Tudo indica que a linha A2 não fez grande sucesso na montadora Audi. Segundo a Autocar, revista inglesa especializada em automóveis, a produção da nova geração do carro da montadora inglesa será abortada e não deve mais chegar ao mercado, pelo menos não nos próximos 2 anos.

De acordo com fontes ligadas à marca, o carro não será mais produzido porque a demanda de modelos totalmente elétricos está cada vez mais baixa. Quando surgiu em Frankfurt, no ano de 2011 como conceito, a ideia era de que o Audi A2 fosse um carro de peso leve, 100% elétrico e com a carroceria formatada como monovolume.

Assim como o projeto inicial, o carro chegou às concessionárias com matérias primas bem mais leves, autonomia incrível e economia satisfatória, entretanto, o modelo não agradou.

A primeira geração veio equipada com propulsores 1.4 e 1.6, pesava apenas 900 kg e tinha ares de carro popular. Mesmo com tantos benefícios, o veículo não emplacou e depois de 6 anos no mercado, terá a sua produção interrompida.

A segunda geração que seria lançada na Alemanha, em 2014, teria versões híbridas e 100% elétricas. Nada é definitivo, mas por enquanto, o novo Audi A2 não sairá do papel.

Por Larissa Mendes de Oliveira





CONTINUE NAVEGANDO: