Além de beleza, essa máquina traz muita tecnologia e conforto para todos os seus usuários.

O Chevrolet Cruze SS 2019 chega ao mercado para marcar seu nome em grande estilo. Esse carro traz muitos detalhes luxuosos e o principal deles é seu design externo. Além de beleza, essa máquina traz muita tecnologia e conforto para todos os seus usuários. O Chevrolet Cruze SS 2019 é um modelo novo no mercado automobilístico, mas aos poucos ele vem ganhando seu espaço e conquistando a confiança de muitos consumidores. Agora vamos falar sobre as principais características desse carro.

Carro com muita segurança

O Chevrolet Cruze SS 2019 é um caro muito seguro. A marca pensou em diferentes recursos de segurança. Esse é um detalhe que deixa muitos usuários mais confiantes ao comprarem um carro. Nesse quesito a Chevrolet acertou. Veja agora os principais itens de segurança desse carro:

– Controle de tração e estabilidade;

– Airbags ou Airbags duplos e de cortina;

– Sensor de estacionamento traseiro e dianteiro;

– Freios ABS;

– Alarme Antifurto;

– Sistema de fixação de cadeirinha isofix;

– Luz de condução diurna/ Luz de posição em LED.

Itens de série avançados

Outra informação desse carro é que ele possui ótimos itens de série. Dessa forma o Chevrolet Cruze SS 2019 se torna ainda mais completo e irresistível. Muitas pessoas só conseguem finaliza a compra de um novo carro, depois de analisar seus itens de série. Pois esse detalhe faz toda a diferença.

Veja agora alguns dos itens de série do Chevrolet Cruze SS 2019:

– Volante multifuncional com ajuste de altura;

– Chave eletrônica;

– Computador de bordo com cinco modos;

– Câmera de ré;

– Assistência de partida em rampa;

– Ar condicionado automático;

– Porta malas Hatch de 300 litros ou Sedan de 400 litros;

– Espelhos retrovisores externos elétricos;

– E muitos outros.

Carro com ótimo motor

O motor do novo Chevrolet Cruze SS 2019 é muito potente e vai agradar a muitas pessoas. Sua motorização é 1.4 turbo e esse motor está na versão de entrada desse carro. Ele faz o máximo de 153 cv, o que é considerado muito por alguns consumidores de carro.

Chevrolet Cruze SS 2019 tem ótimo consumo médio

O consumo médio do Chevrolet Cruze SS 2019 é considerado bom. Ele é um carro econômico, além de ter muitas outras qualidades. Veja abaixo:

Consumo na cidade 11.2 km/l com gasolina e 7.6 km/l com álcool.

Consumo na estrada 14.0 km/l com gasolina e 9.6 km/l com álcool.

Modelo grande e espaçoso

Outro detalhe sobre esse novo modelo da Chevrolet, é que ele é grande e muito espaçoso. Ele é indicado para famílias de até 5 pessoas, pois essa a quantidade de ocupantes máximo desse carro. Vamos falar agora do seu tamanho que tem as seguintes medidas: Altura 1.484 mm, largura 2.042 mm, comprimento 4.665 mm, distância entre eixos 2.700 mm e seu peso é de 1.321 kg.

Carro com versões para todos os gostos

Esse carro traz 4 versões diferentes, cada uma com detalhes diferenciados para atrair diferentes tipos de consumidores. Veja abaixo o valor de cada uma das versões:

– Chevrolet Cruze LTZ 2 2019: Com valor de R$118.390

– Chevrolet Cruze LTZ 1 2019: Com valor de R$109.790

– Chevrolet Cruze Black Bow Tie 2019: Com valor de R$98.790

– Chevrolet Cruze LT 2019: Com valor de R$96.790

Itens de série que dão conforto

O Chevrolet Cruze SS possui alguns itens de série que são para dar conforto a todos os ocupantes do carro. Veja alguns desses itens:

– Volante revestido com couro e controle de altura

– Console central com porta-objetos

– Para sois com espelho e iluminação

– Abertura do porta-malas com controle remoto

– Descaça braço

– E muitos outros itens.

Esse modelo já está disponível para a compra, basta apenas escolher a sua versão preferida.

Por Cristiane Amaral

Chevrolet Cruze SS 2019

Chevrolet Cruze SS 2019


Saiba aqui o que existe de novo no Chevrolet Trailblazer 2019.

No mundo automotivo, um dos maiores destaques atualmente é o crescimento de interesse do público ao querer saber sobre novos lançamentos e algumas características de carro, mesmo que não seja um que ele vá adiquirir, sendo assim uma notícia que chamou muito a atenção nesses dias foi o lançamento da Nova Chevrolet Traiblazer 2019, e neste artigo acompanhe todos os seus detalhes e especificações.

Especificações detalhadas e aparência

Diferente dos outros modelos da marca, o Traiblazer é oferecido somente em versão única, que é a versão LTZ, isso mostra que não serão disponibilizadas muitas opções de modelo diferente, porém, essa versão sozinha traz com você muitas particularidades e por estar única ainda pode ser que tenha uma atenção um pouco mais particular e pode ser dita como equivalente ao modelo Chevrolet S10 Country, que além de serem muito parecidos em sua aparência, suas definições também são muito parecidas em algumas características no desenvolvimento. Nata-se na frente do veículo um para-choque não tão riçado ou quadrado, sendo um pouco mais redondo e tem também seus faróis de LED da frente que ajudam o destaque

Chamando muito a atenção, sua grade que tem acabamento duplo e é cromada dá o ar de ostentação ao veículo, assim como na maioria dos carros em que é inserido esse estilo. Mas não é somente no local do para choque que pode ser visto o cromado, em partes como, suas maçanetas, barras do teto, lanternas de LED de trás, tampa do porta-malas e em ambos retrovisores. Tendo suas rodas modelo de liga leve com chamativos aros sendo 18 polegadas, são bem vistos e diamantadas.

Citando agora a parte interna , o ar-condicionado do carro possui ajuste tanto de velocidade quanto de difusores fixados no teto. O seu acabamento interior é feito todo em couro marrom, e é elétrico o ajuste do banco do motorista e na segunda fileira com ajustes de inclinação para melhor acesso à terceira fileira, que tem consigo encostos retráteis.

Assim como na maioria dos produzidos atualmente, ter em mente a segurança de seus condutores é totalmente essencial, isso porque ao sofrer com algo de segurança, o cliente pode dizer que foi provavelmente uma incompetência da montadora e isso além de ficar ruim para a mesma ainda pode trazer prejuízo econômico para ela, então foram equipados alguns itens como, alerta de colisão e de mudança de faixa que se juntam ao seu alerta de movimentação da parte traseira e ao alerta de quando estiver em ponto cego. O primeiro que foi dito chama a atenção do motorista a aproximação de algum outro objeto que possa colidir, podendo ser um ciclista ou até mesmo pedestre durante uma manobra de estacionamento, oferecendo assim uma segurança diferenciada.

Versões

Como já falado anteriormente o veículo está disponível apenas na versão LTZ, porém mais, detalhadamente nesses dois modelos:

  • Chevrolet Trailblazer LTZ 3.6 V6
  • Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI

Isso mostra que além de ser LTZ, pode apresentar dois motores completamente diferentes e que podem se diferenciar também internamente, mas isso pode ser ainda melhor explicado na parte de preço de cada um já que o 3.6 é mais forte porém mais barato.

Preços

Tendo em mente a parte de valor, para muitos pode parecer um pouco alto, mas ele é vendido a este valor devido ao seu grande desenvolvimento e equipamentos de ultima geração, acompanhe seus modelos e respectivos preços:

  • Chevrolet Trailblazer LTZ 3.6 V6 – R$ 173.990
  • Chevrolet Trailblazer LTZ 2.8 CDTI – R$ 205.990

Como podemos ver, o valor do carro na versão 2.8 é um pouco mais alto, porque possui algumas características, como seu interior por exemplo um pouco mais sofisticado, então pode ser um preço considerado justo.

Gustavo Mart

ins


Modelo chega às concessionárias custando entre R$ 63 mil e R$ 83 mil.

Chevrolet Spin 2019 de cara nova é a grande novidade no mercado nacional de automóveis, a minivan chega com preços que variam de R$ 63.990 a R$ 83.490, são várias versões para atender a todos, desde o mais exigente àquele que precisa do básico. Outra novidade é que finalmente a Chevrolet Spin teve o visual modificado e apesar de não ser uma mudança radical, é possível notar que o veículo resolveu se modernizar em relação também ao design.

A versão aventureira, que antes era conhecida por Active, agora será chamada de Activ7 e traz uma terceira fileira de assentos, só que custará bem mais que as outras versões.

A Spin LS, que custa R$ 63.990, vem com alarme, ar-condicionado, tem alerta de pressão dos pneus, os vidros e travas são elétricos, chave tipo canivete, a coluna de direção tem ajuste de altura, assim como o banco do motorista, lanternas de neblina, os faróis podem ter a altura regulada, entre outras opções.

O Spin LT custa R$ 68.890 e acrescenta o sistema multimídia MyLink com Apple CarPlay e Android Auto, além do rack de teto, retrovisores com a mesma cor do veículo, as rodas de 15 polegadas são em alumínio, tem retrovisores elétricos, cobertura para o porta-malas, volante multifuncional e mais sensor de ré.

Quem estiver disposto a pagar um pouquinho mais, poderá levar o Spin LT automático, que custa R$ 69.990 e a vantagem em relação à versão anterior é que tem transmissão automática de 6 velocidades, mais o sistema OnStar, controle de velocidade de cruzeiro e o importante sistema que alerta quando é esquecido no banco de traz algum objeto ou até mesmo uma pessoa.

Para ter o Spin LTZ, aí a diferença é bem maior, pois a versão custa R$ 78.490 e se comparado à Spin LT manual, traz faróis de neblina, controle de velocidade de cruzeiro, a 3ª fileira tem bancos rebatíveis, computador de bordo, alguns detalhes cromados para dar um diferencial no visual, rodas de 16 polegadas em alumínio, acabamento cromado no para-choque traseiro, luz diurna de LED e sensores crepuscular e de chuva.

As outras três versões também são mais caras e cada uma tem seu diferencial. A Spin LTZ automático custa R$ 81.990 e adiciona transmissão automática de 6 velocidades. A Spin Activ automático é R$ 79.990 e adiciona estribos laterais, moldura do porta-malas, o estepe agora fica é no assoalho do porta-malas, rack de teto e ainda tem um lindo acabamento externo em cromado escurecido. Por fim, a Spin Activ 7 automático custa R$ 83.490 e em relação à versão Activ traz a 3ª fileira de bancos rebatíveis.

O visual realmente melhorou, o design ficou mais moderno sem perder a personalidade da Spin. A grade ficou mais inclinada, os faróis estão afilados e contam com máscara negra. Mudança no visual também para a parte traseira, onde as lanternas agora contam com um desenho horizontal e tem aerofólio integrado ao teto, deixando o conjunto em mais harmonia.

As mudanças também são internas, mas nada radical. Os bancos centrais deslizantes é a principal novidade, pois garante mais espaço para os passageiros da terceira fileira nas versões que oferecem 7 lugares. Agora, estes passageiros não precisarão ficar apertados.

Em relação ao conjunto mecânico, nada mudou, apenas alguns ajustes foram feitos para melhorar o desempenho, porém, a potência continua a mesma de antes. O motor 1.8 flex é de 111 cv e 17,7 kgfm, seja com o câmbio manual ou o automático de 6 marchas. O consumo é de 10,3 km/l na cidade e 12 km/l na estrada quando abastecido com gasolina e 7,0 km/l na cidade e 8,3 km/l na estrada quando for com etanol.

Por Russel


Confira mais detalhes sobre a tabela completa de preços do Onix e Prisma.

Quem estava planejando comprar um Onix ou Prisma e acabou deixando para agora, terá que pagar mais, pois os preços ficaram até R$ 500 mais caros. Com este reajuste, os compactos chegaram perto dos R$ 70 mil para as versões top de linha e dentro de algumas semanas será possível saber se isto atrapalhou as vendas, ou se foi bem aceito pelo mercado.

A linha 2019 chegou ao Brasil há pouco mais de um mês e muitos consumidores estavam se planejando para adquirir um dos novos modelos da Chevrolet, mas quem ainda não comprou o seu, terá que refazer as contas, agora que os preços foram reajustados. Onix e Prisma ficam mais caros em todo o Brasil e o consumidor se pergunta se não tem um modelo mais em conta, que possa lhe atender.

A tabela divulgada recentemente pela Chevrolet traz novos preços para todas as versões e os aumento chegam a R$ 500, por exemplo, o hatchback na configuração Activ, que é a mais cara de todas, agora custa R$ 68.390, enquanto o sedã LTZ fica em R$ 69.990. E a novidade é só mesmo o aumento de preços, porque os itens continuam os mesmos, com encosto de cabeça para o passageiro traseiro central e o cinto se segurança de 3 pontos, entre outros.

O Onix LT 1.0 teve um aumento de R$ 240, enquanto no LTZ 1.4 MT6 foi de R$ 300. Confira os preços para todos os modelos do Onix:

  • LT 1.0: R$ 48.390
  • LT 1.0 mais pacote opcional: R$ 50.90
  • LT 1.4 MT6: R$ 54.790
  • LT 1.4 AT6: R$ 60.090
  • Advantage 1.4 AT6: R$ 55.290
  • LTZ 1.4 MT6: R$ 59.290
  • LTZ 1.4 AT6: R$ 64.790
  • Effect 1.4 MT6: R$ 57.990
  • Activ 1.4 MT6: R$ 62.990
  • Activ 1.4 AT6: R$ 68.390

Confira a tabela de preço para os modelos do Prisma:

  • LT 1.4 MT6: R$ 59.290
  • Advantage 1.4 AT6: R$ 59.990
  • Prisma LT 1.4 AT6: R$ 64.790
  • LTZ 1.4 MT6: R$ 64.290
  • LTZ 1.4 AT6: R$ 69.990

O Onix 2019 ficou mais equipado, mas é o preço que tem desanimado o consumidor brasileiro, que agora conta com boas opções entre os concorrentes. Mas para quem gosta de um modelo bonito e bem equipado, a Ford continua apresentando uma boa opção, por exemplo, o Activ 2019 tem rodas com pintura preta e por dentro agora tem acabamento em tons mais escuros, o azul e o preto. O painel de instrumentos ganhou iluminação na cor branca, deixando o visual mais moderno e para quem optar pela pintura externa na cor laranja, tem o acabamento na mesma tonalidade.

O Onix LTZ tem rodas com acabamento exclusivo, parte escurecida por dentro e o acabamento dos bancos segue o mesmo padrão premium, trazendo costuras em tom que dá um belo contraste. A versão Effect é a que tem o visual mais descolado e o teto em preto chama a atenção a primeira vista. Na coluna B tem acabamento em preto mais brilhante e o interior ficou idêntico ao LTZ, diferenciando apenas no volante.

Importante ressaltar que a motorização continua a mesma, não tendo sofrido nenhuma mudança, sendo assim, a versão LT continua com 1.0 SPE/4 de 80 cv e câmbio manual de 6 marchas. Para as outras versões, é 1.4 SPE/4 com 106 cv, podendo ter transmissão automática de 6 marchas.

O Onix manteve a liderança nas vendas, mas esse aumento de preço pode ser um duro golpe, resta saber se os concorrentes manterão os preços e continuarão oferecendo algum diferencial, pois esta será uma ótima estratégia para conquistar mais consumidores.

A beleza do Prisma e também do novo Onix pesa muito, são carros que agradam o mercado nacional, mas a situação econômica do país continua complicada e na hora da compra, qualquer valor que puder ser economizado tem um peso muito grande para que o consumidor tome a decisão final.

Por Russel


Conheça aqui as principais novidades do Chevrolet Blazer 2019.

Os fãs de automóveis já estavam em cólicas para saber sobre o lançamento do novo Blazer. Se você é um deles e está louco para saber sobre as novidades desse novo carro da Chevrolet, acompanhe o artigo até o final e fique por dentro de tudo.

Novo Blazer da Chevrolet

Não é novidade que os fãs do mundo automotivo estavam ansiosos para saberem todos os detalhes sobre o mais recente lançamento da marca Chevrolet. Foram muitas especulações realizadas até que as informações fossem divulgadas.

O novo Blazer nada mais é que um SUV com traços do Camaro, mas não se preocupe, ele não lembra nem de longe o modelo que foi lançado a quase dez anos aqui no Brasil. O carro está completamente repaginado e promete ultrapassar as vendas do antigo modelo, que por sua vez era o mais vendido no Brasil.

A previsão é que o carro esteja disponível no mercado norte-americano no próximo ano. De acordo com os especialistas do assunto, esse novo lançamento pode estar posicionado entre o modelo Equinox, que nada mais é do que um utilitário de entrada, e o famoso Traverse, o SUV top de linha.

Mesmo que algumas informações já tenham sido divulgadas, o valor que o novo Blazer terá quando chegar ao mercado ainda não foi estabelecido. A única certeza é que o lançamento chegará às lojas dos Estados Unidos logo no começo do ano de 2019.

Características do novo Blazer

A expectativa de muitos era que o lançamento possuísse uma plataforma parecida com a picape ou então algum modelo que se aproximasse, porém, para a surpresa de todos o novo SUV será considerado um modelo bem mais urbano e recriado em cima da base do GMC Acadia e do Cadilac XT5.

Mas o que chama a atenção no nome modelo é a semelhança com o muscle car Camaro.

Motores

Os motores que irão compor os carros dessa plataforma serão alimentados com gasolina e irão possuir de quatro a seis cilindros, além de um câmbio automático possuindo nove marchas, tal qual o Eqinox.

Esse modelo contará com duas opções de motores, de acordo com a sua categoria. No standard, o motor equipado será 2.5 possuindo quatro cilindros com 193 cv e 26 kgfm, e na sua segunda versão, mais potente, o motor será de 3.6 contendo 6 cilindros aspirados de 305 cv e 36,5 kgfm.

Por mais que um seja mais potente do que o outro, os dois motores irão possuir uma injeção direta, além da tecnologia start/stop e a transmissão automática de nove marchas. Para continuar seguindo um padrão, a tração será dianteira.

Nas outras duas versões, a Premier e RS, haverá tração nos dois eixos, porém, o motorista poderá desativar essa ação quando desejar, deixando a tração apenas nas duas rodas da frente, dessa forma é possível economizar combustível.

Interior

O interior do novo Blazer contará com cores em tons elegantes e com aberturas e nichos redondos, características essas que foram inspiradas no Chevrolet Camaro.

E para que o carro se torne ainda mais moderno ele terá um porta-luvas que será trancado de forma elétrica, seis portas para a conexão de USB, disponibilidade de sinal wi-fi, além de outras funções que poderão ser controladas e ativadas pela chave.

Uma característica do seu interior que também chamou muita atenção é o fato de que possui o total controle do cruzeiro e de seu teto solar panorâmico.

Assim como no motor, o seu design e suas cores irão variar de acordo com sua versão. A RS irá contar com um acabamento escurecido, já a versão Premier estará equipada com um acabamento cromado.

Outra característica presente do Camaro é a parte do painel dianteiro, onde a grade larga com os faróis finos lembram o modelo esportivo. Os faróis serão acentuados e irão possuir luzes de LED.

A silhueta do novo modelo irá possuir vincos bem cravados em todas as portas e no teto. O modelo popular irá possuir rodas de 18 polegadas, já as outras versões como a RS e Premir terão rodas de 21 polegadas. As lanternas traseiras irão possuir um ar elegante e luzes de LED.

Por enquanto são essas as informações que sabemos sobre o novo Blazer, agora é aguardar e esperar por mais novidades e saber se esse novo modelo irá agradar o consumidor.

Isabela Pierini dos Santos


Conheça as principais informações do Chevrolet Spin 2019.

O Chevrolet Spin ainda não foi lançado, mas já tem muitas especulações positivas sobre ele. Alguns amantes da marca apostam que esse lançamento será uma grande aposta no mercado de vendas de automóveis. O que se pode dizer logo de cara é que esse carro vai trazer um design externo realmente à altura da marca e que a modernidade e motorização possuem um alto padrão. Já saíram informações que a parte externa do carro terá algumas mudanças e que vão agradar aos consumidores que se apegam aos detalhes. Veja abaixo algumas das informações mais importantes do Chevrolet Spin 2019.

Carro com design esportivo agressivo

Para quem gosta de carro com visual mais esportivo, irá se encantar com o design do Chevrolet Spin 2019. Ele tem um impacto visual quase que instantâneo, então já posso destacar logo de cara que ele chama muito a atenção de quem passa perto dessa máquina.

Chevrolet Spin 2019 terá mudanças na grade dianteira

Já circulam algumas imagens da grade do Chevrolet Spin 2019. Ela vem com cara nova e bem moderna, difícil de não se encantar. E a proposta dessa mudança é dar uma cara nova a esse lançamento que tem a proposta de ser sucesso no mercado e fazer um bom desempenho perante aos seus maiores concorrentes. Os detalhes mais incríveis dessa nova grade dianteira é que ela vai ter faróis mais destacados e será dividida em duas partes. Ela dará um visual bem mais moderno nessa carroceria que já é linda.

Mudança na parte traseira do Chevrolet Spin 2019 também está confirmada

A parte traseira desse carro também traz algumas mudanças que são importantes, pois tem o papel de melhorar de certa forma no desenvolvimento do carro. As lanternas horizontais agora vão invadir a tampa do porta-malas, isso facilita a visibilidade do dono do carro ao manusear essa parte, e ainda vai dar um destaque de luminosidade nessa parte.

Motorização potente promete ser um chamarisco para os usuários que não conhecem a marca tão bem

O motor desse carro promete agradar muito também, pois podemos considerar esse carro bem potente. Ele traz motor 1.8 Flex, além disso, ele tem 8 válvulas que tem a função de deixar esse motor ainda mais potente. Ele consegue fazer a potência máxima de 111 cv, o que é muito se comparado com a média da concorrência. Seu torque máximo é de 17,7 kgfm. Além disso, esse carro tem a opção de combinar o câmbio automático com o manual de 6 marchas, o que deixa o carro ainda mais versátil.

Quando vão começar as vendas do novo modelo Chevrolet Spin 2019?

A informação é que as vendas começam no segundo semestre. E a expectativa é que as vendas sejam um sucesso e superem a expectativa da marca. Pois a Chevrolet vai entregar um carro com visual encantador, moderno e esportivo. Ao mesmo tempo que ele mostra a modernidade, ele transmite a força que tem. É um carro feito para aguentar o tranco e isso já é um belo motivo para ele ser desejado por muitas pessoas.

Carro espaço interno

Tudo indica que o Chevrolet Spin 2019 terá muito espaço interno e dará conforto a seus usuários. Ainda não existem informações tão precisas, mas essa é uma preocupação da marca, sendo assim dá para ter uma ideia que ela não vai querer decepcionar seus usuários antigos e consumidores que querem dar uma chance a esse novo lançamento.

Sobre os itens de série

Tudo indica que a marca vai trazer novos itens de séries que tornem a versão mais completa e moderna. E deve manter alguns itens da versão antiga. Essa ideologia faz arte da Chevrolet a muito tempo.

Essas são as principais informações do Chevrolet Spin 2019!

Escrito Por Cristiane Amaral!


Confira aqui mais detalhes sobre a venda de carros da Chevrolet para Pessoa Jurídica.

O uso de veículos na atualidade é uma demanda comum para o uso tanto em foco residencial como, ainda, na realização de atividades comerciais variadas pela praticidade que proporcionam na rotina da sociedade moderna.

Por isso, a aquisição de veículos com condições diferenciadas é uma busca constante a qual pode ocorrer utilizando alternativas como os preços de pessoa jurídica (CNPJ) para carros da Chevrolet, que serão apresentados a seguir.

Informações básicas para obtenção de preços de pessoa jurídica (CNPJ) para carros da Chevrolet

Os preços de pessoa jurídica (CNPJ) para carros da Chevrolet são praticados por esta concessionária automotiva com valores diferenciados para empresas de portes variados, sendo possível, nesta situação, obter descontos que oscilam de 3 a 20% na tabela geral do mercado.

Com relação a este tipo de prática, é possível que os portadores de CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) adquiram um dos modelos da Chevrolet, sendo que esta oportunidade está possível para toda a gama de veículos com exceção do SUV Trailblazer.

Alternativas de preços para pessoa jurídica em carros Chevrolet

Para você que está interessado em obter diferenciação em preços de pessoa jurídica (CNPJ) para carros da Chevrolet, veja a seguir as possibilidades relacionadas com alguns modelos populares desta concessionária:

1) Chevrolet Prisma

É um veículo da Chevrolet que possui descontos para quem possui CNPJ de até 8,5%, alcançando assim um preço de R$62.300,00, que representa uma redução que supera R$6.000,00 em seu montante inicial.

De forma básica, o Chevrolet Prisma possui motor 1.4 flex com 106 cavalos de potência e um torque de 13,9 Kgfm em versões que podem apresentar câmbio manual e automático com seis marchas na sua transmissão vinculada.

2) Chevrolet Ônix

Este automóvel possui câmbio tipo automático com seis marchas em um motor do tipo 1.4 litros com direção elétrica, sistema de multimídia, banco do motorista ajustável e, neste caso, por um valor de R$52.000,00 para descontos aos que possuem registro de pessoa jurídica.

3) Chevrolet Cruze

Ao considerar o Chevrolet Cruze, esta concessionária oferece preços de pessoa jurídica (CNPJ) para carros da Chevrolet em valores médios de R$ 98.000,00, que equivale assim a uma redução de 8% nos seus valores normais praticados.

Para quem possui CNPJ e deseja adquirir um Chevrolet Cruze, este modelo contém aspectos diferenciados como potência de 153 cavalos, chegando a um torque de 24,5 Kgfm, tendo diversos equipamentos e alternativas tecnológicas à sua disposição.

4) Chevrolet S10

As vantagens relacionadas com os preços de pessoa jurídica (CNPJ) para carros da Chevrolet podem ser obtidas para a aquisição desta caminhonete com descontos de 12% em modalidades de cabine dupla, apresentando neste caso valores finais de R$136.000,00 para quem atua no ramo empresarial determinado.

5) Chevrolet Cobalt

Este veículo da Chevrolet do tipo sedã possui um espaço interno amplo e pode ser adquirido pelos portadores de CNPJ por R$58.000,00, que é um valor com 11% de desconto em comparação com sua tabela básica existente.

Neste modelo de automóvel muito utilizado por empresas para o transporte de funcionários em setores diferenciados, é possível encontrar um motor com 111 cavalos de potência e um torque máximo de 17,7 Kgfm. Tem ainda diferenciais como revestimento em couro, computador de bordo, volante multifuncional e outros.

6) Chevrolet Montana

Esta picape do tipo compacta é utilizada por organizações para entregas e transportes variados tendo quanto aos preços de pessoa jurídica (CNPJ) para carros da Chevrolet desconto de até 20%, podendo neste caso ser adquirida por R$38.000,00, que representa R$10.000,00 a menos em sua versão de 1,4 litros.

Conclusão

Assim, os preços de pessoa jurídica (CNPJ) para carros da Chevrolet possuem variações relevantes que precisam ser analisadas de acordo com as demandas a serem atendidas com foco, neste caso, na escolha do melhor modelo com condições mais adequadas.

Ana Camila Neves Morais


Conheça aqui as novidades e o preço da nova edição especial da Chevrolet S10.

S10 100 Years é o novo lançamento da Chevrolet

Podemos chamar esse novo lançamento da Chevrolet de uma supermáquina. Serão apenas 450 unidades vendidas e isso aumenta mais ainda o número de possíveis compradores.

Valor de venda é exorbitante

Há quem ache o valor de R$ 187,590 muito alto, porém, existe pessoas que gostam de máquinas potentes como a S10 Years e pagam esse valor sem dó mesmo. Até porque um conhecedor de carros, sabe muito bem onde vai está aplicando seu dinheiro.

S10 100 Years é baseada na versão High Country, que é considerada top de linha

A Chevrolet confiou tanto em seu modelo High Country que se espelhou nela para criar a S10 100 years. Talvez o sucesso da High tenha dado essa ideia que tem tudo para dar certo e ser uma explosão de vendas.

S10 100 Years é um carro para colocar os concorrentes no chinelo

A picape média S10 100 Years vem com câmbio automático de 6 marchas com tração de 4×4 e reduzida, motor 2.8 turbo diesel de 200 cv a 3.600 rpm e 51 kgfm a 2.000 rpm.

Design externo da picape S10 100 Years

A parte interna conta com muitos diferenciais e entre eles estão:

– Nome da marca por extenso

– Protetor de caçamba e capota marítima na cor azul

– Carroceria terá a cor metálica Azul Steel

– Grade dianteira terá o mesmo tom de azul que a carroceria

– Conjunto de rodas de liga-leve de 18 polegadas e conta com acabamento diamantado único

S10 100 Years é uma picape de luxo

Ainda existem algumas informações da picape S10 100 Years escondidas a 7 chaves. Porém, as informações que já foram colocadas em muitos sites, já afirmam que ele é um carro de luxo e muito desejado por admiradores de máquinas potentes.

Somente quem tem condição pode pagar quase 200 mil em uma máquina dessas e não sentir o efeito dessa compra na sua conta bancária.

Design interno moderno com ar Vintage

A informação mais importante da parte interna dessa picape, é que ela tem um ar vintage e conta com dois tipos de cores em seu acabamento, a cor Dark Ash Gray e Jet Black. A parte Vintage fica por conta dos logotipos nas portas com o número 100. É muita beleza para um único carro.

Picape ideal para viagens em estradas

Muitas pessoas que pegam estradas complicadas quando viajam, sabem a dificuldade que é quando não se tem um carro apropriado para isso. Se você pega muita estrada por aí, esse é um dos motivos para escolher a picape S10 100 Years como seu novo carro. Sua tração 4×4 deixa qualquer viagem mais tranquila e sem medo do carro não aguentar os possíveis problemas nas estradas.

Lançamento da picape S10 100 Years é em comemoração a 100 anos de produção de picapes

A Chevrolet aproveitou os 100 anos de produção de picapes para comemorar e lançar sua nova máquina, que vem como top de linha e com 450 unidades a serem vendidas. Para quem não quer perder a oportunidade de ter essa picape, é ficar de olho assim que ela começar a ser vendida. Pois a estimativa é que essas 450 unidades serão vendidas rapidamente.

Picape S10 100 Years lembra as picapes americanas

Além de tudo que já foi falado dessa máquina maravilhosa, ela ainda tem um detalhe que é a cereja do bolo. Sua design visual lembra as picapes americanas que são famosas no mundo todo e também são sonho de consumo de muitos amantes de carro. Quer mais algum motivo para desejar essa picape?

Como em todo lançamento, existe uma expectativa grande sobre a picape S10 100 Years. E é claro que ninguém vai se frustrar. Pois ela é uma mistura de modernidade com potência, que resulta em uma máquina perfeita!

Cristiane Amaral


Conheça aqui um pouco mais sobre o Chevrolet Equinox 2018.

Quem estava esperando ansiosamente pela chegada da Equinox de 262 cv ao Brasil já pode comemorar. A General Motors traz todas as informações sobre o modelo.

Equinox de 262 cv chega com o valor de mercado de R$149.000

A quem possa achar o valor desse carro um pouco salgado. Mas levando em consideração todo o luxo dessa máquina e que ela é um lançamento, vai perceber que o valor é totalmente justificado.

Conheça todos os benefícios da Equinox de 262 cv

Podemos afirmar que esse carro é um ícone no mercado. Entre todos seus benefícios estão teto solar panorâmico com acionamento elétrico, ar-condicionado de duas zonas, alto falantes com sistema Bose, partida remota do motor, banco do motorista com regulagem elétrica, porta do porta-malas com acionamento elétrico, farol de LED, rodas de 19 polegadas, entre outros.

Itens de segurança completos

Outro ponto positivo do Equinox de 262 cv é sua segurança, o modelo conta com alerta de risco de colisão, frenagem automática de emergência, alerta de ponto cego e assistentes de permanência na faixa de estacionamento. Esses itens de segurança deixam o Equinox de 262 cv muito mais atrativo.

Versão interna brasileira da Equinox de 262 cv ainda não divulgada

Existe uma grande expectativa em relação a parte interna da Equinox 262 cv, porém, a sua versão brasileira ainda não foi divulgada. Se analisarmos a versão dos EUA, podemos ter uma expectativa positiva é claro.

Venda da Equinox de 262 cv pode derrubar facilmente sua concorrente

Existe uma grande especulação sobre o sucesso de vendas que a Equinox vai ter. E muitos afirmam que as vendas desse grande lançamento vai derrubar facilmente sua concorrente Honda CR-V.

Modelo ideal para quem curte velocidade

Além de todos os atrativos que já foram citados aqui, a Equinox de 262 cv vem com seu motor 2.0 turbo. Ideal para quem gosta de apertar o acelerador e sentir aquela adrenalina.

Equinox de 262 cv com 8 marchas e tração interna

Outro ponto positivo desse lançamento são suas 8 marchas e tração interna. Tudo para a segurança e comodidade de quem vai pilotar essa máquina incrível.

Design externo perfeito

Para quem gosta de carro grande, com espaço e chamativo, esse é o modelo ideal. Podemos afirmar que esse lançamento é uma máquina perfeita e com um design de deixar a concorrência para trás.

Conheça as opções de cores da Equinox de 262 cv

As cores disponíveis são as cores básicas preto e branco. As opções metálicas são cinza, prata e preto. Um show de beleza e modernidade na mesma máquina.

Conexão 4G na Equinox de 262 cv

Quem precisa estar conectado à internet dentro do carro, vai poder contar com a conexão 4G. esse também é ponto positivo que deixa esse carro ainda mais interessante.

Equinox com seis airbags

Outro diferencial do Equinox de 262 cv são seus seis airbags. Para quem gosta de segurança, esse detalhe se torna bem importante.

Resumo final sobre a Equinox de 262 cv

Como vimos, essa máquina é de grande potência e tem muitos pontos positivos. O que algumas pessoas ainda ressaltam é o seu valor de mercado, que foi avaliado em R$ 149,000. Uma máquina com toda essa potência e todos esses acessórios poderia valer até mais. E ainda tem o detalhe do lançamento, então está dentro da normalidade do mercado automotivo.

A Equinox de 262 cv é indicada para quem gosta de conforto e espaço. E também quem prioriza a segurança ao dirigir. O carro conta com muitos atrativos e será uma explosão de sucesso. Seu lançamento está previsto para outubro de 2018.

Falta muito pouco!

Cristiane Amaral


A nova S10 que já se encontra à venda no mercado brasileiro desde 2016 e traz algumas modificações que a tornam mais competitiva entre os seus concorrentes da mesma classe.

Uma das maiores fabricantes de automóveis do mundo, a Chevrolet sempre foi uma das referências mundiais em termos de inovação e estilo.

Desta vez esta inovação pode ser sentida na nova versão do seu utilitário de categoria pesada, a nova S10 que já se encontra à venda no mercado brasileiro desde 2016 e traz algumas modificações que a tornam mais competitiva entre os seus concorrentes da mesma classe.

Novo estilo, nova mecânica e com preço da versão antiga

Uma das características marcantes do novo modelo é que a empresa trouxe para o seu veículo maior porte a incorporação do novo design aplicado aos demais veículos mais leves fabricados e revendidos no país.

Deste modo, a nova S10 ganhou uma nova frente bem ao novo estilo da montadora, com novos desenhos e nova grade na parte dianteira do veículo.

Segundo a própria Chevrolet, as mudanças podem ser sentidas também em relação à mecânica do novo modelo. Uma nova suspensão, novos sistemas de freios e uma novidade: a S10 agora vem com sistema de direção elétrica em sua nova linha. Uma inovação que garante uma maior leveza para quem dirige.

Além disso, a empresa garante que o seu novo modelo está nas concessionárias ainda com preços similares aos que estavam sendo praticados com o modelo anterior. Esta pode ser uma boa notícia para quem estiver pensando em dar uma passada na concessionária de sua preferência e trocar a sua antiga pela nova ou para quem já estava pensando em manter uma nova na garagem.

Comercializada na versão a Diesel do tipo 4×4, ela poderá ser encontrada com preços de até R$ 105.000,00.

Quais as versões de motores e do câmbio adotadas para a nova S10?

Em termos de mecânica, a Chevrolet parece que adotou a seguinte filosofia: “Em time que está ganhando, não se mexe”. Sendo assim, a montadora resolveu manter o seu motor de 2.8 turbo diesel, com 200 cavalos de força.

Para a caixa de marcha, continuam as manuais de seis velocidades e com tração reduzida de 4×4.

As suspensões traseiras e dianteiras são independentes, com a utilização de barra estabilizadora e braços triangulares, rodas não comunicantes e molas do tipo helicoidal.

A nova versão ganha alguns itens que trazem mais conforto ao motorista

Pensado também no conforto e segurança de seus consumidores, a Chevrolet trouxe alguns itens que deverão tornar a experiência da nova S10 muito mais prazerosa.

A nova versão agora está equipada com freios ABS em duas rodas, sendo que estes possuem um sistema de ventilação própria o que garante maior vida útil, Airbags dianteiros tanto para os passageiros quanto para o motorista.

Além disso, um sistema eletrônico controlado pelo painel permite a distribuição eletrônica de peso durante os episódios de frenagem e que possibilita ao motorista ser informado sobre uma baixa calibragem em todos os pneus.

A nova versão vem com computador de bordo que monitora o consumo de combustível

A S10 vem com computador de bordo que informa ao motorista dados importantes sobre o veículo como velocidade média, consumo imediato de combustível e sua média correspondente por quilômetro rodado e qual a autonomia de consumo com a quantidade existente no tanque em tempo real.

Sem esquecer o conforto, a montadora incluiu ar condicionado digital, bancos de couro, tomada para conexão com aparelhos eletrônicos do tipo USB, Bluetooth que permite conexão com telefone e transmissão automática de música.

Além disso, para quem gosta de som no carro, onovo modelo vem com equipamento de som, que sintoniza tanto AM quanto FM e vem também com dois alto-falantes embutidos para uma garantia de um bom som ambiente.

Por Emmanoel Gomes

Chevrolet S10 2017


Novo modelo conta com alterações que visam deixá-lo mais econômico.

Presente no mercado brasileiro desde o ano de 2007 a GM lança agora o Chevrolet Prisma em sua linha 2018. Na última linha a marca, com o objetivo de tornar o carro ainda mais econômico, fez algumas alterações. O seu peso total foi reduzido em 34 kg, adicionaram pneus verdes com foco na facilitação para rodagem e ainda lançou um câmbio manual novo com seis velocidades, e o câmbio automático foi recalibrado. Todas essas medidas fizeram com que o sedã tivesse um menor consumo. Entretanto as alterações mecânicas se fazem necessárias visto que os seus principais rivais (Ford Ka+ e Hyundai HB20S) já estão ofertando modelos com propulsores de três cilindros.

Preços e versões do novo Prisma 2018:

Hoje, o Chevrolet Prisma é comercializado nas versões: 1.4 SPE-4 Eco LT, 1.4 SPE-4 Eco LTZ, 1.0 SPE-4 Eco Joy, 1.4 SPE/4 Eco LTZ transmissão automática e 1.4 SPE/4 Eco LT também automático.

Os valores sugeridos para o modelo iniciam em sua versão básica, em R$ 43.590. Já a configuração de topo de linha chega a ser comercializada por R$ 64.990.

Potência:

– Motor 1.0 flex com 78 cavalos a gasolina, e com etanol 80 cv.

– Motor 1.4 flex com 98 cavalos a gasolina e com etanol 106 cv

Os câmbios podem ser manual com seis velocidades ou então automático de seis marchas, o qual é opcional apenas para o motor 1.4, variando de acordo com a configuração.

Capacidades e dimensões:

  • Largura com espelhos (em mm) – 1964
  • Comprimento (em mm) – 4275
  • Distância entre eixos (em mm) – 2528
  • Altura (em mm) – 1484
  • Capacidade do porta malas (em litros) – 500
  • Peso (em kg) – 1028
  • Capacidade do tanque de combustível – 54 litros

Consumo:

O Inmetro realizou uma avaliação do consumo de combustível rodando na cidade e na estrada, abastecido com etanol e com gasolina. Confira abaixo os dados:

Com etanol

Consumo estrada -10,8 Km/L

Consumo cidade – 9,1 Km/L

Com gasolina

Consumo estrada – 15,3 Km/L

Consumo cidade – 12,9 Km/L

Preços:

  • 1.4 SPE LTZ T/A – R$ 64.990
  • 1.4 SPE LT T/A – R$ 59.290
  • 1.4 SPE LTZ – R$ 58.990
  • 1.4 SPE LT – R$ 53.690
  • 1.0 SPE Joy – R$ 43.590

Por Filipe Silva

Chevrolet Prisma


Câmbio automático estará disponível nas versões LT e LTZ. Valores partem de R$ 107 mil.

A montadora General Motors está lançando aqui no marcado brasileiro a nova picape da marca, a Chevrolet S10 Automática Flex, a qual desembarca com valores a partir de R$ 107.990. A caminhonete continua com o propulsor 2.5 Ecotec SIDI Flex, com injeção direta, que gera uma potência de 197 cavalos abastecido com gasolina e com etanol gera 206 cavalos. O torque máximo gerado é de 26,3 kgfm abastecido com gasolina e com etanol é de 27,3 kgfm.

A novidade deste novo modelo é o câmbio automático com seis marchas, sendo o mesmo utilizado na versão diesel, porém, reajustado para a versão Flex. O motor 2.5 Ecotec SIDI foi reajustado para que o consumo de combustível fosse reduzido com as novas alterações, desta forma, se aproximando da configuração manual, segundo informações da própria General Motors. A partir de agora, o propulsor possui uma partida remota, a qual é acionada por meio da chave.

A curva de torque que é entregue às rodas sofreu alteração, agora ficando mais plana. A transmissão e os coxins do motor foram reajustados. Foram atualizados também os coxins de cisalhamento posicionados na cabine, desta forma, reduz a movimentação de sua carroceria em cima do chassi de longarinas. Isto fez com que a nova Chevrolet S10 Automática Flex reduzisse a vibração e suavizasse a troca de marchas.

A aceleração, indo de 0 a 100 quilômetros horários é de 9,5 segundos e sua retomada de 80 a 120 quilômetros por hora é de 8,6 segundos. Abastecido com etanol, o consumo de combustível é de 6,4 km/litro na estrada e de 5,3 km/litro em perímetro urbano. Já abastecido com gasolina, o consumo é de 9,4 e 7,9 km/litro, respectivamente. O modelo está disponível nas configurações LT e LTZ e conta tanto com tração 4×2 quanto a 4×4.

Veja abaixo os valores de revenda da nova Chevrolet S10 Automática Flex:

  • Picape S10 Flex 2.5 AT6 – versão LTZ 4×4: R$ 129.990
  • Picape S10 Flex 2.5 AT6 – versão LTZ 4×2: R$ 122.990
  • Picape S10 Flex 2.5 AT6 – versão LT 4×4: R$ 116.990
  • Picape S10 Flex 2.5 AT6 – versão LT 4×2: R$ 107.990

FILIPE R SILVA


Modelo conta com diversas novidades e atrativos.

A Chevrolet do Brasil apresentou no Salão do Automóvel de São Paulo deste ano o Novo Chevrolet Cruze Sport6, que será fabricado na Argentina. Quando a GM foi desenvolver a versão hatch do Chevrolet Cruze, decidiu que um dos destaques deste novo modelo seria o seu porta-malas, com uma boa capacidade, de 524 litros, 84 a mais que dos sedans e quase 200 litros a mais que os dos concorrentes.

O seu preço deverá variar dos R$ 90 mil a R$ 110 mil e a sua mecânica terá um câmbio convencional, de seis marchas, com direção de assistência elétrica, suspensão independente dianteira e a traseira semi-independente.

O espaço interno cresceu, mas contará com painel de plástico duro e bancos de couro, com 91 quilos mais leve. O seu sistema é o MyLink, com GPS integrado e tela com mais de 8 polegadas, além de acesso a Wi-Fi e conexões 4G.

Em relação a segurança, o Novo Chevrolet Cruze Sport6 conta com 4 airbags, controle de tração e de estabilidade. Alguns modelos ainda vêm com sensores de estacionamento na frente e atrás, sistema de aviso de obstáculo e de mudança de faixa, além de aquecimento do volante dos bancos traseiros e dianteiros.

O Novo Chevrolet Cruze Sport6 virá com faróis de LED, mais moderno, muitos novos equipamentos e motores eficientes, como o 1.4 turbo. A tecnologia flex não será deixada de lado. O visual, mais moderno, trará uma traseira mais curta do veículo e um lugar diferente para o adesivo turbo, mas nada mais de barra cromada. O seu conjunto mecânico terá 150 cv de potência e sistema de Start/ Stop que ajuda a utilizar menos combustível.

Nesta versão de 2017, o veículo também trará serviços de segurança, navegação e emergência, o que permite que o usuário consulte parâmetros pelo celular, informando se há alguma condição irregular em partes como freios, motor, airbag, pressão dos pneus e até transmissão.

O teto solar também vem com essa nova versão, além de rodas de 17”, lanterna de neblina e luz para condução diurna.

O que achou do nosso post? Gostou? Compartilhe e comente conosco!

Por Kika Akita

Chevrolet Cruze Sport6


O novo Cruze Sport6, em termos de versões, equipamentos e motorização será exatamente igual ao sedã. Basicamente são duas as diferenças.

O Salão do Automóvel que está acontecendo na cidade de São Paulo está sendo marcado por um final de ano que contou com diversos lançamentos da montadora Chevrolet em terras brasileiras. Na última terça-feira, dia 8 de novembro de 2016, as novidades foram apresentadas para público presente no São Paulo Expo e dentre elas a principal é a mais nova geração do modelo Cruze Sport6.

O veículo hatch possui o mesmo conjunto mecânico utilizado no Cruze sedã. Isso é válido para o propulsor 1.4 turbo que gera uma potência de 153 cavalos e conta com um câmbio automático de seis velocidades. Este irá substituir o anterior, que era um 1.8 aspirado que chegava a 144 cavalos de potência.

O novo Cruze Sport6, em termos de versões, equipamentos e motorização será exatamente igual ao sedã. Basicamente são duas as diferenças. A primeira é marcada por um pequeno ajuste que foi realizado nos sistemas de direção e suspensão, que agora passaram a ser mais esportivos. A segunda é o design das rodas. O objetivo da General Motors é proporcionar ao Cruze hatch um alto nível de esportividade, suficiente para concorrer com o Focus e o Golf.

Da mesma forma que o sedã, o novo Cruze Sport 6 é produzido no país vizinho, a Argentina. O mesmo será comercializado nas versões LTZ, LTZ II e LT. Remodelado por inteiro, com um chamativo visual, maior distância entre-eixos, um novo propulsor de 1.4 litros turboflex e um acabamento de primeira, o veículo tem grandes chances de cair no gosto do público. A motorização turbinada de 150 e 153 cavalos de potência, que também possui injeção direta, já é utilizada no sedã e possui mais torque do que a versão antiga do motor, quer era um 1.8.

O painel de instrumentos dessa geração é bem atual. Ele conta agora com um display colorido com tela de 4,2 polegadas configurável, onde indica informações de consumo, pressão dos pneus e distância do carro localizado à frente. O visor central é grande e traz uma central multimídia My Link 2, que pode ser conectada com sistemas Apple Car Play e Android Auto.

Por Filipe Silva

Chevrolet Cruze Sport6


Modelo voltará reestilizado e custará entre R$ 60 mil e R$ 75 mil.

O Chevrolet Sonic tinha desaparecido do mercado brasileiro desde setembro 2014, por causa do baixo volume de emplacamentos. Porém, sua volta por cima já tem data de estreia. De acordo com informações do site da revista "Carro", o modelo de fabricação mexicana virá com uma roupagem nova e chega ao Brasil no segundo semestre pronto para comercialização.

Segundo a "Carro", uma fonte que trabalha muito próxima dos fornecedores da General Motors repassou as informações de que algumas unidades da Sonic hatch e Sedã já estariam passando por testes no Brasil. A apresentação dos novos modelos está prevista para novembro no Salão do Automóvel de São Paulo.

Os modelos reestilizados terão seu lançamento primeiramente nos Estados Unidos no mês de junho.

A Sonic fez questão de deixar seu modelo com aparência menos ousada e caprichou nos faróis divididos por dois elementos. O novo Sonic já sai de fábrica equipado com a segunda geração da central multimídia MyLink, além de partida do motor acionada com botão.

Somente no mercado norte-americano o Sonic é encontrado com dupla motorizações: Ecotec a Gasolina de 1.8 litros e 1.4 turbo. As duas têm 139 cv de potência. A diferença só fica visível na disponibilidade do torque máximo. Se a primeira entregava 12,7 kgfm a 3.800 rpm, a nova turboalimentada produz 15,1kgfm a 1.850 rpm, com transmissões disponíveis de seis velocidades e podendo ser no automático ou manual. As vendas do conjunto ainda não tiveram confirmação no Brasil, mas o outro modelo de 2014 que a GM comercializava no Brasil vinha equipado com um bloco de 1.6 litros flex, produzindo até 120 cv se fosse abastecido com etanol.

O Sonic hatch e sedã chegarão com preços médios entre R$ 60 e 75 mil. Vale lembrar que os modelos ocuparão posições entre os compactos Onix e Prisma, ao lado dos médios Cruze hatch e o Sedã.

Novos lançamentos

Antes do novo Sonic chegar ao mercado nacional a GM pretende lançar primeiro, no mês de junho, a linha do Cruze Sedã e os repaginados Onix e Prisma. Logo a seguir será a vez do novo Cruze hatch.

Por Ruth Galvão


As revendedoras da Chevrolet já contam com a linha 2016 da Captiva. Como maior mudança, a crossover (aqui chamada de SUV) apresenta apliques plásticos que se espalham na carroceria e também um novo acabamento interno. Essas mudanças ainda são poucas, mas fazem parte da tradição da SUV que desde 2008, quando chegou ao Brasil não apresenta muitas mudanças.

As molduras plásticas aparecem externamente na Captiva em suas portas, para-choques e nos para-lamas. Os consumidores também poderão encontrar duas novas opções para cores, sendo a Prata Switchblade e Cinza Ashen. Interiormente, a SUV da Chevrolet tem agora um revestimento renovado no console, nos painéis das portas e no volante.

Em termos de versões, o SUV terá ainda apenas uma versão que é com o propulsor 2.4 Ecotec com injeção direta de combustível e o câmbio automático com seis marchas. A potência fica em 184 cavalos. Como itens de série a Captiva traz bancos com revestimento em couro, seis airbags, controles de estabilidade, cintos com pré-tensionadores, monitoramento da pressão dos pneus, freio de estacionamento elétrico, sistema de mídia MyLink, câmera de ré e partida do motor feita por controle remoto.

O preço sugerido da SUV fica com uma redução de R$ 11.400 em relação à linha do ano passado. O valor fica agora em R$ 103.990. Um dos motivos que podem ter ocasionado a diminuição do custo são as baixas vendas em 2015. No ano passado, a Captiva contou com a 34° colocação em termos de unidades vendidas no Brasil (1.217 veículos emplacados). A SUV da Chevrolet ficou atrás de outras marcas como a Fiat com a Freemont e da Suzuki com a Grand Vitara.

Nova tecnologia da Chevrolet no Brasil

A marca traz para o Brasil a tecnologia OnStar, que faz a integração entre geolocalização, conectividade e os sensores do veículo. O serviço apresenta uma linha de atendimento que faz a união de segurança, concierge, assistente de navegação e emergência. Todo o conjunto em questão tem o seu acesso por meio de um botão que se localiza no retrovisor do carro. Ele vai realizar a ligação com a central. Há também a opção via internet e um aplicativo de smartphone para aparelhos com Android, iOS e Windows Phone.


Novo modelo alia conforto e praticidade para rodar na cidade ou no campo.

O que era bom ficou ainda melhor. A frase é um chavão, mas é a que melhor explica o que aconteceu com a Chevrolet S10 que acaba de ganhar a versão Advantage, uma das integrantes da família de novas S10 que conta, além da Advantage, também com as linhas FreeRide e Chassi Cab. Mas, os detalhes serão sobre a parte interna e externa da Advantage, a qual promete ser uma campeã em vendas.  

O sucesso que a GM Motors aposta na nova S10 Advantage está em um detalhe que todo brasileiro ama: a relação custo – benefício, pois promete o melhor em desempenho sem com isso elevar os custos com o diesel.

Ela só será comercializada na versão cabine dupla, o que, por sua vez, vai garantir mais conforto para quem pretende adquiri-la.  

Para quem anda muito pela cidade, a nova S10 promete praticidade e um bom dinamismo, porque vem com motor 2.4 Flex de até 147 cv de potência e transmissão de cinco marchas estilo manual. Para quem anda muito pelo campo, a S10 Advantage tem todos os atributos citados e ainda tração 4×2.  

Com um projeto de design simplesmente incrível, essa novidade da Chevrolet pode ser comprada nas cores Branco, Cinza Grafite e Prata, além de outros confortos como bancos com revestimento de tecidos de qualidade; banco de motorista com altura regulável, sistema multimídia Mylink, trio elétrico, ar condicionado, direção hidráulica, chave canivete e rodas escuras com aro 16.  

Ainda não foi revelado o preço que a S10 Advantage terá, o que só motiva ainda mais a curiosidade dos motoristas que gostam da performance da S10 desde que seu primeiro modelo foi lançado pela GM.

Abordando um pouco mais sobre as novidades, a linha Advantage também terá adesivos exclusivos e faróis especiais para neblinas.  

Quem quiser conhecer um pouco mais desse possante, basta acessar o site oficial da Chevrolet, endereçado no www.chevrolet.com.br, e ficar bem informado sobre a picape que promete arrancar suspiros dos que gostam de um carro estilo “raça forte”.    

Por Michelle de Oliveira

Chevrolet S10 Advantage

Chevrolet S10 Advantage

Fotos: Divulgação


Nova picape será lançada no Brasil na próxima semana e custará aproximadamente R$ 154 mil.

Apesar do lançamento da nova S10 série especial High Country só estar previsto para ocorrer nos dias 06 e 07 de julho, esse novo veículo da Chevrolet já deu as caras, a aparição do carro aconteceu no Salão de Buenos Aires, evento ocorrido na Argentina.

Pelo o que pôde ser visto nesta primeira aparição, esta picape irá ter diversos detalhes exclusivos, a Chevrolet preferiu seguir os padrões adotados da grife já conhecidos mundialmente nos modelos fabricados pela General Motors nos Estados Unidos.

Com relação ao valor dessa novidade, nada de concreto ainda foi divulgado, mas segundo as especulações, o valor deverá ser próximo do preço de comercialização da versão LTZ da S10, que é a versão topo de linha e que atualmente custa aqui no Brasil R$ 154.550.

Essa edição especial da S10 irá trazer uma pintura exclusiva na cor vermelha metálica (Chili Red). Além dessa cor, o veículo também será comercializado nas seguintes cores: Switchblade Silver, Carbon Flash, Cyclone Grey e Summit White. Os faróis dessa picape virão com máscara negra.

As rodas desse veículo serão no tamanho 18 polegadas e para diferenciar da roda disponibilizada nas demais versões, ela irá ganhar um acabamento diferenciado. Na base dos vidros das portas, haverá a presença de frisos cromados e na caçamba foi inserido um Santo Antônio.

Na parte interna essa nova versão da S10 também irá trazer algumas novidades, tais como um conjunto de assentos totalmente revestidos em couro e um sistema de entretenimento do modelo MyLink com a função de câmera de ré. Já o painel terá um revestimento black piano e o assento do condutor será com ajustes elétricos.

A motorização dessa belíssima picape irá contar com a presença marcante do um propulsor turbodiesel 2.8 CTDI, o qual terá a capacidade de fornecer uma potência máxima de 200cv a 3.600 rpm e 50,9 kgfm de torque. Serão disponibilizados dois tipos de câmbio, a primeira opção será o manual somente para a versão 4X2, já na versão 4X4 os consumidores terão a opção de escolher o câmbio automático sequencial de seis velocidades ou o manual.

Por Adriano Oliveira


Carro autônomo faz jus ao nome e não possui nem volante.

A General Motors apresentou no Salão de Xangai o seu conceito de carro autônomo bem como sua expectativa para os carros do futuro. Trata-se do Chevrolet FNR, um automóvel bastante autônomo e que não deve chegar tão cedo ao mercado mundial. O mesmo possui uma concepção tão autônoma que não possui volante.

Vale ressaltar que um dos principais assuntos do momento é a tecnologia autônoma e os conceitos de automóveis para um futuro não tão distante. Com isso, as montadoras já estão em busca de novos modelos ou protótipos que atendam aos futuros consumidores.

Assim como todo conceito futurista, o Chevrolet FNR é movido por eletricidade e por ser um automóvel autônomo não necessita de motorista, o mesmo utiliza apenas o sistema inteligente para a condução. O modelo foi apresentado pela primeira vez no primeiro dia reservado para a imprensa no Salão de Xangai de 2015.

Um dos principais objetivos quanto ao desenvolvimento do Chevrolet FNR foi justamente criar um automóvel que consiga atender as exigências de jovens consumidores do futuro. Por isso, o carro conta com design futurista e uma tecnologia bastante avançada. Tal tecnologia apenas é vista em filmes de ficção como informa a General Motors. Dentre tais tecnologias, podemos destacar: faróis e lanternas a laser, motores elétricos nas rodas e sistema de recarga sem fio.

Um dos principais destaques deste novo conceito da GM é, sem sombra de dúvidas, a condução autônoma, que deve ser uma das grandes sensações do mercado no futuro. A mesma é feita pelo FNR através de sensores no teto do automóvel. Os sensores são capazes de mapear o ambiente pelo qual o automóvel está trafegando. Além disso, o FNR também possui sistema de reconhecimento de íris do proprietário para ligar. E caso deseje o proprietário pode conduzir o automóvel de forma manual, através de um simples gesto a opção é ativada.

Com esse novo conceito, a General Motors espera estar atualizada para as demandas dos futuros consumidores do mundo. Lembrando que o modelo foi desenvolvido com base na opinião de jovens chineses, haja vista eles serem os futuros maiores consumidores do mundo.

Por Bruno Henrique

Chevrolet FNR

Chevrolet FNR

Fotos: Divulgação


Malibu ECO contará com motorização híbrida e trará de série 10 airbags, controles eletrônicos de estabilidade e tração e sistema de áudio premium

Está se aproximando a data em que a apresentação mundial da nova geração do Chevrolet Malibu será efetivada (ela está programada para acontecer durante o Salão de Nova Iorque). A marca tem exposto, em cápsulas, determinadas informações sobre o arquétipo. A mais atualizada remete a uma versão com motorização híbrida.

O sedan ganhará um sistema semelhante ao integrado no Volt, com dois motores elétricos abastecidos por uma bateria de íon-lítio de 80 células e 1,5 kWh. Existirá alterações, contudo, já que, no caso do Malibu, permanecerá presente um motor a combustão com grande extensão: o 1.8 movido a gasolina. Desta forma, de maneira combinada, terá 182 cavalos de potência.

Referente às informações emitidas pela montadora, o Malibu híbrido poderá obter a agilidade máxima de 86 km/h quando impelido somente pelos motores elétricos. Também não foi anunciada a autonomia do modelo em caráter 100% elétrico.

Com este esplendor, o modelo, segundo dados da montadora, pode rodar 11,4 km/l em vias urbanas ou 16,1 km/l no ciclo rodoviário. Nesta entoação e com auxílio do tanque de combustível com 60 litros de aptidão, a autonomia do Malibu híbrido pode sobrepujar os 880 km. Já a recarga das baterias (o jogo pesa 29 kg) é realizada pela atuação do motor a combustão e os freios regenerativos.

O status da intervenção do conjugado mecânico pode ser seguido pela tela central no painel. O aparelho exibe quando o motor elétrico entra em atuação e a categoria da carga e temperatura da bateria. Além deste item, o Malibu ECO também traz de série 10 airbags, controles eletrônicos de estabilidade e tração e sistema de áudio premium.

Carros mundiais da GM, a nova geração do Malibu também será apresentada no mercado nacional, mas apenas a partir do ano seguinte – a fabricante ainda não determinou a data. Todavia, o modelo pressagiado para o mercado nacional é a série com motor 2.5, admitindo poucas chances para a  linha ECO.

Por Lorena de Oliveira

Chevrolet Malibu 2015

Chevrolet Malibu 2015

Fotos: Divulgação


O aumento das vendas e criação de novos modelos de picapes de médio porte aumentou significativamente nos últimos anos.

A montadora Chevrolet anunciou recentemente durante o  evento Cleveland Auto Show,  seu novo conceito de picape: Chevrolet Colorado Z71 Trail Boss Edition. A nova versão é destinada a pessoas que desejam se aventurar em terrenos urbanos e rurais. A versão com acabamento off road conta com motor V6 de 3.6 litros, que produz incríveis 310 cv de potência.  Possui caixa de transmissão automática de seis velocidades, o que é considerado um ponto positivo do modelo já que a maioria das picapes possui câmbio automático de cinco velocidades.

A nova edição conta com pneus Goodyear Wrangler DuraTrac, projetado para enfrentar qualquer tipo de terreno. Além disso, o modelo possui aro em alumínio 17 polegadas pintado de preto, ganchos para reboque dianteiro, protetor de step e faróis de nevoeiro. A nova versão possui tração nas quatro rodas, o que garante estabilidade em qualquer tipo de terreno. O modelo Colorado Z71 Trail Boss conta com câmera de ré, travas e vidros elétricos com função toque, display de 8 polegadas, como itens de série. O painel de instrumentos agora é digital e possui tela de 3.4 polegadas.

As principais mudanças em relação às versões anteriores se encontram na porção frontal do veículo, que possui nova grade. A traseira traz um novo design para as lanternas, enquanto a lateral do veículo permanece sem alterações. Quanto à segurança, a nova Colorado Z71 recebeu sensor de colisões frontais, controle de estabilidade e alerta de mudança de faixa.

Segundo a empresa, a nova versão começa a ser vendida ainda em setembro deste ano, com preço sugerido a partir de 28.505 dólares, o que equivale a aproximadamente R$ 90.000 sem contar os impostos. Caso o cliente queira incluir a suspensão de caminhão, será acrescentada uma taxa de 3.220 dólares. 

A picape Colorado Z71 é um modelo completo para quem deseja aproveitar ao máximo suas viagens, seja em terrenos urbanos ou rurais.

Por Wendel George Peripato

Chevrolet Colorado Z71 Trail Boss Edition

Chevrolet Colorado Z71 Trail Boss Edition

Fotos: Divulgação


Após muitas especulações e o vazamento de algumas fotos na internet, a General Motors finalmente apresentou no último dia 14 de janeiro no Salão do Automóvel de Detroit, o novo Chevrolet Corvette Z06. Inspirado em seu antecessor lançado em 2013, o Stingray, o novo Corvette Z06 é considerado de acordo com informações da própria GM, a versão mais veloz e nervosa já produzida na história do modelo pela montadora.

O Corvette Z06 2015 possui um design mais arrojado que seu irmão, o Corvette Stingray. Ele conta com novos detalhes como para-choques maiores, capô em fibra de carbono, saias laterais, spoiler, rodas em alumínio fundido aro 19 e aro 20 projetadas para melhor refrigerar os freios de alto desempenho, difusores frontais e traseiros e uma grade dianteira mais larga que contribui para uma melhor ventilação do motor.

Em sua aparição oficial em Detroit, o Z06 foi exibido nas cores cinza e amarelo e por baixo do capô ele mostrou o motivo de ser considerado o mais envenenado da história da marca. O Corvette Z06 carrega um motor V8 Supercharged de 633 cavalos de potência e 87 kgfm. O câmbio do Z06 estará disponível no mercado nas versões manual de 7 marchas e automática de 8 velocidades, onde nesta versão a troca de marchas poderá ser feitas através das aletas que se encontram atrás do volante (paddle shift) e sua tração é traseira.

Com este conjunto de motor, transmissão e tração, o Corvette Z06 2015 faz de 0 a 100 km/h em apenas 2,95 segundos quando se usa o câmbio automático. Já utilizando o câmbio manual ele atinge a mesma velocidade em 3,2 segundos e a velocidade máxima que novo Corvette pode alcançar chega próximo aos 300 km/h.

O interior do Corvette Z06 também vem repleto de inovações. O volante ganhou um novo desenho onde a parte inferior agora é achatada, foram instalados novos dispositivos eletrônicos como o sistema que desativa os cilindros do motor – o que contribui na economia de combustível, controle de arranque e controle de estabilidade, os bancos são esportivos e partes do acabamento são feitos em couro, há também alguns detalhes em alumínio e outros de fibra de carbono.

A General Motors não divulgou o valor que o novo Chevrolet Corvette Z06 será comercializado, mas baseando-se no preço do último lançamento do modelo, seu valor inicial deve girar a partir dos U$$ 77.590.

Por André F.C.

Chevrolet Corvette Z06

Chevrolet Corvette Z06

Chevrolet Corvette Z06

Fotos: Divulgação


A Chevrolet é uma marca tradicionalíssima no automobilismo. Ao longo dos seus mais de 100 anos de história, a fábrica é conhecida por produzir os mais diversos tipos de carros, consolidando bases de mercado em vários segmentos, desde carros populares até os esportivos.

A empresa tem grande expressão no que diz respeito aos SUVs, e agora a Chevrolet entrega ao mercado mais um carro da categoria: a Trailblazer 3.6 LTZ 2015.

A nova versão da Trailblazer chega ao mercado sem inovações no visual, mantendo o rosto já conhecido dos consumidores. A principal diferença do automóvel está debaixo do capô: o motor é um V6 de 3.6 litros, capaz de fornecer ao veículo uma potência de 277 cavalos e um torque de 35,7 kgfm. O modelo é capaz de ir de 0 à 100 km/h em 9 segundos (1,1 segundo a menos que a edição anterior).

Foto: divulgação

A edição anterior era capaz de fornecer 38 cavalos a menos e um torque 4 kgfm menor. O motor foi beneficiado pelo novo sistema de injeção direta de gasolina. Com o aumento da potência, veio também um aumento no valor: o carro agora custa R$ 147.790.

Outra diferença presente no modelo está na suspensão, agora mais rígida. Isso deixa o carro mais estável, mais preciso nas curvas e com uma dirigibilidade melhor. Como é um utilitário, não se espera que seja totalmente estável, mas a nova suspensão certamente é bem-vinda, deixando a cabine mais equilibrada em curvas mais acentuadas.

O veículo é bem compatível com a cidade. O motor supre a necessidade do pesado veículo e a direção hidráulica facilita a realização de manobras mais acentuadas com boa suavidade.

Foto: divulgação

Nas estradas, o principal destaque vai para o som. O motor faz muito pouco ruído dentro da cabine, um conforto muito bem-vindo para aqueles que viajam longas distâncias. O carro continua tendo detalhes internos em couro e black piano no painel, que certamente são chamativos aos olhos.

Por Nosf


Enfim chegou a hora do Onix, mas antes dele tivemos o Sonic e o Agile que receberam o tal pacote “esportivo” da Chevrolet que, não se sabe exatamente o porque, a empresa decidiu chamá-lo de Effect. Em resumo não há muito o que falar a respeito do pacote. O motivo para isso é simples e bem visível: as mudanças tidas como esportivas estão restritas apenas ao visual. Já mudanças mecânicas que poderiam afetar o carro de alguma maneira não estão presentes.

O Onix Effect já está sendo disponibilizado nas lojas do Brasil nessa segunda quinzena do mês de dezembro. Agora o que chama mesmo a atenção é o preço que é o mesmo da versão LTZ. Ou seja, R$ 50.190. As informações são do site da montadora.

Entretanto, voltando um pouco no tempo vale destacar o fato de que o Onix Effect foi um dos modelos de “atração” da GM durante a realização da última edição do Salão do Automóvel de São Paulo. Na época apresentado ainda apenas como conceito.

Já sobre o fato de mandá-lo direito para a linha de produção tão rápido, de acordo com a fabricante, aconteceu devido à grande receptividade por parte do público .

Bom, então vamos tratar agora um pouco sobre o que o carro tem. O Onix Effect conta com um motor 1.4 aspirado com capacidade de gerar 106 cavalos. O bloco é integrado a um câmbio manual de cinco marchas.

Para dar ainda mais evidência à questão esportiva, o hatch acabou ganhando um kit aerodinâmico, faróis de máscara negra, o teto é em preto brilhante assim como as grades que apresentam a mesma cor. No mais ainda podemos falar sobre as lanternas que trazem alguns detalhes escurecidos, os pneus 185/65, rodas de aro 15 em tom grafite. Na tampa e no porta-malas do carro ainda temos alguns adesivos que remetem a versão.

Com relação ao pacote de equipamentos destacamos os seguintes itens: vidros elétricos dianteiros com comando na chave, sinal de alerta para esquecimento do cinto de segurança, banco do motorista com regulagem de altura, direção hidráulica e por fim, ar-condicionado.

De acordo com o que foi divulgado até agora o modelo terá duas opções de cores que no caso serão Vermelho Pepper e Branco Summit.

Por Denisson Soares

Chevrolet Onix Effect

Chevrolet Onix Effect

Fotos: Divulgação


Que o Cruze é um carrão, literalmente, ninguém duvida. Contudo, no ano de 2014, o carro ganhou ainda mais prestígio ao disparar na segunda colocação entre os sedãs mais adquiridos no Brasil, tomando o lugar do Civic, que há muito só perdia o posto de melhor sedã para o Corolla, que continua isolado na primeira colocação, vendo os concorrentes pelos retrovisores.  

O Cruze, no mês de novembro, vendeu 3.665 unidades, pouco mais de 100 unidades à frente do Civic, o seu concorrente anterior mais próximo. O carro dobrou o número de vendas, se considerado o mesmo período do ano    passado.  

No mês de novembro, o Toyota Corolla vendeu 6.133 unidades e, pela terceira vez consecutiva, conseguiu manter-se com mais de 6 mil veículos vendidos no decorrer do mês. Em quarto lugar, e um pouco isolado, segue o VW Jetta, com apenas 1.337 veículos.

Sem dúvida, vários fatores interferem na colocação desses veículos. O preço é um dos principais. As concessionárias ainda não conseguem fabricar um veículo com qualidade superior e com preço acessível ao consumidor    brasileiro.  

O Cruze foi lançado para ser o carro conceito da Chevrolet e, durante os anos em que está no mercado, vem conseguindo manter esse status. Se mantiver esses números e as compras do Corolla caírem no decorrer dos anos,    provavelmente, o Cruze alcançará o topo do mercado. Sem dúvidas, é um carrão com inúmeras inovações e merece destaque no mercado. 

O carro possui 144 cv de potência máxima e conta com um motor 1.8. Além disso, possui um porta-malas de dar inveja aos concorrentes, com incríveis 450 litros. 

A segurança não fica para trás: o carro conta com seis airbags espalhados pelo veículo. Além disso, possui freios ABS nas 4 rodas.  

É um excelente carro, porém, quem quiser adquiri-lo terá que desembolsar uma boa quantia em dinheiro, afinal, o Cruze não sai de uma concessionário por menos de R$ 73.500,00. 

Por Daniel Alves

Foto:  divulgação


A Chevrolet, famosa montadora norte-americana, lança a linha 2015 do Cruze com preço a partir de R$ 70.400,00. O veículo já é famoso no Brasil por ser um sedan de extrema elegância, luxo e beleza.

Entre as principais inovações do sedan de luxo da Chevrolet, estão luzes diurnas em Led, rodas de liga leve de 17 polegadas e duas novas cores que o consumidor pode optar.

Além do Sedan, a linha 2015 do Cruze conta com o lançamento, também, da linha Hatch (Sport6). O veículo é conhecido e muito utilizado por jovens, devido ao seu designer arrojado, rodas chamativas e seu ar de esportividade.

Foto: divulgação

Ao contrário do que muitos pensam, o valor da versão Hatch é um pouco mais barata que a Sedan. O Cruze Hatch (Sport6) chega ao mercado com um valor aproximado de R$ 70.400,00 enquanto o valor da versão Sedan chega às ruas com um valor a partir de R$ 73.500,00.

A versão topo de linha, a LTZ, possui como principal inovação uma grade cromada alinhada ao para-choque dianteiro que dar ao carro um ar de modernidade e agressividade. O veículo ficou mais bonito e chamativo, além do mais, não perdeu os contornos do seu antigo modelo, que fez sucesso no Brasil a partir do ano de 2013.

Atualmente, o consumidor busca se destacar enquanto desfila com seus carrões pelo trânsito dos grandes centros urbanos. Pensando nisso, a Chevrolet traz à linha 2015 do Cruze duas novas paletas de cores: o branco vintage e o cinza aztec.

Foto: André Paixão/G1

A linha 2015 do Cruze continua com o motor 1.8 Ecotec Flex, capaz de render ao veículo 144 cv de potência máxima.

A fim de diminuir o consumo, a Chevrolet remodelou seus propulsores. Além disso, a montadora inovou e traz a linha do Cruze 2015 uma versão de seis marchas para melhorar a eficiência energética do carrão. O carro simplesmente é sensacional!

Por Daniel Alves


O novo Onix Track Day está chegando em 2015 com um novo estilo para agradar qualquer motorista que gosta de velocidade e agilidade. O veículo dispõe de um motor 1.8 e 16 v, além da incrível potência de 150 cavalos.

A alta capacidade e potência do veículo é adquirida também com o escapamento totalmente fabricado em aço inoxidável. O carro também destaca por ter uma suspensão mais baixa, maciez e aderência através dos pneus no modelo 215/45R, e ainda as rodas com aro de 17 polegadas e tala larga, que proporciona total segurança nas curvas.

Foto: Claudio Teixeira/ Car and Day e Gustavo Maffei / Auto Esporte

Esse novo Onix Track Day apresenta conforto e sofisticação na parte interior do veículo. Os bancos tem formato do tipo concha, que lembra o modelo usado em carros de competição. E ainda possui cinto de segurança nas 4 pontas, além do volante  “flat base” revestido com matéria prima de alta qualidade. Além disso, tem filtro de ar no estilo esportivo e  injeção eletrônica totalmente recalibrada.

O Onix Track Day é uma versão criativa e altamente potente, esse lançamento veio com características de uma “super máquina” para o motorista sentir que está dirigindo um carro de competição.

O modelo apresentado no Salão do Automóvel em São Paulo do Onix Track Day está com a pintura amarela, um tom de cor atrativa para causar impacto nos visitantes, que, ao ver o modelo luxuoso, pára e observa os detalhes do carro.

Foto: Claudio Teixeira/ Car and Day e Gustavo Maffei / Auto Esporte

E aproveitando essa apresentação, a fabricante Chevrolet aposta no mercado brasileiro para fazer novos investimentos, ressaltando que vai investir em torno de R$ 6,5 bilhões no processo de fabricação dos novos modelos de carros aqui no Brasil.

Destaca também a confirmação do patrocínio da Seleção Brasileira de Futebol, como também das Olimpíadas que será realizada no Rio de Janeiro em 2016.

Portanto, o novo modelo Onix Track Day está sendo apresentado em São Paulo, mas a Chevrolet não divulgou o preço e nem quando será a chegada no Brasil. Por enquanto, os colecionadores e motoristas interessados no novo hatch com estilo esportivo precisam conter as expectativas até os próximos detalhes sobre o carro.

Por Jaqueline Mendes


A Chevrolet Spin Activ é alta como um SUV e está em busca de encantar o público em busca de um ar mais aventureiro. Não se trata de um SUV, longe disso. O Spin Activ é uma espécie de Minivan, com cara de má, design de SUV especial para consumidores que desejam ter um carro do tipo e não querem gastar uma fortuna. Os adereços do veículo simulam traços off-road e o automóvel chega no mercado em duas edições: a primeira com cinco marchas e câmbio manual, pelo valor de R$ 62.060 ou câmbio automático de seis marchas, no valor de R$ 65.860

No visual temos caixas de rodas, saias laterais, e para-choques em padrão antracite. O estepe fica situado externamente, pendurado na traseira, um item já muito utilizado pela GM que o considera um adereço "charmoso". Além disso, o estepe está abaixo da linha do vidro não prejudicando a visão do motorista. O suporte do estepe funciona como no Idea Adventure, onde a abertura do porta-malas necessita primeiramente da abertura do suporte do estepe. A GM também informou que o carro possui uma nova programação que deixa as trocas de marchas até 50% mais rápidas, com possibilidades de redução duplas e triplas quando necessário. Ainda no visual, ela está mais robusta, porém com um visual mais equilibrado. 

A versão tradicional da Spin está disponível a partir de R$ 52.060 e tem visual bem mais conservador e bem menos esportivo. A altura extra da Activ tira um pouco da estabilidade da Spin tradicional por isso é necessário um pouco mais de cuidado nas curvas, principalmente em alta velocidade. Por outro lado a altura facilita a passagem por obstáculos e estradas de terra. A Activ também tem rodas maiores que as da Spin tradicional (uma polegada maior) e pneus mais largos e baixos. O motor é 1.8, flex, com 108 cv.

Por Nosf

Chevrolet Spin Activ

Chevrolet Spin Activ

Chevrolet Spin Activ

Fotos: Divulgação


Liderando o segmento das picapes médias/grandes desde o seu lançamento em 2005, a Chevrolet lançou a linha 2015 da S10 para manter a liderança da categoria e tentar ampliar a vantagem sobre a Toyota Hilux, segunda colocada entre as picapes médias. Além de trazer alguns diferenciais no acabamento interno, a Chevrolet aposta no novo acerto da suspensão e, principalmente, no novo motor 2.5 Ecotec Flex equipado com injeção direta de combustível. A linha 2015 da S10 tem preços a partir dos R$ 69.800.

Sem promover nenhuma alteração na estética externa, a Chevrolet aprimorou o acabamento de sua picape média, adotando novos materiais para realizar o acabamento no painel, além de acrescer ao modelo novos equipamentos de série. Portanto, nas versões LTZ, além de contar com descansa braço revestido em couro, agora a S10 dispõe de acabamento em preto brilhante no console central, nas saídas de ar centrais, nas portas, em torno da base da manopla de câmbio e no volante multifuncional. Outro ponto que passou por modificações foi o isolamento acústico da cabine, que passou por melhorias, garantindo um maior conforto aos ocupantes do carro.

Entre os novos equipamentos de série, a versão LTZ agora conta com balanço de reboque (TSC), controle eletrônico de tração e estabilidade, assistente de descida (Hill Descend Control) e assiste de partidas em aclives (Hill Start Assist).

Todavia, a principal novidade da linha 2015 fica por conta da nova opção de motorização. Mantendo o motor 2.4 Flexpower de 147 cv apenas para as versões de entrada (LS cabine simples e dupla), todas as outras configurações da S10 que trazia o motor 2.4 Flexpower serão equipadas agora com o novo bloco 2.5 Ecotec Flex, que é capaz de entregar até 206 cv e torque de 27,3 kgfm, quando abastecido com etanol.  Vale lembrar que o propulsor 2.8 Turbodiesel de 200 cv continua sendo oferecido para as versões LT e LTZ.

O novo propulsor 2.5 Ecotec Flex é o primeiro modelo bicombustível no país a contar com injeção direta de combustível, que é identificado pela sigla SIDI (Spark Ignition Direct Injection). Trabalhando em conjunto com o novo motor está um câmbio manual de seis marchas, sendo que nas versões com tração 4×4 o modelo conta com reduzida com acionamento eletrônico e controle eletrônico de tração e estabilidade, itens que anteriormente eram exclusivos das configurações Turbodiesel.

Embora o novo propulsor flex ofereça uma potência superior aos concorrentes, inclusive os modelos que trazem motor V6, as versões equipadas com o bloco 2.5 Ecotec Flex passaram por reajustes de preços que, de acordo com a Chevrolet, ocorreu devido o custo da nova tecnologia de injeção direta.

Abaixo, versões e preços da linha 2015 da Chevrolet S10:

– LS 4×2 Cabine Simples – 2.4 Flexpower – R$ 69.800;

– LS 4×2 Cabine Dupla – 2.4 Flexpower – R$ 79.200;

– LT 4×2 Cabine Dupla – 2.5 Ecotec Flex – R$ 86.400;

– LT 4×4 Cabine Dupla – 2.5 Ecotec Flex – R$ 92.400;

– LTZ 4×2 Cabine Dupla – 2.5 Ecotec Flex – R$ 97.700;

– LTZ 4×4 Cabine Dupla – 2.5 Ecotec Flex – R$ 103.700;

– LT 4×2 Cabine Dupla – 2.8 Turbodiesel – R$ 111.500;

– LTZ 4×2 Cabine Dupla – 2.8 Turbodiesel – R$ 131.000.

Por Caio Polo

Chevrolet S10 2015

Chevrolet S10 2015

Fotos: Divulgação


O Chevrolet Onix está tão bem em suas vendas que acabou competindo com dois modelos da linha de produtos da marca norte-americana: o Agile e o Sonic. Os dois veículos perderam espaço para o Onix e foram vítimas de seu sucesso, deixando de constar no site oficial da Chevrolet no Brasil, tendo suas importações interrompidas.

Os números mostram uma expressiva diferença entre as vendas do Onix, Agile e Sonic, justificando a decisão da Chevrolet em paralisar a importação destes dois últimos carros.

Foto: divulgação

Segundo informações da Fenabrave, desde o começo do ano até o mês de agosto, o Onix foi responsável por emplacar 91.236 unidades, sendo o terceiro carro mais vendido no mercado nacional. O Agile e o Sonic hatchback, por sua vez, registraram a venda de 9.547 e 4.246 unidades, sendo o 37ª e 49ª veículos mais comercializados do início do ano até agosto, respectivamente.

Além da versão hatch, o Sonic em sua carroceria sedan, que emplacou 2.706 unidades no mesmo período dos outros modelos citados, também sai do portfólio da Chevrolet no Brasil. Nessa modalidade de mercado, o Sonic sedan tinha uma competição interna com o Cobalt, que emplacou 28.589 carros, sendo o 19º modelo do ranking no acumulado deste ano, bem como com o Prisma, que é o décimo veículo mais vendido do Brasil com 54.474 unidades.

Foto: divulgação

Outro ponto em relação ao Prisma está no fato deste ser derivado da mesma plataforma do Sonic, ser fabricado no Brasil e, portanto, ter um preço mais em conta, garantindo uma vantagem sobre o modelo importado.

Deste modo, com a retirada do Sonic, a Chevrolet deixa de possuir um carro que representa a marca na categoria dos compactos premium. Contudo, o modelo pode ter sua importação retomada no futuro, diferentemente do Agile, que não está mais nos planos da GM devido ao sucesso do Onix.

Derivada do Agile, mas não tendo nenhuma concorrência interna, a picape compacta Montana continua presente no site oficial da Chevrolet.

Por fim, com a suspensão da importação do Agile e do Sonic, que vinham da Argentina e do México, respectivamente, a Chevrolet terá espaço na cota de importação para aumentar a quantidade de importação do utilitário Tracker, que vem obtendo bons índices de vendas e que é importado do México.

Por Caio Polo

Foto: divulgação


Os amantes de carros estilo picape podem comemorar a entrada no mercado da nova Montana 2015, da marca Chevrolet. O carro está entre os modelos mais vendidos da categoria no Brasil, segundo informações do jornal “Agora”. O novo modelo lançado também conta com direção hidráulica.

Uma das principais novidades no automóvel da Chevrolet é a inclusão de um suporte específico para transportar bicicletas. A Monatana versão LS tem o preço aproximado de mais de R$ 37 mil para o bolso do consumidor.

Pode-se dizer que o modelo da Chevrolet apresenta custo-benefício para quem utiliza o carro para trabalhos na zona rural, mas também pode ser utilizado facilmente, e com eficácia, nas vias urbanas. A versão LS ganhou ar-condicionado.

A Montana 2015 também vem com frente em meio a faróis metalizados. Segundo informações do site da montadora, a caçamba suporta até 768 kg e possui estribos laterais que facilita o acesso.

O motorista também pode contar com itens como bancos individuais – acompanhados de apoios de cabeça que podem ser regulados -, vários porta-objetos e tomada de 12v, localizada no console central do veículo.

Com motor de 1.4 EconoFleX de 4 cilindros, o carro possui injeção multiponto com comando único de válvulas, que conta com alcance de potência máxima de aproximadamente 102 cva 6.000 rpm. Lembrando também que o automóvel possui air bag duplo frontal, os quais podem amenizar colisões mais intensas.

Outro item é a suspensão dianterira McPherson independente, com amortecedores telescópicos hidráulicos, de acordo com a Chevrolet. A suspensão traseira também possui molas helicoidais tipo "barril" progressivas, freios dianteiros a disco e traseiros a tambor.

O computador de bordo da Chevrolet Montana monitora o consumo médio de combustível, temperatura externa e possui também relógio. O sistema de áudio é composto por rádio AM/FM, CD, MP3, WMA player, Bluetooth, entrada USB e reconhecimento de voz, com discagem automática do celular.

Por Letícia Veloso

Foto: divulgação


Depois de lançar a série especial Advantage para o sedan Cobalt e o monovolume Spin, a Chevrolet lança nesta última semana de junho a edição especial para o sedan compacto Prisma. A edição Advantage, que se destaca em relação às configurações convencionais pelo visual mais esportivo e um pacote de equipamentos de série mais completo, chega ao Chevrolet Prisma 1.0 com preço sugerido de R$ 44.776.

Visualmente, a série especial Advantage adiciona ao Prisma itens exclusivos, como os faróis com máscara negra, acabamento na coluna central, das janelas e do retrovisor externo em preto brilhante, faróis de neblina, molduras de proteção lateral, aerofólio traseiro integrado à tampa traseira do porta-malas e rodas de liga leve de 15 polegadas com acabamento em cinza escuro.

Outro detalhe do Chevrolet Prisma edição Advantage é a disponibilização do modelo com apenas três opções de cores para a carroceria: Branco Summit, Prata Switchblade e Cinza Mond.

Na parte interna, o modelo dispõe do mesmo acabamento das versões tradicionais, contudo, a série Advantage acresce alguns detalhes personalizados, como os tapetes em carpete, bem como o porta-objetos do painel e do console central com revestimento na cor cinza.

Além disso, o sedan ainda conta com volante multifuncional e o MyLink, sistema de entretenimento da Chevrolet, dotado de uma tela de LCD touchscreen com 7 polegadas que abrange diversas funções, como sistema de som, o sistema de navegação via satélite (GPS), entrada USB e conexão Bluetooth. Para completar, o sistema MyLink ainda traz também o aplicativo BringGo, específico para navegação.

Opcionalmente, o Chevrolet Prisma Advantage pode ganhar ainda bancos com revestimento em couro, câmera de segurança para manobras em marcha ré com exibição da imagem na tela touchscreen e o módulo de TV compatíveis com o sistema multimídia MyLink.

Mecanicamente não há nenhuma alteração, e portanto, o modelo vem equipado com com o motor SPE/4 1.0 8V capaz de entregar até 80 cv e torque de 9,8 kgfm, quando abastecido com etanol. Acoplado ao bloco está um câmbio manual de cinco velocidades.

A Chevrolet ainda oferece ao Prisma garantia de três anos sem limite de quilometragem.

Por Caio Polo

Foto: divulgação


O Camaro no Brasil foi um carro que obteve grande êxito em seu lançamento e considerado um dos veículos mais bonitos e visados pelos compradores. O design inovador e o modelo esportivo encantaram os consumidores que se faziam cada vez mais presentes circulando pelas ruas que integram distintas cidades do país.       

O Camaro Amarelo ficou mais conhecido e apontado que as demais cores existentes para o modelo, através da música lançada pela dupla Munhoz e Mariano, onde o mesmo foi protagonista e atuou com aparência ostentadora. Produzido com características realizadas especificamente para sua composição e exclusividade, por muito tempo se tornou evidente aos admiradores de automóvel, e àqueles que preferem consumir o produto a apenas observar.

Chega ao mercado a inédita produção do modelo que demonstra além de estética, um design inovador, direcionado ao conversível do muscle car. O valor inicial é R$ 239.000. A GM proporcionou aos clientes uma nova sensação de dirigir algo que estará em percurso e permitindo a corrente de circulação natural, e vista expansiva, promovendo conforto e paisagens naturais de uma maneira diversificada e única.

O veículo chegou ao Brasil em 2010 e desde então ocupa o primeiro lugar em vendas entre o design especificado, ou seja, esportivo. É exaltado em modelo cupê, e agora com o conversível espera-se a mesma repercussão e maior porcentagem na quantidade de vendas.

O que irá sugerir uma grande diversificação de um carro para outro é a capota em lona, que provoca uma nova visibilidade e interesse em conhecê-lo a fundo, até o momento de resolver adquiri-lo.

A capota de lona foi realizada juntamente com a equipe direcionada a cobertura do Corvette. Tal junção foi decidida para que a qualidade do produto continue superando as expectativas e proporcionando credibilidade ao carro. O novo acessório é recolhido de forma elétrica, porém, para que seja ativada é necessário destravá-la por uma alça que se encontra perto do espelho retrovisor.

Apesar de ser uma produção inovadora, o mecanismo utilizado para realizar tal recolhimento é antigo, e exige força. Por isso, é imprescindível que ao fechar o tempo não espere a chuva iniciar e nem o vento propagar, pois o tempo implicado se resulta em 20 segundos.

O desempenho de atuação do veículo é expressa de maneira positiva pelo Small Block 6.2 V8 de 406 cavalos de potência a 5.900 rpm e 56,7 kgfm a 4 mil giros. Dessemelhante ao mercado norte-americano, no Brasil será vendida apenas a versão integrando o câmbio automático de seis velocidades. 

O carro pode chegar aos 100 km/h em apenas 6,4 segundos, e de acordo com informações transmitidas pela Chevrolet, apesar de ter conseguido manter o nível de ruído interligado à versão anterior, exibe sensações diferentes para o motorista e o passageiro. Enquanto o modelo cupê permite a sensação de estabilidade, a versão conversível tem a vibração constante da capota, mesmo que o veículo esteja a menos de 100 km/h.

Por Lorena de Oliveira           

Chevrolet Camaro Convers?vel

Foto: Divulgação


Atual modelo mais vendido da Chevrolet, com 13.248 unidades comercializadas no mês de abril, o Onix em sua a linha 2015 chega ao mercado brasileiro com algumas novidades em seu pacote de equipamentos e acréscimo de R$ 700 em sua versão de entrada (LS). Partindo dos R$ 33.890, o Onix 2015 tem preços até R$ 51.740, na versão LTZ 1.4 com câmbio automático de seis velocidades.  

Embora tenha encarecido, a versão de entrada (LS) do Onix equipada com motor 1.0 passa a oferecer de série o sistema de ar-condicionado. Com isso, desde a configuração mais básica o modelo conta com freios ABS com EBD, airbag duplo, direção hidráulica, cintos de segurança dianteiros com ajuste de altura, painel de instrumentos com iluminação em dois tons, velocímetro com display e iluminação em LED e bancos do motorista com regulagem de altura

Houve mudanças também na versão topo de linha (LTZ 1.4), que agora dispõe de um pacote que adiciona ao veículo o volante multifuncional com comandos de som e conectividade com o telefone via Bluetooth, bem como a transmissão automática com seis marchas.

Disponível de série na versão 1.4 LTZ, o sistema de entretenimento MyLink, que agora é oferecido opcionalmente na versão LT 1.0 ou LT 1.4, abrange diversas funções do veículo, como as funções de rádios, acessar o assistente pessoal Siri do Iphone, efetuar e atender ligações em viva-voz, além de contar com conexão via Bluetooh, entrada auxiliar e USB.

Mecanicamente não houve alterações e, portanto, o Onix 2015 mantém as mesmas opções da linha anterior, podendo ser equipado com motor 1.0 8V Flex com até 80 cv e torque de 9,8 kgfm com etanol, ou com o motor 1.4 8V Flex que entregar até 108 cv e torque de 13,9 kgfm quando abastecido com etanol.

O motor 1.0 trabalha sempre em conjunto com o câmbio manual de cinco marchas, enquanto que o bloco 1.4 pode vir associado ao caixa manual ou a transmissão automática de seis velocidades.

Abaixo, preços e versões do Chevrolet Onix 2015:

– Onix LS 1.0 – Manual – R$ 33.890
– Onix LT 1.0 – Manual – R$ 38.990
– Onix LT 1.4 – Manual – R$ 42.890
– Onix LTZ 1.4 – Manual – R$ 48.190
– Onix LTZ 1.4 – Automático – R$ 51.740

Por Caio Polo

Foto: divulgação


A Chevrolet lançou no mercado brasileiro a linha 2015 do Prisma. Mantendo o mesmo visual e não apresentando nenhuma alteração mecânica, o Prisma 2015 traz algumas novidades em sua lista de equipamentos de série, mas também teve seu preço aumentado, com versão inicial (1.0 LT) partindo dos R$ 41.290, chegando até R$ 54.740, na versão LTZ 1.4 com câmbio automático de seis velocidades.

Embora tenha encarecido, a versão de entrada (LT) do Prisma equipada com motor 1.0 trará de série o sistema de ar-condicionado, oferecido opcionalmente na linha anterior. O sistema de entretenimento MyLink, por sua vez, continua sendo item opcional, vendido a parte por R$ 1.400.

Houve mudanças também na versão topo de linha (LTZ 1.4), que agora dispõe de um pacote que adiciona ao veículo o volante multifuncional com comandos de som e conectividade com o telefone via Bluetooth, bem como a transmissão automática com seis marchas, por um acréscimo de R$ 3.550 e elevando o preço do Prisma 2015 aos R$ 54.740.

Além disso, a Chevrolet agora oferece para o sedan, por R$ 1.150, a nova opção de cor metálica Cinza Mond.

Outro carro que sofreu um reajuste em seu preço foi o Chevrolet Classic. Estreando a linha 2015 do sedan compacto veterano, o modelo ficou R$ 2.800 mais caro, sendo vendido a partir dos R$ 30.590.

O aumento é justificado pelo aumento em sua lista de itens de série, já que agora o Chevrolet Classic vem com ar-condicionado, airbag duplo, freios ABS e preparação para instalação de som desde a versão mais básica (LT).

A versão mais completa do Classic 2015, equipado com direção hidráulica, vidros e travas com acionamento elétrico é vendido por R$ 32.690.

Em contrapartida, a edição especial Advantage do Classic 2015 está R$ 400 mais barato que a linha anterior. Vendido por R$ 33.770, o veterano em sua edição limitada vem com ar-condicionado, direção hidráulica, CD Player com leitor MP3/WMA, conexão via Bluetooth, entrada auxiliar e leitor USB, display digital que informa a data, horário e temperatura, rodas de alumínio de 14 polegadas, além de travas, retrovisores e vidros com acionamento elétrico.

Abaixo, versões e preços da linha 2015 do Chevrolet Prisma:

– Prisma 1.0 LT – Manual – R$ 41.290
– Prisma 1.4 LT – Manual – R$ 45.890
– Prisma 1.4 LT – Automático –  R$ 50.790
– Prisma 1.4 LTZ – Manual – R$ 51.190
– Prisma 1.4 LTZ – Automático – R$ 54.740

Por Caio Polo

Foto: divulgação


Na segunda-feira (14) dessa semana, a General Motors americana mostrou algumas imagens do que seria o sedan Chevrolet Cruze 2015. O modelo será apresentado oficialmente no Salão de Nova York que acontece nos dias 18 a 27 de abril.

O novo modelo teve alterações significativas. A nova grade é bipartida e é inspirada no visual da dupla Impala/Malibu, só que mais chamativa e com ar de dominadora. Os faróis agora têm um filete horizontal cromado, enquanto a de baixo tem um formato de diamante com três filetes.

Para equilibrar com o conjunto de mudanças, o para-choque tomou uma forma de “U” invertido, e as extremidades possuem um cromado com luzes diurnas de LED. Outros equipamentos como faróis, traseira e lateral do carro não mudaram em comparação com a última versão do modelo americano, parecido com o Cruze produzido aqui no Brasil. O sedan chegou ao mercado brasileiro em 2011, e de lá para cá não teve mudanças. Agora, com as novidades anunciadas pela GM americana, o caminho mais provável é que a filial brasileira siga com alterações para o modelo este ano.

A principal mudança que a GM quer mostrar no Cruze 2015 é a maior interatividade do carro com o condutor. Agora o modelo vai ter uma conexão à internet em nível 4G, que pode servir tanto de roteador para aparelhos móveis e computadores portáteis como o novo comando de voz da Apple, o sistema Siri. Funcionando como um smartphone, o sistema multimídia permite que o consumidor baixe aplicativos na sua tela.

A marca promete que o modelo nos Estados Unidos será o automóvel não-híbrido mais eficiente do mercado, que pode ter um consumo médio entre 18 e 20 km/h e autonomia maior que a 1.100 quilômetros por tanque.

No país norte-americano, o Cruze 2015 vai ser disponibilizado nas versões LS (básica), LT (intermediária), RS (esportiva) e LTZ, todos a gasolina e nas opções Eco e Diesel. O Cruze 2015 também vai incluir dez airbags de série, câmera de ré e auxílio estacionamento.

Por Carolina Miranda

Chevrolet Cruze 2015

Foto: Divulgação


Na última sexta-feira (04), em homenagem ao festival de música Lollapalooza, a Chevrolet lançou o automóvel Onix Lollapalooza. O carro terá versão limitada apenas para homenagear o festival de música que aconteceu no Autódromo de Interlagos no sábado e domingo últimos. A marca também foi um dos principais patrocinadores do evento.

O preço do novo Onix da Chevrolet terá o preço de R$ 41.890 e o hatch virá com um motor 1.0 e com as opções de cores Azul Sky, Laranja Flame e Branco Summit.

O Onix Lollapalooza, como era de se esperar, vem com acessórios exclusivos em alusão ao festival de música. O carro vem com adesivos que remetem ao festival (na coluna C e na tampa do porta-malas), como acontece em séries especiais de carros que homenageiam alguém, ou alguma coisa. Outras listas de equipamentos com novidades podem ser opcionais ao consumidor. A Chevrolet vai lançar poucas unidades: apenas 4.000 Onix Lollapalooza.

O carro está equipado com um motor 1.0, que pode render até 78 cavalos de potência quando estiver abastecido com gasolina e 80 cavalos de potência quando estiver com etanol. O torque é de 9,5 kgfm e 9,8 kgfm respectivamente.

Além de oferecer apenas o motor 1.0, o câmbio também é apenas manual de cinco velocidades. A parte interna do hatch vem com tapetes, porta-objetos da linha de acessórios da Chevrolet e porta-óculos. Alguns detalhes do carro vem na cor laranja que dá um aspecto mais esportivo.

Alguns consumidores podem imaginar que este lançamento da Chevrolet do Onix na versão Lollapalooza significa que a marca está tendo prejuízos com o Onix original. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o compacto conseguiu 122.333 emplacamentos em 2013 e ficou na sétima colocação no primeiro ano de comercialização do carro.

O sucesso do veículo é visto pelas pesquisas, já que o Onix colocou veteranos como Renault Sandero e Ford Fiesta para fora do ranking dos dez mais. Neste primeiro trimestre de 2014, o Onix se encontra na sexta posição.

Por Carolina Miranda

Foto: divulgação


Quem acompanha o que anda sempre acontecendo no mundo das quatro rodas, com certeza se lembra que há pouco tempo a Chevrolet lançou uma edição especial Advantage para os seus carros: Celta, Spin, Cobalt e Classic. Para sermos mais exatos, isso ocorreu em setembro de 2013. Agora, a marca já está incluindo o Prisma neste mesmo portfólio.

A data em que a novidade será disponibilizada ao mercado para compra ainda não foi divulgada pela Chevrolet. Além disso, o preço do veículo também não foi informado. Apesar das poucas informações, o mundo automobilístico já espera com ansiedade para ver este novo modelo nas ruas.

A Chevrolet também não mencionou sobre quais possíveis itens novos o Advantage será equipado, embora segundo as especulações do mercado o carro virá com rodas de alumínio e será vendido unicamente na cor cinza Mond. Há também quem especule que o modelo também contará com um pacote de equipamentos diferenciados.

Bem se sabe que nos modelos anteriores, a marca procurou oferecer ao mercado vantagens no preço dos automóveis. Atualmente o modelo do Prisma é vendido por R$ 38.390 (versão com motor 1.0 de 80 cv e câmbio manual de 5 velocidades) ou por R$ 42.990 (versão com motor 1.4 de 106 cv).

O Prisma é característico por sua direção leve e precisa, além de seu sistema de áudio e acabamentos refinados. Na versão 1.4 do automóvel o motorista sente um solavanco na realização de mudança de marchas, o que pode causar certo incomodo ao motorista.

A versão 1.4 com câmbio automático ainda apresenta um consumo de 11,8 km/l usando etanol.

Agora quem ama carros deve aguardar até que a Chevrolet coloque mais essa máquina para desfilar nas ruas brasileiras.

Por Igor Lima 


A Chevrolet lançou no mercado brasileiro a série Advantage para o sedan Classic, edição especial que já está disponível nas concessionárias da marca. Entre os diferencias estão alguns itens de conforto, de conveniência e estéticos, além de ser vendido exclusivamente na cor Cinza Mond.

Pelo preço sugerido de R$ 34.170, o sedan compacto é o quarto veículo da Chevrolet a ganhar a série Advantage, que desde setembro do ano passado está disponível para Celta, Spin e Cobalt.

Entre os itens de série, o Classic Advantage vem com freios ABS com EBD, airbag duplo, direção hidráulica, sistema de ar condicionado, porta-revista no banco do passageiro, travas elétricas nas quatro portas, fechamento automático “Keyless Entry System”, alarme antifurto, vidro com acionamento elétrico nas portas dianteiras com “one touch”, antiesmagamento e fechamento automático pela chave, além das rodas de liga leve de 14 polegadas. Ainda na parte externa a versão Advantage do Classic traz adesivos de coluna e nos retrovisores pintados na cor preta brilhante (High Gloss), além das molduras laterais na cor do carro e emblema alusivo da edição especial nas portas.

Na cabine o sedan ainda dispõe de um acabamento bem inferior quando comparado aos seus últimos lançamentos. No entanto, a marca da “gravata” tentou melhor a aparência adotando a nova cor interna “Cinza Aquarium”, que foi utilizada no console central, na manopla do câmbio e nos botões da buzina do volante. Além disso, passou a oferecer o TID (display digital que informa a data, hora e temperatura) na parte superior do console central e o sistema de som com CD Player, entradas USB, auxiliar e conexão Bluetooth.

Mecanicamente não há novidades e o sedan compacto mantém o motor 1.0 Econo-Flex que entrega 77 cv e torque de 9,5 kgfm com gasolina, ou 78 cv e 9,7 kgfm de torque quando abastecido com etanol. 

Por Caio Polo

Chevrolet Classic Advantage

Foto: Divulgação


Comprar um carro nos dias de hoje é o sonho de muitos brasileiros, haja vista o conforto e acessibilidade que oferece ao realizarmos as tarefas diárias. Contudo, ao comprar um veículo é bom estar atento às comodidades que eles oferecem e verificar qual deles se adaptam melhor ao seu estilo. Assim, vamos abordar nesta matéria os carros mais vendidos do mundo, que têm feito o maior sucesso e pode ser um de seus companheiros na estrada futuramente.

Primeiramente, a montadora que figura entre as 10 maiores montadoras globais em vendas é a Toyota, seguida por Volkswagen e Ford. Entretanto, é dessa última o modelo mais vendido no mundo, com o carro Ford Focus na lista com mais de 1 milhão de unidades vendidas em 2013.

Em segundo lugar temos o Toyota Corolla, como o segundo veículo mais comercializado em 2013, com pouco mais de 850 mil unidades vendidas. Posteriormente, temos o F-series da Ford, com 751.674 unidades comercializadas. Não podemos esquecer da Hyundai, que ficou em quarto lugar com seu famoso Elantra. A Chevrolet também entrou para a lista com o carro Cruze. Posteriormente, veio o sexto e mais vendido carro do mundo da marca Volkswagen que é o chiquérrimo Passat. A Toyota não deixa barato e tem investido cada vez mais em seus veículos e aparece novamente na lista com o Toyota Camry, seguida do Honda CR-V e Ford Fiesta. Por fim, em décimo lugar ficou o Civic da montadora japonesa Honda, como o carro mais vendido no mundo.

Como visto, são carros ousados e elegantes que fazem o maior sucesso nas ruas e estão na lista como os queridinhos dos brasileiros. Para saber mais sobre qual veículo se adapta mais ao seu estilo, vá a uma concessionária e peça para fazer um teste drive. Verifique também se você prefere um carro mais urbano ou para estrada. Certamente o que não faltará em nenhum dos carros citados é conforto e durabilidade. 

Por Luciana Viturino

Ford Focus

Foto: Divulgação


Um cálculo elaborado pela corretora Economize no Seguro, a pedido da Revista Exame, mostrou um dado bastante interessante para o consumidor de veículos. Após realizar mais de 1.400 cotações com o intuito de calcular o valor médio dos seguros dos 20 carros mais vendidos do Brasil, o órgão chegou à conclusão que o veículo nacional com o seguro mais caro é a picape Chevrolet S10, enquanto o mais barato também é fabricado pela montadora norte-americana. Trata-se do Onix.

Para chegar à conclusão de quais são os 20 carros mais vendidos do Brasil, o órgão baseou-se nos números apresentados pela Federação Nacional dos Fabricantes de Veículos (Fenabrave). A partir desse ponto, os critérios avaliados passaram a ser a incidência de roubo dos modelos, o custo das peças de reposição e o perfil do cliente que adquire cada modelo avaliado.

A conclusão foi de que os carros que são utilizados para o trabalho estão sujeitos a um risco maior e, tratando-se de um utilitário, a S10 fatalmente acaba por ser usada para trabalho, o que aumenta sua exposição e, consequentemente, os riscos em torno da picape da Chevrolet.

Dentro do chamado ‘perfil do cliente’, a corretora criou a imagem de um homem solteiro, com cerca de 35 anos de idade, que tenha garagem em casa e no trabalho (fatores que normalmente diminuem o custo de um seguro de autos), more em um apartamento, em um prédio que conte com o auxílio do portão automático. Para dar um pouco mais de realismo ao teste, a corretora utilizou como base modelos zero quilômetro, sempre em suas versões mais básicas e que tenham alarme. O pernoite teve como base CEPs de cinco regiões da cidade de São Paulo.

Houve cotações em 14 das maiores corretoras de seguro que operam em território brasileiro e a base foi feita a partir da cobertura do valor total do carro, em até R$ 50 mil para danos materiais, dobrando esse valor em caso de danos corporais, além de assistência 24 horas e reposição de vidros.

Por Chris Lino

Foto: divulgação


O novo Chevrolet Colorado fez sua estreia oficial na última quarta-feira, dia 20, no Salão de Los Angeles, nos Estados Unidos. A picape apelidada de “irmã” da S10 nacional está com previsão de chegar ao mercado norte-americano já no início de 2014. O Salão de Los Angeles teve suas portas abertas ao público nesta sexta-feira. O evento acontece até o dia 1° de dezembro de 2013.

Uma das principais mudanças apresentadas pelo Chevrolet Colorado é na parte frontal do carro. O modelo agora conta com uma grade mais reta, a linha do capô também está mais elevada e há ainda o novo conjunto ótico. Tais detalhes fazem lembrar de outros modelos de picapes maiores da marca com a Silverado, por exemplo. Na parte traseira também foram feitas mudanças onde a alteração foi em relação às lanternas. Já as laterais não tiveram alterações. De acordo com as informações divulgadas pela Chevrolet deverão ser fabricadas carrocerias de cabine dupla e também estendida.

Já no que diz respeito à parte dos motores do Chevrolet Colorado a informação é de que ele será equipado com um bloco de 2.5 que conta com 4 cilindros e 196 cavalos. Também há um 3.6 V6, de 306 cv. Os dois serão acoplados a uma transmissão automática (exclusiva) de seis velocidades. Também foi informado que a partir do ano de 2015 a picape deverá receber o mesmo 2.8 turbodiesel Duramax da S10 brasileira de 200 cv.

A cabine do novo Colorado também sofreu certas alterações. Novos materiais de acabamento foram introduzidos. Além disso, há a tela sensível ao toque de 8 polegadas e um visor de 3,4 polegadas integrado ao painel de instrumentos. Um dos principais destaques será o já conhecido sistema MyLink.

Em relação à segurança o modelo conta com alerta de colisão frontal, de mudança involuntária de faixa, controle de estabilidade atualizado e auxílio de partidas em aclives.

Por Denisson Soares

Chevrolet Colorado 2015

Foto: Divulgação


Novo Agile 2014 O Agile 2014 já está pronto e tudo indica que será anunciado em evento organizado pela Chevrolet nesta quarta-feira (09/10/2013).

Tudo indica que o novo veículo chega ao mercado com mudanças sutis. A imprensa já teve acesso ao novo modelo, e ao que se pode observar as mudanças realizadas no modelo apontam que a linha Agile deve serdescontinuada em breve, uma vez que sua estrutura é toda desenvolvida sobre os chassis do velho Corsa e não suportarão atualizações de segurança exigidas por lei.

No entanto, motoristas que não se preocupam com a desvalorização do veículo, podem desfrutar de um Agile com lanternas, faróis e grade dianteira totalmente redesenhada. O modelo traz rodas tão largas que dão a impressão de um veículo bem mais largo do que realmente são. A traseira do Agile 2014 conta com para-choque aerodinâmico que melhora o desempenho do veículo. É fácil perceber que o novo Agile ganhou um ar mais esportivo, ao contar com saias e até mesmo o teto pintado de preto.

O Agile 2014 virá em duas versões: a LTZ, custando na faixa de R$ 45.000 e a Effect, com valor na casa dos R$ 50.000. Se o motorista desembolsar aproximadamente R$ 3.000 poderá levar para casa o Agile 2014 com troca de marchas realizadas pelo volante.

Por Fernando Setoue


Não demorou muito até que algumas informações sobre o novo Novo Chevrolet Tracker fossem reveladas.  O utilitário esportivo não inovou muito na parte interna, que continua bastante parecida com o Sonic, com destaque para o volante multifuncional em couro, display LCD de 7 polegadas, painel analogo-digital, porta luvas superior entre outros detalhes. Segundo a montadora, a SUV irá dispor de um motor 1.8 de 16 V de 144 cv de potência, rodas aro 18, suspensão alta, porte maior do veículo e uma posição mais elevada de direção.

O exterior do utilitário compacto topo de linha vem com apliques na cor prata e cinza na base dos para-choques, defletor de ar preto brilhante, friso cromado na tampa do porta-malas, barras cromadas dispostas de maneira longitudinal no teto, parte inferior dos pára-choques na cor preta, faróis de neblina e frisos cromados. Algumas concessionárias já oferecem o modelo para a venda por cerca de R$ 75.000.

Além desses detalhes, os itens de série presentes na versão incluem: ar-condicionado, sistema de som com integração ao navegador GPS, controle de velocidade de cruzeiro, todo o conjunto elétrico, freios ABS e air bags. Há duas opções de câmbio: manual ou automático de seis marchas.

O preço sugerido é considerado salgado para a categoria, que encontrará como principais concorrentes no Brasil o Ford Ecosport, que, além de ter se estabelecido muito bem por aqui, ainda possui valores 64.990 reais com uma configuração bastante semelhante à SUV da Chevrolet.

Por Ebenézer Carvalho


Os meses de setembro e outubro de 2013 reservam grandes surpresas para o mercado automotivo, já que sete eventos de grande porte acontecerão nesse período e movimentarão o segmento. Dentre as novidades, estão agendados alguns lançamentos das marcas Chevrolet, Ford e Jac Motors.

Já no dia 02 de outubro, a montadora Chevrolet apresentará as novas versões do Tracker e do EcoSport. Os carros serão importados do México e chegarão para reforçar o grupo de super carros esportivos, que atualmente é integrado pelo Trailblazer e pela Captiva.

No mesmo dia, a montadora de origem chinesa JAC Motors lançará a nova gama do J6. Dentre as mudanças no modelo estão alterações significativas na grade, mudanças nos faróis, para-lamas redesenhados e para-choques modernizados em termos de design.

Na mesma semana dos lançamentos anteriores, ocorrerá um evento na cidade argentina de Mendonza. Nessa exposição, a montadora Ford apresentará oficialmente a nova geração do Focus, um de seus modelos mais tradicionais. O carro será produzido na própria Argentina e será disponibilizado nas versões sedan e hatchback. Vale acrescentar que as vendas serão iniciadas em outubro mesmo.

Tudo indica que o Brasil será o próximo mercado onde o novo Focus será comercializado. Vale acrescentar que os valores de venda ainda não foram anunciados pelas três montadoras.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Agile 2014A Chevrolet fez as últimas divulgações do seu mais novo veículo, o Agile 2014. Ele estará à venda no mercado brasileiro a partir do mês de outubro de 2013, e se você está pensando em comprar um carro novo, veja as informações desse automóvel que promete ser um grande sucesso de vendas.

A marca Chevrolet fez algumas alterações em seu design exterior, como por exemplo, a sua dianteira que foi redesenhada, deixando o carro bem moderno e atrativo.

O seu para-choque traseiro recebeu um novo desenho com curvas suaves, e a dianteira ficou mais fina, e isso faz com que o símbolo da Chevrolet fique com um destaque maior.

Esse veículo terá duas versões, e um deles será composto por um câmbio manual de 5 marchas e a outra versão será automatizada Easytronic. Seu motor é 1.4 Econoflex capaz de produzir uma velocidade de até 97 cavalos.

Por dentro, Novo Agile 2014 conta com itens de última geração, como por exemplo, o volante com controles de som de voz, retrovisor elétrico, sensor de estacionamento, direção hidráulica, áudio com entrada para MP3 e USB, ar condicionado digital, entre outros.

Aguarde o lançamento para conferir todos os detalhes desse automóvel que promete ser um grande sucesso.

Por Josiane Fernandes de Jesus


A empresa Chevrolet já confirmou que em breve lançará no mercado automotivo o novo Sonic. A nova edição do tradicional modelo será disponibilizada em duas versões de carroceria: sedan e hatch.

O Sonic 2014 hatch será encontrado nas opções LT e LTZ, já o sedan será disponibilizado apenas na versão LTZ. O hatch básico LT contará com direção hidráulica, ar condicionado, freios ABS, rodas de liga leve com 15”, airbag duplo e câmbio manual com 5 marchas. O preço de venda do LT será de R$ 48.190. Vale destacar que o câmbio automático e o  sistema cruise control é um atributo opcional.

A nova versão LTZ hatch conta com modernos bancos de couro, rodas aro 16”, câmbio automático de seis marchas, faróis de neblina, volante com controle e sistema multimídia MyLink. Essa versão será vendida pelo preço de R$ 56.490.

A versão sedan LTZ, por sua vez, vem equipada com os mesmos itens do hatch, porém, o carro é bem maior. O valor de venda nesse caso será de R$ 59.490. De acordo com a Chevrolet, todas as opções de modelos contam com motor 1.6 de 16V, capaz de gerar entre 116 e 120 cavalos, a depender do combustível.

O Sonic 2014 será encontrado nas cores: Cinza, Azul, Branca, Preta, Prata e Vermelha.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A produção do Classic na montadora da General Motors em São José dos Campos foi prorrogada até dia 31 de dezembro, desta forma, a manutenção do pessoal também ficará protegida até esta data.

Numa reunião ocorrida na última sexta- feira, 23 de agosto, entre a direção da GM e os metalúrgicos da empresa, o Diretor de Assuntos Institucionais da montadora, Luis Moan, afirmou que o Classic continuará sendo produzido na Montagem de Veiculos e Motores.

Com esta resolução, a empresa decidiu estender o prazo para o plano de demissão voluntária até dia 08 de setembro. Ao todo serão 890 funcionários que terão a opção de participar do plano, entre os trabalhadores da linha de produção e os supridores e abastecedores de insumos e acessórios.

Este plano beneficia o empregado com uma série de vantagens como a manutenção do seguro saúde até abril de 2014, recebimento de até cinco salários para funcionários ativos, assim como dois salários para aposentados. No período que o funcionário tem para a adoção do plano, ele receberá licença remunerada até dia 08 de setembro.

Segundo o diretor Moan, a empresa espera que 850 pessoas aproximadamente participem do plano e informa também que a produção do veiculo continuará, entretanto numa velocidade de produção bem menor e com número reduzido de funcionários trabalhando na planta até dezembro.

Por Melina Menezes


Chevrolet Impala 2014O Chevrolet Impala 2014 está chegando ao mercado automotivo com toda pompa. É que no site oficial da Chevrolet a propaganda oficial está sendo veiculada em grande estilo. O carro, que sempre teve muito espaço na mídia, promete continuar agradando os apaixonados por carros e ganhando força no mundo inteiro.

O Impala está há 9 gerações no mercado, sendo que a primeira foi lançada em 1958 e a 10ª deve ser apresentada em 2014. De acordo com o site, o modelo une tradição e ruptura, requinte e imponência. O conceito da campanha é "A Reinterpretação Deslumbrante", o que sinaliza uma renovação pautada na beleza do automóvel.

Quanto às configurações mecânicas, o carro vem com propulsor 2.4, 2.5 e também  3.6 V6 (versão top de linha), capaz de gerar 307 cavalos de potência. Vale destacar que todas as versões contam com câmbio automático com seis marchas.

O modelo em questão já está sendo vendido desde janeiro de 2013, entretanto não chegou ao Brasil. Cumpre salientar que embora o carro seja bastante atraente, não há previsão de lançamento em nosso país. A torcida é para que não demore muito.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


O Classic Sedan 2014, da Chevrolet, não mudou em termos visuais. O Classic que é, em sua história,um dos carros mais vendidos por sua montadora, dessa vez apresentou poucas novidades para seus consumidores.

Agora, no entanto, ele tem mais dois tipos de cores que podem ser escolhidas: o cinza ou o modelo de tonalidade azul. Esse automóvel também é equipado com  travas elétricas nas quatro portas, freios ABS , airbag duplo e ar-condicionado.

Já o motor do veículo, que é 1.0 flex, consegue desenvolver 78 cavalos quando estamos falando de potência. Outras características desse carro, por seu turno, é que ele também é revestido por vidros elétricos com sistema de um toque e sensor antiesmagamento.  

No mais, de acordo com o Jonal do Comércio, a Chevrolet sempre teve o prefil de fazer pequenas mudanças em seus automóveis de categoria popular.Outro exemplo disso seria o Celta. Seja como for, em relação ao valor, ao preço de mercado,o Classica Sedan 2014 está custando aproximadamente  R$ 26.790.

Portanto, caso o leitor tenha gostado desse carro, vale dizer que o mesmo já está disponível nas redes autorizadas. O Classica da Chevrolet quer continuar sendo um campeão de vendas.

Por Madson Lima de Oliveira


No último domingo, 14 de julho, a Chevrolet apresentou o novo Tracker. A pré-estreia do modelo aconteceu em um evento realizado em São Paulo, após ter sido protagonista da nova campanha publicitária da montadora, transmitida em rede nacional durante o intervalo do Fantástico.

O veículo foi lançado no segundo semestre do ano passado na Europa, batizado de Trax, e não é nem parecido com seu homônimo anterior, que era similar ao Suzuki Grand Vitara. O novo Tracker é compacto e aproveita a plataforma do Sonic, sua data de lançamento por aqui deverá acontecer ainda no segundo semestre, provavelmente em outubro.

A Chevrolet o trará como principal novidade para este ano, como forma de continuar o processo de renovar sua linha de produtos, com promessa de conclusão para até o ano que vem.

O SUV chegará em duas versões de acabamento, a LT e LTZ, as duas vendidas de série com frios ABS e airbag duplo. Como opção de entrada o automóvel contará com rodas de aço de 16 polegadas e a versão mais cara contará com liga leve de 18. A GM deverá escolher o motor 1.8 Ecotec para o veículo, que conta com 140 cv.

As principais concorrentes do Tracker serão o Ford EcoSport, Renault Duster e o Peugeot 2008 que ainda será lançado.

Por Felipe Santos Bonfim


A Chevrolet anunciou recentemente as novidades que farão parte do sedã Cobalt da linha 2014. Uma das novidades divulgadas pela montadora foi o sistema multimídia MyLink que será um item de séria para versão LTZ, a top de linha e que por isso mesmo também é a mais cara. O preço sugerido para o modelo começa no valor de R$46.690,00 para a versão com um motor 1.4. Para a versão 1.8 esse valor deve subir para R$49.290,00.

O sistema multimídia MyLink permite que usuário tenha acesso a diversos itens de forma interativa. A tela de sete polegadas é sensível ao toque. É através dela que se torna possível acessar músicas, vídeos, aplicativos do celular no interior do veículo entre outras coisas. O sistema também permite que ligações telefônicas sejam realizadas usando Bluetooth.

Para quem gosta de personalizar um pouco seu carro o sistema ainda permite que usuário crie algumas configurações como, por exemplo, em relação ao travamento das portas ou ainda a avisos sonoros para faróis ligados.

Para quem achar que isso tudo é pouco ainda pode adquirir aplicativos específicos para o sistema que podem ser comprados via internet. Entre eles está o browser BringGo que disponibiliza mapas em 3d e atualizações em tempo real do trânsito. Já para os fãs de música outro aplicativo é mais do que indicado: O TuneIn permite que usuário sintonize 70 mil estações de rádio!

Por Denisson Soares


A montadora Chevrolet anunciou a linha 2014 do modelo Celta. Com novidades, o novo modelo vem com duplo airbag frontal e freios ABS como itens de segurança opcionais. Os itens de segurança serão obrigatórios por lei a partir de 2014.

Além desses itens, o modelo está com uma cor nova, o Cinza Sand, e também ganhou uma grade com contornos cromados.  

Contudo, tanto airbag quanto os freios ABS (sistema antitravamento) podem apenas ser adquiridos opcionalmente na versão LT de quatro portas do modelo.

Se adquiridos os itens de segurança (airbag frontal e freios ABS), o Celta 2014 fica no valor de R$ 31.490, já o modelo sem os sistemas de segurança fica no valor de R$ 29.190.  

A versão mais em conta do modelo é o LS, que tem duas portas e custa em torno de R$ 25.390.   O conjunto motriz ainda tem o motor 1.0 flex de 78 cavalos usando álcool e 77 cavalos usando gasolina, com câmbio manual de cinco velocidades.

Por André Barbosa


Embora a Chevrolet esteja comemorando os primeiros meses do ano com o sucesso em vendas dos seus carros populares e de luxo, a montadora norte-americana não para de ousar em relação aos seus novos lançamentos, tanto que, para este ano de  2013, a companhia vai surpreender muito com o lançamento do Onix, um carro modelo hatch que vai chegar para fazer a diferença em seu segmento.

A GM não forneceu mais informações de como vai ser o motor do Onix, nem tão pouco a sua potência, nem ser será flex e como será o seu espaço interno, mas, como será um esportivo – pelo que tudo indica – mas sabe-se que a Chevrolet ambiciona competir em pé de igualdade com o Veloster, da Hyundai e o i30 da mesma marca.

Bom mesmo é ficar no aguardo porque até final deste ano, o Onix vai dar o “ar da graça” nas concessionárias de todo o Brasil.

Ainda não há expectativa sobre qual o valor do Onix, mas será praticado dentro da lógica no mercado.

Fique no aguardo!     

Por Michele de Oliveira


A Chevrolet anunciou nesta semana mais um recall em seus veículos. Desta vez foram identificados problemas nos modelos Agile e Montana em um total de 13.373 carros afetados.

De acordo com a empresa, existe uma falha na fabricação dos tubos de alimentação e combustível desses carros que ocasionam danos em sua superfície interna.

Com isso, existem riscos de vazamentos de combustível podendo ocorrer, até, incêndios nos veículos com o problema.

Os veículos que integram este recall são para o modelo Montana os fabricados entre 19 de setembro de 23 de novembro de 2012 com chassis entre DB152440 e DB205070.

Já para o Chevrolet Agile as unidades adulteradas são as fabricadas entre 04 de outubro e 23 de novembro de 2012 com numeração do chassi entre DR141160 e DR175496.

Para realizar o serviço pode ser feito o agendamento pelo telefone 0800-702-4200, sendo que o serviço demora em média 15 minutos para ser realizado.

Por Ana Camila Neves Morais


A Chevrolet anunciou nesta quinta-feira, dia 13 de dezembro de 2012, o lançamento da linha 2013 do modelo Camaro.

A nova versão do esportivo vem com um motor V8 com 6,2 litros, câmbio automático de seis marchas e uma potência máxima de 406 cavalos.

Chevrolet Camaro 1LE Fonte: Exame.com

 

Além disso, o interior do Camaro ganhou muitas novidades como câmera de ré, rodas com novos desenhos, banco do motorista com seis posições reguladas eletricamente e um novo sistema multimídia de entretenimento com tela de sete polegadas sensível ao toque.

O Camaro 2013 já está disponível nas concessionárias da Chevrolet com valores a partir de R$203.000,00.

Por Ana Camila Neves Morais


Com um estilo popular, mas motor subdimensionado, a nova aposta da Chevrolet surpreende pelo desempenho na estrada. O Onix consegue se habituar bem às estradas de forma eficaz e agradável, mesmo possuindo motor 1.0. Quem experimentar pegar a estrada com este carro despretensioso conseguirá perceber que ele oferece conforto e não passa vergonha no desenvolvimento do motor.

Um ponto negativo é o fato de ele não suportar na estrada a utilização de algumas funcionalidades e desempenhar a mesma capacidade do motor. Um exemplo é o ar condicionado, que uma vez funcionando faz cair significativamente o desempenho do respectivo veículo na estrada. A estabilidade do Onix é incrível, pois, consegue realizar curvas em velocidades consideradas altas, mas sem perder a estabilidade e nem ficar passando a sensação de que está leve.

Como todo carro 1.0 o Onix às vezes, em uma estrada com morros e demais ladeiras, obriga a reduzir até a terceira marcha. Como se sabe, o Onix não é um carro dos mais indicados para estrada, todavia, se esse for o empecilho para uma aquisição fica claro que ele é razoavelmente bom. O nível de consumo é de 12,9 km por litro de gasolina, geralmente na média de 110km/h.

Este é um carro, que se pode dizer, completo e a preço popular. Mesmo há pouco tempo no mercado já conquistou um público fiel e que não troca o preço baixo e vantagens de um carro que mistura excelente design com preço baixo.

Por Sérgio Silva


O mais novo SUV da GM, o Chevrolet Trailblazer 2013, foi apresentado ao público brasileiro na última terça-feira dia 13 de novembro. A novidade foi anunciada à imprensa no Estado de São Paulo.

Com base da Nova S10, não obstante mudanças significativas no que toca ao conteúdo e a parte técnica.  O SUV estreia com características de robustez e modernidade. E claro, tudo com uma elegância clássica e conforto exigido por grande parte dos mercado consumidor. A ideia principal por trás disso é oferecer ao consumidor final um SUV 4X4 que apresente toda uma aura de força, vigor, poder e proteção sem ter que perder, ou deixar de lado um estilo confortável com características próprias da marca.

De acordo com as primeiras informações a respeito do valor da Chevrolet Trailblazer 2013, a previsão inicial é de que a mesma vá custar aos bolsos dos interessados cifras que vão se situar entre R$ 140.000 e R$ 180.000.

A Chevrolet Trailblazer 2013 será comercializada apenas na versão LTZ. De qualquer forma ela traz diversos itens de série e entre esses itens destacamos os seguintes: ar condicionado automático, airbag duplo, sistema de áudio completo, freios a disco nas quatro rodas e rodas de liga leve entre diversas outras coisas que valem a pena serem levadas em consideração.

Já no que diz respeito aos motores teremos os seguintes dados: um v6 3.6 movido a gasolina, 239 cv e 33,5 kgfm e um 2.8 diesel de 180 cv com 47,9 kgfm.

Apesar de ser um estreante o SUV da GM tem todas as características necessárias para se tornar um dos líderes de mercado nesse setor.

Por D. Soares


A Chevrolet cada vez mais investe na funcionalidade dos automóveis compactos e nessa linha, a montadora acaba de confirmar a apresentação do novo Onix no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, a ser realizado entre 24 de outubro e 04 de novembro de 2012.

A 27ª edição do evento no Pavilhão de Exposições do Anhembi será o cenário de outras grandes apostas da Chevrolet para o próximo ano.  

O Onix chega com tudo, apresentando um visual arrojado, design com linhas sinuosas, muito mais conforto e espaço interno, mesmo sendo compacto. O principal atributo do modelo é o sistema "MyLink", que conta com um telefone inteligente, além de vídeos e músicas  via USB ou tecnologia  Bluetooth. Como se não bastasse, o novo carro vem ainda com uma tela de LCD touchscreen que confere ao lançamento um ar moderno e requintado.

Na parte mecânica, o veículo é equipado com câmbio automático de 6 velocidades, sendo que a transmissão apresenta as mesmas configurações dos aclamados Sport6, Sonic e Cruze. O ponto alto nesse quesito é a eficiência, pois além de melhorar a performance, aumenta a economia. Segundo a montadora o carro custará em torno de R$ 30.000,00.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Chevrolet está apostando em um novo SUV para 2013. Trata-se do Blazer, que vem com uma roupagem muito mais moderna e evoluída que a versão anterior. Embora o nome remeta ao passado, o carro nem de longe lembra o antecessor, configurando-se de fato como um lançamento surpreendente, um utilitário inédito no mercado.

A versão que será fabricada no Brasil será igual ao modelo que circula na Tailândia. O modelo foi lançado oficialmente há três meses, no  Salão de Bangcoc, e dentre outras novidades, além da repaginação no visual, o veículo também teve sua plataforma alterada. A estrutura da versão atual do SUV é feita através de um monobloco reforçado e conta com uma funcional  suspensão independente localizada no eixo traseiro. Uma inovação e tanto!

O novo Blazer será comercializado com duas opções de propulsão. A primeira apresenta o motor  2.4 flex, que gera 147 cavalos de potência, e a segunda conta com o eficiente motor  2.8 turbodiesel que atinge 180 cavalos.

O carro chega para brigar de igual para igual com o consagrado Captiva e o seu valor de comercialização deve variar entre R$ 85.000 e R$ 150.000.

Por Larissa Mendes de Oliveira


O modelo da Chevrolet, Cruze Sport6,  já fez sua estreia em grande estilo no mercado automobilístico nacional no meio deste ano de 2012. Mas antes de fazermos alguns comentários a respeito dessa versão hatch do modelo que vem tendo um relativo sucesso entre os admiradores da marca no país, uma consideração básica é necessária: o “6” do Cruze Sport6 é uma clara referência à transmissão, automática ou manual, de seis velocidades do modelo.

A versão mais básica do Sport6 chega aos consumidores com um “aparato” satisfatório. Esta versão mais simples e com transmissão manual vai custar aos bolsos dos futuros condutores do modelo uma quantia que gira em torno de R$ 64.900,00.  Já quem optar por adquirir um LTZ, a “elite” vai ter que desembolsar cerca de R$ 79.400,00.

De qualquer forma as duas versões irão chegar ao consumidor aparelhadas com um motor 1.8 Ecotec6, propagador de 144 cv de potência máxima, a 6.300 rpm. Só que para isso é preciso que o modelo tenha sido abastecido com etanol.

De uma maneira geral, o hatch continua com os principais aspectos do modelo maior. Um exemplo disso é a distância entre os eixos, que continua com 2.685 mm. A Chevrolet, neste caso, preferiu não “aventurar” a operar mudanças de grande porte, e parece ter acertado já que o modelo foi bem recebido nos quatro cantos do mundo.

Por D. Soares


A picapeS10 de 1.672 kg e 5,37 metros conta com um incrível motor 2.4 flex que pode chegar em até 147 cavalos, sendo possível fazer 0 a 100 km/h em 13,1 segundos.

A boa notícia é que a S10 entrará no mercado brasileiro por um valor acessível, custando R$ 58.868 (LS), ou R$ 61.890 na versão LT.

Além da potência da picape, a mesma ainda conta com diversos itens que ajudam no conforto e segurança do veículo, com direção hidráulica, ar condicionado, computador de bordo, ABS, faróis de neblina, chave canivete e grade de proteção no vidro traseiro, alarme, rodas de alumínio aro 16, trio elétrico, protetor de caçamba e som. O cliente ainda pode optar por acrescentar uma capota marítima. O veículo está com um aspecto mais moderno e foi desenvolvido em parceria com a Tailândia.

A fabricante não mudava a S10 desde 2011, assim, essas alterações são muito significativas para os interessados pelo veículo. Já a capacidade de carga é uma das maiores do segmento, com caçamba de 2,32 m de comprimento e 1,53 m de largura (cabine simples) e 1.300 kg (com motor diesel).

Por Camila Caetano


Para os apaixonados pela Chevrolet, a marca lançou a versão Collection da Meriva e Zafira, que estarão com todo o equipamento diferenciado e um visual original e mais moderno, com alguns itens presentes apenas nestes modelos, como a cor Cinza Rusk, além das rodas de liga leve. Ainda, em todas as laterais do carro haverá um exclusivo logotipo, e o proprietário também terá um chaveiro diferente e ousado.

Todas essas novidades são recentes e foram mostradas nessa quarta-feira, 4 de julho.

A Meriva Collection estará equipada com regulagem elétrica dos faróis, retrovisores e vidros elétricos, ar condicionado, airbag, entrada para som com Bluetooth e outra auxiliar.

Com motor 1.4, sendo econômico e total flex, podendo chegar a 105 cavalos, esse veículo custará R$ 42.290, enquanto a Zafira terá um valor mais alto, saindo por R$ 68.990, sendo que ambos serão produzidos somente até o fim desse ano.

A empresa ainda alertou que a série Collection será limitada, com apenas 500 unidades para a Zafira e 1.100 para a Meriva, já que em seguida serão aposentadas e efetivamente substituídas pela Spin, que já foi apresentada pela marca.

Por Camila Caetano


A Chevrolet movimentou mais uma vez o mercado automobilístico, pois apresentou a primeira imagem oficial do seu novo utilitário esportivo: o Trax. Este novo carro será mostrado em todos os seus detalhes durante o Salão de Paris que acontecerá em setembro de 2012.

O Trax será comercializado pela montadora em mais de 140 países distribuídos ao redor do mundo, sendo que não será vendido nos Estados Unidos para evitar um comprometimento nas vendas do Equinox neste país; e no Brasil pode receber o nome de Enjoy competindo com modelos como o Ford EcoSport e o Renault Duster.

Apesar de ter sido mostrado ainda existem poucas informações técnicas com relação a este modelo. é sabido que este veículo foi montado sobre a plataforma global B que também produziu o Sonic em suas versões sedã e hatch.

Com relação ao mercado brasileiro, o Trax já circula pelas principais cidades do país, será equipado com motores 1.6 e 1.8 flex, terá um comprimento de 4,35 metros sendo 25 centímetros menor do que a Chevrolet Captiva e deve ser o novo carro de entrada da Chevrolet para o segmento de utilitários.

Portanto, seja com o nome de Trax ou de Enjoy, em pouco tempo estará disponível no mercado mais uma possibilidade de carro na modalidade SUV para os amantes de carros com espaço e conforto.

Por Ana Camila Neves Morais


O novo modelo da Chevrolet chamado Spin, chegou ao mercado brasileiro. O automóvel foi apresentado pela fabricante na quarta-feira (27/06), em São Paulo, e agora começa a ser vendido nas concessionárias pelo preço de R$ 44.590,00 na versão de entrada.

A Spin é uma minivan que possui cinco lugares no modelo mais básico, a LT com o pacote 1. Também existe a versão LT com o pacote 2, sendo que em ambos os casos, o câmbio é manual. O valor do pacote 2 é de R$ 45.990,00.

Existe também o modelo LT3, que possui câmbio automático por apenas R$ 49.690,00. Por último, a versão top de linha, a LTZ, tem capacidade para sete lugares pelo preço de R$ 50.990,00. A troca de marchas é manual por esse preço, sendo que o proprietário pode optar pelo sistema automático se estiver disposto a pagar R$ 54.690,00.

O motor de qualquer um destes modelos é 1.8 Econo.Flex e as rodas têm aros de 15 polegadas. Na versão LT, as rodas recebem calotas e o carro perde o rack de teto. Quanto ao design, o veículo foi inspirado no sedan Cobalt, tendo vincos nas laterais, volante igual ao do Cobalt e contorno no painel de instrumentos, etc. O porta-malas tem capacidade de 710 litros nas Spin com cinco lugares e de 553 litros para o modelo com sete lugares.

O modelo mais básico possui vários itens de série, como rodas de liga leve, travas e vidros elétricos, direção hidráulica e ar condicionado. Na versão básica, as rodas de liga leve e o CD são itens opcionais, mas são de série no modelo top de linha.

A Spin substitui a Meriva e a Zafira e começa a ser vendida em julho.

Por Matheus Camargo


A montadora Chevrolet apresentou o novo modelo da série Cruze, o Sport6, o objetivo da empresa é lançar sete novos modelos ainda neste ano.

O Cruze Sport6 passará a ser vendido ainda esse mês e contará com garantia de 3 anos, sem limite de quilometragem rodada. Os consumidores brasileiros poderão escolher entre duas versões de veículo, o LT e o LTZ. Vale lembrar que as duas versões possuem motor 1.8 e transmissões automática e manual com seis velocidades.

Com relação ao design, o veículo segue as características do sedã, de acordo com o diretor executivo da GM, Carlos Barba, o principal objetivo foi montar um carro que tivesse uma aparência dinâmica, mas sem deixar de lado a praticidade e a versatilidade, além do espaço interno.

Uma das características mais marcantes do lançamento é o seu teto arqueado, além da traseira mais curta que os demais veículos dessa categoria, o Cruze Sport6 é cerca de 9 centímetros menor.

O acabamento interno do lançamento da Chevrolet é feito com materiais texturizados  e suaves. As duas versões possuem sistema ABS com distribuição de frenagem eletrônica.

Os preços dos veículos variam entre R$ 64.900 a R$ 79.400, dependendo da versão escolhida.

Por Joyce Silva


A GM acaba de lançar o mais recente modelo da Chevrolet S10, o novo veículo foi todo remodelado e projetado no Centro de Desenvolvimento da empresa no país, tendo como base a arquitetura usada em picapes conhecidas como body-on-frame.

De acordo com a fabricante, o novo modelo pretende entregar ao consumidor final não só qualidade, como também versatilidade e alta performance.  O novo modelo da GM será voltado tanto para o mercado nacional quanto para o mercado do Mercosul, além da Tailândia. 

Com relação ao design, a nova S10 possui frente alta, e o novo modelo irá ganhar diferentes versões para atender um número maior de pessoas, ao todo serão três modelos de picapes diferentes. O desafio da equipe, segundo a própria empresa, foi criar três versões funcionais da mesma cabine que ficou dividida em cabine dupla, cabine estendida e cabine simples. 

Outro ponto da S10 são os seus faróis diferenciados. As lâmpadas usadas foram as halógenas para alguns modelos, em para outros foi usado um projetor responsável por modificar o desenho encontrado nos refletores, o mesmo foi usado nos faróis traseiros da S10. Na versão top as lanternas usam a tecnologia LED. 

Por Joyce Silva


A nova versão do Omega Fittipaldi da Chevrolet está mais incrível do que nunca. Trata-se de um lançamento que inova em todos os sentidos. O design é sofisticado e surpreendente, enquanto a potência não deixa a desejar. Com a tecnologia de alto padrão presente no modelo, o automóvel promete conquistar novos admiradores.

O  motor do Omega Fittipaldi 2012 gera até 292 cavalos de potência, número que garante um desempenho fantástico nas estradas. A versão conta ainda com cambio automático de seis velocidades.

Dentre os atrativos do lançamento, o display de LCD touchscreen com 6,5 polegadas merece destaque, pois apresenta um conceito moderno de entretenimento. Além disso, o kit multimídia possui conexão Bluetooth, entrada USB, capacidade de armazenar 15 CDS e  7 alto-falantes para reproduzir o som de maneira super diferenciada.

Em termos de visual, o Omega se configura como um carro jovial e ousado, com suas linhas elegantes. O para-choque, faróis de neblina, rodas de alumínio e grade frontal dão o toque de luxo tão marcante no veículo.

Como preza pela segurança, o carro possui airbags laterais e frontais, além de freios ABS.

Por tudo que o Omega Fittipaldi oferece, o preço de comercialização gira em torno de R$ 128.600,00, valor que segundo os especialistas, corresponde a um excelente custo-benefício.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A grande montadora General Motors anunciou recentemente que vai produzir uma nova geração do carro “Impala”, símbolo dos automóveis da década de 1950 nos EUA.

Em Oshawa, Canadá, sede de uma das fábricas da GM, serão feitos grandes investimentos de até US$ 68 milhões (aproximadamente R$ 126 milhões) para que o novo sedã tenha êxito na fabricação.

A indústria americana já havia anunciado recentemente investimentos da ordem de R$ 345 milhões e a criação de 750 empregos na mesma Oshawa para produzir o Cadillac XTS em 2012.

Além de Oshawa, o novo Impala também será fabricado em Detroit, Canadá, onde existe outra unidade da General Motors. Os executivos da empresa esperam que o decrescente sucesso do carro durante as últimas décadas possa cessar, havendo assim um grande aumento nas vendas.

O Impala já foi um dos grandes e maiores modelos luxuosos da Chevrolet. Lançado em 1958, o sedã ficou no topo de linha de produção até 1974. O recorde de vendas foi atingido em 1965 nos Estados Unidos quando chegou a marca de 1 milhão de unidades vendidas. Em 2006 foi produzida a última versão do modelo e contava com um motor 3.5 V6, produzindo uma potência de 211 cv, além da versão SS com um motor 5.3 V8 de 303 cv.

Por Manoel da Costa Junior


Desde o final de 2010 a Chevrolet prometia algumas novidades nos seus modelos vendidos no Brasil, sendo que uma das principais era a renovação da S10, que já estava no mercado brasileiro há muitos anos e tinha poucas modificações durante suas vendas.

A nova S10 foi apresentada na Tailândia há poucos dias. Lá a marca lançou a nova picape com o nome de Chevrolet Colorado. Em todo caso ainda não foi confirmado se no Brasil ela chegará se chamando assim, pois já é muito conhecida no mercado brasileiro como S10.

Mas essas novidades, principalmente de nomes, já estavam nos planos da empresa que pouco a pouco vem renovando sua frota, como agora com a chegada do Cruze e também do Cobalt, que vêm para substituir modelos já conhecidos e consagrados no mercado nacional.

De baixo do capô a nova S10 vai contar com duas opções de motorização, sendo um motor de 2.5 litros que irá render cerca de 150 cavalos de potência e uma segunda opção de 2.8 litros que vai render cerca de 180 cavalos de potência. Além disso, a picape será oferecida com câmbio manual ou automático, ambos de seis velocidades.

Em relação aos equipamentos a nova picape vai contar com os mesmos que já fazem parte da S10 que é vendida atualmente no Brasil.

Segundo a marca, o novo modelo deverá ser apresentado ao mercado brasileiro em janeiro de 2012, onde serão revelados também os valores de cada versão.

Por Sérgio Martins


A Chevrolet está estudando a viabilidade de trazer para o Brasil um dos seus modelos de grande sucesso na Europa. Trata-se do Aveo, também conhecido como Sonic, nos Estados Unidos, que pode chegar ao país em 2012 para entrar na briga do concorrido segmento de compactos, que já conta com o VW Polo, Fiat Punto, Honda Fit e o New Fiesta Hatch, cujas vendas estão próximas de se iniciarem.

Na Europa, o Aveo acaba de ganhar uma nova versão ecológica, equipada com motor turbodiesel de 1.3 litro, com opções de 75 cv e 93 cv de potência, que combinadas ao sistema start-stop, apresentam um bom índice de consumo de combustível, que em média fica em torno de 27,7 km/l, além de emissão de CO2 de 95 g/km. A gama é completada pelas versões oferecidas com os propulsores 1.2, 1.4 e 1.6 litro, movidos a gasolina.

Um dos problemas que pode atrapalhar a possível vinda do Aveo para o país é a alta do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os carros importados, decretada pelo Governo Federal recentemente.

Como o modelo é fabricado na Coreia do Sul e nos Estados Unidos, a sua importação para o mercado nacional pode fazer com que os preços praticados fiquem acima do esperado, que é na faixa de R$ 45.000 a R$ 55.000.

Por André Gonçalves


A fábrica da Chevrolet, em São Caetano do Sul, interior de São Paulo, abre as portas para uma nova edição do Mega Feirão de Fábrica Chevrolet, que vai oferecer ao público 5.000 veículos novos da marca, em condições especiais de preços e financiamentos, entre os quais planos sem entrada e com prazo de quitação para até 60 meses.

Uma das principais ofertas do feirão é o Celta LS 2011/2012, de quatro portas, que utiliza o motor 1.0. Ele estará com o preço a partir de R$ 25.590, para o pagamento à vista. Quem optar pelo financiamento, paga R$ 11.216,76 de entrada e financia o restante em 60 parcelas de R$ 399,90.

Já o Astra Advantage hatchback 2011/2011, com motor 2.0 litros, poderá ser encontrado a R$ 43.990, com opção de pagar 50% do valor na entrada e parcelar o restante em 24 vezes, com taxa mensal de juros de 0,99%.

Outras ofertas são o Prisma LT 1.4 2011/2012, com preço à vista de R$ 29.900; Corsa Maxx hatchback 1.4 2011/2012, com alarme antifurto, travas e vidros elétricos, por R$ 30.990 (à vista); e Montana LS 1.4 2011/2011, com direção hidráulica e computador de bordo, oferecida à vista por R$ 31.690.

Fonte: Chevrolet

Por André Gonçalves


Se você pensa em comprar um Chevrolet Malibu, a hora é agora! O modelo 2011 do sedã está sendo comercializado com descontos de R$ 10.000, nas revendedoras da marca em todo o país.

Especula-se que o bônus oferecido é por causa da chegada da nova geração do Malibu, prevista para acontecer entre o final de 2011 e o início de 2012. Até lá, a montadora norte-americana pretende aumentar as vendas da geração atual do sedã, que está bem atrás dos concorrentes diretos, Ford Fusion, Hyundai Azera e Hyundai Sonata, conforme dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Custando agora a partir de R$ 79.900, a versão LTZ do Malibu 2011 tem a lista de itens de série composta por rodas de alumínio aro 18, ar condicionado digital, computador de bordo, faróis de neblina, seis airbags, controle eletrônico de tração, controle de estabilidade, freios ABS com EBD, sistema Keyless, entre outros. Sob o capô está o propulsor Ecotec 2.4 litros, movido a gasolina, que desenvolve 171 cv de potência e torque de 22,1 kgfm. O câmbio é o automático, de 6 marchas, com a opção Active Select.

Mais informações podem ser encontradas no site da Chevrolet.

Por André Gonçalves


Quando trata-se de mercados sul-americanos de automóveis, o argentino, embora não possua no momento os números de vendas que o brasileiro apresenta, costuma sair na frente quando o assunto é o lançamento de modelos novos, estando quase sempre mais atualizado do que o Brasil. E para não fugir a regra novamente a Argentina recebe um lançamento. Já esta à venda no território argentino o compacto de última geração Spark da Chevrolet.

Modelo de dimensões reduzidas, porém de aspecto ágil, funcionalmente urbano e visual moderno e um tanto agressivo com seus grandes faróis frontais e boa aerodinâmica, o Spark foi desenvolvido pela General Motors da Coreia do Sul e já é comercializado em vários países desde 2010.

A versão LT do Spark atualmente vendida na Argentina, além do bom visual inclui boa lista de itens de série, tais como: ar condicionado, freios ABS e direção assistida, entre outros itens. Sua motorização é composta por um propulsor 16V de 1.2 Litros que gera 81 Cv de potência alimentado a gasolina, com transmissão manual de cinco velocidades e custa o equivalente a cerca de R$ 29.000.

Para o Brasil não há previsão de que o Spark seja comercializado. O que se fala é que a GM prepara um novo projeto que deverá ficar pronto até 2014 de um modelo inédito que será lançado no Brasil.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carros IG


Robusto e de estrutura sólida, o Captiva pode ser visto em várias ruas da cidade de São Paulo e de todo o país. Sua nova linha 2011 promete chamar bastante a atenção daqueles que já o tem ou então daqueles que pretendem adquiri-lo – além, é claro, dos amantes de carros.

A General Motors (GM) decidiu manter as três versões anteriores, que são a Sport V6 FWD, a Sport V6 AWD e a Sport Ecotec, na nova “leva”. As novidades começam num dos itens triviais na escolha por uma unidade específica: cor. A montadora incluiu duas novas tonalidades, a Cinza Mocha, exclusiva da versão V6, e a Preta Carbon Flash.

No intuito de conferir maior economia aos bolsos dos consumidores, melhor desempenho do automóvel e diminuição de gases nocivos à atmosfera, a fabricante adotou em toda a nova linha do Captiva o sistema Spark Ignition Direct Injection, ou simplesmente SIDI.

A motorização do Captive Ecotec é 2.4 16V, capaz de gerar 185 cavalos de potência, 15 cavalos a mais em relação à versão precedente. Além deste motor, a Chevrolet insere a transmissão automática/sequencial de seis marchas, o exato sistema aplicado no Malibu, também da montadora.

Ambas as versões Sport V6 do Captiva passam a contar com motor mais robusto em detrimento à linha anterior. A motorização deste é 3.0 litros, que movimenta o veículo através de 268 cavalos de potência.

Assim como na concorrência, a linha 2011 do Captiva conta com acionamento elétrico do freio de estacionamento e interior revestido em couro preto. Nas versões V6 há aquecimento de série e computador de bordo, bem como nova iluminação, a Ice Blue. As novidades, porém, não se limitam a essas, pois o modelo também possui sensor de chuva e sistema de Som Premium, com 10 alto-falantes.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: General Motors


O Hatchback Agile da Chevrolet já tem naturalmente seus atrativos de carro compacto e urbano, representando uma opção confortável e de bom rendimento no seu segmento.

Mas agora a montadora resolveu interagir com maior intensidade com os consumidores cariocas e lançou uma versão especial do Agile, com jeitão bem carioca e pinta de surfista. O modelo foi batizado de Agile Rico, em homenagem ao surfista Rico de Souza, famoso nas praias do Rio de Janeiro e vice-campeão mundial amador da categoria.

Além de ser uma versão do modelo exclusiva para o Rio de Janeiro, o Agile Rico ainda conta com outra novidade: uma prancha de surf como item de série e assinada pelo próprio Rico de Souza. E para encarar o universo do surf, o Agile, nesta nova e exclusiva versão, recebeu mudanças estéticas como spoilers e rack para levar a prancha, entre outros itens que aumentaram muito o seu espírito esportivo e o visual mais jovem e despojado.

Como itens opcionais contam os airbags e freios tipo ABS. Já o propulsor permanece o atual usado na linha normal, o Econoflex 1.4, que pode produzir 102 Cv de potência abastecido com etanol. Já abastecido com gasolina o motor produz 5 Cv a menos.

O preço sugerido para esta versão especial é de R$ 44.890 para que os cariocas, principalmente os amantes do surf, tenham um carro que é a cara do Rio de Janeiro.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carro Online


Um dos primeiros veículos da Chevrolet a possuírem a versão 2012 é o Celta, que agora tem como versão de entrada o LS 1.0 flex.

O novo veículo vem nas versões 2 e 4 portas, faróis escurecidos, lanternas com novo padrão de cores, formato moderno para os bancos e volante com adornos em alto relevo.

O veículo começa a ser vendido este mês nas concessionárias e parceiras Chevrolet. Propondo economia, força, boa revenda e baixo custo de manutenção aos compradores.

No site da Chevrolet os interessados podem consultar a ficha técnica do veículo, galeria de fotos etc.

O Celta LS 1.0 é vendido a partir de R$ 26.115,00.

Por Karina Silva


Quem quiser adquirir um Camaro, veículo esporte-luxo da Chevrolet, vai ter que esperar na fila. Segundo Dawson Zanetelli, gerente de marketing e produto da General Motors, foram encomendadas 1.000 unidades, mas devido a procura pela máquina, esse número teve que dobrar.

O veículo foi importado da fábrica da GM de Oshawa, no Canadá, e apresenta a versão SS, considerada top de linha, em 6 cores disponíveis ao gosto do freguês (branco, preto, prata, amarelo, azul e vermelho).

O Camaro SS está tabelado a partir de R$ 185.000,00, e vem com motor 6.2 V8, e é capaz de chegar de 0 a 100 km em 4,8 segundos. No site da Chevrolet, tem uma sessão dedicada especialmente ao Camaro, confira aqui.

Por Andrea Gomes


Onipotente para alguns, o Chevrolet Camaro é sinônimo de veículo seguro, que impressiona não apenas pelo design, mas também por seu potente motor. A General Motors (GM) afirmou recentemente que produzirá o modelo Z28, com lançamento estimado para 1º de janeiro do ano que vem.

Segundo informações oriundas da Quatro Rodas baseadas em site especializado, o exemplar irá dispor de motor V8 6.2 de 565 cavalos de potência e entre outras palavras, será top de linha da fabricante.

O Camaro Z28 contará com motor sobrealimentado, suspensão controlada por meios eletrônicos, bem como roda peculiares à versão e aerofólio traseiro remodelado. A GM indica que o sistema de câmbio será manual de seis marchas, que permitirá ao condutor juntamente aos demais fatores acelerar de zero a 100 quilômetros por hora em 4,1 segundos.

Por Luiz Felipe T. Erdei


O modelo Camaro da Chevrolet é o tipo de carro que virou culto pelo mundo. É simplesmente impossível encontrar um admirador de automobilismo que não seja apaixonado pelo carro.

Com previsão de lançamento para início de 2011, o modelo chega ao Brasil mais moderno, com design mais arrojado e um estupendo motor V8. Ainda há ocontrole de estabilidade, sensor de estacionamento traseiro e tração traseira entre outras tantas novidades e aprimoramento. Não foi divulgado ainda o valor do novo Camaro.

Para saciar a curiosidade e obter mais informações sobre o modelo acesse o site da Chevrolet e delicie-se!

Por Teresa Almeida


Um sedã de luxo com porte aristocrático e classe nas alturas. Com linhas que esbanjam elegância e um interior confortável e luxuoso, mas que estava um pouco afastado do mercado, apesar de ser o top de linha dos sedãs da Chevrolet. Este é o Omega, que volta agora com uma justa homenagem ao ex-piloto de fórmula 1 brasileiro, Emerson Fittipaldi e com preço de R$ 128.600, conforme matéria do site Carros IG.

De acordo com a matéria citada a Chevrolet colocará a venda a partir da segunda quinzena do mês de dezembro de 2010 uma nova versão do Omega com edição limitada de apenas 600 unidades que contará com algumas inovações, que segundo informações da montadora, tornam este modelo mais econômico.

Houve mudanças na motorização. O motor V6 de 3.6 Litros contará com injeção direta e sua potência passou dos 254 CV da versão passada para 292 CV de potência. O câmbio é automático com seis velocidades e vem com a possibilidade de trocas manuais. Além destas, pequenas mudanças no exterior deixaram o modelo mais moderno e mais leve.

No interior já luxuoso, agregou-se mais tecnologia com a instalação de uma tela multimídia LCD no console central onde se reúne diversos equipamentos de conforto, lazer e comodidade.

Ainda de acordo com a matéria citada, após a venda desta série limitada existe a possibilidade de que o Omega possa ser regularmente importado da fábrica da montadora na Austrália para abastecer o mercado nacional.

Por Mauro Câmara


A GM realmente não vive mais os seus dias de crise, e prova disto é o lançamento do VOLT, o primeiro carro elétrico da marca norte-americana.

Ele vem com 2 motores, o elétrico tem autonomia de aproximadamente 64 km, e o movido a gasolina servirá para abastecer o elétrico de energia, o que garante mais de 500 km rodados.

Depois de ligado, não se ouve nenhum barulho (afinal motor elétrico não emite ruídos altos) e seu desempenho é parecido com seu visual: agrada e não compromete.

Seu desenho é moderno, com ângulos retos, grade característica dos novos GM, traseira alta com aerofólio e rodas de alumínio com desenho bem moderno.

Seu preço ainda é salgado: por volta de US$ 41.000.

Por José Alberi


Uma nova opção para o segmento de minivans acaba de ser lançada pela GM. Trata-se do Chevrolet Orlando, que inicialmente, será vendido somente no mercado britânico, a um preço equivalente a R$ 43.700. O veículo estará disponível em três versões: LS, LT e LTZ.

Com relação aos equipamentos, ele sai de fábrica com ar condicionado automático, controle de cruzeiro, controle de estabilidade (ESP), seis airbags e rodas aro 16 ou 17, dentre outros itens. Além disso, ele é bastante espaçoso, podendo carregar até sete pessoas.

As opções de motor são o 1.8 16V, à gasolina, que pode alcançar 141 cv e duas versões 2.0 diesel, que podem atingir 130 cv (nesta, o consumo médio pode chegar a 20km/litro)e 163 cv. A transmissão de seis velocidades pode ser manual ou automática. Não há previsão de quando o Orlando vai chegar ao Brasil, mas quando vier, possivelmente irá substituir a Meriva e a Zafira.

Confira o vídeo de apresentação do veículo:

Por André Gonçalves


O Chevrolet Volt é uma das grandes apostas da GM no segmento de veículos elétricos. Por isso a montadora deve investir na instalação de postos de recarga em ocais estratégicos. Ao todo 5.300 postos devem ser instalados no estado de Michigan, aonde o Volt começará a ser vendido.

Além disso a GM anunciou que também instalará postos de recarga alimentados por energia solar dentro das fábricas da empresa, para serem usados pelo funcionários e servir de exemplo e incentivo para que as pessoas adotem postura sustentáveis.

Segundo a GM a quantidade de postos de recarga não é o mais importe. O local aonde eles serão instalados, sim. Por isso a montadora também deve instalar os postos em 1500 concessionárias da marca, para que possam ser utilizados pelos clientes.

Outra opção para os consumidores é a instalação de estações de recarga em casa. Nesse caso há um custo adicional de 1965 dólares.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Auto Esporte


Um dos ícones dos carros “pesados”, no bom sentido, de um passado nem tão distante, o cupê esportivo da Chevrolet, o Camaro está chegando novamente ao Brasil e estará a venda a partir de Novembro, inclusive já tendo uma quantidade razoável de encomendas do muscle car da Chevrolet que promete vir remodelado, potente e bonito.

A versão que chegará para os brasileiros será a top de linha (SS) que terá motor V8 6.2 Litros de 406 CV de potência e para tornar o ícone ainda mais atraente a Chevrolet está lançando, conforme matéria do site G1, um kit de personalização que promete deixar o modelo ainda mais próximo do seu futuro dono.

Serão cinco opções de cores de carroceria (branco, preto, prata, amarelo e vermelho) e o modelo poderá ter as faixas duplas nas cores prata, cinza, branca e preta, iguais ao que se viu no cinema. A tampa do tanque poderá ser em aço escovado, terá grade frontal, apliques estéticos no interior e capa protetora.

O Chevrolet Camaro vendido no Brasil terá câmbio sequencial de seis marchas, rodas de 20” e virá com uma maior distância em relação ao solo. Conforme informado pela montadora o espaço será de 15,6 centímetros, facilitando a movimentação do modelo tanto por ruas quanto por estradas.

Por Mauro Câmara


Nesta última terça-feira, 05 de outubro de 2010, a Chevrolet divulgou o Camaro Convertible Neiman Marcus edition, um carro conversível produzido em edição especial, que ficará à venda apenas via catálogo de Natal da Neiman Marcus, uma rede de moda de luxo norte-americana.

Serão fabricadas apenas cem unidades do novo modelo, o qual é baseado no Camaro SS, com preço sugerido equivalente a R$126 mil, desconsiderando impostos brasileiros e taxas de importação.

Externamente o veículo se destaca pela cor Deep Bordeaux, a qual fica entre preta e violeta escuro em condições de pouca luminosidade, passando para uma cor próxima do vermelho, em condições de muita luz.

Foto: Flickr

Por Elizabeth Preático

Fonte: G1


A nova geração da Chevrolet Montana foi apresentada pela montadora americana neste último fim de semana, em Porto de Galinhas (PE). E a grande novidade é que a picape passa a ter a ‘cara’ do Agile, abandonando a família Corsa. Com isso, o preço inicial sobe de 30 mil para 32 mil reais.

São oferecidos cinco modelos: – Chevrolet Montana 2011 LS R9L; Chevrolet Montana 2011 LS R9N; Chevrolet Montana 2011 LS R9P; Chevrolet Montana 2011 LS R7Q; Chevrolet Montana 2011 Sport R6A. O primeiro modelo é vendido por R$ 31.990 e a versão Sport sai por R$44.040.

A Montana é equipada, em todas as versões, com motor 1.4 Econo.flex, que gera até 102 cv, com velocidade máxima de 170 km/h. Tem a maior capacidade de carga da categoria, com 1.100 litros, podendo chegar a 1.180 litros.

A esperança da GM é aumentar as vendas e enfrentar seus rivais Fiat Strada, VW Saveiro, Ford Courier e Peugeot Hoggar.

Por VSZ


O mundo atual parece não suportar a quantidade, se é que pode ser citada assim, de gases nocivos lançados à atmosfera proveniente de vários motivadores, tais como segmentos específicos da indústria e, não por menos, veículos automotores. Entidades ligadas ao meio-ambiente e políticos preocupados com o futuro do planeta têm tentado, de alguma maneira, minimizar problemas já existentes.

A General Motors, uma das maiores montadoras do mundo, afirmou recentemente que desenvolverá um carro movido totalmente por eletricidade, ratificando, assim, a pequena introdução deste artigo. O primeiro exemplo do intento é a adaptação do Chevrolet Cruze, que poderá ter autonomia de 160 quilômetros sem a necessidade de abastecimento por vias tradicionais (gasolina).

Karl Stracke, vice-presidente da montadora, sopesa que esse projeto assevera o empenho da empresa em desenvolver tecnologias verdes e carros elétricos – outra intenção da GM é ampliar a área de atuação dos motores híbridos. Segundo o portal de Economia Terra, a previsão de lançamento ao grande público do Cruze está demarcada para 2012 ou 2013.

Por Luiz Felipe T. Erdei


O Salão do Automóvel de Paris promete muitas novidades em termos de lançamentos e inovações tecnológicas principalmente ao que se refere a veículos menos poluentes e alternativos, como o modelo elétrico da Mitsubishi i-MiEV que estará à venda na Europa em Dezembro e também o novo Hatch da Chevrolet, o Cruze Hatch que futuramente será produzido no Brasil.

O modelo sedã Cruze originalmente criado pela Daewoo está começando a dominar vários mercados da General Motors, fabricado sob a marca Chevrolet. E este modelo terá agora uma versão Hatch visando aumentar a penetração do modelo levando a marca a disputar uma fatia maior deste segmento de mercado. A montadora australiana Holden, subsidiária da GM e fabricante do Omega que é vendido no mercado brasileiro, foi responsável pelo projeto da versão Hatch do Cruze e de acordo com a imprensa australiana o novo modelo será apresentado oficialmente no Salão de Paris, conforme matéria do site IG.

Uma boa notícia para os consumidores brasileiros é que tanto o sedã Cruze quanto a sua versão Hatch a partir de 2012 serão produzidos no Brasil na fábrica da GM no estado de São Paulo, aumentando a competitividade e a disputa por faixas de mercado. O sedã vai disputar mercado com modelos como Civic e o Peugeot 408. Já a briga da versão Hatch será, entre outros, com o Focus, hoje em dia um dos principais modelos deste segmento.

Por Mauro Câmara


A Chevrolet implementa a versão 2011 do Meriva com diversos itens de série para nenhum aficionado em automóveis botar defeito.

Dentre as novidades do próximo Meriva, estão as rodas feitas com design esportivo – cromadas e com aro de 15 polegadas. Uma verdadeira obra de finesse.

Esse automóvel traz, também, acessórios para todos aqueles que não dispensam uma boa trilha sonora durante seu tempo de trajeto dentro de um carro. O Opel Meriva vem com som integrado ao painel. CD player, bluetooth e entrada USB.

Com essas novidades, além das características já preexistentes desse carro, os motoristas poderão esperar uma máquina para quem quer beleza e praticidade.

Por Jeferson Vainer.


O Chevrolet Classic é um carro que deixa a desejar. Mesmo tendo ganho melhorias em seu design, internamente ele parece ter parado no tempo, com botões e painéis antigos. O que se dá para dizer é que ele faz jus à ideia de ser um veículo popular, focado na ideia do custo-benefício. Ou seja paga-se pouco, não leva-se muito.

Há ainda que se levar em conta, o peso do tempo. São 15 anos de história, e a GM não parece estar interessada em introduzir muitas novidades no modelo. Talvez para não encarecê-lo, e continuar oferecendo um carro barato, e que é um dos modelos mais vendidos da montadora: mais de um milhão de unidades

Vale ressaltar que falta muita coisa ao Classic. Talvez alguns itens adicionais. Inclusive na segurança. Segundo avaliação do site WebMotors, o veículo se inclina demais nas curvas e é recomendado não acelerar demais. Afinal, trata-se de um senhor de idade.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: WebMotors


A rede de concessionárias Chevrolet está lançando a promoção Chevrolet na Mão: no período de 21 de março a 27 de junho de 2010 os consumidores que receberam pelo correio o material da promoção devem destacar a logomarca da empresa do material, e levá-la a qualquer revenda da rede Chevrolet.

Lá, deve aproximar  a logomarca do painel da promoção: se a sirene tocar, você ganha na hora um Chevrolet Celta 0 km. E ainda tem mais: comprando um Chevrolet novo durante o período da promoção você estará concorrendo automaticamente a 05 Chevrolet Agile 0 km. Participe da promoção: destaque a logomarca e vá correndo a uma concessionária Chevrolet! Boa sorte!

Fonte: Catálogo recebido pelo correio

Créditos: Cris Keller


Acabo de ter acesso à apresentação do novo Classic, da Chevrolet. Seguindo nossa tradição de “repaginar” carros com aparência e itens descartados pelos mercados americano e europeu, agora chegou a hora de copiarmos os chineses. Sim, o novo Classic ficou com cara de carro chinês, no qual o design da dianteira não conversa com o da traseira. Mas como nem só de design vive o homem, vejamos o interior…  …nada. Absolutamente nada diferente desde o início dos anos 90.

Exceto pelo rádio original de fábrica, que dispensa o uso de CD, possuindo entrada USB frontal. Recurso moderno, mas inútil num carro que acabou de ser reformado e continua antigo. Apenas duas coisas são realmente dignas de nota nesse último e triste face-lift tupiniquim: repetidores de seta – herdados do Astra – nas laterais dianteiras (finalmente um item de segurança num carro que não oferece ABS e airbags nem como opcionais) e a nomenclatura mundialmente uniformizada, a exemplo do Chevrolet Agile: LS, LT e LTZ (Classic sai em versão única LS).

Quanto ao preço, se mantém praticamente o mesmo da versão 2010: completo (ar condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos, aviso de luzes acesas e pintura metálica) pode ser seu por R$ 35.364,00. Muito para um carro que, tecnicamente, tem 20 anos de estrada.

Por Leopoldo Henrique Fachini

Fonte: www.chevrolet.com.br


Para quem gosta de sedãs médios, duas ótimas opções são o Logan, da Renault, e o Classic, da Chevrolet. Ambos foram reestilizados e contam com atualizações em suas versões 2010, lançadas recentemente no mercado nacional.

Os dois automóveis tem características bem parecidas, o que os destaca na briga entre as marcas é o preço mais acessível, ambos custam menos de R$ 30 mil – R$ 28,2 mil, o Classic, e R$ 28,6, o Logan.

Outros pontos fortes, além do valor convidativo, são a manutenção acessível – no índice de reparabilidade do CESVI, que compara veículos quanto a facilidade e o custo de seu reparo, o modelo da Renault marcou 12 pontos e o da Chevrolet marcou 26; e o custo/benefício – a desvalorização dos dois é bem pequena, apesar da do Logan ser um pouco maior que a do Classic.

Por Thiago Martins


Economia de combustível, esse é o foco do novo Chevrolet Cruze Eco, sedão da GM apresentado no Salão do Automóvel de Nova Iorque, que abriu suas portas no dia 2 de Abril. Com o tanque cheio o carro é capaz de percorrer cerca de 800 km.

Com motor turbo 1.4 litro, e potência de 138 cv, a GM chegou a esse resultado graças ao design e à rodas mais leves. Com seis marchas, o modelo vai de 0 a 100 em 10 segundos. Haverá opção de marcha tanto manual como automática.

A versão top de linha virá equipada com 10 airbags, freios ABS, controle de estabilidade computadorizado, bluetooth, e GPS. O novo automóvel será fabricado no Brasil para concorrer com vários modelos de sedãs, entre eles o Corolla, Honda Civic, e Renault Fluence.

A ideia da GM é tornar o modelo uma opção mais barata ao Vectra.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Revista Autoesporte





CONTINUE NAVEGANDO: