Saiba aqui as principais novidades presentes no Novo Nissan Kicks 2019.

Esse novo modelo da Nissan, o Kicks 2019, ficará muito mais econômico com o foco de conquistar e surpreender de forma positiva todos os seus consumidores aqui no Brasil. Confira essa previsão para o seu lançamento no Brasil e todas mudanças no modelo e suas novidades.

Como sabemos que a montadora nascida no Japão, a Nissan, esteve entre as principais empresas que patrocinaram os Jogos Olímpicos no ano de 2016, esse grande evento que teve como sede a cidade do Rio de Janeiro, nesse evento a Nissan teve uma excelente oportunidade de poder divulgar a sua marca, em especial o seu novo crossover, um compacto que chegaria para o mercado brasileiro, com essa ótima ajuda em sua divulgação através desses Jogos Olímpicos, ele provavelmente teria um grande sucesso em suas vendas.

Apesar de o modelo ter sido somente conhecido nesse ano de 2016, por conta do evento global, a sua primeira vez que ele apareceu por aqui aconteceu já há quatro anos, na exposição do Salão do Automóvel em São Paulo, ainda no ano de 2012, época que esses utilitários mais compactos não eram nem um pouco populares, nessa época, o seu modelo Nissan Kicks chamou muita a atenção, pois ele apresentava algo em seu visual altamente moderno sem dúvidas muito diferente de que era conhecido em relação aos modelos da Nissan, sendo que os seus carros eram sempre vistos como os carros comuns e sempre sem possuir nenhum traço que marcasse o modelo.

Porém, existe ainda um projeto dentro da própria empresa Nissan que deixa de fato todo os seus clientes apreensivos, resumindo, o Nissan Kicks possuíra como esperado um consumo de aproximadamente 34 km por litro, você consegue imaginar algo assim? Porém, a Nissan vem com esse projeto que tem até o seu nome escolhido, será o Nissan Kicks e-Power, que tem a previsão de sua apresentação neste ano de 2018 ainda no Salão do Automóvel que acontece na cidade de São Paulo, porém, as suas vendas irão começar somente ano que vem e sem até agora uma data confirmada.

Com essa concretização, provavelmente o seu novo modelo, o Nissan Kicks 2019, irá poder dominar todas as vendas em relação ao modelo de SUVs no mercado nacional atual, já que ele será um veículo muito atraente por possuir um visual bem diferenciado e ainda se ele for aliado com sua economia anunciada tão benéfica assim, deverá promover um certo monopólio em todas as vendas, visto que sua economia de consumo será um dos principais fatores que irão ser analisados em uma eventual compra desse novo modelo.

A espera não é só desse modelo, o novo Nissan Kicks e-power, mas há uma grande expectativa pelo seu carro elétrico, sendo assim dá para ter uma noção que a intenção da empresa Nissan é tomar de alguma forma a dianteira sobre os carros ecológicos, já que eles serão claramente o futuro dos veículos automotores, todos esses novos projetos chegarão no Brasil o mais breve possível, já que tem sido um sucesso das vendas os carros da Nissan aqui no Brasil e isso tem agradado de forma muito positiva todos os seus investidores e principalmente a montadora.

Com certeza você não poderá perder o lançamento desses dois carros que serão sem dúvida nenhuma um novo marco em relação aos carros produzidos no Brasil. É certo que muitas montadoras estão investindo na produção de novos carros elétricos e até o ano que vem teremos grandes novidades nesse sentido. Porém, podemos ver também que em relação à super economia em relação ao combustível é uma novidade e tanto por aqui. Por isso estamos aguardando ansiosamente por essas grandes novidades.

Ricardo Ferreira Rodrigues


Veja aqui mais detalhes sobre o Nissan March 2018.

As novidades que podem chegar ao cenário automotivo nacional em 2018 aumentam a cada dia que passa e uma das mais interessantes está relacionada com a nova geração do Nissan March 2018, que será abordado em detalhes neste texto.

Informações básicas sobre Nissan March 2018

O novo Nissan March 2018, também conhecido na Europa como Micra, vai ser, como indicam os acontecimentos atuais, comercializado em território nacional no próximo ano provavelmente na cidade de Resende, no Rio de Janeiro.

Neste mesmo local a Nissan já fabrica o Kicks, um outro modelo de sua frota, o qual possui a mesma linha tecnológica do March, cujas configurações específicas foram registradas como patente no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual) do Brasil.

Os aprimoramentos realizados neste modelo de automóvel ocorrem pelo foco da Nissan em disputar mercado nacional de hatchs compactos mais refinados, tendo como principais concorrentes o Volkswagen Polo e Fiat Argo.

Características técnicas relacionadas com Nissan March 2018

Com relação aos aspectos técnicos básicos vinculados a este veículo, as informações atuais podem ser obtidas por meio da mesma geração do Nissan March 2018 presente para comercialização no mercado europeu.

Quanto ao seu aspecto mecânico, existem três modalidades de motores disponíveis, sendo um deles do tipo 0.9 litros turbo, que utiliza a gasolina como combustível, outro com 1.5 litros com estrutura de turbodiesel e um terceiro 1.0 litros com estrutura de 03 cilindros no formato aspirado.

Sobre o seu desempenho determinado, os motores 0.9 e 1.5 litros conseguem chegar a 90 cavalos de potência enquanto o que é de 1.0 litro alcança no máximo 75 cavalos havendo, em todos os casos, opção de câmbio manual e automático.

Novidades importantes no novo Nissan March 2018

As melhorias que foram criadas para a nova geração do Nissan March 2018 são iniciadas com auxílios importantes na condução deste veículo considerado como câmeras que permitem visão em 360 graus, além de alerta para presença de pontos cegos na direção.

Para facilitar a condução de forma geral, este automóvel possui elementos como reconhecimento da ocorrência de sinais de trânsito, informação de que o veículo saiu de sua faixa preferencial, bem como sistema inovador de frenagem automática para situações de emergência.

As melhorias tecnológicas também foram inseridas no Nissan March 2018 por meio de sistemas variados como os seguintes:

· Sistema de som do tipo Premium ofertado pela marca Boose

· Sistema de multimídia equipado com tela de 7 polegadas sensível ao toque

· Adequação a aplicativos automotivos como Apple CarPlay e Android Auto

Além disso, terá um tamanho maior com 12 centímetros de comprimento adicionais em uma aparência externa diferenciada por aspectos como suas lanternas traseiras agora em um formato inovador de bumerangue.

Possui ainda um volante com comportamento multifuncional com a possibilidade de acionar variadas atividades do veículo pelo motorista sem sair do lugar ou desligar o carro.

Apresenta também itens de série importantes como freios ABS com sistema EBD, ar condicionado automático digital, além de rodas de liga leve com aro de 16 polegadas e retrovisor externo equipado com luzes integradas.

Preços para aquisição Nissan March 2018

Os interessados em adquirir Nissan March 2018 terão que pagar valores financeiros um pouco mais elevados para ter na garagem este modelo determinado.

Não existe, ainda, uma tabela delimitada de preços, mas a perspectiva é de que suas versões mais básicas saiam a partir de R$ 44.900,00, chegando a cerca de R$ 55.000,00 para as versões do tipo Premium, chegando a montantes de R$80.000,00 para modelos mais completos com os adicionais disponibilizados.

Conclusão

Portanto, o mundo dos veículos hatch compactos disponíveis no mercado brasileiro terá no Nissan March 2018 mais uma opção interessante com valores financeiros adequados e melhorias relevantes no seu funcionamento especificado.

Ana Camila Neves Morais


Confira aqui os principais pontos positivos e negativos do Nissan Kicks S Manual.

Depois de anunciar a fabricação de seu modelo de SUV, o Kicks, em território brasileiro, a Nissan lançou no mercado três versões do seu novo queridinho, bem ao gosto dos brasileiros, na tentativa de esquentar mais ainda a briga com a concorrência por este mercado crescente.

A versão inicialmente fabricada no México, a SL, passou a ser fabricada em terras brasileiras, mas teve que se adaptar ao concorrido mercado nacional por hora sempre abalado por crises econômicas e ganhou versões mais simples, como a versão S e a SV.

Com as mudanças para o mercado brasileiro, o Kicks teve que incorporar alguns conceitos e itens na tentativa de ganhar espaço e que poderão agradar uma boa parte dos consumidores brasileiros.

Um dos diferenciais é o preço. O modelo estreante da Nissan chega às lojas sem deixar a desejar a seus concorrentes no quesito preço. A versão mais barata custa cerca de R$ 70.000,00. Para quem quer ter seu primeiro SUV na garagem, esta parece ser uma boa opção.

Alguns especialistas testaram o novo modelo que estreia no Brasil e num primeiro momento, as impressões parecem ser as melhores possíveis.

Um dos primeiros itens a ser analisado foi o câmbio manual. Nos modelos fabricados inicialmente no México, no caso o SL, o câmbio automático era o único sistema utilizado nesta versão. Na versão mais simples, a S, a montadora adotou a versão manual com cinco marchas.

Nos testes, o modelo manual mostrou uma maior agilidade, tanto na questão do peso, quanto no fato de que o sistema se mostrou bem curto, o que facilitava a troca de marcha e assim deu uma maior agilidade e maior velocidade nos teste da estrada.

Além disto, as outras diferenças notadas pelos especialistas dizem respeito ao quesito de estabilidade e dirigibilidade. A versão S sai de fábrica com aros 16. Como ele é mais alto que a versão inicial com 17 fabricada fora, o modelo brasileiro mostrou mais conforto e uma maciez ao volante durante os testes.

Com relação ao motor, embora seja menos eficiente que os da concorrência, não deixou a desejar em terras brasileiras.

Além disto, as outras diferenças são com relação ao design e ao estilo interno do novo modelo. As diferenças dizem respeito ao tamanho da tela dos painéis de navegação e a central multimídia e a alguns detalhes que dizem respeito aos detalhes da pintura ou a ausência de opções como a estepe de alumínio em algumas de suas versões.

No geral, a avaliação dos especialistas foi boa e a conclusão é de que vale a pena investir um pouco menos em relação aos concorrentes do mercado para se ter um bom modelo na sua garagem de casa.

Emmanoel Gomes


Modelo ganhou novas cores e uma versão de entrada.

Desde 2016, chegou ao mercado nas mãos da montadora Nissan, o novo modelo Kicks. E de lá pra cá, o SUV caiu no gosto do povo, mexendo com o mercado e trazendo inovações no design, incluindo nisso o seu carro oficial para as Olimpíadas do Rio.

O que talvez você não saiba, em termos de novidades, é que agora o Kicks está sendo fabricado na cidade de Resende, no Rio de Janeiro. Com comercialização de novas unidades ainda no mês de julho, o SUV é tido com o terceiro modelo da fabricante feito no Brasil, juntamente com o sedã Versa e o compacto March.

Apesar de não apresentar mudanças no seu visual, o destaque principal da apresentação ficou para as novas combinações de cores e versões. Isso porque, agora, o Kicks vem em quatro opções de cores, além das que já foram lançadas anteriormente.

Ainda são quatro novas opções de modelos, desde câmbio manual na versão S com rodas de ferro, que partem de R$ 70.500, até a versão SL, que chega a até R$ 94.900. Além dessas, ainda há outras versões intermediárias, com câmbio CVT e que podem custar até R$ 85.600.

Em relação ao motor, esse é igual para todos os modelos. Sendo assim, a motorização é de 1.6L de 16 válvulas, 114 cv de potência e 15,5 kgfm de torque. O que muda, todavia, é apenas a caixa da transferência, podendo ser automático CVT ou manual de cinco marchas.

E em benefícios, o aumento no número de opções do Nissan Kicks traz descontos especiais para os frotistas, bem como para pessoas que possuam direitos em relação à isenção de impostos em versão “S direct”. Em termos de valores, esses descontos podem chegar a até R$ 10 mil.

Entre os equipamentos que garantem maior conforto e também segurança, pode-se citar o alerta de colisão, assistente de frenagem inteligente, visão de 360º com Sistema Inteligente nas câmeras, controle inteligente de chassi, monitoramento inteligente de pontos cegos, estabilizador inteligente de carroceria e, por último, controle inteligente de freio motor.

Com câmbio manual, os consumos de combustível chegam, na cidade, a 7,8 km/l com etanol e 11,1 km/l com gasolina. Já na estrada, a versão em pedal de embreagem chega, na cidade, a 9 km/l com etanol e 13 km/l com gasolina.

Na versão com transmissão Xtronic CVT, as médias em etanol na cidade e estrada, respectivamente, são de 7,7 km/l e 9,4 km/l. Com gasolina esses valores sobem para 11,4 km/l na cidade e para 13,7 km/l na estrada.

Kellen Kunz


Novo SUV compacto chegou ao mercado para concorrer com SUVs compactos de outras marcas apostando em espaço, linhas atualizadas e um pacote robusto vindo de fábrica.

Já está sendo comercializado nas lojas de todo país o novo SUV compacto da Nissan, o Kicks, que chega ao mercado para concorrer com SUVs compactos de outras marcas apostando em espaço, linhas atualizadas e um pacote robusto vindo de fábrica. O modelo é comercializado em versão única, a R$ 89.990.

Fabricado em Resende, no Rio de Janeiro a partir de 2017, o Nissan Kicks será importado do México até que se inicie a produção em território brasileiro, e chega com design e estilo semelhante ao Range Rover Evoque, com teto levemente inclinando, coluna traseira diferenciada, faróis avantajados e grade frontal cromada em V. Na traseira, o Kicks possui recortes que acompanham as lanternas em forma de boomerang e oferece aerodinâmica satisfatória para o segmento de compactos. As opções de cores disponíveis para o modelo também agradam e seguem uma linha inovadora de outros modelos de mesma categoria, que agrada até os consumidores mais exigentes.

A grande jogada do Nissan Kicks, no entanto, é o pacote de série que oferece. Além do interior moderno e com bom acabamento, o carro oferece tela multimídia de 7 polegadas, painel frontal revestido em couro, com opção de 3 cores distintas, sistema de visão de 360 graus em volta do carro, sensor traseiro, airbags e porta-malas de 432 litros.

A versão Kicks SL será a única a ser comercializada no Brasil por enquanto, e vem com motor 1.6 com 114 cv de potência, que pode receber etanol ou gasolina como combustível. De acordo com o Inmetro, o modelo faz 8,1 quilômetros com 1 litro de etanol na cidade e 9,6 quilômetros por litro de etanol na estrada, ou 11,4 quilômetros por litro na cidade e 13,7 quilômetros por litro na estrada. O câmbio é automatizado.

O Nissan Kicks SL chega ao Brasil em sua versão completa com preço de R$ 89.990, e vem para brigar pela fatia de mercado ocupada pelo Honda HR-V topo de linha, que custa cerca de R$ 9 mil a mais que o modelo da Nissan. Nos próximos meses, também estará disponível nas lojas a versão Kicks Rio 2016, em comemoração às Olimpíadas do Rio de Janeiro, que traz plaquetas de metal escovado dos Jogos Olímpicos na tampa do porta-malas e no paralama dianteiro, e é comercializado por R$ 94.490.

Por André Barbirato

Nissan Kicks

Nissan Kicks

Fotos: Divulgação


Modelo já pode ser reservado pela internet, após a realização do pagamento de R$ 5 mil.

A Nissan anunciou que a partir dessa sexta-feira, dia 17, terá início uma pré-venda especial do Nissan Kicks. De acordo com a fabricante, as primeiras 1.000 unidades do modelo começarão a ser vendidas em sua edição especial Rio 2016.

Os consumidores interessados em adquirir o crossover poderão fazer o pedido do mesmo pela internet. Porém, é preciso fazer um pagamento como sinal no valor de R$ 5 mil em um prazo de até dois dias úteis para que a reserva feita possa ser garantida.

Entretanto, fica o aviso: Em termos gerais o consumidor não terá uma idéia certa de quanto deverá pagar pelo modelo. De acordo com as informações que estão disponibilizadas no site, o valor do carro poderá variar entre as cifras de R$ 89.000 e R$ 93.500. Sendo que ainda poderá haver o aumento de R$ 2,5 mil caso o interessado deseje que o teto do Kicks venha pintado de laranja.

Depois de efetuar todo o cadastro no endereço eletrônico www.nissankicks.com.br o interessado receberá da Nissan um contrato para formalizar e finalizar o processo. Esse documento também serve para que o cliente possa fazer o pagamento do sinal diretamente na concessionária.

Muita gente tem questionado se a reserva online fará diferença no tempo de espera para receber o carro. Basicamente a resposta é não. Ou seja, mesmo com a reserva feita a previsão é de que os consumidores só recebam o crossover no início do mês de agosto, que por sinal é a mesma data prevista para o início das vendas nas lojas físicas.

Da mesma maneira como aconteceu com o March Rio, essa edição comemorativa foi baseada na versão topo de linha SL, sendo que há o acréscimo de emblemas referentes ao evento esportivo.

A montadora irá numerar as unidades com uma marcação na grade frontal. Além disso, os consumidores poderão escolher entre três opções de cores: completamente cinza, completamente branco ou branco com o teto laranja.

A Nissan já havia informado que o Kicks deverá ser vendido apenas com uma opção de motor, sendo ela a 1.6 16V com 114 cavalos de potência. O modelo contará com o câmbio automático CVT, o mesmo que se encontra presente tanto no March quanto no Versa.

A esperança da montadora com o Kicks é que ele se torne um rival competente para concorrer com o Jeep Renegade e o Honda HR-V.

Por Denisson Soares


Carro passou por reestilização e ganhou melhorias no motor.

O modelo superesportivo da Nissan, o GT-R, ganhou uma estilização nova que deve deixa-lo ainda mais atraente. Não só o visual ganhou novidades, mas também sua tecnologia e o seu trem de força. Além disso, a empresa japonesa prometeu que o novo GT-R teria versão para ser vendida no Brasil.

O que mudou?

Desde 2007, quando o modelo foi lançado, o GT-R já passou por algumas reestilizações para deixa-lo mais atraente para o mercado e para agradar os consumidores. Dessa vez o carro ganhou acabamento cromado V-Motion, que é a assinatura atual da Nissan.

Para garantir melhor estabilidade o capô foi reforçado e ganhou um para-choque mais robusto e melhor. Uma nova peça foi adicionada ao design do carro, o aerofólio dianteiro. Em geral o design da carroceria sofreu leves alterações que tem como objetivo melhorar o desempenho do carro e aumentar o fluxo de ar, tornando-o mais aerodinâmico.

O motor é outro que ganhou melhorias que implicaram num aumento de 20cv a mais do que a última versão do GT-R possuía. O controle de ignição por tempo individual ajudou a melhorar a arrancada e a dar um impulso a mais na hora da partida.

Completando o design renovado, o GT-R ganhou novas opções de cores, como a Blaze Metallic e também cores para o interior do carro para quem comprar a versão Premium. A cabine poderá ter os tons Samurai Negro, Preto Rakuda, Preto Marfim e Preto Âmbar Vermelho.

Lançamento no Brasil

A data oficial do lançamento não foi divulgada pela montadora japonesa, mas alguns detalhes já são conhecidos. O esportivo será vendido por aqui somente sob encomenda e as vendas devem começar nesse ano.

Já existem alguns GT-Rs circulando pelo Brasil, mas eles são frutos de importação do próprio comprador. A diferença é que agora a concessionária poderá vender os veículos desse tipo.

Não se sabe se todas as versões do GT-R estarão disponíveis ou se somente a versão para uso na rua ou na pista. O preço é uma incógnita igual, mas é bom esperar algo salgado considerando que o carro não é fabricado dentro do país, portanto, terá as taxas de importação sobre o preço.

Por Gizele Gavazzi


Montadoras irão instalar 120 novos pontos de recarga nos Estados Unidos.

Com o objetivo final de tornar mais popular o uso dos veículos movidos a eletricidade nos Estados Unidos, a empresa japonesa Nissan e companhia alemã BMW anunciaram no fim do ano de 2015 uma parceria para que pudessem ser instalados 120 novos pontos públicos para realizar o carregamento rápido destes veículos. Os mesmos seriam espalhados por 19 estados do país norte-americano. Desta forma, as duas empresas visam um acréscimo na representatividade dos veículos fabricados pelas respectivas marcas, o BMW 13 e também o Nissan Leaf.

Estas novas estações de recarga de veículos elétricos irão contar com 50kW, além de serem equipados com dois conectores que suportam as tecnologias de recarga usadas tanto por uma, quanto pela outra companhia. Além do mais, esta novidade permitirá realizar o carregamento de até 80% da bateria de um i3 ou de um Leaf em torno de 20 a 30 minutos e terá indicação aos motoristas através de um aplicativo chamado EZ-Charge da Nissan e de um sistema chamado ConnectedDrive da BMW.

Os próximos pontos que irão receber os carregadores ofertados pela parceria entra a BMW e Nissan serão os estados de Connecticut, Califórnia, Flórida, Illinois, Georgia, Indiana, Minnesota, Maryland, Misouri, Nevada, Novo México, Nova York, Carolina do Sul e do Norte, além de Pensilvânia, Ohio, Tennessee, Winsconsin e Virgínia.

Segundo o diretor de vendas e marketing da Nissan, Andrew Speaker, realizar essa parceria juntamente com a BMW para que possa ser aumentado o número de carregadores públicos e rápidos, dá a possibilidade da empresa expandir o alcance e conseqüentemente a confiança dos motoristas que possuem veículos movidos a eletricidade.

Já o gerente da BMW na América do Norte, Cliff Fietzek, diz que eles estão focados em tornar mais fácil as viagens que possuem longas distâncias, para que os condutores passem a escolher cada vez mais este tipo de veículo.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Veículo será lançado no Brasil no próximo ano e será vendido sob encomenda.

Mês passado a Nissan apresentou seu novo modelo de esportivo, o GT-R Nismo. A novidade apareceu na Europa, nos Estados Unidos e no Japão, sendo que também foi confirmado o lançamento no Brasil para 2016. O carro foi revelado por Carlos Ghson, brasileiro que comanda a Nissan, antes da abertura do Salão de Tóquio em Yokohama.

A Nissan já havia utilizado um modelo GT-R na prova das 24h de Nurburgring, que inclusive causou um acidente contando com um morto durante uma corrida. O GT-R Nismo é baseado naquele utilizado em Nurburgring, mas com diversas melhorias aerodinâmicas e no motor que garantam melhor performance.

A montadora trabalhou na suspensão para diminuir o ruído no interior da cabine e a carroceria agora conta com uma combinação de partes soldadas e coladas para maior resistência. O carro deve ser capaz de aguentar as mais extremas situações e pistas.

O interior é luxuoso e confortável: conta com bancos de fibra de carbono e computador de bordo que recorda a performance do piloto que pode, inclusive, ser acessada através de download. Além disso o visual recebeu um spoiler traseiro e pintura exclusiva em cinza.

Foram confirmadas as importações dos dois modelos GT-R da Nissan, tanto o Nismo quanto o GT-R, para o Brasil no último dia 30 de novembro. Quem fez o anúncio foi François Dossa, presidente da Nissan Brasil, e José Valls, o chairman da montadora na América Latina. Apesar de nenhum preço ter sido confirmado, foi dito que o esportivo chegará ao Brasil custando menos que R$1 milhão e que ele só terá vendas sob encomenda.

Ambas versões são extremas. A standard vem com um motor 3.8 V6 biturbo e câmbio de 6 marchas e dupla embreagem. O Nismo pode chegar aos 100 km/h em 2,6 segundos e tem uma velocidade máxima de 315 km/h. Parecem carros ideias para os amantes da velocidade e qualidade endinheirados.

Por Gizele Gavazzi


Versão Unique traz itens adicionais e novidades ao novo Sentra.

A fim de continuar com um bom conceito no mercado brasileiro, tendo em vista que o Nissan Sentra obteve o êxito de ter sido o terceiro carro mais vendido no país no segmento dos sedans médios, a Nissan anunciou oficialmente que na linha 2016 deste veículo terá mais um atrativo para os consumidores que será uma versão inédita chamada Unique.

A criação dessa nova versão foi baseada no modelo topo de linha do Sentra, a versão SL, sendo que na versão Unique o veículo terá alguns diferenciais. O acabamento interno que na versão SL era em couro preto acabou sendo modificado para as cores bege e cinza sendo que o couro foi mantido, as rodas desta versão serão mais uma exclusividade e virão no tamanho 17 polegadas, nas portas as soleiras serão iluminadas, os frisos das laterais serão todos na mesma cor da carroceria do veículo. Esta versão ainda contará com a tecnologia do alarme do tipo volumétrico e carpetes e tapes exclusivos dessa série.

A versão Unique será comercializada nas concessionárias nas seguintes cores: Branco Diamond, Prata Classic e Preto Premium. O preço sugerido pelo fabricante por este modelo exclusivo será de R$ 87.490.

No quesito segurança essa versão topo de linha do Sentra também não deixou a desejar, tendo em vista que nela também estão presentes as tecnologias de controle de tração e de estabilidade.  

Para aqueles que gostam e não abre mão do entretenimento no interior do carro as notícias são boas, pois a versão Unique também virá com o Sistema Nissan Connect, sistema este que permite aos ocupantes do carro ter acesso às redes sociais através da central de multimídia.

Com relação à motorização dessa versão do Sentra, ela terá o mesmo motor das demais versões, sendo que o propulsor será o 2.0 16V, o qual tem a capacidade de produzir uma potência máxima de 140 cavalos, isso abastecido tanto no álcool quanto na gasolina. O câmbio utilizado foi o modelo CVT.

Por Adriano Oliveira

Nissan Sentra Unique 2016

Nissan Sentra Unique 2016

Nissan Sentra Unique 2016

Fotos: Divulgação


Modelo terá 30 unidades produzidas e será comercializado na Europa e nos EUA

A Nissan informou que o conceito Sway, divulgado em Genebra, poderá ser produzido. O modelo com visual atrativo e elegante poderá aparecer como um veículo novo e direcionado apenas para o continente europeu e EUA. A empresa não forneceu especificações de como este modelo seria comercializado nestes mercados, entretanto, é informado que ele será produzido no território francês, uma vez que faz compartilhamento da plataforma do Novo Renault Clio.

O Nissan Sway é bem mais elevado em relação ao March, tendo a medida de 4,01 m de comprimento, 1,78 m de largura, 1,38 m de altura e 2,57 m de entre-eixos, tornando-se desta forma um nível superior do compacto de entrada.

A Nissan também garantiu que irá realizar uma edição especial do GT-R, em comemoração aos 45 anos do veículo. A versão especial, denominada de Gold Edition, é recebida junto à linha 2016. O modelo possui motor biturbo V6 3.8 litros de 550 cv e possui o valor de US$ 101.970. O veículo especial tem rodas de liga leve de 20 polegadas, carroceria em sílica na cor bronze, como também uma placa de ouro com o texto 45 anos. Segundo a empresa, somente 30 unidades serão produzidas.

A versão Black Edition, por sua vez, possui spoiler traseiro em fibra de carbono, bancos esportivos com costura contrastante, rodas especiais e seu valor é de US$ 111.510.

A Nissan também divulgou recentemente seu New March com dois fatores novos, sendo o sistema de partida a frio do motor Flex Start Bosh, que retira o tanque auxiliar de gasolina, famoso como “tanquinho, e também o novo motor 1.0 12V de três cilindros. Sendo fabricado no complexo industrial de Resende, no Rio de Janeiro, o modelo é recebido no Brasil com valores que vão de R$ 35.990 a R$ 47.490, segunda a versão e a motorização.

O modelo New March 1.6 de 16V também recebe a partida a frio e continua com as especificações completas dos anos anteriores.

Por Felipe Couto de Oliveira

Nissan Sway

Nissan Sway

Nissan Sway

Fotos: Divulgação


De acordo com Carlos Ghosn, CEO da Renault e Nissan, será lançado em 2016 a primeira geração dos automóveis autônomos. Segundo as informações reveladas pelo executivo das marcas, mesmo que o carro possua capacidade autônoma, ele não prescinde de motorista, assim, ele será uma ótima solução quando houver um engarrafamento.

Ainda segundo Carlos Ghosn, existem diferenças entre veículos autônomos e aqueles que não necessitam motorista. Nos primeiros, o carro deve ser conduzido por uma pessoa, no entanto, o carro consegue solucionar rapidamente situações complexas para o indivíduo.

Cabe informar que, 90% dos acidentes que ocorrem no trânsito são resultado de uma falha humana. A autonomia completa, chegará em carros topo de linha das fabricantes, esta funcionalidade encarecerá o preço dos automóveis.

Para que ela seja incorporada aos carros, precisará passar por uma série de ajustes e testes e, além disso, deverão acontecer muitas negociações com empresas de tecnologia para serem evitados os ataques cibernéticos.

Depois do lançamento da primeira geração em 2016, ocorrerá o lançamento de uma segunda, em 2018. Nos veículos da 2° versão, a autonomia será inserida a ponto do carro ser capaz de mudar sozinho de faixa e dirigir sozinho pelas estradas. Os automóveis que não precisam de motorista serão lançados somente em 2030, pelo menos esta é a previsão do CEO da Renault- Nissan.

Ainda de acordo com Carlos Ghosn, muitos detalhes da capacidade autônoma deverão ser avaliados até o lançamento da primeira leva de veículos das montadoras com esta tecnologia. Algumas decisões, no que se refere ao comportamento do carro perante alguma situação adversa ou até mesmo difícil, devem ser imaginadas e programadas nos carros.

Atualmente, a Nissan é uma das maiores fabricantes de carros elétricos a nível mundial. Ao todo, a marca já vendeu mais de 250 mil unidades deste tipo de veículo. Os carros que funcionam a base de energia elétrica ocupam uma boa parcela do mercado norte-americano.

Por Melina Menezes

Foto: Luiza Dantas


Cerca de 4 anos através foi lançado no Brasil o magnífico modelo de veículo conhecido como o March, e nesse ano de 2014, o mesmo recebeu o nome de New March, e grandes alterações foram feitas, deixando esse modelo ainda mais incrível.

O New March foi criado para trazer uma nova identidade Nissan, pois nesse modelo vai ser possível constatar um diferencial que são os seus novos faróis e grade frontal. Os fabricantes ainda redesenharam todo o seu para-choque, o que deixou o modelo com uma entrada de ar bem sofisticada.

Já as mudanças que foram realizadas na traseira desse veículo foram mais discretas, o que inclui apenas nova posição das luzes e o novo para-choque.

O modelo tem 3,83 metros de comprimento, sendo 4,7 centímetros maior do que o seu modelo antigo, e tem 1,68 metro de largura, sendo apenas um centímetro a mais.  A altura é de 1,53, e a distância do entre-eixo desse modelo é de 2,45 metros.

É possível ainda relatar que o modelo teve diversos tipos de alterações internas, e isso inclui a substituição de saídas centrais do ar-condicionado que no modelo anterior era em formato arredondado, e agora o mesmo foi feito em um formato retangular. O ar-condicionado do New March é digital.

O seu painel é de 5,8 polegadas sensível ao toque, sem contar nas travas elétricas, som de última geração, tomada de 12 volts, calotas, retrovisores externos na cor da carroceria, entre muitos outros itens que fazem desse modelo um dos mais esperados do momento.

As motorizações oferecidas são 1.0 16V e 1.6 16V. O modelo 1.0 alcança a velocidade de 74 cavalos, e o outro pode chegar a 111 cavalos, e isso depende claro do combustível escolhido.

De acordo com os seus fabricantes, os modelos serão comercializados em valores diferenciados, podendo ser de R$ 32.900 até o valor de R$ 42.900, e o mesmo vai ser vendido com três anos de garantia. 

Por Josiane Fernandes de Jesus

Foto: divulgação


Depois de flagras e teasers, a Nissan revelou oficialmente a nova picape Frontier 2015. Denominada de Navara em alguns mercados, principalmente nos países asiáticos, a Frontier, que era vendida desde 2005 com o mesmo visual, passa a apresentar um visual bastante modificado e mais refinado. As maiores alterações foram realizadas na parte dianteira da picape da Nissan, que evolui bastante nessa nova geração, e passa a contar com linhas mais modernas e harmônicas, além de trazer as características de design presente nos mais novos lançamentos da marca nipônica.

Na parte frontal, os destaques são os novos faróis redesenhados, dotados de luzes diurnas de posição compostas por LEDs integrados à nova grade frontal. Outras novidades na dianteira ficam por conta do novo para-choque e dos faróis de neblinas com moldura cromada, dando um ar mais refinado e menos robusto à caminhonete. Na traseira, o veículo vem com novas lanternas traseiras, maiores que a da geração anterior, uma nova tampa para acessar a caçamba com um spoiler integrado.

Na cabine, a renovação foi ainda mais evidente, já que agora o interior se parece mais com um carro convencional do que uma picape. Inspirado no interior do Sentra, a nova Frontier aderiu um acabamento mais refinado e novas tecnologias, que inclui um sistema de entretenimento com tela touchscreen no console central, acabamento em duas cores no console central, detalhes em cinza claro no painel e nas portas, além do botão de partida que substitui o uso de chave.

Assim como na geração vendida atualmente, a nova Nissan Frontier será oferecida em várias configurações, que inclui carroceria com cabine simples e estendida.

A fabricante japonesa ainda não divulgou detalhes técnicos da versão estadunidense, mas no mercado europeu o modelo será vendido com motor 2.5 Turbodiesel com potência de 165 cv e 190 cv, além de uma versão 2.5 movida a gasolina. Toda a gama de motor poderá trabalhar em conjunto com um câmbio manual de seis marchas, ou com uma nova transmissão automática de sete velocidades.

Esperada para o fim do ano, a nova Frontier promete aumentar ainda mais a concorrência no segmento, que já conta com Ford Ranger, Toyota Hilux, Volkswagen Amarok, Mitsubishi L200 e Chevrolet Colorado/S10.

Ainda não foi confirmado quando a nova geração da caminhonete chegará ao Brasil, no entanto, isso deverá ocorrer após o lançamento do modelo no mercado estadunidense. 

Por Caio Polo

Nissan Frontier 2015

Foto: Divulgação


Dando um grande passo para avançar nas vendas no mercado brasileiro, a Nissan lançou o New March 2015 fabricado na nova unidade fabril situada em Resende – RJ. Com mudanças pontuais, tanto internas quanto externas, a marca nipônica aposta na lista de série e no visual renovado e mais atraente. O New March 2015 chega com preços a partir de R$ 32.990 e chega até R$ 42.990.

Esteticamente, a principal mudança fica por conta da parte dianteira, que traz novo para-choque, grade dianteira e faróis redesenhados e mais harmônicos com o resto do veículo. Na traseira, houve apenas alterações pontuais, com mudança na disposição das lanternas traseiras e algumas modificações no desenho do para-choque.   

Outro quesito que a Nissan trabalho foi o acabamento interno, que passou por alterações para deixar o veículo mais interessante, dinâmico e versátil. Enquanto o novo console central traz uma nova disposição e contém um plástico com toque mais refinado e aplique que imita aço escovado, os bancos estão mais macios e confortáveis.

É possível notar ainda um melhoramento no acabamento em geral, mesmo sem apresentar nenhum luxo dos veículos de outros segmentos oferecidos pela Nissan. Além disso, a Nissan também reforçou a estrutura, para oferecer maior proteção contra impactos e adotou novo tratamento acústico.

Para completar as novidades do New March 2015, a marca japonesa lançou para o compacto o sistema NissanConnect, dispositivo que permite o condutor acessar às redes sociais, visualizando os eventos e ainda fazer com que o navegador via satélite (GPS) trace um caminho e vá para o local do evento.

Mecanicamente não houve alterações e, portanto, o New March 2015 mantém os motores 1.0 16V Flex que entrega até 74 cv e torque de 10 kgfm, ou o bloco 1.6 16V Flex com até 111 cv e torque de 15,1 kgfm. Vale lembrar que ambos contam com a tecnologia que dispensa o tanquinho de gasolina para partidas a frio.

Oferecido em seis configurações (1.0 Conforto, 1.0 S, 1.0 SV, 1.6 S, 1.6 SV e 1.6 SL), desde a versão de entrada (1.0 Conforto) o modelo conta com uma boa lista de equipamentos de série, trazendo freios ABS com EBD e assistência de frenagem, airbag duplo, direção elétrica, ar-condicionado, banco do motorista com regulagem de altura, painel de instrumento com conta-giros e velocímetro com acabamento em prata, computador de bordo, volante de três raios com regulagem de altura, entre outros itens.

A configuração 1.0 S traz os mesmos equipamentos da versão anterior, acrescido de travas elétricas com abertura remota na chave, vidros nas quatro portas com acionamento elétrico e com função “One Touch” para o motorista, maçanetas internas cromadas e retrovisores elétricos.

A versão 1.0 SV é a mais completa com essa motorização. Portanto, além de todos os itens já citados, o modelo traz aerofólio com brake light e lâmpada de LED, moldura da grade inferior cromada, faróis de neblina com acabamento cromado, sistema de som com quatro alto-falantes, áudio streaming e comandos integrados no volante, maçanetas externas na cor da carroceira, revestimento dos bancos diferenciado e rodas de liga leve de 15 polegadas.

Por fim, enquanto as versões 1.6 S e 1.6 SV trazem os mesmos itens das versões dotadas com motor 1.0, a configuração 1.6 SL é a topo de linha do New March 2015. Nessa versão o modelo vem equipado, com todos os equipamentos citados nas versões anteriores, acrescido de ar-condicionado digital automático, acabamento do painel central em Black Piano, revestimento dos bancos com tecido Premium, sistema de entretenimento com tela touchscreen de 5,8 polegadas, que abrave o sistema de som, o NissanConnect, navegador GPS e que ainda exibe imagens da câmera de segurança para manobras em marcha ré alarme com acionamento na chave, faróis dianteiros com máscara negra e rodas de liga leve de 16 polegadas com acabamento Inner Black.

Abaixo, versões e preços do New March 2015:

– 1.0 Conforto – R$ 32.990

– 1.0 S – R$ 34.990

– 1.0 SV – R$ 36.990

– 1.6 S – R$ 37.490

– 1.6 SV – R$ 39.990

– 1.6 SL – R$ 42.990

Por Caio Polo

Foto: divulgação


A Nissan, enfim, inaugurou nesta última terça-feira (15) a sua fábrica exclusiva em Resende, interior do Rio de Janeiro. A marca tinha prometido, há dois anos, que iria ter uma produção sozinha aqui no Brasil, diferente da que tem em conjunto com a Renault em São José dos Pinhais, no Paraná.

O primeiro carro da Nissan no Rio de Janeiro será a reestilização do novo March, que até agora chegava importado do México. No sul do Brasil, a marca vai continuar produzindo os modelos Livina e Frontier.

A inauguração da nova fábrica da Nissan contou com presenças ilustres que demonstraram o quanto a fábrica é importante. Compareceram o CEO global da empresa, o brasileiro Carlos Ghosn; o governador do Rio de Janeiro, Luis Fernando Pezão; o presidente da Nissan para a América Latina, José Luis Valls; e o presidente da Nissan do Brasil, François Dossa, além de outros executivos e diretores do alto escalão, autoridades, colaboradores e convidados.

O residente global da Nissan, Ghosn afirmou que a inauguração faz parte da meta da marca em crescer em território brasileiro. "O complexo industrial da Nissan em Resende é fundamental para atingirmos nossos objetivos de crescimento no Brasil. Nossa meta é atingir 5% de participação de mercado até 2016 (acrescentando um ponto percentual ao ano) e ser a primeira entre as marcas japonesas".

Além da fabricação de carros, a nova filial da Nissan também vai produzir motores. O plano é fabricar 200 mil unidades de propulsores e veículos no local. O gasto da empresa para construir essa nova sede foi de R$ 2,6 bilhões e vai empregar 4 mil pessoas entre empregos diretos e indiretos.

Já nesta semana a fábrica já começa seus trabalhos com o New March, que terá motor 1.0 16V flex e a versão 1.6 16V também flex. O sedã Versa nacional começa a ser feito no segundo semestre, já com facelift. Ambos estreiam a gama 2015 da fabricante.

Por Carolina Miranda

F?brica da Nissan em Resende (RJ)

Foto: Divulgação


Estamos todos ansiosos para as novidades de carros em 2014. O público brasileiro está cada vez mais crítico e quer que seus automóveis estejam cada vez mais modernos e cheios de recursos.  E assim, com essa proposta interessante, foi que surgiu o Nissan Altima 2014, um veículo leve e com um design de tirar o fôlego.

Alguns de seus pontos positivos são os descritos a seguir: câmbio cvt, torque, prazer em dirigir, bancos desenvolvidos pela nasa, som bose, quantidade de acessórios de série.

Já os pontos negativos são: mecanismo de abertura e fechamento da tampa do porta malas é obsoleto e toma espaço do mesmo.

O Nissan Altima é o sedã grande da marca no mercado brasileiro. Na mecânica, o modelo traz motor 2.5 16V só a gasolina de 182 cv (a 6.000 rpm) e 24,8 kgfm de torque (4.000 rpm) acoplado a uma transmissão de relações continuamente variáveis (CVT). O sistema de suspensão é independente nas quatro rodas.

Esse é o maior sedã do Brasil e sua beleza chama a atenção de todos os que adoram carros de grande qualidade e estilo.

Contudo, para que o leitor se sinta dentro do carro, é preciso descrever alguns itens de série que fazem parte do Nissan Altima, a saber: Vidros elétricos na dianteira com acionamento em dois toques, vidros elétricos na traseira, Conexão externa para entretenimento inclui tomada com entrada auxiliar e inclui conexão USB.

Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidais, suspensão tipo multibraço e traseira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidais.

Bancos dianteiros individuais, com aquecimento, ajustável eletricamente, com cinco ajustes para motorista, elétrico, elétrico, elétrico e elétrico, bancos dianteiros individuais, com aquecimento, sem ajustes para passageiro, manual e manual, entre outros recursos de primeira linha.

Seja lá como for, seu preço sugerido é de R$ 99.800,00.

Por Juan Wihelm

Foto: divulgação


O Nissan Micra é um veterano da classe supermini  e tem mantido esse titulo há cerca de quase três décadas, um feito que ajudou a solidificar sua reputação de grande confiabilidade. O Nissan Micra é projetado para rivalizar com os modelos Ford Fiesta e Polo da Volkswagen e, certamente, ele tem valor competitivo para isso.

O Micra é espaçoso, bem equipado e eficiente. O mais recente lançamento da quarta geração do Nissan Micra foi modificado para atingir mais de um mercado global. Infelizmente o Micra deu um passo para trás, a mais recente versão do carro está disponível apenas como um modelo econômico de cinco portas, o Nissan Micra CC de três portas não está mais em produção. Ele vem em três níveis de acabamento, porém há quem diga que "alguns modelos não estão vindo com os equipamentos essenciais”.

O Nissan Micra não tem o mesmo apelo peculiar que costumava ter em sua atualização em 2010,  quando o carro foi reestilizado para atender a um mercado mais global, fazendo com que parecesse muito mais simples.

Agora o novo Nissan Micra recebe todas as atualizações ditas necessárias  com um novo capô, novos faróis e um para-choque traseiro para ajudar a criar um visual mais dinâmico e virá em três versões: Visia, Acenta e Tekna.

A versão Visia vem com rodas de liga leve, faróis de nevoeiro dianteiros e ar condicionado, para-choque, conectividade USB e controle de estabilidade.

Nissan Micra

Foto: Divulgação

Os modelos Acenta virão com rodas de liga leve de 15 polegadas, bem como acabamentos cromados no interior e recursos de segurança.

Já o Tekna adiciona um teto de vidro panorâmico, bem como a opção de um pacote de estilo mais agressivo, rodas de liga leve exclusivas e um spoiler montado com o interior trabalhado em plástico duro, alguns dos modelos têm ainda arestas que sobraram do processo de moldagem.

Por Jaime Pargan


As montadoras estão cada vez mais preocupadas com a segurança no trânsito. É por isso que algumas veem estudando a possibilidade de fabricar um carro autônomo. A Nissan é uma delas e, no final de setembro, apresentou em Tóquio um protótipo desse veículo. "Levamos mais de 30 anos trabalhando em carros autônomos e agora nos aproximamos do nosso objetivo graças às tecnologias eletrônicas recentes", destacou a marca.

O presidente brasileiro da fabricante, Carlos Ghosn, revelou que o grupo pretende lançar o modelo em 2020. A idéia é reproduzir tecnicamente o que o homem é capaz de fazer de forma instintiva – compreender, julgar e agir – com a utilização de cinco câmeras, cinco scanners à laser e outras tecnologias de ponta para analisar o entorno e garantir uma resposta rápida diante de imprevistos.

Dados cartográficos seria o tipo de ferramenta para fazer análises e antecipar a ação do veículo em cruzamentos, parar diante da aproximação de risco de outro veículo ou desviar de qualquer item à sua frente, por exemplo, visando à segurança do motorista. Mesmo assim, as ações com o volante ainda responsabilizará o ocupante por eventuais acidentes, mas acredita-se que o índice seria drasticamente reduzido.

A empresa ainda informou que nos próximo seis anos que antecederão a data prevista para lançamento do carro ainda procurará desenvolver tecnologias que se adequem às necessidades do mercado.

Por Jaime Pargan


Nissan Sentra 2014Recentemente a montadora Nissan anunciou o início da pré-venda da nova geração do Nissan Sentra, um de seus carros mais conhecidos.

O automóvel chegará às concessionárias no mês de outubro e os pontos de venda nas cidades de Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro já estão se preparando para receber o modelo.

A versão anterior do Sentra  é encontrada em três opções, sendo que todas elas  apresentam motorização 2.0. A versão MT é vendida pelo valor de R$ 52.190, a Special Edition é comercializada pelo preço de R$ 62.990 e a top de linha SL, pelo valor reduzido de R$ 67.690. Como uma nova gama de veículos deve chegar ao mercado em breve, os modelos de 2013 devem sofrer reajustes e receber descontos, a fim de intensificar as vendas e preparar o terreno para a estreia do Nissan Sentra 2014.

O carro em questão será disponibilizado apenas na versão SL e o seu preço de venda será de R$ 71.990,00. Quem estiver esperando a versão manual terá uma grande decepção, pois nem os modelos de 2013, nem o modelo de 2014 oferecem a opção. Mas vale destacar que as versões de 2013 equipadas com CVT podem ser encontradas com descontos de até R$ 5.000,00. Sem dúvida pode ser um bom negócio!

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Teaser do Nissan Rogue A montadora Nissan divulgou o primeiro teaser da nova geração do seu crossover Rogue. Pelas imagens já foi possível notar a robustez e modernidade do veículo, que é um dos grandes nomes da marca japonesa.

O Rogue é bastante conceituado, especialmente na América do Norte, onde suas vendas se destacam. A versão apresentada no teaser é inspirada no protótipo Hi-Cross, que foi há pouco tempo exposto no Salão de Genebra, realizado em 2012.

Segundo especialistas no segmento automotivo, tudo indica que nos EUA, a propulsão será realizada através de um motor 2.5 movido a gasolina e capaz de gerar 185 cavalos de potência.  A transmissão será feita por meio de uma caixa variável CVT e o carro possivelmente contará com tração do tipo integral.

De acordo com informações da marca Nissan, o carro em questão será lançado em um momento oportuno, já que o mercado de autos aponta para uma significativa renovação do segmento. Nesse sentido, a finalidade da montadora é diversificar as opções para o consumidor, aliando potência, conforto, bom desempenho e  design arrojado. O preço de venda do carro ainda não foi divulgado.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A partir do ano de 2015, a montadora Nissan irá iniciar a produção do Nissan Note em território nacional. O modelo será fabricado na cidade de Resende, no Rio de Janeiro. Segundo fontes seguras, o carro chegará ao mercado com a finalidade de substituir o Livina, veículo que acabou não conquistando o sucesso almejado pela montadora.

Em termos de visual, o novo Nissan Note é parecido com o Honda Fit, pois possui grade frontal, faróis dianteiros similares ao do Fit e dimensões idênticas. Já o porta-malas é consideravelmente menor do que o do carro da Honda.

O Nissan Note chega com a proposta de conforto e bom desempenho, típica dos hatchbacks mais tradicionais. Os bancos traseiros do modelo são dobráveis, o espaço interno é amplo, as colunas são bem largas e o design tem uma pegada de vanguarda.

O painel conta com excelente ergonomia nas teclas, partida inteligente e demonstrativo de instrumentos com fácil leitura.  Além disso, o Nissan Note vem com completo sistema de som, conexão Bluetooth para celulares, reprodutor de rádio e entrada auxiliar USB.

O foco do carro é o público jovem, sendo assim, as configurações mecânicas são pautadas na agilidade. Portanto, o Note será equipado com propulsor 1.6,  e rodas com aro 15”.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares

Nissan Note


Foram divulgadas fotos do futuro novo lançamento da Nissan, o Nissan Terrano 2013. Entretanto, elas não mostram como será o interior do modelo, deixando um mistério pairar sobre o modelo quase “irmão gêmeo” de um Renault. Ele é claramente parecido ao Renault Duster tanto no design, quanto à plataforma.

As primeiras informações que a Nissan deu a conhecer sobre o novo modelo, foram feitas mediante a apresentação de um protótipo, logo após, ele foi batizado com o nome de Terrano 2013.

Os dois automóveis serão diferentes no que diz respeito a que o Terrano será um pouco mais luxuoso, já que  possuirá lanternas bipartidas e supostamente o interior do veículo será mais elegante com saídas do ar condicionado retangulares.

A produção do novo Nissan será restrita fábrica Renault-Nissan na Índia e só será comercializado nesse país na época posterior ao lançamento previsto para novembro deste ano. Logo após, o modelo poderá ser distribuído em outros países da vizinha Europa. Não há informações sobre uma futura concorrência com o Renault Duster aqui no Brasil.

O Nissan Terrano 2013 será oficialmente apresentado em um evento automotivo realizado em Mumbai na India. A apresentação está com data marcada para 20 de agosto.

Por Melina Menezes.


O carro japonês Nissan Altima 2013, grande sucesso nos Estados Unidos, está chegando no Brasil neste segundo semestre de 2013. Trata-se de um sedam de luxo que vem para competir com outros modelos da categoria.
Primeiramente ele virá dos Estados unidos e depois passará a vir do México. O Altima 2013 que será importado dos Estados Unidos vem com motor de 2,5 litros 16V com 184,5 cavalos de potência. Vem também com câmbio XTronic CVT. O Carro faz de 0 a 100 Km/h em 7,1 segundos e chega a 200km/h.
 

Há uma versão com motor 3.5 V6 com 274 cavalos, mas até o momento essa versão não vira ao Brasil. Por fora o Altima esbanja elegância em suas linhas, que chamam muito a atenção de quem o vê passar na rua. Na parte interna, além do design de alto luxo, traz muita tecnologia, tanto que a espuma dos bancos foi desenvolvida pela NASA. Seu interior é muito espaçoso, e traz os principais itens de série que são: volante de couro com aquecimento, Ar-condicionado dual zone, direção eletridráulica, detecção traseira de objetos em movimento, freios com ABS, EBD, VDC (Vehicle Dynamic Control, controle de estabilidade, seis airbags entre muitos outros.

O Altima 2013 tem seu preço sugerido de mais ou menos R$ 90 mil.

Por Mariana Rodrigues


Nova Nissan Frontier 2014A Nissan lançou a nova linha Frontier 2014 com novo design em todas as versões. O Frontier foi redesenhado e algumas das principais diferenças estão na grade frontal e no para-choque que ficaram mais envolventes. 

A Nissan também mudou o nome das versões. A versão básica se chama “S”, a intermediária "SV Attack", a top de linha "SL".

A Frontier S vem com detalhes de luxo prateados na parte interna, botões do ar condicionado, trio elétrico, freio de estacionamento, maçanetas cromadas e computador de bordo. A chave é no sistema keyless. 

O modelo intermediário "SV Attack" vem com rodas de liga leve com novo design na cor “titaniun” combinando com os faróis, rádio 2DIN com CD, MP3 e aceita cartão SD.

A top de linha “SL AT” vem com frisos laterais na cor do carro, interior com banco e volantes em couro, chave inteligente I-Key, câmera de ré, freios ABS e EBD e ar condicionado digital automático de distribuição em 2 zonas. 

A Frontier 2014 tem uma versão para cada tipo de pessoa e bolso. A Frontier S 4×2 2,5L 16V turbodiesel, de 163 cavalos sai por R$ 91.990. Já a Frontier S 4×4 2,5L 16V turbodiesel, de 190 cavalos é um pouco mais cara, custando R$ 100.490

A intermediaria Frontier SV Attack 4×4 2,5L 16V turbodiesel, de 190 cavalos tem o preço de R$ 98.990, e a 4×4 sai por R$ 107.990. O mesmo preço para o modelo Frontier SL 4×4 AT 2,5L 16V turbodiesel, de 190 cavalos.

Por Mariana Rodrigues


A Nissan divulgou mais um lançamento interessante de veículo para o mercado brasileiro. Dessa vez, a novidade fica por conta da divisão de carros de luxo da marca: a Infiniti.

Os modelos da Infiniti estarão à venda no Brasil inicialmente em apenas duas concessionárias – uma em São Paulo e outra no Rio de Janeiro – a partir do segundo semestre de 2014.

Os automóveis disponíveis serão três: o SUV FX, SUV JX e um modelo inédito que consiste em um sedã esportivo do tipo médio.

A informação oficial do início de vendas da Infiniti no Brasil foi divulgada no autódromo de Interlagos neste dia 25 de novembro de 2012 durante os treinos para o GP Brasil de Fórmula 1.

Os valores destes veículos, todos equipados com motor V6, serão entre R$150.000,00 e R$300.000,00 com uma expectativa da Nissan de que os carros Infiniti equivalam a 5% do mercado de veículos premium do Brasil com um foco nas classes A e B de consumidores.

Até o ano de 2017 cerca de 14 pontos de venda vão estar distribuídos nas grandes capitais do país oferecendo veículos da linha de luxo da Nissan.

Por Ana Camila Neves Morais


Uma novidade automobilística e também esportiva sacudiu o mercado na última semana. É que a montadora Nissan confirmou que será uma das patrocinadoras oficiais dos próximos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, a serem realizados no Rio de Janeiro em 2016. Junto com essa notícia, a marca informou que lançará uma edição do Nissan March, que em homenagem ao evento, será nomeado de March Rio 2016.

O carro em questão é produzido no México, porém com tecnologia advinda do Japão. Por conta de seu baixo valor de comercialização, o modelo é o mais vendido da Nissan. O custo benefício é excelente, afinal, não é todo dia que se pode ter um carro com tecnologia japonesa e preço baixo.

A edição especial será equipada com motor 1.0 ou 1.6 e os itens de série foram escolhidos levando em consideração as preferências dos consumidores após a realização de uma detalhada pesquisa de mercado.

Maiores detalhes sobre o lançamento não foram divulgados, embora algumas notas acerca do design, motorização e desempenho já tenham vazado.

O carro deve ser apresentado oficialmente no final de outubro, no Salão do Automóvel de São Paulo. Ao que tudo indica, o veículo deverá contar com algum detalhe visual que remeta aos jogos de 2016.

Por Larissa Mendes de Oliveira


 No final deste mês ocorrerá o Salão do Automóvel de Paris e na ocasião, a montadora Nissan apresentará seu novo SUV Concept, o TeRRA. O projeto promete surpreender em termos de desempenho e visual. Uma das grandes modernizações no conceito é o fato do painel tradicional ter sido substituído por um tablet.

A inovação funcionará da seguinte maneira: o usuário do SUV deverá acoplar o equipamento na parte frontal do volante e, após conectado, o tablete funcionará como um Dock Station, exibindo informações relevantes como distância percorrida, velocidade, nível de gasolina, dentre outras.

Como se não bastasse, haverá a opção de exibição do sistema de entretenimento, comunicação e navegação do próprio TeRRA. O tablete funcionará enquanto o carro estiver ligado e não haverá a obrigatoriedade do mesmo permanecer no volante, ou seja, suas funções originais poderão ser naturalmente usadas em outras circunstâncias.

Vale acrescentar ainda que o TeRRA é movido à eletricidade, sendo que seu propulsor é um motor elétrico que possui células de combustível. Não há previsão para que o carro entre em linha de produção, pois  por enquanto, o TeRRA não passa de um conceito.

Se o carro agradar em Paris, é bem provável que algumas de suas configurações sejam inseridas nos próximos lançamentos da Nissan.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Não é de hoje que os carros elétricos começaram a fazer parte do cotidiano mundial. Pensando nisso, a montadora Nissan e a Petrobras firmaram um acordo de parceria para a recarga deste tipo de veículo.

De acordo com as informações divulgadas, o intuito desta parceria consiste em um estudo para melhor atender estes modelos, por meio de uma infraestrutura precisa nos postos. Por enquanto, o Rio de Janeiro e a Grande São Paulo já contam com pontos de recarga.

Tudo leva a crer que o acordo irá gerar resultados positivos àqueles que procuram uma maior disponibilidade de atendimento para a recarga de veículos elétricos na rede de postos da Petrobras.

É preciso mais conscientização da sociedade e das organizações políticas para persuasão da compra e utilização de veículos elétricos, capazes de gerar economia aos seus proprietários, além de uma menor incidência de poluição.

Segundo a montadora Nissan, já foram firmadas mais de 100 acordos e parcerias em cidades e governos, tudo para incentivar a melhoria de infraestrutura e levar os consumidores à aquisição dos elétricos. No caso da Nissan, há o modelo Leaf, lançado em 2010, aposta da marca para alavancar suas vendas no mercado automobilístico sustentável.

Por Anne A. Matioli Dias


O esportivo GT-R da Nissan que tem 550 cavalos de potência já está sendo comercializado na Inglaterra e no Japão. A empresa lançou o modelo que é mais rápido e mais leve que o seu antecessor, além de ter um chassi diferenciado e freios alterados.

O motor continua sendo um V6 biturbo com 3.8 litros, mas a potência passou de 480 cv para 550 cv a 6.800 rpm. O torque, nestas condições, é de 64,4 kgfm. A arrancada também está mais rápida, indo de 0 a 100 km/h em apenas 2,8 segundos. Antes, a velocidade era atingida em 3,5 segundos. A melhoria foi conquistada devido ao modo R-start.

O chassi modificado trouxe molas e amortecedores adaptáveis, deixando o veículo mais suave. As rodas são de liga leve de 20 polegadas e têm detalhes com quartzo preto. Na parte frontal inferir a Nissan inseriu uma entrada de ar, que manda ar frio diretamente para os freios. Também há outro sistemas para enviar ar frio para os freios traseiros.

No interior, os bancos de trás foram excluídos nesta versão, deixando o carro ais leve em cerca de 14 quilos. Os bancos da frente, por sua vez, são no estilo esportivo e feitos parcialmente em couro com o estofado Magic-Cloth.

Fonte: Nissan

Por Matheus Camargo


A Nissan, empresa automobilística japonesa, investiu fortemente na linha Frontier 2012. As principais mudanças são mecânicas, com alterações significativas no motor. De acordo com a fabricante, essa geração vem muito mais eficiente, gerando até 172 cavalos de potência, consolidando-se como um dos motores movidos a diesel mais potentes do mercado.

As versões disponibilizadas são a XE, SE e LE.  Em comum, todas as opções contam com tração 4×2, além de serem mais econômicas, pois a emissão de poluentes é muito baixa. Vale ressaltar, porém, que cada versão tem atributos diferenciados.

A Frontier XE, possui câmbio manual com seis velocidades, vidros elétricos, rodas de liga leve aro 16¨,  direção hidráulica, imobilizador de motor, regulagem de altura, travas e retrovisores elétricos e limpador de vidro com sensor de velocidade.

A versão SE possui todas as características citadas acima, além de grade frontal cromada,  rádio AM/FM com CD Player e  entrada USB, estribos laterais, sistema keyless, airbag duplo  e freio ABS.

Por fim, a opção LE, que é a top de linha, conta com motor turbodiesel, transmissão automática de cinco velocidades,  piloto automático com controle no volante, espelho retrovisor interno, faróis de neblina, bússola digital, revestimento em couro legítimo nos bancos, rack de teto e rádio que comporta até seis CD’s.

Os preços variam entre R$ 85.390,00 e R$ 122.890,00, a depender da versão escolhida. Todas as opções possuem 3 anos de garantia na fábrica.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Nissan não cansa de inovar com seus carros ultramodernos e utilitários fantásticos, o lançamento da vez é o Sentra 2012. O carro que foi exportado do México, já pode ser encontrado em inúmeras concessionárias brasileiras por um preço variável entre R$ 54.990,00 e R$71.990,00, de acordo com a versão escolhida.

Entre as versões disponíveis estão: a 2.0, a 2.0 SL e a 2.0 S. Cada uma dessas versões possui atributos específicos como: airbags duplos; alarme; controlador de velocidade; rádio com entrada para USB, CD e MP3; ar-condicionado; rodas de alumínio;  faróis de neblina; teto solar elétrico; sensor crepuscular; câmera de segurança; entre outros diferenciais.

O automóvel conta com moderno sistema I-Key (somente no modelo 2.0 S), que permite que o motorista abra o carro e dê a partida no motor sem a necessidade da chave. Em relação à transmissão, o usuário pode escolher entre o câmbio eletrônico ou o câmbio manual de seis marchas.

O desempenho do veículo é incrível. Com um motor 2.0 16 v Flex, o novo Nissan Sentra gera até 143 cavalos de potência. Além disso, o veículo possui transmissão CVT, que possibilita a aceleração contínua e gera uma economia de combustível bem maior que as versões anteriores.

Como se não bastasse todas essas qualidades citadas acima, o visual do Sentra é lindo, seu design é arrojado e as cores são incríveis, a exemplo do branco perolizado.

Mais informações sobre o carro podem ser encontradas no site www.nissan.com.br.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Uma verdadeira máquina. Assim pode ser definida a nova versão esportiva do Nissan March, que promete ser um sucesso de vendas em todo o Brasil. Aliás, já é, uma vez que o veículo encerrou o ano de 2011 com 7 mil unidades emplacadas no país. Também, com tantos atributos é impossível resistir a um carro assim.

A nova versão esportiva do veículo já chegou surpreendendo e tem o aval da sua preparadora, a Nismo. O compacto foi criado de modo que pudesse também brilhar nas pistas de competição com seus pneus esportivos e suspensão reforçada.

As rodas do carro são de liga leve, pintadas de preto e com detalhes cromados. Elas receberam ainda, assim como os retrovisores, detalhes com linhas vermelhas. Tudo isso buscando deixar o design mais atraente e ousado.

A parte dianteira do veículo conta com entrada de ar do radiador e faróis de neblina embutidos no para-choque. A traseira, por sua vez, possui um extrator de ar e escapamento levemente redimensionado.

O automóvel foi lançado no segundo semestre do ano passado e chega ao Brasil com o valor sugerido de R$ 40 mil.

Por Larissa de Oliveira


Visando atingir 5% do mercado de carros no Brasil até 2014, que hoje é de 2%, e a liderança entre as empresas asiáticas no país, a Nissan anunciou que em breve deve chegar às terras tupiniquins o Versa, novo sedã da companhia. O carro possui a mesma arquitetura do hatch March, lançado há cerca de um mês, embora o desenho seja diferente.

O carro tem garantia de três anos e manutenção com preço pré-definido. A Nissan ainda garante ao menos 100 peças de maior giro com o melhor preço do mercado. Uma das maiores desconfianças que o consumidor brasileiro tem em relação à companhia asiática é a falta de uma rede de manutenção consolidada. A empresa garante, no entanto, que serão 125 concessionárias no país até o fim de 2011, número que deve dobrar até 2016.

A versão mais barata do carro custará cerca de R$ 35.500 no Brasil. O modelo intermediário (SV) só deve sair das lojas por R$ 40 mil e o top de linha (SL) deve ficar em torno dos R$ 43 mil.

Os executivos da Nissan apostam que o interior espaçoso e elegante do novo carro pode ser o responsável pelo sucesso do veículo. As revistas especializadas concordam que a parte de fora do Versa mantém a tradição da montadora asiática de criar designs não muito atraentes.

Por Mozart Artmann


A Nissan passou a oferecer o airbag duplo para o Tiida Sedan 2012, único modelo da marca comercializado no Brasil que ainda não tinha o item de segurança, nem como opcional.

Para adquirir o dispositivo separadamente, o consumidor vai pagar R$ 490. O preço sugerido do veículo não foi alterado, permanecendo em R$ 44.500, valor que sobe para R$ 44.990, caso seja adicionado o equipamento.

Esta versão do sedã conta com ar condicionado; computador de bordo; direção elétrica com assistência variável; volante de três raios e com regulagem de altura; banco do motorista com ajuste de altura; sistema de som com CD, MP3, entrada para iPod e quatro alto-falantes; vidros dianteiros e traseiros elétricos, assim como os retrovisores; acelerador eletrônico; portas e porta-malas com travamento automático; e rodas de aço aro 15, entre outros itens.

Sob o capô do Tiida Sedan está presente o motor flex de 1.8 litro e 16 válvulas, com injeção direta de combustível, capaz de gerar 126 cv de potência (com etanol) e 17,5 kgfm de torque, acoplado ao câmbio manual de 6 velocidades. Ele está disponível nas cores branco aspen, prata classic e preto premium.

O investimento em novidades para o Tiida Sedan reforça a notícia de que ele não será substituído pelo também sedã Versa, que tem estreia marcada para novembro no país. Ambos deverão ser comercializados ao mesmo tempo.

Por André Gonçalves

Fonte: Nissan


Vem aí mais um modelo automotivo desses que são destinados a atender apenas a um público seleto, ou seletíssimo. O modelo será o Sentra Unique e somente trezentos felizardos poderão ter o privilégio de comprá-lo.

A filial brasileira da montadora Nissan anunciou que lançará 300 unidades desse modelo e todas serão destinadas ao consumidor interno. O preço? Nada menos do que os sugeridos R$ 69.990, com data de chegada às concessionárias antes do final da primeira quinzena de setembro (dia 12).

O Sentra Unique trará tudo aquilo que a versão SL, a linha mais graduada da marca, já tinha: motor 2.0, 16V, bicombustível, podendo gerar até 143 cavalos. Outra notícia dada foi que a Nissan reposicionou os valores de mercado da mesma linha para 2012 e fez com que todas as configurações disponíveis do Sentra obtivessem uma atenuação no preço da ordem de R$ 2 mil, o que não deixa de ser atrativo para o seu público. Assim, o consumidor poderá encontrar nos pátios das lojas do Brasil preços até convidativos, tais como R$ 52.990 em um modelo 2.0 Flex com câmbio manual ou R$ 58.290, para o modelo 2.0 Flex e R$ 62.290 para o modelo 2.0 S Flex. A versão top de linha, sairá por R$ 69.990.

Por dentro, o Nissan Sentra Unique ficou bege, dos painéis às portas e  bancos. Por fora, os faróis e as lanternas traseiras ficaram escurecidas; o tapete foi confeccionado na cor marrom e ganhou o logotipo “Unique”. Para incrementar ainda mais, os 300 agraciados com o Unique poderão desfrutar de um banco traseiro bipartido, airbags na lateral, teto solar movido a eletricidade e um display em cores com 4.3 polegadas e conexão USB completam o “show”.

Por Alberto Vicente Silva


A montadora de veículos Nissan está convocando os proprietários de picapes Nissan Frontier Limited Edition produzidas na Espanha entre os anos de 2005 e 2008, para comparecerem a uma das concessionárias da empresa para a verificação e realização do recall do veículo.

De acordo com a empresa, o chamado se deve ao fato de que as rodas de liga leve que equipam os veículos, correm o risco de trincamento quando usadas com carga máxima, gerando um grave risco de acidentes. Os veículos que passarem pelo recall, terão as cinco rodas trocadas.

O chamado inclui as 208 unidades do modelo vendidas no Brasil, com número de chassis entre: VSKCVND4060069190 e VSKCVND4070144648. A empresa informou que tentará entrar em contato direto com os proprietários dos veículos. Quem quiser mais informações poderá entrar em contato através do telefone: 0800 011 1090, ou através do site: www.nissan.com.br.

Por Henrique Pereira


As vendas de veículos pelo Brasil ainda continuam boas, apesar de que prognósticos mais pessimistas devam ser concretizados em breve em função da desaceleração da economia, ou seja, menor número de carros comercializados pelas concessionárias de todo o Brasil nos próximos meses. Enquanto isso não ocorre, as montadoras continuam a apostar alto.

De acordo com a Nissan do Brasil, as vendas de abril cresceram 25% em comparação ao período igual do ano passado, com 3.542 unidades registradas. A Frontier representou 828 unidades do total, crescimento de 56% na base mensal, o Grand Livina, por sua vez, 248 unidades no período, avanço de 49%, e o Sentra, por fim, 622 unidades, alta de 19%.

Abelardo Pinto, diretor de Vendas da Nissan do Brasil, avalia ter ocorrido em abril muita competição no setor, mas mesmo assim, o crescimento da montadora foi mantido, tanto que para maio novas promoções devem ser realizadas, principalmente na linha 2012, já disponível nas concessionárias de todo o país.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa


A versão 2012 da linha Tiida da Nissan foi exibida e poucas novidades foram feitas nos modelos sedan e hatch comparados com os da versão 2011.

Uma boa notícia é que os valores dos veículos continuarão os mesmos da versão anterior, variando de R$ 44.500aR$ 60.290.  

O Tiida sedan chegará às concessionárias na versão 1.8 MT. Já o modelo hatch será vendido em três versões, todas com motor 1.8, são elas a MT, SL MT e a SLAT.

A linha Tiida 2012 ganhou novos itens de série e uma nova opção de cor, que foi a inserção da cor branca no catálogo de cores da fabricante. Outra novidade são as rodas de liga leve (aro 16’) presentes na versão 1.8 S MT, que será vendida por  R$ 50.990. Já o visual da versão 1.8 SL ganhou novos ares, proporcionado pelo para-choque que recebeu uma aparência mais possante e da mesma cor do veículo.

O modelo na versão sedan agora virá com banco do motorista ajustável e será comercializado por R$ 44.500, mesmo valor praticado na versão 2011.

Os veículos continuarão com a mesma garantia de fábrica: 3 anos.

Por Andrea Gomes


O Sentra vai chegar às concessionárias da Nissan com novidades para a sua linha 2012. O modelo, que é fabricado no México, vai vir com um diferencial na versão S, trata-se do recurso I-Key, que permite que as portas e motor do veículo sejam acionados sem precisar utilizar chave.

Outra inovação fica por conta da nova tonalidade, o branco perolizado, que o cliente vai poder escolher para o seu carro.

O que não sofreu alteração no modelo Sentra 2012 foi o motor, que permanece com a mesma potência 2.0 16v e 143 Cv.

A montadora divulgou no dia 28 de março que quem quiser conhecer o novo modelo, pode se dirigir a uma concessionária Nissan, pois o Sentra 2012 já pode ser comprado nos seguintes valores: R$ 54.990 (versão básica), R$ 60.290 (versão CVT), R$ 64.290 (versão S), R$ 71.990 (versão SL).

Por Andrea Gomes


Após a sua apresentação no Salão do Automóvel de São Paulo em outubro do ano passado, a montadora Nissan iniciou nesta semana a produção do veículo Nissan March em sua fábrica situada na cidade de Aguascalientes no México, as unidades fabricadas deverão abastecer todo o mercado latino americano..

A previsão de chegada deste modelo no Brasil é no segundo semestre deste ano, sua motorização será flex. Com isso, teremos em nosso país mais um modelo na briga pelo mercado dos veículos hatch.

O Nissan March poderá ainda ganhar uma versão sedã em 2013, com plataforma baseada no Nissan Sunny (vendido na China).

Ainda não foi divulgado o valor do veículo para o mercado brasileiro, nem a versão do propulsor que será destinada ao Brasil, sabe-se apenas que o Nissan March será bi-combustível.

Por Henrique Pereira


A Nissan apresentou a nova família da Livina 2012, que terá nove versões de acabamentos diferentes, duas opções de motores (ambos flex), novos itens e mudanças estéticas. Vamos conhecer todas elas. O modelo mais básico, Livina 1.6, com preço sugerido de R$ 43.990, vem com parachoques na mesma cor da carroceria, câmbio manual, trio elétrico, airbag para o motorista e ar condicionado.

A versão 1.6 S, que vai custar R$ 46.490, tem rodas de liga leve aro 15, grade cromada, airbag duplo, alarme, bancos com novo revestimento e rádio com CD e MP3, itens que são de série em todas as versões seguintes.

Nos modelos da linha SL, aparecem todos os itens da S, acrescidos de algumas novidades, como freios ABS com sistema de distribuição eletrônica, faróis de neblina na dianteira, apoio de braço para o motorista e bancos com novos revestimentos. Pelo preço de R$ 51.690, será possível adquirir a SL 1.6, com câmbio manual de 5 marchas. Já a versão com motor 1.8 e transmissão automática, que inclui chave inteligente I-Key, sai a R$ 54.790.

A versão especial Night & Day também está presente na linha 2012 da minivan, com preço de R$ 48.590 e alguns itens diferenciados.

Acesse aqui a continuação da matéria dos novos modelos. 

Por André Gonçalves


Continuando a apresentação das novidades na linha 2012 da minivan Livina, da Nissan, vamos conhecer agora a Livina X-Gear 2012. O modelo tem características mais esportivas e agressivas. Outras novidades são a grade dianteira cromada, com desenho diferenciado, faróis de neblina abrigados no parachoque, rack de teto, rodas aro 15 exclusivas, volante forrado em couro, sistema de som com seis alto-falantes, rádio com CD, MP3 e entrada para iPod.

A versão 1.8 SL automática vai custar R$ 56.990. Já a 1.6 SL, com câmbio manual e alarme como item de série, tem preço sugerido de R$ 53.290.

Para finalizar, a linha 2012 traz ainda novidades para a Grand Livina, que tem capacidade para sete passageiros, devido à terceira fileira de bancos. Na opção com motor 1.8 e câmbio manual, que custa R$ 54.290, os equipamentos de série incluem alarme perimétrico, airbag duplo, direção com assistência elétrica e código imobilizador do motor, dentre outros.

Para a versão top de linha, com o mesmo propulsor 1.8 acoplado ao câmbio automático, alguns dos itens que a montadora incluiu são chave inteligente I-Key, bancos e volante em couro, freios ABS e sistema de áudio com seis alto-falantes. O preço sugerido é de R$ 62.290.

Por André Gonçalves


O sonho de grande parte dos aficionados por veículos automotores é trocar seu usado por um novo, de tempo em tempo. Os brasileiros puderam realizar parte dessa ideia com mais facilidade até março de 2010, mês em que o governo decidiu erradicar a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), adjudicado meses antes.

O Salão do Automóvel de São Paulo certamente aguça ainda mais os ímpeto dos apaixonados, embora, na maioria das vezes, os modelos, quando comercializados, não sejam possíveis de aquisição devido ao preço. Na edição 2010 do evento paulista a Nissan apresentou o March, compacto que deve aportar no Brasil em 2011.

A montadora apresentou na segunda-feira (20 de dezembro) o Sunny, sedã moldado sob a base do citado March. Ao público brasileiro, de acordo com a Quatro Rodas, o exemplar poderá ser vendido com outro nome, ratificando informações da Nissan de que o modelo será rebatizado em inúmeras nações.

Com entre-eixos mais amplo em relação ao March, proporcionando desse modo maior espaço interno, o Sunny é aprovisionado com motor 1.5 a gasolina capaz de gerar aproximadamente 100 cavalos de potência.

Por Luiz Felipe T. Erdei


As preocupações ambientais são casos antigos e não recentes, como alguns até podem supor. Há décadas o planeta sente as atividades diretas dos homens, tanto por meio das fábricas expelindo gases nocivos à atmosfera como, também, pelos veículos automotores mais antigos – e não somente por esses dois, obviamente.

A inquietação do novo século é como tornar o desenvolvimento do ser humano sustentável. Uma das saídas, pelo menos em relação a carros, é prover seu movimento por meio de motores não-poluentes. Há poucos dias, a montadora Nissan anunciou o lançamento do Leaf, carro elétrico de emissão zero com autonomia para percorrer 200 quilômetros.

Seu diferencial em relação aos demais modelos desenvolvidos pelas concorrentes é ser considerado o primeiro do tipo em todo o globo a ser comercializado em larga escala. Segundo o portal Terra, as entregas têm início no Japão e em alguns locais dos Estados Unidos ainda em dezembro para, depois, serem expandidas à Europa.

O preço de lançamento calculado e convertido na moeda brasileira (real) é de R$ 76,4 mil.

Por Luiz Felipe T. Erdei


A Nissan vem com novidades neste final de ano. No final de novembro, no dia 29, a empresa lança seu mais novo modelo: a Minivan Serena.

O carro não é assim uma novidade no mercado, criado em 1991 já é vendido há alguns anos chegando a se tornar o carro mais vendido no segmento que se mantém no mercado japonês. Mas além do designer mais moderno, a NOVA minivan Serena vem com sistemas tecnológicos que permitem maior economia de combustível, controle de velocidade, desligamento do carro assim que o veículo pára, além do fato do modelo ter sido totalmente redesenhado.

O preço desse mimo? No Brasil ainda não há valores, mas no mercado exterior pode chegar até a U$ 34 mil

Por Teresa Almeida


Uma boa notícia para os futuros consumidores do compacto da Nissan, o March, que deverá chegar ao mercado brasileiro no final do ano que vem: a Nissan, conforme anunciado pela empresa no último dia 09 de Setembro, formou um segundo grupo de controle de qualidade que conta com cinquenta integrantes voltados unicamente para garantir a qualidade dos modelos produzidos pela marca na plana da Tailândia e que transcenderá em muito os procedimentos padrão de controle de qualidade utilizada atualmente.

De acordo com os diretores da empresa a intenção é oferecer um alto padrão de qualidade nos veículos produzidos pela montadora em todos os lugares do mundo e que as falhas que ocorreram recentemente com a Toyota servem de alerta para este foco de qualidade, ainda mais que a demanda pelo modelo que é moderno, bem desenhado, possui bom desempenho de motorização tem sido grande desde o seu lançamento em Junho. Ao todo vinte mil unidades já foram encomendadas e previsão é de que a produção seja aumentada. A fabricação se iniciou na Tailândia, mas em maio de 2011 será produzido também em Portugal. Na China será produzido a partir de Agosto do ano que vem e no México será iniciada em Novembro do mesmo ano.

O March chegará ao Brasil no final de 2011 vindo justamente desta fábrica da Nissan no México e espera-se que chegue com a qualidade necessária para corresponder a expectativa do mercado brasileiro e confirmando a boa aceitação que o modelo está obtendo em vários países do mundo. Mas quem já quiser ter um contato mais próximo com este compacto poderá vê-lo no Salão do Automóvel de São Paulo.

Por Mauro Câmara

Fonte: G1


O segmento das picapes que vem crescendo cada vez mais com opções eficientes e sofisticadas já tem toda uma linha para 2011 lançada pela montadora Nissan. A linha Frontier de picapes da marca vem com uma novidade: o modelo intermediário Frontier SE 4 x 2, que virá com câmbio manual de seis marchas e trará de fábrica itens interessantes como frios ABS com EBD (distribuição de frenagem por demanda) e Keyless, sistema que dispensa chaves para abertura das portas e custará R$ 91.790, conforme matéria do site Carro Online.

De desenho simpático e moderno e aparência resistente este utilitário adaptado ao trabalho urbano, com esta versão intermediária, tem agora seis opções com configurações e preços variados que dão uma ótima margem de escolha para quem precisa de um veículo forte, moderno e que ofereça conforto e potência. E falando em potência a motorização das versões XE e SE vem com motor 16V 2.5 turbo diesel de 144CV. Já na versão LE o mesmo conjunto de motor produz 172CV de potência.

Os preços variam do mais baixo, a versão XE 4 x 2 com câmbio manual que sai a R$ 83.990 até a versão mais cara, a Frontier LE 4 x 4 com câmbio automático e que também é o modelo mais equipado da série, que custa R$ 121.290.

Por Mauro Câmara


A montadora japonesa Nissan lançou mais um modelo visando obter mais espaço no mercado nacional e agora está oferecendo um compacto bem equipado, com um diferencial de espaço no porta malas bastante interessante e um preço também bastante acessível na faixa de mercado a que se destina, de modelos até R$ 50 mil, onde é intenção da marca concorrer com modelos como o Astra Sedã e tops de linha compactos como o VW Polo sedã e o Fiat Siena.

Com características bastante semelhantes ao Tiida Hatch, este sedã, no entanto tem no espaçoso porta malas de 467 litros de capacidade seu grande diferencial, oferecendo espaço, mas mantendo a elegância de um compacto de linhas sóbrias e clássicas, que lhe dá uma estética enxuta e moderna. O motor é o mesmo da versão hatch de 126 CV de potência, câmbio seis marchas, 1.8 16V Flex.

Em termos de equipamentos o Tiida Sedã também é muito interessante, pois conta com ar condicionado, computador de bordo, sistema de áudio com muitas opções e quatro auto-falantes, alarme Keyless (acionamento por controle remoto), imobilizador de motor, vidros elétricos na traseira e dianteira, travamento central das portas. Um compacto realmente bastante equipado e que tem no preço um atrativo interessante: R$ 44.500, sendo inclusive mais barato do que o Tiida Hatch e com garantia de três anos, tornando-se uma opção para quem busca um veículo equipado, espaçoso e com um bom custo-benefício.

Por Mauro Câmara

Fonte: G1


Devido aos sérios problemas causados pela erupção de um vulcão na Islândia, a montadora Nissan interrompeu a produção de vários modelos.

Como não há a possibilidade de importação de componentes via aérea, pois os vôos estão cancelados, os modelos Cube, Murano e Rogue estão temporariamente fora da linha de produção, o que representa cerca de 2 mil unidades por dia.que deixam de ser produzidas.

A fábrica que sofre as conseqüências do vulcão é a de Oppama, localizada nos arredores da capital japonesa.

Mesmo com a parada a Nissan não deve perder espaço no mercado para as concorrentes.

Por: José Alberi Fortes Junior.





CONTINUE NAVEGANDO: