A versão Freedom acaba por ser uma interessante opção para os que possuem interesse em uma picape de tamanho compacto, equipada e mais acessível.

Se a Fiat Strada estivesse nos cinemas ela só poderia ser ter o nome de “picape Highlander” lembrando o guerreiro que nunca morre e ficou conhecido pela atuação de Christopher Lambert, ator franco-americano. Presente no mercado nacional desde o ano de 1998, o carro da Fiat não apenas continua vivo como também voltou a ter suas vendas aumentadas neste ano, depois de ter passado 4 anos consecutivos em decrescente.

No decorrer deste período, os irmãos Siena, Palio e Weekend caíram muito chegando a sair de cena. Entretanto, para a picape não parece ter um limite, inclusive a montadora italiana resolveu lançar versões novas do veículo neste ano.

Em agosto foi quando surgiu a novidade de forma conjunta com a linha de 2019, a versão chamada de Freedom, que é exclusiva e possui cabine dupla. O modelo veio agradando tanto os consumidores que foi contabilizado um número de 2,6 mil unidades emplacadas no período de 3 meses, que do total, representa 15%. Embora dê a impressão de ser pouco, é válido lembrar que a Fiat Strada é um modelo muito procurado com versões para utilizar no trabalho, já as versões destinadas ao lazer caíram bem desde que a marca chegou com a picape Fiat Toro.

Levando em conta esse cenário, a Freedom acaba por ser uma interessante opção para os que possuem interesse em uma picape de tamanho compacto, equipada e mais acessível. Ficando ainda mais acessível agora, visto que a montadora italiana decidiu aumentar sua gama trazendo uma versão de cabine simples, muito útil aos que desejam continuar utilizando-a com fins comerciais, isso porque tem uma caçamba maior. O lançamento Fiat Strada Freedom irá desembarcar nas concessionárias pelo valor sugerido de R$ 61.590.

De série, os itens da lista continuando sendo idênticos ao da versão cabine dupla, nos quais pode-se citar faróis de neblina, rodas em liga com 14 polegadas, capota marítima, ar-condicionado, volante em couro possuindo comandos satélite de seu rádio e sensor traseiro de estacionamento. A montadora também oferece o pacote Pack Techno por R$ 2.890 que adiciona câmera traseira e uma central multimídia de 6 polegadas.

1,4 milhão de unidades emplacadas

As estatísticas da Fiat Strada são impressionantes até o momento. De acordo com a própria montadora, nesses 20 anos, desde que o modelo teve sua estreia no Brasil, no caso dias 24 de outubro em 1998, foram emplacados incríveis 1,4 milhão de veículos. Sendo que nos últimos onze anos, os quais estão no banco de dados da Autoo, 1,059 milhão de Fiat Strada foram comercializadas, um valor bem superior que suas concorrentes mais significativas somadas, que são a Montana e a Saveiro, que emplacaram, respectivamente, 344 mil unidades e 587 mil unidades.

Esta longevidade possui um segredo que é uma receita que unifica robustez, como tecnologia e confiabilidade, somada a uma forte estratégia para atuar no segmento de veículos comerciais leves da marca, sendo a que possui facilmente a maior participação deste mercado.

Além disso, a Fiat Strada poderá ser aposentada muito em breve, isso se a montadora decidir por chamar o projeto 2810 por outro nome. A Fiat se encontrada desenvolvendo picape nova, compacta e possui previsão para ser lançada no ano de 2020. De acordo com o site Autos Segredos, a mesma será um Carro que irá utilizar componentes de diversos modelos como, por exemplo, a Fiorino, o Mobi e o Argo.

Se esta nova picape receber um nome inédito, a marca poderá continuar com a Fiat Strada por algum tempo ainda, dando um foco somente para as versões de entrada de utilização comercial. Vai que resolvam lançar mais uma nova versão da picape, chamada de Strada Highlander, um nome bem apropriado.

Por Filipe Silva

Fiat Strada Freedom 2019

Fiat Strada Freedom 2019


Confira aqui os valores das versões do novo Fiat Strada 2019.

Os consumidores brasileiros que gostam de carros utilitários já podem contar com uma grande novidade. Desta vez, a Fiat sai na frente e inova mais uma vez em termos de novidades.

Tudo isto porque a montadora acaba de anunciar a versão 2019 de um dos seus sucessos de vendas: a Fiat Strada.

Sem querer perder o posto de utilitário compacto mais vendido no Brasil, a Fiat resolveu caprichar nesta nova versão e traz para o público brasileiro algumas novidades como uma série de itens que fazem parte da nova linha, assim como uma gama de outros opcionais que deverão facilitar a vida de quem quiser adquirir a nova versão.

Para começar, a linha 2019 já vem com uma tabela de preços mínima em torno de R$ 49.000,00 e que vai variando conforme a versão escolhida pelos seus compradores.

As novas configurações da linha Strada são as seguintes: a Working Cabine simples com motor 1.4, a Adventure Cabine dupla e motor 1.8 e a novidade para a linha 2019, a nova versão, a Freedom 1.4, Cabine dupla.

Os preços podem variar desde o valor mínimo descrito acima, chegando até R$ 72.000,00 para a nova versão com cabine duplicada.

A nova versão da linha Freedom deverá encabeçar a lista de novidades para o ano que vem sendo considerada a ‘top’ de linha nas concessionárias brasileiras da marca para o ano que vem.

Ainda sem data definida para a sua estreia brasileira, a nova linha 2019 promete incrementar ainda mais o concorrido mercado brasileiro de veículos compactos leves no ano que vem.

A Fiat sempre busca trazer novidades para seus consumidores e neste tipo de veículo, o objetivo é alinhar o conceito de conforto com a força de carga para esta categoria.

Lançada como uma alternativa para um público mais exigente, a nova versão Freedom tenta incorporar o conceito de um carro que seja eficiente tanto na estrada quanto no complicado trânsito dos grandes centros urbanos.

O novo motor do tipo Fire1.8 entrega para seus usuários uma potência máxima de até 88 cvs. Tudo isto com um sistema de câmbio manual de cinco marchas.

O veículo vem com os tradicionais itens de série que todos os consumidores já conhecem, como vidro e travas elétricas, volante com funções múltiplas de comando como acionamento do rádio e revestido em couro, ar condicionado de fábrica, aros de liga leve com 14 polegadas, capota marítima, painel central de LED e com câmera de ré. Como bônus, a Fiat ainda oferece pintura especial no painel interno e emblema nos bancos e nas laterais.

Dependendo da versão escolhida pelo consumidor, os novos modelos poderão oferecer protetor de cárter, banco do motorista com regulagem de altura, pneus da marca Scorpion do tipo misto e bloqueio programado do sistema de diferencial.

Uma das grandes novidades da nova linha que, em breve, deve estar no mercado, é o sistema de revisão oferecido pela concessionária.

Se antes, as revisões eram feitas quando o veículo atingia determinada quilometragem, agora a marca resolve estender a manutenção em função do tempo de compra e rodagem. Uma possibilidade a mais para o motorista que vai se beneficiar desta sistemática que deverá ser adotada para o que completar primeiro.

Portanto, se você está encantado com as novidades da linha 2019, principalmente pelo novo design, então é bom ir preparando o bolso e já ir seprogramando para agendar a sua visita a uma concessionária mais próxima de sua residência.

Quem já possui um modelo antigo, então é bom ir se preparado para curitr as novidades da nova linha que prometem trazer mais conforto, segurança e mais praticidade a seus usuários.

Emmanoel Gomes


Confira aqui mais detalhes sobre o novo Mobi VeloCITY 2019.

Após anunciar sua linha 2019 do subcompacto, a montadora da Fiat lança uma série muito especial, chamando Fiat Mobi VeloCITY. Esse carro virá com o motor 1.0 e três cilindros, além de ser equipado com itens da marca Mopar, adicionando uma pintura bicolor sendo preto brilhante em seu teto e retrovisores externos, nas cores Branco Alaska e Vermelho Alpine na sua carroceria.

Traz um retrovisor interno possuindo uma câmera de ré e pré-disposição com som, além de sensores de estacionamento, entre outros acessórios.

Essa nova versão conta com um revestimento interno todo escurecido e suas rodas de liga leve aro 14” com pintura cinza grafite. O Fiat Mobi VeloCITY também traz faróis de neblina, além de uma badge lateral.

A sua versão também possui, de série, faróis com máscara negra e sinalização de frenagem para emergência, quadro para instrumentos de Iluminação com LED, um display digital com 3,5 polegadas, além de ar condicionado, direção elétrica e partida a frio sem o tanque auxiliar, um kit de visibilidade, os vidros elétricos da frente, as travas elétricas em todas as portas, uma regulagem para altura do volante, revestimento externo para coluna B e um lindo console entre bancos dianteiros.

Se um cliente montasse o Mobi convencional com todos os opcionais da versão VeloCITY, ele custaria aproximadamente uns R$5.000. Portanto, o que irá pagar a mais por eles comprando esta edição especial é 2.500 reais, você terá o desconto de 50%. Seu valor total será 44.990 reais.

Como mais essa novidade o modelo Mobi possui outra série especial chamada Way Extreme. E seus equipamentos são basicamente a câmera de ré e sensores de estacionamento, acompanhando algumas mudanças no seu visual. Com o valor de 43.490 reais, sua somatória sai 40.690 reais do Mobi Way, mais os 2.800 reais cobrados pelos opcionais Extreme.

Esse pacote opcional nessa nova versão não compõem todos equipamentos da especial. Trata-se de um kit muito mais completo, possuindo ares que remetem muita aventura, característica que a Fiat gosta muito de explorar. Além do Kit Connect com rádio Connect e Bluetooth, além de USB, desembaçador e limpadores de vidro traseiro. Dentre outros exclusivos itens como camêra de ré aclopada, sensores de estacionamento traseiro, faróis para neblina e rodas de liga de 14 polegadas.

Quanto sua estética, seu revestimento será feito com um tom escuro e a sua parte externa possui retrovisores cinza fosco. A sua grade dianteira recebeu um acabamento muito especial e as rodas e o logo na versão foram estampados de uma forma especial na lateral do carro.

Entretanto, o Fiat Mobi VeloCITY possui outro elemento que é bastante atrativo na versão Way Extreme, que é o preço. Essa versão com todos acessórios sairá somente R$ 480 mais caro que a versão Kit Connect, dando a oportunidade de possuir um modelo completo ser precisar comprar a versão Drive.

Com certeza é um modelo muito atraente da Fiat, trazendo comodidade e conforto. Além dele possuir uma beleza muito única. Fazendo com que muitos amantes de carros escolham por esse modelo.

Por isso se está pensando em trocar de carro por esses dias, você não pode deixar de procurar uma concessionária Fiat e fazer um teste drive, para conferir pessoalmente todas as vantagens que o Fiat Mobi oferece para seus consumidores.

Com certeza o seu custo benefício é um dos melhores em todo mercado nacional no momento, por isso se procura um ótimo carro com muitos benefícios e um preço bem acessível essa é a melhor escolha para você.

Não deixe de pesquisar sobre todos os benefícios desse modelo antes de decidir uma compra. Pois com certeza irá se decidir por adquirir um Fiat Mobi VeloCity, ele traz muitas vantagens para seus consumidores, não fique de fora dessa grande ofertada Fiat!

Ricardo Ferreira Rodrigues


Confira o mais novo modelo da Fiat, o Palio Weekend 2019.

O mercado brasileiro está mostrando que suas as peruas estão perdendo cada dia mais espaço para os novos crossovers. Mas isso não está fazendo que as montadoras desistam de investir na categoria, que está mantendo seu público fiel, especialmente para o Brasil. Por isso a montadora Fiat lança sua nova Palio Weekend, ela será a última da linha produzida pela montadora.

O modelo sairá em duas versões, sendo cada uma com seu tipo de motorização. Sem novas grandes mudanças em seu visual, a nova Weekend está sendo fabricada nas versões Attractive e na Adventure.

O novo modelo Weekend será vendido nessas duas versões, possuindo um motor próprio para cada uma delas. A Attractive, versão de entrada, virá com motor 1.4 e 8V, além de ser Flex e capaz de vir com 85 cv de potência sendo abastecida a gasolina e 86 cv sendo com etanol. E o seu torque ficará com 12,4 kgfm a 3.500 rpm.

Na sua versão intermediária, a Adventure, contará também com propulsor sendo 1.8 16V, além de ser flex, capaz que renda uns 130 cv abastecida com gasolina e 132 cv com etanol, e seu torque de 18,4 kgfm a 4.500 rpm.

Todas as novas configurações possuem opção de câmbio, que se integram a uma transmissão sendo manual e possuindo cinco velocidades. Porém, os clientes terão a opção de equipar com outro câmbio automático sendo Dualogic com 5 marchas também.

Uma grande novidade é na versão Adventure, que irá oferecer um novo sistema Locker, que irá te ajudar com o veículo para manter um ótimo desempenho nas pistas que forem irregulares. Essa tecnologia será opcional e só estará disponível nessa configuração intermediária da linha.

A versão mais antiga do Palio Weekend não recebeu essas alterações visuais a muito tempo desde o facelift no ano de 2012. Nesse lançamento, essa perua ganhou alguns novos retoques e também uma adição de detalhes que também passará batido pela a maioria das pessoas.

Não haverá muita novidade na parte mecânica ou no visual da nova Weekend, a nova linha será basicamente outra revenda de veículos que estão em estoque ao longo dos anos. Como uma série que não haverá continuação, a montadora italiana está vendendo as últimas unidades da perua no mercado brasileiro. Para os amantes desse modelo essa é uma notícia de muita tristeza.

Ela virá com os itens de série: o Aerofólio traseiro na cor do veículo; Alertas de limite e velocidade, uma manutenção programada; o Capô retrátil com dobradiças de segurança; os Cintos de segurança de sua frente são retráteis e possuem 3 pontos de regulagem na altura; Embreagem é de acionamento hidráulico; e Espelho do para-sol para os lados de motorista e passageiro; além de Faróis para neblina;

A nova Palio Weekend 2019 será apresentada nas 3 versões, e duas opções de sua motorização:

  • Fiat Weekend modelo Attractive com 1.4;
  • Fiat Weekend modelo Adventure com 1.8;
  • Fiat Weekend modelo Adventure com Dualogic.

E sua tabela de preços do novo catálogo da perua mais famosa do Brasil será assim:

  • Fiat Weekend modelo Attractive de 1.4 custará o valor de R$ 59.480;
  • Fiat Weekend modelo Adventure de 1.8 custará o valor de R$ 74.760;
  • Fiat Weekend modelo Adventure Dualogic de 1.8 custará o valor de R$ 78.970.

Esse ano poderá ser a última vez que estaremos presenciando um lançamento da nova Palio Weekend para o mercado nacional. Esses veículos da categoria estão perdendo espaço para a nova geração de crossovers, e será bem provável que o adeus seja definitivo para o modelo que a anos é sucesso de vendas em todo país.

Caso você possua alguma dúvida a respeito do novo Fiat Palio, faça um comentário abaixo, para que assim possamos estar respondendo assim que possível.

Se possui o desejo de comprar uma Palio Weekend, corra pois essa pode ser a última oportunidade, fique atento no lançamento dessa versão 2019.

Ricardo Ferreira Rodrigues


Novo Fiat Uno vem com novidades em seu pacote de equipamentos que pretendem atrair mais compradores.

O Fiat Uno continua sendo um dos queridinhos do brasileiro, mas as vendas já não fazem tanto sucesso como antigamente e a Fiat trabalhou muito para que a versão 2019 consiga mudar este cenário. O modelo tem tudo para ser um compacto de respeito, porém, deverá continuar atendendo aqueles consumidores que primeiro olham o custo-benefício, ou seja, eles não querem saber dos carros tecnológicos e luxuosos, mas também não querem um modelo com visual defasado.

Para o Fiat Uno 2019 conseguir uma boa fatia deste concorrido mercado, terá que atender os consumidores, mas sem custar caro. Esse talvez seja um dos melhores modelos de entrada e poderá assustar a concorrência, principalmente com a mudança que está sendo preparada para seu pacote de equipamentos e algumas versões.

O ITPMS é uma novidade que poderá fazer muito sucesso, pois no painel de bordo será exibido o medidor de pressão de pneus, alertando o motorista sempre que for hora de fazer a calibração. Essa ferramenta pode até ser considerada desnecessária para os mais atentos, mas a verdade é que muitos motoristas esquecem dos cuidados básicos com seu veículo e toda ajuda neste sentido é sempre muito bem-vinda. Não manter os pneus calibrados corretamente faz com que o desgaste aconteça de forma mais rápida, além de aumentar o consumo de combustível.

Outra novidade que estará presente no Fiat 2019 é o GSR-Comfort, já conhecido como Dualogic, mas esta opção será encontrada apenas na versão com motor Firefly 1.3, porém, a monitoração dos pneus será disponível para todos os modelos. A Fiat resolveu adotar o nome 'GSR' para seu pacote de funções automatizadas, deixando de lado o 'Dualogic', encontrado nos lançamentos anteriores. Até o Attraticve 1.0 teve o nome alterado para Drive.

Desde 2017 que o Uno vem contando com uma nova linha de motores, o Firefly, sendo que tem a versão 1.0 6V e 3 cilindros e o 1.3 8V de 4 cilindros. Os dois modelos são aspirados e estarão no Uno 2019, pois têm feito grande sucesso. O motor 1.06 6V consegue oferecer 77 cv quando abastecido com etanol e 72 cv com gasolina. seu torque máximo é de 10,9 kgfm e 10,4 kfgm. No caso do motor 1.3 8V, são 109 cv quando abastecido com etanol e 101 quando o motorista optar pela gasolina.

Se as mudanças internas são poucas, por fora também não é diference, o Uno 2019 terá leves modificações no design, mas na dianteira é possível notar logo que a grade não tem mais aquelas características quadradas, esta alteração foi para deixar o modelo com um visual mais sofisticado. O comprimento é de 3,82 m, or 1,63 m de largura e 1,4 m de altura.

O que poderá gerar muitas reclamações é o porta-malas, com capacidade para 290 litros e o consumidor tem encontrado modelos no mercado que oferece um espaço maior. No dia a dia, o porta-malas do novo Uno atende perfeitamente, mas em uma viagem com a família pode deixar a desejar.

Quanto ao acabamento, são 3 versões, a Drive, Way e Sporting. Para o consumidor, será preciso muita paciência e cautela, sendo que nunca deve ficar com o modelo mais 'bonitinho', é preciso analisar todos os itens oferecidos, o preço de cada um e assim, escolher aquele que realmente vai de encontro às suas necessidades.

O preço da versão de entrada deve ficar na media deR$ 41.840,00 e o top de linha, o Sporting 1.3 Firefly Dualogic, custará cerca de R$ 53.690,00.

O Uno 2019 trará algumas boas novidades para os itens de série, em comparação com as versões anteriores, com destaque para o novo câmbio automatizado, o ITMPS, a direção elétrica com controle de estabilidade de tração e uma quantidade enorme de itens que podem ajudar a equipar o modelo, ficando a escolha por conta do comprador.

Por Russel

Fiat Uno 2019

Fiat Uno 2019


Chamado atinge os modelos Fiat Palio, Uno, Idea, Punto, Siena e Strada.

Se você é proprietário de um veículo da marca Fiat, recém-comprado em uma concessionária, fique atento às informações deste artigo, pois a Fiat acaba de anunciar um novo Recall e dessa vez são 10 modelos que foram convocados.

Quem compra um carro novo não espera tão cedo passar por quaisquer tipos de problemas com o novo possante. Afinal, está tudo tão novo que só depois de muitos quilômetros rodados que um reparo é realmente necessário. Além disso, na maioria dos casos que se compra um carro zero as próprias concessionárias oferecem manutenções rotineiras, geralmente para depois que o carro atinja uma determinada quilometragem, somente para garantir se está tudo bem, pois isso faz parte da garantia do veículo.

Porém, quando a montadora descobre que algum de seus modelos saiu de fábrica já com um defeito, é necessário que um recall seja realizado. É isso mesmo, assim que é confirmada a existência de um defeito em um modelo, a marca tem que imediatamente convocar os proprietários a apresentarem esses veículos para passarem por um reparo.

Não é a primeira vez que a Fiat anuncia um recall, mas dessa vez são 10 modelos que estão convocados para a vistoria. A soma total de unidades passa de 15 mil veículos.

Mas, segundo a marca, está tudo sobre controle. O recall foi anunciado no dia 09 deste mês de março, última sexta-feira, e a partir da próxima segunda, dia 12, os agendamentos e reparos já começam a ser realizados.

Os dez modelos envolvidos no recall possuem como ano de fabricação 2016/2017 e possuem chassis não sequenciais. Confira abaixo os modelos e os últimos seis dígitos de seus respectivos chassis:

  • Idea 1.4 – 286655 a 287019;
  • Palio Fire 1.0 – 585667 a 605940;
  • Uno 1.0 e 1.4 – 75664 a 771071;
  • Punto – 342058 a 348260;
  • Novo Palio – 16344 a 297737;
  • Siena 1.4 – 063979 a 065020;
  • Fiorino 1.4 – 058971 a 080249;
  • Palio Weekend 1.4 – 089496 a 098502;
  • Strada 1.4 – 083657 a 123494;
  • Grand Siena 1.4 – 300812 a 337173;

Se você verificou que seu carro faz parte dessa lista, a recomendação é que você ligue para uma das concessionárias Fiat e agende um horário para que o reparo possa ser feito.

Os proprietários não têm que pagar nada pelo reparo e nem existe um tempo determinado, com uma data limite para apresentar seu veículo. Mas, por questões de segurança, é recomendável que isso seja feito o mais rápido possível.

A marca informou que não existe até o momento nenhum registro de colisão ou acidente em decorrência desse defeito. Por isso, para que a segurança seja mantida, o reparo realmente tem que ser realizado.

O defeito que esses modelos possuem está em seu alternador, que possui uma falha que pode fazer com que o motor funcione de forma irregular e em casos mais graves pode até ocasionar o seu desligamento repentino, comprometendo assim a dirigibilidade do veículo e colocando em risco a integridade física e a vida de seus ocupantes e terceiros, o que é muito pior que os danos materiais.

Desse modo, os proprietários de veículos que foram convocados para vistoria devem estar atentos ao mínimo sinal de algo diferente. Os especialistas da Fiat informam que essa falha pode ser observada por meio da luz espia da bateria no quadro de instrumentos. Pois bem, se ela acender é sinal que o alternador está falhando e a recomendação principal é que a concessionária seja imediatamente informada. Neste caso nem é recomendável que esse carro seja dirigido. Comunique o problema e assim a loja mandará removê-lo para a devida reparação.

A FIAT informa que o reparo realizado não custará nada para seus proprietários, mas pede que todos não deixem de apresentar seus veículos, pois envolve questões de segurança.

Para maiores informações ligue para o número 0800 707 100 ou acesse o site da Fiat.

Sirlene Montes


Modelo já está à venda na Argentina por R$ 53 mil.

Neste início de 2018, para quem gosta de novidades no mercado de carros brasileiros, já deve ter sido ‘presentado’ com a notícia de que um dos sucessos de vendas da Fiat, o sedan Siena, entrou agora no seu último ano de fabricação.

Considerado como um dos carros mais vendidos da montadora italiana no ano de 2015, o Siena dará lugar ao seu sucessor que já é um sucesso de vendas na nossa vizinha Argentina, com o nome de Argo.

Cronos: O novo Sedan da Fiat concebido a partir do Argo argentino

Mas para quem pensa que o novo modelo que está previsto para chegar em terras brasileiras no final do mês de Carnaval é exclusividade brasileira, está redondamente enganado.

Por uma questão de necessidade em virtude dos avanços tecnológicos que o mercado automobilístico exige, a Fiat viu a necessidade de atualizar a plataforma de fabricação do seu Sedan de maior sucesso no mercado brasileiro.

Ao contrário do Fiat Linea, outro modelo de Sedan na categoria Luxo que não deu certo por aqui e que vai ser aposentado definitivamente neste ano, a montadora resolveu apostar no sucesso do Siena e resolveu ressuscitar o seu antigo prestígio.

Apesar da empresa negar que o novo Cronos seja uma reedição mais atualizada do Siena, a impressão que se tem é que o novo carro foi feito a partir da mesma plataforma.

Para os especialistas e consumidores mais observadores e detalhistas, é possível verificar pelas fotos divulgadas do novo Cronos vários detalhes comuns do antigo Siena.

Um exemplo disto são os modelos e o formato das portas. Se você comparar os dois carros, parece que elas foram retiradas de um e colocadas no outro.

A necessidade de ‘ atualizar’ o novo modelo veio não só em virtude de se estar por dentro das mudanças na tecnologia dos carros, mas também por um questão de concorrência.

É certo que a Fiat ainda tenta emplacar no mercado de Sedan de luxo, mesmo depois do fracasso do Linea, mas também ela tenta vencer a concorrência das outras marcas em terras brasileiras.

Neste espinhoso mercado, as ‘pedras’ no sapato da marca italiana para 2018 são a poderosa Volkswagen, com seu novo Virtus, e a Toyota, com seu novo Yaris, com previsão de chegada nas concessionárias a partir do último trimestre deste ano. Todas elas são unânimes em tentar forçar uma liderança de vendas no mercado dos sedans brasileiros. A Fiat então teve que correr contra o tempo para não ficar de fora desta briga.

A solução foi então exportar o novo Cronos feito a partir do Argo, um hatch de sucesso vendido exclusivamente na Argentina. A Fiat então aproveitou o estilo do Siena e uniu com a avançada plataforma do modelo argentino, rebatizando-o de Cronos.

Por enquanto, quem quiser ter o novo Sedan da Fiat na sua garagem vai ter que se contentar com os veículos que virão, via importação, da Argentina.

A montadora ainda faz um pouco de mistério em relação ao seu lançamento oficial, que deverá ocorrer no próximo dia 21 de fevereiro.

O preço oficial ainda não foi divulgado, mas sabe-se que o Cronos já é vendido em terras argentinas a partir de R$ 53.380,00.

Os modelos que estarão em breve nas concessionárias brasileiras deverão ser em duas versões: a com o motor 1.3 MT e outra com motor do tipo 1.8 MT, ambas com opções de câmbio automático e manual. Somente na Argentina é que o novo Sedan deverá ser vendido com motor 1.3 e outra versão de câmbio automático do tipo GSR.

Se você está ansioso para conferir o novo modelo, então vamos aguardar até o próximo dia 21 para agendar um test drive e tirar as nossas própria conclusões sobre o novo lançamento.

Emmanoel Gomes


O Fiat Argo é um modelo próprio para quem procura beleza, potência e segurança, com um preço bastante acessível.

Quer conhecer o novo lançamento da Fiat que com certeza vai ser um sucesso em 2018? Conheça então o Novo Fiat Argo, que chega com grandes novidades para se tornar um líder de vendas da sua categoria.

O Novo Argo de 2018 foi desenvolvido pela marca para substituir o Novo Palio em suas versões que custam mais caro e também para substituir o Fiat Punto, cuja fabricação já foi encerrada no início de 2017.

O Fiat Argo é um modelo próprio para quem procura beleza, potência e segurança, com um preço bastante acessível.

O Novo Argo foi produzido com base na mesma plataforma do Fiat Tipo que teve seu lançamento em países da Europa no ano passado e que já se tornou um grande sucesso. Para o lançamento deste ano a Ford caprichou bastante para que o modelo se colocasse no mesmo nível de modelos concorrentes como o Prisma da Chevrolet e HB20S da Hyundai, dois fenômenos de vendas.

O Novo Argo chega ao Brasil com a classificação de Hatch Premium, sendo o mais completo da categoria a qual pertence no mercado. Com esse título a Fiat já procura causar uma boa impressão em seus consumidores e despertar o interesse de novos clientes.

O design do Argo 2018 é bem esportivo, mas sem deixar de ser dinâmico, o que o torna um carro visualmente atraente. E as novidades não param por aí, pois no interior do veículo encontramos muita tecnologia e refinamento em todos os detalhes. Com a cabine produzida em medidas maiores, os ocupantes encontrarão muito mais conforto. Nesse quesito de espaço maior, o Argo sai na frente de seus concorrentes, o que já é uma grande vantagem.

Quando falamos em lançamentos automobilísticos as pessoas sempre se interessam em saber quais são os itens de série que o lançamento oferece. Se esta também é sua curiosidade, conheça abaixo alguns deles:

– Encosto para cabeça em todos os bancos;

– Freios ABS;

– Controle de tração;

– Sensores de auxílio de estacionamento traseiro;

– Desembaçador de vidro traseiro;

– Cinto de três pontos em todos os assentos;

– Faróis de neblina;

– Alarme de antifurto;

– Sistema para monitoramento da pressão dos pneus;

– Airbags nos bancos da frente;

– Travamento central de todas as portas;

– Lavador e limpador do vidro traseiro;

– Assistente de partida em rampas;

– Controle de estabilidade;

– Faróis com refletores duplos.

O Novo Fiat Argo 2018 também oferece aos seus clientes opções de kits, com os itens seguintes:

– Sistema de Rádio;

– Rodas de liga leve;

– Volante multifuncional;

– Conexão USB;

– Sistema Conta giros;

– Termômetro para a água do motor;

– Indicador de temperatura externa;

– Sistema Bluetooth;

– Sistema start-stop;

– Ajuste para altura do volante;

– Luz no porta-malas e também no porta-luvas;

– Direção assistida;

– Abertura na parte interna do tanque de combustível;

– Limpador de para-brisas automático;

– E outros.

É importante que antes de realizar a compra o cliente conheça todas as versões do Fiat Argo 2018 e assim escolher aquela que possua itens de seu interesse.

E por falar em versões, veja abaixo:

– Fiat Argo Drive 1.3 2018;

– Fiat Argo Drive 1.3 GSR 2018;

– Fiat Argo Precision 1.8 2018;

– Fiat Argo Precision 1.8 AT6 2018;

– Fiat Argo HGT 1.8 2018;

– Fiat Argo HGT 1.8 AT6.

Confira abaixo as sugestões de preços do Novo Fiat Argo do ano de 2018:

– Novo Argo Drive 1.0 2018: Saindo por R$ 46.800;

– Novo Argo Drive 1.3 2018: Saindo por R$ 53.900;

– Novo Argo Drive 1.3 GSR 2018: Saindo por R$ 58.900;

– Novo Argo Precision 1.8 2018: Saindo por R$ 61.800;

– Novo Argo Precision 1.8 AT6 2018 : Saindo por R$ 67.800;

– Novo Argo HGT 1.8 2018: Saindo por R$ 64.600;

– Novo Argo HGT 1.8 AT6 2018: Saindo por R$ 70.600.

Por Sirlene Montes

Fiat Argo 2018


De acordo com rumores, o fim da fabricação do Fiat Palio está próximo.

Foram mais de três milhões de Fiat Palio produzidos só no Brasil. O hatch compactado fez muito sucesso em todos os locais que a Fiat se apresenta, mas agora chegou a hora do popular passar o bastão para outros modelos, os quais prometem agradar mais o gosto do consumidor. Quer ficar por dentro das novidades e mudanças que rodeiam um dos carros mais presentes nas ruas brasileiras? Então confere o post!

Notícias não oficiais, mas pautadas em fatos

A montadora e fabricante do Palio ainda não se pronunciou dando o veredito final sobre o fim da produção do modelo, mas de acordo com alguns fatos, é possível praticamente confirmar os boatos: Fiat Palio, após estar presente 21 anos no mercado, sairá de linha.

Um dos fatos que podem ser determinantes é que este modelo já parou de ser produzido na fábrica de Córdoba na Argentina. Lá, o espaço que tomado para montar os Palios, foi ocupado pela fabricação e montagem do novo sedan compacto sucessor do Punto, o Cronos.

Falando em modelos novos e recém produzidos, mais um ponto a ser considerado para o fim da fabricação do Fiat Palio, é a já pronunciada fabricação da nova versão do modelo Argo, o carro será comercializado por um preço inicial de R$43.990,00, o motor que acompanhará o novo modelo é 1.0 estilo Firefly equipado com 3 cilindros, e virá para o mercado com a lista de série encurtada.

Outro indício do fim da fabricação do Palio é que, fazendo uma entrevista com os donos e funcionários de concessionárias brasileiras, há poucas unidades do Palio nos estoques das lojas, alguns entrevistados já adiantam algumas informações como o fim do modelo. Segundo comerciantes da área e representantes da marca Fiat, não há mais previsão de recebimento do modelo Palio no ano que vem (2018).

Um pouco sobre o substituto em potencial do Fiat Palio e a linha de produção da fabricante Fiat

Pelo que deu para perceber diante dos fatos apresentados nos parágrafos acima, o Fiat Palio sairá mesmo de linha, e quem tomará seu lugar, ou melhor dizendo, receberá o seu bastão, será o Fiat Argo.

Portanto, a linha da Fiat ficará, depois da saída do Palio, disputando mercado com os compactos Premiuns das concorrentes, ao lado como títulos de sedans Gran Siena, que já é um clássico da montadora e é opção de base para esta organização, e o Fiat Cronos, que ainda não está disponível e será lançado apenas em fevereiro do próximo ano, este modelo entra no lugar do Fiat Linea na linha a partir de 2018. Abaixo dos compactos Premiuns e dos sedans, estarão os carros Fiat Mobi e Fiat Uno.

21 anos de história rica e particular: saiba mais sobre o Fiat Palio

O compacto foi lançado em 1996 e entrou na linha de produção da Fat como sendo uma versão mais moderna do modelo Uno Mille, que neste ano completava 12 de lançamento, ou seja, foi lançado em 1984. O Palio renovou os designs retos e quadrados do Uno Mille: possuía linhas arredondadas com muita personalidade. Foi criado para ser “rival” de mercado do modelo Gol da Volkswagen.

Esta primeira geração lançada era para o mundo inteiro, mas o compacto veio fazer sucesso e tomar espaço nas ruas do Brasil e da Argentina.

A partir do sucesso tremendo aqui no país, o Palio deu parte do seu design e experiência para dois modelos em 1997: A perua Fiat Weekend e o carro sedan Fiat Siena.

E então? O que você achou sobre o Fiat Palio sair de linha? Comente na caixa de comentários logo abaixo do post, a nossa equipe quer saber!

Por David Ferreira

Fiat Palio


Recall foi convocado por veículos apresentarem uma falha na parte elétrica da bobina de ignição, podendo ocasionar um problema que pode comprometer o bom funcionamento do motor.

Comprar um automóvel zero quilômetro com certeza é sinônimo de tranquilidade, afinal um carro novo não precisa estar sempre visitando a oficina mecânica para eventuais reparos e manutenções, como acontece com a maioria dos carros mais rodados que requerem um pouco mais de atenção em decorrência do tempo de rodagem que possuem.

Geralmente, os carros novos passam por apenas manutenções esporádicas que as próprias concessionárias oferecem no contrato de venda.

Contudo, nem sempre as coisas saem como o esperado e pode acontecer que automóveis novos, retirados da concessionária recentemente apresentem defeitos, geralmente já vindo de fábrica por uma alguma falha e que por oferecer certo risco aos seus ocupantes devem ser reparados, passando pelos conhecidos recalls.

E por falar em recall, a Fiat acaba de anunciar um recall em veículos no Brasil. De acordo com informações da montadora terão que passar pelo reparo o total de 5.802 veículos, que pertencem a oito modelos.

O recall deve ser feito, pois esses veículos apresentam uma falha na parte elétrica da bobina de ignição. Assim, essa falha pode ocasionar um problema que pode comprometer o bom funcionamento do motor.

Os automóveis que devem passar pelo reparo são de modelos fabricados nos anos de 2016/2017. Entre eles está o Fiat Mobi que é um dos modelos mais afetados pela falha, uma vez que se somam mais de 4 mil unidades.

Não é primeira vez que a Fiat convoca veículos de entrada para recall.

Seguindo o Fiat Mobi, o modelo que possui também muitas unidades a serem reparadas é o Fiat Uno, em que se somam 1.313 unidades da sua versão 1.0.

O reparo é simples. Trata-se apenas da substituição da bobina de ignição.

De acordo com informações da marca italiana, essa falha que ocorre no funcionamento da bobina pode ser o resultado de um desligamento que de dá de forma repentina no motor, independente se o carro estiver movimentando-se, o que pode colocar em risco a vida de seus ocupantes, pelo fato de existir o risco de colisão.

A bobina de ignição funciona transformando 12 volts que a bateria oferece em uma tensão que passa de 30.000 V. Assim, essa alta tensão é transferida para as velas, gerando uma faísca que é responsável pela mistura de ar-combustível, que entra em combustão no interior do motor.

Os proprietários destes veículos que devem passar pelo reparo, devem telefonar para o número 0800 707 1000, a partir da data de 13 do mês de novembro, próxima segunda-feira, e agendar um horário para a realização do reparo.

Segundo os mecânicos e engenheiros da Fiat o tempo estimado para a realização da troca da bobina é de aproximadamente uma hora, não passando deste tempo. Além disso, os proprietários não terão que pagar nada pelo serviço.

O importante é que todos os veículos que se encontrem nesse grupo façam a troca da bobina, para que assim possam trafegar com tranquilidade sem que haja nenhum risco de acidente.

Quem estiver com dúvidas e necessitar de outras informações pode acessar o site da montadora em www.fiat.com.br/ja-tenho-um-fiat/fiat-recall/recall.html.

Os oitos modelos são:

– Grand Siena 1.6: 1 unidade;

– Novo Palio 1.0: 26 unidades;

– Punto 1.6 e 1.8: 46 unidades;

– Strada 1.6 e 1.8: 83 unidades;

– Dobló 1.8: 98 unidades;

– Palio Weekend 1.6 e 1.8: 104 unidades;

– Uno 1.0: 1.313;

– Mobi: 4.131 unidades.

Não existe um período previsto para a realização do recall. Aliás, enquanto todas as unidades não passarem pelo reparo o recall não pode ser encerrado pela fabricante.

O recall por defeito é uma garantia que está prevista no Código de Defesa do Consumidor.

Nesse sentido, se os proprietários desses veículos encontrarem algum problema no agendamento ou atendimento, o fato deve ser denunciado no Procon.

Por Sirlene Montes

Fiat


O Fiat Weekend 2018 é uma mistura de potência e design perfeito.

O que podemos afirmar sobre o Fiat Weekend 2018, é que ele é uma continuação do clássico Hatch Fiat Palio. Outra informação sobre o Weekend 2018 é que ele não tem muitos concorrentes.

Valor de mercado do Fiat Weekend 2018

Ainda há uma grande especulação se a Fiat Weekend 2018 será lançado no Brasil, porém, seu valor de mercado pode variar de R$ 57.890,00 chegando até R$ 78.500,00. Se nos basearmos pelos modelos anteriores da Weekend, vamos perceber que não teve um ajuste tão alto, o que torna o preço bem justo para um lançamento.

Carro com consumo médio

Fiat Weekend 2018 tem o consumo médio, e foi classificado como utilitário esportivo compacto. Essa nova versão é equipada com motor 1.8 litros Flex e o câmbio dualogic que é automatizada e bem econômica. Pela avaliação do Inmetro a nota dada foi A, afirmando que o modelo Fiat Weekend 2018 tem o consumo médio. E a conclusão final é que esse novo modelo está bem à frente dos modelos anteriores.

Mudanças do motor do Fiat Weekend 2018

O Fiat Weekend não terá muitas mudanças consideráveis, porém o seu motor terá mudanças sim e isso é muito bom. O motor é o 1.8 com transmissão automatizada. Ele consegue fazer 7,2 km/l dentro da cidade usando etanol e 7,9 km/l andando na estrada. Agora se ele for abastecido com gasolina, ele faz uma média de 10,2 rodando dentro da cidade e chega até os 11,2 km/l.

Concorrentes do Fiat Weekend 2018

O Fiat Weekend 2018 não tem muitos concorrentes, porém, existem alguns que podem sim ser comparados a ele e até mesmo ser fortes concorrentes na hora da compra.

Alguns de seus concorrentes são Volkswagen SpaceFox, Kia Sol, Chevrolet Spin, Honda Fiat, Volkswagen SpaceCross, esses modelos são concorrentes diretos do Fiat Weekend. Existem também os modelos que já não são mais fabricados como: Nissan Livina X- Gear e o Peugeot 207 SW.

Porta malas grande e compacto

Esse modelo é indicado para quem precisa de espaço no porta malas. Ele tem capacidade para até 460 litros e tem capacidade para 51 litros no tanque de combustível. Esse é um dos lados positivos desse carro.

Pontos negativos das versões anteriores do Fiat Weekend

Como todo carro existe os dois lados avaliados, e se baseando nas versões anteriores da marca, os pontos negativos são:

– Baixa estabilidade na hora da curva, o que limite os condutores que gostam de andar de forma acelerada em algumas estradas. Pois o cuidado com as curvas deve ser redobrado.

– Acabamento interno com pouca qualidade, o que deixa algumas pessoas desanimadas a comprar o novo modelo. Essa parte do carro é muito avaliada na hora de realizar a compra, existe uma grande reclamação pelo fato do fabricante não inovar muito nessa parte.

– O baixo desempenho do motor também incomoda alguns usuários das versões anteriores. E isso é apenas uma questão de opinião de alguns dos usuários da marca. Alguns acham isso importante, como outros não.

Carro grande e espaçoso

O Fiat Weekend 2018 é um carro para quem precisa de espaço e conforto. Ele é indicado para quem família grande e precisam se deslocar com frequência no dia a dia. Suas dimensões são 1.72 m de largura, 4.3 m de comprimento e 1.64 m de altura e entre os eixos 2.46 m. Ele é um carro chamativo e que não passa despercebido.

Conclusões finais do Fiat Weekend 2018

Esse é um modelo muito bonito, compacto e que vale a pena ter.

Por Cristiane Amaral

Fiat Weekend 2018


Modelos sofrem com falha de software.

Todo mundo sabe que ter um carro usado pode gerar alguns contratempos, como muitas idas à oficinas mecânicas, troca de peças, manutenções mais frequentes. Enfim, um carro mais rodado requer mais cuidados para continuar rodando sem dar nenhum tipo de problema.

Em contrapartida, quando se compra um veículo zero quilômetro a expectativa dos consumidores é de que as idas à oficinas mecânicas sejam apenas para as manutenções programadas que as concessionárias oferecem, nos primeiros anos de uso. Nenhum comprador de um carro zero espera que ele possua um problema, principalmente que este problema possa colocar em risco a sua segurança e daqueles que transporta.

Mas isso pode acontecer e acontece bem mais que se espera. Tanto que sempre ouvimos falar dos recalls, que nada mais são que reparos realizados em automóveis recém-comprados, ou seja, carros novos, recentemente lançados pelas montadoras.

E por falar em recall, a Fiat Chrysler, a FCA, no último dia 12 do mês de outubro, realizou um pronunciamento anunciando que cerca de 1,2 milhão de picapes do modelo Ram, distribuídas em todo o mundo, terão que passar por reparos, em decorrência de uma falha existente em seu software.

Ainda está sendo averiguado, mas esta falha presente neste modelo de picape pode ser relacionada a um acidente que ocasionou a morte de um de seus ocupantes e o ferimento de mais dois.

De acordo com a fabricante, este problema está presente nos modelos de picapes Ram 1500 e 2500, que foram fabricadas entre os anos de 2013 e 2016, além da Ram 3500, que foi produzida entre os anos de 2014 e 2016.

Uma boa notícia para os brasileiros é que no Brasil não foram vendidas nenhuma dessas unidades que foram afetadas por este problema.

Na realidade, de acordo com a fabricante, a maioria das picapes que possuem o defeito a ser reparado está concentrada nos Estados Unidos. Onde chegam ao número de 1 milhão de veículos a passarem pelo recall.

A segunda maior concentração de picapes está localizada no Canadá, onde somam-se 216 mil. Por último temos o México, com 21 mil unidades da picape. Mas além destes lugares, ainda existem mais de 20 mil automóveis desses rodando em vários países de todo o mundo.

Pois bem, o desafio da Fiat Chrysler é reparar todos esses veículos para que seus usuários possam trafegar com tranquilidade, sem correrem o risco de se ferirem ou até mesmo perderem a vida em decorrência de uma falha de fabricação.

Em relação aos riscos, a fabricante esclarece que a falha no software está relacionada aos airbags. Mais especificamente aos airbags das laterais e também aos pré-tensionadores do cinto de segurança. O risco está no fato de estes acessórios nãos serem acionados em caso de colisão ou acidente em que haja impacto no assoalho, no momento em que a picape passar por cima de algo na pista ou estrada, levando à perda do controle da direção, por exemplo.

Isso pode acontecer em casos assim, pelo fato de o sistema compreender que há uma falha nos sensores que estão localizados embaixo do automóvel. Assim, quando ocorre a falha de um sensor ,o software impede que os airbags e pré-tensionadores sejam acionados.

Nesse sentido, para que os usuários fiquem em alerta, quando este tipo de erro ocorrer, uma luz irá acender no painel. Para resolver o problema, basta desligar e ligar o carro, mas para por um fim definitivo nessa falha a FCA vai realizar um recall, que está previsto para ter início em junho de 2018, começando pelos Estados Unidos, onde está a maioria das picapes.

De fato, tudo o que envolve a segurança de ocupantes de um veículo deve ser prontamente analisado para que assim possíveis acidentes sejam evitados.

Sirlene Montes


Confira aqui mais detalhes sobre a novo Fiat Strada 2018.

O Fiat Strada traz novidades na linha de 2018, que promete ser ainda melhor que as anteriores. A mudança está no acabamento do carro, que este ano trouxe um design ainda mais moderno e inovador que condiz com estilo urbe dos brasileiros. Além disso, há algumas alterações que aperfeiçoaram o automóvel. Uma delas é o melhoramento do Working e Hard Working, que agora possuem um revestimento na área interna, bem como nos puxadores das portas e maçanetas. Resumindo: as áreas mais escuras e também suscetíveis a descascarem ganharam um reforço extra. É importante ressaltar ainda que a motorização dos automóveis é de 1.4.

Não foi apenas a estética interior do carro que sofreu alterações. Agora, o modelo Working tem novos mecanismos que facilitam a vida de quem tanto precisa do veículo. As mudanças são as seguintes: caçamba iluminada; protetor; lugar adaptado para computador; entrada de ar quente; entrada para USB; vidro traseiro cercado por grades e protetor para cárter são apenas algumas entre tantas outras novidades.

Já a Strada Hard Working é uma picape com todas as características acima e ainda contêm outras como protetor para cárter, rodas mais escuras, volantes ajustados, direção hidráulica, ar condiconado e um novo tipo de identificação na traseira do veículo. No pacote opcional há outras novidades como conexão para USB, Bluetooth, rádio com CD player, sensores que auxiliam o estacionamento traseiro, janelas traseiras com capacidade corrediça, travas e vidros elétricos, faróis para quando houver muita neblina, entre outros.

A versão Adventure 1.8, topo de linha, agora possui um centro apenas para multimídia que pode ser mexida apenas com leve toque na tela. Além disso, conta com Bluetooth, câmera de ré e também GPS. Para facilitar a conexão na hora de encaixar os smartphones na entrada USB, agora as entradas estão localizadas no console, na parte central.

Quanto as cores, é possível que os interessados escolham 6 opções de cores diferentes. As cores metálicas são as seguintes Verde Amazon, Cinza Tellurium e Prata Bari, mas muitas pessoas não gostam das cores metálias uma vez que são mais difíceis de serem polidas e, dessa forma, acabam optando por cores foscas e sólidas. Nesse caso, há outras três opções de cores que são as seguintes: Preto Vulcão, Vermelho Alpe e Branco. A versão Adventure possui cores adicionais e exclusivas que podem deixar seu veículo único como Verde e Cinza.

Outras características que mudam completamenete a face do carro, deixando-o exclusivo se comparado a outros do mesmo porte, são os seguintes ítens: capota de mar, resvestimento de couro no volante, bússola, rodas de liga leve, inclinômetros e um aditivo opcional que é bloquear o carro por meio de ferramentas eletrônicas como o Locker.

Uma das maiores vantagens de obter um automóvel como esse é que a empresa vendedora não assegura apenas garantia de 12 meses, mas também possibilita que o comprador possa realizar contratos de 24 meses adicionais de garantia por um preço muito mais reduzido que os demais, sendo extremamente vantajoso e econômico. Sendo assim, a concessionária pode financiar o veículo e também prestar serviçoes extras como manutenção e estabelecer um plano para que o carro faça revisões periódicas com o intuito de assegurar o seu bom funcionamento. Outro pacote oferecido pela Confiat oferece aos seus clientes a proteção 24h ao carro, o plano é muito vantajoso caso os carro estrague com muita frequência.

Desse modo, o Fiat Strada 2018 mostra-se mais uma vez vantajoso no quesito economia, estética e segurança. Características que, nos dias de hoje, são imprescindíveis para que os brasileiros ainda possam fazer o uso de veículos motorizados.

Ana Paula Oliveira Coimbra


Fiat 500 chega ao Brasil em uma versão, chamada Cult.

Apesar de andar meio esquecido no Brasil, a Fiat já está preparando a volta do seu modelo 500. Sem unidades importadas desde o ano de 2015, a saga do modelo que cativou diversos brasileiros ainda não acabou.

Ao que tudo indica, um novo lote do carro na versão 2017/2017 chegou até o Rio de Janeiro e apesar de não serem notadas quaisquer mudanças no seu design, o veículo compacto vem com diversas especificações muito interessantes e atrativas.

Dessa vez, não há as versões conhecidas pelo público, a Abarth e Cabrio. Os novos veículos Fiat 500 serão todos na mesma versão de entrada, a Cult, que traz um motor 1.4 de 8 válvulas Fire EVO de 88 cavalos de potência. Já o câmbio é manual de cinco marchas, garantindo a comodidade já conhecida.

No total, são três versões de cores. São elas: vermelho, preto e branco. A novidade maior fica por conta do teto solar, agora disponível em todos os modelos.

Mostrada no Salão do Automóvel na edição do ano passada, a central multimídia Uconnect com o GPS é uma possibilidade. Porém, essa é apenas uma sondagem, restando apenas aguardar o seu lançamento oficial.

E em relação ao pacote dos equipamentos que integram o modelo, esse continua recheado de novidades e garantindo a diferenciação dos outros carros existentes na categoria. Sendo assim, na compra do Fiat 500, você leva para a sua casa airbags frontais, freios ABS, ar-condicionado, controles de tração e estabilidade do carro, auxílio de saída em uma rampa (Hill Holder), trio elétrico e computador de bordo.

Reestilizado na Europa há dois anos, com novos faróis e de neblina compostos com luzes de LED diurnas, para-choque frontal totalmente novo, lanternas traseiras retrabalhadas e luzes de ré alocadas, essas mudanças ainda demorarão para chegar até aqui. Isso porque, a fábrica que abastece os países da América só irá iniciar a produção do carro reestilizado no fim de 2017.

Ficou curioso para receber pelas ruas daqui essa novidade? Pois não é preciso esperar muito, já que o modelo começará a ser distribuído no Brasil em concessionárias no próximo mês, em agosto. E os preços são muito atrativos, pois em média o Fiat 500 Cult 2017 será comercializado por R$ 60 mil. A empresa que comprar com CNPJ (pessoa jurídica), por outro lado, terá um desconto de 15%.

Por Kellen Kunz

Fiat 500 Cult


Confira aqui os preços oficiais do Fiat Argo 2018.

Os fiéis consumidores dos carros da Fiat agora poderão satisfazer toda a sua curiosidade em relação ao mais novo lançamento da marca, que era considerado um segredo guardado a "sete chaves". Acaba de chegar às concessionárias da marca em todo o país o novo Fiat Argo.

Mal chegou às lojas e ele já é alvo de muita polêmica, principalmente em relação às versões que chegam nas lojas e o valor que os consumidores terão que desembolsar para ter o novo modelo na garagem de casa.

O Fiat Argo estreia em sete versões diferentes, que combinam o tipo de motor com o tipo de transmissão utilizado para os novos modelos.

Quem quiser adquirir o seu, terá que escolher entre as transmissões do tipo manual, automatizado GSR e automático. Além disto, deverá também optar pelo tipo de motor disponível: 1.0, 1.3 e 1.8.

Para que o consumidor possa ter uma ideia do preço do novo hatch da Fiat no mercado de carros novos brasileiro, aqui vai uma lista de opções que os compradores encontraram nas lojas a partir de agora:

1 – Para os modelos com motor 1.0, o preço pode variar entre R$ 46.000,00 até quase R$ 49.000,00, dependendo da opção do consumidor em querer uma central multimídia de fábrica e com câmbio manual.

2- Para as versão 1.3, com câmbio manual o preço pode chegar a quase R$ 54.000,00. Se a opção for o de transmissão GSR, o valor sobe para quase R$ 59.000,00.

3- O modelo 1.8 está sendo vendido em quatro versões: a Precision manual que custa cerca de R$ 62.000,00 e a versão automática cujo valor é de R$ 68.000,00. O modelo HGT manual é vendido a R$ 65.000,00 e a sua versão automática chega a custar mais de R$ 70.000,00.

Para quem entende de mercado de carros ou para aqueles consumidores mais atentos e mais experientes, os valores se mostram exorbitantes quando se considera a hipótese de se pagar quase R$ 50.000,00 por um modelo popular com motor 1.0. Esta é uma das polêmicas que estão sendo levantadas a respeito do novo modelo da Fiat.

Apesar de toda controvérsia, quem quiser conhecer o novo carro da Fiat poderá acessar o site da montadora e conferir todos os detalhes do novo modelo.

Emmanoel Gomes


Novo modelo da Fiat tem previsão de vendas no Brasil em junho e virá para substituir o Palio e o Punto.

Em tempos de recessão econômica, vale aquela máxima: Quem não se mexe, não aparece. Parece ser a mais pura verdade para a montadora italiana Fiat, presente em terras brasileiras desde 1976.

A montadora já decidiu tentar sair da estagnação e recuperar, a todo custo, a posição de líder de vendas no mercado brasileiro automotivo, posição perdida para a americana Chevrolet. A bola da vez agora ficou por conta de umhatch compacto, denominado de Argo e que tem previsão de vendas para o mês de junho.

O Fiat Argo, que até pouco tempo atrás era chamado de X6H, tem a dura missão de ocupar o lugar do bem-sucedido Palio, em suas versões top de linha e do Punto, que se aposentou em janeiro desse ano.

A missão dada ao Argo é ainda preencher o espaço do Bravo, que também teve sua produção interrompida. Sabe-se que o novo lançamento da Fiat é baseado no Tipo europeu, porém com dimensões menores, com um moderno visual que inspira esportividade e com um bom espaço interno, que é um dos seus atrativos na hora da compra. Se comparado com seu irmão, o Tipo europeu, o Argo tem o visual mais moderno. O capô do Argo é um pouco mais liso e os vincos estão presentes apenas nas laterais. Os faróis de neblina ficaram localizados nas extremidades da entrada de ar da parte central do para-choque dianteiro. Na traseira, a tampa do porta-malas é um pouco mais plana e tem o design diferente, além das lanternas, que são um pouco mais estreitas.

A versão de entrada do novo lançamento da Fiat, será a 1.0 Drive, que vem equipada com motorização de 3 cilindros FireFly com 72 cv, que promete ser bastante econômico e câmbio manual de 5 velocidades. O Argo ainda terá versões 1.3 com 101 cv e com as opções de câmbio manual de cinco marchas ou automatizado GSR, também de 5 marchas. A versão top de linha do Argo ficará por conta do 1.8 Essence e Sporting, ambos com câmbio manual ou automático de seis velocidades.

O preço sugerido pela Fiat, dependendo do modelo escolhido, pode ficar entre R$ 45 e R$ 60 mil.

Vamos ver se o Argo vai colocar a Fiat como primeira do ranking novamente.

Por Rodrigo Souza de Jesus

Fiat Argo


Ford reduz preço do Fiesta, enquanto que a Fiat aumenta preços de seus modelos.

A montadora americana de veículos, Ford, fez um anúncio na última quarta-feira, dia 5, de uma redução nos valores de venda do modelo Fiesta. O hatch está mais barato em até R$ 3.900, variando de acordo com a versão. Os preços mais em conta só não são válidos para as configurações mais simples.

Entre as configurações que possuem câmbio automático com dupla embreagem, a versão conhecida como SEL teve uma redução no seu valor, passando dos antigos R$ 67.090 para o atual R$ 63.190, sendo uma redução no valor de R$ 3.900.

Já a versão Titanium teve uma redução de R$ 1.200, a qual passou a ser R$ 68.990, onde era R$ 70.190. Pra finalizar, a versão Titanium Plus, topo de linha , que possui motor turbo, teve uma diminuição de R$ 500 e agora bate a marca de R$ 73.990.

As configurações que possuem câmbio manual tiveram também reajuste em seu preço, para baixo. A versão SEL, que antes era R$ 60.790, agora passou a ser R$ 58.590 e a versão SEL Style, que antes era R$ 61.290, passou a ser vendido por R$ 59.790.

Um fato curioso com relação ao reajuste dos valores é que as versões de entrada da marca, como SE (que custa R$ 53.660) e a SE Style (que é vendida por R$ 56.590), não tiveram alterações.

A Fiat aumenta o preço de sua linha

Por outro lado, a montadora italiana Fiat elevou seus preços em uma parte de sua linha. A novidade principal fica por conta do Mobi modelo 2018. Agora possui menos versões, sendo cinco no total e as alternativas que possuía o sobrenome "On" já não são mais oferecidas. Desta forma, alguns pacotes de itens opcionais voltam.

A configuração conhecida como Easy, que inicia agora no valor de R$ 33.700, anteriormente era comercializada pelo valor de R$ 33.030. A opção pode ainda receber um novo pacote que conta com travas e vidros elétricos, além de desembaçador e também limpador no vidro traseiro, sendo somado mais R$ 1.890 em seu valor original.

FILIPE R SILVA


Modelos irão substituir o Palio, Punto, Linea e Grand Siena.

A Fiat fez o último pronunciamento deste ano e confirmou que lançará dois carros completamente novos em 2017 no Brasil. Apesar da montadora não ter dado mais detalhes, sabe-se que os veículos são o X6H e X6S, os quais, a curto prazo, irão substituir os Palio, Punto, Linea e Grand Siena.

O hatch X6H, que tem previsão para o final do primeiro semestre de 2017, terá porte superior ao do Palio e do Uno. Entretanto visto o motor, acredita-se que o veículo não seja tão grande assim, contando com uma versão de 1.0 litros, com 3 cilindros, porém será mais espaço que o Uno.

O modelo X6H também irá competir com veículos mais caros. Para isso, além do 1.0, o hatch contará com uma versão 1.8 E-TorQ com transmissão automática de seis velocidades (mesmo utilizado na Toro) e versões 1.3 Firefly Dualogic e manual. Terá direção elétrica com diversos modos de pilotagem, controle de estabilidade para saída em rampa e sistema start-stop.

Há a expectativa também em um futuro próximo lançar a versão turbinada do 1.3 Firefly, com 16V e potência de 160 cv, substituindo o Punto T-Jet.

O X6H será fabricado em Betim (MG), já o sedã dele, o X6S, sairá de Córdoba, na Argentina. Rivalizando com compactos-médios Toyota Etios e Chevrolet Cobalt, terá opções 1.3 Firefly e a 1.8 E-TorQ com transmissão automática. Chega no segundo semestre.

Em ambos, o Fiat Tipo europeu será a inspiração visual virá do Fiat Tipo europeu, porém não serão versões modificadas para o Brasil assim como a imprensa citou. É um projeto próprio, feito no Brasil, com menores dimensões e uma plataforma diferenciada. Internamente, provavelmente serão utilizados componentes de modelos já conhecidos. Na estrutura, aços de alta resistência e maior qualidade também serão utilizados.

O X6H vem pra sepultar o Punto e as versões mais top de linha do Palio. Já o X6S mata o Linea e as versões mais caras do Grand Siena, que ganhou a pouco a versão 1.0 para ir disponibilizando espaço para o novo carro. Conhecendo a preferência do consumidor por compactos um pouco maiores, a aposta da marca italiana será maior no mercado brasileiro. E partindo delas chegará a picape X6P, no lugar da Strada, mas só para 2018.

Por Filipe Silva

Lançamento da Fiat 2017


Confira aqui as características e preços do Novo Fiat Toro Black Jack 2017.

A Fiat, após expor o novo Toro Black Jack no Salão do Automóvel de São Paulo, já anuncia a estreia das vendas do automóvel para o próximo semestre, em 2017.

O novo modelo da série Black Jack é baseada na versão da Toro Freedom 2.4 Flex, tendo como característica de destaque o acabamento escurecido. O que inclui até o logotipo da Fiat na traseira do Toro Black Jack, que não fugiu da customização, antes sendo vermelho e agora adquiriu um tom totalmente preto.

Além disso, o design do veículo abandonou qualquer cromado que fosse possível. A parte interna terá bancos de couro. Vamos ter também rodas de 17 polegadas em tom escuro e câmbio automático de nove marchas. As inscrições nos bancos e os emblemas alusivos nas portas do veículo são detalhes que completam o estilo do automóvel.

Uma curiosidade da série especial do Fiat Black Jack foi a inspiração no jogo de cartas “Blackjack”. O automóvel ainda traz faróis com luzes diurnas e máscaras negras, LEDs e um acabamento interno com todo forro e estofamento em detalhes de preto .

Por ser Flex, o motor 2.4 16V Tigershark MultiAir Flex gera 186 cv e 24,9 mkgf de torque quando abastecido com etanol. Ele será combinado sempre com o mesmo câmbio automático de 9 marchas, oferecido juntamente com o motor diesel. Mas neste caso, a tração sempre é dianteira.

De acordo alguns especialistas, já é esperado que o Fiat Toro Black Jack tenha o valor de mercado superior aos 100 mil reais, visto que a versão Freedom com especificações semelhantes sai pelo valor de R$ 98.730,00. Levando em conta que o Toro Black Jack tem faróis para neblina, bancos de couro e apoio de braço central como características a mais em comparação ao Toro Freedom.

Na configuração temos:

  • Motor: 2.4 Flex;
  • Potência: De 174 cv a 250 rpm (gasolina) e de 186 cv a 6.250 rpm (Etanol);
  • Transmissão: Automática com nove velocidades;
  • Torque: 23,5 kgfm a 4.000 rpm / 24,9 kgfm a 4.000 rpm;
  • Velocidade: Faz de 0 a 100km/h em 10s5 com gasolina e em 9s5 com etanol.

Com o novo visual e já apresentada durante o Salão de Automóvel de São Paulo resta aguardamos até o ano que vem para vermos se a picape irá mesmo agradar os fãs da marca em sua edição especial.

Por Denisson Soares


Modelo tem preço inicial de R$ 42.410 e não traz mudanças muito significativas.

A montadora italiana Fiat anunciou no dia 3 de agosto, o modelo Palio em seu modelo 2017. A mudança de linha ocorreu no mesmo dia em que o modelo ganhou somente uma estrela em um teste de colisão realizado pelo Latin NCap, que avalia a segurança dos veículos.

Veja abaixo a lista de preço das versões:

Palio Attractive – motor 1.0, custando R$ 42.410,00

Palio Attractive – motor 1.4, custando R$ 45.990,00

Palio Essence – motor 1.6, custando R$ 50.890,00

Palio Sporting – motor 1.6, custando R$ 53.410,00

Sem alterações que chamem atenção, tanto na parte visual, quanto na parte mecânica, a montadora italiana agora aposta em equipar um pouco mais o veículo de fábrica.

A linha do ano 2017 possui um painel central novo, com acabamento diferenciado para cada versão. Apresenta também uma grafia nova do quadro de instrumentos, um interior mais escuro e uma nova posição da porta USB, além de novos tecidos de série.

Do lado externo, o novo Palio conta com uma nova cor para as rodas de liga leve, além de novas faixas laterais e novas calotas.

Versão Attractive 1.0 l

Na sua lista de equipamentos foram acrescentados itens de série, como: pré-disposição para rádio e banco do motorista com regulagem de altura, além do Kit Comfort, que conta com volante com regulagem de altura, apoia-pé para o motorista, 3° apoio de cabeça traseiro rebaixado, alças traseiras de segurança, revestimento interno da soleira das portas e também um porta-óculos.

A versão oferece também como opcional retrovisores externos elétricos, rádio Connect, vidros elétricos traseiros e volante com comandos de rádio.

Versão Attractive 1.4

É somado ao seu pacote de equipamentos: pré-disposição para rádio e banco com regulagem de altura. Já os opcionais são: retrovisores externos elétricos, rádio Connect, vidros elétricos traseiros e volante com comandos de rádio.

Versão Essence 1.6

Possui volante em couro com comandos de rádio, alarme e vidros elétricos traseiros. Os opcionais são compostos por: spoiler na tampa traseira na mesma cor do veículo, kit parafusos antifurto das rodas e rodas de liga leve 6.0 de 15 polegadas, com pneus 185/60.

Sporting 1.6

Agora tem novas faixas laterais exclusivas e rodas em liga leve de 16 polegadas com uma pintura nova, além de vidros elétricos traseiros, volante em couro comandos do rádio, kit parafusos antifurto das rodas e alarme e não possui opcionais.

Por Filipe Silva

Fiat Palio 2017


Problema atinge mais de 16 mil veículos fabricados entre 2012 e 2016.

Na última quinta-feira, dia 16, a Fiat Chrysler (FCA) resolveu lançar um alerta para os donos de 16.193 unidades do modelo retrô 500. Os carros foram produzidos entre os anos de 2012 e 2016. O alerta dado pela montadora diz respeito a uma possível falha na embreagem, em especial nos modelos que foram equipados com o câmbio manual.

Os chassis envolvidos no problema vão do 3C3FFBR1CT100677 ao 3C3AFFAR1GT173711.

De acordo com as informações constantes no comunicado, a falha que envolve o pedal de embreagem poderá impossibilitar que a troca de marchas possa ser feita. Como resultado o condutor poderá ter perda de tração do veículo.

A situação que mais pesa contra a fabricante é o fato de que ela ainda não possui uma solução nem em sentido paliativo e muito menos definitivo para o problema. Mas de qualquer forma ela garantiu que convocará a segunda fase da campanha de recall com a possibilidade de agendamento para o reparo assim que o mesmo estiver disponível.

A Fiat também não acrescentou no comunicado qualquer tipo de medida preventiva que os usuários do modelo poderão tomar até que seja solucionado o problema. Ainda assim, em caso de dúvidas a fabricante disponibilizou o seguinte telefone para contato: 0800-7071000.

Atenção para o Recall

Em termos gerais não existe recall feito por um defeito que não venha a ser sério. Conforme consta no Código de Defesa do Consumidor, as convocações devem ser realizadas quando surgir algum tipo de defeito de fabricação que possa colocar em risco a vida dos ocupantes do veículo.

Sendo assim, uma vez anunciado não há prazo limite de data para que o recall seja feito. A única coisa nesse sentido que poderá acontecer é a montadora estabelecer uma data para o início do recall, mas não uma para o fim do mesmo.

E tem mais, aqueles clientes que encontrarem qualquer tipo de problema seja ele no agendamento, lentidão para que o reparo seja feito ou até mau atendimento, o mesmo poderá se dirigir ao Procon para denunciar a situação.

E fica outro aviso. No caso de recall os consertos e reparos que vierem a ser feitos devem ser completamente gratuitos.

Por Denisson Soares


Modelo possui 6 versões e custa de R$ 31 mil a R$ 43 mil.

A Fiat vem com novidades em 2016 e uma destas novidades é o Fiat Mobi 2017.

Este é o nome do novo modelo lançado pela Fiat e sucessor do Mille, que foi sucesso absoluto de vendas da Fiat.

Com o mercado exigindo carros mais modernos, compactos e econômicos, o Fiat Mobi é a nova opção para o cenário brasileiro e o sucessor do Mille chegou causando barulho na internet e nas redes sociais. Seu design moderno e ousado lembra a frente usada em carros da Chevrolet, com seus faróis avantajados e sua grade frontal se destacando. Já a traseira lembra um pouco o UP, seu concorrente direto da Volkswagen, já o restante do carro parece uma versão reduzida do Uno Vivace.

O compacto foi todo projetado no Brasil e é fabricado em Betim (MG). A Fiat oferece ao mercado seis opções de versões para o público, sendo todas as opções com cinco portas e motor 1.0. O carro apresenta a mecânica do Uno Vivace e sua versão básica, com preço a partir de R$ 31.900, é simples. Para quem procura uma opção mais equipada, pode acrescentar opcionais como controle elétrico dos vidros dianteiros, limpador e desembaçador traseiro, etc. Já para aqueles que procuram mais opções, será necessária a troca de versão para uma versão superior.

O Fiat Mobi parte da versão Easy (R$ 31.900), Easy On (R$ 35.800), Like (R$ 37.900), Like On (42.300), Way (R$ 39.300) e Way On (R$ 43.800). A grande novidade é a implantação do sistema Live On, composto por suporte para o celular no lugar do rádio e um aplicativo que faz a interface com o sistema do carro, este sistema permite ao condutor controlar várias funções do celular pelos botões do volante, como por exemplo, o controle das músicas, controle de GPS, monitoração de consumo e é claro, controle nas chamadas do telefone.

O Fiat Mobi acaba perdendo no espaço (devido às reduções de medidas para concorrer diretamente com o UP, da Volkswagen). Um condutor com estatura acima de 1,75m se complica na direção e acionamento dos pedais, o espaço do bagageiro também foi ligeiramente reduzido em relação ao UNO, o que no fim das contas pode ser uma diferença expressiva se o condutor utilizar este carro para viagens. Mas quando falamos em seu comportamento dentro do perímetro urbano, o Mobi atende as necessidades e ao público a quem é direcionado e a médio prazo, deve substituir o Uno em suas futuras atualizações, o que pode abrir novas versões esportivas, para o trânsito e quem sabe para a família.

Davy Beiral


Modelo ficou mais caro e agora o preço do modelo mais básico parte de R$ 77 mil, R$ 1.300 a mais do que o valor cobrado anteriormente.

A mais nova aposta da montadora Fiat, a picape Toro, chegou ao mercado nacional com muita força, pois entre os consumidores a aceitação foi muito boa, inclusive com muitos elogios devido ao design do veículo, mas a notícia triste é que antes mesmo de completar os primeiros dois meses de comercialização a Fiat já resolveu a fazer um reajuste nos preços da picape.

Com este reajuste, a Freedom 1.8 flex automática, versão mais básica do veículo, teve um acréscimo de nada mais nada menos que R$ 1.300, sendo que antes ela custava R$ 76,5 mil e agora passou a ser comercializada por R$ 77,8 mil, valor este que inclusive já está atualizado no site da fabricante, este aumento representa 1,7 %.

Os clientes mais exigentes que quiserem adquirir o veículo equipado com o Kit Opening Edition, no qual estão inseridos diversos acessórios extras e um acabamento diferenciado da versão mais básica, o valor foi reajustado em R$ 1.952, uma vez que o preço anterior era de R$ 84.400 e agora passou a ser de R$ 86.352. Aproveitando o ensejo, a fim de minimizar o espanto dos consumidores, a Fiat fez o lançamento de um segundo Kit, o qual foi batizado com o nome de Opening Edition 2, o qual, atualmente, está R$ 1 mil mais barato que a versão anterior.

A principal distinção entre os kit é o fato de o Opening Edition 2 ofertar aos consumidores rodas de aço, enquanto que no primeiro Kit as rodas ofertadas são de liga leve.

Desde que foi lançada no mês de fevereiro a Toro, segundo os dados estatístico da Federação dos Concessionários (Fenabrave), teve 4.228 unidades emplacadas até o final de março, sendo que com este número ela conseguiu alcançar a terceira colocação entre as picapes médias e grandes vendidas no país.

O título da categoria até o mês de março é da Toyota Hilux, que teve 8.259 unidades emplacadas, seguida da Chevrolet S10, que teve 4.375 emplacamentos, porém, ambas de porte maior do que a Toro.

A expectativa da Fiat é que até o final do ano a Toro consiga atingir uma meta de 40 mil unidades emplacadas, valor este que representaria uma média de 4 mil emplacamentos por mês, mas a ambição da montadora vai ainda mais além, tendo em vista que nos 12 primeiros meses desse lançamento a meta é que sejam vendidas 50 mil unidades.

Por Adriano Oliveira


Modelo é uma picape compacta-média que tem preço inicial de R$ 76.500.

O carro mais esperado do momento finalmente foi lançado. A Fiat divulgou a tão esperada Toro, uma picape compacta-média que vinha atraindo muita atenção antes mesmo do lançamento. Isso pelo seu modelo com “cara de SUV”. A montadora preparou um lançamento especial chamado de Opening Edition, limitado à venda de 1.000 unidades, que virão com itens de série exclusivos acrescentados aos modelos.

Diferentemente do especulado (para mais e para menos), a versão de entrada é de R$ 76.500.

A configuração mais barata é a versão Freedom 1.8 com câmbio automático. Além disso, a montadora confirmou que irá produzir uma versão manual do automóvel, também 1.8.

As cinco versões que serão lançadas são as seguintes: Toro Freedom 1.8 Flex AT6: R$ 76.500, Toro Opening Edition 1.8 Flex AT6: R$ 84.400, Toro Freedom 2.0 Turbodiesel MT6 4×2: R$ 93.900, Toro Freedom 2.0 Turbodiesel MT6 4×4:  R$ 101.900, Toro Volcano 2.0 Turbodiesel AT9 4×4: R$ 116.500.

Ainda não há informações dos pacotes de cada versão, mas as configurações gerais de todos os automóveis são essas: quatro portas, cabine dupla, alarme, controle de estabilidade e tração, caçamba com abertura bipartida, dobradiças nas laterais, assistente de partida em rampa, piloto automático, direção elétrica, travas e retrovisores elétricos, sistema de entretenimento com USB e Bluetooth e sensor de estacionamento traseiro.

Os veículos da Opening Edition virão com as seguintes configurações a mais: câmera de ré, barra longitudinal de teto, protetores plásticos por todas as laterais, rodas de liga leve aro 16 com design exclusivo, protetores plásticos em todas as laterais, capota marítima, adereços alusivos na carroceria e no interior e central multimídia Uconnect, com tela touch de 5’. Há também um opcional de teto solar. Essa versão só se aproxima da versão top, Toro Volcano 4×4 AT9.

O Fiat Toro é montado para carregar até cinco pessoas, com 4.91m de comprimento e boa disposição do banco de trás. A motorização será da plataforma Renegade, com as versões flex com motor 1.8 etorq para até 139 cavalos de potência e 19,1kgfm com 6 marchas automático. As versões a diesel virão com o MultiJet turbo de 140 cv de potência e 35,7kgfm – o câmbio manual terá seis marchas nas configurações 4×2 e 4×4 e o automático terá 9 velocidades na versão 4×4.

A capacidade de carga da caçamba será de 1 tonelada, o mínimo permitido.

O utilitário virá para competir – e superar, segundo o preço inicial – com o Renault Duster Oroch (com inicial de R$ 64.000) e a Chevrolet S10 LT Flex cabine dupla (com valores de R$ 95.490).

Por Fabricio Yassuo

Fiat Toro

Fiat Toro

Fotos: Divulgação


Projeto tem o nome de X1H e deve substituir o Palio Fire e o Uno Vivace.

A Fiat pretende liderar o mercado automobilístico de compactos de entrada no Brasil com o lançamento de um novo modelo. O veículo deverá ser o 0km mais barato do país. O início da comercialização é previsto para o primeiro trimestre do próximo ano. A produção começará ainda em 2015, na fábrica de Betim (Minas Gerais). O nome X1H ainda é um projeto. Não sabe-se como o resultado será batizado. E a Fiat, além do que, já revelou convenientemente que trabalha com confidencialidade na concepção do produto.

Primeiramente, o motor é o 1.0 Fire Evo, com aperfeiçoamento em potência e consumo de combustível em relação aos motores atuais do tipo. Posteriormente, a marca pretende equipar o X1H com o 1.0 GSE de três cilindros e seis válvulas.

O novo hatch tem chassi com dianteira de Uno e Palio e traseira inédita. Porém, a estrutura teve uma reformulação em relação às passadas para uma boa performance em caso de impacto.

O conceito físico é ganho de espaço no sentido vertical. O capô é alto como o do novo Uno. Mas o comprimento total é menor que o do antigo Uno Mille e a altura é maior. Os faróis, estreitos, se alargam até as laterais. Na traseira, novidades relevantes: tampa totalmente em vidro (o que reduz o peso) e espaço do porta-malas maior na vertical do que na horizontal, com capacidade maior que de 250 litros. O para-choque de trás é alto e a tampa curta

Especulações dão conta de que o carro substituirá os modelos Palio Fire e Uno Vivace. Mesmo que isso aconteça, os três modelos coexistirão por pelo menos um ano. Enquanto isso não ocorrer, serão cinco compactos de entrada da Fiat no mercado brasileiro: X1H, Uno Vivace, Palio Fire, Novo Palio e Punto.

Uma versão aventureira e mais cara, do estilo Way da empresa, deverá ser apresentada em breve e posta à venda a partir do segundo semestre de 2016.

Bruno Klein


Novo modelo proporciona aos consumidores um bom espaço com versatilidade para percorrer grandes distâncias e viagens longas por estradas não pavimentadas ou até mesmo locais remotos.

A divisão Professional da renomada fabricante de veículos automotores Fiat fez a criação de uma variação exclusiva e bastante diferenciada para o furgão Ducato. Este veículo foi desenvolvido com foco nos amantes do camping e de aventuras, este veículo foi batizado com o nome de Ducato 4X4 Expedition, as principais vantagens que este carro irá proporcionar aos consumidores serão espaço com inúmeras configurações distintas, versatilidade para percorrer grandes distâncias e viagens longas por estradas não pavimentadas ou até mesmo locais remotos.

Esta nova versão da Ducato foi desenvolvida em parceira com as empresas Olmedo, Dangel e Techform, sendo que a Fiat Professional fez todo o desenvolvimento da parte exterior desta novidade, bem como a parte interior que foi totalmente personalizada.

O Ducato 4X4 Expedition chegará ao mercado equipado com um motor movido a diesel 2.3 modelo Multijet, o qual será capaz de produzir uma potência máxima de 150 cv, no motor deste home aventureiro há a presença de ganchos para reboque. Ainda o furgão traz as seguintes novidades: rack especial sobre o teto, para-choques mais robustos, luzes auxiliares com tecnologia LED, suspenção totalmente reforçada, guincho elétrico, bem como rodas confeccionadas em aço, as quais são calçadas com pneus de uso misto.

A versatilidade deste furgão aventureiro é tão grande que, por dentro, ele assume a configuração de uma pequena casa, haja vista que há a disponibilidade de gabinetes que quando abaixados transformam-se em uma cama de casal, além de, pia, armários, fogão elétrico, cadeiras com sistema giratório inclusive para o motorista, ar condicionado central, TV, dentre outros apetrechos que grande utilidade.

Como é um veículo destinado para consumidores que amam aventuras, ele conta com compartimentos para que os proprietários consigam armazenar  grandes quantidades de mantimentos para se alimentarem durante um longos períodos de viagens em locais que não ofereçam nenhum tipo de recurso logístico. 

Por Adriano Oliveira

Fiat Ducato 4X4 Expedition

Fiat Ducato 4X4 Expedition

Fotos: Divulgação


Nova versão traz o ar-condicionado de série, vindo até mesmo na versão mais básica.

A montadora Fiat já está produzindo a linha 2016 do veículo Grand Siena, nessa nova edição o veículo ganhou alguns novos itens de série em suas versões. O grande destaque das novidades ficou por conta do ar-condicionado, o qual passa a vir de série até mesmo na versão mais básica. Todavia, uma das novidades que os consumidores não irão gostar é a de que com essas modificações o veículo teve um acréscimo no seu valor que varia de R$ 490 a R$ 1.800, conforme a versão escolhida pelo cliente.

A versão mais básica do Grand Siena é a 1.4 Atractive, a qual já virá de série equipada com o ar-condicionado, o que anteriormente não acontecia. Já a versão intermediária do veículo a 1.6 Essence teve inserido um novo sistema de som, o qual conta com CD, MP3, USB, Viva-voz, Bluetooth, outra novidade também são os vidros traseiros que agora serão elétricos. Na versão 1.4 Tetrafuel foram adicionados faróis de neblina e chave no modelo canivete com dispositivo de acionamento de abertura das portas, porta-malas e vidros.

Além dos itens que já estão sendo disponibilizados aos clientes de série, estes também terão à disposição novos kits de opcionais, como, por exemplo, na versão Creative 1 se o consumidor optar pode ser incluído nas versões 1.4, a qual  passa a contar com volante multifuncional em couro, retrovisores e vidros elétricos, CD, MP3, Bluetooth, Viva-voz e USB.

Já para os consumidores que optarem por adquirir a versão Essence, a qual também pode ser equipada com o mesmo Kit citado acima, Creative 1, o veículo passará a ter volante multifuncional totalmente revestido em couro, retrovisores elétricos. O outro kit de opcionais que está sendo disponibilizado aos consumidores é o Sublime que conta com itens iguais aos citados na versão anterior, mas as mudanças ficam na grade dianteira que será na cor cinza, bem como nos frisos que se apresentaram cromados, ainda terá apoio de braço, contudo somente para os motoristas, carpetes e sobretapetes, faróis com máscaras e soleiras com as escritas Sublime. Para ter estes opcionais a montadora Fiat oferece as duas opções sendo que uma será comercializada por R$ 980 enquanto a outra será comercializada por 4.100, respectivamente.

Por Adriano Oliveira

Fiat Grand Siena

Fiat Grand Siena

Fotos: Divulgação


Modelo é um conceito especial derivado do Viaggio com inspirações do Dodge Dart

O Salão de Xangai, na China, edição de 2015 está recheado de novidades entre as principais montadoras do mundo. Dentre elas está a Fiat que trouxe uma grande novidade para apresentação em Xangai: trata-se de um conceito especial do hatch médio Ottimo. Caso ainda não conheça, este é o Bravo chinês e é um derivado do sedan Viaggio que possui grande inspiração na plataforma da nova geração do Dodge Dart. A apresentação no Salão de Xangai trouxe a tona a até então inédita versão Cross.

O Fiat Ottimo Cross conta com um grande destaque em seu design, que é bastante arrojado. Dessa forma, a Fiat incorporou a esta versão um visual bem aventureiro e que conta com revestimentos plásticos e adereços off-road. Um dos grandes mistérios é quanto à produção em série do novo conceito da Fiat, haja vista a marca italiana não ter se pronunciado a respeito disso.

Uma das grandes novidades neste automóvel e que o diferencia dos demais modelos da Fiat é, sem sombra de dúvidas, a altura bastante elevada do Ottimo Cross se comparado com outros modelos da marca. Vale ressaltar que a Fiat não costuma fabricar automóveis muito altos. Além disso, o Ottimo ainda conta com rack de teto com acabamento prateado, revestimentos plásticos nas caixas de roda e base nas portas, possui grade frontal com grelha redesenhada, os para-choques possuem inserções prateadas, o automóvel conta com adesivos decorativos, luzes diurnas de LED, pinças de freio pintadas em vermelho além de rodas de liga leve com desenho exclusivo.

Apesar das muitas mudanças na parte exterior, é importante ressaltar que o Ottimo Cross apresenta muitas mudanças na parte interior. Um dos principais destaques da parte interior do carro são os novos elementos cromados no painel. Além disso, o mesmo também conta com bancos esportivos com revestimento em couro claro e identificação do modelo bordada além de volante revestido em couro com costuras vermelhas. O automóvel possui um excelente sistema de entretenimento conhecido como UConnect que possui tela de sete polegadas sensível ao toque.

Por Bruno Henrique

Fiat Ottimo Cross

Fiat Ottimo Cross

Fotos: Divulgação


Modelo liderou o ranking de vendas com 9.946 unidades vendidas

Março foi o mês de outro queridinho da Fiat liderar o ranking de vendas. Dentre automóveis comerciais e leves, o Fiat Strada ultrapassou expectativas e assumiu a liderança no mercado, com 9.946 unidades emplacadas.

A linha 2015 da picape não é dotada de muitas novidades, exceto que ganhou itens de série como, por exemplo, a configuração Trekking, que passou a possuir chave canivete e telecomando das travas de porta, além de regulagem de altura no banco do motorista e predisposição para rádio.

O Fiat Strada ainda aderiu às novas tecnologias, como a conectividade via Bluetooth e entrada USB. Retrovisores externos elétricos, rodas de liga leve 14'' e volante em couro também são algumas das novidades da picape.

Já quanto ao motor, a picape possui três tipos: um motor Fire 1.4 8V (86 cv, movido a etanol); um intermediário com motor de 1.6 16V (117 cv); e a versão topo de linha, com bloco de 1.6 16V (132 cv). Todos eles são bicombustíveis. As três versões têm câmbio automático de cinco marchas.

Carros mais vendidos:

O Fiat Strada lidera as vendas de automóveis do mês de março. No entanto, outros carros de linha também são disputadíssimos pelos consumidores.

Na segunda colocação do ranking está o Chevrolet Onix, com 9.548 unidades vendidas. Logo atrás, está o Palio, que foi o líder em janeiro e fevereiro. Agora, o automóvel emplacou 9.232 unidades, seguido pelo HB20, da Hyundai, com 9.100 carros vendidos. Na lista está ainda o Gol, em sexto lugar, com 8.351 unidades.

Por fim, março encerra com uma alta de 26,38% em relação a fevereiro, totalizando 225.982 unidades comercializadas. Já, se compararmos com março de 2014, percebemos uma queda de vendas de 1,19%.

Confira abaixo a lista completa dos modelos mais vendidos:

1º – Fiat Strada – 9.946;

2º – Chevrolet Onix – 9.548;

3º – Fiat Palio – 9.232;

4º – Hyundai HB 20 – 9.100;

5º – Fiat Uno – 8.671;

6º – VW Gol – 8.351;

7º – Ford Ka – 8.151;

8º – Renault Sandero – 7.957;

9º – VW Fox/CrossFox – 6.923;

10º – VW Saveiro – 6.328.

Por Andréa Corneli Ortis

Fiat Strada

Foto: Divulgação


Foi uma disputa apertada durante todo o último ano, mas o Fiat Palio conseguiu tirar do Volkswagen Gol o título de carro mais vendido no Brasil.

A diferença nas vendas entre os dois modelos foi de apenas 381 unidades, sendo que foram comercializados 183.744 unidades do Palio em 2014, enquanto do Gol foram vendidas 183.367 unidades durante todo o ano.

Mesmo não alcançando um resultado favorável, a Volkswagen se mostra otimista com os números apresentados pelo modelo no ano anterior. De acordo com uma nota oficial divulgada pela própria VW, a montadora afirma que o Gol é um vencedor, por ser o carro preferido entre os brasileiros há 27 anos e por, durante estas quase três décadas, ter sido o modelo com maior número de unidades produzidas, sendo mais de 7,5 milhões de carros fabricados desde 1980, ano em que o modelo foi lançado.

Outro fator mencionado na nota pela montadora é que o percentual de diferença nas vendas dos dois modelos foi de apenas 0,2% e, enquanto a Fiat comercializa duas versões para o Pálio (sendo uma atual e outra antiga), o Gol não conta mais com sua versão G4, que era considerada a mais popular do modelo e, mesmo sem ela, ainda obteve a segunda colocação entre os carros mais vendidos no país em 2014.

Especialistas no mercado automotivo afirmam que a versão Fire do Palio (mais antiga) corresponde a 55% de todas as vendas do modelo da Fiat. Já o G4, que era a versão mais barata do Gol, representava uma fatia de 20% de todas as vendas do modelo no mercado.

A versão G4 do Gol deixou de ser fabricada no final de 2013, pois para a VW não seria financeiramente lucrativo a instalação do dispositivo de segurança (airbag) neste modelo. A instalação deste dispositivo se tornou obrigatória em todos os carros fabricados no país desde o ano passado.

A disputa entre as duas montadoras se arrastou durante todo o ano de 2014, onde tanto a Fiat quanto a Volkswagen lançaram mão de diversos artifícios, como descontos e linhas de financiamentos facilitados na busca de alavancarem suas vendas.

Completando a lista dos 10 carros mais vendidos no Brasil em todo ano de 2014, ainda temos a Picape Fiat Strada, o Onix da Chevrolet, Fiat Uno, Hyundai HB20, Ford Fiesta Hatch, Siena da Fiat, Fox da VW e fechando a lista, o Renault Sandero.

Por André F.C.

Foto: divulgação


A marca Fiat começou no dia 23 de dezembro de 2014 a realizar um recall em oito modelos que foram produzidos no ano vigente. Esta convocação continuará até que todos os modelos sejam inspecionados.

No total, são 10.035 veículos que foram convocados para realizar uma vistoria no câmbio automático Dualogic. Os automóveis que estão envolvidos nesta vistoria são os que foram fabricados no período de 2 de julho até 28 de novembro de 2014.

Os modelos que foram convocados pelo fabricante para esta análise foram: Punto e Bravo; a nova versão hatch Palio; sedãs, Grand Siena e Linea; perua, Palio Weekend; monovolume Idea; e a picape Strada.

Conforme o comunicado da Fiat, é necessário vistoriar se existe algum defeito e, caso seja necessário, será realizado um reparo no câmbio automático. No caso de existir alguma falha, ela consistirá no mal funcionamento da embreagem, a qual deve ser acionada de modo automatizado sem que o motorista intervenha.

Com o defeito, existe o sério risco de acontecer acidentes que comprometam a vida do motorista e dos passageiros, além dos danos materiais.

Conforme a declaração da Fiat, a falha está no acoplamento e desacoplamento do disco de embreagem. Ou seja, ocorre um problema em arrancadas, chegando ao ponto de ser impossível realizar o engate de marchas, além de dificultar a troca de marchas, o que poderia resultar em um grave acidente.

Para uma maior agilidade na realização do recall, a Fiat recomenda que seja feito com antecedência o agendamento do serviço. A vistoria do veículo poderá ser feita em qualquer concessionária com uma média de uma hora de duração.

Caso seja necessário fazer o reparo com a troca do atuador da embreagem, a duração poderá ser de seis horas de atendimento ao cliente.

Para maiores informações sobre o recall, o consumidor poderá entrar em contato pelos seguintes telefones: (0800) 707-1000 e (0800) 282-1001.

Por Felipe Couto de Oliveira

Foto: divulgação


Apresentado no último Salão do Automóvel em São Paulo, o Jeep Renegade chega com promessas de ser o mais vendido da categoria SUV no Brasil, tarefa nada fácil quando se tem concorrentes como o Renault Duster e o líder Ford EcoSport.

O modelo, que começará a ser produzido no Brasil a partir de março do ano que vem, terá opções de motor diesel em todas as versões, se tornando o primeiro compacto SUV a ter essa opção no país. Ainda não se tem detalhes de qual será a motorização biocombustível, mas provavelmente será uma variação do 1.8 de 132cv, que equipa o Línea, Bravo e alguns outros modelos da Fiat.

Algumas outras armas para bater a concorrência do novo Jeep Renegade são os três tipos de transmissão (manual de cinco marchas e automática de seis ou nove velocidades) e o sistema de tração integral, semelhante ao de outros carros da montadora como o Cherokee, que permite escolher entre cinco diferentes tipos de piso através de um botão giratório.

Foto: divulgação

Além disso, o diretor-geral da marca no Brasil, já anunciou que os preços serão “bem competitivos”, para concorrer não só com utilitários, mas com sedas também.

O Jeep Renegade agrada no quesito conforto, com amplos ajustes de altura e profundidade dos bancos, além de ter um painel completo com ótima visibilidade e tela digital entre os dois mostradores principais.

O Renegade chegará ao Brasil em três versões: A Sport, perfeita para quem quer um equilíbrio entre andar no asfalto e terra sem grandes pretensões; A Longitude, que é  a versão intermediária aqui no país, e a Trailhawk, a verão mais completa no novo compacto SUV, com todas as opções de conforto e mobilidade, é sem dúvida a versão que mais agrada aos olhos e também será a mais cara.

Foto: divulgação

A única versão que ficou de fora na produção brasileira é a Limited, que funciona como intermediária em outros países.

Como a marca promete ser líder de vendas no próximo ano, veremos uma boa competição no segmento, que cada vez atraí mais consumidores. Basta saber se, além de todas as suas qualidades, o carro terá armas de marketing para atrair novos clientes e conseguir desbancar os concorrentes.

Por Tom Vitor de Freitas


O Salão do Automóvel de São Paulo 2014 esteve repleto de novidades espetaculares, principalmente para o mercado de SUV´s compactos, segmento que está em alta no mercado brasileiro.

Foram exibidas mais de 10 modelos novos, sendo que alguns deverão ser produzidos no Brasil a partir do início de 2015, casos do Honda H-RV, Jeep Renegade e Peugeot 2008.

Foram também apresentados carros conceito e, entre eles, figura o FCC4 (Fiat Concept Coupé), que chamou muito a atenção principalmente por ter um visual totalmente inovador, com um conjunto que mescla características de picape, carro esportivo, utilitário e sedan. Esse protótipo faz parte da estratégia da Fiat de lançar uma picape totalmente nova em 2015.

O FCC4 apresenta formas um pouco exageradas e bem incomuns, mas detalhes como faróis, grades e desenhos laterais, poderão ser utilizados em uma versão de produção, que deverá ser desenvolvida na nova fábrica de Goiana (PE) em 2016.

Foto: Fernando Miragaya

A parte frontal é semelhante ao do Jeep Renegade, mas o restante é totalmente inédito. O modelo terá tração dianteira, em vez de traseira, e um comportamento que lembra o de um carro esportivo. Sua capacidade de carga será de aproximadamente de 700 kg, o que realmente não caracteriza um veículo utilitário, e sim uma picape com espaço e versatilidade, com ênfase na esportividade.

A grande dúvida, no entanto, está no porte da futura picape, ou seja, se manter as dimensões exibidas no Salão do Automóvel de São Paulo, o FCC4 terá tamanho próximo ao do Renault Oroch, versão picape do Renault Duster, também apresentada na amostra.

Se isso ocorrer, esses dois modelos darão início a um novo nicho de picapes, que seriam as "meio-médias", se situando em tamanho entre a picape compacta Fiat Strada e picapes médias, como a S-10, Ford Ranger e Hilux, por exemplo.

No entanto, tudo isso não tem confirmação por parte da Fiat ainda, mas, segundo fontes do setor automobilístico, a expectativa é de que seja mesmo criado esse novo nicho de mercado, juntamente com a nova versão da picape Oroch, derivada da Renault Duster, que é um projeto 100% brasileiro, situação semelhante ao do FCC4, que é um projeto desenvolvido para atender os mercados latino e brasileiro.

Por Russel Hernandes


O Fiat 500, hoje, é um dos carros mais vendidos da categoria. Parecia que não era para ser levado à sério, mas o compacto foi crescendo no mercado, ganhando significado, e hoje pode ser chamado de gigante comercial.

O carro virou moda fácil e seu projeto tomou rumos e importância inesperados para um subcompacto. O modelo era apenas para ser uma nova apresentação do original de 1957, como fosse um veículo "comemorativo", porém, o carro se tornou uma marca famosa e ganhou linhas de novidades.

Foto: Eric Piermont/AFP

Agora surge o 500 X que, ao contrário do Fiat 500, já chega com ambição de dominar o segmento no mercado. Seus principais rivais? Nissan Juke, Opel Mokka, Renault Captur, entre outros. O 500 X é grande e promete oferecer uma concorrência para duas categorias.

O carro tem um design mais esportivo, melhorando muito a aerodinâmica. O desenho também oferece um visual mais agressivo e bonito e será usado num futuro remodelamento dos 500.

O carro é o maior entre aqueles da linha 500, com um ótimo aproveitamento do espaço interno. O porta-malas tem capacidade de até 350 L. Outra coisa para se chamar atenção são os detalhes no interior do carro. Mais suaves, menos "populares", bem elaborados e altamente personalizáveis ao gosto do cliente.

O motorista tem uma boa visibilidade geral da sua posição e conta com uma câmera de ré para melhorar a experiência.

Foto: Newspress

O motor é de 1.4 litros, Multiair2 e oferece uma potência de 140 cavalos capaz de levar o automóvel de 0 à 100 km/h em apenas 9,8 segundos. O câmbio é manual de seis marchas e o veículo conta com tração dianteira.

O carro conta com três opções para o motor trabalhar: auto, sport e all weather. Esses ajustes são muito bem-vindos para quem deseja tirar o carro da cidade e contar com aquela potência extra na estrada. Também estão previstos lançamentos dos veículos com outros motores mais potentes.

Por Nosf


Vale lembrar que o Uno Vivace é o único modelo da linha que carrega tanto o visual quanto o acabamento interior antigos. Mas, tem novidade na área. De acordo com informações divulgadas pela montadora para a imprensa em geral recentemente, a versão de entrada do hatch da Fiat já pode contar a partir de agora com a série especial Itália.

Mesmo sendo algo novo, tem suas limitações. A questão é que só será disponibilizado para a carroceria quatro portas. Serão cinco cores: Cinza Scandium, Branco Bachisa, Vermelho Alpine, Preto Vulcano e Prata Bari. E tem mais, tudo será limitado a uma produção de apenas mil exemplares do modelo.

Foto: divulgação

Em termos visuais o Fiat Uno Itália traz algumas diferenciações. Essas mudanças ficam por conta dos anéis situados na grade dianteira e que traz as cores da bandeira italiana, também há a sigla UNO nas cores da Itália na tampa traseira, spoiler na tampa traseira na cor do veículo bem como as maçanetas e os retrovisores, lanternas traseiras fumê, faróis com máscara negra e revestimento por fora nas colunas das portas, dentre outros aspectos.

Na parte interior do veículo podemos chamar a atenção para o revestimento das soleiras das portas, a moldura do painel de instrumentos que é diferenciada, o volante com dois tipos de texturas e o tecido exclusivo dos bancos dianteiros que, claro, contam com um bordado Itália.

Foto: divulgação

Uma das partes mais importante de qualquer carro é no que diz respeito aos equipamentos que integram o mesmo. No Uno Itália podemos contar com apoia pé para o motorista, alças de segurança traseiras, console porta-objetos no teto, painel de instrumentos com econômetro e conta-giros, ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros com one-touch só para o motorista, direção hidráulica, console central com porta-objetos e porta-copos, retrovisores externos com comando interno mecânico e pneus aro 14, dentre diversos outros pontos.

Já os preços do novo Uno Itália serão (valor sugerido) de R$ 34.430 e R$ 35.356 caso o comprador queira uma pintura metálica.

Por Denisson Soares


A Fiat anunciou na última quarta-feira, dia 19 de novembro de 2014, o lançamento do carro 500 Abarth no mercado brasileiro. Esse, trata-se de uma versão do compacto da marca, o 500, porém com visual e peças totalmente renovados; há quem diga que as modificações realizadas produziram um novo carro.

O 500 Abarth foi apresentado no Salão de Automóveis desse ano em São Paulo e o anúncio de sua chegada já revelou o seu preço no Brasil, que será a partir de R$ 79.300.

Foto: divulgação

Dentre as modificações realizadas em relação ao 500 convencional que já rodava nas ruas, o carro conta com um motor 1.4 MultiAir Turbo, de 167 cavalos de potência, torque de 23 kgf.m (entre 2.500 e 4.000 rpm), podendo sair de 0 e chegar a 100 km/h em apenas 6,9 segundos. O carro foi projetado para atingir uma velocidade máxima de 214 km/h. O modelo possui transmissão manual de 5 marchas.

Em questão de segurança, ele possui um notável pacote de equipamentos, como air bags frontais, laterais, de cortina e de joelhos, freios ABS com EBD, tecnologias TTC (controle de transferência de torque, TCS (sistema de controle de tração), ESS (sinal de parada de emergência) e ESC (controle eletrônico de estabilidade).

Externamente, o compacto possui  duplo escapamento cromado, afinado, no estilo Abarth, rodas de alumínio fundido de 16 polegadas, pneus 195/45 R16, faixas laterais combinando com a cor do retrovisor, além dos “escorpiões” que são o logotipo da Abarth estampados na grade frontal, nas laterais, na tampa traseira e no motor. O modelo será disponibilizado nas cores Vermelho Sfrontato, Preto Gara e Branco Caldo.

Foto: divulgação

Dentro do carro, ele possui bancos em formato de concha, volante com base achatada, comando do câmbio, painel com medidor de pressão do turbo e revestido em couro.

O 500 Abarth é, sem dúvida, uma forma da Fiat colocar um carro para circular nas ruas com as características visuais e tecnológicas dos conhecidos carros de corrida da Abarth. Dessa forma, os amantes de velocidade poderão desfrutar no Brasil dessa super máquina compacta e bastante elegante.

Por Rannier Ferreira Mendes


Lançada há pouco tempo pela Fiat, a linha Uno 2015 conta com um visual novo e interior repaginado. A versão Evolution do carro possui um sistema de start-stop que é incluído pela primeira vez em um veículo brasileiro.

As versões Attractive 1.0, Evolution 1.4, Way 1.0 e Way 1.4 contaram com o novo hatch, assim como o Sporting 1.4 que também terá o câmbio automatizado Dualogic.

Foto: divulgação

A tecnologia start-stop da versão Evolution do novo Uno 2015 é capaz de desligar o motor do carro em paradas rápidas e, logo após, religá-lo ao dar a partida. Para esta tecnologia atuar no novo Uno, o veículo precisa estar desengatado, ou seja, em porto morto, com a embreagem livre.

O motor pode ficar desligado por até 2 minutos e 45 segundos, caso a embreagem não seja ativada antes de sair, assim ele volta a ligar em seguida. Este tempo especificado diminui para 1 minuto, caso o ar-condicionado do carro esteja ligado.

A linha Uno Evolution teve outras inovações, como a quinta marcha alongada e os novos pneus Pirelli P1. Este modelo da Fiat recebeu a nota A de consumo, de acordo com o Programa de Etiquetagem do Inmetro, com médias de 8,9 km/l rodando na cidade e 10.5 km/l na estrada, utilizando o etanol.

Foto: divulgação

O design externo do carro agora conta com novos faróis e para-choques, além de uma grade mais estreita, com os clássicos quadradinhos do modelo.

Além da linha Uno 2015, a Fiat anunciou que irá lançar mais cinco modelos da marca e dois Jeeps, dentro do ciclo anual da empresa no Brasil. O primeiro modelo esperado é o Jeep Renegade, que será produzido em Goiana, Pernambuco, no início do próximo ano.

Em seguida, espera-se a nova picape média da Fiat, com plataforma igual a um carro de passeio, porém com tração dianteira e um SUV da Jeep no lugar do atual Compass.

Por Bruna Pereira


Em uma visão mais abrangente o mercado de peruas no Brasil é um pouco restrito. Nesse setor uma das que ainda permanecem como representantes do seguimento é a Fiat Weekend que chega nesse segundo semestre de 2014 com a sua linha 2015. O modelo ainda traz o mesmo visual “inspirado” nos modelos da primeira geração do Palio, mas entre outras coisas, acabou por receber algumas alterações um pouco sutis, mas que modificaram o visual.

Os preços na linha 2015 começam em R$ 45.550 em sua configuração batizada de Attractive 1.4 Flex.

Quanto as versões da perua a informação é de que ela já se encontra sendo disponibilizada em três versões. A Attractive, Trekking e Adventure. Nos três casos o nome Weekend aparece atrás na tampa. Os novos modelos também chegam ao mercado com novos volantes e também cores novas em relação ao acabamento interno.

A mais cara da linha, a Adventure 1.8 Flex, que sai das concessionárias por nada mais nada menos do que R$ 56.560 tem um diferencial das outras. De série o modelo virá com rodas em liga leve de 16 polegadas e o quadro de instrumentos modificado.

Indo para o campo dos itens opcionais a versão Weekend Attractive terá como opcional o sensor de estacionamento. No caso das outras versões a opção é adicionar um novo Kit Locker. O pacote conta com bloqueio do diferencial, rodas de liga leve com pinturas exclusivas. Para a versão Trekking as rodas terão 14 polegadas e para a Adventure 16. Além disso, também há os faróis biparábola que contam com máscara negra entre outros.

O chamado Kit Urban é disponibilizado apenas para a versão Adventure. Dentre os itens estão uma nova pintura para as rodas, estepe e também pneus para uso urbano 205/60 R16.

Caso o consumidor decida comprar a versão intermediária que é a Weekend Trekking, ele terá que desembolsar o valor de R$ 47.600, esse é o preço sugerido. O modelo conta com um motor 1.6 Flex.

Por Denisson A. Soares

Fiat Weekend 2015

Foto: Divulgação


No domingo, dia 15 de junho, foi aprovado os termos que regem a fusão da montadora italiana Fiat com a sua subsidiária integral Fiat Investments N.V. Tal subsidiária, que está sedeada na Holanda, trocará seu nome para Fiat Chrysler Automobilies N.V (FCA) após a finalização do processo, tornando-se uma holding do Grupo italiano.

Anunciado no final de janeiro deste ano, a Fiat iniciará agora o plano de reestruturação, dando sequência à aquisição da participação societária no Chrysler Group LLC. Os acionistas que tinham participação na Fiat antes da fusão envolvendo o Grupo Chrysler manterão, basicamente, o mesmo percentual de ações ordinárias da FCA que o percentual de ações ordinárias da Fiat pré-fusão.

O plano de fusão entre as montadoras será apresentado para aprovação dos acionistas da fabricante italiana em uma reunião geral extraordinária, marcada para o terceiro trimestre de 2014, depois de completar as etapas formais das exigências corporativas e regulatórias, o que inclui também o registro na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos.

Após toda essa parte burocrática, será realizada a tal reunião. Havendo acionistas que votem contra a fusão entre as fabricantes, estes poderão exercer o seu direito de recesso (direito de retirada), de acordo com as leis e regulamentos italianos.

A conclusão da transação de criação da holding FCA deverá ocorrer até o fim deste ano.

Mesmo sem concluir a criação da holding, a Fiat tem pressa e já deu início ao processo de revitalização previsto pela FCA para as empresas do Grupo Chrysler, e os resultados já começam a aparecer nos Estados Unidos.

Prova disso é o lançamento dos recentes veículos do Grupo, além do plano de metas ambiciosas até 2018, com renovação completa de seu portfólio e lançamentos de novos carros em segmentos que não eram tão explorados pela Chrysler. 

O objetivo da FCA é alavancar os índices de vendas para 800 mil veículos por ano, colocando no mercado norte-americano, além da renovação de sua linha, pelo menos três novos modelos, entre eles dois utilitários esportivos.

Por Caio Polo

Foto: divulgação


Após ser lançado como o carro mais barato vendido no mercado brasileiro, o Fiat Palio Fire acaba de ganhar a nova versão Way. Tradicionalmente oferecido pela Fiat, o Palio Fire agora chega com um visual com “espírito aventureiro”, seguindo o mesmo estilo adotado pela marca italiana no Uno Way.

Com novos apetrechos estéticos, a versão Way ficou um pouco mais cara que a configuração convencional do Palio Fire, sendo vendida com preços a partir dos R$ 27.860,00.

Oferecido apenas na carroceria quatro portas, a Fiat aderiu ao Palio Fire Way molduras nas caixas de roda, faróis biparábola com máscara negra, adesivo lateral em alusão à versão “aventureira”, retrovisor externo com capa na cor acinzentada, novas calotas ou rodas de liga leve de 14 polegadas, para-choques dianteiro e traseiro com detalhe central que simula um quebra-mato, além da suspensão elevada em 15 milímetros.

Na cabine, a versão “aventureira” traz o mesmo acabamento da configuração convencional do Palio Fire, acrescendo apenas o novo quadro de instrumento com conta-giros e a marca “Way” bordada nos bancos dianteiros.

Quanto aos equipamentos de série, o carro conta com relógio digital, freios ABS e airbag duplo (HSD). Entre os itens opcionais oferecidos pela marca italiana estão os vidros com acionamento elétrico, direção hidráulica, sistema de som com entrada USB, faróis de neblina e rodas de liga leve de 14 polegadas.

Sob o capô, a versão Way do Palio Fire mantém o motor Fire 1.0 8V Flex, capaz de entregar até 75 cv e torque de 9,9 kgfm, quando abastecido com etanol. Trabalhando em conjunto com o bloco Fire está um câmbio manual de cinco marchas.

Abaixo, versões e preços da linha 2015 do Palio Fire:

– Palio Fire 1.0 8V Flex 2 portas – R$ 24.730,00
– Palio Fire 1.0 8V Flex 4 portas – R$ 26.790,00
– Palio Fire Way 1.0 8V Flex 4 portas – R$ 27.860,00.

Por Caio Polo

Foto: divulgação


A Fiat lançou nesta semana o novo Linea para este ano. O carro, que ganhou um design mais sofisticado e renovado, tem como destaque o seu preço inicial na categoria Essence que sai a partir de R$ 55.850.

O sedan médio que teve sua primeira versão feita para concorrer com os sedans Corolla e Civic, agora revelou seus conceitos e tem a esperança de conseguir mais vendas após essas  mudanças. O carro tem três categorias, a Essence, a Essence Dualogic (que sai a partir de R$ 59.240) e a Absolute (que custa R$ 66.450).

A Absolute é a versão mais completa do carro, sendo top de linha, tem câmbio automático, ar condicionado digital automático, rodas de aro 17, saída de ventilação para o banco traseiro e cortina para-sol para as janelas traseiras.

O veículo também vem com sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico, e para divulgar esse item, tem até um pensamento e comentário preconceituoso (o qual diz  que "até as mulheres conseguem estacionar”).

O novo Fiat Linea continua contando com o motor bicombustível 1.8 16V. Chega a 130 cavalos de potência rodando com gasolina, e 132 cavalos de potência, com etanol. O torque é de 18,4 kgfm (gasolina) e 18,9 kgfm (etanol).

O carro estará disponível nas cores  Branco Banchisa, Branco Kalahari, Preto Vulcano (sólidas), Prata Bari, Cinza Scandium e Preto Vesúvio (metálicas).

O veículo ainda vem com planos de garantia (de três anos, sem limite de quilometragem), e assistência 24 horas Confiat, que realiza serviços como reboque e socorro mecânico. 

O carro aparenta ser um bom veículo e ter uma relação de custo-benefício equivalente (mesmo tendo uma divulgação preconceituosa de um dos acessórios tecnológicos – o que deveria ser cortado, ao meu ver), a Fiat acertou em rever os conceitos do modelo e adequá-lo à categoria em que o mesmo realmente se encaixa. 

Por Mariana Caetano

Fiat Linea 2015

Foto: Divulgação


Nessa quarta-feira (2), uma mistura de política com produção de carros aconteceu em Pernambuco. O presidente da Fiat do Brasil, Cledorvino Belini, foi convidado pelo Governador de Pernambuco (Eduardo Campos) a fazer uma visita ao Estado. O motivo foi analisar o andamento da fábrica da marca em Goiana, cidade que fica cerca de 60 quilômetros da capital Recife.

Os dois chegaram até ao local onde será a montadora do Grupo Fiat-Chrysler (que já está 75% pronto) e inspecionaram algumas seções do complexo e do parque de fornecedores que já estão concluídas. O líder da empresa no Brasil até deixou de participar de uma convenção que apresentou o novo modelo do Linea 2015, que aconteceu em São Paulo, para se encontrar com o futuro candidato à Presidência.

As obras já estão em nível avançado e a previsão é de que a inauguração do complexo aconteça em dezembro deste ano, com produção inicial em janeiro de 2015. Até agora, somente a produção do SUV compacto Jeep Renegade está confirmada para acontecer na fábrica de Goiana.

O encontro de Belini e Campos foi uma estratégia de boa imagem tanto para a Fiat-Chrysler como para o político. Com a inauguração da fábrica em Pernambuco, a marca tem a possibilidade de crescer ainda mais no país, continuar batendo recordes e conquistar cada vez mais os brasileiros.

Para o governador, a situação não é diferente. Como pré-candidato à Presidência em uma possível chapa com a ex-senadora Marina Silva (PSB), que deve ser sua vice, Campos convidou o presidente da Fiat do Brasil para solidificar a sua imagem de bom gestor e de grande desenvolvimentista de Pernambuco. E para comprovar essa pretensão, Campos afirmou que "em alguns anos" Pernambuco será um dos cinco Estados com maior participação industrial no PIB do Brasil.

Pelo tamanho da construção da fábrica, é possível perceber que a sede da montadora em Goiana será considerada a segunda Fiat do Brasil (a primeira se encontra em Betim-MG). O grupo vai ocupar 12 edifícios, em que serão produzidas 17 linhas estratégicas de componentes, segundo a agência italiana Ansa. A área que o complexo vai ocupar será de 270 mil metros quadrados.

Por Carolina Miranda


Com o Fiat Punto Essence 1.6 de 16 válvulas os motoristas têm o típico carro que quase não demonstra problemas com falta de força no motor para seguir sem problemas em subidas. Isso graças ao poderoso ciclo de motorização que trabalha para proporcionar economia de combustível e da fumaça enviada à atmosfera.

A tecnologia pode ser notada com facilidade em grande parte do veículo. Os retrovisores funcionam conforme comandos elétricos. O LED presente nas luzes traseiras cresce o poder de visão de quem está no comando do volante. Faróis de neblina indicados como potentes, de acordo com parte dos consumidores que opinam nos fóruns de notícia sobre o Fiat Punto Essence.

Site oficial da marca italiana no Brasil indica que o Fiat Uno Essence 16 válvulas custa quase R$ 46 mil. Quem compra fora das lojas oficializadas ou de concessionárias da Fiat deve pagar valor um pouco além do que a média do preço de fábrica.

A Fiat indica que investiu na série Black Motion no sentido de compor a parte interna do veículo. Por fora é possível perceber a riqueza de detalhes no preto fosco que se apresenta de maneira onipresente. Também há faixas nas partes laterais com design exclusivo ao Punto.

Representantes da FIAT que trabalharam no projeto do design indicam que o objetivo da imagem centrou em estabelecer a beleza da parte externa e o requinte internamente, com um acabamento típico de modelos luxuosos. Revestimentos de tonalidade preta fazem parte da estrutura do painel.

A tecnologia se destaca ao considerar o sensor de estacionamento. Nos modelos 4 portas há vidro elétrico de série, um verdadeiro alento para aumentar a segurança do carro sem ter que pagar valores adicionais no preço de fábrica.

Conheça mais informações do Fiat Punto ao clicar no link e acessar o site oficial da montadora italiana.

Por Renato Duarte Plantier

Fiat Punto Essence 1.6

Foto: Divulgação


A Fiat vai mostrar pela primeira vez seus novos modelos Freemont Cross e Panda Cross no Salão de Genebra. A solenidade ocorrerá em março e essas duas versões da marca são consideradas as mais elegantes no topo da gama de suas linhas respectivas.

O primeiro, crossover Freemont, modelo que foi vendido no Brasil, estreará sua nova versão ao público europeu. Na ocasião também haverá a mostra dos itens exclusivos de design externo e interno do veículo. Contudo, é importante lembrar que as diferenças já são notadas nos para-choques traseiro e dianteiro, os quais vieram com novos desenhos e detalhes na cor preta Platinum Chrome, o que tornou o carro mais robusto.

Outro detalhe essencial do Freemont são as rodas que agora vêm com aro 19’’ e as saias laterais que também receberam a mesma cor. Quanto à parte frontal, a novidade é que ela vem agora em preto brilhante.

Na parte interna do carro os bancos são de couro com malha esportiva e costuras na cor cinza. Outra novidade é o navegador por satélite com tela de 8.4’’, câmera de ré, seis airbags, porta-copos iluminados e um sistema de som espetacular com seis alto-falantes e um subwoofer, além de um amplificador de 368 W, e retrovisores elétricos rebatíveis.

O motor veio com uma versão mais top e tem a seu dispor três opções: 4×2, com motor 2.0 de 141 cv; 4×2, com motor 2.0 de 172 cv; e 4×4, com motor 2.0 de 172 cv e transmissão automática de seis velocidades.

Ao contrário do “primo maior”, o Panda Cross virá com mais atributos que vão deixá-lo mais propenso às incursões fora da estrada, embora tenha um porte urbano com características típicas da cidade, como: agilidade e versatilidade. A tração nas quatro rodas terá três opções de comportamento e virá também com um sistema Torque on Demand que será ativado automaticamente conforme a necessidade de uma melhor distribuição de força nos eixos do carro.

Por Luciana Viturino

Fiat Freemont Cross e Panda Cross

Foto: Divulgação


O mercado brasileiro de automóveis oferece aos clientes uma grande variedade de opções em relação às linhas, modelos e até mesmo aos vários tipos de veículos. Com a grande concorrência, as diversas montadoras que atuam no país sempre buscam atualizar suas linhas e modelos visando atender a grande demanda.

Uma das marcas mais conceituadas do mundo é a Fiat, a mesma dispõe de muitas opções de modelos e linhas de automóveis. Além disso, é importante destacar que a Fiat possui automóveis com preço popular, ou seja, estão acessíveis a várias classes sociais, sem contar com a grande qualidade dos automóveis fabricados pela marca italiana.

Um dos lançamentos da Fiat para 2014 é o novo Fiat Doblò Cargo 2014. Se você ainda não o conhece, saiba que este é um furgão compacto, o mesmo é um utilitário bastante versátil e sua grande vantagem com certeza é o vão de carga com capacidade de 3.200 litros. A versão 2014 estará disponível em duas versões: Cargo Flex 1.4 de 85 cv e Cargo Flex 1.8 de 130 cv. O furgão ainda dispõe de um design bastante robusto e muita tecnologia.

O novo Fiat Doblò Cargo 2014 também conta com algumas novidades em relação à versão passada, entre elas se destacam: novo volante, nova composição de cores no painel, novo revestimento para os bancos, novo porta-objetos e novo rádio USB / WMA com RDS (opcional).

Como foi citado acima, além de possuir automóveis de grande qualidade, a Fiat também se destaca pelo custo de aquisição dos mesmos. Abaixo segue os preços sugeridos do lançamento:

  • Fiat Doblò Cargo 1.4 Flex: R$ 43.590,00
  • Fiat Doblò Cargo 1.8 16V Flex: R$ 48.690,00

Vale ressaltar que este é um automóvel bastante indicado para comerciantes ou qualquer outra pessoa que costuma levar bastante bagagem, seja para uma viagem em família ou para fins profissionais.

Por Bruno Henrique


Grupo Fiat adotou um novo logotipo depois de realizar a compra de parte da Chrysler. Na primeira fase da junção, aconteceu a divulgação dos dois símbolos originais, um ao lado do outro. Para renovar, os italianos apostam na composição do acrônimo composto por três letras.

De acordo com as palavras colhidas no site oficial, o principal objetivo consiste não apenas em trazer a renovação ao mercado como também em melhorar o entendimento da nova união ao público. A configuração geométrica de destaque faz parte do novo símbolo.

Além do novo logotipo, a infraestrutura do Grupo também deve mudar, visto que a nova matriz vai ser instalada de forma principal em alguma cidade holandesa, embora o domínio fiscal esteja no território inglês. Depois de diversas reuniões para reorganizar a estrutura interna do empreendimento, surgiu à necessidade de criar um novo logotipo e nome, conforme indicam representantes da Fiat.

No mês de janeiro de 2014, a empresa italiana pagou cerca de US$ 4 bilhões por parte das ações do Grupo Chrysler. É interessante notar que os papéis denominados FCA devem ser vendidos em Bolsas de Valores das cidades de Milão e Nova York.

Vale ressaltar que cada investidor que detém uma ação da Fiat deve receber outra ação ordinária da FCA.

De acordo com representantes do novo grupo, as propostas de negócios começam a partir do mês de maio. Conforme palavras do presidente da marca italiana, John Elkann, atualmente começa um novo capítulo da história automobilística com a união das duas marcas.

O executivo também apontou com destaque os princípios das duas fundações sólidas para formar um empreendimento de qualidade e com caráter global. Esse representa outro exemplo de como o mercado e a globalização fazem parte do mundo empresarial atual.

Por Renato Duarte Plantier


Aquele que veio para substituir o 147 da Fiat, em 1984, ficou quase trinta anos no mercado e agora se despede. Esta a sina do Uno que fecha a sua história no mercado de automóveis com a versão limitada Grazzie Mille. O popular automóvel vendeu muitos milhões durante a escrita de sua biografia. Mas em seus primeiros anos não teve vida fácil, ainda mais quando o mercado ainda via com desconfiança veículos da Fiat.

Afinal a empresa estava há apenas 7 anos em terras tupiniquins. Os italianos só começaram a conseguir seu espaço em 1990 com o lançamento do Mille, um carro popular do jeito que os brasileiros queriam. Dessa forma a Fiat foi ultrapassando as correntes até chegar ao topo do mercado de carros populares, alavancada pelo Mille.

Em algumas ocasiões anteriores o  Uno teve sua aposentadoria especulada, seja por que o Palio iria tomar seu lugar ou por ser ultrapassado. Mas ele resistiu bravamente. Porém desta vez parece que realmente chegou sem fim.

Pelo mesmo caminho que a Kombi segui, os airbags e ABS fizeram mais uma vitíma. A previsão de que o Palio substituiria o Uno também parece ter se concretizado. A Fiat deverá colocar um modelo mais simples do carro a venda no próximo ano, pelo fato de ser inviável adaptar o Mille as novas regras do mercado.

O Grazzie Mille será aquele que vai encerrar a história deste gracioso carrinho carinhosamente chamado de "bota ortopédica". Poucos serão os felizardos de ter a honra, afinal, apenas 2 mil unidades serão fabricadas.

O ultimo lançamento deverá contar com algumas incremetações. O automóvel viva voz bluetooth, entrada USB e subwoofer. Os faróis terão máscara negra, rodas de liga leve, adesivos e frisos nas laterais e comando de voz interno. Seu valor será de R$ 31.200. Aqueles aficionados que se antecipem pois esta é a última chance.

Por Natália Mayrink De Lazzari

Grazzie Mille

Foto: Divulgação


Lançado na metade do mês de outubro, o Fiat Strada cabine dupla com três portas já se tornou alvo do mais novo recall promovido pela Fiat. A montadora italiana convocou no último dia 20 os proprietários de todas as versões do modelo (Working, Trekking e Adventure).

De acordo com o comunicado oficial distribuído pela Fiat, o chamado acontece para que possa ser realizada a substituição dos parafusos de fixação da haste de ancoragem do cinto de segurança do passageiro do banco direito.A empresa alerta que o modelo recebeu um parafuso de menor comprimento em relação ao que foi definido no projeto. Por causa disso, poderia ‘haver redução no comprimento útil de resistência, entre a porca e o parafuso, predispondo em caso de colisão a perda de ancoragem inferior do cinto, podendo afetar a segurança do usuário’, segundo a nota oficial enviada pela Fiat.

O recall envolve diretamente os veículos fabricados entre 5 de julho e 19 de novembro de 2013. O serviço é gratuito, no entanto a Fiat alerta que o agendamento deve ser feito com o máximo possível de antecedência.Estão à disposição dos proprietários desses veículos (ou de outros modelos, mas que tenham dúvidas) os telefones 0800-7071000 e também o site oficial da montadora (www.fiat.com.br). 

A versão com três portas para o Strada foi lançada de maneira oficial na metade do mês de outubro, na Ilha de Comandatuba, na Bahia e contou com a presença de mais de 100 jornalistas especializados, além de membros da alta cúpula da Fiat no Brasil.

A ideia de uma terceira porta nas versões de cabine dupla era, além de facilitar o acesso aos usuários do veículo, ajudar a Strada a manter a liderança do mercado das picapes, no qual o modelo da Fiat mantém a hegemonia há anos. A porta é chamada de ‘suicida’, por não contar com a maçaneta do lado de fora, só podendo ser aberta se a porta do lado direito também estiver aberta.

Por Chris Lino


A comemoração do  Dia das Crianças é sempre muito bem acompanhada de lançamentos inusitados de brinquedos de todos os tipos e para as crianças de todas as idades. Por sua vez, os carros infantis (miniaturas ou não) também estão sendo um dos destaques para esta comemoração da garotada em geral.

Para o mundo rosa, a Mattel lança hoje em parceria com a Fiat o mais repaginado carro da Barbie. A "titia" ultrajovem e moderninha terá o seu modelo completamente rosa (como deve ser) mas que também poderá ser encontrado no branco clássico. Trata se de uma réplica do 500c – atualíssimo inclusive na versão gente grande –  que também conta com teto solar e um design tradicional e que tem todos os detalhes internos qmuito relevantes e reais, principalmente o cinto de segurança e o painel.

A Barbie que já teve  vários carros como um Corvette rosa metálico e uma Ferrari vermelha ( o sonho de muita menina dos anos 80) , poderá fazer a alegria das moderninhas a partir de hoje que é a data oficial de lançamento do seu novo possante. 

O valor para a aquisição dessa belezinha é de aproximadamente R$ 200,00 e acompanha a boneca com um visual sofisticado e bastante exclusivo. O logo da Fiat além de aparecer na sua  miniatura é notado também na parte externa da caixa, o que identifica a autencidade do produto e a forte ação de marketing entre a montadora e a fabricante de brinquedos.

As meninas vão adorar!

Por Luciana Ávila

Fiat e Mattel


Fiat 500 2014 A montadora italiana Fiat confirmou o lançamento da nova linha de seu Fiat 500, um carro que une modernidade e tradição com seu estilo compacto e retrô. Nessa nova edição, o modelo chega com ares de sustentabilidade, pois a marca se preocupou em projetá-lo de modo que a emissão de gases poluentes seja diminuída.

Mais versátil do que nunca, o Fiat 500 2014 contará com uma completa gama de equipamentos e funcionalidades que incluem: 7 airbags, sinalização de frenagem de emergência, controle de estabilidade, freios ABS com EBD, controle de tração, moderno padrão de fixação de cadeiras infantis, função SPORT, direção elétrica Dual Drive, direção mais firme, condução esportiva, teto solar elétrico, Blue&Me®, ar condicionado, moderno sistema multimídia, dentre outros atributos que tornam o carro mais confortável, seguro e eficiente.

Em termos de visual, o carro continua elegante e charmoso. Com suas linhas arrojadas e marcantes, o modelo se destaca e deve permanecer sendo o queridinho dentre os carros da categoria. A nova versão do 500 reafirma que o que é bom sempre pode ficar melhor, já que agora o modelo demonstra a clara preocupação com o meio ambiente.

Segundo fontes ligadas a Fiat, o carro será vendido por R$ 42 mil.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Punto Blackmotion Parece que a Fiat realmente gostou de lançar séries especiais para seus carros. Depois de ter lançado o Bravo Wolverine, agora a empresa lançou uma nova versão para o Punto: o Punto Blackmotion.

O novo modelo é um hatch com motor 1.8 16V E.torQ com potência de 132 CV e tem seu design inspirado no T-Jet, com para-choque esportivo, além de saias nos lados, máscara negra nos faróis e friso do capô. Além disso, o novo Punto Blackmotion também conta com rodas 16” de liga leve pintadas na coloração Grigio Netuno, somadas ao spoiler e às colunas pintadas de preto fosco.

Na parte de dentro, o acabamento praticamente é todo em preto, com bancos no estilo esportivo tendo a palavra Blackmotion bordada nos encostos. Dentro da lista dos itens que vêm de série estão inclusos o volante revestido de couro, o painel com USB e rádio integrado, a sinalização de emergência, os freios ABS, o sensor de estacionamento e os airbags duplos.

Quem quiser adquirir o novo Punto terá que desembolsar R$ 49.900, preço razoável para a categoria. E, também, o Punto Blackmotion será disponibilizado nas cores Cinza Scandium, Prata Bari e Branco Kalahari.

Por Guilherme Marcon


Com o filme Wolverine-Imortal nos cinemas este ano, a Fiat aproveitou para lançar a série especial do carro Bravo Wolverine que chegará às lojas por R$ 57.640. É uma parceria da Fiat com a Fox Film. 

O Bravo Wolverine foi feito através da versão Essence 1.8 tendo como diferencial algumas personalizações como faixas laterais com a logomarca do filme imitando arranhões. Os faróis estão com máscara negra, tem o spoiler traseiro e suas exclusivas rodas são liga leve de 17 polegadas. 

O Bravo Wolverine está com o sistema de conectividade Blue & Me que atende aos comandos de voz sem precisar tirar as mãos do volante ou se distrair no transito. Tem o sistema em áudio MP3, tem o CD player e a entrada USB, tem o sensor traseiro de estacionamento, possui o sensor de chuva, os faróis acendem automaticamente e o retrovisor que escurece de forma automática (retrovisor interno). 

A suspensão com acerto esportivo e reforçado da Bravo Wolverine é o mesmo que está disponível nos verões T-Jet e o Sporting 1.8. O motor 1.8 vem com 16 válvulas e desenvolve 132 cv com o combustível álcool.

Por Mariana Rodrigues


Fazia tempo que o Fiat Punto já não tinha mais tanto destaque no cenário acirrado os grandes carros do mercado. Assim, visando melhorar essa situação, a Fiat modernizou esse automóvel e espera conseguir ainda mais clientes para os próximos anos.  

Um das mudanças foi, por exemplo, no desenho dos para-choques. No entanto, como muita coisa foi mudada, naturalmente a empresa não focou somente no aspecto visual. O Punto versão 2013 tem sistema ESS (que sinaliza frenagens de emergência, freios do tipo ABS )e airbag de modelo duplo.

Outro ponto alto é, sem dúvida, a facilidade de dirigibilade do carro. É que o novo Punto vem com um sistema de ajuste de direção, o chamado seletor DNA que, como grande função, possibilita ao motorista escolher qual é sua melhor maneira de dirigir. 

Limpador traseiro, My Car Fiat, travas elétricas, travamento automático das portas a 20 km/,  direção hidráulica, HSD (airbag duplo e freios ABS), ESS (Emergency Stop Signaling) e vidros elétricos, tudo isso também faz parte das novidades do novo Fiat Punto 2013.

Os criadores do carro afirmaram que o diferencial desse automóvel está na facilidade da direção, ou seja,o motorista se sente realmente como um piloto, como alguém que pode guiar da maneira que for melhor e mais confortável para ela.

Por Madson Lima de Oliveira


Novo Fiat Freemont 2013A Fiat lançou a sua nova perua Freemont 2013. Ela é o primeiro modelo da Fiat depois da fusão com a empresa americana Crysler.

A Freemont 2013 é muito parecida com a Jorney que era fabricada pela Dodge, marca que pertencia a Crysler, mas a Fiat reformulou colocando alguns itens do modelo. Algumas mudanças foram na grade frontal e também na nova lanterna traseira com lâmpadas de LED. Na parte interna o painel de instrumentos ficou mais moderno.

A Freemont vem em duas versões: a Emotion, que tem capacidade para 5 passageiros e a Precision, que tem espaço para 7 pessoas. 

O carro traz um motor de 2.4 16V com 172 cavalos, um pouco inferior ao da Jorney que vinha com motor 2.7 de 185 cavalos de potência. 

Nas duas versões traz câmbio automático sequencial de quatro velocidades, com opção de troca por manual.

A Freemont 2013 traz vários itens de série como ar condicionado, freios ABS e EBD, trio elétrico, entre outros. É um ótimo carro para viajar com a família, pelo seu espaço interno e conforto. 
A Fiat ainda não divulgou o preço.

Por Mariana Rodrigues


Novo Fiat IdeaA minivan Idea foi toda reformulada no seu modelo 2013. Visando concorrer com veículos de outras marcas no segmento de minivans, traz aperfeiçoamentos para ganhar o mercado brasileiro. 

O Idea é um carro com visual limpo, bom para dirigir nas grandes metrópoles. Na parte interna é muito confortável com novo painel de instrumentos padrão da Fiat e o display de LSD. Traz também um novo sistema de som combinando com a cor dos equipamentos. É preto nas versões Attractive e Essence e cinza na versão Adventure.

O porta-malas é bastante espaçoso para a categoria, e sua capacidade é de 380L e a do tanque de combustível é de 48 litros. 

O novo Fiat Idea 2013 vem em sete versões: Attractive 1.4 com potência de 80 cavalos; Essence 16V Dualogic 1.6; Essence 1.6; Itália 16V 1.6; Itália 16V Dualogic 1.6 (esses modelos trazem uma potência de 115 cavalos); e as versões top de linha Sporting 16V 1.8 e Sporting 16V Dualogic 1.8 com 130 cavalos de potência. Todas as versões usam motores flex. 

O Fiat Idea 2013 está sendo vendido nas concessionárias pelos seguintes preços:

– Fiat Idea Attractive 2013 1.4: R$ 42.370;

– Fiat Idea Essence 1.6 2013 16V: R$ 45.140;

– Fiat Idea Essence Dualogic 2013 1.6 16V: R$ 47.130;

– Fiat Idea Adventure 1.8 2013 16V: R$ 51.040;

– Fiat Idea Adventure 1.8 2013 16V Dualogic: R$ 52.980.

Por Mariana Rodrigues


Em 2012 a Fiat terminou o ano mais uma vez com liderança do mercado e este ano a montadora pretende continuar mantendo esse seu reinado. A companhia acaba de revelar as primeiras novidades em sua linha. Agora, por exemplo, os modelos Mille e "novo Uno" terão uma série especial do filme Xingu, que conta a história dos irmãos indigenistas Villas Boas.

Esta série foi estreada no modelo Dobló Adventure, e conta com faixas personalizadas na tampa do porta-malas e nas laterais do veículo. Para tornar essa série ainda mais interessante, a Fiat melhorou também todo o pacote de itens.

O Mille vem conta com direção hidráulica, limpador e lavador de vidro traseiro, desembaraçador de vidro traseiro, apoios de cabeça no banco traseiro, vidros elétricos dianteiros e travas elétricas, todos como itens de série.

Já o Uno Way conta com faróis de neblina, direção hidráulica, travas elétricas, ar-condicionado, computador de bordo, banco do motorista com regulagem de altura e vidros elétricos dianteiros. Além destes modelos, a Fiat também evoluiu a picape Strada Adventure e o Palio Adventure, que agora são capazes de receber câmbio Dualogic Plus, que conta com embreagem automatizada muito mais eficiente.

O Palio Attractive 1.0 contará com kit HSD de série, que vem com ABS e airbags duplos, que em 2014 passarão a ser equipamentos de segurança obrigatórios. Com as novidades o Mille Way 4 porta Xingu custará R$ 27.800, já o Novo Uno Way 1.0 e 1.4 Xingu custarão R$ 33.620 e R$ 37.185, respectivamente. O novo Palio Attractive 1.0 4 portas será vendido por R$ 30.590. 

Por Felipe Santos Bonfim


A Fiat iniciou nesta semana as vendas da versão Sporting para os modelos Novo Palio e Novo Uno que foram apresentadas durante o Salão Internacional do Automóvel de São Paulo que aconteceu em outubro deste ano.

Fonte: Quatro Rodas

 

Os veículos integram a série especial Interlagos tendo como principais características rodas de liga leve, bancos e volante revestidos em couro.

De forma mais específica, o Novo Palio Interlagos possui teto solar, entrada para USB, vidros traseiros com acionamento elétrico e sistema de entretenimento com som, rádio e Bluetooth.

Já o Novo Uno Interlagos vem com ar-condicionado, novo painel de instrumentos, porta-objeto, sistema de entretenimento com som, rádio, Bluetooth e USB, dentre outros.

Fonte: Novounoclube

Para quem deseja comprar um destes modelos, eles estão disponíveis nas concessionárias Fiat de todo o Brasil com valores de R$36.830 – para Novo Uno – e de R$43.860 para o Novo Palio.

Por Ana Camila Neves Morais


A montadora italiana Fiat sempre surpreende com lançamentos funcionais e comumente baratos. Entretanto, a grande aposta da montadora durante este ano foi o novo Freemont, que apresenta um conjunto mais refinado e luxuoso do que a maioria dos carros da marca.

O automóvel em questão é um utilitário equipado com propulsor 2.4 l capaz de entregar potência de 172 cavalos. Além disso, conta com transmissão automática de seis marchas e atinge 200 km/h de velocidade máxima. Outro detalhe interessante é que o Freemont possui 5 portas.

Mesmo com interessantes configurações mecânicas, o Freemont, de acordo com a fiat, foi concebido especialmente para passeios em família, pois os motoristas com perfil mais esportivo buscam maior velocidade e aceleração.

Na parte interna, o Freemont se destaca pela sofisticação e conforto, pois conta com vários porta-objetos em localidades espalhadas, moderno revestimento em couro, tela sensível ao toque no painel, excelente espaço interno, amplo bagageiro, ar-condicionado, freios ABS, airbag duplo, completo sistema multimídia equipado com tecnologia bluetooth, blue-ray, entrada USB, som, CD/DVD, rádio, dentre outros atributos.

Segundo a montadora, o carro já está sendo vendido nas concessionárias pelo valor de partida equivalente a R$ 85.000,00.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Em nota oficial, a montadora italiana Fiat informou que o Grand Siena e o Novo Palio oferecerão a opção de Teto Solar Sky Wind.

Os modelos serão os únicos em suas respectivas categorias a apresentarem panorâmico teto solar de fábrica como um item opcional para todas as versões.  O opcional chega para conferir luxo, beleza e uma nova experiência automotiva aos dois utilitários já consagrados.

Em termos de dimensões, a parte envidraçada do Sky Wind se estenderá do teto ao para-brisa, o que possibilitará uma excelente visão aos passageiros. O teto solar contará ainda com diversas posições de abertura: parcialmente aberto, totalmente aberto, fechado ou em posição de ventilação. Além disso, os vidros terão um acionamento elétrico.

 O Teto Solar Sky Wind possuirá vidros escurecidos e  tela para diminuir a claridade, tudo isso a fim de que os motoristas fiquem protegidos da ação do sol quando ela estiver mais intensa.

Como mencionado anteriormente, o Sky Wind poderá ser acrescido a todas as versões do Grand Siena e do Novo Palio. O preço do opcional será de R$ 2.700,00 para o Novo palio Attractive e  R$ 2.900,00 para todas os demais modelos.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Na estreia da 1ª fábrica da Fiat na China, construída para concorrer no mercado automotivo local, a montadora anuncia o início de suas atividades, com a produção do sedan Viaggio.

Segundo as informações divulgadas, a fábrica na China recebeu um grande investimento por parte da respectiva montadora e da chinesa GAC, totalizando US$ 786,7 milhões, usados para garantir a sua construção e funcionamento.

Com o objetivo de produzir, ao ano, 140 mil unidades do sedan Viaggio, a Fiat equipou o modelo com o motor 1.4 l T-Jet, capaz de gerar até mesmo 120 ou 150 cv, conforme a versão. O veículo conta também com 2 tipos de transmissão, a automática de 5 velocidades ou a nova da montadora, com dupla embreagem e 6 marchas.

O investimento da Fiat no mercado automotivo da China, apesar de grandioso, está em atraso comparado com as demais marcas concorrentes, tais como a General Motors e a Volkswagen, que comercializaram 2,55 e 2,25 milhões de veículos em 2011, respectivamente, contra apenas 991 unidades da Fiat.

Sendo assim, o momento é de correr em busca de suas metas a fim de obter o crescimento desejado na China.

Por Anne A. Matioli Dias


A divisão esportiva do grupo Fiat, a Abarth, acaba de revelar alguns detalhes na nova versão do Punto SuperSport.

O projeto foi apresentado oficialmente no Salão de Frankfurt , em 2011, e no evento, já foi possível notar que o novo Punto seria bem diferente do convencional.

As expectativas tem se confirmado, afinal o Punto SuperSport se distingue tanto no desempenho, já que possui  alta performance, quanto no visual, uma vez que está mais agressivo, com toques em preto fosco, listras acinzentadas e rodas de liga leve com aro 17.

A cabine conta com bancos esportivos, moderno sistema de conectividade Blue & Me e controle automático de ar-condicionado .

Além disso, o modelo possui um volante revestido em couro, com tapetes personalizados e pedais de aço inoxidável. 

Em termos de propulsão, o  Punto SuperSport vem equipado com um eficiente motor 1.4 MultiAir, capaz de gerar 178 cavalos.

A transmissão do modelo é manual de seis marchas, que acelera de 0  a 100 km/h em apenas 7,5 segundos. 

A edição é limitada e serão disponibilizadas apenas 199 unidades para comercialização.

No mercado italiano, o preço de venda será de 21.900 euros, o que equivale a R$ 54.500.  

Ainda não há previsão de lançamento.

Por Larissa Mendes de Oliveira 


Mais uma novidade chega ao mercado automobilístico, pois já está disponível nas concessionárias da montadora Fiat a linha 2013 do Novo Uno.

Esta nova linha do Novo Uno apresenta diversas inovações sendo que a principal delas é a extinção da versão Attractive (que era oferecida desde o lançamento do modelo em Maio de 2010).

Além disso, continuam existindo as opções Vivace (1.0), Economy (1.4), Way (versão aventureira) e Sporting (versão esportiva); mas apesar de continuarem, as versões do Novo Uno Way e Sporting não tem mais a possibilidade com carroceria de duas portas.

No seu aspecto visual, este carro da montadora italiana Fiat não sofreu mudanças.

Mas com relação aos seus equipamentos, todas as versões passam a contar com encosto de cabeça nos bancos dianteiros – com possibilidade de regular a sua altura -, novos pomos de alavanca de câmbio, as calotas passam a ser itens de série e as saídas de ar internas passam a ter diferentes opções de cores.

Ao considerar as particularidades de cada versão, a Vivace ganhou pára-choques pintados na mesma cor da carroceria e novos tecidos para revestimento dos bancos.

Já os modelos Way e Sporting ganharam motor Evo 1.4, limpador de pára-brisa com acionamento automático à ré, bem como pacote com air bag duplo e freios com ABS/EBD.

Os opcionais disponíveis para o Novo Uno são: novo volante bi-textura, computador de bordo, kit de parafusos antifurto de rodas, Insert Molding (nova faixa decorativa que divide horizontalmente o painel de instrumentos) e novos temas de personalização externa.

Para aqueles que se interessaram pelas novidades neste carro popular da Fiat, os seus valores variam de R$24.260,00 para o Novo Uno Vivace 1.0 Evo Flex 2 portas, até R$33.340,00 para o Novo Uno Sporting 1.4 Evo Flex 4 portas.

Fonte: Portal Terra 

Por Ana Camila Neves Morais


O Abarth 695 Maserati da Fiat é uma edição especial do compacto 500 (Cinquecento), preparada pela divisão esportiva da montadora italiana.

A novidade se configura como uma à  Maserati, fabricante de carros de luxo, que também compõe o Grupo Fiat.

De acordo com a fabricante, o preço de comercialização do novo Abarth 695 Maserati  será de 32 000 libras esterlinas (Reino Unido), o que equivale a aproximadamente R$ 103.000,00.

Serão fabricadas ao todo 499 unidades, que estarão disponíveis para compra no final de 2012.

Vale destacar, no entanto, que ainda não sabe que países terão o privilégio de receber o modelo.

Com estilo similar ao do estilo do 695 Tributo Ferrari e montado com a mesma plataforma do Cinquecento Cabrio Abarth, o  Abarth 695 Maserati será movido por potente motor T-Jet 1.4 de 04 cilindros, com capacidade de atingir 180 cavalos.

Além disso, possui amplos discos de freio e o câmbio é automático de cinco velocidades, com modernas hastes para troca de marcha localizadas atrás do volante.

Os pneus do  novo Abarth 695 Maserati atingem alta performance e as rodas são de liga leve, com 17 polegadas.

Na composição, vários itens são de fibra de carbono, o que confere leveza ao modelo.

Já as soleiras e pedais, são fabricados em alumínio.

Em termos de visual, a pintura da  carroceria será pintada na cor bordô, típica de boa parte dos luxuosos carros da Maserati.

O teto do veículo abre automaticamente e é revestido por um tecido preto.

Os bancos receberam um ar esportivo devido ao design arrojado e couro bege

Por Larissa Mendes de Oliveira 


Completando 15 anos de história, o Siena abre espaço para a sua nova geração, o Grand Siena 2013, apresentado no último dia 23 de abril pela Fiat. O modelo já está disponível em todas as lojas do país, em três versões e equipamentos de série.

Projetado no Brasil e na Itália, o sedan herda somente parte do nome do antigo carro e traz grandes novidades. Com maior largura, altura e distância entre os eixos, o Grand Siena revelou um ganho expressivo de espaço interior, com um porta-malas que aumenta a sua capacidade de 500 para 520 litros.

O carro tem versões com motor 1.6, de 117 cavalos, e motor 1.4, com 88 cavalos de potência, além de surpreender com o enorme controle de estabilidade. O interior do carro também surpreende com um design arrojado. Na versão top de linha, o utilitário traz indicador de temperatura externa, luzes de leitura na dianteira e detalhes internos cromados.

Outro item que chamou a atenção foi o sistema de abertura elétrica da mala, feito através do logotipo da Fiat, trazendo modernidade e um visual mais “clean” para o sedan, que, em sua versão mais cara, sai das lojas pelo preço de R$ 45.990,00, incluindo o câmbio automatizado Dualogic.

Por Thais Cortez


Todos estão aguardando a chegada do novo Palio 2013. Com um lançamento previsto para o primeiro semestre de 2012, o novo modelo chegou às concessionárias totalmente reestruturado. Porém devemos manter nossas expectativas baixas, pois após 15 anos e três reestruturações, o novo modelo do automóvel só virá com um documento e um design diferente das versões anteriores.

A série de entrada Attractive 1.0 chega com quatro portas, motor 1.6, câmbio manual ou automatizado Dualogic e itens como direção hidráulica, computador de bordo, trio elétrico, faróis de neblina e porta-óculos. Existem também recursos opcionais como ar condicionado e rodas aro 15’’.

O modelo intermediário Essence é equipado com uma série de itens de fábrica como ar condicionado, rodas aro 15’’ e banco do motorista com regulagem. Além disso, a esse modelo, a Fiat traz como opções adicionais freios ABS e airbags laterais e/ou frontais.

A série Sporting já é equipada com aerofólio traseiro, rodas aro 16’’, kit aerodinâmico, faróis biparábola, e um acabamento mais esportivo para a cabine.

Agora é só esperarmos o lançamento.

Por Thiago Polido


A Fiat trouxe para o mercado um novo conceito em carros. O Novo Uno, uma espécie de releitura do clássico Uno  ao qual estamos acostumados, nada mais é que um veículo inovador com linhas simples e modernas em seu design.

Com duas ou quatro portas, cada uma das seis versões vem acompanhada de muita tecnologia, itens de série únicos e itens opcionais indispensáveis para aqueles mais apaixonados por carro.

Veja alguns destaques das versões Vivace, Economy, Attractive e Sporting:

VIVACE 1.0 EVO: Econômetro, banco traseiro rebatível, Fiat Code 2ª geração, console central parcial com porta-copos;

ECONOMY 1.4 EVO: Quadro de instrumento com Econômetro e Conta Giros, novos adesivos exclusivos da versão Economy, para-choque, maçanetas e retrovisores pintados na cor do veículo, rodas aro 14” e pneus de baixa resistência ao rolamento;

ATTRACTIVE 1.4 EVO: Console no teto com porta-objetos e espelho suplementar, limpador e lavador de vidros traseiro, para-choque, maçanetas e espelhos retrovisores na cor do veículo;

SPORTING 1.4 EVO: Direção hidráulica, rodas em liga leve 15” e computador de Bordo.

Todas as versões estão disponíveis em mais de 10 cores e os preços variam entre os modelos de duas e quatro portas.

Por Jéssica Severo


O mercado de veículos no Brasil obteve forte expansão em 2010 devido a uma série de fatores que, somados, elevaram as vendas para níveis recordes. Depois de um primeiro trimestre gordo para o segmento, ainda no ano passado, as concessionárias prolongaram ofertas por meio de novas promoções, culminando num novembro e dezembro positivos.
As montadoras, por sinal, procuraram vários meios para satisfazer a intenção de compras dos consumidores ao longo dos últimos meses, principalmente a partir de seus novos lançamentos. Mantendo boas perspectivas para 2011, a italiana Fiat lança a nova linha do Siena (2012), que como é possível imaginar apresenta novidades.
As versões EL 1.0 e E.L 1.4 passam a contar com cintos de segurança traseiros retráteis de três pontos. Um destaque à versão mais básica fica por conta da nova medida das rodas, de aro 14 (substituindo as de aro 13).
Por Luiz Felipe T. Erdei


A Fiat que acabou de lançar no Brasil o modelo Bravo, que será o mais caro veículo da marca, mais caro até mesmo do que o Fiat Línea, tem vários itens diferenciados em relação a outros modelos.

Como exemplo, podemos citar o fato de alguns modelos virem equipados com até sete airbags, um deles com a única função de proteger o joelho do motorista.

Além disto, todos os modelos possuem um gancho universal para ser encaixado a cadeira de crianças e tornar a utilização deste item de segurança muito mais prática e segura.

O Fiat Bravo será disponibilizado em duas motorizações, o modelo nacional de 1.8 e flex e o motor importado de 1.4 turbo, a gasolina.

O preço inicial deste novo modelo da Fiat será de aproximadamente R$ 55 mil e o modelo top deve custar em torno de R$ 65 mil.

A versão mais básica do Fiat Bravo, o Essence 1.8 16V Flex  não tem nada de básico, com um pacote de itens de série surpreendente, tais como ar condicionado, air bag duplo, direção elétrica, rodas em liga leve, faróis de neblina, piloto automático, retrovisores elétricos, entre outros inúmeros benefícios.

Por Denilson G Santos


A Fiat já lançou e está comercializando no mercado a linha 2012 do Doblò, que neste ano apresenta duas novas versões: Attractive 1.4 (R$ 53.000) e a Essence 1.8 (R$59.290). A versão Attractive será equipada com motor 1.4 Flex com 85 Cv de potência na gasolina e 86 Cv no etanol, e também terá essa composição na versão Cargo 1.4.

Já a versão Essence será equipada com motor 1.8 E-torQ, também presentes nas versões Adventure 1.8 e Cargo 1.8, com potência entre 130 e 132 Cv.

A versão de entrada Attractive 1.4 já apresenta como itens de série: direção hidráulica; travas elétricas; computador de bordo; portas laterais corrediças; porta objetos sob o teto; entre outros.

A versão Essence 1.8 traz ainda ar-condicionado; sexto banco suplementar; computador de bordo B; tecidos dos revestimentos mais sofisticados; chave com telecomando e calotas exclusivas. A Fiat ainda não anunciou de forma oficial à imprensa as mudanças, porém, no site da Fiat já constam as novidades.

Por Henrique Pereira


Cada vez mais se fala em diminuir os índices da poluição vinda dos automóveis. Para isso, algumas iniciativas da indústria automobilística têm sido tomadas. Uma das primeiras atitudes foi a produção de motores híbridos, que começaram a equipar o Toyota Prius, lançado em 1997, no Japão. Atualmente, existem modelos que utilizam a energia elétrica como única fonte de alimentação, o que já foi um avanço enorme.

Mas, como a maioria dos carros em circulação no planeta ainda é movida por combustíveis fósseis, a alternativa mais imediata é realizar modificações nos motores, para que eles emitam o mínimo possível de poluição.

É nesse sentido que a Fiat vem trabalhando, e parece estar obtendo sucesso, já que foi eleita pela quarta vez como a montadora que tem os motores mais eficientes em termos de emissão de CO2.

Os números exigidos pela União Européia, a serem considerados a partir de 2015, são de 130 g/km, mas a Fiat já vem mantendo em seus propulsores uma média de 123,1 g/km desde 2010.

A grande responsável por isso, segundo a montadora italiana, é a tecnologia usada em alguns motores, como o Twin Air, do Fiat 500, que tem emissão de CO2 de apenas 92 g/km.

Por André Gonçalves


Os consumidores mais atentos aos movimentos do comércio podem perceber que até entre as marcas mais caras, tais como Armani, Lacoste e Calvin Klein, existem promoções acessíveis. Ao lado do parque de diversões Hopi Hari, em Vinhedo (São Paulo), existe o Outlet Premium, que traz inúmeras opções de roupas de grifes famosas com valores mais baixos.

Pensando nesta configuração é que as concessionárias Fiat Sempre criaram o primeiro outlet do setor automotivo. Dos dias 14 a 27 de fevereiro, em São Paulo, descontos de até R$ 3,5 mil serão concedidos na aquisição de carros zero-quilômetro, entre os quais Novo Uno, Mille Economy, Siena Fire e Palio Fire.

O outlet funciona da seguinte maneira. O consumidor escolhe um dos modelos disponíveis participantes da campanha. Ao adquirir, por exemplo, o Palio Fire de duas portas modelo 2010/2011 por R$ 24.990, com mais R$ 1 é possível melhorar a versão para quatro portas.

Para conferir a promoção, os endereços da Fiat Sempre são os seguintes:

Jardim Paulista – Avenida Rebouças, 2.876
Alto da Lapa – Rua Cerro Corá, 1.100

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa


Nas concessionárias da Fiat já é possível encontrar o Novo Uno Sporting à venda. Apresentado durante o Salão do Automóvel de São Paulo, em 2010, a versão é equipada com um pacote esportivo composto de rodas aro 15, aerofólio preto, escapamento com ponteira dupla, minissaias laterais, pedaleiras esportivas, adesivos com a inscrição “Sporting” em várias partes do carro, faróis com máscara negra, spoiler na cor do veículo e suspensão rebaixada, dentre outros.

Alguns dos itens de série são computador de bordo, volante em couro e sistema drive by wire. A lista de opcionais tem airbag duplo e rádio CD/MP3 com conexões USB e Bluetooth.

O motor é o 1.4 EVO, que gera 85 cv de potência se movido a gasolina ou 88 cv com etanol. A velocidade máxima utilizando gasolina é de 170 km/h. Com etanol o carro chega a 172 km/h.

O preço sugerido é de R$ 33.970.

Acesse maiores informações no site da Fiat.

Por André Gonçalves


Um carro grande, espaçoso, de aparência robusta e que foge um pouco do padrão de design dos modelos da montadora italiana Fiat. Assim é o crossover ou minivan, que a montadora lançará no Salão do Automóvel de Genebra e cujas imagens e informações já foram divulgadas.

O veículo foi construído em parceria com a Chrysler, grupo no qual a Fiat tem participação acionária, e baseou-se no modelo Dodge Journey 2011. Batizado de Freemont, o crossover que levará na nova grade frontal o símbolo da fabricante italiana teve alterações externas e internas para diferenciá-lo do modelo que lhe serviu de base.

O resultado foi um carro com capacidade para sete ocupantes e com o rebatimento dos bancos traseiros, uma capacidade de porta-malas de 1.461 litros. No design de linhas retas e poucos vincos o modelo é enxuto sem perder a agradável aparência de robustez. A frente é clássica e lembra a imponência dos modelos Chrysler.

Com previsão de ter o início das vendas a partir do segundo semestre de 2011 na Europa, os primeiros modelos terão motorização 2 Litros a diesel Multijet que renderá de 138 a 168 Cv com transmissão manual e tração na dianteira. Existe a previsão de lançamento de mais duas versões: uma com tração integral também movida a diesel e uma com propulsor Pentastar V6 de 276 CV a gasolina, que virão ambas com câmbio automático.

Foto: Auto Moto Portal

Por Mauro Câmara

Fonte: G1


No Palio Weekend 2011 se encontra um misto de qualidades que o tornam referência no mercado de station wagons compactas. Essas qualidades são o desempenho, o conforto e a segurança. Os itens de série são aerofólio traseiro na cor do veículo, acabamento cinza Ghisa na parte central do painel de instrumentos, alertas de limite de velocidade e manutenção programada, apoios de cabeça dianteiros e traseiros com regulagem de altura, banco traseiro rebatível, bancos dianteiros com regulagem milimétrica do encosto, bancos com assento anti-submarining e barra de proteção nas portas.

O Palio Weekend 2011 conta com um motor de quatro cilindros em linha transversal de oito válvulas, com cilindrada de 1.368 centímetros cúbicos, com potência de 85/86 cavalos a gasolina/álcool, com uma rotação de 5.750 rpm e um torque máximo de 12,4/12,5 kgfm a 3.500 rpm com gasolina/álcool, câmbio de cinco marchas e tração dianteira, com  sistema de freios a tambor na traseira e a disco ventilado na dianteira, além de direção hidráulica e rodas de aço raio 14 com pneus 185/65.

Por Gerson de Morais


Com vocação para o trabalho, o Novo Ducato Multi 2011 proporciona conforto e segurança, seja para transportar cargas ou passageiros. Combinando funcionalidade e economia, o novo furgão da Fiat está baseado no sucesso das versões Economy, tendo agora um motor muito mais econômico, o MultiJet, produzido com a mais alta tecnologia.

Por fora e por dentro, a estética tem o design do conceituado italiano Giorgetto Giugiaro, numa colaboração com o Centro Estilo Fiat, que destaca a racionalidade das formas e a funcionalidade do novo furgão, que transmite robustez e força, o que é essencial para um veículo destinado ao trabalho pesado, que tem 12 metros cúbicos de espaço.

O motor MultiJet, de 2.3 litros e alta economia, desenvolve 127 cavalos de potência a 3.600 rpm, com um torque de 30,7 kgfm a 1.800 rpm. O Novo Ducato Multi 2011 MultiJet Economy sai por R$ 80.990,00.

Por Gerson de Morais


A Fiat vai apresentar no Salão do Automóvel de Bolonha, na Itália, evento que acontece entre os dias 4 e 12 de dezembro, uma nova versão para o 500, cuja principal novidade será na aparência. O modelo terá uma combinação das cores branca e roxa, que será usada tanto na tintura externa, quanto na interna.

O modelo bicolor sai equipado de fábrica com espelhos elétricos, rodas de liga leve, direção com assistência elétrica, vidros elétricos, fechadura com controle remoto e rádio MP3, dentre outros itens.

Na Itália, o novo modelo deve ser comercializado a partir de janeiro. Para o Brasil, ainda não há previsão de chegada do 500 bicolore. O certo é que ele será produzido na fábrica da Fiat no México, de onde a filial brasileira deve importá-lo.

Por André Gonçalves

 

Creditos: Flickr

Fonte: Revista Auto Esporte


O Fiat Punto vai ganhar uma nova cara em 2011. O veículo, lançado em 2007, vai ter o mesmo visual que o Punto Evo, versão vendida na Europa. As novidades começam no pára-choque dianteiro, que terá as tomadas de ar e a grade do radiador redesenhadas, mesmo caso da traseira, na qual as lanternas e o pára-choque passarão por renovação.

Na parte interna, mudanças no material de fabricação, agora de maior qualidade e também no número e na cor dos equipamentos. O quadro de instrumentos terá iluminação branca. Com relação aos motores, a versão 2011 do Punto virá com as opções de E-TorQ 1.4 Fire, 1.6 16V, 1.8 16V com opção de câmbio Dualogic, Sporting 1.8 16V também com Dualogic e 1.4 Turbo. Os motores podem atingir 117 cv no modelo 1.6 e 132 cv no 1.8.

Os modelos vão custar a partir de R$ 38.940, preço sugerido para a versão 1.4.

Por André Gonçalves

Confira mais informações no vídeo:

Fonte: Interpress Motor


O setor de veículos automotores movimenta altas cifras em praticamente todos os continentes. Na intenção de expandir suas atividades, a Fiat anunciou que está edificando uma joint venture (associação voltada a empreender determinados nichos sem que cada uma das partes perca sua personalidade jurídica) com a montadora norte-americana Chrysler. A junção visa a produção de um utilitário esportivo na unidade da empresa situada em Turim como parte da estratégia dos planos para aumento produtivo na nação italiana.

Em nota veiculada à imprensa, a Fiat, que detém 20% da Chrysler, afirmou que a empreitada exigirá investimento superior a US$ 1,3 bilhão de dólares. Na concepção da montadora, a fábrica de Mirafiori possui todas as características necessárias para vir a ser uma unidade global de construção de veículos para a América do Norte, Europa e os demais mercados.

De acordo com a agência de notícias Reuters, a Fiat perde dinheiro em todas as suas unidades na Itália, porém, almeja aplicar investimento de US$ 26 bilhões para amplificar sua produção e melhorar a eficiência em troca de maior flexibilidade no âmbito trabalhista.

Por Luiz Felipe T. Erdei


Para comemorar a marca de quinhentas mil unidades fabricadas do Fiat 500 em maio deste ano, a Fiat resolveu expor no Salão de Paris, uma edição especial do modelo, com a carroceria estampada com diversos rostos de pessoas, entre proprietários, pessoas famosas e amantes do compacto.

No total, mil e quinhentas pessoas de todo o mundo tiveram seus rostos expostos na edição especial do Fiat 500, dentre elas dois brasileiros. Um deles é Vitor de Oliveira Soares Souza, que não tem carro, mas é fã do modelo e disse ter feito o cadastro assim que viu a divulgação na internet. O outro brasileiro é o analista de sistemas Carlos Murata, que é um dos proprietários do Fiat 500.

Dentre os mil e quinhentos participantes, quatrocentos e cinquenta estão entre fãs e celebridades, sendo as vagas restantes ocupadas por proprietários do modelo.

Por Elizabeth Preático

Fonte: G1


A Fiat traz o lançamento do novo Idea, O carro que já era visado e muito eficiente agora  vem com novos motores (E.torQ 16v .6 E .8.), novos retrovisores com seta integrada, air bag duplo + ABS. Além disso, o carro conta ainda com um novo quadro de instrumentos.

Além de ser um carro realmente muito bonito e imponente, é um veículo versátil e compacto  que possibilita flexibilidade e autonomia ao seu dono.

O novo Idea vem com toda a bagagem e confiança que o nome Fiat é capaz de proporcionar.

Maiores informações pelo site www.fiat.com.br ou pelo telefone 0800 707 1000.

Por Teresa Almeida


Fiat lança a versão do Linea 2011 com um novo motor: o já conhecido E. TorQ. Este motor já equipa os modelos Punto, Novo Idea, Palio hatch e Adventure e Doblò.

O novo Linea será equipado com a versão do E. TorQ 1.8, 16V. Este motor gera 132 cv e 18,9 kgfm de torque.

Segundo a montadora italiana, esta nova versão permite um melhor desempenho do automóvel, em relação ao modelo anterior com motor 1.9, pois o peso das peças, os ruídos e vibrações do carros foram diminuídos.

Além do novo motor, o Linea 2011 vem com opcionais bastante interessantes, como rodas de liga-leve 15’, ar-condicionado digital e sistema de GPS.

Para aqueles que se interessaram pelo sedã da Fiat, os preços variam entre R$ 55.450 do Linea LX 1.816V Flex e R$ 71.290 do Linea T-Jet 1.4 16V Turbo Gasolina.

Por VSZ


Com novo motor E.torQ 1.6 16V e 1.8 16V o Punto encara o mercado mais econômico que nunca. Os motores desenvolvidos pela FPT Technologies são produzidos na fábrica da Fiat, no Paraná.

O Punto Sporting saiu na frente com motor 1.8 e, melhor, bebendo menos. As alterações parecem ter surtido efeito, acelerar de 0 a 100km/h é possível em apenas 10 segundos.

Além da novidade, traz câmbio automatizado Dualogic. Mantém o estilo esportivo com máscara negra nos faróis, rodas de liga leve e minissaias laterais. E quem não larga o Blue&Me (telefone por comando de voz) continuará feliz com a continuidade.

Por Mayara Paz


O novo UNO 2010 chegou com um design surpreendente, completamente diferente dos modelos anteriores, o veículo chegou ao mercado como uma bela surpresa, com novas linhas arredondadas e com um custo mais baixo não deixando de lado a durabilidade, chega ao mercado em algumas versões.

Este carro super popular que caiu no gosto dos brasileiros não só pela economia, agora também agrada pelo design, agora além de eficiente ficou mais moderno sem perder na durabilidade e sem perder sua essência e com custo baixo na sua versão flex.

Um melhor espaço interno, volante de três raios, econômetro, um novo motor Fire, novas linhas no painel de instrumentação, são algumas das novidades deste magnífico novo modelo.

O novo Uno chegou roubando espaço e com o titulo de novo queridinho do Brasil, caiu no gosto dos jovens e ainda pode ser equipado conforme o gosto e o bolso do cliente.

Por: Adri de Paula


Em Belo Horizonte foi flagrado circulando pelas ruas da cidade o novo Uno com apenas duas portas.

O modelo foi lançado somente com quatro portas até o momento pela empresa italiana Fiat, no último mês de maio, com preços a partir de R$27.350, e já possui um volume de vendas de 106.151 unidades nos primeiros sete meses deste ano, incluindo o antigo Mille.

O lançamento do novo Uno com duas portas estava previsto para a segunda quinzena do mês de junho deste ano, o que não aconteceu, e a estimativa agora é que a apresentação da nova versão aconteça entre agosto e setembro de 2010.

Foto: Leo Figueira

Por Elizabeth Preático

Fonte: G1


Para os fãs do Fiat Idea, aqui vai uma novidade de encher os olhos.

A linha 2011 do carro acaba de ser lançada, e vem acompanhada de várias modificações. Dentre elas, o destaque maior vai para a frente e a traseira que foram reestilizadas. Na versão Sporting, criada para jovens, ele ganhou um novo capô, aerofólio integrado, faróis polielípticos de dupla parábola, dentre outras coisas. Além disso, a Fiat teve o cuidado de proporcionar avanços tecnológicos e mudanças nos propulsores de seu motor E.TorQ.

O carro está disponibilizado em sete versões e três possibilidades de motores. Os preços do novo Idea variam de R$ 43,59mil na versão Atactive a R$ 59 mil na versão Adventure Analogic.

Por Rodrigo Ferreira


A grande família Palio da Fiat já está com motores novos. Os modelos da linha receberam motores E.TORQ 1.6 16V e 1.8 16V, que emitem menores níveis de poluentes ajudando na diminuição da emissão de gases. Estes novos propulsores já estão rodando no Punto e provavelmente irão equipar o novo Fiat Idea. Além desta inovação em termos de motores, os novos modelos da família Palio, virão com tecidos novos e com câmbio dualogic.

Os motores E.TORQ1.6 16V a gasolina geram 115CV de potência e já os movidos a etanol, chegam a 117CV. Os motores 1.8 16V rendem com etanol 132CV de potência e a gasolina 130CV e estão equipando as oito versões que compõem esta família: Palio Essence 1.6 16V 4P, Palio Essence 1.6 16V 4P Dualogic, Siena Essence 1.6 16V, Siena Essence 1.6 16V Dualogic, Palio Adventure Locker 1.8 16V, Palio Adventure Locker 1.8 16V Dualogic, Strada Adventure 1.8 16V Cabine Estendida e Strada Adventure 1.8 16V Cabine Dupla.

Nas versões Essence 1.6 16V já vem de fábrica com direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas e computador de bordo.

Além da tecnologia nos propulsores que ajuda o meio ambiente, como já dito, com menos emissão de poluentes, os preços estão bastante interessantes para esta faixa de mercado: o modelo Palio Essence 1.6 16V Flex 4P parte de R$ 37, 990, que é o mais barato. Já o mais caro é o Strada Adventure 1.8 16V Flex cabine dupla, que parte de R$ 49.870.

Por Mauro Câmara


Recentemente a Fiat fez uma pesquisa de mercado com potenciais compradores do seu novo automóvel. No entanto, tais pessoas foram apresentadas ao carro, que não possuía qualquer identificação que o ligasse à marca ou ao modelo. O que a montadora quis foi fazer uma espécie de teste, e perguntou às pessoas de que marca eles achavam que o carro era.

Um dos consumidores respondeu na hora que, pelas formas, o carro só podia ser da Fiat.

O fato acima exemplifica a capacidade que a montadora italiana tem de construir linhas inconfundíveis, e fazer que seus consumidores reconheçam os veículo produzidos por ela. O detalhe é que o Uno mostrado a esses clientes estava longe de ser acabado, e que ainda passaria por muitas mudanças.

Portanto, temos a certeza de que a Fiat é especialista na categoria dos compactos.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Carro Online


O novo Uno, apresentado pela Fiat na última semana, virá com motorização exclusiva Fire 1.0 e 1.4 EVO, os quais priorizam economia e desempenho urbano. Novidade muito bem-vinda nessa que se pode chamar a grande ousadia da Fiat na década: mudar radicalmente o atual vice-campeão de vendas da marca.

A cara de Doblò é conseqüência da manutenção da identidade do Uno e sua simpatia quadrada com a qual já nos acostumamos. Para se adequar aos novos tempos, a temática “quadrado arredondado” pode ser vista em vários pontos do carro, desde sua silhueta até faróis e retrovisores externos.

Estará disponível a partir de maio de 2010 em três versões, em ordem crescente de preço, Vivace, Attractive e Way, o que equivale dizer flutuação de preço entre 26 e 37 mil reais, dependendo da configuração escolhida.

Por falar nela, o conceito de personalização, já visto em Fiat 500 e Mini, parece querer despontar aqui também: há opções de adesivos temáticos para carroceria e interior, capas cromadas e pintadas para retrovisores e molduras de faróis dentre outros detalhes. Será que se tornará exemplo de “carro-design”, como a Kia auto-proclama seu modelo Soul? É possível que se torne o carro-design da classe média, de entrada. Qualidades ele aparentemente possui. É esperar para ver.

Por Leopoldo Henrique Fachini


Depois de meses de especulações e boatos, agora é pra valer: vieram da própria Fiat as imagens do novo Uno 2011. E logo o que se vê é uma total repaginada do visual do automóvel, que ganha linhas mais marcantes e arredondadas, que o deixam muito mais bonito e até com certo ar futurista.

E não é só por fora que o Fiat Uno recebeu mudanças. Os novos motores Flex Fire Evo 1.0 e 1.4 deverão estar presentes nas quatro versões do modelo (duas 1.0 e duas 1.4). Esses motores receberam diversas melhorias cujas funções são de reduzir o consumo e controlar a emissão de gases poluentes, seguindo uma tendência internacional.

A montadora italiana ainda não revelou preços do Uno, mas acredita-se que devem ficar na faixa de 28.000 a 30.000 reais, podendo até superar esse valor nas versões 1.4. Os novos modelos devem estar nas ruas já em Maio.

Confira algumas fotos do carro:

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Terra


Novo Fiat Uno

Previsto para maio de 2010 o novo Uno chega as concessionárias mais elegante e com design arrojado e arredondado, diferenciando bastante dos modelos anteriores.

Com o nome de Novo Fire 1.0, o novo carro da Fiat vem com um bom espaço interno e externo com 3,77m de comprimento por 1,63m de largura, porta malas com capacidade de 290 litros, rodas de 13 polegadas e vários outros itens de série que vale a pena conferir.


O novo Punto EVO tem lançamento previsto para 2011 aqui no Brasil. Ainda esse ano será lançado na Europa e promete agradar seus admiradores.

O design externo tem pequenas modificações na dianteira e traseira com novo parachoques, lanternas e faróis. Já a parte interna foi inteiramente redesenhada com novo painel no estilo italiano, console central que inclui suporte para GPS, bancos revestidos e portas mais modernas.

Além do estiloso design criado pela Fiat, o motor do Punto EVO apresenta um sistema inteligente e econômico de combustível – Start-Stop – ou seja, essa função desliga o motor automaticamente quando o veículo está em ponto morto, situações comuns quando paramos no semáforo e, é reiniciado quando o condutor pressiona a embreagem. E com todos esses recursos e inovações, a Fiat também se preocupou em seguir as normas Euro 5 que reduz a emissão de poluentes.





CONTINUE NAVEGANDO: