O setor de veículos voltou a apresentar crescimento, desta vez no primeiro bimestre de 2011 em relação ao período análogo do ano passado e de fevereiro sobre janeiro. Todos os segmentos apresentaram alta nas vendas.

Os emplacamentos de automóveis e comerciais leves cresceram 18,36% na base comparativa bimestral-anual, de 413.120 unidades vendidas em janeiro e fevereiro de 2010 para 488.987 no primeiro bimestre de 2011. No confronto fevereiro versus janeiro outra alta, desta vez de 12,47%.

No segmento de caminhões o avanço constatado chegou a 41,68%, para 24.925 unidades vendidas no bimestre inaugural de 2011. No comparativo mensal, ressalta a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), a expansão atingiu índice de 3,82%. Para Sergio Reze, presidente da entidade, o bom desempenho desse ramo foi motivado pelas áreas agrícola, industrial e mineral.

Os emplacamentos de ônibus subiram 44,59% entre janeiro e fevereiro de 2011 contra o período igual de um ano antes, para 3.557 unidades registradas. No confronto mensal outra alta, de 5,23%.

As vendas de motos saltaram 14,85% no confronto anual do primeiro bimestre deste ano, para 278.351 unidades emplacadas. Se for considerado fevereiro contra janeiro, o desempenho positivo atingiu índice de 9,23%.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Fenabrave


Montadora que tem o modelo C3 como carro-chefe de vendas no Brasil, a Citroën acaba de anunciar a chegada da nova linha das minivans Grand C4 Picasso e C4 Picasso. Em ambos os exemplares a fabricante proporciona inovações internas e externas.

A Citroën inseriu nos dois monovolumes rodas de liga leve de 17 polegadas e a linha de pneus 215/50 R17. No espaço interno, novos revestimentos nos painéis e nos assentos com denominações diferenciadas. O C4 Picasso recebe o tecido Anjou e o Grand C4 Picasso, Brise. Além do visual, conferem maior resistência a deslizamentos, ou seja, maior aderência.

Como item de série, os passageiros do banco traseiro do C4 Picasso contam com ar-condicionado digital. O volante dos monovolumes apresenta comandos centrais fixos, que somados a outros componentes como limitador e regulador de velocidade e freio de estacionamento, os tornam interessantes para todos os públicos.

A motorização é 2.0i, capaz de gerar 143 cavalos de potência, combinada à caixa automática auto-active sequencial.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Maxpress


No competitivo mundo da indústria de automóveis apenas oferecer um bom produto não é o suficiente. É necessário o aprimoramento dos modelos, o constante aumento da qualidade e chamar a atenção cada vez mais oferecendo novas opções ao lado de novos lançamentos. Pensando nisso a Mini, fabricante de modelos de sucesso como o compacto Cooper, resolveu caprichar para este ano de 2011.

E em um pacotão vai lançar três novidades. A primeira será uma edição especial do Clubman Hampton, modelo fiel ao design dos carros da Mini, de carroceria alongada e aspecto confortável. Nele as grandes novidades são estéticas como nova pintura na carroceria e acabamento mais elegante na cabine.

Outra novidade fica por conta do novíssimo Cooper SD movido a diesel e que vem com a marca de carro mais potente da empresa. Na linha Clubman o SD virá com propulsor 2.0 diesel que vai gerar 143 Cv de potência. Um acréscimo considerável de 31 Cv em relação à versão D do modelo. Com o novo propulsor a velocidade máxima chega a 215 Km/h com arranque de 0 a 100 Km/h em 8.1 segundos. Além da nova motorização o SD chegará de fábrica com bons itens de segurança e dirigibilidade que contribuem ainda para economia de combustível.

Para completar as novidades, a Mini vai oferecer um kit de incrementos para os modelos Cooper S, Cooper S Cabrio e S Clubman, chamado John Cooper Works Tuning, que contará com novo escapamento cromado, novas rodas e câmbio manual que pode fazer os modelos acelerarem de 0 a 100 Km/h em somente 6,8 segundos e com o aumento da potência dos modelos poderá fazê-los atingir a máxima de 234 quilômetros horários.

Por Mauro Câmara


O segmento dos sedãs Premium no Brasil tem mais um concorrente de luxo que já encontra-se à venda no mercado. Com previsão de entrega no mês de Março quem quiser comprar um Volvo S60 pode procurar uma concessionária da marca sueca e reservar o seu. O preço parte de R$ 169.900 e este modelo foi o destaque da marca por ocasião do último Salão do Automóvel de São Paulo no ano passado.

De desenho clássico, visual sóbrio e charmoso, o Volvo S60, com sua frente elegante e levemente arredondada, é com certeza um carro que marca presença pelo seu visual e também por seus equipamentos. Entre os itens de série de segurança o Pedestrian Detection, que é um sistema que acompanha continuamente a presença e movimentação de pessoas a frente do veículo e pode, em velocidades de até 30 Km/h, parar o carro de maneira automática, caso o motorista não note a presença de pedestres.

Neste inicio de vendas o modelo que estará à disposição dos interessados possui motor 3.0 de seis cilindros em linha e transmissão automática sequencial de seis velocidades. Este conjunto mecânico pode render 304 Cv de potência. De acordo com sites especializados uma segunda versão, um pouco mais barata, com motorização 2.0 Litros de quatro cilindros turbocompressor que poderá render 240 Cv, poderá estar à venda no país até o final deste ano.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carros IG


Um carro grande, espaçoso, de aparência robusta e que foge um pouco do padrão de design dos modelos da montadora italiana Fiat. Assim é o crossover ou minivan, que a montadora lançará no Salão do Automóvel de Genebra e cujas imagens e informações já foram divulgadas.

O veículo foi construído em parceria com a Chrysler, grupo no qual a Fiat tem participação acionária, e baseou-se no modelo Dodge Journey 2011. Batizado de Freemont, o crossover que levará na nova grade frontal o símbolo da fabricante italiana teve alterações externas e internas para diferenciá-lo do modelo que lhe serviu de base.

O resultado foi um carro com capacidade para sete ocupantes e com o rebatimento dos bancos traseiros, uma capacidade de porta-malas de 1.461 litros. No design de linhas retas e poucos vincos o modelo é enxuto sem perder a agradável aparência de robustez. A frente é clássica e lembra a imponência dos modelos Chrysler.

Com previsão de ter o início das vendas a partir do segundo semestre de 2011 na Europa, os primeiros modelos terão motorização 2 Litros a diesel Multijet que renderá de 138 a 168 Cv com transmissão manual e tração na dianteira. Existe a previsão de lançamento de mais duas versões: uma com tração integral também movida a diesel e uma com propulsor Pentastar V6 de 276 CV a gasolina, que virão ambas com câmbio automático.

Foto: Auto Moto Portal

Por Mauro Câmara

Fonte: G1


No Palio Weekend 2011 se encontra um misto de qualidades que o tornam referência no mercado de station wagons compactas. Essas qualidades são o desempenho, o conforto e a segurança. Os itens de série são aerofólio traseiro na cor do veículo, acabamento cinza Ghisa na parte central do painel de instrumentos, alertas de limite de velocidade e manutenção programada, apoios de cabeça dianteiros e traseiros com regulagem de altura, banco traseiro rebatível, bancos dianteiros com regulagem milimétrica do encosto, bancos com assento anti-submarining e barra de proteção nas portas.

O Palio Weekend 2011 conta com um motor de quatro cilindros em linha transversal de oito válvulas, com cilindrada de 1.368 centímetros cúbicos, com potência de 85/86 cavalos a gasolina/álcool, com uma rotação de 5.750 rpm e um torque máximo de 12,4/12,5 kgfm a 3.500 rpm com gasolina/álcool, câmbio de cinco marchas e tração dianteira, com  sistema de freios a tambor na traseira e a disco ventilado na dianteira, além de direção hidráulica e rodas de aço raio 14 com pneus 185/65.

Por Gerson de Morais


Sinônimos de frágeis há anos, os produtos chineses ganham cada vez mais notoriedade no Brasil. Confeccionados por meio de mão de obra mais barata em relação à brasileira, as mercadorias vão desde simples brinquedos de plástico a aparelhos de som, DVDs e outros componentes mais. Recentemente, o país tem recebido veículos do país, com destaque para a Chery, que já dispõe bom número de concessionárias.

Em breve, segundo informações divulgadas pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), a Brilliance chegará ao Brasil, mais estritamente entre maio e abril. Inicialmente, a fabricante comercializará os modelos sedã médio FSV, os hatches FRV e FRV Cross e o Splendor, de luxo.

Por enquanto, a marca ainda mantém mistério em relação a valores, mas é bem possível que sejam atrativos para nutrirem competição com as demais montadoras daqui. A informação mais precisa é a de que os veículos chegarão com bom número de equipamentos de segurança e conforto.

Por Luiz Felipe T. Erdei


A isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) colaborou para o mercado brasileiro de veículos automotores alcançar, em março, um grande mês em sua história. Em novembro o setor voltou a sentir boas vendas, mas em dezembro conseguiu superar ainda mais as perspectivas.

O bom movimento de final de ano, entretanto, tende a diminuir. Estimativas de envolvidos no setor preveem diminuição de aproximadamente 30% nas vendas realizadas em janeiro de 2011 perante o mês passado, ou seja, de anteriores 381,6 mil unidades no primeiro período para 270 mil no segundo.

Para conter a queda brusca já esperada, algumas montadoras preparam promoções, entre elas a General Motors, segundo Hermann Mahnke, gerente de marketing da GM, mas sem maiores detalhes divulgados.

No ano passado, 3,515 milhões de veículos automotores foram comercializados. Entre janeiro e dezembro de 2011 a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) aguarda vendas ainda mais robustas, próximas de 3,6 milhões de unidades.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: G1


Com vocação para o trabalho, o Novo Ducato Multi 2011 proporciona conforto e segurança, seja para transportar cargas ou passageiros. Combinando funcionalidade e economia, o novo furgão da Fiat está baseado no sucesso das versões Economy, tendo agora um motor muito mais econômico, o MultiJet, produzido com a mais alta tecnologia.

Por fora e por dentro, a estética tem o design do conceituado italiano Giorgetto Giugiaro, numa colaboração com o Centro Estilo Fiat, que destaca a racionalidade das formas e a funcionalidade do novo furgão, que transmite robustez e força, o que é essencial para um veículo destinado ao trabalho pesado, que tem 12 metros cúbicos de espaço.

O motor MultiJet, de 2.3 litros e alta economia, desenvolve 127 cavalos de potência a 3.600 rpm, com um torque de 30,7 kgfm a 1.800 rpm. O Novo Ducato Multi 2011 MultiJet Economy sai por R$ 80.990,00.

Por Gerson de Morais


O modelo Camaro da Chevrolet é o tipo de carro que virou culto pelo mundo. É simplesmente impossível encontrar um admirador de automobilismo que não seja apaixonado pelo carro.

Com previsão de lançamento para início de 2011, o modelo chega ao Brasil mais moderno, com design mais arrojado e um estupendo motor V8. Ainda há ocontrole de estabilidade, sensor de estacionamento traseiro e tração traseira entre outras tantas novidades e aprimoramento. Não foi divulgado ainda o valor do novo Camaro.

Para saciar a curiosidade e obter mais informações sobre o modelo acesse o site da Chevrolet e delicie-se!

Por Teresa Almeida


A Fiat, que cada vez mais cresce no mercado interno e que pretende dar um salto de qualidade equipando a maioria de seus modelos com o seu propulsor E-torQ, já definiu o inicio das vendas da versão Sporting de sua picape Strada. De acordo com o site Notíciais Automotivas, as vendas começarão em Janeiro do ano que vem e o Preço deverá partir de R$ 45.000.

Esta picape esportiva será equipada com o motor E-torQ 1.8 que promete mais desempenho, menos ruído e também mais economia. E como os carros que já fazem parte da linha Sporting, terá um jeitão mais esportivo, com design mais enxuto e linhas mais aerodinâmicas.

Com a produção iniciada desde Agosto deste ano, conforme a matéria citada, não se sabe o motivo das vendas só começarem em Janeiro do ano que vem. Mas o certo é que o mercado nacional, a partir do inicio de 2011, já poderá contar com mais uma opção no segmento dos utilitários com esta picape da Fiat, que briga palmo a palmo pela liderança do mercado automotivo no país.

Por Mauro Câmara


Um sedã de luxo com porte aristocrático e classe nas alturas. Com linhas que esbanjam elegância e um interior confortável e luxuoso, mas que estava um pouco afastado do mercado, apesar de ser o top de linha dos sedãs da Chevrolet. Este é o Omega, que volta agora com uma justa homenagem ao ex-piloto de fórmula 1 brasileiro, Emerson Fittipaldi e com preço de R$ 128.600, conforme matéria do site Carros IG.

De acordo com a matéria citada a Chevrolet colocará a venda a partir da segunda quinzena do mês de dezembro de 2010 uma nova versão do Omega com edição limitada de apenas 600 unidades que contará com algumas inovações, que segundo informações da montadora, tornam este modelo mais econômico.

Houve mudanças na motorização. O motor V6 de 3.6 Litros contará com injeção direta e sua potência passou dos 254 CV da versão passada para 292 CV de potência. O câmbio é automático com seis velocidades e vem com a possibilidade de trocas manuais. Além destas, pequenas mudanças no exterior deixaram o modelo mais moderno e mais leve.

No interior já luxuoso, agregou-se mais tecnologia com a instalação de uma tela multimídia LCD no console central onde se reúne diversos equipamentos de conforto, lazer e comodidade.

Ainda de acordo com a matéria citada, após a venda desta série limitada existe a possibilidade de que o Omega possa ser regularmente importado da fábrica da montadora na Austrália para abastecer o mercado nacional.

Por Mauro Câmara


Os carros produzidos pelos emergentes normalmente são vistos com certa desconfiança. Tomemos como exemplo os modelos das fabricantes chinesas, cuja qualidade desde o inicio foi questionada, mas que aos poucos vão não só adquirindo experiência, agregando valor a seus modelos como ganhando espaço no mercado mundial. Com os modelos russos parece acontecer a mesma coisa. Economia emergente e componente do BRIC, assim como Brasil, China e Índia, a indústria automobilística russa parece querer atingir um nível melhor na produção de veículos.

De acordo com matéria do site Interpress Motor, é isto que ocorrerá com o novo sedã da Lada, o Granta. Modelo de baixo custo, mas que dará especial atenção aos itens de segurança. O sedã começará a ser produzido no final de 2011 e deverá ser comercializado também na Europa Ocidental.

Tendo a Renault como acionista, isto talvez explique a nova filosofia visando à qualidade e segurança, a Lada irá equipar este novo sedã com itens como freios ABS, sistema de controle de estabilidade e airbags. Quanto à motorização o propulsor deverá ser 1.6 16V, que já equipa modelos da Renault. O design também se renova e o Granta é um sedã de linhas modernas, desenho discreto, mas elegante que remodela as linhas dos modelos da Lada.

A colocação de itens de segurança que normalmente não compõem modelos de baixo custo fabricados em países emergentes parece que não irá encarecer o modelo. Estima-se que o preço deste novo sedã na Rússia seja o equivalente a R$ 12.180 (220.000 rubros).

Por Mauro Câmara


Um carro barato, com ótima relação custo-benefício, mas que mesmo assim oferece uma série de recursos que equipam modelos mais caros. Este é o modelo que a montadora chinesa Great Wall irá lançar em 2011 na Europa visando aumentar sua participação no mercado mundial. A mágica talvez só eles conheçam. Pois além de um mercado interno que cresce de modo avassalador, buscam a conquista de mais mercados pelo mundo com modelos que possuem preços altamente competitivos e que se expõem ao teste de qualidade de consumidores mundialmente.

E o próximo teste ocorrerá com o modelo utilitário Voleex, da Great Wall, que será comercializado a partir de Janeiro no velho continente com preço de somente 10 mil euros (algo em torno de R$ 22,3 mil) e que oferecerá entre outros itens de série freios ABS, EBD, ESP e seis airbags, conforme matéria do site Motor Dream.          

Com dimensões compactas (comprimento de 3,81 metros, largura de 1,71 e altura de 1,54 metros) a versão inicial terá quatro portas e comportará cinco ocupantes. As motorizações disponíveis serão o 1.3 16V de 92CV e o 1.5 16V de 104CV. Serão movidos a gasolina e o câmbio será manual de cinco marchas. O automático, conforme a matéria citada será de seis velocidades, mas virá apenas na versão de maior potência. Existe previsão de no futuro a montadora lançar um motor a diesel 1.5 TDI com três cilindros que poderá gerar 147 CV de potência.

Quanto ao desenho deste modelo, ele possuirá formas arredondadas junto aos faróis e um equilíbrio de linhas que vai lhe conferir graça e atualidade.

Por Mauro Câmara


Fabricante de carros normalmente refinados que impressiona somente com a menção da marca, a Chrysler acaba de remodelar um de seus veículos. O sedã 300C recebeu algumas mudanças em seu visual com linhas mais arredondadas, ganhou o logotipo redesenhado da marca, além de iluminação com LED’s, conforme matéria do site G1.

Com a apresentação oficial marcada para o Salão do Automóvel de Genebra, que ocorrerá no período de 03 a 13 de Março do ano que vem, o 300C visualmente remodelado é um carro de extrema elegância, de linhas sóbrias e requintadas e de uma imponência marcante e estilo absolutamente clássico.

Outra novidade do novo 300C estará dentro da cabine. Trata-se do seu novo sistema multimídia com tela de 8,4 polegadas, que alia sofisticação ao conforto da cabine.

Quanto à motorização, essa não foi modificada. Serão os mesmos motores V6 3.0 Litros movidos a diesel que geram potência de 296CV e os mesmo V8 5.7 Litros, estes que produzem 365 CV de potência. Ambas as versões possuindo caixas de marchas automáticas.

O novo modelo terá o inicio de suas vendas na Itália, onde será comercializado com a marca Lança nos primeiros meses de 2011.

Por Mauro Câmara


Uma nova opção para o segmento de minivans acaba de ser lançada pela GM. Trata-se do Chevrolet Orlando, que inicialmente, será vendido somente no mercado britânico, a um preço equivalente a R$ 43.700. O veículo estará disponível em três versões: LS, LT e LTZ.

Com relação aos equipamentos, ele sai de fábrica com ar condicionado automático, controle de cruzeiro, controle de estabilidade (ESP), seis airbags e rodas aro 16 ou 17, dentre outros itens. Além disso, ele é bastante espaçoso, podendo carregar até sete pessoas.

As opções de motor são o 1.8 16V, à gasolina, que pode alcançar 141 cv e duas versões 2.0 diesel, que podem atingir 130 cv (nesta, o consumo médio pode chegar a 20km/litro)e 163 cv. A transmissão de seis velocidades pode ser manual ou automática. Não há previsão de quando o Orlando vai chegar ao Brasil, mas quando vier, possivelmente irá substituir a Meriva e a Zafira.

Confira o vídeo de apresentação do veículo:

Por André Gonçalves


A Volvo está divulgando mais um recall, dessa vez, para cerca de seis mil unidades dos modelos S60, S80, XC60 e XC70, todos fabricados em 2011. O motivo da chamada é para consertar falhas no módulo que gerencia o motor. De acordo com a montadora sueca, essas falhas poderiam fazer com que o combustível, em alguns casos, desligasse o parâmetro do software do automóvel e, consequentemente, parar o motor.

A inspeção, que será gratuita, já começa no início de dezembro. Serão feitos reparos que incluem a atualização do software do módulo de controle dos veículos.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 0800-707-7590 ou pelo site www.volvocars.com.br.

Por André Gonçalves

Fonte: Quatro Rodas


O Fiat Punto vai ganhar uma nova cara em 2011. O veículo, lançado em 2007, vai ter o mesmo visual que o Punto Evo, versão vendida na Europa. As novidades começam no pára-choque dianteiro, que terá as tomadas de ar e a grade do radiador redesenhadas, mesmo caso da traseira, na qual as lanternas e o pára-choque passarão por renovação.

Na parte interna, mudanças no material de fabricação, agora de maior qualidade e também no número e na cor dos equipamentos. O quadro de instrumentos terá iluminação branca. Com relação aos motores, a versão 2011 do Punto virá com as opções de E-TorQ 1.4 Fire, 1.6 16V, 1.8 16V com opção de câmbio Dualogic, Sporting 1.8 16V também com Dualogic e 1.4 Turbo. Os motores podem atingir 117 cv no modelo 1.6 e 132 cv no 1.8.

Os modelos vão custar a partir de R$ 38.940, preço sugerido para a versão 1.4.

Por André Gonçalves

Confira mais informações no vídeo:

Fonte: Interpress Motor





CONTINUE NAVEGANDO: