Modelo vendido no Brasil terá preços entre R$ 30.000,00 e R$ 40.000,00.

Para os fãs da marca Renault no Brasil, aqui vai uma boa novidade: o novo modelo recém-lançado pela montadora, o Kwid deverá chegar ao país neste mês de julho em mais de uma versão e com preços semelhantes aos nacionais numa categoria inferior aos chamados SUVs.

Apresentado primeiramente no salão do Automóvel, em Bueno Aires, no início deste mês de julho de 2017, o novo modelo da montadora francesa tem tudo para emplacar as vendas em terras brasileiras.

Com chegada prevista para o final destas férias de julho, o Kwid pode se considerado um intermediário entre os compactos da montadora, como o Sandero e o Duster, na categoria dos SUVS, um dos segmentos de vendas que mais crescem no Brasil.

Na verdade, o novo Renault chega para aqueles consumidores que não podem pagar a mais por um modelo mais esportivo e de maior porte como o Duster, mas que querem ter um carro mais aventureiro n sua garagem. Neste sentido, ele pode ser considerado como uma nova categoria intermediária, a dos subcompactos.

Um dos atrativos do novo automóvel é questão do preço. Dependendo do modelo que consumidor desejar, ele pode variar entre R$ 30.000,00 e R$ 40.000,00.

Para quem já viu o novo modelo e realmente pretende adquirir o seu modelo, terá que se apressar e pagar antecipado valor de R$ 1.000,00 para garantir o seu. O pagamento pode ser feito nas concessionárias ou diretamente no próprio site da Renault (www.renault.com.br). Neste caso, o consumidor pode usar o cartão de crédito.

Com relação ao Kwid, os novos modelos que estarão nas concessionárias brasileiras da marca francesa serão três: A Life, talvez a mais barata e com menor número de opcionais; a versão Zen, que já vem de fábrica com os principais itens que consumidor brasileiro gosta: Ar condicionado de série, trava, direção e vidros elétricos, retrovisor interno com função dia e noite e outros itens e a versão Intense, sendo a mais cara, com todos os outros itens e mais opcionais que tentam justificar o preço cobrado.

Há ainda uma versão chamada de Outsider, com um estilo bem mais aventureiro e com opcionais e mecânica bem mais próximas da categoria dos SUVs. A previsão de chegada nas lojas é somente para o primeiro trimestre de 2018.

Quem quiser conferir o novo lançamento da Renault, os modelos e até mesmo quiser já reserva o seu, basta acessar o site da montadora descrito acima ou o endereço: www.kwid.com.br.

Por Emmanoel Gomes

Renault Kwid brasileiro


Novo compacto com estilo de SUV da Renault é econômico e possui ótimas características.

A Renault inovou e aposta todas suas fichas no seu mais novo modelo dos compactos aqui no Brasil. O seu novo lançamento é chamado como o SUV dos compactos e foi batizado com nome de novo KWID.

Foi lançado no Salão do Automóvel na Argentina na cidade de Buenos Aires.

Está chegando para ser a nova sensação dos modelos compactos. A promessa da Renault e trazer neste novo carro de possuir o design e a robustez de um SUV.

Quer conhecer este novo Renault que está com um preço bem abaixo dos concorrentes e algumas caraterísticas bem interessantes? Continue lendo este post que você vai descobrir o que tem este lançamento da Renault.

Por que é considerado o SUV dos compactos?

Em sua categoria ele é o que possui a maior altura do solo e comprimento também. Tem um design bem arrojado com a grade frontal e os para-lamas que proporcionam a imagem de maior robustez.

O desenho dos ângulos de entrada e saída lembram bastante um SUV. É a maior novidade que estava faltando entre os compactos.

É o maior da categoria com a medidas exatas de 180mm de altura do solo e 3680mm de comprimento

Espaço é o seu requisito

Abriu as portas tem espaço, abriu o porta-malas também tem mais espaço. Com capacidade para 5 passageiros e um porta malas de 290 litros também é considerado o maior da categoria. A altura da cabine é um dos destaques deste novo carro com seus 898mm.

Consumo Compacto e Motorização Robusta

O motor Sce 1.0L em seu segmento é considerado o mais econômico, o KWID, tem a média de consumo de 15,2 Km por litro com gasolina e 10,5 Km com etanol.

Como já é uma tendência entre os novos veículos que estão sendo lançados, o motor de 3 cilindros sem correia, diminuindo os custos de manutenção.

A direção do KWID é elétrica trazendo maior conforto com velocidades menores e estabilidade em altas.

Possui indicadores de troca de marcha e estilo de condução e conta com o motor de 66 cavalos com gasolina e 70 CV com etanol chegando a 5500 rpm.

Preço Baixo

O preço inicial de pré-venda do Renault KWID está estipulado em R$ 29.990 na sua versão Life. Não é o modelo mais barato, o Chery QQ Smile está com um preço ainda mais acessível sendo vendido à R$26.990.

Este preço a Renault não oferece ar condicionado nem assistência na direção. Para integrar estes itens o KWID pode chegar a custar R$34.990 chamada versão Zen.

Modelos

O novo “SUV Compacto” da Renault está sendo apresentado nos modelos Life, Zen e Intense sendo esta última a versão mais completa.

Todas as versões estão acopladas com itens de segurança essencial e obrigatórias agora por lei que são os airbags, chamadas bolsas frontais que são acionadas em caso de colisão.

Por Marcio Ferraz

Renault Kwid

Renault Kwid


A intenção do grupo PSA é lançar um automóvel completamente novo, uma vez por ano, até o ano de 2021.

Mesmo com a crise econômica que o mundo passou e que o Brasil ainda continua passando, o grupo PSA, dono das marcas Citroen e DS está criando uma nova diretriz estratégica bem audaciosa para as fabricantes das empresas aqui no Brasil.

A intenção do grupo é lançar um automóvel completamente novo, uma vez por ano, até o ano de 2021. Além disso, a organização pretende ainda criar uma série de novidades para o segmento ao longo desses cinco anos, juntamente com o programa de assistência XL, que promete auxílio gratuito para os clientes das marcas por oito anos.

O grupo PSA está cheio de novidades tanto no Brasil quanto na Europa. Por lá, a organização anunciou a compra da dupla Opel/Vauxhall. Mais detalhes de todas essas novas notícias não foram revelados para a imprensa, mas o que se sabe até agora é que pode chegar por aqui alguns modelos importados, como o novo SUV Aircross e o C4 Cactus. Alguns consumidores questionam sobre a nova geração do C3, contudo a empresa informa que esse caso, por enquanto, não é prioridade para a empresa.

As informações da notícia vêm de Paulo Solti, diretor-geral da empresa francesa. Segundo ele, a empresa está trabalhando em várias áreas, tanto na produção, quanto no marketing. O objetivo da Citroen é criar um novo pensamento e uma nova percepção dos clientes e não-clientes diante da marca.

As maiores novidades estão mesmo com a Citroen, a DS prevê alguns lançamentos, mais por causa do plano de expansão da marca. A empresa planeja inaugurações de mais lojas no segundo semestre desse ano e algumas mudanças nas lojas já existentes. As novidades maiores estão na venda do SUV DS 7 Crossback, que foi lançado recentemente e a apresentação da nova geração do DS3, que deve acontecer também este ano.

O grupo da PSA Peugeot Citroen pretende, além dos novos lançamentos de automóveis, dar um melhor atendimento e mais qualidade de contato com os seus clientes DS. Será um atendimento premium. A intenção da DS é conseguir se tornar uma marca independente da Citroen, segundo Nuno Coutinho, diretor de marketing da empresa. De acordo com Coutinho, a DS pretende ter distribuição e formatos de organização, estrutura e comunicação próprios. A organização DS começou seu trabalho no Brasil em 2012 pela Citroen e conseguiu vender cerca de 4.500 veículos.

Por Carolina Costa

Citroen


O Q5 começará a ser comercializado na Europa no início de 2017.

Após várias teasers, boatos e muita expectativa, a Audi finalmente revelou a tão esperada segunda geração do Q5. A apresentação oficial do automóvel foi realizada no salão de Paris. Para quem ainda não conhece o Q5, saiba que se trata da opção intermediária do SUV da família da montadora alemã. Com isso, o Q5 está acima do Q3 e abaixo do Q7, no entanto, o que se percebeu é que o mesmo vem recheado de traços dos outros dois carros da família.

Um detalhe muito importante é que o Q5 começará a ser comercializado na Europa já no início de 2017. O mesmo também deve chegar ao mercado brasileiro, pois a Audi já confirmou a notícia, apesar de não ter especificado uma data para a chegada do automóvel.

O design do Q5 é um dos principais destaques deste lançamento, haja vista o visual elegante bastante característico dos automóveis da Audi. O Q5 vem acompanhado com uma grade hexagonal mais larga na dianteira, algo um pouco diferente do que estamos acostumados a ver em carros de passeio da montadora alemã. Tal característica está mais presente nos utilitários de Ingolstadt.

Como destacado, o Q5 trás alguns traços da versão de entrada, o Q3, bem como da versão top de linha, o Q7. Um exemplo são as lanternas na traseira, que fazem menção ao Q3. Além disso, o mesmo ainda conta com detalhes do A5, outro lançamento da Audi. Um detalhe mais arrojado é o vinco que passa por toda a lateral do carro.

Outra característica marcante nos lançamentos da Audi é, sem sombra de dúvidas, a tecnologia de ponta. Neste quesito o Q5 não deixa a desejar. O mesmo conta com a integração de materiais mais resistentes, bem como leves, sendo que o mesmo foi reduzido em até 90 kg, segundo a fabricante. A cabine interna é bastante semelhante àquelas presentes nos novos modelos da marca alemã. Com isso, temos o Virtual Cockpit, o quadro de instrumentos configuráveis com tela de 12,3 polegadas.

O Q5 também ganhou novas medidas, haja vista os 4,66 m de comprimento e o entre-eixos que agora possui 2,82 m. Para aqueles que buscam espaço, saibam que o porta mala ganhou 10 litros e agora passa a ter 550 litros de espaço total. Devido a possibilidade de mover os bancos traseiros através dos trilhos, o volume total do porta-malas chega pode chegar a 610 litros.

Este lançamento conta com duas opções de motor a diesel: 2.0 de 190 cavalos e o 3.0 V6 de 286 cavalos. Além disso, ainda existe a opção a gasolina 2.0 com 252 cavalos. O câmbio é sempre automatizado de dupla embreagem S-Tronic com sete marchas.

Por Bruno Henrique

Audi Q5 2017


Modelo voltará reestilizado e custará entre R$ 60 mil e R$ 75 mil.

O Chevrolet Sonic tinha desaparecido do mercado brasileiro desde setembro 2014, por causa do baixo volume de emplacamentos. Porém, sua volta por cima já tem data de estreia. De acordo com informações do site da revista "Carro", o modelo de fabricação mexicana virá com uma roupagem nova e chega ao Brasil no segundo semestre pronto para comercialização.

Segundo a "Carro", uma fonte que trabalha muito próxima dos fornecedores da General Motors repassou as informações de que algumas unidades da Sonic hatch e Sedã já estariam passando por testes no Brasil. A apresentação dos novos modelos está prevista para novembro no Salão do Automóvel de São Paulo.

Os modelos reestilizados terão seu lançamento primeiramente nos Estados Unidos no mês de junho.

A Sonic fez questão de deixar seu modelo com aparência menos ousada e caprichou nos faróis divididos por dois elementos. O novo Sonic já sai de fábrica equipado com a segunda geração da central multimídia MyLink, além de partida do motor acionada com botão.

Somente no mercado norte-americano o Sonic é encontrado com dupla motorizações: Ecotec a Gasolina de 1.8 litros e 1.4 turbo. As duas têm 139 cv de potência. A diferença só fica visível na disponibilidade do torque máximo. Se a primeira entregava 12,7 kgfm a 3.800 rpm, a nova turboalimentada produz 15,1kgfm a 1.850 rpm, com transmissões disponíveis de seis velocidades e podendo ser no automático ou manual. As vendas do conjunto ainda não tiveram confirmação no Brasil, mas o outro modelo de 2014 que a GM comercializava no Brasil vinha equipado com um bloco de 1.6 litros flex, produzindo até 120 cv se fosse abastecido com etanol.

O Sonic hatch e sedã chegarão com preços médios entre R$ 60 e 75 mil. Vale lembrar que os modelos ocuparão posições entre os compactos Onix e Prisma, ao lado dos médios Cruze hatch e o Sedã.

Novos lançamentos

Antes do novo Sonic chegar ao mercado nacional a GM pretende lançar primeiro, no mês de junho, a linha do Cruze Sedã e os repaginados Onix e Prisma. Logo a seguir será a vez do novo Cruze hatch.

Por Ruth Galvão


As revendedoras da Chevrolet já contam com a linha 2016 da Captiva. Como maior mudança, a crossover (aqui chamada de SUV) apresenta apliques plásticos que se espalham na carroceria e também um novo acabamento interno. Essas mudanças ainda são poucas, mas fazem parte da tradição da SUV que desde 2008, quando chegou ao Brasil não apresenta muitas mudanças.

As molduras plásticas aparecem externamente na Captiva em suas portas, para-choques e nos para-lamas. Os consumidores também poderão encontrar duas novas opções para cores, sendo a Prata Switchblade e Cinza Ashen. Interiormente, a SUV da Chevrolet tem agora um revestimento renovado no console, nos painéis das portas e no volante.

Em termos de versões, o SUV terá ainda apenas uma versão que é com o propulsor 2.4 Ecotec com injeção direta de combustível e o câmbio automático com seis marchas. A potência fica em 184 cavalos. Como itens de série a Captiva traz bancos com revestimento em couro, seis airbags, controles de estabilidade, cintos com pré-tensionadores, monitoramento da pressão dos pneus, freio de estacionamento elétrico, sistema de mídia MyLink, câmera de ré e partida do motor feita por controle remoto.

O preço sugerido da SUV fica com uma redução de R$ 11.400 em relação à linha do ano passado. O valor fica agora em R$ 103.990. Um dos motivos que podem ter ocasionado a diminuição do custo são as baixas vendas em 2015. No ano passado, a Captiva contou com a 34° colocação em termos de unidades vendidas no Brasil (1.217 veículos emplacados). A SUV da Chevrolet ficou atrás de outras marcas como a Fiat com a Freemont e da Suzuki com a Grand Vitara.

Nova tecnologia da Chevrolet no Brasil

A marca traz para o Brasil a tecnologia OnStar, que faz a integração entre geolocalização, conectividade e os sensores do veículo. O serviço apresenta uma linha de atendimento que faz a união de segurança, concierge, assistente de navegação e emergência. Todo o conjunto em questão tem o seu acesso por meio de um botão que se localiza no retrovisor do carro. Ele vai realizar a ligação com a central. Há também a opção via internet e um aplicativo de smartphone para aparelhos com Android, iOS e Windows Phone.


A ideia, chamada de Espresso Mobil, foi feita em parceria com a Handpresso

A Audi e a Handpresso formaram uma parceria no mês de dezembro do ano passado e, com isso, agora temos de um lado uma marca que possui carros belos e potentes e do outro lado temos o café, uma das mais apreciadas bebidas que existe, originária provavelmente das terras altas da Etiópia, possivelmente do Sudão e do Quênia.

O que esses dois itens podem ter em comum? Em um primeiro momento você pode estar pensando em nada, mas a Audi informou que colocou em sua linha de acessórios no continente europeu uma máquina portátil de café expresso.

Esse sistema já era comercializado pela Handpresso e agora quem curte essa bebida pode comprar junto com um dos carros da Audi. O sistema recebeu o nome de “Espresso Mobil”, que a tradução mais próxima fica em expresso móvel e o equipamento funciona ao ser plugado a uma tomada de exatamente 12v do veículo.

Para entender melhor o processo, podemos informar que, ao colocar a cápsula na máquina (que no caso utiliza essa cápsula é da marca IIly), a mesma é enchida com água e basta apertar o botão e em 2 minutos um café expresso está pronto.

Qual o preço que está sendo comercializada essa máquina de café expresso?

Isso depende de qual vai ser o tipo de compra que o consumidor vai realizar, pois, ao comprar um carro da Audi é um valor, agora se for optar para comprar no site da Handpresso o valor é outro.

Ou seja, com um carro da Audi, está saindo por um preço sugerido e ao mesmo tempo “de luxo”, por exatamente 199 euros, agora no site da empresa Handpresso esse valor é de 149 euros. No site http://eurohoje.com/ é possível acompanhar o valor do euro e com base na data de 28/03/2015 (o valor do euro por R$ 3,53), em outras palavras, a garrafa sai de R$ 702,47 a R$ 525,97, dependendo do local de compra.

A garrafa vem juntamente com um estojo contendo 2 copos, toalha e 18 cápsulas e não é a primeira que já foi lançada com um carro, pelo contrário, em 2012 a Fiat junto com a Lavazza prometia lançar o 500L com uma máquina de expresso e sem cabo de energia.

Outras informações visitem os sites www.handpresso.com/ e http://www.audi.com.br/.

Por Fernanda de Godoi

Foto: divulgação


A montadora Toyota lançou mais uma novidade no mercado automobilístico no ano de 2015. Essa novidade é o novo Toyota RAV4 2015 que está muito mais moderno e equipado do que as suas versões anteriores.

Com relação à parte técnica, esse veículo foi projetado com um motor de 2,5 L Dual VVT 16V, transmissão automática sequencial com sete velocidades, injeção multi ponto e ar condicionado.

Esse veículo é completíssimo, contudo, como tudo tem o seu preço, o valor dessa joia depende exclusivamente da quantidade de acessórios opcionais que o consumidor irá incluir no veículo no ato da aquisição.

Foto: divulgação

O mais interessante é que o consumidor que pretende conhecer, ou até mesmo adquirir esse belíssimo veículo, vá até uma concessionária da Toyota e monte o carro com todos os detalhes desejados e cabíveis no seu orçamento, a fim de saber quanto será o investimento de se ter um desses em casa.

Uma questão que não podemos ignorar é que, infelizmente, o Toyota RAV4 tem um consumo elevado de combustível, até mesmo por que o seu motor é o 2.5, o qual possui algumas tecnologias que acabam aumentando bastante todo o consumo do veículo.

A montadora carrega consigo alguns sinônimos que nunca são deixados de lado, sendo que, dentro desses, o quesito acabamento de seus veículos nunca deixa a desejar e no RAV4 não seria diferente, haja vista que eles são feitos cuidadosamente com materiais de alta qualidade, bem como com bons arremates.

Foto: divulgação

Quando falamos de segurança este carro sai de fábrica com encosto de cabeça em todos os assentos e cinto de segurança de três pontos para todos os passageiros, além disso Airbags, freios ABS e controle de tração.

A sua dirigibilidade é super confortável, principalmente, por causa da sua suspensão que é independente nas quatro rodas o que deixa o carro bastante silencioso, até mesmo em terrenos mais irregulares.

O certo é que a compra desse crossover que faz sucesso por todo o mundo, após ganhar essa repaginada, irá agradar a muitos consumidores aqui no Brasil que o adquirirem.

Por Adriano Oliveira

Foto: divulgação


O novo Hyundai i30 está aí. Mas vamos dar uma volta no passado e lembrar um pouco da trajetória desse carro. A primeira geração do Hyundai i30 que desembarcou por aqui fez um bom sucesso nas vendas e chegou a agitar o mercado. Na época, o carro era importado da Coréia do Sul e, inclusive, conseguiu chegar ao posto de líder entre os hatches médios. Com isso, deixou para trás modelos como o Golf e o Fiat Stilo.

Porém, em 2011 com os problemas que surgiram devido ao aumento do IPI sobre os modelos importados, o desempenho nas vendas não foi mais o mesmo.

A segunda geração do i30 deu as caras em terras brasileiras em 2012. O objetivo era muito claro: recuperar-se do ano anterior e crescer mais uma vez nas vendas. Porém, outro problema apareceu: a representante da montadora aqui no Brasil trouxe para os consumidores um modelo com um motor bem fraco – 1.6 flex com 128 cv. A título de curiosidade, esse era o mesmo bloco que estava no HB20.

Mesmo com a demora em corrigir os erros, enfim chega 2015 e a Hyundai parece ter resolvido fazer o que já se esperava a muito tempo: trocou o motor do carro.

Foto: divulgação

Agora o modelo chega às concessionárias apenas com a opção que conta com o bloco 1.8 16 V. O motor a gasolina tem capacidade para gerar até 150 cv e conta com um câmbio automático de seis marchas.

Mesmo assim, ainda há coisas para serem resolvidas. O novo i30, com esse motor 1.8, apresenta 22 cv a mais do que o 1.6 com etanol. Mesmo assim, o desempenho apresentado pelo carro ainda não é lá essas coisas.

Em alguns testes feitos por uma revista nacional especializada no setor o Hyundai i30 conseguiu ganhar apenas do Cruze 1.8 AT. Para se ter ideia, em termos de consumo em cidade, ele perdeu para o Focus e o Golf. Já na estrada, nesse mesmo teste, o modelo ficou à frente do Golf TSI DSG, entretanto, atrás dos modelos Focus 2.0 PowerShift e Golf TSI MT.

Foto: divulgação

Os preços não agradam muito quando o carro deixa a desejar. Inicialmente, o preço sugerido é de R$ 71.900 para a versão mais básica e de R$ 87.000 para a completa que, dentre outros itens, conta com airbags laterais, de cortina e joelho, freio de estacionamento com acionamento elétrico, faróis de xenônio, controle de estabilidade e de tração, teto-solar e sistema de acesso sem chave (keyless).

A questão que fica é que ainda dá pra encontrar na concorrência modelos que são igualmente equipados, que tem menos consumo e um melhor desempenho, com preços que podem girar entre cinco mil e doze mil a menos que o i30.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


Nos primeiros meses de 2015 algumas montadoras deverão apresentar algumas novidades para o setor de automóveis. Como exemplo dos primeiros a aparecerem no mercado, temos o lançamento da linha 2016 do Honda Civic. A linha foi oficialmente anunciada na última quinta-feira, dia 12.

O que há de novo?

Esse é ponto que irá desapontar algumas pessoas. Mas, como já foi dito, 2015 deve ser um ano meio “apertado” para as fabricantes de veículos. No caso do sedã Civic, não vamos encontrar, por exemplo, nenhum tipo de novidade embaixo do capô. E isso é válido para todas as versões. Vejamos os detalhes.

No caso do Civic LXS ainda está lá o motor 1.8 de 140 cv. O consumidor poderá optar pelo câmbio manual de seis velocidades ou ainda o automático de cinco.

Foto: divulgação

Para a LXR temos um propulsor 2.0 com capacidade para gerar 155 cv a 6.300 rpm. A transmissão automática fica logo atrás do volante para as trocas sequenciais.

Para a linha 2016 do Civic vale chamar a atenção para o sistema FlexOne que estará presente em todas as versões. Esse sistema, para quem ainda não conhece, exclui dos modelos o tanquinho de partidas a frio. De complemento, ele também traz de série a direção elétrica, além dos freios ABS e EBD presentes nas quatro rodas.

Para não passar tudo em branco, a Honda decidiu trazer novamente para o mercado a versão topo de linha EXR. O modelo sai por R$ 88.400.

Foto: divulgação

 

E por falar em preços, os valores começam com R$ 70.900 para o Honda Civic LXS manual. O mais barato.

Voltando um pouco na versão topo de linha – EXR – é preciso um pouco de “trabalho” para ver as diferenças entre ela e a LXR. Meio que adiantando a diferença entre ambas, está basicamente nas maçanetas cromadas da primeira e seu teto solar.

Ainda sobre o EXR, fica o destaque também para o seu sistema multimídia, que conta com monitor LCD de sete polegadas. Nas outras versões o mesmo monitor traz cinco polegadas.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


A Peugeot tem mais novidades no mercado de automóveis. Meio que aproveitando o embalo do 308 que, curiosamente, está tendo bastante sorte no mercado da Europa, a marca resolveu apresentar recentemente lá do outro lado do mundo, no mercado chinês, a sua segunda geração do sedã 408.

É interessante lembrar que faz apenas quatro anos que o antecessor chegou ao mercado e que ainda em muitos lugares continua com fôlego para as vendas. E isso acaba incluindo o Brasil. Esse fato, por si só, já aponta para a provável demora da nova geração do carro chegar por aqui.

Foto: divulgação

O visual do novo Peugeot 408, apesar de parecer um pouco com outro modelo, tem grande parte do seu destaque na parte da frente da sua carroceria. Os principais atrativos nesse quesito são os faróis modernos e a presença de filetes de LEDs.

A união dessa parte com a grade, consequentemente, fez com que o carro perdesse um pouco de sua agressividade. E por falar na grade, ela não economiza no cromado. Este e outros detalhes acrescentaram ao modelo um “ar” de mais classe.

Já nas laterais, vamos encontrar um vinco bem proeminente na região das maçanetas. Para a traseira do modelo, sobraram lanternas com um formato de “C”. Curiosamente, esse aspecto das lanternas remete ao Nissan Sentra que, diga-se de passagem, é uma grande rival da marca.

Foto: divulgação

No interior do carro, o fato da montadora ter decidido deixar um pouco de lado algumas semelhanças com o hatch, chama a atenção. As linhas interiores são mais convencionais. No meio de tudo o painel ganha um bom destaque ao contar, inclusive, com uma tela sensível ao toque – sistema multimídia. Esse pequeno ponto economizou um bom espaço, já que reduziu significativamente a quantidade de botões.

Ainda seguindo a linha das mudanças significativas, temos a presença da plataforma modular EMP2. Isso possibilitou uma redução no peso final do carro ao passo que contribui para o aumento da rigidez do mesmo. Claro, que isso, de quebra, ainda traz mais segurança aos ocupantes.

No que diz respeito aos motores, a informação é de que um 1.6THP fará parte do modelo. O bloco tem potencial para gerar 167 cavalos de potência, sendo que a transmissão é automática, pelo menos na China, por enquanto.

Por Denisson A. Soares

Foto: divulgação


O modelo Etios Platinum da Toyota foi lançado no Brasil com o intuito de se destacar no mercado entre os modelos compactos. A marca já está habituada em buscar o sucesso de vendas com outras versões e, assim, superar os principais concorrentes.

Um exemplo disso é nos modelos sedãs médios e picapes em que a Toyota empenhou-se em oferecer aos consumidores uma mecânica eficiente, além de um design atrativo e um acabamento de qualidade.

Por ser um carro espaçoso e com uma boa direção, já agradou diversos clientes. A versão Etios Platinum ganha destaque em seu sistema multimídia, o qual possibilita uma interatividade no interior do veículo.

A central multimídia possui navegador, câmera de ré, para auxiliar o condutor nas manobras, além de estar integrada com DVD e TV Digital. Possui também conexão com Bluetooth e controle de sistema de áudio, para facilitar o manuseio do dispositivo.

Foto: divulgação

 

O modelo também está focado na segurança e, nesse sentido, possui um sensor de estacionamento que oferece uma assistência ao condutor, detectando a distância de outros automóveis e obstáculos, com o intuito de evitar colisões nas manobras realizadas.

Em seu exterior, a versão Etios Platinum apresenta lanternas com máscara negra, grade dianteira cromada e rodas liga leve de 15 polegadas com um novo design exclusivo. Os faróis de milha também possuem elementos cromados, além de apliques cromados na carroceria, que deixam o visual do veículo mais elegante.

Foto: divulgação

 

Outro diferencial deste automóvel é o potente motor de 1.5 litro de 16 válvulas que é capaz de gerar 92/96,5 cv, proporcionando um excelente desempenho na direção. O seu câmbio manual de 5 marchas está voltado para a facilidade no manuseio, possibilitando um melhor engate de velocidade e rapidez nos movimentos. 

Com essas vantagens, o modelo Etios Platinum da Toyota também se destaca na questão da qualidade em sua direção, sendo considerada ágil, prática e confortável para o condutor. 

Por Felipe Couto de Oliveira


Com o intuito de conquistar mais espaço no mercado, a Jaguar está fazendo inovações em seu modelo sedã XE, competindo assim com o BMW Série 3. A meta do grupo JLR é alcançar uma maior abrangência de vendas no mercado chinês.

A agência Automotive News declarou que este será o primeiro carro  da marca do felino a ser fabricado na China. A fabricação deste modelo consistirá em um investimento alto, que está sendo planejado para ser concretizado nos próximos anos. Juntamente com este veículo, mais dois modelos também serão produzidos: o Land Rover Discovery Sport e o Range Rover Evoque.

Foto: divulgação

A meta da Jaguar é competir no mercado com o modelo BMW Série 3 e também com as versões Mercedes-Benz Classe C e Audi A4, os quais tem um sucesso no mercado chinês. Ainda não foi marcada uma data para iniciar a produção do modelo sedã XE, mas está sendo planejado para ser o mais rápido possível. O objetivo é que a montadora produza 130 mil veículos por ano deste modelo e expanda as suas vendas no mercado.

Está sendo planejado também a fabricação do XE no Brasil. Após a nacionalização do modelo concorrente BMW Série 3, cuja fábrica está localizada no estado de Santa Catarina, o grupo JLR apressou os planos da produção do XE no país. Tendo esta meta, o JLR já começou a estruturar a montadora nacional no Rio de Janeiro, onde começará a fabricar o Discovery Sport.

Foto: divulgação

O modelo XE possui um estilo esportivo e é considerado o topo de linha da marca Jaguar. Possui um potente motor de 340 cv e 450 Nm de torque. O seu câmbio automático é de 8 velocidades, atingindo uma velocidade máxima de 250 Km/h. 

Este é o primeiro modelo da marca que possui direção com assistência elétrica, que está programada para ter um bom desempenho mecânico e com um baixo consumo de energia.

Por Felipe Couto de Oliveira


A BMW irá realizar o lançamento de dois novos modelos em sua versão X. São modelos no estilo esportivo e com uma alta qualidade em tecnologia que pretende revolucionar o mercado.

O preço dos veículos será conforme o tamanho de suas versões, onde o tamanho menor terá um preço a partir de R$ 264.950, no modelo xDrive28i X Line, e o tamanho maior terá uma média de preço de R$ 314.950, em seu modelo X4 xDrive35i M Sport.

A versão X4 xDrive28i apresenta várias vantagens que consistem em uma inovação na qualidade do veículo, como as rodas de liga leve com um aro de 19 polegadas, teto solar, dispositivo de navegação no interior do carro para proporcionar uma interatividade, câmera de ré para auxiliar com eficiência as manobras do motorista, além dos bancos serem inteiramente revestidos em couro.

Foto: divulgação

Com alguns diferenciais, a versão X4 xDrive35i M possui rodas com aro de 20 polegadas, TV digital, que possibilita uma diversão no interior do veículo, além de uma central multimídia com Som Harman Kardon.

Os faróis Xenon nesta versão possuem uma importante função automática de desligamento do farol alto, quando o veículo estiver trafegando em uma via em que tiver um carro no sentido contrário. Esta funcionalidade tem como meta evitar acidentes, diminuindo o risco de colisões por causa da dificuldade de visão do motorista que trafega em sentido oposto.

Outra característica da versão X4 xDrive28i é o seu potente motor 2.0 bi-turbo, o qual possui quatro cilindros com uma capacidade de gerar 245 cavalos, possibilitando que o veículo comece do zero e atinja 100 Km /h em um curto espaço de tempo de 6,4 segundos.

Já a versão X4 xDrive35i M supera um pouco mais em seu motor, que é ainda mais potente, sendo capaz de atingir 306 cavalos em um curto intervalo de 5,5 segundos, chegando a uma velocidade de 100 Km /h neste breve espaço de tempo.

Visando o conforto e a satisfação dos seus clientes, a BMW estruturou para a série o 28i e também a 35i o câmbio automático de oito marchas, que possibilita uma maior comodidade na direção do motorista. 

Por Felipe Couto de Oliveira


A Renault está realizando um novo lançamento da versão limitada Exclusive do seu modelo sedã Logan. Esta série é repleta de novidades exclusivas, como, por exemplo, o ar-condicionado com funcionamento automático, rodas de liga leve com 15 polegadas, piloto automático com função de controlar e limitar a velocidade do carro, câmera de ré para auxiliar com mais precisão as manobras do motorista, revestimento em couro dos bancos e vidro elétrico do motorista do tipo “one touch”.

A versão está voltada também para a interatividade do motorista e dos passageiros, contendo uma central multimídia Media NAV 1.2 com navegação para GPS, dispositivo Bluetooth, rádio com quatro alto-falantes, USB, Eco Coaching e Eco Scoring. As alternativas de cores para o modelo são: cinza, preta, branca ou prata.

Foto: divulgação

O modelo possui um visual atrativo nas rodas com um estilo escurecido, “dark metal”, os retrovisores se apresentam na cor preto brilhante e na parte lateral existem adesivos com inscrições exclusivas da versão.

Na parte interna, a série traz um revestimento em couro dos bancos, um detalhe no volante com a assinatura “Exclusive” e um painel mais chamativo, com uma tonalidade cinza escuro.

Visando um maior conforto, o modelo Logan Exclusive tem a opção de ter câmbio de cinco marchas manual ou automático, conforme a preferência do cliente. O câmbio EASY'R apresenta uma eficiente facilidade nas manobras, tendo a função Creeping, a qual auxilia o motorista quando o carro está engatado em primeira marcha ou marcha ré, além de atuar nas arrancadas em rampas com ângulo de até quatro graus de inclinação.

A tabela sugerida para a venda do modelo com câmbio manual é no valor de R$ 51.070 e para o câmbio automático é de R$ 53.470. O modelo se destaca com seu design elegante, tanto na parte da carroceria, quanto nas laterais do veículo.

Conforme o pronunciamento da Renault, o Logan Exclusive apresenta uma vantagem de economia de R$ 710 se for comparada com a série Dynamique 1.6, que possui os mesmos dispositivos e equipamentos desta edição limitada.

Por Felipe Couto de Oliveira

Foto: divulgação


O modelo C3 Picasso da Citroën é um carro que apresenta diversas vantagens. O que se destaca neste modelo é possuir câmbio automático, o que simboliza um diferencial no mercado. Outra vantagem é por ser um carro espaçoso e bem voltado para a família, destacando-se, assim, na característica de conforto.

É um carro também voltado para a segurança do motorista e dos passageiros, proporcionado que estejam devidamente protegidos no decorrer de todo o trajeto. Neste sentido, o modelo possui limpador de para-brisa com sensor de chuva, detectando melhor as circunstâncias necessárias de funcionamento, além, também, de possuir no espelho retrovisor de dentro com um guia de luz, que facilita ainda mais a visibilidade do motorista.

Foto: divulgação

Outra característica é que o modelo possui alarme ultrassom que é capaz de detectar empecilhos na parte traseira, proporcionando uma maior percepção dos obstáculos para o motorista e evitando, assim, o risco de colisões.

Possui acendimento automático dos faróis, possibilitando uma maior segurança para trafegar na via, principalmente no período noturno ou em adversidades, como chuva ou neblina.

Visando a comodidade do motorista e dos passageiros, o modelo possui ar-condicionado digital com funcionamento automático, proporcionado assim um ambiente interno agradável. Outro ponto positivo são os dois apoios para o braço nos bancos da frente, os quais possibilitam um maior conforto para as pessoas.

Foto: divulgação

O modelo C3 Picasso da Citroën também está focado na interatividade. Neste sentido, o carro se destaca na tela LCD centralizada no painel, tendo conexão com rádio, MP3 e bluetooth. Possui também o dispositivo GPS, que auxilia na eficácia da localização, proporcionando uma maior tranquilidade de chegada ao destino, de modo seguro e sem preocupações.

Para quem deseja ter um carro com boa dirigibilidade e suspensão ficará satisfeito com este modelo. E se visa também a vantagem da economia no preço, este modelo é um dos mais baratos entre os que posuem o câmbio com funcionamento automático. 

Por Felipe Couto de Oliveira


A Chevrolet é uma marca tradicionalíssima no automobilismo. Ao longo dos seus mais de 100 anos de história, a fábrica é conhecida por produzir os mais diversos tipos de carros, consolidando bases de mercado em vários segmentos, desde carros populares até os esportivos.

A empresa tem grande expressão no que diz respeito aos SUVs, e agora a Chevrolet entrega ao mercado mais um carro da categoria: a Trailblazer 3.6 LTZ 2015.

A nova versão da Trailblazer chega ao mercado sem inovações no visual, mantendo o rosto já conhecido dos consumidores. A principal diferença do automóvel está debaixo do capô: o motor é um V6 de 3.6 litros, capaz de fornecer ao veículo uma potência de 277 cavalos e um torque de 35,7 kgfm. O modelo é capaz de ir de 0 à 100 km/h em 9 segundos (1,1 segundo a menos que a edição anterior).

Foto: divulgação

A edição anterior era capaz de fornecer 38 cavalos a menos e um torque 4 kgfm menor. O motor foi beneficiado pelo novo sistema de injeção direta de gasolina. Com o aumento da potência, veio também um aumento no valor: o carro agora custa R$ 147.790.

Outra diferença presente no modelo está na suspensão, agora mais rígida. Isso deixa o carro mais estável, mais preciso nas curvas e com uma dirigibilidade melhor. Como é um utilitário, não se espera que seja totalmente estável, mas a nova suspensão certamente é bem-vinda, deixando a cabine mais equilibrada em curvas mais acentuadas.

O veículo é bem compatível com a cidade. O motor supre a necessidade do pesado veículo e a direção hidráulica facilita a realização de manobras mais acentuadas com boa suavidade.

Foto: divulgação

Nas estradas, o principal destaque vai para o som. O motor faz muito pouco ruído dentro da cabine, um conforto muito bem-vindo para aqueles que viajam longas distâncias. O carro continua tendo detalhes internos em couro e black piano no painel, que certamente são chamativos aos olhos.

Por Nosf


A China tem ganhado, a cada dia que passa, mais e mais expressão no mercado internacional em diversos segmentos. Antigamente era conhecida por exportar produtos de pequeno porte e baixíssima qualidade, mas que conquistavam o mercado de maneira significativa pelos preços reduzidos.

Nos últimos anos, no entanto, os produtos chineses evoluíram. O país passou a exportar grandes bens de consumo duráveis, como é o caso dos automóveis. Seguindo essa linha de produção, surgiu a JAC Motors que, principalmente nos últimos anos, tem ganhado um pequeno – embora significativo – espaço no mercado mundial, inclusive no Brasil.

Recentemente foi lançado pela marca chinesa o JAC T6. O T6 é o novo crossover da empresa, que promete abrir caminhos no segmento para instalar uma base da marca a ser ainda explorada. O valor do carro? R$ 75 mil, aproximados, abaixo dos valores das concorrentes japonesas e sul-coreanas e acima do valor dos crossovers nacionais.

Foto: divulgação

O motor é 2.0 litros turbo, capaz de gerar uma potência ao carro de 176 cavalos. O câmbio é manual de 6 marchas. A frente do carro lembra bastante àquela presente no Hyundai ix35, a traseira lembra o Audi Q5.

As linhas não podem ser consideradas originais, mas o visual final até que é bonito, salvo pequenos detalhes que tiram um pouco o brilho do carro.

O ix35 ainda serviu claramente de inspiração para o interior do carro, que guarda muitas semelhanças nos detalhes e nos instrumentos do painel com a marca sul-coreana. O carro conta ainda com detalhes em Black Piano (dando um charme ao painel) e detalhes em couro nos bancos e portas.

O carro ainda conta com uma central de multimídia com tela LCD, sensor de estacionamento, GPS, airbag duplo frontal, controle de estabilidade eletrônico, freios ABS e seis anos de garantia.

Por Nosf

Foto: divulgação


As pick-ups compactas abrangem um grande mercado no Brasil. Recentemente, a Fiat lançou o modelo cabine dupla, e agora foi a vez da Volkswagen inovar e buscar lugar nesse mercado que é dominado apenas pela rival Fiat.

A diferença da pick-up da Volkswagen é que ela leva cinco pessoas, enquanto que a rival da Fiat leva apenas quatro. Na verdade, ela seria como um gol, mas com caçamba. No entanto, o espaço no banco traseiro é bem apertado, mas mesmo assim tem mais espaço que a concorrente.

Foto: divulgação

Para aumentar o espaço interno, a VW levantou o teto um pouco mais de dois centímetros e ainda aumentou o comprimento da cabine em 68 centímetros em comparação com o modelo de cabine estendida. Mas como não tem porta traseira, apesar da porta ser maior, ainda ficou difícil entrar para o banco de trás.

Como a cabine aumentou, a caçamba diminuiu, então, para não diminuir muito a capacidade de carga da caçamba, o estepe foi parar debaixo do assoalho da caçamba. Com isso, conseguiram deixar uma caçamba com capacidade de 580 litros, o que não é muito, mas é o esperado desse estilo de pick-up.

O modelo trás algumas tecnologias, como: freio a disco nas quatro rodas, Controle de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, bloqueio eletrônico de diferencial, ABS com função off-road e também o novo motor 1.6 Flex 16 válvulas, que não necessita de tanquinho de partida a frio e ainda tem mais potência e torque que o motor antigo.

Foto: divulgação

O motor com gasolina tem o desempenho de 110 cavalos e 15,8 kgfm de torque e 120 cavalos e 16,8 kgfm no álcool, o que gera um desempenho muito superior quando do uso do álcool. O consumo também é um atrativo, pois o consumo médio ficou em 10,3 km/l na gasolina e 7,2 km/l no álcool.

Apesar de toda modernidade, o modelo ficou devendo no preço, pois o modelo mais simples – Trendline – começa no valor de R$ 47.490,00 (com o antigo motor 1.6 e 8 válvulas), podendo chegar a R$ 62.890,00 no modelo Cross completo.

Por Dalmo Rocha de Jesus


O Salão do Automóvel de São Paulo 2014 esteve repleto de novidades espetaculares, principalmente para o mercado de SUV´s compactos, segmento que está em alta no mercado brasileiro.

Foram exibidas mais de 10 modelos novos, sendo que alguns deverão ser produzidos no Brasil a partir do início de 2015, casos do Honda H-RV, Jeep Renegade e Peugeot 2008.

Foram também apresentados carros conceito e, entre eles, figura o FCC4 (Fiat Concept Coupé), que chamou muito a atenção principalmente por ter um visual totalmente inovador, com um conjunto que mescla características de picape, carro esportivo, utilitário e sedan. Esse protótipo faz parte da estratégia da Fiat de lançar uma picape totalmente nova em 2015.

O FCC4 apresenta formas um pouco exageradas e bem incomuns, mas detalhes como faróis, grades e desenhos laterais, poderão ser utilizados em uma versão de produção, que deverá ser desenvolvida na nova fábrica de Goiana (PE) em 2016.

Foto: Fernando Miragaya

A parte frontal é semelhante ao do Jeep Renegade, mas o restante é totalmente inédito. O modelo terá tração dianteira, em vez de traseira, e um comportamento que lembra o de um carro esportivo. Sua capacidade de carga será de aproximadamente de 700 kg, o que realmente não caracteriza um veículo utilitário, e sim uma picape com espaço e versatilidade, com ênfase na esportividade.

A grande dúvida, no entanto, está no porte da futura picape, ou seja, se manter as dimensões exibidas no Salão do Automóvel de São Paulo, o FCC4 terá tamanho próximo ao do Renault Oroch, versão picape do Renault Duster, também apresentada na amostra.

Se isso ocorrer, esses dois modelos darão início a um novo nicho de picapes, que seriam as "meio-médias", se situando em tamanho entre a picape compacta Fiat Strada e picapes médias, como a S-10, Ford Ranger e Hilux, por exemplo.

No entanto, tudo isso não tem confirmação por parte da Fiat ainda, mas, segundo fontes do setor automobilístico, a expectativa é de que seja mesmo criado esse novo nicho de mercado, juntamente com a nova versão da picape Oroch, derivada da Renault Duster, que é um projeto 100% brasileiro, situação semelhante ao do FCC4, que é um projeto desenvolvido para atender os mercados latino e brasileiro.

Por Russel Hernandes


Após ter apresentado o Hyundai ix25 como carro conceito no Salão do Automóvel de Pequim, em abril de 2014, a Hyundai decidiu torna-lo versão de produção no Salão do Automóvel de Chengdu, também na China, em setembro de 2014.

A versão de produção apresentou algumas diferenças em relação à versão conceito: a grade deixou de ser cromada e ficou mais simples, assim como a grade inferior.

Os faróis de LED da versão conceito, também não foram utilizados, e em seu lugar foram utilizados faróis de neblina. Na traseira, o modelo apresentou uma lanterna mais simplificada, sendo também adotada no para-choque.

O Hyundai ix25 começou a ser vendido na China, com preços variando entre R$ 51.000,00 e R$ 62.000,00.

Nessa faixa de preço está o Ford EcoSport, com quem algum dia poderá disputar mercado no Brasil (caso o ix25 venha para cá).

Por Russel Hernandes

Foto: divulgação


Os rumores acabaram e se confirmou o que já se comentava há tempos: a Mercedes-benz anunciou o lançamento da família AMG Sport, os dois primeiros modelos serão mostrados no Salão de Detroit, em janeiro de 2015.

A empresa prevê a venda de cerca de 65 mil unidades por ano, com o início de sua comercialização previsto para os primeiros meses de 2015.

Tobias Moers, diretor da AMG, diz que inicialmente dois modelos das linhas compactas serão apresentados e já adianta qual será um: o C450 AMG Sport, com motor 3.0V6 turbo de 370 cv, feito com base no C400. Com o decorrer do tempo, novos modelos serão apresentados, como versões esporte do Classe A, GLA, CLA, Classe E Cabrio, Classe E Berlina, entre outros.

Foto: divulgação

O lançamento é uma forma de bater de frente com outras marcas que tem modelos no segmento, a BMW com a M Performance e no caso da Audi, as famílias S Line e S Quattro.

Os novos modelos oferecerão um melhor desempenho e atenderão um público um pouco mais exigente, que quer um carro mais forte.

Quais as vantagens?

A linha AMG sofrerá mudanças sutis na estética por dentro e por fora, com componentes especiais de chassis, tração integral, freios esportivos, além dos motores que darão um som mais esportivo aos veículos.

Foto: divulgação

A nova linha de carros da gigante alemã apresenta uma proposta que apela para uma clientela mais abrangente no âmbito mundial, isto é, a tecnologia de um carro esportivo se tornando mais acessível. Tobias Moers afirma que, “Por todo o nosso crescimento dinâmico, nos mantemos fiéis a nossa reivindicação de marca “Driving Performance”.

Novidades ainda poderão surgir nos meses que nos dividem do lançamento dessa novidade da Mercedes-benz. Nos resta saber se os carros estarão à altura dos concorrentes, mas pelo que já podemos ver, a briga para estar entre os mais vendidos do segmento será acirrada.

Por Tom Vitor de Freitas


O Fiat 500, hoje, é um dos carros mais vendidos da categoria. Parecia que não era para ser levado à sério, mas o compacto foi crescendo no mercado, ganhando significado, e hoje pode ser chamado de gigante comercial.

O carro virou moda fácil e seu projeto tomou rumos e importância inesperados para um subcompacto. O modelo era apenas para ser uma nova apresentação do original de 1957, como fosse um veículo "comemorativo", porém, o carro se tornou uma marca famosa e ganhou linhas de novidades.

Foto: Eric Piermont/AFP

Agora surge o 500 X que, ao contrário do Fiat 500, já chega com ambição de dominar o segmento no mercado. Seus principais rivais? Nissan Juke, Opel Mokka, Renault Captur, entre outros. O 500 X é grande e promete oferecer uma concorrência para duas categorias.

O carro tem um design mais esportivo, melhorando muito a aerodinâmica. O desenho também oferece um visual mais agressivo e bonito e será usado num futuro remodelamento dos 500.

O carro é o maior entre aqueles da linha 500, com um ótimo aproveitamento do espaço interno. O porta-malas tem capacidade de até 350 L. Outra coisa para se chamar atenção são os detalhes no interior do carro. Mais suaves, menos "populares", bem elaborados e altamente personalizáveis ao gosto do cliente.

O motorista tem uma boa visibilidade geral da sua posição e conta com uma câmera de ré para melhorar a experiência.

Foto: Newspress

O motor é de 1.4 litros, Multiair2 e oferece uma potência de 140 cavalos capaz de levar o automóvel de 0 à 100 km/h em apenas 9,8 segundos. O câmbio é manual de seis marchas e o veículo conta com tração dianteira.

O carro conta com três opções para o motor trabalhar: auto, sport e all weather. Esses ajustes são muito bem-vindos para quem deseja tirar o carro da cidade e contar com aquela potência extra na estrada. Também estão previstos lançamentos dos veículos com outros motores mais potentes.

Por Nosf


A Kia inovou e resolveu se render ao mundo geek: decidiu agradar aos fãs de desenhos e filmes em quadrinhos dos mutantes preferidos da galera. A versão 2015 do Sorento – SUV da empresa – vai contar uma edição muito especial com a temática dos X-Men, graças a uma parceria com a empresa Fox.

Acredita-se que o lançamento acontecerá na semana anterior do Aberto da Austrália de tênis, que tem início em 19 de janeiro, e vai contar com a participação de Rafael Nadal, que é tenista e embaixador da marca.

Foto: divulgação

O investimento visa promover o lançamento das mídias físicas de X-Men: Dias de um Futuro Esquecido, como também para divulgar o patrocínio feito pela Kia no evento esportivo. Para conseguir o apoio do público, a montadora sul-coreana está realizando uma promoção na sua página no Facebook

Nela, os visitantes têm que adivinhar qual mutante é a inspiração para essa grande modificação no carro. Mas calma, não é preciso conhecer muito de HQs para fazer a escolha certa, e olha que não há muitas opções. É preciso escolher corretamente entre Tempestade, Wolverine, Mística e Magneto.

Foto: divulgação

A companhia, que chama o veículo de “kia X-Car”, declara que o SUV vai estar em exposição no Melbourne Park durante todo o torneio e depois vai rodar o mundo em salões de automóveis de vários países.

Um outro plano que a Kia deseja realizar é o compartilhamento de um vídeo nas redes sociais em dezembro, que mostrará Nadal se aliando aos X-Men para proteger o Aberto da Austrália de ataque dos sentinelas – que como ja devem saber é o eterno vilão dos mutantes.

Já se encontra disponível na Coreia do Sul, a versão 2015 do Sorento e deve chegar no começo do ano em outros mercados mundiais, e sua chegada nas terras brasileiras está prevista para mês de março.

Por Diovana Nunes Leite

Foto: divulgação


O novo Onix Track Day está chegando em 2015 com um novo estilo para agradar qualquer motorista que gosta de velocidade e agilidade. O veículo dispõe de um motor 1.8 e 16 v, além da incrível potência de 150 cavalos.

A alta capacidade e potência do veículo é adquirida também com o escapamento totalmente fabricado em aço inoxidável. O carro também destaca por ter uma suspensão mais baixa, maciez e aderência através dos pneus no modelo 215/45R, e ainda as rodas com aro de 17 polegadas e tala larga, que proporciona total segurança nas curvas.

Foto: Claudio Teixeira/ Car and Day e Gustavo Maffei / Auto Esporte

Esse novo Onix Track Day apresenta conforto e sofisticação na parte interior do veículo. Os bancos tem formato do tipo concha, que lembra o modelo usado em carros de competição. E ainda possui cinto de segurança nas 4 pontas, além do volante  “flat base” revestido com matéria prima de alta qualidade. Além disso, tem filtro de ar no estilo esportivo e  injeção eletrônica totalmente recalibrada.

O Onix Track Day é uma versão criativa e altamente potente, esse lançamento veio com características de uma “super máquina” para o motorista sentir que está dirigindo um carro de competição.

O modelo apresentado no Salão do Automóvel em São Paulo do Onix Track Day está com a pintura amarela, um tom de cor atrativa para causar impacto nos visitantes, que, ao ver o modelo luxuoso, pára e observa os detalhes do carro.

Foto: Claudio Teixeira/ Car and Day e Gustavo Maffei / Auto Esporte

E aproveitando essa apresentação, a fabricante Chevrolet aposta no mercado brasileiro para fazer novos investimentos, ressaltando que vai investir em torno de R$ 6,5 bilhões no processo de fabricação dos novos modelos de carros aqui no Brasil.

Destaca também a confirmação do patrocínio da Seleção Brasileira de Futebol, como também das Olimpíadas que será realizada no Rio de Janeiro em 2016.

Portanto, o novo modelo Onix Track Day está sendo apresentado em São Paulo, mas a Chevrolet não divulgou o preço e nem quando será a chegada no Brasil. Por enquanto, os colecionadores e motoristas interessados no novo hatch com estilo esportivo precisam conter as expectativas até os próximos detalhes sobre o carro.

Por Jaqueline Mendes


Vale lembrar que o Uno Vivace é o único modelo da linha que carrega tanto o visual quanto o acabamento interior antigos. Mas, tem novidade na área. De acordo com informações divulgadas pela montadora para a imprensa em geral recentemente, a versão de entrada do hatch da Fiat já pode contar a partir de agora com a série especial Itália.

Mesmo sendo algo novo, tem suas limitações. A questão é que só será disponibilizado para a carroceria quatro portas. Serão cinco cores: Cinza Scandium, Branco Bachisa, Vermelho Alpine, Preto Vulcano e Prata Bari. E tem mais, tudo será limitado a uma produção de apenas mil exemplares do modelo.

Foto: divulgação

Em termos visuais o Fiat Uno Itália traz algumas diferenciações. Essas mudanças ficam por conta dos anéis situados na grade dianteira e que traz as cores da bandeira italiana, também há a sigla UNO nas cores da Itália na tampa traseira, spoiler na tampa traseira na cor do veículo bem como as maçanetas e os retrovisores, lanternas traseiras fumê, faróis com máscara negra e revestimento por fora nas colunas das portas, dentre outros aspectos.

Na parte interior do veículo podemos chamar a atenção para o revestimento das soleiras das portas, a moldura do painel de instrumentos que é diferenciada, o volante com dois tipos de texturas e o tecido exclusivo dos bancos dianteiros que, claro, contam com um bordado Itália.

Foto: divulgação

Uma das partes mais importante de qualquer carro é no que diz respeito aos equipamentos que integram o mesmo. No Uno Itália podemos contar com apoia pé para o motorista, alças de segurança traseiras, console porta-objetos no teto, painel de instrumentos com econômetro e conta-giros, ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros com one-touch só para o motorista, direção hidráulica, console central com porta-objetos e porta-copos, retrovisores externos com comando interno mecânico e pneus aro 14, dentre diversos outros pontos.

Já os preços do novo Uno Itália serão (valor sugerido) de R$ 34.430 e R$ 35.356 caso o comprador queira uma pintura metálica.

Por Denisson Soares


A série Lancer da Mitsubishi é conhecida por dar aos condutores veículos com uma ótima performance e um design para ninguém botar defeito. Não é diferente com o Lancer Evolution X 2015, que agora vem com um potente motor capaz de entregar ao carro até 340 cv de potência.

O novo carro também recebeu alterações nas rodas (agora em tom grafite) e a grade frontal com contorno em vermelho. O motor da máquina é 2.0 litros e 16V, capaz de gerar seus 340 cv (o modelo anterior gerava até 295 cv).

O veículo já vem com câmbio automático de seis marchas e dupla embreagem, que permite ao condutor dirigir em três modos de condução: Normal, Sport e Super Sport, que podem ser selecionados por um simples pressionar de botão.

O carro apresenta tração nas quatro rodas, o que também facilita a condução do motorista em terrenos normais ou escorregadios. O motor à gasolina é capaz de levar o carro de 0 à 100 km/h em 6,3 segundos.

O Evo X, foi desenvolvido especialmente para o Brasil e tem assinatura do engenheiro inglês John Easton, que é responsável pelos carros de competição da série Lancer. O modelo tem apenas uma versão disponível no mercado e traz consigo de série controle de tração e estabilidade, diferencial central ativo, controle de aceleração lateral, freios Brembo, e sete Airbags (frontais, de cortina para os vidros, laterais e de joelho para o motorista).

Além desses ítens de segurança, o automóvel também conta com diversos aparatos tecnológicos para maior conforto e integração dos usuários com o carro. O Evo X tem ar-condicionado automático, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, controlador de velocidade, bancos dianteiros esportivos de couro em formato de concha com aquecimento, rodas de 18 polegadas e sistema de multimídia com entrada Bluetooth, GPS e tela de 18 polegadas.

O carro tem valor de R$ 219.990,00.

Por Nosf

Foto: divulgação


A Rolls-Royce é uma empresa conhecida pela produção de carros de luxo. Seus veículos são conhecidos por serem altamente personalizados ao gosto de cada cliente, grandes, imponentes e poderosos, além de contarem com um motor monstruoso sob o capô e serem ricos em detalhes especiais que tornam o carro quase artesanal.

O diretor de design da Rolls-Royce, Giles Taylor, afirma sobre a família de carros Phantom: "Ele tem uma razão de ser, uma clareza simples e um equilíbrio sem esforço", e é exatamente isso que pode se esperar de um Rolls-Royce da série.

Foto: divulgação

Os carros tem um design atemporal, contando com engenharia de última tecnologia. Mesclam a tradicional arte clássica com tudo que há de mais moderno em conforto, potência e design.

O filho mais novo da família Phantom é o Drophead Maharaja, de venda exclusiva em Dubai, e será feito especialmente para os Xeiques milionários dos Emirados Árabes. O carro, como não poderia deixar de ser, conta com ítens exclusivos, como é o caso da sua pintura branca perolizada (Carrara White) com detalhes internos em verde e creme.

Foto: divulgação

Um outro detalhe especial é o desenho do pavão, pássaro nacional da Índia, país de origem dos Marajás. O acabamento do painel e das laterais superiores vem em madeira. O carro se trata de uma edição especial do já conhecido conversível. 

O modelo original do Phantom Drophead coupe é baseado no desenho de Iates classe J dos anos 30. A ideia é muito clara: dar a sensação ao motorista e aos passageiros de que eles se encontram, de fato, dentro de um iate.

O desenho é lindo e único, sem deixar de ser marcante no que diz respeito à olhar para o automóvel e saber que se trata de um Rolls-Royce.

Foto: divulgação

O motor do automóvel é um V12 alumínio com distribuição de peso milimétricamente calculada em prol da estabilidade do automóvel. A caixa de câmbio conta com 8 velocidades e é especialmente desenhada para propiciar economia de combustivel e baixa emissão de poluentes.

Por Nosf


No Salão de São Paulo foi anunciada e apresentada a HILUX SRV Limited Edition da Toyota. Agora temos o preço anunciado. O valor da belezinha é de R$ 155.650,00.

Essa edição da picape é bem completa e é baseada na SRV Top Diesel cabine dupla, tendo apenas 3.000 unidades produzidas. A SRV Top convencional tem valor de R$ 152.350,00.

As diferenças entre uma edição e outra: a edição especial conta com rodas de 17 polegadas em preto fosco, adesivos exclusivos nas laterais, detalhes como santantonio e retrovisores cromados, capota marítima de lona e proteção para o pára-choque, cabine com acabamento especial e detalhes em couro.

Foto: divulgação

A picape vem com motor 3.0 16V turbodiesel com 171 cv de potência, tração nas quatro rodas e câmbio automático de cinco marchas. A SRV Top também conta com ar-condicionado digital, bancos com ajuste elétrico, vidros, travas e retrovisores controlados eletronicamente, central de multimídia contando com TV digital, DVD, GPS, câmera de ré (que é mais que essencial para estacionar um veículo desse tamanho), entrada para bluetooth e rádio, controles diversos integrados ao volante, controle de estabilidade também eletrônico, faróis de neblina e faróis com acendimento automático. Freios com sistema ABS com EBD e BAS integram o pacote.

A HILUX já é tradicionalmente conhecida no mercado como uma picape cabine dupla que cumpre o que promete. Além de contar com um espaço interno significativo e um motor que não deixa a desejar em nenhum tipo de terreno, a HILUX é vista como sinônimo de conforto e economia dentro da categoria.

Foto: divulgação

A cabine dupla é uma combinação moderna de força e tecnologia, combinando sempre o que há de melhor em aspectos mecânicos do automóvel com os aspectos eletrônicos e contando com um design sempre arrojado, que dá ao veículo traços imponentes e exclusivos da marca.

Para mais informações acesse o site da Toyota, que sempre está atualizado as novidades da empresa. O endereço eletrônico é http://www.toyota.com.br/.

Por Nosf


Saíram as especificações técnicas e detalhes do novíssimo Ford Everest. O SUV de sete lugares chegará aos mercados consumidores da Ásia e Oceania ainda no primeiro trimestre de 2015 e infelizmente não será vendido no Brasil.

Apesar disso, a nova Ranger, que chegará às terras tupiniquins, trará consigo certas linhas de design compartilhadas com o Ford Everest. A mesma chegará aos mercados brasileiros até o final de 2015.

O SUV conta com uma grade hexagonal que casa muito bem com o desenho dos faróis, luzes de Led e o parachoque de alumínio que dão ao veículo traços que podem ser muito bem vistos, tanto na vida urbana quanto no off-road.

Foto: divulgação

O interior, como era de se esperar, é gigantesco e conta com diversos aparatos eletrônicos para entretenimento dos ocupantes e conforto. O utilitário conta com uma tela de oito polegadas do sistema de multimídia Sync que apresenta um sistema muito intuitivo de som e navegação integrado a outros aparelhos via Bluetooth, tudo à mão pela tela com sensibilidade ao toque.

O SUV conta com o sistema de tração nas quatro rodas (4×4) e também acompanha controle de tração e estabilidade, assistente para estacionamento, controle de cruzeiro, assistente de partida em rampa, assistente de monitoramento de pressão de pneus, auxilio de permanencia em faixa, entre outros. O carro só não dirige sozinho.

Foto: divulgação

O carro pode rebocar até 3 toneladas e tem carga útil de até 750 kg com até 100 kg no teto. Conta com um motor Eco Boost 2.0 que conta com quatro cilindros junto com mais quatro cilindros 2.2 DuraTorq TDCi e outro mais potente, com cinco cilindros de 3.2 litros Duratorq TDCi e um sistema de recirculação de gases, que promete aumentar bastante a eficiência do motor.

Dependendo do motor escolhido a Ford irá disponibilizar câmbio automático ou manual de 6 velocidades.

Por Nosf


Após sucesso do Up, veículo automotor da Volkswagen, a montadora anuncia, agora, o lançamento do Cross Up! Segundo a montadora, o veículo já tem preço definido para o mercado brasileiro.

A versão básica, chamada apenas de Cross Up!, começa a ser vendido por R$ 38.000,00. Em contrapartida, o Cross Up i-Motion possui um preço médio de R$ 40.000,00.

Além dos veículos citados acima, destacaram-se no Salão do Automóvel os seguintes: o CrossFox, Fox Pepper, Golf Variant R-Line, o novo Jetta, SpaceFox, Saveiro Surf e Amarok Dark Label.

O Cross Up chega ao mercado com uma suspensão, em média, 5cm mais alta que o Up convencional. Além do mais, a suspensão do veículo é reforçada, a fim de suportar trilhas leves.

Foto: divulgação

O atual modelo convencional do Up, que já está nas ruas, segundo o site icarros.com.br, foi avaliado pelos usuários. Em uma escala de um valor total de 10 pontos, os avaliadores deram as seguintes notas ao veículo:

– Design: 8,2;

– Performance: 8,9;

– Conforto e acabamento: 8,1;

– Dirigibilidade: 9,4;

– Consumo: 9,6;

– Manutenção: 8,7;

– Custo/benefício: 8,6.

Baseada em 16 opiniões de pessoas distintas, o Up convencional obteve uma média geral de 8,4 pontos num total de 10. E quatro das cinco estrelas no degrau de avaliação.

O consumidor, antes de fazer a compra deve avaliar o custo/benefício e a necessidade de se adquirir um veículo cross-over, já que o preço do Up convencional varia entre R$ 25.000,00 a R$ 26.000,00. Já o Cross Up!, como dito acima, possui um valor de R$ 38.000,00 em sua versão mais básica. Há uma variação de R$ 12.000,00 nos preços do veículo. 

Foto: divulgação

Cabe ao usuário fazer sua escolha e desfrutar desse veículo que já ganha grande espaço no mercado nacional.

Por Daniel Alves

Foto: divulgação


A famosa marca Mercedes Benz surgiu na Alemanha há um século e teve início por Gottlieb Daimler e Karl Benz, os quais foram responsáveis por construir os primeiros motorizados do mundo, englobando o primeiro ônibus, o primeiro caminhão com motor a gasolina e o primeiro caminhão a diesel.

E quem é apaixonado por carros certamente já ouviu falar desta famosa marca, a qual é segmentada a um público de classe alta, devido ao seu preço elevado.

Pois é, para os que gostam e podem pagar por um carro como este, mais um modelo inédito vem por aí: seu nome é Mercedes-AMG C63. Este carro é uma versão poderosa da geração do Classe C. 

Foto: divulgação

O modelo, que ainda será lançado, antes já existia como “Mercedes C63 AMG” e agora passará a ser chamado de “Mercedes-AMG C63”. O lançamento será em duas versões, a versão Sedan e a versão Van, utilizando um motor V8 4.0 litros que vai de 475cv no modelo van e de 510cv no modelo sedan, levando o mesmo motor do superesportivo AMG.

A aparência desse novo carro leva um tom de agressividade, incluindo quatro saídas de escapamento, para-choque traseiro com difusor de ar incorporado, além de saias laterais e novíssimos e exclusivos para-choques.

Internamente, tem todos os detalhes possíveis e impecáveis, como pomo do câmbio, painel de instrumentos e, claro, banco com apoio lombar reforçado.

Este modelo, porém, não chega a ser muito rápido, pelo menos não tanto quando comparado ao AMG GT. A máquina consegue alcançar de 0 a 100 km/h em 4,2 segundos e a velocidade máxima se limita a 250 km/h.

Foto: divulgação

Para os apressadinhos, fiquem de olhos abertos, pois as informações sobre o novo carro sairão no Salão de Paris, em outubro. E quem tá ansioso para comprar, as vendas só serão liberadas, para o modelo van, e apenas na Europa, em abril.

Por Juliana Ghisi


A Kia não aguentou esperar e revelou nesta segunda-feira, dia 29 de setembro, a terceira geração do Kia Sorento. Com estreia marcada para o Salão de Paris, que inicia no dia 2 de outubro, a Kia realizou modificações importantes em seu utilitário esportivo, deixando-o com um visual mais refinado e uma estrutura mais resistente, quando comparado ao modelo anterior.

Esteticamente, a nova geração do Kia Sorento evoluiu substancialmente, apresentando linhas mais harmônicas e refinadas. Na dianteira, o grande destaque fica por conta dos novos faróis, que abandona, em parte, aquele formato em cunha e que agora tem uma leve semelhança com os faróis dos carros da Jaguar.

Foto: divulgação

Ainda na parte frontal, o crossover conta com novo para-choque, novos faróis de neblina, além da nova grande dianteira, que foi ampliada e que mantém o desenho que já se tornou marca registrada da Kia.

Na lateral, a linha de cintura foi elevada, dando a aparência de um teto mais baixo. Além disso, o novo Sorento ganhou novos contornos redondos na caixa de roda e novos vincos, sendo que um percorre toda a lateral do veículo, desde o farol dianteiro até a lanterna traseira, e outro que percorre as portas.

Na traseira, por sua vez, a Kia conseguiu harmonizar o visual com o resto do veículo, adotando um novo para-choque mais simples, com apenas um vinco discreto que percorre parte do para-choque e a parte inferior da nova tampa traseira do porta-malas. Por fim, as novas lanternas e os novos refletores na horizontal completam o desenho do veículo.  

Além do visual mais aprimorado, outro ponto que a Kia promoveu alterações importantes foi na cabine, deixando o interior, de um modo geral, com um aspecto mais “clean”. As novidades ficam por conta do novo console central, que agora possui uma leitura mais fácil e um aspecto mais moderno, um novo sistema de entretenimento e novas saídas de ar.

Além disso, o SUV traz novo volante multifuncional revestido em couro, painel de instrumentos atualizados e com nova iluminação em tons de azul, detalhes de acabamento cromados e novo porta objetos, próximo à manopla de câmbio.

Foto: divulgação

A Kia ainda afirma que a estrutura do modelo passou por melhorias, sendo que agora a marca sul-coreana utilizou aços de alta resistência, com crescimento de 52% na resistência estrutural. Somado a isso, a fabricante asiática ainda atenuou os níveis de vibração, ruído e aspereza e aprimorou o isolamento acústico, acarretando em um conforto maior ao dirigir.

Por fim, a modelo ainda vem com a suspensão traseira apoiada em subchassi, que agora possui buchas maiores para isolar as vibrações e amortecedores montados verticalmente, conferindo uma evolução na dirigibilidade do utilitário.

Mecanicamente, a Kia oferece cinco opções de motorização, dependendo do mercado, com potências que variam entre 172 e 270 cv. Entre as opções à gasolina, estão os blocos 2.4 GDI com injeção direta e o 3.3 com injeção multiponto (MPI). Entre as versões à diesel estarão os propulsores 2.0 CRDi VGT e o 2.2 0 CRDi VGT. 

Por Caio Polo

Foto: divulgação


À primeira vista, você o vê apenas como mais um sedan no mercado, mas a semelhança pára por aí. Nascido a partir da versão do seu irmão maior, o Cadillac CTS, este cupê chega para bater de frente com outras máquinas muito mais consagradas no imaginário dos amantes por velocidade, como o Audi A5, o BMW Série 4, Infiniti Q60 Coupe e o Mercedes-Benz C Coupe.

Apesar de sua história ser marcada por outros modelos grandes e espaçosos, este esportivo traz novos contornos e linhas mais atraentes e arrojadas, mas sem perder totalmente suas características de sedan, aliando tanto beleza em seu design esportivo quanto tecnologia e conforto em seu interior.

Foto: caranddrive.com

O Cupê ATS carrega debaixo do seu capô duas opções de motores: a primeira é um Motor 2.0 Turbo de 4 cilindros e a segunda opção é um Motor V6 de 3,6 litros. As duas versões de motores contam com injeção direta de gasolina e comando de válvulas variáveis.

O esportivo conta também com transmissão automática e manual de 6 marchas, o que o deixa um pouco a desejar em relação aos seus concorrentes. Sua tração é traseira nas duas versões de motor e transmissão.

Com uma boa dirigibilidade, o Cadillac ATS foi projetado recebendo em sua suspensão dianteira braços McPherson e uma barra estabilizadora. Na parte traseira, a suspensão é five-link e o amortecimento conta com o sofisticado sistema Magnetic Ride Control, sistema de gerenciamento eletrônico que também é encontrado no Corvette.

Em seu interior, o banco do motorista e os apoios laterais são ajustáveis para melhor se adequar ao motorista. O volante é feito para um melhor desempenho de condução. Possui o sistema CUE (Cadillac User Experience) que torna possível o emparelhamento de smartphones tornando possível o envio de áudio via Bluetooth.

A central multimídia tem tela touchscreen colorida com várias funcionalidades e um local oculto e bem espaçoso no console central para se guardar carteiras, chaves, celulares e outros objetos. 

A versão ATS 2015 virá com tecnologia Wi-Fi embutida com rede 4G. Mas para que o recurso possa ser usado é necessário que o proprietário invista em um plano de serviço de dados da sua operadora de telefonia móvel.

Foto: caranddrive.com

O Cadillac Cupê ATS 2015 deve ser apresentado em 4 versões diferentes: Standard, Luxo, Performance e Premium. Os preços variam a partir de US$ 39.000,00 podendo chegar bem  acima dos US$ 52.500,00 na versão Premium AWD V6. 

Os brasileiros, por enquanto, terão que esperar um pouco mais para terem acesso ao esportivo, devido ao alto valor da moeda americana no país e o mercado automotivo em baixa. Estes fatores fizeram com que a Cadillac atrasasse a chegada do Cupê no Brasil pelo menos até meados de 2016.

Por Fabiano André de Carvalho


Curioso, inovador, diferente e tantos outros adjetivos já foram usados para descrever (ou tentar) o BMW i3. Alguns portais de notícias especializados em automóveis chegam a afirmar que dos modelos atuais, levando em consideração a proposta do mesmo, nenhum chamará ou despertará tanta curiosidade quanto o i3. De qualquer forma uma coisa parece estar sendo um consenso: o fato de que o modelo ecológico desenvolvido pela fabricante alemã deveria ser tido com um exemplo a ser seguido. E tem um detalhe, ele já se encontra disponível para compra aqui no Brasil.

O BMW i3 tem suas peculiaridades antes mesmo de surgir. Se observarmos bem perceberemos que ele é exatamente o oposto do que sua fabricante vem fazendo nos últimos tempos. Ou seja, a BMW tem evoluído com seus carros, mas algumas características sempre são mantidas como a linha de design e a motorização. O i3 por sua vez, saiu do “nada”. Ou seja, ele foi desenhado do zero. De acordo com as informações divulgadas o objetivo do projeto que envolvia o modelo era o de criar algo que fosse eficiente e que também proporcionasse a quem dirigisse prazer e fosse, por fim, sofisticado. Aliás, essas são apenas algumas das características que a BMW faz questão de agregar aos seus modelos. Ainda assim, considerando a presença desses fundamentos no i3, vamos ver que até eles de certa maneira foram revistos.

Citamos a questão da eficiência. No caso do i3 a BMW para alcançar o máximo possível desenvolveu o modelo completamente em materiais leves. Para se ter ideia no carro não há um “fiapo” de aço. No lugar foi usado o alumínio, que é a única liga metálica presente como na suspensão, na frente e a atrás do carro e nas rodas.

Já o material que mais foi utilizado para fabricar o i3 é  a fibra de carbono. Muito popular nos ultimamente, o composto é bem mais resistente que o próprio aço e relativamente mais leve. Agora se tem algo que deixa qualquer um intrigado é a carroceria do carro: toda ela é feita em plástico.

A fabricante optou por trazer para o Brasil a versão que conta com autonomia estendida do i3. Essa versão traz um pequeno motor composto por dois cilindros de 647cc com capacidade de gerar 34cv.

Para repor a carga da bateria do carro, a única coisa que o motorista vai precisar é de uma tomada convencional. O processo de carregamento da bateria pode levar mais de 15h. Mas a fabricante oferece um aparelho que é por ela instalado. O mesmo se chama i Wallbox e sai por R$ 7.450. Esse dispositivo pode reduzir o tempo de recarga para até 3 horas.

Por Denisson Soares

BMW i3

BMW i3

BMW i3

Fotos: Divulgação


O novo Range Rover SVR nem chegou direito e já anda chamando a atenção. O principal motivo é a ousadia da marca para o modelo, que é um dos destaques e esteve presente no concurso Pebble Beach que acontece nos Estados Unidos.

O carro foi apresentado pela fabricante britânica essa semana. Ele é o primeiro utilitário esportivo da montadora que carrega a assinatura SVR que, diga-se de passagem, estará também presente nas futuras versões de alto desempenho dos modelos que integram o grupo mais do que restrito Jaguar Land Rover.

Muitos sites especializados no setor tem chamado esse lançamento de uma aposta bastante ousada da fabricante. Mas, deixando as opiniões um pouco de lado, vejamos o que realmente o modelo tem.

O conjunto do Range Rover Sport SVR como um todo é bastante interessante. O motor do modelo é um V8 de 5.0 litros Supercharged. O bloco em questão tem a capacidade para gerar nada mais nada menos do que 550 cv de potência e 5,7 kgfm.

O câmbio do Range Rover Sport SVR  é o automático ZF 8HP70 que conta com oito marchas. Outro detalhe que chama a atenção é a suspensão pneumática que traz duas opções de altura e tem o sistema Terrain Response 2. Esse, por sua vez, faz a seleção automática do programa mais adequado para o terreno.

Devido a todas “partes técnicas” do carro, ele consegue ir até 100 km/h em apenas 4,5 segundos sendo que sua velocidade máxima é de 260 km/h (a velocidade é controlada eletronicamente). Como curiosidade vale destacar o fato de que o SVR foi o modelo SUV a completar uma volta no circuito de Nürburgring,  na Alemanha mais rápido. Ele levou 8 minutos e 14 segundos.

Esses são apenas alguns pequenos detalhes desse carro que ainda vai gerar muito que falar. Aqui no Brasil, o lançamento do novo Land Rover já foi confirmado para o ano que vem.

Por Denisson A. Soares

Foto: divulgação


Apostando em seu SUV grande, a Ford lançou no mercado brasileiro a linha 2014 do utilitário Edge. Embora o atraso em relação à gama de produtos da marca estadunidense, que está na linha 2015, o crossover esportivo, vendido com preços a partir de R$ 131.490, chega ao Brasil trazendo novidades.

Importado do Canadá, a linha 2014 do Ford Edge está com uma lista de equipamentos mais recheada e também mais luxuosa que a versão vendida anteriormente. Enquanto a nova geração do Edge não chega ao Brasil, o que deve ocorrer apenas no ano que vem, a fabricante norte-americana oferece seu SUV grande, desde sua versão de entrada SEL, com itens que anteriormente vinham nas versões mais caras.

Entre os novos itens que agora vêm no Edge SEL está a partida sem chave, acionamento do motor por controle remoto, luz ambiente personalizável, fechamento e abertura automática do porta-malas, câmera de segurança para manobras em marcha ré, sistema multimídia SYNC com MyFord Touch, que abrange diversas funções do veículo, como o navegador via satélite (GPS) com comandos de voz em português e mapas do Brasil que são exibidas na tela touchscreen de 8 polegaas.

Além disso, o modelo ainda conta com o sistema de som premium da Sony com 8 alto-falantes e 4 tweeters.

A versão intermediária SEL + Vistaroof dispõe dos mesmos itens da configuração SEL, acrescentando apenas o teto solar e panorâmico com dois estágios, vendido por R$ 141.590.

A versão topo de linha Limited, vendida por R$ 151.490, possui os mesmo itens de série da configuração SEL, acrescido do sistema de DVD nos encostos de cabeça dos bancos dianteiros para os passageiros dos bancos traseiros, sistema de monitoramento de pontos cegos, sensor de chuva, ajuste elétrico do banco do passageiro em 10 posições, alerta de tráfego cruzado, espelhos retrovisores com pisca em LED integrado, luz de aproximação, aquecimento e ajuste por memória e tração integral AWD.

Oferecido opcionalmente, o teto solar e panorâmico pode ser acrescido na versão Limited por R$ 10.100.

Sob o capô, independente da versão escolhida, está o motor 3.5 V6 Duratec TiVCT, capaz de entregar 289 cv e 34,9 kgfm de torque. Associado ao bloco V6 está sempre uma transmissão automática de seis velocidades. 

Por Caio Polo

Foto: divulgação


Mais um SUV é lançado no Brasil. Agora foi a vez da BMW entrar na jogada com uma versão de entrada de seu SUV médio, o X5. A versão lançada por aqui traz um motor 3.0 que conta com seis cilindros em linha e 306 cavalos.

De acordo com as informações divulgadas pela montadora, a versão de entrada está sendo disponibilizada para os consumidores em duas configurações: a xDrive35i e xDrive35i Full. Já os preços, como era de se esperar, não são para muitos bolsos. Os modelos começam a ser vendidos a partir de R$ 329.950.

Para os dois modelos a informação divulgada foi a seguinte: ambos contam com transmissão automática de oito marchas. Com relação a velocidade das versões a fabricante informa que podem acelerar de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos.

Sobre os itens que virão de série, conforme dados de fábrica, temos os seguintes equipamentos para destacar: sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, teto solar panorâmico, bancos dianteiros elétricos, ar-condicionado de 4 zonas, paddle-shift para troca de marchas, sistema de som e navegação profissional.

Este último conta com DVD drive e um HD de 20 GB de armazenamento. Já a tela é de 10 polegadas sem falar do acesso à Internet. Os modelos contam com um total de 16 auto-falantes Harman Kardon.

No caso da versão Full, ainda há a presença de duas telas de 9,2 polegadas para quem vai como passageiro nos bancos traseiros. Além disso, tem o head-up que projeta dados do veículo no para-brisa do carro. Os bancos traseiros possuem sistema deslizante e são reclináveis.

Para quem optar por essa versão deve preparar ainda mais o bolso já que os preços vão para R$ 359.950.

Para chamar ainda mais a atenção dos consumidores a marca ainda planeja um espécie de exposição que deverá acontecer durante todo o decorrer do mês de julho no Aeroporto de Congonhas.

Por Denisson A. Soares

Foto: divulgação


A Volkswagen do Brasil vai encerrar a produção do Polo nacional no meio desse ano (2014), devido a baixa de vendas do veículo. O carro, que tem novos concorrentes como o Hyundai HB20 e Peugeot 208 na sua versão hatch, sofre também com o preço alto na sua versão mais simples (R$ 47.500,00), deixando os clientes pensando sobre a opção de comprar esse carro, ou comprar outros da concorrência que possuem um custo benefício melhor.

Apesar da plataforma do Polo ter originado os modelos nacionais do Fox e do Novo Gol, o carro já começa a parar de ser produzido nas fábricas da Volkswagem (de 160 unidades sendo produzidas diariamente para 40).

O veículo já começou a ter seu preço reduzido. O carro, que custava R$ 49.150 na sua versão 1.6 hatch, agora custa em média R$ 46.690. Já o sedan 1.6 I-Motion está com o preço tabelado em R$ 51.570 (seu preço anteriormente era R$ 54.820). Os descontos do Polo Sedan nas diferentes categorias chegam em R$ 3.250.

O carro emplacou em apenas 354 unidades no começo de 2014, explicando o motivo da queda do seu preço e também a justificativa para sua saída do mercado nacional.

A saída do Polo do mercado será substituida pelo Novo Santana. O carro entra na linha de sedans médios (na qual o Polo fazia parte) e seu design lembra muito o do Jetta (carro sedan de luxo da montadora que compete com os carros Civic, Corolla, entre outros).

O carro tem um amplo espaço interno (seu tamanho é o mesmo que o do Chevrolet Cobalt, medindo 4,47m de comprimento) e vem para competir com o Chevrolet Cobalt, Nissan Versa, Ford Fiesta Sedan e Renault Logan.

Inicialmente, o veículo será comercializado a partir de R$ 45.000 na sua versão mais simples. O carro também será comercializado na China. 

Por Mariana Caetano

Foto: divulgação


A comercialização da Ferrari 458 Speciale inicia no Brasil este mês. O carro que apresenta aos consumidores um design extraordinariamente esportivo terá o valor de R$ 2,3 milhões.

Até o momento, apenas dois veículos correspondentes ao modelo estão no mercado nacional. Referente a informações emitidas pela marca, o desejo é que sejam integradas ao país para um melhor desempenho e progressão de vendas, aproximadamente dez unidades, até o fim do ano, ressaltando o apelo de exclusividade do veículo.

As duas primeiras unidades da Ferrari como citado a cima, foram contempladas em solo brasileiro. A versão do superesportivo, que como o próprio nome estabelece, é distinta comparada ao modelo original, designado como cupê 458 Italia. O carro denominado máquina dos sonhos italiana, sofreu grandes modificações que fizeram o supercarro se tornar ainda mais veloz, com equipamentos e produção de carro de corrida. Isso propiciará ao dono a sensação de estar pilotando e disputando uma provável Fórmula 1.

O automóvel é considerado o modelo mais potente ao que corresponde à linha 458 Italia. Esteve em exposição no Salão de Frankfurt que está localizado na Alemanha no ano anterior. Diante desta amostragem, foi verificado que o carro é constituído pela mesma mecânica referente ao modelo original, porém teve outros aspectos reconstruídos para oferecer melhor atuação nas pistas, e proporcionar ao motorista a estabilidade e a percepção de ter adquirido um carro exclusivamente diferente aos demais existentes atualmente no mercado, que competem com o mesmo.

A Ferrari foi produzida com motor 4.5 V8 de 605 cavalos de potência, a 9 mil rpm, 55 kgfm de torque, disponíveis a 6 mil giros. Estabelece uma interligação imprescindível de peso e potência, com 2,13 kg/cv. Os aspectos em contexto propiciaram a minimização do peso, sendo 1.290kg. A ativação de velocidade é instantânea podendo alcançar 100 km/h em 3 segundos, e tem como máxima 325 km/h. O câmbio é conectado em dupla embreagem de sete marchas cedido pela Fórmula 1.

Por Lorena de Oliveira

Ferrari 458 Speciale

Foto: Divulgação


O novo BMW 18 apresenta algumas diversificações importantes que traz em sua composição melhor desempenho e equipagem para aqueles que apreciam a marca, e optam por adquiri-la. A produção é designada por três motores, duas caixas de marcha, tração dianteira, traseira ou integral, além de carroçaria feita de plástico e fibra de carbono.

O designer foi realizado com aspectos futuristas, o que transmite ao público uma realidade diferente dos demais existentes, que são produzidos por diferentes marcas. A grade é demonstrada dividida, assim como aspectos específicos de outras empresas, a mesma foi realizada caracteristicamente com o perfil da marca Baviera. São abertas partes superiores e inferiores.

Embaixo é evidenciado a toma de ar, que é composta por persianas que são apenas ativadas pelo sistema quando se torna imprescindível maior corrente de ventilação. Debaixo dos faróis de laser, os para-lamas dianteiros referentes à parte lateral, são viabilizados como uma saia ao se abrir.

Essa abertura permite entradas de ar que são direcionadas ao motor de combustível, que em sua produção foi posicionado atrás dos bancos e a frente do eixo traseiro.

Concernente a lateral do carro, a impressão são de duas mãos paralelas, que proporcionam interligação. O teto exibe uma declinação gradativa, o que precede em mais um aspecto inovador. O vinco lateral tem o início debaixo da linha da porta, e termina próximo ao teto. De acordo com a altura vidro a não conexão entre o teto e a lateral dá origem a um túnel que tem o intuito de proporcionar ao carro força aerodinâmica.

Referente ao designer interior do veículo, se mostra no contexto conservador. Apesar das inovações realizadas de forma que os compradores viabilizem uma estética exterior deslumbrante, o interior é parecido aos demais BMW do topo de linha, não apresentando grandes diversificações.

A distinção se implica no banco traseiro, que exibe um espaço menor e por esse motivo que permite o cliente que optar por adquirir o veículo pague menos impostos nos EUA.

Por Lorena de Oliveira

Foto: divulgação


A Citroën lançou no mercado brasileiro a linha 2015 do C3. Sem grandes mudanças estéticas, entre as novidades do modelo está a adoção de novas versões do C3 para ampliar a atuação do carro no Brasil

A linha 2015 do Citroën C3 chega ao mercado adotando alguns detalhes, dependendo da versão que o cliente escolher. Para compensar, a marca trouxe novas configurações com o motor 1.5, inclusive uma versão dotada de transmissão automática, além da marca francesa retirar da gama de produtos a versão 1.6 com câmbio manual.

Com relação as versões oferecidas pela Citroën, a configuração de entrada passa a ser a Origine 1.5 que traz de série airbag duplo, freios ABS com EBD, direção elétrica, ar-condicionado, computador de bordo, travamento das portas à distância pelas chaves e rodas de 15 polegadas calçadas com pneus 195/60.

A versão Attraction 1.5 conta com os mesmo itens da configuração anterior, acrescido de luz diurna de posição composta por LEDs, espelhos retrovisores e vidros com acionamento elétrico, sistema de som com controle satélite na coluna de direção, conexão via Bluetooth e entradas auxiliar e USB, faróis de neblina e rodas de liga leve de 15 polegadas.

O hatchback da Citroën em sua versão Tendance 1.5 vem equipado com os mesmo equipamentos da versão anterior e adiciona o para-brisa Zenith.

A versão topo de linha do C3 equipado com motor 1.5 é a Exclusive, que dispõe de todos os itens anteriores e acresce ainda ar-condicionado automático, sensor de chuva e sensor crepuscular, espelho retrovisor interno eletrocrômico com guia de luz em LED, alarme ultrassom, sensor de estacionamento traseiro, bancos dianteiros com apoia-braços, além das rodas de liga leve de 16 polegadas.

Já o modelo dotado com motor 1.6 Flex, o Citroën C3 pode ser oferecido na configuração Tendance, ou a topo de linha Exclusive. A primeira configuração (Tendance 1.6) traz câmbio automático de quatro velocidades com opções de trocas sequências através dos Paddle Shift, vidro elétrico com função One Touch para o motorista e todos os outros equipamentos da versão Tendance 1.5 Flex.

A Exclusive 1.6, por sua vez, traz os mesmo itens da versão Exclusive com motor 1.5, acrescido de câmbio automático, piloto automático, espelhos retrovisores externos e maçanetas cromadas. Vale lembrar que essa configuração só está disponível com a transmissão automática.

O Citroën C3 2015 já está disponível nas concessionárias da marca com preços a partir de R$ 40.990, em sua versão de entrada Origine 1.5, chegando a custar até R$ 55.490 na versão topo de linha Exlcusive 1.6 equipada com transmissão automática.

Por Caio Polo

Foto: divulgação


A Chevrolet lançou no mercado brasileiro a linha 2015 do Prisma. Mantendo o mesmo visual e não apresentando nenhuma alteração mecânica, o Prisma 2015 traz algumas novidades em sua lista de equipamentos de série, mas também teve seu preço aumentado, com versão inicial (1.0 LT) partindo dos R$ 41.290, chegando até R$ 54.740, na versão LTZ 1.4 com câmbio automático de seis velocidades.

Embora tenha encarecido, a versão de entrada (LT) do Prisma equipada com motor 1.0 trará de série o sistema de ar-condicionado, oferecido opcionalmente na linha anterior. O sistema de entretenimento MyLink, por sua vez, continua sendo item opcional, vendido a parte por R$ 1.400.

Houve mudanças também na versão topo de linha (LTZ 1.4), que agora dispõe de um pacote que adiciona ao veículo o volante multifuncional com comandos de som e conectividade com o telefone via Bluetooth, bem como a transmissão automática com seis marchas, por um acréscimo de R$ 3.550 e elevando o preço do Prisma 2015 aos R$ 54.740.

Além disso, a Chevrolet agora oferece para o sedan, por R$ 1.150, a nova opção de cor metálica Cinza Mond.

Outro carro que sofreu um reajuste em seu preço foi o Chevrolet Classic. Estreando a linha 2015 do sedan compacto veterano, o modelo ficou R$ 2.800 mais caro, sendo vendido a partir dos R$ 30.590.

O aumento é justificado pelo aumento em sua lista de itens de série, já que agora o Chevrolet Classic vem com ar-condicionado, airbag duplo, freios ABS e preparação para instalação de som desde a versão mais básica (LT).

A versão mais completa do Classic 2015, equipado com direção hidráulica, vidros e travas com acionamento elétrico é vendido por R$ 32.690.

Em contrapartida, a edição especial Advantage do Classic 2015 está R$ 400 mais barato que a linha anterior. Vendido por R$ 33.770, o veterano em sua edição limitada vem com ar-condicionado, direção hidráulica, CD Player com leitor MP3/WMA, conexão via Bluetooth, entrada auxiliar e leitor USB, display digital que informa a data, horário e temperatura, rodas de alumínio de 14 polegadas, além de travas, retrovisores e vidros com acionamento elétrico.

Abaixo, versões e preços da linha 2015 do Chevrolet Prisma:

– Prisma 1.0 LT – Manual – R$ 41.290
– Prisma 1.4 LT – Manual – R$ 45.890
– Prisma 1.4 LT – Automático –  R$ 50.790
– Prisma 1.4 LTZ – Manual – R$ 51.190
– Prisma 1.4 LTZ – Automático – R$ 54.740

Por Caio Polo

Foto: divulgação


A Lexus, marca de alto padrão da Toyota, lança nesta semana no mercado brasileiro a linha 2014 do hacthback híbrido de luxo CT 200h. Com design levemente atualizado, mudanças no acabamento interno e uma inédita versão de entrada, o Lexus CT 200h chega ao Brasil com preços entre R$ 134 mil e R$ 154 mil.

Visualmente, as novidades ficam por conta da adoção de novos para-choques dianteiro e traseiro, nova grade frontal, faróis e luzes diurnas de posição compostas por LEDs, antena do tipo “Shark Fin” e novas rodas de liga leve de 16 polegadas.

A nova versão de entrada, denominada ECO, é vendida por R$ 134 mil, R$ 20 mil a menos que a versão topo de linha Luxury, oferecida por R$ 154 mil. A diferença de preço é justificada pelo padrão inferior de acabamento e pela ausência de alguns itens na versão de entrada, já que a configuração ECO não traz os bancos com revestimento em couro e com sistema de aquecimento, bancos dianteiros com ajuste elétricos, teto solar elétrico, entre outros equipamentos que foram perdidos.

A parte mecânica não traz nenhuma alteração, mantendo a configuração que compartilha diversos componentes com o Toyota Prius. Portanto, tanto a versão ECO como a Luxury do Lexus CT 200h vem equipado com um conjunto mecânico composto por um motor a combustão 1.8 VVT-i de 99 cv e um propulsor elétrico de 86 cv. Juntos o conjunto híbrido é capaz de entregar 136 cv.

Dotado de tração dianteira, o modelo vem com uma transmissão CVT, com marchas continuamente variáveis e que simulam oito velocidades.

O hatchback de luxo ainda possui a tecnologia que regenera a energia dos freios, convertendo a energia das frenagens para a recarga das baterias, reduzindo a necessidade de conectar o veículo em um ponto de recarga. Com tudo isso, o Lexus CT 200h tem autonomia de até 19 km/L em perímetro urbano. 

Por Caio Polo

Foto: divulgação


Em Março deste ano a Rezvani Motors citou a possibilidade de trazer ao mercado o carro com modelo conhecido como Besta, projeto que na época recebeu muitas críticas.

Mas, para surpreender o público, a companhia apresentou o novo modelo californiano roadster considerado um carro de alto desempenho. O carro possui design aerodinâmico, como o que já havia sido mencionado no início de 2014, mas agora o modelo ja pode ser visto na íntegra, sendo possivel visualizar suas aberturas no capô, e outros detalhes do novo design.

Segundo a montadora, a distância entre os eixos agora também é maior, o que favorece menor atrito. Apesar destas mudanças, a Rezvani também tem trabalhado arduamente para manter um design leve para o carro, o que pode ser visto na carroceria que foi desenvolvida a partir da fibra de carbono.

Para o lançamento do carro a montadora irá disponiblizar duas versões: o modelo chamado de 300 que virá com motor 2.0 turbo e também o modelo 500 fabricado com motor 2.4. A Rezvani afirma que o 300 conseguirá trabalhar de 0 a 62 mph em 2,9 segundos. Já o modelo 500  será capaz ter o mesmo desempenho em 2,7 segundos.

O carro ainda conta com itens adicionais e recursos personalizados, a expectativa da companhia é entregar os primeiros modelos dentro de três ou cinco meses. O preço de venda sugerido para o modelo 300 é a partir de R$ 210.300, já para o modelo 500 o valor é de R$ 245.700.

Os proprietários dos modelos atuais dos carros da marca que considerarem estar com modelos menos atuais, podem procurar concessionarios autorizadas da Rezvani que oferecem atualizaçoes dos modelos 2.0 e 2.4, sendo verificadas todos os criterios no local. As atualizações podem ter custo médio que não foram informados pela montadora.

Por Jaime Pargan

Foto: divulgação


A Audi apresentou na sexta-feira, dia 9 de maio, a edição limitada da versão topo de linha de seu superesportivo, o R8 LMX. Equipado com faróis de iluminação a laser, o carro da marca alemã ganha o título de primeiro veículo de produção em série no mundo a ser equipado com essa tecnologia. Em 2008, o superesportivo foi o primeiro carro a utilizar faróis compostos por LEDs.

De acordo com a Audi, os novos faróis a laser possuem um módulo de emissor de laser instalado em cada farol que proporciona uma iluminação com o dobro de alcance quando comparado aos faróis compostos por LEDs. Cada módulo vem com quatro diodos emissores de laser de alta potência.

O faixo luminoso a laser é ativado quando o veículo atinge 60 km/h e com o auxílio de um sensor inteligente, o sistema de iluminação detecta a aproximação de outro veículo se movimentando em sentido oposto, criando uma tipo de máscara para não ofuscar o motorista do outro veículo.

Vale lembrar que em 2013 a BMW havia anunciado que faróis de laser seriam equipamentos opcionais para seu mais novo esportivo híbrido, o i8. Contudo, como a BMW ainda não está vendendo seu esportivo híbrido, a Audi alega que é a primeira montadora de veículos a fabricar um carro dotado desta tecnologia.   

Mecanicamente, o Audi R8 LMX vem equipado com motor V10 5.2 capaz de entregar 570 cv e torque de 55,1 kgfm. Dotado de tração integral Quattro, acoplado ao bloco V10 está uma transmissão automática de sete velocidades, com opção de trocas sequencias. Sendo o R8 mais potente da história do veículo, de acordo com a Audi, o superesportivo alemão acelera de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos.

A edição limitada LMX do R8 terá apenas 99 unidades e contará com o revestimento exclusivo Azul Ara. O modelo, que já pode ser encomendado, será vendido no mercado alemão por 210 mil euros, o que equivale a cerca de R$ 640 mil.

Por Caio Polo

Foto: divulgação


O ano de 2014 promete ser o ano das novidades no mercado automotivo. As novidades abrangem todos os setores, dos populares aos esportivos. Não se pode esquecer, é claro, de um dos seguimentos mais crescentes nos últimos 5 anos no país, as picapes.

E entre as novidades, a nova L200 Triton da Mitsubishi vem com novidades e alternativas para o mercado, começado pelo preço, que em sua versão mais enxuta chega à R$ 76.900 contra R$ 126.990 da versão 3.2 Diesel A/T. Além do preço o consumidor vai encontrar uma picape mais eficiente, com um tanque de capacidade para 90 litros, um aumento de até 20% em comparação ao antecessor.

São três as opções de motores para o modelo da nova linha 2014. O de 3.2 a diesel de 180 cv e 38 kgfm de torque, de transmissão automática ou manual e de cinco velocidades para ambas. Uma versão 3.5 flex de 205 cv e 33,5 kgfm de torque, também com transmissão manual ou automática. A terceira e ultima versão também é flex e possui um motor 2.4 de 142 cv de potência, disponível somente com câmbio manual, na versão 4×2.

O câmbio também foi otimizado. A resposta para marchas mais curtas pode melhorar o desempenho do motor na cidade. A cabine ganhou novo design, com uma leve mudança nos bancos. Entre as ferramentas tecnológicas, uma central multimídia com GPS, rádio, CD/MP3 e Bluetooth, volante com comandos de áudio, as condicionado automático e sistema de travamento das portas sem a necessidade da chave.

Outra novidade do modelo é o sistema SDS (Sport Dynamic Suspension), que, segundo a gigante japonesa, otimizou a estabilidade da carroceria, graças a uma suspensão recalibrada com a ajuda do novo sistema. Com tantos atributos modernos, o ano começa com o pé direito com a chegada da nova L200 Triton da Mitsubishi, que chega sem dever nada no quesito inovação e utilidade.

Por Halifas do Bonfim


A Citroën anunciou novos modelos de seus mais recentes 'DS' em um evento em Paris. A nova Berlina Citroën DS 5LS baseia-se na DS5 e será construída e vendida exclusivamente na China.

O 'LS' no nome significa "sedan de luxo" e será o segundo modelo DS a ser construído na nova fábrica em Shenzhen após o DS5, como a marca joga pesado em um boom de vendas no mercado chinês em rápida expansão.

Com um design claramente inspirado no conceito selvagem Rubis mostrado no Shanghai Motor Show deste ano, o DS 5LS tem um exterior elegante com 'asas' cromadas na frente que circundam a grade e se estendem até os faróis.

Esse recurso é destinado a ser o novo rosto do sucesso DS da sub-marca, e ela vai aparecer em todos os modelos da marca DS futuras, incluindo o novo Citroën DS3 SUV que também deve chegar mais tarde em 2014.

O design de três portas tem mais em comum com o sedan C5 que o DS5, mas compartilha as rodas de liga inteligentes e escape duplo com seu irmão Premium. Em 4,7 metros de comprimento, com uma distância entre eixos de 2,7 metros, a Citroeë afirma que o DS 5LS irá oferecer espaço para as pernas para ajudar a atrair os compradores que desejam ser motoristas. Isso é 0,2 m mais longo que o DS5.

No interior, ele tem o mesmo volante de fundo chato e uma mistura de madeira, couro e plásticos de toque suave projetados para dar uma sensação de luxo. O console central é intitulado em direção ao motorista, e aparelhos como assentos de massagem, um purificador de ar, câmara de marcha e leitor de DVD estão incluídos no carro.

Três variantes de motor a gasolina serão oferecidos: um motor a gasolina turbo de 1.6 litros com 158 ou 197bhp e um motor VTi 132bhp. O motor 1.6 irá impulsionar as rodas dianteiras através de uma caixa automática de seis velocidades com conversor de torque convencional.

Por Jaime Pargan

Citroën DS 5LS

Foto: Divulgação


Já está sendo vendida no Brasil a Subaru Forester 2014. A SUV teve sua primeira aparição no Salão de Los Angeles no ano passado. Esta já é a quarta geração da Forester, que está com um novo visual e um pouco maior que a atual. O carro agora mede 4,59 m de comprimento, 1,79 m de altura, 1,69 m de largura e entre os eixos 2,64 m. Com essa alteração o carro ganhou mais espaço interno para os passageiros. Ganhou também mais espaço no porta malas que tem capacidade para 489 litros.

A Forester 2014 está sendo vendida em duas versões: a S e a XT Turbo. A versão S vem com motor 2.0 Boxer com 148 cavalos de potência (6000 rpm) e 20 kgfm (4200 rpm). Na versão XT turbo traz o mesmo motor com a diferença de vir com injeção direta, proporcionando uma potência de 240 cavalos (5600 rpm), e torque de 35,7 kgfm. Ambas com tração integral AWD.

A versão S traz sistema de câmbio CVT Lineartronic com seis marchas virtuais e a XT turbo o câmbio também é CVT Lineartronic, porém quando o sistema S# está ativo ele simula 8 velocidades.

O Subaru Forester 2014, em termos de equipamentos de série é completo, contando com vários itens de alta tecnologia. A começar pela segurança, vem com freios ABS e EDB( agora lei no Brasil para todos os veículos), seis airbags, faróis de xênon, bancos em couro e teto solar com sistema de regulagem por acionamento elétrico.

Vem também com GPS (sistema de Posicionamento Global) embutido na parte central do painel, e um sistema multimídia com alta fidelidade de som Haran-ardon, além de entradas auxiliares, câmera de ré (para auxiliar na hora de estacionar). A versão S de entrada está à venda por R$ 115 mil e a top de linha XT Turbo por R$ 140 mil.

Por Mariana Rodrigues

Subaru Forester 2014

Foto: Divulgação


A fábrica japonesa Mitsubishi está trazendo de volta ao mercado americano o Mirage 2014. O novo Mirage vem em uma versão compacta, e deixou de ser híbrido (sistema que usa motor elétrico e a combustão). Segundo o fabricante isso fez com que o carro se tornasse mais econômico.

A Mitsubishi divulga que o veículo faz na estrada 18,7 km/l e na cidade 15,7 km/l. Será lançado oficialmente no Salão de Nova York em 2014. A versão americana ainda não tem preço definido até o momento.

O Mirage 2014 versão para o mercado americano traz linhas modernas e um visual atraente. Na sua parte interna vem com um fino acabamento em tecido, na cor preta os bancos, e os painéis e portas em preto com detalhes cromados. Possui vários itens de série, sendo um deles o volante com comando que controla o sistema de som de 140 watts. Vem também com sete airbags, ABS e ESP (a partir de 2014 é lei vir com pelo menos 2 airbags), e com sistema de ar condicionado além de muitos outros.

A Mitsubishi pretende produzir o Mirage aqui no Brasil, com a ampliação da fábrica em Catalão (GO).

O hatch traz um motor 1.2 MIVEC a gasolina, de três cilindros, comando de válvulas com variador de fase, e gera uma potência de 75 cavalos. O seu sistema de câmbio vem em duas opções: manual de cinco marchas ou automático CVT (relações de marcha continuamente variáveis). Porém, a versão que será fabricada em solo brasileiro terá motor de 1.0 que gera força de 69 cavalos de potência, vindo competir com os carros populares e sendo um deles da mesma categoria com o preço até o fechamento dessa matéria por R$40 mil reais .

O Carro é muito bom para andar nas grandes cidades pelas suas dimensões facilitando o estacionamento. Ele mede 3,78 metros de comprimento, largura de 1,66 m e altura de 1,50 m.

Por Mariana Rodrigues

Novo Mitsubishi Mirage 2014

Foto: Divulgação


A montadora alemã, Mercedes-Benz, divulgou neste domingo, dia 1° , na cidade de Indaiatuba, no interior do estado de São Paulo, o lançamento do seu mais novo modelo, o A 45 AMG, em terras brasileiras. O A 45 AMG é uma versão mais esportiva do hatch Classe A, que fez sua estreia para todo o mundo em março no Salão de Genebra, Suíça.

O modelo é o primeiro carro hatch de alta performance da Mercedes-Benz, e vem equipado com um motor 2.0 turbo, com quatro cilindros e injeção direta de combustível, com potência de 360 cavalos e 46 kgfm de torque. O automóvel chega ao Brasil em versão única custando em torno de R$ 259.900,00.

O Mercedes A 45 AMG possui câmbio automatizado de dupla embreagem , com sete marchas. Segundo a montadora, o automóvel tem aceleração de 100 km/h em apenas 4,6 segundos, também, o modelo chega a velocidade máxima de 250 km/h, o que é um ótimo status para o novo modelo. Ele, também, conta com tração integral.  

Os freios e suspensão foram modificados para melhor, já seu visual foi feito segundo a proposta esportiva que o modelo necessita: como grade, rodas de 18 polegadas e para-choques diferenciados. Em seu interior, houve uma modificação nos bancos, eles foram substituídos por modelos do tipo concha, dando um visual mais esportivo.

É claro que existem detalhes exclusivos da nova versão, por exemplo: as saídas do condicionador de ar, alavanca do câmbio e algumas alterações em seu painel de navegação.   A montadora espera vender ao menos 100 modelos até o primeiro trimestre do próximo ano.   O Classe A tradicional tem preços que variam entre R$ 99.900 e R$ 109.900 , e o motor mais inferior que a versão AMG. O básico é um motor 1.6 turbo de 156 cv.

Por André Barbosa

 Mercedes-Benz A 45 AMG no Brasil

Foto: Divulgação


A Audi apresenta o mais novo SUV da família Q: o Q1. O carro foi desenhado com base no conceito de motor transversal modular e deve chegar às lojas em 2016.

A montadora responsável por este lançamento será a linha de produção de Ingolstadt, que fica na Alemanha. O lançamento faz parte do projeto de expansão da marca que pretende ter 60 modelos de veículos até 2020.

O presidente da Audi, Rupert Stadler, usou a assessoria internacional da empresa para comunicar que está satisfeito com o novo modelo. "O Q1 é um componente chave na nossa estratégia de crescimento", disse ele.

Por ser uma aposta tão importante da marca as linhas de produção de Ingolstadt precisará usar toda a sua capacidade para dar conta de montar o Q1 sem paralizar a montagem dos outros modelos que são de sua responsabilidade.

Para quem não sabe é nessa fábrica que são produzidos os modelos dos segmentos A e B da Audi, incluindo o A3, A3 Sportback, A4 e A5. Ao saber que terá mais trabalho o presidente do comitê mundial de trabalhadores da Audi AG, Peter Mosch, também comemorou a vinda do Q1.

“Esse é um claro comprometimento com Ingolstadt como um local de produção. Nós continuaremos fazendo todos os esforços para desenvolver mais ainda a planta como o principal centro de tecnologia do Grupo Audi”, afirmou.

Nesse plano de expansão a empresa quer aumentar o número de vendas para mais de 2 milhões de veículos por ano. A Audi está investindo em novos modelos SUV e também priorizando a venda de seu produto principal que é o Q5, o carro mais vendido em seu ambiente se comparado aos seus concorrentes.

O Q5 vende tanto que a estimativa da empresa é que apenas em 2013 mais de 230 mil unidades desse modelo foram produzidas, o que representa mais da metade da produção de todos os modelos que fazem parte da família Q.

Por Roberta Lopes

Novo Q1

Foto: Divulgação


O  irmão mais novo do Cayenne está previsto para chegar no Brasil apenas em Maio do ano que vem. Mas muitas expectativas já giram em torno do novo modelo da Porsche, é a grande aposta da marca para 2014 com meta para vender 200 mil exemplares no ano.

Apresentado no último dia 19 , a produção do carro deve começar em dezembro e as vendas já no inicio do ano que vem. Um prato cheio para os amantes de modelos esportivos e para os fãs da marca.

O Porsche Macan terá 3 versões:  S, S Diesel e Turbo. A versão S custará  49 mil dólares (cerca de 115 mil reais) nos Estados Unidos mas no Brasil você não vai achar a versão de entrada por menos de 290 mil reais. A versão Macan Turbo sairá um pouco mais cara (cerca de 350 mil reais), o diferencial dela é o motor V6 3.6 que leva o carro de 0 a 100 km/h em menos de 5 segundos! Quanto ao câmbio, será manual ou sequencial de dupla embreagem com sete marchas.A única versão que não chegará por aqui será a  S Diesel.

O design do Porsche Macan não é tão diferente dos outros carros da Porsche, ele compartilha da mesma plataforma do Q5 e tem alguns componentes iguais, existem algumas diferenças, por exemplo, as lanternas traseiras que são bem pontiagudas.

Para os amantes dos carros esportivos o novo Porsche Macan é um prato cheio,  quem já é fã do Cayenne, agora tem mais um motivo para sorrir, o carro carrega consigo uma série de novidades e uma delas é que o carro poderá ser equipado com 2.0 L4, o primeiro carro da marca a ter essa opção em 18 anos. Esperamos ansiosos até Maio para podermos ver de perto tudo isso!

Por Tom Vitor de Freitas

Porsche Macan

Foto: Divulgação


Depois de tantas "propagandas" da Hyundai, enfim foi apresentado o novo modelo da marca, o Hyundai Genesis, nesta terça-feira (26/10) em Seul – Coréia do Sul. O novo modelo tem menor balanço, o que significa rodas mais próximas das extremidades.

Também, o carro vem com a segunda geração de design da Hyundai e traz uma grade dianteira hexagonal de acabamento cromado semi-fosco, faróis de formato "agressivo" e lanternas traseiras de mini lâmpadas (LEDs). Encontramos materiais de uma melhor qualidade em sua parte interior quando comparado ao Genesis antecessor.  

O luxuoso sedã tem quatro opções de motores: o motor V6 de 3.0 litros, com 260 cavalos de potência e torque de 31 kgfm, fazendo-o acelerar de 0 a 100 km/h em 8,6 segundos, chegando a uma velocidade máxima de 230 km/h; o outro motor é o V6 de 3.3 litros, com potência de 286 cavalos e 347 kgfm de torque, com aceleração de 0 a 100 em 7,2 segundos; também tem o motor V6 de 3.8 litros, com potência de 319 cv e torque de 40,5 kgfm, fazendo sprint em 6,5 segundos; e o motor top de linha, o V8 de 5.0 litros, com 431 cv, 53 kgfm de torque que o faz chegar aos 100 km/h, partindo da inércia, em 5,4 segundos! E chegar a uma velocidade máxima de 240 km/h.  

Todos os motores supracitados estão ligados a câmbio automático de oito velocidades e tração traseira. Contudo, estará, também, disponível uma versão com tração integral. Há três opções de tamanhos das rodas: 17, 18 e 19 polegadas. O sedã mede 499 cm de comprimento, 189 cm de largura (sem os retrovisores), 148 cm de altura e 301 cm de distância entre seus eixos.  

Segundo a Hyundai, o Genesis será necessário para as ambições de mercado da montadora que pensa em torná-lo um sucesso de vendas nos Estados Unidos e na Coréia do Sul.

Por André Barbosa

Hyundai Genesis

Foto: Divulgação


O Salão do Automóvel de Los Angeles está rolando e trazendo diversas novidades das montadoras mais conceituadas do mundo inteiro. O evento que acontece praticamente ao mesmo tempo que o Salão de Tóquio também está chamando a atenção de quem está acompanhando por trazer novos modelos que vão além do visual bem elaborado.

Um exemplo disso são as novas propostas de combustíveis. A Toyota foi uma das marcas que pensou em novos conceitos e divulgou o Toyota FCV com uma novidade para lá de curiosa: o carro é movido à célula de combustível de hidrogênio.

A verdadeira experiência consegue rodar até 482 quilômetros e possui um sistema que pode ser reabastecido em apenas três minutos – aproximadamente o mesmo que um veículo comum movido à gasolina. O tanque encontra-se embaixo da carroceria, que alimenta as células de hidrogênio e cria energia para o motor. Para se ter uma ideia, ele conseguirá atender as necessidades diárias de seu proprietário por mais de uma semana. E não é só o combustível que trabalha em conjunto com as células. A bateria também pode ser recarregada por meio delas.

O seu visual procura seguir o conceito: bem futurístico e inovador em design. E não é apenas um modelo de exposição não. A Toyota comercializará essa verdadeira máquina já no início de 2015. Por enquanto, apenas nos Estados Unidos. Mas, a faixa de preço ainda não foi divulgada. Além disso, a fabricante afirmou durante a apresentação que o modelo tem potencial de aplicação em vários tipos de veículos futuramente.

Com esta nova apresentação ao competitivo mercado automobilístico, a Toyota vem em busca de enfatizar ainda mais sua ansia por uma coloção de destaque  quando falamos em carros conceitos, a empresa ainda promete mais novidades nas próximas edições dos espetáculos dos automóveis, e ao meros mortais apaixonados por carros basta aguardar o que a Toyota reserva.

Por Jaime Pargan

Toyota FCV movido à célula

Foto: Divulgação


A Ford vem ao longo de 100 anos se tornando uma das maiores empresas de automóveis do Brasil, foi também a primeira a ter instalações em nosso país, isso em 1919.

Uma empresa globalizada e diversificada, com um legado histórico, está comprometida em oferecer produtos e serviços excepcionais, que deixem a vida de clientes muito melhor.

Busca ser a líder mundial na avaliação de seus consumidores e avaliadores do setor automotivos de todo mundo. Busca a excelência em atingir seus resultados e melhorar em termos de satisfação do consumidor como seus produtos e serviços.

Os carros compactos  representam 60% da industria brasileira, e é constituído  pelo maior número de competidores no Brasil. A Ford lançou no  último dia 13 um compacto para os admiradores do Ford Ka, o Ford Ka Concept.

A garantia de sucesso desse futuro lançamento é a qualidade, que promete se encaixar perfeitamente na categoria de compactos, pela generosidade do seu espaço interno.

Segundo a montadora o novo carro possui a visão de veículo robusto, com design inteligente e consumo  eficiente de combustível, para consumidores urbanos.

O evento  em Camaçari/BA, contou com a presença Bill Ford, Presidente do Conselho Mundial da Ford, ele  começou apresentando o novo conceito do carro, diante de grandes convidados, que contou com a presença de jornalistas e empregados, a vinda de Bill Ford ao Brasil foi também para a 100 anos de Ford na Argentina.

Segundo Bill Ford, “a marca vem ao longo de muitos anos de história em nosso país, trazendo e dando muitas oportunidades de empregos e muito crescimento para a região”, e nosso país  se  integra a estratégia da empresa, que é o crescimento global.

A Ford busca ampliar com o Ka Concept, colocar a marca em uma posição de crescente para atender a demanda mundial que vem crescendo e pode chegar a 6,2 milhões até 2017.

A Ford disse que todos os consumidores brasileiros vão se encantar como o novo modelo, que deverá ter moto 1.0 de três cilindros e 1.5 de quatro cilindros.

Teremos que esperar alguns meses até seu lançamento oficial para podermos dar nossa opinião.

Por Gilson de Jesus

Ford Ka Concept

Foto: Divulgação


Como na maioria das marcas, nota-se um abismo gigantesco entre o que se propõe a lançar a Peugeot europeia e a brasileira. Enquanto que no velho continente a montadora já lança como novidade uma nova geração do 308, inaugurando uma plataforma modular, aqui no Brasil a fabricante tenta se reinventar com o lançamento do novo 408 Allure, uma versão alongada e com três volumes do hatch 308. É o modelo com motor 2.0 e câmbio automático mais barato do mercado, sendo vendido, em média nas versões intermediárias, a partir de R$ 65.990,00.

Mesmo com o preço em conta, o modelo, fabricado na argentina, vende aproximadamente 500 unidades mensais, uma pequena porcentagem apenas do que seus concorrentes diretos, o Honda Civic e o Toyota Corolla, conseguem emplacar.

As alterações para a linha 2014 são pequenas. Apenas houve a retirada da transmissão automática de quatro marchas, estreando uma versão mais moderna com seis velocidades. A chegada desses novos equipamentos tirou a versão Feline de linha, sendo que a Allure passa a fazer o papel de modelo intermediário, já representando 60% das vendas do 408.

O motor continua sendo o 2.0 litros de 151 cv, abastecido com etanol. No entanto, a mudança no sistema de transmissão deixou o sedã um pouco mais esperto, baixando em 1,4 segundo o tempo de aceleração de zero a 100 Km/h. Agora, o modelo atinge a marca em 9,4 segundos. A velocidade máxima segue nos 208 Km/h.

Além das acelerações mais rápidas, o encurtamento das duas primeiras marchas proporcionou uma redução significativa no consumo do carro, assim como retomadas mais eficazes. Na versão com câmbio manual, segue o mesmo de cinco marchas.

Quanto ao design, nenhuma alteração significativa foi feita, continuando o 408 com linhas elegantes e distintas, deixando o carro com um aspecto bonito e esportivo.

Informações mais completas sobre o lançamento do Peugeot 408, esse sedã médio de ótimo custo/benefício, podem ser encontradas no caderno “Auto Mercado & Cia”, reportagem de Igor Macário, da “Auto Press”.

Vale a pena conferir!

Por Mikhael Costa

Foto: Divulgação


O novo BMW M3 foi visto completamente e sem disfarces durante uma sessão de fotos em Los Angeles, entretanto, agora o carro deve fazer sua próxima aparição pública somente  no Salão do Automóvel de Detroit, em Janeiro de 214. O M3 é o carro irmão M4, já revelado como um conceito no de elegância, em agosto  deste ano.

A extremidade frontal é idêntica ao conceito do M4, ou seja, completa,  com entradas de ar triplos com aberturas sobre a borda exterior e ligas específicas.

Nas quatro saídas de escape traseiras vê-se em ambos os lados um difusor, enquanto o teto de fibra de carbono escuro também é visível.

Esta foi a primeira vez que o modelo foi visto os olhos em uma versão pronta para produção de em conformidade com o que vai estrear em Detroit, antes de colocá-lo no mercado para compras(o que está previsto para o segundo semestre de 2014 ) a BMW já revelou especificações técnicas para o carro.

A poderosa máquina virá com novo motor 424bhp 3.0-litro de seis cilindros, deverá apresentar também tração traseira de 0 a 62 mph em cerca de 4,5 segundos. A economia de combustível será nem torno de 33mpg, com emissões de CO2 inferiores a 200g/km.

Foto: Divulgação

Os compradores poderão escolher entre uma caixa de câmbio de dupla embreagem de sete velocidades ou manual de seis velocidades,um capô de alumínio, teto de carbono e traseira de plástico que irá reduzir o peso em cerca de 80 kg em comparação com o seu antecessor. Freios de carbono em cerâmica serão oferecidos como uma opção pela a primeira vez nos modelos  da BMW.

A fabricante não informou ainda sobre o preço que pretende inserir o novo modelo no mercado, mas em se tratando de um modelo considerado de luxo, espera-se que não seja a um valor acessível a todos as categorias, tendo como publico alvo os compradores de Classe A.

Por Jaime Pargan


A Suzuki revelou que tem três novos carros considerados conceito para sua estreia pública no 43º Tokyo Motor Show que acontecerá no Japão no próximo mês ( Nov/2013). Os carros incluem um novo conceito para o carro de passeio com estilo compacto, um modelo híbrido e um novo conceito em estilo para carros de passeio econômico.

O Crosshiker é ser um carro de passeio compacto com elevada altura do solo com uma base muito parecida com o Taigun VW.

A Suzuki descreve o Crosshiker como uma alternativa para o modelo G70 revelado no Tokyo Motor Show de 2011 que usa uma plataforma leve da próxima geração. Ele pesa pouco menos de 810 kg e é equipado com um motor de três cilindros de 1.0 litros desenvolvido recentemente.

O segundo modelo é o Suzuki X-LANDER 4×4, tudo que é baseado na mesma plataforma do modelo Jimny, equipado com um sistema híbrido leve, com um motor de 1.3 litros. O X-LANDER é a aposta para competir com o Juke da Nissan, rival da Suzuki, ambos os modelos citados estarao à venda no Reino Unido no início de 2015.

Completando o line-up da Suzuki ela leva o Hustler, denominado de "o desafio de um novo tipo de minicarro”. Tem um toque de carro utilitario, com uma forma quadrada e e confortável, com interior espaçoso.

Haverá também um lançamento com inspiração mais esportiva com o Hustler, mas estes serão apenas apresentado no Tokyo Motor Show e não tem previsão de envio para o mercado.

Quanto aos preços que serão praticados no mercado, a Suzuki não informou, enquanto os últimos ajustes e acertos são feitos para inserção dos modelos para vendas nas concessionárias, os apaixonados por carros ficam à espera da chegada , a fim de correspondam ou até mesmo superem as expectativas depositadas.Enquanto isso ficamos apenas apreciando a promessa de modelo de carro dos sonhos.

Por Jaime Pargan


Fotos oficiais do próximo BMW Série 2 vazaram na internet, antes de sua estreia no Salão de Detroit, em janeiro de 2014.

A primeiras fotos oficiais do BMW Série 2 vazaram online através de um blog, mostrando o modelo M235i de alta performance em toda a sua glória e ostentação que convencem os verdadeiros fãs de carros.

A nova Série 2 irá substituir o Série 1 Coupé no line-up da BMW e distancia-se do seu irmão da Série 1 com um perfil mais esculpido e elegante. O M235i também recebe um kit de inspiração com entradas de ar maiores e maiores rodas de liga leve na parte traseira do Serie 2 que vem mais esculpido do que o Série 1 Coupé e com espelhos de design de luz traseira.

Esta é também a primeira vez que as imagens do interior do Serie 2, como o novo volante de três raios e mix de mostradores analógicos e digitais. Há também uma maior inclinação na direção voltado para o conforto do motorista e para uma experiência mais focalizada.

Foto: Divulgação

Com base em recentes fotos que vazaram, o M235i deverá adotar os mesmos 3.0 litros diretamente e também uma escotilha, mas o poder será partir de 306bhp para cerca de 322bhp. Equipado com a caixa de velocidades automáticas que vão de 0 a 62 mph em 4,8 segundos, enquanto a versão manual irá concluí-se em 5 segundos. Os preços para o M235i estão previstos  a partir de 31.000 libras quando ela chegar às concessionárias no próximo mês de março.

As fotos vazadas colaboraram ainda mais para aguçar a curiosidade de um publico ansioso pelas novidades incessantes do mercado automobilístico. Quem ama carro e viu as fotos na web não aguenta mais esperar para ver os carros nas ruas. Para os meros mortais de fato só resta esperar que essa nova promessa chegue aos pontos de vendas.

Por Jaime Pargan


O novo Renault Logan 2014 será oficialmente apresentado no início do  próximo mês e a montadora não poupa nem um pouco as maiores informações sobre o seu lançamento aqui no Brasil.  Mais luxuoso do que as todas as suas versões anteriores, o novo Logan terá detalhes cromados ainda  mais interessantes na parte dianteira com a sua traseira mais arredondada e bem mais encorpada.

A produção está a todo vapor na fábrica em São José dos Pinhais, no Estado do Paraná. A fabricante aposta fundo no sucesso do novo design que acompanha o modelo europeu e  que também  está acompanhando por completo os principais concorrentes da categoria.

A nova versão deixa para trás  as características dos lançamentos anteriores que chegou ao Brasil há sete anos atrás. O Logan está definitivamente renovado! A única coisa que permanece a mesma é sua plataforma BO. O painel ganha um tom azul anil que além de dar um charme maior, auxilia o motorista com cautela em relação ao grau de luminosidade para evitar maiores reflexos que podem ser causados em visão noturna.

Resumidamente ele é idêntico ao Renault Symbol 2013 que teve seu lançamento na Turquia há poucos meses atrás.  As atualizaçãoes técnicas também se refere a parte mecânica para a opção 1.0 com motor 16 válvulas (assim como o Clio) deixando o veículo mais potente rendendo cerca de 77 cavalos.

Foto: Murilo Góes

Quanto ao valor, ainda não há confirmações exatas mas ao que tudo indica será bem aproximado ao das versões anteriores, com um aumento especulado em  no máximo mil reais. Outra informação sobre a parte interna inclui o revestimento em couro para o volante – o tornando ainda mais sofisticado – com comando de som integrado.

Comparado ao modelo europeu,  a única diferença está presente apenas na parte inferior dos retrosivores, nas rodas e também na sua grade dianteira que ganhou o detalhe cromado. A montadora dispõe de site exclusivo para melhor visualizaçao dos detalhes.

Por Luciana Ávila


As montadoras já estão se preparando para os lançamentos de 2014 e a expectativa é muito grande, levando em consideração que a cada ano as marcas investem em novas tecnologias, colocando no mercado modelos com design e desempenho surpreendentes.

É nesse contexto que a empresa Volkswagen está inserida, Tudo indica que uma das grandes apostas da montadora para o próximo ano é o compacto  VW Up!. O carro em questão já foi visto circulando na rodovia Régis Bittencourt, provavelmente em fase de testes. Caso a notícia se confirme, o modelo integrará o grupo dos carros mais baratos e econômicos do país.

O novo VW Up! Acomodará com tranquilidade até cinco passageiros e embora seja um carro com dimensões compactas, o modelo oferecerá conforto aos ocupantes do veículo. Segundo fontes ligadas à VW, o carro será equipado com propulsor 1.0 de 3 cilindros, capaz de gerar 82 cavalos e 10,4 kgfm quando abastecido com etanol.

Foto: Divulgação

Nos tentes, o automóvel apresentou um bom desempenho, atingindo  9,9 km/l em ciclos urbanos e 14,5 km/l em ciclos rodoviários. O carro contará ainda com moderno sistema de partida a frio, também conhecido como E-Flex, dispensando assim o tanque de gasolina. Esse sistema tem a capacidade de identificar a temperatura ambiente e, se preciso for, aquece o combustível próximo do bico injetor. Vale acrescentar que o valor de venda do VW Up! Não foi divulgado.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Os adoradores do querido e famoso Camaro terão o prazer de ver uma versão renovada da poderosa máquina. Na última quinta-feira, 10 de outubro, a General Motors anunciou como ficaria o visual do modelo para o próximo ano.

Quem está curioso, saiba que uma boa repaginação foi feita e alguns itens foram redesenhados, fazendo toda a diferença para quem o vê. Alguns detalhes como a grade frontal mudaram, os para-choques foram redesenhados e os faróis e as lanternas são totalmente exclusivas.

A fabricante informou que o novo modelo estará disponível nas concessionárias a partir do mês que vem, mas apenas na versão SS. O preço é para aqueles que realmente desejam investir em design, tecnologia e potência, porque a máquina saiu por R$ 210 mil, um preço um pouco maior do que o modelo anterior, que custava R$ 7 mil a menos.

Foto:Divulgação

O sistema multimídia MyÇink está presente no novo camaro. Outros detalhes também já foram divulgados: Sob o capô permanece o motor 6.2 V8 de 405 cv de potência e 56,7 mkgf de torque. Sua dupla é a transmissão automática GR6 de seis marchas sequenciais, com trocas manuais por hastes atrás do volante.

Aguardemos a chegada do novo camaro ao mercado para conferirmos cada detalhe..

Por Jaime Pargan


As montadoras estão cada vez mais preocupadas com a segurança no trânsito. É por isso que algumas veem estudando a possibilidade de fabricar um carro autônomo. A Nissan é uma delas e, no final de setembro, apresentou em Tóquio um protótipo desse veículo. "Levamos mais de 30 anos trabalhando em carros autônomos e agora nos aproximamos do nosso objetivo graças às tecnologias eletrônicas recentes", destacou a marca.

O presidente brasileiro da fabricante, Carlos Ghosn, revelou que o grupo pretende lançar o modelo em 2020. A idéia é reproduzir tecnicamente o que o homem é capaz de fazer de forma instintiva – compreender, julgar e agir – com a utilização de cinco câmeras, cinco scanners à laser e outras tecnologias de ponta para analisar o entorno e garantir uma resposta rápida diante de imprevistos.

Dados cartográficos seria o tipo de ferramenta para fazer análises e antecipar a ação do veículo em cruzamentos, parar diante da aproximação de risco de outro veículo ou desviar de qualquer item à sua frente, por exemplo, visando à segurança do motorista. Mesmo assim, as ações com o volante ainda responsabilizará o ocupante por eventuais acidentes, mas acredita-se que o índice seria drasticamente reduzido.

A empresa ainda informou que nos próximo seis anos que antecederão a data prevista para lançamento do carro ainda procurará desenvolver tecnologias que se adequem às necessidades do mercado.

Por Jaime Pargan


Os carros da Porsche são conhecidos pelo seu alto desempenho e alto indice de atratividade pelos apaixonados por carros, sem falar no design luxuoso. Os modelos são um verdadeiro objeto de desejo. E para continuar trazendo novidades de última geração, a marca apresentará as versões Cabriolet do 911 Turbo conversível, no dia 20 de novembro, no Salão de Los Angeles.

Serão dois tipos, um 911 Turbo e um 911 Turbo S. O diferencial de ambos é a potência do motor: um biturbo de 3,8 litros e seis cilindros em linha com 520 cv no primeiro e 560 cv, no segundo. A velocidade chega a 100 km/h em 3,3 segundos no Turbo e, em 3,1 segundos no Turbo S. E a máquina impressiona quando atinge uma velocidade máxima superior a 310 km/h.

O design dos carros apresentam tecnologia avançada na hora de abrir a capota. Ele leva apenas 13 segundos para abrir ou fechar em velocidades de até 50 km/h. Algumas informações sobre as características dos modelos já foram divulgadas para quem está curioso sobre a novidade.

A transmissão, por exemplo, será a automatizada PDK de nove marchas, que trabalhará junto com a tração integral inteligente que transfere a força entre os eixos e traz bloqueio de diferencial eletrônico.

Por Jaime Pargan


Com apenas pouco mais de sete meses após chegda no Brasil, a chinesa Lifan Motors investe forte na categoria SUV. Comerciais do X60 já começa a entrar no horário nobre e promete concorrer firme com os mais conhecidos do competitivo mercado brasileiro. 

Com design semelhante aos atuais da sua categoria, o utilitário possui rodas de 16 polegadas e é munidos de equipamentos necessários para o dia a dia como como sistema multimídia completo e painel digital com informações adicionais úteis ao usuário.

A empresa também estabelece indústria no Uruguai e passa por melhores adaptações e melhorias.  A montadora ainda pretende apresentar novos modelos em breve e exalta que o custo benefício entrará no gosto dos condutores que aderem a praticidade e estilo. 

Dentre seus principais concorrents estão o Tucson da Hynday, o Tiggo da Chery e o Renault Duster 1.6. Dessa vez o Eco Esport fica de fora por não possuir medidas compatíveis. Para os curiosos, a marca nasceu após o desligamento de executivos da chinesa Effa, responsável no passado pelo lançamento  catastrófico da minivan ( referindo se ao modelo M100) que foi lançado no Brasil.

A Lifan promete rápida evolução no  mercado e a satisfação geral dos clientes.  Quanto ao SUV do momento seu preço médio está na faixa de 52.777 reais.  

Por  Luciana Ávila

Lifan X60


Não demorou muito até que algumas informações sobre o novo Novo Chevrolet Tracker fossem reveladas.  O utilitário esportivo não inovou muito na parte interna, que continua bastante parecida com o Sonic, com destaque para o volante multifuncional em couro, display LCD de 7 polegadas, painel analogo-digital, porta luvas superior entre outros detalhes. Segundo a montadora, a SUV irá dispor de um motor 1.8 de 16 V de 144 cv de potência, rodas aro 18, suspensão alta, porte maior do veículo e uma posição mais elevada de direção.

O exterior do utilitário compacto topo de linha vem com apliques na cor prata e cinza na base dos para-choques, defletor de ar preto brilhante, friso cromado na tampa do porta-malas, barras cromadas dispostas de maneira longitudinal no teto, parte inferior dos pára-choques na cor preta, faróis de neblina e frisos cromados. Algumas concessionárias já oferecem o modelo para a venda por cerca de R$ 75.000.

Além desses detalhes, os itens de série presentes na versão incluem: ar-condicionado, sistema de som com integração ao navegador GPS, controle de velocidade de cruzeiro, todo o conjunto elétrico, freios ABS e air bags. Há duas opções de câmbio: manual ou automático de seis marchas.

O preço sugerido é considerado salgado para a categoria, que encontrará como principais concorrentes no Brasil o Ford Ecosport, que, além de ter se estabelecido muito bem por aqui, ainda possui valores 64.990 reais com uma configuração bastante semelhante à SUV da Chevrolet.

Por Ebenézer Carvalho


A empresa Holden, divisão da montadora GM na Austrália, acaba de confirmar a produção do novo Holden Barina RS  na Austrália. O carro será uma versão esportiva do modelo Sonic e de acordo com a Holden, o início da produção está previsto para o mês de novembro. Vale acrescentar que o veículo chega para brigar de igual para igual com o VW Polo GTI, o Suzuki Swift Sport e o Ford Fiesta ST.

Assim como o Sonic RS, o Holden Barina RS virá com design e DNA bem inusitados. O esportivo contará com spoiler na parte traseira, rodas de liga leve com aro 17″, lateral com saias, pintura especial na cor Orange Rock, suspensão rebaixada e muitos outros atributos. Na parte interna o carro virá com bancos modernos, inscrição RS, volante de base achatada e completo painel de funcionalidades.

A marca Holden criou um conjunto de direção elétrica e transmissão automática exclusivo para o mercado automotor australiano. Segundo os engenheiros da Holden, foram feitos inúmeros testes para avaliar e validar o carro.

Tudo indica que o modelo será equipado com motor 1.4 Ecotec ou turbo, capaz de gerar 140 cavalos de potência e 20,4 kgfm de torque. Em breve,mais detalhes sobre o  Holden Barina RS serão divulgados.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


O Novo Mercedes E63 AMG 4matic 2014 é um carro com muito desempenho e praticidade, misturando níveis exorbitantes de energia com conforto tradicional Mercedes e um interior espaçoso é ultrapassado por alguns veículos do mercado. 

O E63 AMG também está disponível em uma versátil carroçaria wagon, a Mercedes equipou seu foguete executivo com 4MATIC All Wheel-Drive. Como a maioria das máquinas desportivas, o coração do E63 AMG 4MATIC é o seu motor, um handmade de 5,5 litroa “Biturbo” v8. Com twin-turbo e injeção direta foi massageando recentemente para aumentar a potência de 518 cavalos e 516 lb-ft de torque e 550 cavalos e 531 ib-pés de torção.       

Todos os E63 Amgs utilizam uma transmissão automática de sete velocidades “MCT” com conversor de torque original para um pacote de embreagem úmida que muda de forma rápida e suave, mesmo em baixas velocidades. No interior um belo volante de três raios em couro/ alcantara com um aro achatado na parte superior e inferior para permitir um melhor controle do driver. A mercedes E63 Amg 4AMATIC chega ao Brasil no valor de US$245.900(R$553 mil), agora é só aguardar o lançamento.

A Mercedes no novo modelo continua preservando desempenho e beleza em um dos carros mais cobiçados do mercado.

Por Jaime Pargan


Os meses de setembro e outubro de 2013 reservam grandes surpresas para o mercado automotivo, já que sete eventos de grande porte acontecerão nesse período e movimentarão o segmento. Dentre as novidades, estão agendados alguns lançamentos das marcas Chevrolet, Ford e Jac Motors.

Já no dia 02 de outubro, a montadora Chevrolet apresentará as novas versões do Tracker e do EcoSport. Os carros serão importados do México e chegarão para reforçar o grupo de super carros esportivos, que atualmente é integrado pelo Trailblazer e pela Captiva.

No mesmo dia, a montadora de origem chinesa JAC Motors lançará a nova gama do J6. Dentre as mudanças no modelo estão alterações significativas na grade, mudanças nos faróis, para-lamas redesenhados e para-choques modernizados em termos de design.

Na mesma semana dos lançamentos anteriores, ocorrerá um evento na cidade argentina de Mendonza. Nessa exposição, a montadora Ford apresentará oficialmente a nova geração do Focus, um de seus modelos mais tradicionais. O carro será produzido na própria Argentina e será disponibilizado nas versões sedan e hatchback. Vale acrescentar que as vendas serão iniciadas em outubro mesmo.

Tudo indica que o Brasil será o próximo mercado onde o novo Focus será comercializado. Vale acrescentar que os valores de venda ainda não foram anunciados pelas três montadoras.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A montadora BMW já está fazendo os testes finais no seu mais novo esportivo: o M3. Dentro de pouco tempo, a nova geração do modelo será introduzida no mercado automotivo oficialmente.

Recentemente, o novo M3 foi visto circulando nas ruas de Munique, na Alemanha, onde a montadora tem sede. De acordo com especialistas da Bimmertoday, o carro flagrado na Alemanha estava sendo testado  por diversos jornalistas que foram convidados pela marca. Esse procedimento de testes também foi aplicado antes da oficialização do M4.

Por falar em M4, o novo M3 contará com o mesmo conjunto mecânico do cupê. Ainda segundo informações divulgadas por revistas alemãs, o novo M3 contará com motor capaz de entregar 436 cavalos de potência.

A relação de peso e potência do M3 corresponde a 3,44 kg/cv, uma marca fantástica, que supera até mesmo a marca do lendário modelo 1M, que apresentava relação de peso e potência  equivalente a 3,9 kg/cv.

Outros dados sobre o novo M3 serão divulgados mais perto do seu lançamento, durante o Salão de Detroit, nos Estados Unidos. Vale acrescentar que o evento será realizado em  janeiro de 2014.

O valor de venda do super carro da BMW ainda não foi informado, mas certamente o modelo não custará barato.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A Peugeot cogitou esta semana o lançamento do modelo 308R em série. O modelo já apresentado em vários eventos não deverá ficar apenas a arrancar elogios…

O diretor geral da fabricante francesa disse em entrevista a uma revista britânica que o modelo tem reais chances de ser produzido em série. O 308R usa o mesmo motor do conceito revelado no Salão Auotmóvel em Frankfurt.

Maxime Picat afirmou ainda que após o cancelamento do projeto Le Mans, a marca precisa de uma renovação do seu lado esportivo, típica caractrística da Peugeot. Para quem aprecia o visual super esporte, o modelo conta com dois tons de cores em sua pintura, rodas de 19 polegadas com raios duplos, sistema de escape entre outros atributos.

O motor é 1.6 THP que corresponde a cerca de 273 cv de potência o que significa um número maior que de costume. Esse modelo também foi desenvolvido pensando na leveza já que o capô e as portas são feitas de fibra de carbono.

Sua altura foi diminuída aproximadamente  em 26mm para contribuir ainda mais com o visual esportivo. Por enquanto os apaixonados da categoria devem aguardar a chegada do "hot hatch" para desfrutar desse estiloso francês recém saído do forno.  

Por Luciana Ávila

Peugeot 308R

 


A montadora Toyota, uma das maiores marcas automotivas do mundo, acabou de apresentar as novidades do  Toyota Vios 2014. Trata-se de um veículo compacto, movido a um potente motor Flex. 1.5, atingindo 110 cavalos.

O lançamento da Toyota, apesar de compacto, possui um amplo espaço interno. A altura do carro é de 1.47 metros, o comprimento é de  4.41 metros e a largura é de 1.70 metros. O novo Toyota Vios 2014  vem ainda com itens de alta tecnologia, dentre eles:  retrovisor elétrico, sensor de estacionamento, direção hidráulica, ar condicionado digital, áudio com entrada para MP3 e USB, dentre outros atributos de última geração.

De acordo com a fabricante, o Toyota Vios 2014  chega ao mercado automotivo a fim de concorrer com os modelos Honda City, Chevrolet Cobalt, Volkswagen Santana e com o Fiat Grand.

Vale destacar que o valor de venda do modelo ainda não foi divulgado pela montadora e a data oficial de lançamento também não foi informada. Certamente, quando o novo Toyota Vios 2014   chegar às concessionárias ele agitará o segmento.

Os apaixonados por carros não perdem por esperar!

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares

                                                                      


A Direct Imports, importadora automotiva sediada na capital paulista, anunciou recentemente a chegada do 1º Mustang Roush 2014 no Brasil. O carro é mais do que especial e foi preparado pela conceituada marca Roush Performance. Vale destacar que a versão é consideravelmente melhor do que o Mustang GT, uma vez que a suspensão, aerodinâmica e motorização são mais eficientes.

O novo Mustang possui motor V8 com potência de  573 cavalos. O carro é também 1º Mustang do Brasil na cor Luminescent Lime. A suspensão recebeu ajustes com a finalidade de oferecer mais estabilidade e melhor desempenho aos usuários. O conjunto agora conta com: novas molas, estabilizador, amortecedor dianteiro e rodas exclusivas de 18 polegadas.

Na parte visual, o Mustang Roush 2014  conta com vários elementos de destaque, entretanto, o que mais chama a atenção são os itens aerodinâmicos, a grade nova, os defletores na parte dianteira e traseira, o capô com várias  tomadas de ar e a lateral com modernos spoilers.

Vale acrescentar que o carro já foi vendido para um comprador do Distrito Federal e a entrega oficial deve ocorrer em no máximo 45 dias. A venda tão rápida sinalizou que o mercado brasileiro está aberto a novidades e em breve a Direct Imports fará novas aquisições.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A marca Opel oficializou informações a respeito do Monza, um conceito que deverá ser levado pela marca de origem alemã para a Feira de Frankfurt (Alemanha). O protótipo antecede a gama de design pretendida pela Opel para os próximos veículos a serem lançados, com desenho mais agressivo e esportivo. Fora isso, o Monza incorpora elementos de grande eficiência, além conectividade e destaque para desempenho e versatilidade.

O modelo Monza figura como um cupê de elegância com 4 lugares, 4,69 metros de comprimento, 1,31 metros de altura, além do design com ares futuristas. Fora isso, o veículo tem portas grandes que se abrem na vertical e rodas colocadas nas partes mais longínquas da carroceria. O Opel Monza ainda tem personalidade inspirada no Monza original da Europa, cupê fabricado no final da década de 1970.

Na parte de dentro, a montadora Opel fez o painel todo virar uma grande tela de versatilidade multimídia, projetando informações aos passageiros e ao condutor. O sistema é configurável e é constituído por 18 telas LED, criando uma sensação de display em todo o carro. Mais informações serão divulgadas após o início do evento alemão.

Por Marcelo Araújo

Opel Monza


A empresa Fiat irá lançar no mercado nacional, até o mês de outubro, mais uma opção na gama das picapes compactas Strada, que lideram as vendas em sua categoria e são as únicas que sempre figuram nos Top 10 dos modelos mais comercializados no País. Esta nova opção apresenta cabine dupla e a maior novidade está na colocação de mais uma porta, acoplada ao lado direito do veículo. O automóvel chegará ao mercado nacional no mês de outubro.

A colocação do suplemento no banco de trás – que tem acesso bastante complicado na Strada CD, de 2 portas – irá ter um tipo de abertura chamado de "suicida" por especialistas do setor, pois a porta se abre direcionada à parte traseira do carro. Já a cabine apresenta somente 2 colunas de alicerce, a da janela traseira e a do pára-brisa.

A consequência desta inovação arriscada da marca irá ser uma verdadeira "porta de entrada" referente ao habitáculo do veículo através do lado direito. Porém, a “porta suicida” só pode ser aberta quando a do passageiro da frente também for aberta, já que esta apresenta um tipo de aba segurando a terceira peça.

Este novo recurso de terceira porta na lateral não é exatamente uma novidade, mas havia sido esquecida até a apresentação do Hyundai Veloster, cupê que prometia "total segurança" ao passageiro de trás por obrigá-lo a embarcar/desembarcar sempre pelo lado da calçada. Mas isso recebeu muitas críticas, pois, no Brasil, o estacionamento é permitido pelo lado esquerdo quando em vias com mão única.

Por Marcelo Araújo


A empresa chinesa Geely adiou a sua chegada ao Brasil para novembro de 2013. Anteriormente chegaria nesse mês de Agosto junto com o lançamento do Sedan EC7.

A Geely pretende vir com tudo no mercado brasileiro com a intenção de até 2014 chegar com 25 concessionárias em todo o Brasil. O sedam EC7 será produzido em Montevidéu e vendido no Brasil.

Ele vem com motor 1.8 à gasolina, e com 140 cavalos de potência. À principio virá somente com câmbio manual, porém a montadora já afirma que o EC7 terá uma versão automática (CVT) já para 2014.

O sedan EC7 traz os principais itens de série como: direção hidráulica, bancos revestidos em couro, ar condicionado, airbags frontais e freios ABS (os airbags e os freios ABS serão obrigatórios para todos os carros em todo Brasil a partir de 2014).

O EC7 não tem preço confirmado ainda, mas estima-se que será por volta de R$ 55 mil. A Geely já antecipa para 2014 um segundo modelo mais compacto o GC2.

O CG2 tem um apelo mais popular equipado com motor 1.0 à gasolina que gera 68 cavalos de potência. De acordo com a fábrica ele terá o seu preço estimado em R$ 35 mil.

Por Mariana Rodrigues

Sedã EC7


Recentemente a montadora Ford confirmou que em breve a sua mais nova aposta será lançada no mercado brasileiro. Trata-se do novo Fusion Hybrid. O sedã ecológico da Ford chega com a propostas de ser eficiente e econômico. O automóvel em questão é equipado com motor 2.0 movido a gasolina e um motor elétrico combinado. Com essas configurações, o carro roda mais de 20 quilômetros por litro em estradas ou vias urbanas.

O novo Fusion Hybrid conta ainda com câmbio automático, gera no máximo 188 Cavalos e pode atingir 100 km/h utilizando o motor elétrico. Na versão anterior, o máximo de velocidade que o carro atingia era  75 km/h.

As  baterias do novo modelo sofreram alterações e passaram a ter lítio na composição, ao invés de níquel. Com a mudança, o carro fica mais leve e passa a armazenar mais energia.

A data exata de lançamento ainda não foi divulgada, mas a expectativa é que o automóvel chegue às concessionárias entre agosto e setembro de 2013. Tudo indica que o super carro custe aproximadamente R$ 125.000.

Vale acrescentar que o automóvel será fabricado no México.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A Chery está entre as maiores montadores de veículos da China, e os seus modelos de carros são sim um grande sucesso no Brasil, sendo vendidos também em diversos outros países. A marca está sendo considerada a grande inovação de automóveis no mercado brasileiro.

Um grande lançamento que já está entre os prediletos dos brasileiros é o seu modelo Chery Cielo, sendo um veículo que possui um design moderno, e o melhor é ter um preço bem acessível. O preço do Chery está a partir de R$ 43.990,00. 

É possível encontrar esse carro em todas as concessionárias Chery, e saiba que existem duas versões, a hatch e a sedan, sendo modelos idênticos, com pequenas mudanças apenas para o conforto do condutor.

O veículo conta com rodas de liga – leve aro de 16″ e pneus 205/55, freios ABS com tecnologia EBD e disco nas quatro rodas, abertura interna do porta-malas, espelhos retrovisores, vidros e travas elétricas, air-bags, sensores de estacionamento traseiro, controle de estabilidade, ar-condicionado, direção hidráulica, kit multimídia com CD MP3 e entrada USB, faróis de neblina e regulagem da coluna de direção.

Não deixe de conhecer o Chery Cielo antes de comprar um novo veículo, pois com certeza você vai gostar da novidade.

Por Josiane Fernandes de Jesus

Chery Cielo Hatch


Foram divulgadas fotos do futuro novo lançamento da Nissan, o Nissan Terrano 2013. Entretanto, elas não mostram como será o interior do modelo, deixando um mistério pairar sobre o modelo quase “irmão gêmeo” de um Renault. Ele é claramente parecido ao Renault Duster tanto no design, quanto à plataforma.

As primeiras informações que a Nissan deu a conhecer sobre o novo modelo, foram feitas mediante a apresentação de um protótipo, logo após, ele foi batizado com o nome de Terrano 2013.

Os dois automóveis serão diferentes no que diz respeito a que o Terrano será um pouco mais luxuoso, já que  possuirá lanternas bipartidas e supostamente o interior do veículo será mais elegante com saídas do ar condicionado retangulares.

A produção do novo Nissan será restrita fábrica Renault-Nissan na Índia e só será comercializado nesse país na época posterior ao lançamento previsto para novembro deste ano. Logo após, o modelo poderá ser distribuído em outros países da vizinha Europa. Não há informações sobre uma futura concorrência com o Renault Duster aqui no Brasil.

O Nissan Terrano 2013 será oficialmente apresentado em um evento automotivo realizado em Mumbai na India. A apresentação está com data marcada para 20 de agosto.

Por Melina Menezes.


O Volkswagen Jetta 2014 tem algumas diferenças em relação a seu antecessor. Essse carro,contudo, é bem maior, pois tem 4,64 metros de comprimento. Trata-se, no geral, de um automóvel equipado com  piloto automático e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, freios ABS, controle eletrônico,  ar-condicionado Climatronic, rodas de liga leve e outras funções que visam a praticidade e o conforto do motorista.

Logo, ao analisarmos o novo Jetta com critério, conseguimos notar que, em termos de pontos positivos, vale citar os seguintes fatores: espaço interno, câmbio e o acabamento. No entanto, no que tange aos aspectos negativos desse veículo, a primeira impressão que temos é que a suspensão dianteira poderia, por assim dizer, ser mais leve e macia.

Os preços desse carro são variados por conta dos modelos. Seja como for, colocando o  Jetta 2.0 TSI Highline DSG 2014 como exemplo, o fato é que este custa em torno de R$ 88.290,00. Por fim, caso o leitor tenha ficado interessado nesse carro, o Jetta 2014 é um automóvel bastante seguro e com uma ótima estabilidade.

Talvez seus cutso de aquisição não seja muito bom, porém esta linha da Volkswagen tem um execelente desempenho em termos gerais e cujo combustível não fica muito comprometido. 

Por Madson Lima de Oliveira


A montadora Audi recentemente lançou no Brasil a nova perua RS4 Avant. O carro vem equipado com potente motor V8 de 4.2 litros, capaz de gerar 450 cavalos, 30 a mais que a versão anterior. Além disso, o RS4 Avant faz de 0 a 100 Km/h em apenas 4,7 segundos.

A perua esportiva conta ainda com câmbio S-tronic, dupla embreagem,  tração integral nas quatro rodas e 7 marchas. Vale destacar que o modelo é mais leve que o convencional, pois possui alumínio na composição.

As rodas do carro possuem 20” e a matéria prima também é o  alumínio. A nova versão é mais rebaixada e portanto, mais estável. De acordo com a Audi, o veículo apresenta conforto, boa dirigibilidade e design inovador.

Em termos de visual, o Audi RS4 Avant é arrojado, possui moderna grade frontal, detalhes em alumínio fosco, luzes diurnas com lâmpadas em  LED, faróis de xenônio, saias laterais redesenhadas, grande difusor, dentre outros atributos que chamam a atenção.

No interior, a versão conta com detalhes cromados,  assentos em couro, comandos elétricos, painel com display colorido e volante multifuncional. Os principais itens de fábrica são os seguintes: sensor de luz e chuva, sistema keyless-go e ar-condicionado automático.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Para os apaixonados por carros, preparem-se! A Honda anunciou a nova versão da linha City 2014: o novo City Sport (MT). A Honda já havia lançado no mercado as versões sedãs DX (MT), EX (AT), LX (MT) e LX (AT), que por sinal, fizeram o maior sucesso. Agora é a vez da versão City Sport: como o próprio nome já diz, o Sport vem com um design mais esportivo e arrojado, além dos seus traços notadamente marcantes.

O diferencial do novo sedã 2014 está, a começar, na parte frontal do carro, mais especificamente, na grade frontal. Diferentemente dos outros automóveis que costumam ser cromados, o City Sport tem a sua grade em preto fosco. Outra novidade é a cor das maçanetas e do suporte de placa traseiro, os quais também abandonam o visual cromado, adotando a mesma cor do carro. Já os faróis e as lanternas ganham um estilo mais ousado e agressivo. Quanto à parte interna, o Sport ganhou pedais cromados e uma alavanca de transmissão, ambos, bem estilizados.

O City Sport, assim como as demais versões da linha City, possui painel blackout, hodômetro parcial e total, volante de três raios que conta com EPS (Electric Power Steering), auxiliando nos momentos de alta velocidade, dando-lhe mais firmeza, e tornando o sistema  mais leve nas manobras de estacionamento. Além de um excelente espaço no compartimento de bagagem, de 506 litros.

Para saber maiores informações sobre o City Sport, no site http://www.honda.com.br/imprensa/noticias/Paginas/Hondaapresenta.aspx . 

Por Karen Regina Igari


No último domingo, 14 de julho, a Chevrolet apresentou o novo Tracker. A pré-estreia do modelo aconteceu em um evento realizado em São Paulo, após ter sido protagonista da nova campanha publicitária da montadora, transmitida em rede nacional durante o intervalo do Fantástico.

O veículo foi lançado no segundo semestre do ano passado na Europa, batizado de Trax, e não é nem parecido com seu homônimo anterior, que era similar ao Suzuki Grand Vitara. O novo Tracker é compacto e aproveita a plataforma do Sonic, sua data de lançamento por aqui deverá acontecer ainda no segundo semestre, provavelmente em outubro.

A Chevrolet o trará como principal novidade para este ano, como forma de continuar o processo de renovar sua linha de produtos, com promessa de conclusão para até o ano que vem.

O SUV chegará em duas versões de acabamento, a LT e LTZ, as duas vendidas de série com frios ABS e airbag duplo. Como opção de entrada o automóvel contará com rodas de aço de 16 polegadas e a versão mais cara contará com liga leve de 18. A GM deverá escolher o motor 1.8 Ecotec para o veículo, que conta com 140 cv.

As principais concorrentes do Tracker serão o Ford EcoSport, Renault Duster e o Peugeot 2008 que ainda será lançado.

Por Felipe Santos Bonfim


Fazia tempo que o Fiat Punto já não tinha mais tanto destaque no cenário acirrado os grandes carros do mercado. Assim, visando melhorar essa situação, a Fiat modernizou esse automóvel e espera conseguir ainda mais clientes para os próximos anos.  

Um das mudanças foi, por exemplo, no desenho dos para-choques. No entanto, como muita coisa foi mudada, naturalmente a empresa não focou somente no aspecto visual. O Punto versão 2013 tem sistema ESS (que sinaliza frenagens de emergência, freios do tipo ABS )e airbag de modelo duplo.

Outro ponto alto é, sem dúvida, a facilidade de dirigibilade do carro. É que o novo Punto vem com um sistema de ajuste de direção, o chamado seletor DNA que, como grande função, possibilita ao motorista escolher qual é sua melhor maneira de dirigir. 

Limpador traseiro, My Car Fiat, travas elétricas, travamento automático das portas a 20 km/,  direção hidráulica, HSD (airbag duplo e freios ABS), ESS (Emergency Stop Signaling) e vidros elétricos, tudo isso também faz parte das novidades do novo Fiat Punto 2013.

Os criadores do carro afirmaram que o diferencial desse automóvel está na facilidade da direção, ou seja,o motorista se sente realmente como um piloto, como alguém que pode guiar da maneira que for melhor e mais confortável para ela.

Por Madson Lima de Oliveira


Chega ao Brasil nesta semana a nova versão 2014 do Mercedes-Benz Classe E. O design continua o mesmo, porém pequenas mudanças foram feitas no para-choque, faróis, lanterna, visual do painel e capô. Já a tecnologia interna e o conforto do carro continuam os mesmos.

O Classe E vem em forma de Sedã 250 que custa aproximadamente R$ 300 mil e possui motor turbo 2.O I de quatro cilindros ou Sedã 350, com motor turbo de seis cilindros tipo 3.5 I que será vendido por aproximadamente R$ 285 mil.

As outras versões de Classe E disponibilizadas são o Coupé 250 custando algo em torno de R$ 240 mil e o conversível Cabriolet 350 pelo valor de R$ 300 mil.

Uma das novidades trazidas pela Mercedes no Classe E 2014 é a tecnologia de assistência de estacionamento, ela além de fornecer a distância na frente e atrás também fornecerá a distancia de pontos dos lados. A tecnologia de assistência é ideal para ser usada pelos motoristas quando há necessidade de estacionar em vagas em shoppings ou em prédios.

O que chama mais a atenção é a suspensão seletiva que sofre ajuste de acordo com a superfície do solo onde se esta dirigindo e com a velocidade assumida pelo automóvel.

A Mercedes-Benz continua investindo no design que lhe é característico desde 1947, os modelos da marca continuam sendo sinônimos de conforto, segurança e estabilidade.

Por Melina Menezes.


O carro japonês Nissan Altima 2013, grande sucesso nos Estados Unidos, está chegando no Brasil neste segundo semestre de 2013. Trata-se de um sedam de luxo que vem para competir com outros modelos da categoria.
Primeiramente ele virá dos Estados unidos e depois passará a vir do México. O Altima 2013 que será importado dos Estados Unidos vem com motor de 2,5 litros 16V com 184,5 cavalos de potência. Vem também com câmbio XTronic CVT. O Carro faz de 0 a 100 Km/h em 7,1 segundos e chega a 200km/h.
 

Há uma versão com motor 3.5 V6 com 274 cavalos, mas até o momento essa versão não vira ao Brasil. Por fora o Altima esbanja elegância em suas linhas, que chamam muito a atenção de quem o vê passar na rua. Na parte interna, além do design de alto luxo, traz muita tecnologia, tanto que a espuma dos bancos foi desenvolvida pela NASA. Seu interior é muito espaçoso, e traz os principais itens de série que são: volante de couro com aquecimento, Ar-condicionado dual zone, direção eletridráulica, detecção traseira de objetos em movimento, freios com ABS, EBD, VDC (Vehicle Dynamic Control, controle de estabilidade, seis airbags entre muitos outros.

O Altima 2013 tem seu preço sugerido de mais ou menos R$ 90 mil.

Por Mariana Rodrigues


A Chevrolet anunciou recentemente as novidades que farão parte do sedã Cobalt da linha 2014. Uma das novidades divulgadas pela montadora foi o sistema multimídia MyLink que será um item de séria para versão LTZ, a top de linha e que por isso mesmo também é a mais cara. O preço sugerido para o modelo começa no valor de R$46.690,00 para a versão com um motor 1.4. Para a versão 1.8 esse valor deve subir para R$49.290,00.

O sistema multimídia MyLink permite que usuário tenha acesso a diversos itens de forma interativa. A tela de sete polegadas é sensível ao toque. É através dela que se torna possível acessar músicas, vídeos, aplicativos do celular no interior do veículo entre outras coisas. O sistema também permite que ligações telefônicas sejam realizadas usando Bluetooth.

Para quem gosta de personalizar um pouco seu carro o sistema ainda permite que usuário crie algumas configurações como, por exemplo, em relação ao travamento das portas ou ainda a avisos sonoros para faróis ligados.

Para quem achar que isso tudo é pouco ainda pode adquirir aplicativos específicos para o sistema que podem ser comprados via internet. Entre eles está o browser BringGo que disponibiliza mapas em 3d e atualizações em tempo real do trânsito. Já para os fãs de música outro aplicativo é mais do que indicado: O TuneIn permite que usuário sintonize 70 mil estações de rádio!

Por Denisson Soares


A montadora francesa Renault marcou presença no Salão do Automóvel de Buenos Aires, na Argentina, e apresentou pequenas mudanças em um de seus modelos, o Koleos 2014. Com pouca coisa diferente do veículo lançado em 2011 no Salão de Frankfurt, na Alemanha.

Com mudanças limitadas em seu interior, o Koleos 2014 compensa nos itens de série, já que é equipado com ar-condicionado dual-onze com controle automático, detalhes em madeira sintética e um sistema de informação e entretenimento R-Link.

Do lado de fora, o carrão recebeu facelift que inclui para-choque dianteiro remodelado com a grade frontal refeita, com a logomarca da Renault em um tamanho maior, adotando a nova linguagem de designer francês. Foram incorporadas ao lindo crossover rodas reestilizadas e novas opções de cores, inclusive o bem aceito marrom Ebony.

A fabricante não liberou o resultado dos testes de desempenho do Koleos, mas afirmou que o veículo será comercializado com uma variedade de motores de alta potência, que pode ser incorporado ao sistema opcional de tração nas quatro rodas. O modelo não deverá ser comercializado no Brasil, já que a Renault deve apostar no lançamento Captur.

Por Marcos Junior


O Salão do Automóvel realizado no dia 20 de junho, em Buenos Aires, na Argentina também foi palco para a montadora alemã Volkswagen lançar duas novidades: o novo Golf e o compacto Up, que será produzido na planta de Taubaté (SP) e deverá ser lançado em setembro. Mesmo sem grandes novidades, a WW teve um dos maiores espaços do evento argentino, com estande de 2.150 metros quadrados preenchidos por 30 modelos europeus e locais.

As principais novidades foram a sétima geração do Golf, o compacto Up e o Passat Alltrack. O Golf será comercializado nas versões 1.4 TSI, com 140 cv, enquanto a versão GTI conta com motor 2.0 de 220 cv de potência. Ambos os modelos são acoplados à transmissão automatizada de sete velocidades. O Golf vendido na Argentina será importado do México, onde será produzido em 2014. A potente versão GTI virá diretamente da Alemanha.

No Brasil a situação ainda é indefinida, mas a tendência é que a montadora também importe do México no primeiro momento. Em 2014, o modelo deverá ser produzido na planta de São José dos Pinhais (PR).

Das três novidades, o Passat Alltrack é a que menos empolga. A versão perua Passat Variant ganhou um visual um pouco mais aventureiro. Com apliques prateados nos para-choques, o modelo não foge do gênero comercializado na Europa.

Por Marcos Junior


De acordo com algumas fontes ligadas a Audi, a montadora alemã revelou algumas novidades da nova geração do R8. De acordo com o Auto Express, o modelo que chega ao mercado em 2015, terá novo design, plataforma e motor mais potente.

A parte dianteira do modelo será parecida com a atual geração do Audi R8, mas com linhas ainda mais agressivas que será mais perceptível na grade. Além de novos LEDs diurnos. 

Já na parte de dentro, o console receberá um novo painel de instrumentos, e mais tecnologia embarcada será colocada no esportivo, como novos mapas no GPS e câmeras de visão lateral.

Mecanicamente, o Audi R8 os motores 4.2 V8 com 450 cavalos e 5.2 v10 de 570 cavalos de potência, terão novidades para atenderem as normas de emissão de gases da Europa, mas serão mais potentes. O Audi R8 poderá contar com sistema start/stop e sistema de desativação de cilindros.

A Audi poderá usar fibra de carbono, plásticos de alta resistência e outros materiais leves para reduzir o peso do veículo e deixa-lo mais rápido. O modelo será apresentado ainda este ano, provavelmente no Salão de Frankfurt, na Alemanha, em setembro.

Por Renato Vieira Maia Neto


Cada vez mais as montadoras estão investindo no segmento de carros hatch médio de luxo. Depois da Audi, BMW, Citroën, Mercedes agora é a vez da Volvo lançar o seu modelo no mercado. Trata-se do Volvo V40 um hatch médio de cinco portas, que é o sucessor do C30 de três portas que saiu de linha.

O V40 vem com motor de 2.0L, com cinco cilindros em linha e turbo gerando uma potência máxima de 180 cavalos e torque de 30,6 m.kgf. O carro vem com câmbio automático de seis marchas, com tração dianteira, e faz de 0 a 100 em 8,7 segundos chegando a uma velocidade máxima de 250 Km/h.

O Volvo V40 ainda traz um dispositivo chamado stop/start que ajuda a reduzir a emissão de poluentes. O motor desliga sempre que o carro está em ponto morto e religa automaticamente sempre que o motorista pisa no acelerador ou engata uma marcha.

O V40 traz os seguintes itens de série: freios antitravamento, controle eletrônico de estabilidade, airbag frontais, laterais, de cortina e de joelho para o motorista, ar-condicionado automático, bancos e volante revestidos em couro, sensores de estacionamento traseiros, piloto automático, rodas de 17 polegadas, dispositivo City Safety (para o carro automaticamente sempre que atingir 50 Km/h se não houver nenhum movimento do motorista) e central de áudio com interface Bluetooth e tela central de 7 polegadas.

Vem também com vários pacotes de opcionais: o Tech R$ 10 mil, Sport R$ 12 mil e o Safety R$ 15 mil.

Volvo V40 está sendo vendido pelo preço de R$ 115.950 sem os opcionais.

Por Mariana Rodrigues

Volvo V40


Audi Q5 Ambition no BrasilJá está a venda no Brasil o novo esportivo Audi Q5 Ambition, ele vem com um motor 3.0 V6 TFSI e com um valor inicial de R$ 246.700

O Q5 Ambition gera 272 cv de potência e torque de 40.8 kgfm, tem o câmbio de 8 marchas automáticas e um conjunto de tração integral Quattro. A velocidade máxima é de 234 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em 5,9 segundos. 

Segundo a marca que é de origem alemã, o Q5 Ambition teve uma redução de combustível de 15% com a média de 11,8 km/l tanto no uso urbano quanto no uso rodoviário. 

Os destaques entre os equipamentos são dos bancos da frente elétricos (que têm memória para o banco do motorista), lombar de ajuste elétrico, computador de bordo, porta-malas elétricos, faróis bi-xenônio, entre outros. 

Há a opção do Q5 com o Audi Side Assist que alerta o motorista sobre a posição do veículo em pontos cegos. O Audi Drive Select é um sistema que seleciona o modo de conduzir o veículo, seja o modo confortável ou o modo esportivo.

Por Mariana Rodrigues


Audi A3 no BrasilNa última segunda-feira (20 de maio de 2013) a montadora Audi iniciou no Brasil as vendas de seu mais novo lançamento. O novo Audi A3, que já está em sua terceira versão, já está disponível aos compradores brasileiros por meio das concessionários Audi.

O primeiro disponibilizado é o “Sport”, denominado pela Audi como sendo os carros que possuem carroceria e duas portas. O valor do modelo básico, sem adicionais, é de R$ 115.000.

Alguns dos diferenciais e atrativos desta terceira versão do Audi A3 é o motor 1.8 TFSI (turbo compressor e injeção direta de gasolina) e câmbio S-Tronic semiautomático composto por 7 marchas e embreagem dupla.

Comparando com a versão anterior do automóvel, há algumas modificações positivas: o novo Audi A3 é 90 kg mais leve do que seu antecessor. Além disso, traz um motor 1.8 que vai do 0 aos 100km/h em apenas 7,3 segundos. Quanto ao consumo de combustível, o modelo consome, em média, 17,8 km por cada litro de gasolina.

Além da versão “Sport”, a Audi informou que lançará também uma versão com carroceria 4 portas, ideal para a família, denominada “Sportback”.

Por Tatiane Andrade


Suzuki GS120No mês de abril, a fabricante Suzuki anunciou sua mais nova motocicleta, a GS120, no mercado brasileiro.

Essa nova moto foi o primeiro lançamento da marca no Brasil e é um veículo utilitário e de preço mais baixo, chegando a ser a motocicleta mais barata da Suzuki no território nacional.

Em questão de características mecânicas a nova GS120 possui 113 cilindradas, partida no pedal, freios simplistas e câmbio manual com 4 marchas. Além disso, a nova motocicleta ainda mede 1,9 m de comprimento, 1,215 m entre-eixos e e 0,75 m de largura.

Por ter um tamanho mais reduzido, como uma Honda Biz e uma Yamaha Crypton, o peso tende a ser baixo, sendo de 107 kg. O tanque da Suzuki GS120 suporta até 9,2 litros. Já o motor tem 8,43 CV de potência e torque máximo de 0,88 kgfm, além de ter um catalisador no escapamento para reduzir a emissão de poluentes.

O início das vendas da nova Suzuki GS120 acontece agora no mês de maio e o preço sugerido para venda é de R$ 3.990.

Com esse preço e com as características da moto, com certeza esse lançamento veio para competir com a Honda Pop 100, que custa R$ 4.190.

Por Guilherme Marcon


No início deste ano foi lançado o novo BMW Série 6 Gran Coupé. Um carro grande e confortável com seus 5 metros de comprimento, possui espaço para cinco passageiros e um porta mala de 460 L. É bem grande para a categoria.

Na parte externa vem com curvas envolventes valorizando a aero dinâmica, mas com a tradicional grade frontal já que essa é a marca registrada da BMW. No seu interior vem cheio de tecnologia e até parece os carros dos filmes do James Bond. Vem com GPS com tela de 10,2” polegadas onde também é uma central multimídia com HD de 12 GB, interface para smartphone, BMW Apps, internet, entrada USB, bluetooth, equalizador com 7 alto falantes de alta qualidade. 

A segurança não podia ficar de fora. Com freios ABS, seis airbags, controle de estabilidade e tração e faróis em LED. A versão 640i vem com motor 3.0 turbo de 6 cilindros em linha que gera uma potência de 320 cavalos.

O carro vem com câmbio automático de 8 velocidades fazendo com que o carro faça de 0 a 100 km/h em 5,4 segundos. Ainda vem com itens de série como bancos de couro, teto solar em cristal, rodas de aro 19 e câmera de ré. O único ponto negativo da BMW está no seu preço de R$399.950.

Por Mariana Rodrigues


A montadora alemã Volkswagen lançou no Salão de Xangai, na China, a nova geração do Santana que possivelmente substituirá o Polo Sedan no Brasil até o fim deste ano, mas por enquanto será vendida na China por ser líder no mercado produzido pela joint-venture Shangai Volkswagen Automotive. 

No ano passado a Volks apresentou oficialmente o novo Santana e tem em duas versões que é o Santana 1.4 e o Santana 1.6. O novo Santana vem com o motor de alumínio naturalmente aspirado em 4 cilindros e 16V a gasolina. 

O Santana 1.4 tem 90 cv de potencia, o seu consumo médio é de 16,9 km/l e o Santana 1.6 tem 110 cv e o seu consumo médio é de 16,6 km/l. 

O Santana não perdeu o seu formato quadro para ter prioridade no espaço grande do carro que é visível, vem com um conceito inteligente fazendo que o entre-eixos de 2,6 m venha criar um espaço maior paraos joelhos 

O porta-malas cabe 480 litros, vem com sensores de estacionamento, teto solar, rodas de liga leve, vem com três versões de acabamento que são o Trendline, Highline e Comfortline, os freios é ABS.

Por Mariana Rodrigues

Novo Satana 2014


Quem gosta de fabricantes de automóveis norte-americanas e também de carros grandes no estilo SUV vai gostar da novidade que vem para o Brasil, o Dodge Durango.

Maior que o Dodge Journey, o Durango foi feito para proporcionar muito espaço, o que é visto nas suas dimensões mais avantajadas. No carro cabem sete pessoas e ele mede mais de 5 metros de comprimento, o que já mostra que é difícil passar sem ser notado.

Além disso, o novo Durango possui ótimo acabamento na parte interna com bancos em 3 fileiras e se a última fileira for rebatida, a capacidade do porta-malas do SUV aumenta em 860 litros, pois passa de 490 litros para 1.350 litros.

O automóvel chegará no mercado brasileiro em dois modelos, o Citadel e o Crew. O primeiro é o modelo principal, top de linha, e tem uns itens a mais do que o Crew, como ventilação nos bancos da frente, rodas aro 20, faróis em xenônio, teto solar elétrico, entre outros.

O Crew possui ar condicionado digital, câmera para ré, disco para armazenamento de músicas com 30 GB, rodas aro 18”, bancos em couro, ótimo sistema de som com subwoofer e tração integral em todas as rodas.

Ambas as versões contam com motor de potência de 286 CV e oito cores à escolha do cliente. O valor de venda do Durango Crew é R$ 180 mil e do Durango Citadel é R$ 200 mil – aproximadamente.

Por Guilherme Marcon


Para complementar a sua linha premium de carros no Brasil, a Citroën lançou recentemente o automóvel DS4, que chega ao nosso país quase que junto do DS5 – ambos se unindo ao DS3 na família DS.

É claro que o DS4 segue o exemplo dos demais carros da marca francesa, porque possui um design extremamente bem feito e elegante, contendo elementos novos como os vincos na carroceria e o novo corte de abertura das portas de trás. Além disso, as rodas têm 18 polegadas e as maçanetas lembram um cupê, por serem embutidas nas portas traseiras.

Seguindo o exemplo do C3, o novo DS4 possui um para-brisas panorâmico que dá um ar de liberdade para o motorista. Na parte de dentro, o carro tem alguns traços futuristas com uma tela LCD e luzes azuis, o que mostra o grande investimento tecnológico da Citroën no desenvolvimento do carro. Há um computador de bordo que informa consumo, autonomia e dados semelhantes, além de um sistema de som que reproduz músicas via Bluetooth ou USB.

Os equipamentos que vêm de série no automóvel são bastante interessantes, como assistência em frenagem emergencial, ar condicionado digital, controle de tração, freios ABS, controle de estabilidade, faróis bi-xenon, GPS, regulagens lombares elétricas, assistência de partida em “subidas”, massageadores e medidor de espaço (para estacionamentos).

Já na parte mecânica o DS4 conta com um motor THP 1.6 – que também é utilizado em outros veículos da fabricante e até mesmo pela BMW. A potência total é 165 CV e a garantia é de 3 anos.

Quem deseja adquirir o novo carro pode encontrá-lo nas concessionárias pelo valor de R$ 99.990.

Por Guilherme Marcon


A Kia lançou no Brasil o novo Sedã, o Kia Cerato que conta com o motor flex e câmbio automático. Está com um novo design externo mais moderno e chamativo. Os faróis do novo Cerato têm os cortes mais retos com os contornos arredondados unindo-se a grade frontal, assim ganha um formato parecido com a boca de um tigre na parte da frente. Já na parte de trás as lanternas se esticam, desde o inicio das laterais e as rodas também estão redesenhadas com um vinco lateral.

Na parte interna, o Cerato ganhou novas dimensões e está medindo 4,56 m de comprimento, sua largura agora é de 1,78 m, já a altura é de 1,4 m e entre-eixos de 2,7 m. Essas medidas deixam o carro 30 mm mais longo, 5 mm mais largo, com menos 25 mm de altura e um espaço de 50 mm a mais no entre-eixos.

O motor do novo Cerato é flex de 122 cv de potência, 16 kgfm de torque com gasolina e 128 cv e 16,5 kgfm de torque com etanol. O câmbio é de 6 marchas, seja manual ou automático.

Por Mariana Rodrigues





CONTINUE NAVEGANDO: