A PSA, equipe dona das marcas Peugeot, Citroën e DS, divulgou recentemente que irá fabricar um novo modelo para sua marca sofisticada, a DS. A companhia não forneceu maiores informações, mas afirmou que irá se tratar de um compacto, para completar a família DS3. O carro poderá ser baseado no Citroën CX-R, SUV compacto mostrado no Salão de Pequim do último ano.

Segundo a Peugeot, o novo veículo usará a nova plataforma EMP1. Ele será retirado da fábrica de Poissy, presente no noroeste de Paris. A meta da empresa é disponibilizar, ao menos, um novo modelo em cada fábrica no território francês até o próximo ano. Para a adoção do compacto e da plataforma, haverá o investimento de 150 milhões de euros, o que equivale a praticamente R$ 500 milhões, na cotação diária.

Nos termos do acordo, a PSA Peugeot Citroën havia assumido a meta de divulgar no período 2014 – 2016 a disponibilização de ao menos um modelo em cada uma das fábricas da Equipe no território francês. Haverá a produção de um novo carro no Centro de Produção de Poissy e depois as divulgações em Sevelnord, em Rennes, em Sochaux e de dois novos modelos em Mulhouse.

Somado a isto, através de mais de 972 mil veículos fabricados no território francês no último ano, a PSA Peugeot Citroën possibilitou um superávit comercial para a França de 4,7 bilhões de euros. Ela está designada com o objetivo de fabricar 1 milhão de carros na França até o próximo ano.

Para continuar sólidas as fábricas no território francês e otimizar a performance econômica de seu dispositivo industrial, a Equipe disponibilizou um grande processo de sofisticação de suas indústrias, com o investimento de mais de um bilhão e meio de euros na França em 3 anos para melhorar a logística, compactar a superfície, simplificar os fluxos, dentre outros. Através de três empresas famosas no mundo, Peugeot, Citroën e DS, a Equipe comercializou 3 milhões de carros no mundo no último ano.

Por Felipe Couto de Oliveira

Novo DS3

Foto: Divulgação


Entre os carros mais exuberantes e luxuosos do mundo estão os da marca Porsche, o qual combinam perfeitamente velocidade com alta performance. Desta forma, vamos abordar neste artigo uma das novidades da marca, a qual pretende fabricar um veículo modelo 1.6 menor nos próximos meses.

A princípio, a Porsche irá adotar motores de quatro cilindros para os próximos carros Boxster e Cayman. No entanto, esses boatos percorrem a imprensa europeia, uma vez que indica que a fabricante irá planejar um modelo novo, mais compacto e equipado com um propulsor 1.6 de 213 cv. Essas informações foram divulgadas através do site Autoblog.

Contudo, o site afirmou que há três variantes do novo motor de 4 cilindros, quais sejam: a produção de um 2.0 de 290 cv e 40 kgfm de torque e outro 2.5 de 365 cv e 48 kgfm de torque, além do já citado 1.6. Ambos os veículos serão turbinados e com injeção direta.

Para os modelos Boxster e Cayman, as opções estão praticamente definidas, já o de entrada poderá impulsionar um novo produto da marca, isto é, um esportivo menor. No entanto, ainda não há decisões definidas a respeito de sua produção. A marca afirma que não comenta as novidades de seu portfólio.

A Porsche é uma linha de automóveis bastante séria que fabrica inúmeros modelos e conta com um nicho de mercado bem diversificado. Fabricam também veículos refrigerados a água, o que pode ser um diferencial da empresa.

O Grupo Volkswagen é considerado o principal acionista da Porsche, o que gerou grande revolução no mundo automobilístico e reduziu custos entre as empresas. A empresa tem um público-alvo específico e grande parte deles são os esportistas que adoram velocidade.

Entretanto, estima-se que somente a classe média e alta tem destes veículos, haja vista os valores exorbitantes de vendas e o alto custo em manutenção.

Por Luciana Viturino

Foto: divulgação


Kia NiroA montadora Kia  divulgou imagens inéditas do conceito do Niro, um crossover compacto que foi recentemente desenvolvido pela marca. Segundo informações oficiais da  assessoria de imprensa da Kia, o carro-conceito será apresentado oficialmente no Salão de Frankfurt, tradicional evento automotivo que acontecerá na Alemanha em setembro.

O Niro é um diferenciado protótipo idealizado para ambientes urbanos, sendo que a proposta do carro é de versatilidade e bom desempenho. De acordo com a Kia, esse projeto faz parte do plano da montadora sul-coreana de dar ênfase na sua linha crossovers e expandi-la para o mercado mundial a longo prazo. De início, o Niro deve ser vendido exclusivamente na Europa, mas a expectativa é de que o carro conquiste espaço também fora do velho continente.

O carro-conceito da Kia possui um design arrojado, moderno e atrativo. Além disso, o teto do modelo é fabricado em aço inoxidável. Nas imagens divulgadas pela montadora é possível ver a imponência da carroceria preta e os detalhes sutis na cor verde. A porta vem no estilo gaivota, o que confere ao automóvel um estilo bem diferente.

Isso é tudo que se sabe sobre o novo Niro, já que informações complementares só serão divulgadas após o dia 10 de setembro.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Após muitas especulações girando em torno da nova aposta da Honda, finalmente a marca revelou detalhes sobre o lançamento. Trata-se do Urban SUV Concept, um compacto recentemente apresentado em Detroit, no Salão do Automóvel.

A versão deve chegar ao mercado somente em 2014. Segundo a montadora, o carro chegará inicialmente ao mercado norte-americano. No Brasil ele deve ser lançado daqui a dois anos.

O carro tem a parte dianteira similar ao Accord. Mas também tem o estilo que se aproxima ao Peugeot 2008, que chegará às terras Tupiniquins no ano que vem. Vale acrescentar ainda que o novo  SUV conta com 4,30 metros de largura.

Segundo informações da Honda, o carro será equipado com propulsores Earth Dreams. O modelo será lançado com a finalidade de expandir a linha de carros compactos da montadora, a exemplo do City e do Fit. Com isso, a Honda pretende alavancar consideravelmente as vendas até 2016.

O novo Fit chegará ao mercado antes do Urban SUV Concept e ambos os modelos serão produzidos na unidade fabril da Honda no México, que já deve começar a fabricação em 2014.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Peugeot, montadora francesa, opera no Brasil há quase 21 anos e não para de inovar no segmento de autos. A marca lançou neste final de semana, durante o Salão Internacional do Automóvel, o projeto do novo Peugeot 208.

A estrutura do carro foi revelada ainda como um conceito, mas deu para perceber que grandes modificações estão por vir. sem deixar de lado os seus títulos cheios de números, o 208 chega para brigar com carros famosos como o Novo Fiesta, O Chevrolet Sonic, o Fiat Punto e o Citroën C3. Miticamente, o lançamento só chegará ao mercado oficialmente em 208 dias.

O novo carro será fabricado em Porto Real, no Rio de Janeiro, na PSA, mesma fabrica na qual é produzido o C3, da Citroën . A montagem do 208 será iniciada logo no começo de dezembro.

O novo carro da Peugeot conta com luzes de LED diurnas, teto panorâmico e motor Flex 1.5 ou 1.6, com câmbio automático de quatro velocidadese manual de cinco marchas. Essas configurações também são bem semelhantes às do C3

Em termos de estética, o 208 vem arrojado, estiloso e um pouco mais compacto que seu antecessor. Segundo informações da montadora, o modelo terá ainda uma versão especial que terá apenas 208 unidades fabricadas.

Essa edição receberá o nome de Premier e virá com itens como rodas de aro 16, 6 airbags, sensores de estacionamento, cores foscas e muito mais.

Por Larissa Mendes de Oliveira


O Citroen C3 é uma bela opção de veículo compacto com design moderno, linhas leves e elegantemente arredondadas que compõem um visual agradável, bonito, atual. E agora com o lançamento da linha 2012 que inclui faróis tipo Crystal Black (escurecidos), novas rodas e uma nova cor, o modelo tem tudo para agregar mais sofisticação e esportividade.

A versão GLX ganhou um novo padrão de cores nos bancos, enquanto a versão Exclusive 1.6 passará a contar com itens de série como sensores e faróis de chuva, além de ar condicionado automático.

Esta versão também contará como item opcional com um diversificado e sofisticado sistema de áudio, o RDE2 que conta com leitor de CD e MP3, 18 memórias de estações, conexão USB, entre outros itens.

Já para os que dão atenção especial a cor do carro que irão comprar, o C3 vem om uma nova opção de cor: o Rouge Aden (vermelho liso). Tom vibrante, compacto, sedutor que compõe elegantemente o visual do modelo e estará disponível para as versões XTR e GLX.

O modelo tem preços a partir de R$ 37 mil.

Por Manoel Câmara


Compacto de visual moderno e linhas arrojadas o Audi A1 teve seu lançamento oficial no mercado brasileiro no último dia 09 de Maio, apesar de estar em pré-venda desde o final do ano passado. Com a missão de ganhar espaço no segmento dos compactos e brigar com outro compacto importado que já está no mercado nacional, o Mini Cooper.

E para isso o modelo alemão chega com requisitos interessantes. De série o modelo da Audi vem com computador de bordo, faróis de xenônio, ar condicionado, freios ABS, controle de estabilidade EFS, sistema de som e airbags, entre outros itens. Ainda possui uma gama de opcionais interessantes como sistema Start&Stop, sensor de estacionamento e de chuva e sistema Keyless.

Visualmente bonito, de presença marcante, bem equipado, com um valor inicial de R$ 89.900 e, segundo a marca alemã, com o status de ser o primeiro importado abaixo de R$ 100 mil no mercado brasileiro, o Audi A1 conta com motorização feita por um propulsor TFSI de 1.4 l acoplado com uma transmissão S-Tronic de sete velocidades e este conjunto mecânico pode produzir 122 CV de potência.

Conforme informações da Audi o modelo compacto atinge a velocidade máxima de 203 Km/h com aceleração de 0 a 100 Km/h em menos de nove segundos. Seu consumo médio também é elogiável, ficando no perímetro urbano na casa dos 15,4 Km/h e na estrada na casa dos 21,7 Km/h. De acordo com a montadora, as primeiras 600 unidades importadas serão entregues aos compradores que adquiriram o carro através da pré-venda.

Por Manoel Câmara


Conhecida pelo luxo aplicado na fabricação de seus modelos e na sofisticação da concepção deles, a Audi atrasou um pouco o lançamento de um de seus modelos mais aguardados dos últimos tempos em terras brasileiras. E o lançamento de seu compacto Premium, que já deveria ter ocorrido, ficou para o próximo mês de maio, mais precisamente para a partir do dia 8, de acordo com sites especializados.

E o interesse é tanto que mesmo sem o lançamento oficial, até o mês de março, já haviam sido vendidas 450 unidades do novo modelo A1, que alia um design elegante, de linhas clássicas com o charme da marca e a modernidade do desenho sofisticado.

Com um conjunto mecânico à altura da montadora, composto por um propulsor TFSI 1.4 Litros que produz 122 CV de potência aliado a uma transmissão S-Tronic de sete velocidades, o novo A1 oferece também controle de estabilidade e quatro airbags, entre outros itens de conforto e segurança. Em sua lista de opcionais constam itens sofisticados como: sistema Star&Stop, sensores para estacionamento, sistema Keyless e ainda kits de personalização para tornar a sofisticação e o luxo ainda mais exclusivos.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carros IG


Quando trata-se de mercados sul-americanos de automóveis, o argentino, embora não possua no momento os números de vendas que o brasileiro apresenta, costuma sair na frente quando o assunto é o lançamento de modelos novos, estando quase sempre mais atualizado do que o Brasil. E para não fugir a regra novamente a Argentina recebe um lançamento. Já esta à venda no território argentino o compacto de última geração Spark da Chevrolet.

Modelo de dimensões reduzidas, porém de aspecto ágil, funcionalmente urbano e visual moderno e um tanto agressivo com seus grandes faróis frontais e boa aerodinâmica, o Spark foi desenvolvido pela General Motors da Coreia do Sul e já é comercializado em vários países desde 2010.

A versão LT do Spark atualmente vendida na Argentina, além do bom visual inclui boa lista de itens de série, tais como: ar condicionado, freios ABS e direção assistida, entre outros itens. Sua motorização é composta por um propulsor 16V de 1.2 Litros que gera 81 Cv de potência alimentado a gasolina, com transmissão manual de cinco velocidades e custa o equivalente a cerca de R$ 29.000.

Para o Brasil não há previsão de que o Spark seja comercializado. O que se fala é que a GM prepara um novo projeto que deverá ficar pronto até 2014 de um modelo inédito que será lançado no Brasil.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carros IG


Um compacto cujo visual aparenta conforto e boa otimização do espaço interno. Equilibradamente ecológico e de acordo com a Honda, sua criadora, também é econômico. Este é o Brio, novo modelo mundial da montadora japonesa, que desde o último dia 17 de março já está à venda, inicialmente na Tailândia.

Com desenho elegante, de linhas leves e frente visualmente marcante, o Brio é um compacto agradável e essencialmente urbano graças as suas dimensões compactas e vem equipado com um motor de 4 cilindros 1.2 Litros i-VTEC que pode ofertar 90 Cv de potência. Além de tudo, conforme dados da fabricante, seu consumo médio estimado em 20 Km/l, é bastante razoável, podendo se tornar uma boa opção de compra em função deste aspecto econômico.

Vendido pelo equivalente a R$ 14.800 no mercado Tailandês, a Honda, de acordo com sites especializados, tem planos de oferecer seu novo compacto no Brasil, o que significará mais uma boa opção no segmento dos compactos que cresce dia a dia. Este lançamento, no entanto, ainda não tem uma data específica para ocorrer.

Foto: Auto Diário

Por Mauro Câmara

Fonte: Carro Online


Os carros compactos representam uma opção de comodidade e funcionalidade bastante atraente nos dias de hoje. E para aqueles que não possuem exigência de espaço, os modelos de porte reduzido e dimensões equilibradas tornam-se a opção ideal para enfrentar o caótico trânsito atual e as dificuldades de estacionamento. Tanto que o segmento dos compactos cresce no mundo todo e modelos clássicos do nicho como o Mini Cooper fazem muito sucesso.

E apostando nisso a Fiat já iniciou a produção em território mexicano do seu compacto, o Fiat 500. O modelo de linhas racionalmente reduzidas, porte moderno e aspecto simpático, que está sendo produzido na fábrica da montadora em Toluca, será exportado principalmente para as Américas e o emergente mercado chinês, e ao Brasil o pequeno deverá chegar até o final deste semestre.

O modelo do 500 produzido no México possuirá propulsor 1.4 MutiAir e algumas versões do modelo deverão vir sem alguns itens de segurança que equipam a versão do 500 fabricado na Polônia. Este detalhe e o fato de ter menos impostos, devido ao acordo comercial entre o México e o Brasil, e também menor custo no frete, segundo sites especializados deverão dar ao Fiat 500 em terras brasileiras, pelo menos em suas versões menos sofisticadas, preços mais competitivos que tornarão o simpático modelo economicamente mais acessível.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carros IG


A japonesa Mazda Motors tem planos ambiciosos para os próximos cinco anos. É intenção da montadora chegar à marca de dois milhões de carros vendidos. E para atingir este objetivo vem trabalhando em várias frentes. As mudanças envolvem projetos de motores, novos modelos e projetos de redução de consumo de combustíveis em seus modelos.

Conta, também,  com a expansão do mercado de automóveis no mundo, especialmente em países que fazem parte do BRIC. Economias emergentes, como por exemplo o Brasil e a Índia, estão ávidas pelo consumo e consequentemente geram crescimento através dele.

Para atingir seu objetivo ambicioso também mostrará no Salão do Automóvel de Genebra o protótipo de um SUV compacto, chamado Minagi. Segmento interessante que vem crescendo mundialmente. O nicho dos SUV’s chama a atenção por ser constituído de modelos que aliam características como potência, força, resistência, esportividade, conforto e luxo, atraindo cada vez mais o interesse dos consumidores.

E o protótipo Minagi apresenta-se com um design inovador para um SUV, mesmo sendo compacto. Com sua frente mais alongada, a traseira curta, linhas um tanto arredondadas e conjunto visual agradável e esteticamente equilibrado, passa a ideia de um carro que também soube otimizar a questão do espaço.

Resta saber como ficará uma versão final de produção para os mercados mundiais, pois somente assim saberemos se este primeiro SUV da Mazda poderá brigar forte neste segmento.

Foto: Dream Car

Por Mauro Câmara

Fonte: G1


No Salão do Automóvel de Genebra, que irá ser realizado em Março, a Mitsubishi apresentará de modo oficial o seu novo modelo compacto, o Concept Global Small. A previsão é que o novo modelo comece a ser produzido ano que vem na fábrica da montadora na Tailândia, devendo chegar aos mercados mundiais já em Março de 2012.

O novo compacto é um carro basicamente urbano, de dimensões reduzidas, mas bastante equilibradas. Possui um design agradável, composto de linhas harmônicas e uma frente bastante robusta, com lanternas e faróis alongados que lhe garantem um belo visual.

Preocupados com a eficiência, o baixo consumo de combustível e as emissões de poluentes, a montadora divulgou, ao mostrar as imagens deste protótipo, que o consumo médio do novo modelo ficará entre 23,2 e 25,6 Km/l, movido a gasolina e as emissões de poluentes deverá ficar entre 90 e 100 gramas de dióxido de carbono por quilômetro percorrido. A motorização poderá contar com propulsor 1.0 ou 1.2, que trabalharão com caixa de transmissão CVT e o novo modelo deverá vir ainda com sistema Star&Stop, que também ajudará na economia de combustível.

Foto: Cool3c

Por Mauro Câmara

Fonte: G1


A exoneração do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) até março deste ano incentivou os brasileiros a adquirirem veículos automotores zero, com o tradicional e almejado cheiro de novo. A partir de abril as concessionárias tiveram de se utilizar de vários artifícios para as vendas não declinaram amplamente, tanto que em novembro passado bons números foram relacionados ao segmento.

Apesar dessa disposição, o mercado de peruas compactas cai bruscamente até o momento. Dados calculados pelo portal Car Sale UOL com base em informações da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) assinalam recuo de 33% no acumulado de 2010 em comparação ao período análogo do ano passado.

Entre janeiro e novembro deste ano 55.526 peruas foram comercializadas, contra 83.520 dos primeiros onze meses de 2009. Apesar desse decréscimo, a Fiat continua soberana no mercado estrito de peruas. O Palio Weekend segue à frente dos demais exemplares dispostos no mercado, com a Volkswagen em seu encalço por meio do SpaceFox.

Acompanhando ambos os modelos, porém ainda distantes de os ameaçar, figuram a Parati e o Peugeot 207 SW.

Por Luiz Felipe T. Erdei


O novo compacto da Volkswagen ter um perfil aventureiro, fazendo do CrossFox um carro ágil, com novo design, ultra moderno e versátil, mais robusto e cheio de novidades e tecnologia que agradam os de espírito off-road.

Com novos acabamentos nos bancos e nas portas, ele vem com direção hidráulica, chave canivete, vários porta objetos, porta luvas e gaveta em baixo do banco do motorista e volante com regulagem de altura e profundidade. Com motor 1.6 litros, desenvolve 101 cavalos de potência com gasolina e 104 cavalos com álcool, a 5.200 rpm, gerando um torque de 15,4/15,6 kgfm com gasolina/álcool.

O sistema de freios conta com disco ventilado nas rodas dianteiras e tambor nas rodas traseiras. Em ordem de marcha, pesa 1.130 kg e tem uma capacidade de carga de 440 kg. A transmissão conta com câmbio de 5 velocidades, e o CrossFox pode alcançar uma velocidade de até 175 km/h.

Por Gerson de Morais


Um carro com uma grande capacidade de economia de combustível e que rode mais com menos emissão de poluentes e também compacto, com boa utilização de espaço interno e projetado para ser basicamente urbano. Hoje em dia talvez seja este o sonho de toda montadora do mundo. E muitas trabalham na criação de projetos baseados neste conceito. Mas ao que parece a subsidiária da Toyota, a Daihatsu, conseguiu chegar bem perto deste sonho.

De acordo com a montadora o novo Move, simpático compacto da marca, em sua nova geração atingiu um grande nível de excelência no quesito consumo de combustível. Conforme informações da montadora, o novo Move consegue percorrer 27 Km com um litro de combustível.

O compacto para esta nova geração sofreu uma reformulação visual, com design redesenhado. Tem uma traseira basicamente quadrada e reta, fluindo para um desenho de linhas um tanto atarracadas e finalizando em uma frente discreta. Outro fator importante é o seu tamanho. O Move tem de comprimento somente 3,39 metros, e também perdeu peso. Para ajudar na alta economia de combustível houve a substituição de materiais em diversas partes do carro que ajudaram na diminuição do peso.

Sua potência pequena não lhe tira o charme. O motor KF de 0,66 Litros pode produzir 52 Cv de potência e vem com um sistema que ajuda a detectar o estado de combustão do motor e conta ainda com sistema Star&Stop.

Pequeno, agradável e principalmente econômico o Move tem estimativas da Daihatsu atingir até doze mil unidades vendidas por mês no Japão.

Por Mauro Câmara

Fonte: G1


Com investimento estimado em cerca de US$ 145 milhões (R$ 271 milhões) e já com seu primeiro teaser revelado a General Motors informou que a partir de 2012 começará a produzir através de sua subsidiária, a Buick, um novo modelo Hatch, que de acordo com executivos da empresa deverá inaugurar a nova geração de modelos compactos que deverão ser voltados para o desempenho e eficiência, otimizando design e mecânica para oferecer o melhor rendimento em termos de performance.

O novo modelo será chamado de Buick Verano e será produzido na mesma fábrica nos Estados Unidos em que também será fabricado o Chevrolet Aveo e que acabou de receber um investimento da ordem de US$ 600 milhões (R$ 1,01 bilhão) para uma grande reforma e modernização para estar apta a produzir os novos modelos da marca.

Pelo primeiro teaser divulgado será um modelo, que embora compacto otimizando espaço e de dimensões menores do que outros modelos da Buick terá linhas elegantes, de estilo clássico, mas ao mesmo tempo moderno, equilibrando estes dois estilos.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carro Online


Diversificação é a palavra chave no mundo globalizado e ainda mais no mundo dos automóveis onde a competição é grande e acirrada e diferenciais devem ser buscados a todo o momento. Por isso a Lotus, fabricante inglesa de automóveis, especializada na fabricação de modelos esportivos de luxo que aliam sofisticação e desempenho, agora vai investir em um modelo para as ruas das grandes cidades: um compacto urbano de propulsão hibrida com capacidade para até quatro pessoas.

Apresentado ainda como conceito o Lotus City Car tem desenho moderno, funcional otimizando ao máximo o espaço interno e mantendo a estrutura dos compactos de caráter urbano, feito para o trânsito pesado e confuso das grandes cidades. O modelo era equipado com sistema plug-in e o conjunto combustível-eletricidade gerará uma potência combinada de 74CV. O propulsor a combustível que ficará sob o capô aceitará tanto o etanol quanto o metanol e gasolina e será um motor de 1.2 litros de três cilindros já presente em outros modelos esportivos da Lotus.

A autonomia do motor elétrico é de 64 Km, mas quando ligado todo o conjunto dos dois propulsores, o combustível e o elétrico, o carrinho pode chegar a 500 Km. Sua velocidade máxima pode chegar a 175 Km/h e sua aceleração vai de 0 a 100 Km/h em nove segundos.

Certamente será uma opção de compacto com “sangue verde” e o DNA de uma das grandes grifes de carros esportivos do mundo.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carros IG


As fabricantes de veículos da China estão realmente dispostas a participar do mercado brasileiro cada vez mais com maiores fatias deste mercado. Depois da Chery que até construirá uma fábrica no interior de São Paulo, agora é a vez de um modelo compacto chegar ao mercado nacional. É o pequeno, simpático e agradável Lifan 320 que vem com um preço bastante atraente (R$ 29.980) e cheio de itens de série raramente vistos em modelos deste estilo e desta faixa de preço de acordo com matéria do site Carro Online.

O compacto chinês que lembra bastante em seu design retilíneo, enxuto, prático o MINI Cooper dimensões bastante reduzidas conforme informado pela fabricante: comprimento de 3,74 m, largura de 1,62 m, altura de 1,43 m e vem com bagageiro que comporta 300 litros. Mas os itens de série realmente chamam a atenção. O carrinho vem de fábrica com feios ABS com EBD (distribuição de frenagem por demanda), faróis de neblina, ar condicionado e até rádio que vem embutido no painel.

Mecanicamente o chinesinho é equipado com um propulsor 1.3 movido a gasolina que gera 88 Cv de potência, dando-lhe um razoável desempenho de carro urbano.

Foto: Stjohn88

Por Mauro Câmara      


Um carro completamente de acordo e fabricado para o delicado, porém forte universo feminino, é isto que a Renault apresentará na próxima semana no Salão do Automóvel de Paris quando lançará oficialmente uma nova versão do seu modelo compacto, o Twingo. Nesta nova versão limitada o simpático pequeno será batizado de Twingo Miss Sixty e fará uma homenagem as mulheres, pois o resultado desta parceria com a marca de moda Miss Sixty é um carro “feminino”, que não só homenageia as mulheres como promete fazer aquilo que as mulheres mais querem, compreendê-las.

O simpático modelo de desenho exclusivo, de linhas agradáveis, suaves, realmente bem femininas com itens de série específicos do complexo universo feminino como, por exemplo, porta maquiagem e velocímetro e contador de giros na cor preferida das mulheres, rosa. A costura do volante de couro virá também com esta cor.

Como não poderia deixar de ser a cor do modelo virá em tom rosa e preto nacarado dando ao conjunto uma aparência realmente leve, bem feminina juntando a praticidade e desempenho de um modelo que desde que foi lançado em 1993 já vendeu mais de três milhões de unidades, ao universo feminino.

Na Europa este “mimo” sobre quatro rodas estará à venda a partir de Novembro.

Foto: Auto Moto Portal

Por Mauro Câmara

Fonte: G1


Apostando suas fichas em um lançamento que a empresa acredita será um marco em sua história, com perspectivas de alavancar suas vendas e aumentar sua produção em até 20%, a Audi começará a vender na Europa o seu novo Hatch de 02 portas que será um compacto basicamente cosmopolita de desenho tradicional dentro do estilo da marca, sem grandes inovações estéticas ou de design, mas que aposta nos recursos tecnológicos de seu conjunto propulsor e mira no público jovem para se tornar um ícone da marca e obter o sucesso de vendas que os dirigentes da empresa acreditam que ele será.

A motorização será em duas configurações: 1.2 e 1.4 turbo e injeção direta de combustível, incluirá sistema Start-Stop que desliga o motor em caso de paradas prolongadas e terá também transmissão de dupla embreagem.

Com preço de 15.800 euros (equivalente em reais a R$ 35.000) o novo compacto Audi, conforme a direção da empresa será extremamente competitivo no mercado europeu. Já no Brasil, onde deverá chegar ano que vem, e cuja apresentação oficial será no Salão do Automóvel de São Paulo que ocorrerá entre o fim de Outubro e o inicio de Novembro, deverá ser vendido o top de linha, com preço estimado de R$ 90.000.

Por Mauro Câmara

Fonte: IG


Disposta a abocanhar uma fatia maior no mercado nacional a montadora chinesa Chery está lançando uma nova opção de compacto, que se juntará aos seus modelos já vendidos no Brasil, entre eles o utilitário esportivo Tiggo e o sedã médio Cielo, o compacto Face que carrega a expectativa da consolidação da marca no cenário nacional, conforme o site G1.

O carro de linhas sóbrias tem design agradável e moderno, concebido pela equipe italiana Bertore, que parece ter equilibrado funcionalidade e leveza em um compacto visualmente bastante simpático.

Em termos de motorização o seu motor é 1.3 a gasolina que gera 84 Cavalos de Potência. E de série ele trás direção hidráulica, ar condicionado, freios ABS com EBD, duplo airbag, sensor de ré entre outros itens.

Partindo seu preço de R$ 31.900, outro atrativo econômico são as revisões a preços fixos oferecidas pela marca, que começa com a primeira gratuita aos 2,5 mil km rodados. A segunda aos 10 mil Km sai por R$ 149,00. Já a revisão de 20 mil Km custa R$ 249,00 e a de 30 mil Km saí por R$ 149,00.

E esta marca chinesa parece absolutamente disposta a se firmar no mercado nacional, pois além de ter a previsão para 2011 de estrear modelos com motor flex, avalia também as condições para instalação de uma fábrica em território nacional.

Por Mauro Câmara


O segmento dos carros compactos que vem ganhando espaço no mercado mundial com lançamentos cada vez mais atraentes ganhou mais uma opção de classe e funcionalidade. A montadora japonesa Suzuki lançou a terceira geração do seu simpático e ecologicamente correto compacto Swift. Com desenho de linhas agradáveis e transbordando modernidade o Swif, nesta nova geração, ganhou alguns detalhes que visam aumentar a segurança do veículo.

Seu comprimento aumentou nove centímetros, passando a medir 3,85 metros e agora ele é fabricado em aço de alta resistência, que segundo a montadora torna o veículo mais leve e lhe dá maior durabilidade.

Mas não foram apenas estas as modificações que o Swif trouxe para seu segmento. O compacto gracioso também está ecologicamente correto, pois seus novos motores emitem menos gases poluentes.  O coração deste compacto agora é um novo motor VVT Dual 1.2 a gasolina que produz 94CV, que com a transmissão manual emite apenas 116g/Km no ciclo combinado. Uma melhoria de cerca de 17% em relação ao motor 1.3. Esta terceira geração também trás motorização a diesel de 1.3 que rende 75CV de potência.

Seus preços ainda não foram divulgados, mas com certeza pela simpatia, funcionalidade e rendimento serão como os outros modelos, bastante atraentes.

Por Mauro Câmara

Fonte: Motor Dream





CONTINUE NAVEGANDO: