco. O automóvel ficou com um jeito de polo europeu.

Além disso, a marca investiu em conectividade e tecnologia na parte interna, em que o painel central ficou maior e ganhou leds brancos, e o quadro mostra com muito estilo e detalhe o velocímetro e também o contagiro.

Outra novidade é que a nova versão conta com três opções centrais de multimídia, para oferecer conforto e entretenimento aos usuários e passageiros. A mais simples é o Média, que possui conexão via Bluetooth, entradas auxiliares e não tem tela sensível ao toque, e pode custar R$ 835,00. A intermediária Composition Touch tem a tela touchscreen e o valor pode chegar a R$ 1.755,00.

A principal conectividade é a que está presente na série limitada Gol Connect que pode custar até R$ 2.500,00 a mais e tem como diferencial o Discover Media com GPS, sensor de estacionamento, entre outros recursos.

Outro diferencial é o motor: EA211 1.0 MPI, e também os itens de série como direção hidráulica, travas e vidros dianteiros elétricos, ar condicionado é opcional e pode chegar a custar até R$ 2.800,00. Além disso, tem ajuste de altura de banco, limpador e desembaçador traseiro e rodas de 14” contendo calotas e pneus 175/70.

Está curioso para saber o preço da nova versão do Gol 2017?

  • Gol Comfortline 1.0 = R$ 42.690,00
  • Gol Comforline 1.6 = R$ 47.490,00
  • Gol Comfortline 1.6 i-motion: R$ 57.490,00

O que achou do novo Gol 2017?

Por Babi

Volks Gol 2018


O modelo é comercializado em quatro versões diferentes, que possuem preço sugerido inicial de R$ 99.990.

O modeloJeep Compass conta com propulsores 2.0 a diesel, com 170 cavalos e 2.0 flex com 166 cavalos.

O Jeep é comercializado em quatro versões diferentes, que possuem preço sugerido inicial de R$ 99.990: Longitude, Sport, Trailhawk e Limited. São oferecidos com dois propulsores, ambos 2.0, entretanto o flex gera uma potência de 166 cavalos, já o diesel gera 170 cavalos. A primeira opção tem acoplado um câmbio automático com seis velocidades e somente tração na dianteira. Já a versão diesel possui câmbio automático com nove 9 velocidades e tração nas quatro rodas.

O veículo é equipado com propulsores 2.0 Flex Tigershark com 166 cv de potência e torque de 20,5 kgfm e também um 2.0 diesel Multijet II com 170 cv de potência e torque de 35,7 kgfm. Estes motores fazem com que o Jeep alcance uma velocidade máxima que a 194 quilômetros horários.

Sua aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 10 segundos e seu consumo de combustível dentro da cidade é de 9,8 km/litro, já no perímetro rodoviário é de 11,4 km/litro, isso na configuração Trailhawk.

Confira as versões e os preços do Jeep Compass linha 2017:

Sport flex – R$ 99.990

Equipamentos de série: direção elétrica, ar-condicionado, sensor e câmera de ré, controles de estabilidade e tração, banco do condutor com regulagem elétrica, assistente de partida em rampas, central multimídia com navegação e display de 5 polegadas, rodas de 17 polegadas e controle de velocidade de cruzeiro.

Longitude flex – R$ 106.990

Equipamentos de série: iguais a versão acima, somado com partida e acesso sem ao uso de chave nas mãos, ar-condicionado digital dual zone, luz diurna de LED, central multimídia com 8,4 polegadas e rodas de 18 polegadas.

Longitude diesel – R$ 132.990

Equipamentos de série: idem a versão acima.

Limited flex – R$ 124.990

Equipamentos de série: igual da configuração Longitude, e ainda detector de ponto cego, airbags de cortina, de joelho (para condutor) e laterais, faróis de xenônio, sensores de chuva e luz, bancos de couro e quadro de instrumentos configurável.

Trailhawk diesel – R$ 149.990

Equipamentos de série: igual a versão anterior, somado a protetores de cárter, ganchos para fixação de cargas no porta-malas, suspensão e tanque elevados e ganchos de reboque.

Por Filipe Silva

Jeep Compass 2018


Novo modelo conta com alterações que visam deixá-lo mais econômico.

Presente no mercado brasileiro desde o ano de 2007 a GM lança agora o Chevrolet Prisma em sua linha 2018. Na última linha a marca, com o objetivo de tornar o carro ainda mais econômico, fez algumas alterações. O seu peso total foi reduzido em 34 kg, adicionaram pneus verdes com foco na facilitação para rodagem e ainda lançou um câmbio manual novo com seis velocidades, e o câmbio automático foi recalibrado. Todas essas medidas fizeram com que o sedã tivesse um menor consumo. Entretanto as alterações mecânicas se fazem necessárias visto que os seus principais rivais (Ford Ka+ e Hyundai HB20S) já estão ofertando modelos com propulsores de três cilindros.

Preços e versões do novo Prisma 2018:

Hoje, o Chevrolet Prisma é comercializado nas versões: 1.4 SPE-4 Eco LT, 1.4 SPE-4 Eco LTZ, 1.0 SPE-4 Eco Joy, 1.4 SPE/4 Eco LTZ transmissão automática e 1.4 SPE/4 Eco LT também automático.

Os valores sugeridos para o modelo iniciam em sua versão básica, em R$ 43.590. Já a configuração de topo de linha chega a ser comercializada por R$ 64.990.

Potência:

– Motor 1.0 flex com 78 cavalos a gasolina, e com etanol 80 cv.

– Motor 1.4 flex com 98 cavalos a gasolina e com etanol 106 cv

Os câmbios podem ser manual com seis velocidades ou então automático de seis marchas, o qual é opcional apenas para o motor 1.4, variando de acordo com a configuração.

Capacidades e dimensões:

  • Largura com espelhos (em mm) – 1964
  • Comprimento (em mm) – 4275
  • Distância entre eixos (em mm) – 2528
  • Altura (em mm) – 1484
  • Capacidade do porta malas (em litros) – 500
  • Peso (em kg) – 1028
  • Capacidade do tanque de combustível – 54 litros

Consumo:

O Inmetro realizou uma avaliação do consumo de combustível rodando na cidade e na estrada, abastecido com etanol e com gasolina. Confira abaixo os dados:

Com etanol

Consumo estrada -10,8 Km/L

Consumo cidade – 9,1 Km/L

Com gasolina

Consumo estrada – 15,3 Km/L

Consumo cidade – 12,9 Km/L

Preços:

  • 1.4 SPE LTZ T/A – R$ 64.990
  • 1.4 SPE LT T/A – R$ 59.290
  • 1.4 SPE LTZ – R$ 58.990
  • 1.4 SPE LT – R$ 53.690
  • 1.0 SPE Joy – R$ 43.590

Por Filipe Silva

Chevrolet Prisma


O design interno do novo modelo será mais sofisticado e também novas tecnologias farão parte da minivan.

O primeiro teaser da Nova Honda Odyssey foi divulgado e a minivan já teve a sua apresentação confirmada para 09 de janeiro, durante um evento que ocorrerá no Salão de Detroit. Ainda não se sabe muitos detalhes do novo carro, mas algumas informações já estão confirmadas como, por exemplo, que o novo modelo será mais baixo e largo que o atual, o design interno será mais sofisticado e também novas tecnologias farão parte da minivan.

Em relação ao mercado o norte americano, o novo carro da Honda é concorrente do Kia Carnival e também do Toyota Sienna. Há rumores que a minivan deve ter transmissão automática de nove marchas, que será útil na manutenção da eficiência energética, além da tração AWD e direção nas quatro rodas.

Entre outros destaques, a Honda começou a apresentar os novos detalhes do modelo City 2018, que é fabricado na Tailândia. Dos detalhes e informações, há rumores que a nova versão deve ficar parecida e em sintonia com a 10ª geração do Civic. As imagens do carro foram divulgadas no site oficial da marca da Tailândia, que incluía a cobertura de pré-vendas.

Além disso, destacam-se a presença dos faróis diurnos de LED que tem o formato em L, sendo uma identidade marcante do novo Honda Civic, além da presença da grade dianteira com um design diferenciado. O esperado é que a reestilização do novo carro seja em janeiro, mas ainda não se sabe quando chegará ao Brasil.

Atualmente, a Honda está comemorando a produção de 100 milhões de automóveis no mundo, sendo um alcance representativo para a marca, que foi alcançado 53 anos depois que o primeiro carro saiu da linha de montagem. Na época, um T360, sendo seguido por um esportivo denominado S500.

A primeira fábrica da Honda originou-se no Japão, na cidade de Sayama. Atualmente, a marca conta com 34 fábricas produtivas, que estão espalhadas por todo o mundo. Entre as principais produções destacam-se modelos como sedãs Civic e Acord, além de outros como o esportivo NSX e também o crossover HR-V e CR-V. Estes modelos são considerados campeões de vendas.

O que achou das novidades da marca? Deixe a sua opinião nos comentários!

Por Babi

Honda Odyssey 2018

Honda Odyssey 2018

Fotos: Divulgação


Modelo é o carro mais sofisticado já produzido pela Range Rover.

Foi lançado recentemente no mercado brasileiro o SVAutobiography, o carro mais sofisticado já produzido pela Range Rover. O automóvel foi desenvolvido exclusivamente pela divisão de veículos especiais do grupo. O mesmo se encontra disponível em nosso mercado apenas na modalidade de encomenda (por enquanto) com preço sugerido de R$ 1.065.800.

Uma das principais preocupações dos desenvolvedores da SVAutobiography era o conforto interno. Dessa forma, o mais recente lançamento da linha Range Rover possui entre-eixos estendido.

Além disso, o acabamento interno foi feito artesanalmente. O automóvel é recheado de luxo e itens bastante exclusivos. Um dos grandes exemplos são os bancos individuais traseiros da marca Poltrona Frau® que possuem ajustes elétricos e descanso para os pés. Além disso, tais bancos são divididos por um console que possui várias funcionalidades, dentre as quais o sistema de controle do ar condicionado e o controle dos assentos. Ainda na parte interna, saiba que há telas exclusivas destinadas ao sistema de entretenimento, bandejas especiais dentre outros itens.

Um detalhe bastante interessante é que o automóvel dispõe de pintura exclusiva em duas tonalidades com oito opções diferentes para o cliente escolher. Todas as opções são acompanhadas do preto Santorini.

O design desse automóvel também é um dos principais destaques do lançamento. O mesmo dispõe de uma aparência bastante elegante e luxuosa. A grade dianteira, por exemplo, possui desenho diferenciado e acabamento em cinza e prata. As rodas, que possuem design específico e exclusivo para esta versão, são de aro 21 polegadas.

O SVAutobiography também não deixa a desejar quando o assunto é sua motorização. O mesmo é equipado com o potente 5.0 V8 Supercharged recalibrado e capaz de oferecer 550 cv de potência e torque de 69,3 kgfm a 3.500 rpm. O câmbio, por sua vez, é o ZF de oito velocidades. Com todo esse equipamento, o SVAutobiography é capaz de chegar a 250 km/h como velocidade máxima. Segundo os desenvolvedores, o automóvel pode acelerar de 0 a 100 km/h em 5,5 segundos.

Apesar de todo o luxo que este automóvel dispõe, saiba que o mesmo foi criado com o intuito de poder trafegar em qualquer tipo de terreno. Isso é possível graças a versão mais recente do sistema Terrain Response 2. Tal sistema é capaz de adaptar as configurações de aceleração, suspensão, tração além de acionar os sistemas de segurança de acordo com o terreno em questão.

Por Bruno Henrique

Range Rover SVAutobiography

Range Rover SVAutobiography

Fotos: Divulgação


Versão LX custa R$109.990 e EX custa R$134.990.

Para quem se lembra do início da trajetória do Sportage lá no começo dos anos de 1990 deve ter na memória o quanto ele era “questionável” dado o fato de ser barulhento e meio “sem jeito”. Porém, com o passar dos anos o carro foi se aprimorando e se reinventando até chegar a sua quarta geração. A versão mais recente do Sportage acaba de fazer sua estreia no Brasil com uma estética mais apelativa para o lado esportivo. O modelo apareceu por aqui em duas versões sendo a LX com preço inicial de R$109.990 e a EX custando R$134.990.

Além do preço existem outras diferenças que valem a pena de serem destacadas entre as duas opções. A principal diz respeito à lista de equipamentos presentes. No caso da LX vamos encontrar rodas de aro 17, sistema de som com tela sensível ao toque de cinco polegadas, controlador de velocidade e ar-condicionado. Também vamos ter câmeras de ré e sensores para obstáculos traseiros.

Por sua vez, a EX conta entre os equipamentos com teto solar panorâmico e bancos de couro, sistema multimídia com GPS e tela de 7", controles de estabilidade e tração e airbags laterais e de cortina.

Embaixo do capô do carro teremos o já conhecido 2.0 flexível com capacidade para 167 cv e 20,2 kgfm de torque. O bloco é integrado a um câmbio automático de seis marchas. Curiosamente esse é o mesmo equipamento que já se encontrava no Sportage anterior e que também está no Hyundai ix35.

Ainda sobre a motorização a marca não deu nenhum sinal se por acaso o motor 1.6 de 176 cv que integra o modelo europeu poderá aparecer por aqui algum dia. Lá na Europa o carro ainda mantém a transmissão de dupla embreagem com sete marchas.

De uma forma geral o Sportage em sua quarta geração ganhou um pouco mais de espaço graças ao aumento de alguns poucos centímetros na distância entre-eixos. Sem muito aperto a parte de trás comporta perfeitamente três ocupantes. Mas é aí que vamos encontrar um erro grave. Não há cinco de segurança de três pontas para o passageiro central.

Já na parte da frente o espaço ficou maior tanto para o motorista quanto para o passageiro. A possibilidade de ajustar a altura e a profundidade do volante possibilita ao condutor encontrar a melhor maneira de se ajeitar mais confortavelmente.

A versão mais básica tem levantado algumas questões um pouco desagradáveis como, por exemplo, a qualidade dos materiais usados no interior e a ausência de alguns itens que seriam bem vindos como os airbags laterais e o controle de estabilidade que só aparece na opção mais cara, a EX.

Por Denisson Soares

 

Kia Sportage

Kia Sportage

Fotos: Divulgação

 


Motor do modelo é um V6 de 280 cv e tem um som agradável.

O lançamento da Honda, o Accord 3.5, tem chamado a atenção da mídia em geral por diversos aspectos e aqui vamos sintetizar alguns deles. Em um primeiro momento o que mais se tem falado a respeito do modelo é o fato de que o motor, um V6 de 280 cv, tem um som agradável aos ouvidos que gostam do “barulho da potência”. Esse aspecto pode ser verificado quando o condutor deixar o carro a uma velocidade de apenas 50km/h e depois pisa fundo no acelerador para aproveitar.

E já que começamos a falar do motor uma coisa chama a atenção aqui. Atualmente o mercado de automóveis vem seguindo uma linha de motores que apresentam uma baixa cilindrada turbo, consumo  e emissões baixas e um desempenho questionável. A questão é que o Accord vai exatamente para o lado oposto. O modelo conta com seis cilindros e uma alta potência. E fica a observação para a calibragem da suspensão multilink que também é digna de nota.

Para o modelo deste ano a fabricante decidiu substituir as rodas aro 17 para as de aro 18 que, por sua vez, vem com pneu 45. E para quem pensa que isso vai fazer o carro ficar mais “duro” enquanto roda está enganado. Ao que parece a Honda não mediu esforços para deixar tudo macio ao se dirigir. Para se ter ideia as imperfeições que possam aparecer no caminho do carro são literalmente absorvidas pelo piso. Com isso, os ocupantes do carro não sentem praticamente nada.

O Accord agora traz também vincos mais acentuados no capô, na carroceria e também no para-choque. E isso sem contar os detalhes da grade cromada, o farol principal e os auxiliares que são em LED e que receberam leves retoques. A 9° geração do modelo ainda traz algumas outras ligeiras alterações como o discretíssimo aerofólio situado na tampa do porta-malas.

E para quem acha que isso é pouco o Accord ainda tem sensores de estacionamento. O destaque aqui fica para os três modos de visualização de imagem oferecidos pela câmera de ré. E tem mais: o retrovisor direito conta também com uma câmera que analisa e detecta pontos cegos e mostram as imagens na tela para o condutor.

Esse é um daqueles modelos que a Honda não economizou para impressionar. Os detalhes, a potência e a beleza do carro não ficam despercebidos para quem é amante da marca.

A Honda anunciou que até o final do ano tem a intenção de vender somente 120 unidades da versão. Aliás, o Accord será vendido apenas na versão EX e o preço inicial sugerido para o modelo é de R$ 156.300.

Por Denisson Soares

Honda Accord 3.5

Foto: Divulgação


Modelo custará R$ 137.990 em terras brasileiras.

O DS5, carro de luxo lançado no Brasil em 2012, chega novamente ao mercado brasileiro após ser reestilizado. Com preço divulgado no valor de R$ 137.990, o novo carro deixa de levar o símbolo da Citroën e custará R$14 mil a mais que seu modelo antecessor.

O crossover de luxo manteve o motor 1.6 turbo que proporciona 165 cv de potência e está ligado à transmissão automática de 6 marchas. A potência do motor proporciona de 0 a 100 km/h em menos de 9 segundos e o carro é capaz de atingir até 211 km/h de velocidade.

O DS5 conta também com mudanças na parte externa como novas lanternas traseiras com LED, faróis, para-choques em novo design e grade remodelada. As rodas de 18 polegadas diamantadas com aros de liga leve também foram renovadas. Outra novidade é que o modelo chega ao mercado com nova opção de cor batizada de Bleu Encre, que é um tipo atraente de azul marinho.

Na parte interior, o novo modelo apostou na tecnologia, uma das inovações é a central multimídia que conta com tela touchscreen de 7 polegadas. Todo esse sistema é compatível com o sistema da Apple, o Carplay e também o Mirror Link que dão ao motorista muito mais autonomia e facilidade no manuseio de aplicativos integrados ao veículo e noção ampliada sobre condições do veículo.

Outra novidade é o teto solar que chega dividido em 3 partes e possui um display “head up” que mostra dados importantes na altura do para brisa evitando que o condutor precise tirar os olhos da estrada. Esse tipo de funcionalidade aumenta a segurança e proporciona muito mais conforto.

Existem ainda diversos itens de série, como por exemplo, 6 airbags, ar-condicionado com ajuste independente de temperatura, assistente de partida, controle de tração e estabilidade, câmeras de ré, opções de banco de couro diferenciadas, entre muitos outros.

Por Beatriz 

DS5 2016

DS5 2016

Fotos: Divulgação


Comercialização no Brasil ocorrerá até o segundo semestre deste ano.

Novo Hyundai Azera 2016 deverá iniciar sua comercialização no Brasil no máximo até o segundo semestre deste ano. O veículo vem com algumas mudanças, porém nem tanto significativas assim, chegou para ser mais um concorrente grande no mercado no Brasil, entre o Volkswagen Passat, Kia Cadenza e Ford Fusion.

O sedan traz diversas modificações, conta com um motor 3.0 litros com seis cilindros em “V” e uma potência de 250 cavalos. O veículo apresenta uma dianteira redesenhada, faróis de neblina de LED, para-choque traseiro com difusor, alerta de colisão frontal e de ponto cego. De acordo com a Hyundai, os novos ajustes na suspensão aprimoraram a estabilidade do Azera.

O carro ganhou, visualmente, alguns retoques discretos e continuou com suas características: o mesmo ainda é um veículo com bom motor e que oferece conforto e segurança aos seus passageiros. O pacote completo de equipamentos e o avantajado espaço interno continuam sendo marcas registradas da empresa sul-coreana.

De acordo com alguns testes, o consumo de combustível não foi lá muito positivo, porém não podemos esquecer que se trata de um propulsor de 3 mil cilindradas, levando em consideração também o tamanho e o peso do carro. O teste apresentou os resultados, os quais ficaram da seguinte forma: o consumo de combustível fica na média de 8,2 km/l dentro da cidade e pode chegar a até 10.7 km/l quando está em rodovias. Lembrando que o motor não é bicombustível, assim sendo estes valores são adquiridos abastecendo o veículo com gasolina.

O Azera 2016 não será comercializado por menos R$ 150 mil, desta forma é um carro limitado a poucos, não apenas pelo valor de compra, mas também pela relação custo x benefício, que é bem alta. Conforme uma simulação realizada por alguns sites, o valor do seguro deste veículo ficará em torno de R$ 3.070 para um homem casado, de 35 anos, que reside na cidade de São Paulo.

Por Nádia Neves 

Hyundai Azera

Hyundai Azera

Fotos: Divulgação


Rumores surgiram sobre o novo Aircross com um design mais ousado, futurista e tecnológico.

A empresa automobilística Citroën divulgou um teaser de seu novo Aircross. As novidades vão além do incrível visual. Após o lançamento da fantástica nova geração do C4 Picasso, a empresa francesa Citroën contará com mais uma novidade em sua linha muito em breve.

Nesta última terça-feira (3 de novembro), a gigante francesa dos automóveis divulgou uma prévia que revela parte da estética da dianteira do novo Aircross. Sua aposta para o ano de 2016.

Sem identificar uma data, a montadora enfatiza que o seu modelo aventureiro e ao mesmo tempo cibertecnológico, terá uma nova estética para agradar as novas gerações de aventureiros: um design mais ousado como resultado da nova imagem da Citroën.

O comunicado da empresa francesa também antecipa que a proposta da nova estética da linha será transmitir um visual mais futurista e tecnológico, de acordo com a contemporaneidade e suas mutações tecnológicas.

O teaser publicado pela Citroën demonstra que o novo Aircross deve contar com para-choque totalmente reformulado, com uma nova formatação na parte-inferior e nos espaços dos faróis auxiliares de neblina. Contará também com uma nova grade e também filetes de LED. A montagem traseira também passará por transformações, entretanto, de um modo mais leve.

Pensa que as novidades ficam só por conta do visual? O Citroën Aircross 2016 deve ganhar um novo câmbio automático de seis marchas, embora o câmbio manual ainda permaneça com cinco velocidades. Além de enriquecer o desempenho, a nova transmissão automática do Citroën 2016 também beneficiará de forma considerável o consumo de combustível.

Em síntese, pode-se dizer que o Aircross possui uma personalidade forte, com uma estética bem contemporânea. Para os nômades e aventureiros. Um verdadeiro convite à liberdade, ao caminho de novas descobertas, ideal para quem busca boas e novas aventuras.

Por Felipe Pancheri Colpani

Teaser do novo Citroen Aircross

Foto: Divulgação


Além de ser superpotente, o carro também chama atenção para as mudanças em sua mecânica.

O automóvel mais poderoso e potente produzido em série está ainda melhor, e será apresentado ao público na Sema Show em Las Vegas já  neste mês de novembro.

Já se passaram cinco anos desde que Hennessey Venom GT introduziu o único carro de produção que é mais rápido do que o Bugatti Veyron, e a empresa cuja sede é nos Estados Unidos, mais especificamente no Texas, acaba de anunciar que uma versão atualizada do modelo deste supercarro que será oferecido para o ano de 2016.

A chegada da nova linha 2016 causou ansiedade nos apaixonados por automóveis e promete não decepcionar, pois o superesportivo recebeu mudanças de mecânica, que agora conta com 1.471 cavalos de potência, resultando um aumento de 274 cv em comparação à versão lançada anteriormente. Mas isso não é tudo, além desse aumento, o Hennessey Venom GT conta com propulsor V8, com biturbo de 7.0 litros e pode ser abastecido com E85 (combustível que apresenta mistura de 85% de etanol anidro e 15% de gasolina pura), proporcionando o aumento das duas turbinas do motor de 1,31 bar para 1,79 bar, é muita velocidade e potência em um automóvel só!

Os criadores dessa potente máquina garantem que apesar de tanta potência, o esportivo apresenta tecnologias e mecânica que geram economia de combustível, se comparado com outros modelos do gênero e o sortudo que desejar obter, terá possibilidade de escolher cores exclusivas, deixando o automóvel ainda mais personalizado.

Se você já está curioso para saber o preço, apesar de várias especulações a empresa ainda não disponibilizou um valor oficial, porém se deseja obter informações mais detalhadas e acompanhar as novidades sobre esse lançamento, acesse ao site oficial  da marca Hennessey Venom GT através do link  www.venomgt.com  e obtenha mais informações.

Por Prisca Fontes

Hennessey Venom GT 2016

Hennessey Venom GT 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá um visual agressivo e contará com um propulsor 3.0 twin-turbo de seis cilindros posicionados em linhas, que irão proporcionar uma potência de 370cv.

Após ter sido flagrado em muitos testes, finalmente, o superesportivo BMW M2 2016 tornou-se oficial. Este veículo na versão 2016 veio com um visual ainda mais agressivo do que na série 2 coupé convencional, modelo que entrou na sucessão do série 1M, o qual já sai de fábrica com um conjunto mecânico que causa inveja em muitos outros veículos maiores. Este conjunto mecânico é composto por um propulsor 3.0 twin-turbo de seis cilindros posicionados em linhas, os quais são capazes de entregar ao veículo uma potência máxima de 370 cavalos e uma aceleração em 4,4 segundos.

Na parte externa, as mudanças feitas pelos designers da divisão incluíram um para-choque dianteiro com a presença de entradas de ar um pouco mais ampla e traços mais agressivos, um logotipo exclusivo na grade frontal, escape esportivo, ampliação dos arcos das rodas para fazer a acomodação do novo conjunto de rodas de tamanho 19 polegadas que são calçadas por pneus Michelin Pilot Super Sport. Já na parte interna, as novidades trazidas são novos detalhes confeccionados em fibra de carbono, novo volante, logotipos específicos, assentos com costura azul dentre outros.

No conjunto mecânico o veículo sairá de fábrica com um propulsor 3.0 TwinPower, o qual é capaz de produzir uma potência máxima de 370 cavalos e um torque máximo de 47,3 Kgfm e de 50,8 Kgfm com overboost, segundo os dados estatísticos da fabricante o carro consegue acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4,4 segundos, isso para o modelo que possui câmbio manual e seis marchas. Já para o modelo dotado do sistema de dupla embreagem e sete marchas o tempo gasto é de 4,2 segundos.

Independentemente da versão do conjunto mecânico, este veículo consegue atingir uma velocidade máxima de 250 Km/h a qual é limitada eletronicamente. Segundo o que está sendo divulgado pela própria BMW o novo M2 herdou vários componentes mecânicos dos seus primos, o M3 e o M4, tais como, os eixos dianteiros e traseiros feitos de alumínio e os freios de alta performance.

A comercialização deste carro no mercado Europeu terá início até o final deste ano, já aqui no Brasil a expectativa é de que ele chegue no ano de 2016.

Por Adriano Oliveira

BMW M2 2016

Foto: Divulgação


Toyota Corolla permanece na liderança, com alta de 40,7% nas vendas.

Que os moradores da terra do sol nascente são campeões de vendas em sedans médios por vários anos seguidos, muita gente já sabe. A novidade deste ano, no entanto, é que o pódio, pela primeira vez, foi ocupado 100% por japoneses. O fato aconteceu graças à terceira posição do Nissan Sentra, que teve um aumento de vendas de quase 40% em relação ao começo do ano passado.

No ano passado, o Toyota Corolla foi campeão de vendas, e começou  este ano novamente na frente das concorrentes, com o maior avanço entre os líderes de vendas (aumento de 40,7%). O Honda Civic, no entanto, apresentou um desempenho pior em um período de dois anos. O modelo teve uma queda de 40% das suas vendas.

O VW Jetta teve um crescimento em suas vendas de 15,2% e subiu duas posições em relação ao ranking do ano passado, ocupando a quarta posição. O modelo ficou à frente ainda do Chevrolet Cruze Sedan, que está atravessando um momento de transição para seu novo modelo reestilizado e enfrentando um recorde negativo de vendas, desde o mês de setembro de 2011, quando começou a ser comercializado oficialmente no Brasil.

Na disputa pelo sexto lugar, ganha o renovado Renault Fluence sobre o Citroën C4 Lounge. Apenas duas unidades separam o Fiat Linea e o Ford Focus Sedan numa disputa acirradíssima pelo oitavo lugar. E para completar o top 10, o Hyundai Elantra fecha o ranking de vendas.

Já na outra ponta da tabela, dos modelos de automóvel com menos unidades vendidas, há o destaque para o Impreza que teve um salto de vendas de 5 unidades em 2015, para 33 no último mês. Um crescimento considerado alto: 560%. Outro modelo também teve crescimento expressivo de vendas: o Geely EC7, registrou uma variação positiva em 100% em suas unidades vendidas. Mesmo com tanta variação, os dois modelos ainda amargam o 13º e 14º lugar na tabela, respectivamente, pelo fato de ainda terem pouquíssimas unidades vendidas em relação aos ocupantes do topo do ranking.

Os dados foram divulgados pela Fenabrave.

Por Patrícia Generoso

Toyota Corolla 2015

Foto: Divulgação


Novo modelo será um compacto baseado na plataforma SUSW, a mesma utilizada nos modelos Fait 500 L, 500X e no Jeep Renegade.

Conforme já havia sido noticiado pela imprensa norte-americana há algum tempo, a renomada empresa fabricante de veículos automotores Chrysler anunciou que realmente irá fazer a expansão do seu portfólio e que a partir daí irá investir em outros segmentos até então inéditos para a empresa. Depois do lançamento do sedan 200 agora será a vez do lançamento do compacto Chrysler 100 que, segundo as estimativas da empresa, irá chegar ao mercado no ano de 2016.

O veículo será baseado na SUSW, plataforma esta que é a mesma utilizada nos modelos Fait 500 L, 500X e no Jeep Renegade, grande parte da imprensa e especialistas insistem em dizer que o modelo seja feito na base CUSW. Este veículo que está sendo chamado de “baby Chrysler” ficará posicionado abaixo do Dodge Dart e do Chrysler 200, a fim de enfrentar rivais de peso, tais como os conhecidos e renomados, Honda Civic, Toyota Corolla e o Chevrolet Cruze, contudo ofertando aos consumidores um nível superior de tecnologia e refinamento, fatores estes que serão os diferenciais.

Conforme divulgação realizada por um portal eletrônico americano, O Aegea será de base para a confecção deste novo modelo. De acordo com esta mesma publicação, este novo sedan compacto da Chrysler irá ser confeccionado, nos Estados Unidos, na linha de produção da Fiat. Com relação à motorização deste veículo, os especialistas do setor automobilístico estão arriscando em dizer que a fabricante colocará neste carro os propulsores 2.0 e 2.4, os quais irão trabalhar em conjunto com um novo câmbio composto por nove marchas e automático.

O certo é que em breve teremos muitas outras notícias e detalhes para revelar a respeito deste novo veículo que será lançado pela renomada Chrysler, pois como não podia ser diferente, tudo que envolve a famosa fabricante americana é rodeado de muita expectativa e curiosidade, agora só nos resta aguardar.

Por Adriano Oliveira

Chrysler 100

Chrysler 100

Fotos: Divulgação


Novos modelos Carrera e Carrera S serão vendidos no mercado brasileiro a partir do 1º trimestre de 2016.

O Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, está recheado de novidades, e uma delas é em relação à Porsche, que trará um novo modelo para o Brasil: estamos falando do novo 911, que desembarcará nas versões Carrera e Carrera S. Ambos devem estar disponíveis no país a partir do primeiro trimestre do ano que vem.

A novidade foi divulgada pela própria Porsche, através do novo presidente de sua subsidiária no Brasil, Matthias Brück. De acordo com Brück, a estratégia de trazer as duas versões para o país é de deixar o modelo básico mais acessível ao público. A marca também pretende trazer para nossas terras modelos híbridos, que oferecem novos tipos de propulsão.

Apesar das especulações sobre o motivo da Porsche trazer novos veículos ao país nesse momento de crise, Brück explica que o projeto foi realizado a médio prazo, quando o Brasil ainda não vivia essa instabilidade econômica. Ainda segundo ele, a marca acredita que o país deve se recuperar logo, mas está ciente de que isso pode ser somente no próximo ano ou nos subsequentes.

Sobre o próprio novo 911 o que é possível afirmar é que os novos modelos já devem trazer de série motores turbo, em substituição aos modelos aspirados. Isso significa que o veículo deve vir com um bloco de 3.0 litros com 6 cilindros, que vem com dois turbo compressores, fazendo com que o carro gere uma potência de 370 cv no modelo Carrera e 420 cavalos no modelo Carrera S. Em relação à versão atual, houve um aumento de 20 cavalos, algo bem significativo, ainda mais considerando toda a potência que o veículo possui.

Em termos de transmissão, foi mantida de série a versão de 7 velocidades, porém também existe a opção de câmbio automático de dupla embreagem. Essa configuração faz com que o carro acelere de 0 a 100 km//h em apenas 3,9 segundos.

Ainda não há informações oficiais sobre o valor que o novo 911 deve chegar ao país, mas sabe-se que no Reino Unido ele desembarcará com valores a partir de 76,4 mil libras, o equivalente a R$ 440 mil.

Por Felipe Villares

Novo Porsche 911

Novo Porsche 911

Novo Porsche 911

Fotos: Divulgação


Novo modelo receberá uma cobertura de lona dotada de acionamento eletrohidráulico, levando apenas 17 segundos para fazer a abertura.

Nesta edição do ano de 2015 do Salão de Frankfurt, a grande e renomada fabricante de veículos automotores Lamborghini irá fazer a apresentação oficial do veículo Huracán LP 610-4, nesta versão o carro será aberto e seguirá as mesmas linhas do cupê, porém a fabricante optou por fazer a substituição do teto de aço pela cobertura de lona, a qual será dotada de acionamento eletrohidráulico, sendo que para fazer a abertura deste teto os proprietários irão utilizar apenas 17 segundos.

A fim de conseguir proporcionar maior conforto para os passageiros, quando a capota estiver aberta, este veículo superesportivo foi projetado com a presença de apêndices aerodinâmicos que foram projetados, unicamente, com a função de diminuir a intensidade da turbulência na cabine, contudo sem que houvesse alteração no comportamento dinâmico ou no fluxo de ar do motor. Nesta nova versão do Huracán Spyder os engenheiros envolvidos no projeto de desenvolvimento deste carrão conseguiram aumentar a rigidez estrutural em 40% a mais que o antecessor, o Gallardo Spyder.

Já o conjunto mecânico que foi colocado neste veículo é o mesmo utilizado na versão com teto. Propulsor este que é um V10 5.2, o qual tem uma capacidade de gerar uma potência máxima de incríveis 610 cavalos e um torque de 56 Kgfm a 6.500 rpm, a transmissão deste carro é automatizada e dotada de sete marchas, além do sistema de dupla embreagem, com todo este conjunto técnico de alto nível este carrão consegue acelerar de 0 a 100 km/h em inacreditáveis 3,4 segundos, sendo que consegue atingir uma velocidade máxima de 324 Km/h, dados estes que ficaram bem próximos dos dados que foram mensurados na versão cupê que foi capacidade de acelerar de 0 a 100 Km/h em 3,2 segundos e uma velocidade máxima de 325 Km/h.

As vendas dessa versão do Huracán aberto irão iniciar no primeiro semestre do ano de 2016, sendo que os valores de comercialização desta preciosidade irão partir de 186.450 euros, ou seja, o equivalente a nada mais nada menos que R$ 807.810.

Por Adriano Oliveira

Lamborghini Huracán LP 610-4 Spyder

Lamborghini Huracán LP 610-4 Spyder

Fotos: Divulgação


AMG C63 Coupe ganhou novas versões Edition 1 e DTM, a primeira voltada para quem prefere modelos de rua, e a segunda para os amantes das pistas de competição.

Quem é apaixonado por supercarros agora tem mais um motivo para comemorar, pois a Mercedes lançou duas novas versões de um de seus modelos mais recentes no mercado, o AMG C63 Coupe.

As duas variações atendem a públicos e objetivos diferentes, porém ambas são para os que gostam de altas velocidades. A primeira, a Edition 1, é voltada para que prefere modelos de rua, onde se possa desfilar com seu veículo em vias comuns. Já a segunda, a DTM, foca os aficionados pelas pistas de competição, e tem como objetivo principal o Campeonato Alemão de Turismo, com design bem arrojado.

A versão de rua, sendo praticamente uma edição limitada, restringe-se a apenas duas opções de cores, com uma onde aparece o cinza fosco com faixas em tom mais escuro de cinza, grafite; e a segunda com cinza fosco na base e faixas amarelas em alguns detalhes do carro, além de rodas de alumínio na cor preta fosca. O modelo com faixas amarelas vem de série com freios de cerâmica, enquanto a outra versão esse item aparece como opcional.

Mas se para você o que importa é a potência do carro, as notícias também são boas, já que o Mercedes-AMG C63 Coupe Edition 1 oferece duas opções de motorização: uma com um bloco de 4.0 litros V8 com uma potência de 478 cv, e outra com o mesmo motor, porém com a potência de 510 cavalos.

Já a versão de competição, o DTM, aparece com configurações parecidas, mas obviamente com um design diferente, bem ao estilo competição: sua aerodinâmica é toda projetada com o veículo praticamente grudado no chão e linhas mais agressivas.

Todo trabalhado em fibra de carbono, esse veículo se tornou leve, pesando apenas 1.120 kg, além de vir com um motor de 4.0 litros V8 que gera uma potência de 490 cavalos.

Por Felipe Villares

Mercedes-AMG C63 Coupe Edition 1

Mercedes-AMG C63 Coupe DTM

Fotos: Divulgação


Novo modelo proporciona aos consumidores um bom espaço com versatilidade para percorrer grandes distâncias e viagens longas por estradas não pavimentadas ou até mesmo locais remotos.

A divisão Professional da renomada fabricante de veículos automotores Fiat fez a criação de uma variação exclusiva e bastante diferenciada para o furgão Ducato. Este veículo foi desenvolvido com foco nos amantes do camping e de aventuras, este veículo foi batizado com o nome de Ducato 4X4 Expedition, as principais vantagens que este carro irá proporcionar aos consumidores serão espaço com inúmeras configurações distintas, versatilidade para percorrer grandes distâncias e viagens longas por estradas não pavimentadas ou até mesmo locais remotos.

Esta nova versão da Ducato foi desenvolvida em parceira com as empresas Olmedo, Dangel e Techform, sendo que a Fiat Professional fez todo o desenvolvimento da parte exterior desta novidade, bem como a parte interior que foi totalmente personalizada.

O Ducato 4X4 Expedition chegará ao mercado equipado com um motor movido a diesel 2.3 modelo Multijet, o qual será capaz de produzir uma potência máxima de 150 cv, no motor deste home aventureiro há a presença de ganchos para reboque. Ainda o furgão traz as seguintes novidades: rack especial sobre o teto, para-choques mais robustos, luzes auxiliares com tecnologia LED, suspenção totalmente reforçada, guincho elétrico, bem como rodas confeccionadas em aço, as quais são calçadas com pneus de uso misto.

A versatilidade deste furgão aventureiro é tão grande que, por dentro, ele assume a configuração de uma pequena casa, haja vista que há a disponibilidade de gabinetes que quando abaixados transformam-se em uma cama de casal, além de, pia, armários, fogão elétrico, cadeiras com sistema giratório inclusive para o motorista, ar condicionado central, TV, dentre outros apetrechos que grande utilidade.

Como é um veículo destinado para consumidores que amam aventuras, ele conta com compartimentos para que os proprietários consigam armazenar  grandes quantidades de mantimentos para se alimentarem durante um longos períodos de viagens em locais que não ofereçam nenhum tipo de recurso logístico. 

Por Adriano Oliveira

Fiat Ducato 4X4 Expedition

Fiat Ducato 4X4 Expedition

Fotos: Divulgação


Modelo com motor V8 de 469 cv será lançado no mercado australiano em breve.

A Chrysler anunciou que o mercado australiano vai ser um dos primeiros a receber o modelo 300 SRT com motor V8 de 469 cv nos próximos dias.

Esse modelo vem para os mercados com as características de:

  • Duas versões de acabamento;
  • Motor HEMI V8 que apresenta 6,4 litros e um torque de 64,9 kgfm;
  • Transmissão Automática de 8 velocidades;
  • Para-choque na parte dianteira com uma grade que possuo por uma revisão para melhor o desempenho;
  • Faróis de Bi-xenon;
  • Luzes de LED na parte dianteira e que podem ser usadas durante o dia;
  • Rodas de 20 polegadas;
  • Volantes com revestimento de couro;
  • Bancos esportivos;
  • Central Multimídia do tipo Uconnect e com uma tela de exatamente 8,4 polegadas;
  • Couro Premium nos bancos, mais detalhes que são de fibra de carbono e ainda um sistema de áudio premium, somente para o modelo da versão topo;
  • Preço de R$ 151 mil (ou 59 mil dólares australianos) para a versão mais em conta, enquanto que o modelo da versão topo fica por R$ 177 mil (ou 69 mil dólares australiano).

Quando essa máquina vai estar disposição do público? Todos os países vão poder ter essa máquina circulando pelas suas ruas ou alguns lugares vão sofrer algumas restrições?

Não existe previsão de quando vai chegar ao mercado brasileiro, pois segundo a própria Chrysler esse modelo será comercializado no momento em apenas 16 países, onde a Austrália é um desses países que vai ter a oportunidade de ver essa máquina trafegando pelas suas ruas, mas no caso, por exemplo, dos EUA e do Brasil não existe nenhuma previsão.

No caso dos EUA a empresa já afirmou que eles não vão receber esse modelo decorrente das baixas vendas do sedan no País nos últimos anos, o que desestimulou a comercialização. Agora com relação ao Brasil, os consumidores dessa marca vão ter que se contentar em adquirir o modelo Chrysler 300c, que chegou há poucos dias no País e já aparece com um motor 3.6 de 296 cv e também com um torque de 36 kgfm.

Por Fernanda de Godoi

Chrysler 300 SRT

Chrysler 300 SRT

Fotos: Divulgação


Modelo terá apenas 300 unidades produzidas e será comercializado pelo valor de R$ 96.990.

A grande e renomada fabricante de veículos automotores Mitsubishi lança, no Brasil, mais uma de suas grandes novidades para este ano de 2015. Agora as apostas da empresa para atrair os consumidores brasileiros é a série especial ASX O’Neill que foi idealizada em parceria com a marca de surf.

Em princípio, a fabricante irá produzir somente 300 unidades desta versão que terá leves modificações não só no seu estilo, mas também no acabamento interno que será exclusivo. O preço de comercialização desta novidade nas concessionárias da Mitsubishi será de R$ 96.990, preço este que está sendo considerado por muitos salgado tal como a água do mar, diga-se de passagem.

As novidades que serão trazidas por essa versão exclusiva do ASX serão: uma nova grade dianteira com acabamento na cor grafite, já a grade abaixo do radiador, a parte abaixo dos para- choques, a moldura do farol de neblina, os defletores de ar das laterais, a capa dos retrovisores, bem como as maçanetas são todos também na cor grafite.

As rodas deste veículo serão as mesmas do TR 4 no tamanho 17” e com acabamento grafite.  O conjunto óptico já com a presença máscara negra, e um dos grandes atrativos dessa versão, é o rack de teto do veículo que recebeu uma espuma protetora destinada para o transporte de pranchas.

O visual do ASX O’Neill foi completado por uma faixa diagonal que foi inserida na porta dianteira e por um grafismo que foi colocado na tampa do porta malas.

Já no interior do veículo todos os seus acentos são revestidos em tecido e levam a grafia da O’Neill, o mais interessante é que realmente estes carros serão exclusivos, uma vez que cada unidade terá uma plaqueta com números de um a trezentos, números estes que terão a finalidade de identificar o número de produção do veículo.

Com relação aos acessórios, o veículo vem de série com um sistema multimídia que além de ser touchscreen ainda há  a presença de controles de áudio inseridos no volante, o carro vem ainda com paddle shifters na direção e piloto automático.

O ASX O’Neill será comercializado nas cores: vermelho, preto e branco.

Por Adriano Oliveira

Mitsubishi ASX O'Neill

Mitsubishi ASX O'Neill

Mitsubishi ASX O'Neill

Fotos: Divulgação


Modelos são limitados e a versão Black contará com 50 unidades produzidas, com preço sugerido de R$ 225,5 mil, e a versão Style contará com 250 unidades fabricadas, com preço sugerido de R$ 169 mil.

Está chegando uma novidade nas concessionárias Land Rover: duas séries limitadas do SUV Range Rover Evoque: os modelos lançados serão o Black e o Style. As unidades dos dois modelos serão limitadas a 50 e 250 unidades, respectivamente.

Série Black:

Ocupando uma posição intermediária no portfólio, o modelo tem preço sugerido de R$ 225,5 mil. A linha é baseada no acabamento Dynamic e seu design reforça seu apelo esportivo. Como o seu nome sugere, o modelo tem várias partes de seu acabamento em preto. O modelo vem equipado com rodas de liga leve, de 19 polegadas e grade dianteira todas com acabamento negro.

O modelo também possui câmeras de ré, acionamento elétrico da tampa do porta-malas, faróis de xenônio, sistema de som Meridian com 380 Watts de potência, incrível teto solar panorâmico e subwoofer. O teto de todas as unidades é pintado de preto, mas o usuário tem a opção de escolha entre as carrocerias de cores branca, vermelha, preta ou cinza.

Série Style:

Quem deseja comprar um Evoque zero quilômetro pode se beneficiar com o custo benefício do modelo Style. O preço sugerido para o modelo é de R$ 169 mil e está R$ 28 mil barato do que a configuração Pure tech Pack. O modelo vem equipado em série com rodas de 18 polegadas de liga leve, faróis halógenos, para brisas com proteção contra os raios UV, sensores de estacionamento traseiros, opção de pilotagem automática e também controle automático da velocidade do veículo. A parte interna do veículo apresenta bancos parcialmente revestidos em couro preto, mesmo material que também reveste o volante.

As cores disponíveis para o modelo Style são branco, vermelho, preto e cinza e o teto contrastante pode vir nas opções preto ou cinza.

Equipamentos em comum:

Independentemente da escolha, o Range Rover Evoque traz para todos os seus modelos o motor 2.0 turbo, alimentado por gasolina, 240 cv de potência e câmbio automático que conta com nove marchas. É prometida para breve no Brasil uma reestilização leve do modelo SUV da Land Rover.

Por Patrícia Generoso

Range Rover Evoque Black

Range Rover Evoque Style

Fotos: Divulgação


Novo modelo conta com mudanças no visual e novas tecnologias.

A Toyota deve chegar bastante forte ao mercado automobilístico, tanto no restante de 2015 como no início de 2016. Após a apresentação da reestilização do Lexus LX 570, foi a vez da montadora japonesa apresentar o novo Land Cruiser 2016. Apesar do lançamento não contar com mudanças radicais, as mudanças efetuadas foram suficientes para trazer uma cara nova ao automóvel, bem como dar uma boa sequência a esta geração.

O design do Land Cruiser 2016 apresenta algumas novidades. A novidade que mais se destaca é, sem sombra de dúvidas, a nova grade frontal que conta com três barras e ganha grande destaque entre os faróis projetores que vêm acompanhados de LEDs. Outro detalhe interessante, e inédito, é que o capô conta com uma cavidade em sua parte central. A parte traseira do automóvel também passou por mudanças, haja vista as lanternas que foram redesenhadas e o friso cromado que se encontra acima da placa.

Saiba que as novidades não são exclusivas da parte exterior do automóvel, pois a parte interna também conta com muitos atrativos. Um dos principais destaques é o novo console central com tela multimídia de 9 polegadas. Além disso, também temos a tela LCD de 4,2 polegadas que é localizada no cluster. A parte interior do automóvel é toda iluminada com LEDs. Os clientes podem optar entre as quatro cores diferentes para o acabamento interno.

As novidades na parte interna do automóvel não param por aí. Um dos destaques é o novo pacote de segurança Sense P, no mercado japonês. Esse pacote trás ainda mais segurança, bem como interatividade com o cliente. Um dos diferenciais desse pacote é que o mesmo dispõe de sistema de pré-colisão que é capaz de identificar pedestres, possui radar Cruise Controle, dispõe de alerta de saída de faixa, monitor de pontos cegos dentre outras ferramentas.

Já na parte mecânica, o automóvel não conta com variantes. O mesmo é disponibilizado no mercado japonês com apenas uma única opção de motor, o V8 4.6 litros de 318 cavalos e 44,6 kgfm de torque a 3.400 rpm. O mesmo é acompanhado de transmissão automática de seis marchas e tração integral.

Por Bruno Henrique

Toyota Land Cruiser 2016

Toyota Land Cruiser 2016

Toyota Land Cruiser 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo terá as versões xDrive20i, xDrive20i X Line e xDrive35i M Sport na linha 2016.

A renomada e famosa fabricante de veículos automotores BMW iniciou, na sua unidade da cidade de Araquari (SC), a produção nacional do veículo SUV X3. Este modelo já está inserido na linha 2016 dos veículos da fabricante e será montado aqui no País nas seguintes versões: xDrive20i, xDrive20i X Line e xDrive35i M Sport, sendo que nas duas primeiras versões que foram mencionadas o veículo será comercializado com um propulsor 2.0 que é capaz de produzir uma potência máxima de 184 cavalos, enquanto que na versão xDrive35i M Sport o propulsor inserido foi um 3.0 dotado de 6 cilindros, o qual é capaz de produzir uma potência máxima de incríveis 306 cavalos.

Vale ressaltar que este será o primeiro carro da montadora que será produzido no Brasil com motor de 6 cilindros. Na mesma unidade da BMW no estado de Santa Catarina também são montados os modelos Série 3, Série 1, Mini Countryman e X1.

Estes utilitários tiveram os seus valores reajustados, sendo que segundo a fabricante este aumento ocorreu devido ao fato de estes ganharam novos itens nos seus pacotes de acessórios por fazerem parte da linha 2016, dentre estes acessórios estão presentes acessórios de última geração, tais como sistema de informações a respeito do trânsito em tempo real, tela da central de multimídia em tamanho maior, HD de 20GB na versão X line e o sistema head-up display que foi inserido somente na versão M Sport, sistema este que faz a projeção de informações no para-brisa do veículo.

Em todas as versões o X3 vem equipado com transmissão e 8 velocidades e automática. No modelo mais básico o consumidor irá encontrar rodas no tamanho 18 polegadas, sistema de navegação e ar condicionado digital.

Já na versão intermediária foram inseridos os seguintes acessórios: teto solar, central de multimídia no tamanho 8,8 polegadas com navegação, 20 GB de HD, câmera de ré, bem como sistema de fechamento e abertura elétrico do porta-malas.

E, por fim, o X3 modelo xDrive 35i será disponibilizado com rodas no tamanho 19 polegadas, sistema head-up display, design mais esportivo, direção variável e sistema de som Harman Kardon de alta qualidade. 

Veja abaixo a tabela com os valores atuais dos modelos do X3 nacional:

– xDrive20i: R$ 211.450;

– Xline: R$ 229.450;

– 35i M Sport: R$ 289.950.

Por Adriano Oliveira

BMW X3 nacional

BMW X3 nacional

Fotos: Divulgação


Novo modelo traz as versões Momentum, por R$ 319 mil, e Inscription, por R$ 363 mil.

A nova geração do XC90 da Volvo já começou a ser vendida no mercado brasileiro. Entretanto, já na fase de pré-venda o carro já chamava a atenção por diversos aspectos sendo o principal deles o preço. E para quem acha que tudo não passa de especulação vamos a eles:

Para começar temos o SUV premium que conta com sete lugares. Conforme informações da montadora serão duas versões colocadas à disposição dos consumidores: a Momentum que sai por nada mais nada menos do que R$ 319 mil e a Inscription com  preço inicial sugerido na faixa dos R$ 363 mil.

Em ambos os casos vamos ter a presença do novo motor batizado de Drive-E 2.0 turbo. São quatro cilindros com capacidade para desenvolver 320 cavalos de potência e 45 kgfm de torque. Junta-se a isso tudo um câmbio automático de oito velocidades e tração integral.

Para aqueles que gostam dos pequenos detalhes o novo utilitário esportivo da Volvo consegue chegar até os 100 km/h em 6,9 segundos. No geral o carro consegue atingir uma velocidade máxima de 230 km/h. Por esse e outros motivos o modelo deverá figurar entre os potenciais da etapa brasileira da regata Volvo Ocean Race, que acontece em Itajaí – SC.

Para não deixar de lado os itens de série do XC90 temos entre eles seis airbags (cortina, lateral e frontal) ar-condicionado digital de quatro zonas de resfriamento, rodas de liga leve de 19 polegadas, teto solar panorâmico elétrico, comandos no volante, GPS, MP3/USB/AUX, Bluetooth, sistema multimídia com tela sensível ao toque (são nove polegadas), bancos dianteiros com regulagens elétricas, cortinas nas portas traseiras, controles eletrônicos de estabilidade, alerta de mudança involuntária de faixa, sistema de frenagem automática com visão noturna, controle de tração e anticapotamento.

A versão Inscription ainda agrega outros diferenciais tais como o acréscimo do sensor de ponto-cego, banco traseiro com aquecimento, alerta de tráfego lateral, rodas de 20 polegadas. E para completar um sistema de som preparado para simular a acústica de uma sala de concertos que neste caso, é a da Orquestra Filarmônica de Gotemburgo, na Suécia.

Os atrativos são muitos, mas como foi dito no início, o preço fará com que o carro fique mais do que restrito. Ainda mais se considerarmos a situação econômica do setor.

Por Denisson Soares

Volvo XC90 Momentum

Volvo XC90 Inscription

Fotos: Divulgação


Mais de R$ 6,5 bilhões serão usados para investir na produção de uma nova família de automóveis.

Um grande anúncio foi feito pela General Motors e deve aquecer o mercado automotivo do Brasil. A multinacional de origem norte-americana destacou que irá dobrar os seus investimentos em nosso país até o ano de 2019. Dessa forma, serão aplicados mais R$ 6,5 bilhões que terão como finalidade a produção de uma nova família de automóveis. Dan Ammann, presidente mundial da GM, já destacou que esse projeto é de grande importância, pois os novos modelos da empresa visarão os mercados emergentes, dentre eles o Brasil.

O presidente mundial da GM enfatizou esse investimento como sendo parte de uma estratégia da empresa que ver nos mercados emergentes a maior parte do crescimento quando o assunto são vendas mundiais de automóveis. Por isso, além do Brasil a GM também fará projetos similares em países como China, Índia e México. Segundo o executivo, modelos especiais serão feitos diretamente para estes mercados, levando em consideração as preferências dos consumidores de tais regiões.

Portanto, saiba que o que não irá faltar no Brasil é um investimento pesado e novos carros da GM em suas concessionárias. É esperado que a empresa desenvolva e fabrique nada menos que seis modelos, sendo que os primeiros devem estar disponíveis já em 2019.

Esse projeto inicial não deve incluir o tão esperado carro de entrada com preço popular e que chega até R$ 30 mil. Jaime Ardila, presidente da GM na América do Sul, informou que o modelo já está pronto, mas não deve ser lançado no momento.

O grande motivo para o não lançamento do carro popular por agora é por questões sindicais. O projeto inicial previa a fabricação do mesmo em São José dos Campos, onde a GM dispõe de uma fábrica. Porém, Jaime Ardila destaca que a GM e o sindicato não conseguiram chegar a um acordo em relação à flexibilidade, bem como melhorias quando o assunto é competitividade da unidade.

Tal anúncio chega num momento bastante delicado do mercado automotivo brasileiro. É um dos piores cenários dos últimos anos. Até o mês de junho de 2015 já se tem um recuo de 20,7% nas vendas de veículos quando a comparação é feita com o mesmo período em 2014, segundo a Anfavea.

Por Bruno Henrique

Investimentos da GM no Brasil

Foto: Divulgação


Segundo a montadora, modelo poderá ser fabricado até fevereiro de 2016, e ainda poderá ter nova prorrogação.

A Land Rover já havia afirmado que não daria mais sequência à produção do Defender, contudo mudou de ideia e o jipe poderá ser fabricado até o ano que vem. De acordo com informações do Birmingham Post, o Defender sairia da linha de produção em dezembro de 2015, contudo, as vendas satisfatórias têm feito com que a marca repensasse a aposentadoria do modelo para fevereiro de 2016 e ainda com chances de uma nova prorrogação.

"A produção será realizada pelo menos até o fim de fevereiro de 2016, apesar de ser avisado que a mesma pode ser estendia até abril por conta de vários pedidos pelo modelo", afirmou um funcionário da fábrica de Solihull ao Birmingham.

Mesmo mantendo as mesmas características do projeto que foi lançado em 1948, o Defender se tornou marca registrada da Land Rover e da indústria automotiva como um todo. Trata-se de um símbolo de força e resistência garantindo fãs dentro e fora da estrada. Até em países como os Estados Unidos em que o veículo não atende as leis de trânsito, o carro tem boa receptividade.

No ano passado, a Land Rover produziu 17.781 unidades, números que devem ser superados até o fim de 2015, uma vez que a companhia tomou a decisão de aumentar a produção do veículo em cerca de 50%. No momento, 125 funcionários atuam na fábrica, em apenas um turno na linha de montagem. Antes, nesta linha de produção, eram apenas 80 funcionários.

Até agora, a posição da montadora é manter a produção do Defender até o fim do ano, tendo em vista que o modelo não atende às normas de segurança e de emissões de poluentes em diferentes países. A empresa afirmou que o jipe terá um sucessor à altura, mas ainda não foram divulgadas mais informações a respeito.

O Defender foi apresentado em 1948, com o intuito de ser um veículo simples e com capacidade para resistir a diferentes situações. 

Por Ana Rosa Martins Rocha

Land Rover Defender

Foto: Divulgação


Novo modelo esportivo conta com motor turbo 2.0, câmbio automático de 8 marchas e manual de 6 marchas, e outros itens de beleza, conforto e segurança.

A Landwind está lançando no mercado o mais novo modelo do X7, o carro apresenta o design bem parecido com Range Rover Evoque, mas o desempenho e as novas adaptações provocam muitos suspiros. Confiram:

O novo utilitário apresenta um modelo esportivo e possui um potente motor turbo 2.0 e torque de 25,5 m.kgf, potência de 190 cavalos. A caixa de câmbio na opção modelo automático com oito marchas, mas também tem a opção de seis marchas na versão manual.

Vale acrescentar que o esportivo também oferece um moderno sistema de entretenimento através da tela 10,2 pol, câmera traseira para proporciona mais conforto nas manobras, chave presencial que possibilita partida e o acesso do motor, o freio tem comando elétrico ao estacionar.

Dentro do carro ainda vem com bancos com revestimento de couro, como também possui a comodidade de controlar o aquecimento dentro do carro através dos bancos dianteiros, o carro vem com pneus com monitor de pressão e teto panorâmico.

Há possíveis criticas sobre o carro ser parecido com o antigo Land Rover em vários itens da parte externa e interna, mas este caso de similaridade não foi nada confirmado oficialmente e talvez passe despercebido às semelhanças, apesar dos comentários. 

A fabricante apresentou o Landwind X7 em novembro de 2014 no Salão de Guangzhou, na China, o preço de lançamento estava em torno de R$ 115.000,00, este valor corresponde a um valor de 40% mais barato no mercado brasileiro, mas ainda não tem nada confirmado sobre a data de chegada do carro oficialmente.

Enfim, o novo Landwind no modelo X7 está sendo lançado com toda a sua potência, beleza, conforto e segurança que oferece. E acredita-se que mesmo com tantas críticas de ser semelhante do Range Rover Evoque, esse detalhe não vai impedir as pessoas interessadas em adquirir o veículo. E qualquer novidade sobre o X7, não se esqueça de deixa um post sobre o assunto por aqui.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos 

Landwind X7

Landwind X7

Landwind X7

Fotos: Divulgação


Modelo será fabricado na unidade de São José dos Pinhais (PR) e contará com motor 1.4 turbo, com 150 cv de potência.

A fabricante de veículos automotores Audi disponibilizou para o mercado brasileiro o veículo Q3, após a sua primeira reestilização. Apesar de este modelo ser importado, ele será o segundo da marca que irá ser produzido no país na unidade de São José dos Pinhais (PR). A fabricação deste veículo aqui no Brasil só terá início no mês de março do ano que vem. O primeiro veículo da Audi que será produzido no país, nessa mesma unidade fabril citada acima, será o A3, o qual terá a sua produção iniciada no mês de setembro ainda deste ano.

A maior inovação que será inserida neste veículo será a opção que o consumidor terá de poder escolher de colocar no seu veículo o motor 1.4 turbo, motor este que foi desenvolvido pela Volkswagen, empresa que é a dona da Audi. Para os veículos da Audi este motor é uma novidade, porém ele é o mesmo que foi colocado no Golf e no caso do Q3 este motor virá com o acréscimo de 10 cavalos em sua potência total que será de 150 cavalos, este propulsor irá trabalhar com uma transmissão de dupla embreagem automatizada, a qual possui 6 velocidades, só que na versão brasileira do Q3 este novo motor será disponibilizado na versão flex.

Os consumidores do país com certeza irão olhar para este veículo com bons olhos, uma vez que ele será o SUV de luxo com o valor mais acessível do país, com a versão de entrada que é a Attraction que custará R$ 127.190.

O maior concorrente em vendas deste modelo da Audi, o Range Rover Evoque tem a sua versão de entrada comercializada por nada mais nada menos que R$ 197.500, contudo o diferencial deste veículo é o fato de ele ser equipado com um propulsor 2.0 movido a gasolina que é capaz de produzir uma potência máxima de 240 cavalos, já versão movida à diesel possui 190 cavalos de potência, sendo que nas duas versões o câmbio é de 9 marchas e automático.

As mudanças no design deste novo Q3 foram bem sutis, pois houve apenas a inserção de mais detalhes cromados na sua grade frontal, no farol foi incluído o farol de neblina, o qual ficou com posicionamento bem discreto na parte inferior do para-choque.

Por Adriano Oliveira

Audi Q3 2016

Audi Q3 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo conta com inovações no design e será lançado em breve.

O Toyota Land Cruiser que será lançado para o ano de 2016 virá com algumas modificações no seu visual. A previsão de seu lançamento é para as próximas semanas, mas o modelo foi flagrado sem a "camuflagem" em uma das concessionárias da fabricante, o que revelou alguns detalhes interessantes.

Seu novo design aparenta ser mais sóbrio e elegante que o do modelo atual, que é um pouco mais agressivo. Grande parte das alterações do Toyota Land Cruiser está localizada na parte dianteira do modelo. Agora os faróis do modelo serão retangulares e com um detalhe de um friso cromado na lente, o que faz um belo conjunto com os novos faróis de LED. Outro detalhe diferente deste modelo é a grade: totalmente renovada, o detalhe frontal ganhará frisos cromados em posição horizontal, e o para-choque se apresentará em formato mais quadrado, possuindo um protetor em formato de "U" invertido, também cromado.

Os faróis para neblina também vêm renovados e contam com uma moldura que acompanha o estilo cromado dos outros detalhes frontais. Mas não só na parte dianteira há novidades, a parte traseira também oferece inovações: há lanternas também com a tecnologia em LED, que são interligadas por um detalhe de um filete cromado, com o nome "Land Cruiser" estampado, para agradar os fãs da marca.

A parte interna do Land Cruiser conta com um volante novo e uma versão mais atualizada do já famoso sistema de entretenimento, além de inovações também no acabamento. 

O novo modelo tem previsão de começar a ser vendido já no final deste ano, mas como o mercado nacional sempre demora um pouco mais para oferecer as inovações aos seus clientes, o modelo ainda não tem previsão de chegada no Brasil.

O que nos resta é esperar para conferir todas essas novidades e todas as outras que ainda não foram reveladas no novo Land Cruiser.

Por Patrícia Generoso

Toyota Land Cruiser

Toyota Land Cruiser

Fotos: Divulgação


Novo modelo recebeu melhorias e novos equipamentos. Preços iniciais partem de R$ 46.790.

O modelo New Fiesta 2016 – da montadora Ford – já está disponível nas concessionárias do país. O utilitário possui novas melhorias e novos equipamentos como, por exemplo, a função Ford Power que permite destravar as portas assim que o motorista se aproxime do veículo, e dar a partida sem a necessidade de uma chave, apenas pressionando um botão presente no painel. A função Ford Power é exclusiva da linha New Fiesta e está disponível apenas na versão Titanium.

A versão SE 1.6 e SE 1.6 PowerShift possui um sensor responsável por auxiliar o motorista a fazer manobras precisas, mostrando um gráfico no sistema multimídia e emitindo bipes quando o veículo estiver próximo de um obstáculo.  As versões S 1.5 e SE 1.5 agora contam com dois alto-falantes nas portas traseiras do modelo.

Os itens de série de modelo são: Ar condicionado, vidros e travas elétricas, airbag duplo, computador de bordo e retrovisores elétricos. Além disso, todos os modelos devem contar com sistema de frenagem ABS com EBD, que garante maior estabilidade nas frenagens, evitando o bloqueio das rodas e garantindo uma distribuição correta do peso do veículo.

A versão New Fiesta SE 1.5 também possui rodas de liga leve de 15 polegadas, faróis próprios para neblina, vidros elétricos, controle remoto responsável por destravar o modelo e um novo acabamento interno.

Já a versão SE 1.6 – uma das mais completas – conta com ar condicionado digital, sensor de estacionamento, assistente para partidas em rampa, controle de estabilidade e tração do veículo, que garante uma melhor dirigibilidade. Além disso, o sistema multimídia Sync possui comando de voz.

A versão premium do modelo conta com rodas em liga leve de 16 polegadas, airbag para o motorista e passageiros, função Ford Power, interior revestido em couro, faróis com design cromado, nova grade traseira e um novo estilo de retrovisor.

O modelo New Fiesta 2016, já está à venda nas concessionárias e pode ser encontrado com preço inicial de R$ 46.790. Já a versão Titanium poderá ser encontrada pelo preço sugerido de R$ 65.290.

Por Wendel George Peripato

Ford New Fiesta 2016

Ford New Fiesta 2016

Ford New Fiesta 2016

Fotos: Divulgação


A estratégia da montadora é produzir modelos híbridos que ofereçam melhor dirigibilidade. Primeiro modelo poderá ser lançado já em 2016.

Mike Flewitt, diretor executivo da McLaren, confirmou durante uma entrevista ao site Auto Express, os planos da McLaren de produzir novos modelos híbridos.

A P1, em sua versão de corrida, é a única a utilizar a tecnologia híbrida, no P1 GTR, porém, de acordo com Flewitt, a montadora inglesa já está com os projetos avançados e novos modelos híbridos da marca estão chegando para aumentar sua gama de veículos.

O diretor executivo da McLaren ainda confirmou na sede da empresa em Woking, Inglaterra, durante o anúncio fiscal da marca, o interesse da empresa em acelerar este processo. Mike Flewitt já havia dito que a montadora tinha planos de ter em 1 década, pelo menos, metade de sua linha de veículos composta pelos híbridos, com modelos exclusivos e viáveis para o mercado mundial, mas de acordo com Flewitt este tempo pode ser encurtado e dentro de bem menos tempo, os modelos híbridos da McLaren já podem estar disponíveis.

A McLaren tem intenção de lançar todos os veículos com tecnologia híbrida, desde que consiga equalizar o custo de cada modelo, pois não basta lançar os modelos no mercado, a empresa precisa ter uma infraestrutura e uma rentabilidade que seja capaz de garantir a continuidade da produção de cada um dos modelos, pois não se sabe qual faria mais sucesso, até que todos fossem lançados, mas tudo isso está sendo amplamente analisado pela empresa.

A estratégia da McLaren neste primeiro momento é produzir modelos híbridos que ofereçam melhor dirigibilidade, pois este é um dos principais itens a serem analisados pelos clientes antes de optarem pela compra do modelo, então é preciso garantir que os modelos híbridos em desenvolvido venham de encontro às necessidades dos consumidores, pois são eles que determinarão a continuidade, ou não, da produção destes novos modelos.

Já no próximo ano o mundo conhecerá o primeiro novo modelo híbrido da McLaren e logo no ano seguinte, em 2017, mais um modelo será lançado, porém este será com motor convencional.

Mas o grande projeto da empresa é um modelo que pretende reduzir a distância existente hoje entre o preço e a potência. O valor estimado por enquanto, é de 400 mil libras e quanto ao lançamento, ainda não tem data marcada.

Por Russel

Carro da McLaren

Foto: Divulgação


Renault Talisman é o novo modelo da montadora que traz características esportivas e design arrojado.

A Renault divulgou na última segunda-feira, dia 29 de junho, um teaser mostrando seu novo sedan de médio porte. O modelo Renault Laguna deverá ser substituído por um novo modelo, o Talisman. O modelo deverá ser um rival em potencial para o Volkswagen Passat, Ford Mondeo e Mazda 6. O modelo da marca francesa deverá ser revelado ao público oficialmente no mercado dia 6 de julho.

Segundo a empresa, o nome do novo modelo significa proteção e poder, e é uma palavra de fácil pronuncia e é compreendida em todo mundo. Isso demonstra que o interesse da francesa Renault é criar um carro para o mercado global.

O teaser demonstrativo não revela muitas informações a respeito do modelo Talisman. A empresa utilizou um novo estilo nunca visto nos modelos da marca, deixando o sedan com características esportivas e design arrojado. O modelo possui dianteira com design agressivo, grade cromada, novo design de lanternas e rodas de liga leve com duas tonalidades.

O modelo terá a opção de adquirir faróis LED, que garante uma melhor qualidade de iluminação. Além disso, acredita-se que terá controle cruzeiro adaptativo, assistente para estacionamento, vários sistemas de segurança produzidos pela Renault e assistência para os motoristas.

Quanto ao interior do modelo podemos destacar os materiais de ótima qualidade, detalhes em madeira, bancos com revestimento de couro é semelhante ao modelo Renault Espace. O modelo possui um ecrã tátil no centro, que deverá controlar toda central multimídia.

Apesar da proposta para globalização do veículo, o modelo foi projetado para direção esquerda. Sendo assim, países que utilizam o sentido de circulação contrário, como o Reino Unido, não deve receber o modelo.

O modelo Talisman deverá ser produzido em uma instalação da empresa na França. O modelo deverá estar em circulação até o final do ano de 2015. A empresa também busca efetuar a criação de um novo modelo de perua.

Por Wendel George Peripato

Renault Talisman

Renault Talisman

Fotos: Divulgação


Novo modelo virá maior e com câmbio automático de 6 marchas.

Foi revelada oficialmente pela empresa Mini, fabricante de veículos automotores, a mais nova geração do seu veículo Clubman. As linhas deste novo lançamento da empresa foram adotadas a partir do conceito que foi apresentado na edição do ano passado do Salão de Genebra, a única modificação foi no tamanho, pois como pôde ser observado o veículo cresceu.

A plataforma que foi utilizada para a fabricação deste novo Clubman foi a mesma que foi utilizada no BMW Série 2 Active Tourrer e por este motivo o Clubman que é classificado na categoria das peruas acabou ganhando 27 centímetros no seu comprimento e outros 9 cmna sua largura. No espaço entre os eixos o veículo também acabou tendo um acréscimo de 10 cm, este acréscimo em termos práticos representa um conforto muito maior, principalmente, para os passageiros que vão nos assentos traseiros deste carro.

Em resumo, este novo Clubman é um veículo dotado de seis portas, sendo que este design atual adotado pela fabricante nessa nova versão acabou combinado muito mais com o tamanho espichado desse carrão.

E as novidades não param por aí, outra estreia que está sendo feita neste novo modelo é o câmbio automático de seis marchas que entrou em substituição à caixa de seis marchas que era comumente encontrada nos Mini comercializados no Brasil.

Este novo Clubman chegará às concessionárias com um novo propulsor 1.5 tri-cilíndrico biturbo, o qual será capaz de produzir uma potência máxima de 136 cavalos, segundo os dados estatísticos da fabricante este veículo conseguirá acelerar de 0 a 100 Km/h na incrível marca de apenas 9 segundos.

Os consumidores que são apaixonados por esportividade terão com opção o Clubman na versão S, versão esta que oferta aos consumidores um propulsor biturbo 2.0 que possui uma potência máxima de 192 cavalos e é capaz de atingir de 0 a 100 Km/h em apenas 7 segundos.

Ainda a Mini irá oferecer aos seus consumidores o Clubman na versão D, a qual possui um motor 2.0  movido a diesel e com capacidade de produzir uma potência máxima de 150 cavalos, sendo capaz de acelerar de 0 a 100 Km/h em uma média de 8,5 segundos ou até um pouquinho mais.

Por Adriano Oliveira

Mini Clubman

Mini Clubman

Mini Clubman

Fotos: Divulgação


Novo modelo traz novidades e características personalizadas.

A divisão Talor Made da Ferrari, marca de renome internacional, produziu uma Ferrari Califórnia totalmente personalizada. A marca italiana fez o lançamento oficial deste novo veículo no Festival de Velocidade de Goodwood, evento este que ocorreu no Reino Unido do dia 25 de junho ao dia 28 de junho.

Este novo modelo é um carro conversível que para ser projetado os seus idealizadores se inspirarão na paixão por cavalos de corridas e Polo, tanto que foram inseridas neste veículo duas faixas decorativas, sendo que elas foram feitas na tonalidade Blu Hellen e sobrepõe a pintura deste carro que foi confeccionada em camada tripla na cor Bianco Itália.

As rodas desta Ferrari personalizada são mais uma atração à parte, uma vez que são de alumínio e possuem o tamanho de 20 polegadas e para chamar mais ainda a atenção, os fabricantes resolveram pintá-las nas cores Argento Nürburgring e Blue Hellen.

Já no espaço interno, essa Ferrari Califórnia T tem todo o seu interior na tonalidade Blue Sterling e para dar um charme a mais os detalhes foram feitos na tonalidade Bianco, os assentos foram confeccionados com todos os seus revestimentos no material denominado Mycro Prestige, material este que possui a capacidade de dar maior aderência ao corpo de quem o utiliza para assentar, este material é obtido através da mistura de diversos tipos de fibra. A grande vantagem de se utilizar este tipo de material no revestimento de um veículo é o fato de que ele possui apenas um terço do peso do couro tradicional, material que comumente é utilizado para revestir muitas partes da grande maioria dos caros de luxo, além de ter apenas 0,7 milímetros de espessura, este tipo de material tem um futuro promissor na indústria automobilística, devido ao fato dele ser à prova tanto de fogo quanto de água.

Por Adriano Oliveira

Ferrari California T personalizada

Ferrari California T personalizada

Fotos: Divulgação


Nova versão será lançada no mercado brasileiro em julho e tem o preço sugerido de R$ 204.900.

Buscando ainda mais sucesso no mercado brasileiro e trazendo uma excelente nova opção para os consumidores desse mercado, a FCA Fiat-Chrysler anunciou recentemente a tão esperada chegada da versão reestilizada 300C da montadora. Com isso, o carro estará disponível nas concessionárias da montadora a partir de julho de 2015. Confira mais detalhes sobre a chegada do Chrysler 300C reestilizado na continuação desta matéria.

Para aqueles que estão ansiosos para este lançamento, saibam que a marca já deixou claro que este sedan virá acompanhado de muitas novidades se comparado ao atual modelo que está em circulação no mercado brasileiro. A chegada em julho no mercado brasileiro tem um significado bastante importante: é a comemoração de 90 anos da Chrysler.

A montadora ainda não divulgou o preço oficial sugerido, porém, comparado com o valor que vem sendo praticado no mercado atualmente, o 300C reestilizado deve ficar em torno de R$ 204.900.

Uma das principais novidades em relação ao design, bem como inovação deste modelo é sem sombra de dúvidas a peça maior e com o acabamento no estilo colmeia na dianteira do carro. Com isso, a tradicional grade com filetes cromados fica para trás. Outra novidade muito interessante no acabamento externo são as lanternas traseiras que ganharam novos detalhes que mesclados ao destaque das luzes de LED deixa o automóvel bastante elegante.

Além disso, as novidades também estão presentes na parte interna do automóvel. Dentre as novidades podemos destacar o botão seletor para a troca de marchas. Outro destaque fica por conta do quadro de instrumentos com tela TFT de nada menos que 7 polegadas. Saiba que o volante foi totalmente redesenhado e agora possui direção elétrica juntamente com os modos: Comfort, Normal e Sport.

E para aqueles que são amantes da velocidade, saibam que o motor 3.6 V6 Pentastar ganhou algumas melhorias e promete ainda mais eficiência. O mesmo conta com mais 10 cavalos na versão reestilizada e atinge potência total de 296 cv. O câmbio não conta com alterações, trata-se do automático de oito marchas.

Por Bruno Henrique

Chrysler 300C reestilizado

Chrysler 300C reestilizado

Fotos: Divulgação


Novos modelos chegarão ao mercado brasileiro com os preços de R$ 147.9000 e R$ 194.900.

Você curte carros esportivos? Foi apresentado no Salão do Automóvel em São Paulo dois esportivos da Subaru: WRX e WRX STI. A pré-venda já foi anunciada para o público e a expectativa é que os automóveis cheguem às concessionárias ainda no mês de agosto. Os preços são um pouco salgados, sendo o WRX R$ 147.900,00 e o WRX STI R$ 194.900,00.

Os novos carros esportivos da Subaru contam com motor turbo de quatro cilindros, sendo que no modelo WRX ele tem a capacidade para desenvolver potência de 268 cv e torque de 35,7 m.Kgf com 2,0 Litros e no modelo WRX STI o motor tem 305 cv e 40 m.Kgf com 2,5 L.

Que tal conhecer mais detalhes sobre os esportivos e as diferenças de cada um? O WRX tem câmbio automático e com variação contínua. Além disso, o carro tem a habilidade para simular oito marchas no modo de troca manual, tração integral e controle de estabilidade com modo de uso mais permissivo, além da presença do sistema de vertorização de torque. Em relação à versão STI, o carro tem câmbio manual de seis marchas, suspensão mais firme se comparada com o WRX e capacidade para acelerar de 0 a 100km/h em um tempo estimado de 5,2 segundos. O design  de ambos os modelos chama a atenção, principalmente, pelos detalhes futuristas presentes no carro.

A importadora oficial e exclusiva da marca no País é a CAOA e as pré-vendas já iniciaram. Portanto, as pessoas que quiserem já podem antecipar as compras de ambos os modelos dos carros nas concessionárias. A previsão para recebê-los e em agosto deste ano, mesma época do lançamento inicial do veículo. Desta forma, os apaixonados pelos esportivos já podem garantir uma das versões nas garagens e aguardar ansiosamente pelo carro.

Gostou de conhecer sobre o WTX e WRX STI? Você é fã de carro esportivo? Conte para a gente!

Por Babi

Subaru WRX

Subaru WRX

Sbaru WRX STI

Sbaru WRX STI

Fotos: Divulgação


Nova versão é conversível e conta com um design interior esportivo e luxuoso.

A Alfa Romeo, famosa montadora conhecida por seus carros de alto luxo e padrão em todo o mundo, acaba de trazer ao mercado o seu mais lançamento: o Alfa Romeo 4C Spider.

Os apaixonados pela marca estavam ansiosos e esperaram por alguns meses até que o modelo fosse mostrado. Entre as principais características do modelo estão a inovação e a criatividade. Além disso, o modelo é conversível.

É bom lembrar ao leitor que os modelos Spider da Alfa Romeo sempre atraíram os amantes do automobilismo por unir prazer de direção ao alto conforto da marca e o estilo que é peculiar dessa montadora. O Alfa Romeo 4 C Spider não fica para trás quando o assunto é esportividade e velocidade.

O design interior, também, marca o Alfa Romeo 4C Spider. Para dar um maior ar de singularidade e esportividade, foi utilizada uma camada de fibra de carbono que distingue o Alfa Romeo 4C Spider. Além disso, os tapetes são de alto luxo. A marca optou por uma tapeçaria de couro especial, que é fruto da melhor tradição artesanal “Made in Italy”.

As dimensões e aerodinâmica foram pensadas calculadamente pelos projetistas e engenheiros da marca. Além do desenho moderno e inovador, o ar que bate no habitáculo, quando o carro desenvolve altas velocidades, foi repensado a fim de que o motorista possa viajar com a capota aberta tranquilamente.

A fibra de carbono é marca do Alfa Romeo 4 C Spider, além de deixar o carro mais leve, permite maior resistência a impactos e batidas mais leves. Mais ainda, a fibra de carbono do Alfa Romeo 4 C Spider proporciona maior resistência a produtos químicos.

Em relação ao motor, o Alfa Romeo 4 C Spider apresenta um propulsor de 1750 CC turbo a gasolina que foi montado em um inovador bloco de alumínio o que propicia menos 22Kg de peso ao bloco.

Com certeza, o carro é uma máquina!

Por Daniel Alves

Alfa Romeo 4C Spider

Alfa Romeo 4C Spider

Alfa Romeo 4C Spider

Alfa Romeo 4C Spider

Fotos: Divulgação


Novo modelo conta com tecnologia e modernidade.

A Volkswagen, famosa montadora alemã, conhecida nos cinco continentes do Planeta, traz ao mercado o seu mais novo lançamento: o Passat GTE.

Um dos principais destaques da marca sempre foi o seu forte investimento em publicidade. Sendo assim, o Slogan do Passat GTE não poderia deixar a desejar. A marca optou por empreender ao carrão um slogan forte e chamativo: Passat – Um carro como só os Alemães sabem fazer. Há de se entender essa frase com grande facilidade, haja vista a Alemanha ser conhecida pelos seus automotores que possuem destaque em todo o mundo, principalmente os esportivos. Entre as principais marcas que se destacam a BMW, Mercedes-Benz, Audi. Além disso, a Volkswagen, também, é Alemã.

A marca deixa claro que, no Passat, conforto e luxo sempre foram priorizados. O carro sempre se destacou por ser de alto custo e alto luxo. Por isso, o novo Passat GTE conta com materiais de extremo bom gosto e luxo. O destaque fica com o relógio analógico cravado no painel dianteiro e uma tela Touchscreen que dá maior ar de modernidade ao veículo.

Os bancos dianteiros são um acúmulo de tecnologia. Além de contar com opcional de climatizadores, pode-se optar pelo veículo com ajuste elétrico e memória de posição do banco dianteiro do motorista.

Chave para ligar o carro é coisa do passado, concorda? Pois bem, o Passat GTE conta com o acionamento através de um botão, contudo, este acessório é opcional e, consequentemente, custará mais caro ao consumidor.

O climatizador do Passat GTE é um dos destaques: o carro conta com ar-condicionado Climatronic com controle de temperatura Dual Zone no display do rádio.

O motor do Passat GTE é o famoso 2.0L TSI de 211 Cv de potência máxima. Além disso, possui um sistema de transmissão DSG com dupla embreagem. Além disso, o veículo conta com ABS, Air-bag e outros dispositivos avançados de segurança.

O Passat GTE promete surpreender!

Por Daniel Alves

Volkswagen Passat GTE

Volkswagen Passat GTE

Fotos: Divulgação


Novo modelo será lançado na Inglaterra, no dia 25 de junho.

A fabricante de veículo francesa, Peugeot, está montando todos os preparativos para fazer a estreia do seu novo hatch esportivo de médio porte, este veículo será o Peugeot 308 GTi, a estreia deste veículo está prevista para ocorrer no início do Festival de Velocidade de Goodwood, evento que ocorrerá no dia 25 de junho na Inglaterra. Apesar de toda a expectativa que gira em torno dessa estreia, este veículo já foi visualizado sem nenhum tipo de cobertura ou camuflagem em um estacionamento na França.

Não há como negar que esta é uma versão realmente mais nervosa do Peugeot 308, sendo que pelo que pode ser visto, os seus principais destaques estão nas lindas rodas de tamanho 19 polegadas que foram inseridas de série neste veículo, juntamente com as ponteiras de escapamento que serão no estilo arredondado. Outra novidade são os freios do desse Peugeot Sport que foi projetado com discos ventilados e pinças na cor vermelha, detalhe que chama mais ainda a atenção de que o vê. Já a grade dianteira deste carro foi feita no formato colmeia, design este que a diferencia das convencionais.

Este lançamento da Peugeot nada mais é do que a continuidade da nova geração, a qual foi lançada oficialmente no Salão de Frankfurt na edição do ano de 2013, e que naquela época já foi considerado como um conceito batizado com o nome de 308R. Desse conceito, a Peugeot deverá aproveitar apenas o seu propulsor, que é o 1.6 turbo que possui a mesma calibragem do conhecido RCZ, o qual foi desenvolvido para gerar uma potência máxima de nada mais nada menos do que 270cv.

Esse novo Peugeot 308 GTi será lançado para ser um rival direto dos seguintes modelos: Ford Focus ST, Volkswagen Golf GTi, bem como do francês Renault Megane RS. Além dessa novidade a Peugeot pode ser que leve também o 308 R Hybrid, veículos este que foi projetado com um motor capaz de gerar uma potência de 493cv, contudo este deve ser mantido apenas como um conceito.

Por Adriano Oliveira

Peugeot 308 GTi

Peugeot 308 GTi

Fotos: Divulgação


Atualização do modelo foi destinada para os veículos apenas da China.

A fabricante de veículos automotores Volkswagen fez, no último sábado, dia 6 de junho, uma discreta demonstração a respeito da atualização que foi realizada no seu veículo Phaeton, no entanto a atualização deste veículo não chegará a todos os países onde o modelo é comercializado. A princípio esta atualização foi destinada apenas para os veículos Phaeton da China. Essa restrição por parte da montadora se deu, principalmente, devido ao fato de que este sedan da marca tem maior aceitação no continente asiático.

Pelo o que pode ser observado, nessa atualização os principais destaques ficaram por conta da inserção de novos faróis bi-xenônio, de uma nova grade dianteira, a inserção de um para-choque rico em detalhes cromados, retrovisores internos que têm a função de serem aquecidos e eletricamente rebatíveis com sinais integrados, faróis de neblina de LED, bem como novas lanternas.

Com relação à motorização, este veículo atualizado será disponibilizado no mercado chinês com três opções de propulsores, sendo que estes são os seguintes: o 3.0 V6 que é capaz de produzir uma potência máxima de 250 cavalos, a segunda opção é o 3.6 V6 que tem a capacidade de produzir uma potência máxima de 280cv e a terceira e última opção será o 4.2 V8que será capaz de produzir uma potência máxima de 335 cavalos. Em todas estas opções de motores que poderão ser escolhidas pelos consumidores, este sedã irá sair de fábrica com uma transmissão do tipo automática com seis marchas e tração integral do modelo 4MOTION. Segundo a fabricante, este carro tem a capacidade de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 6,9 segundos e tem uma velocidade máxima limitada em 250 km/h.

Para aqueles que não conhecem ou nunca ouviram falar a respeito deste veículo, ele é um sedan topo de linha da marca alemã, este carro foi recém-retirado do mercado britânico e partiu com est atualização para o mercado chinês.

As vendas deste veículo começaram no último dia 6 de junho, sendo que no mercado chinês este sedan germânico custa a partir de 759.200 yuans, ou seja, em torno de R$ 385.521.

Por Adriano Oliveira

Volkswagen Phaeton

Volkswagen Phaeton

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: