Previsão de chegada do automóvel em solo brasileiro será por volta do primeiro semestre de 2017.

O novo Sedan da Volvo chega ao mercado com concorrentes de modelos conhecidos, como o Audi A6 e a BMW Série 5. Informações indicam que a previsão de chegada do automóvel em solo brasileiro será por volta do primeiro semestre de 2017.

O modelo lançado pela montadora sueca chega ao mercado para concorrer em um nicho que é considerado para poucos de acordo com especialistas do setor, que o resumem como sofisticado e de luxo. O S90 foi lançado juntamente com o V90 pela montadora sueca, com a plataforma do utilitário esportivo XC90, que foi lançado anteriormente.

O diretor comercial da Volvo Cars, afirmou para a imprensa que o S90 irá concorrer diretamente em seu nicho de automóveis de luxo, adquirindo espaço entre os principais modelos de automóveis de luxo, como os alemães que foram citados no início da matéria. A Volvo especula apenas a venda de 1.000 unidades por ano nesse segmento de automóveis no Brasil. A empresa sueca por sua vez quer se apossar de 10% das vendas do mercado, vendendo em torno de 100 unidades do S90, e quem sabe um dia como em analogia ao nome da marca eles possam guiar o segmento de automóveis de luxo.

Todo o luxo do S90 é combinado com a autonomia do automóvel, que em velocidades de até 130km/h se mantém dentro da faixa e ainda enxergar os outro veículos, pedestre, ciclistas , motorista e até mesmo animais de grande e pequeno porte, pensando de forma autônoma para evitar ou diminuir a gravidade e colisões. Mas a fabricante deixa claro que a responsabilidade é do motorista que controlará a velocidade e poderá intermediar sempre que achar necessário.

De acordo com algumas divulgações de especialistas no segmento, preparamos uma síntese sobre o S90. O que chama bastante atenção é o peso e o tamanho do Sedan. São 4,96 metros de comprimento e 1,9 toneladas. Suspeitava-se que a carga seria grande para o porte do que o bloco 2.0 de quatro cilindros suportaria. Entretanto a combinação de turbo com o compressor mecânico, faz com que o carro se comporte bem. O arranque do motor e a sonoridade são excelentes. Mesmo não sendo um esportivo convicto como a BMW, os 320 cv de potência aliados ao torque de 40,8 mkgf, que se dispõem a partir dos 2.200 rpm, fazem com que o motorista obtenha uma resposta eficaz.

Por Denisson Soares

Volvo S90

Volvo S90

Fotos: Divulgação


Toyota Corolla permanece na liderança, com alta de 40,7% nas vendas.

Que os moradores da terra do sol nascente são campeões de vendas em sedans médios por vários anos seguidos, muita gente já sabe. A novidade deste ano, no entanto, é que o pódio, pela primeira vez, foi ocupado 100% por japoneses. O fato aconteceu graças à terceira posição do Nissan Sentra, que teve um aumento de vendas de quase 40% em relação ao começo do ano passado.

No ano passado, o Toyota Corolla foi campeão de vendas, e começou  este ano novamente na frente das concorrentes, com o maior avanço entre os líderes de vendas (aumento de 40,7%). O Honda Civic, no entanto, apresentou um desempenho pior em um período de dois anos. O modelo teve uma queda de 40% das suas vendas.

O VW Jetta teve um crescimento em suas vendas de 15,2% e subiu duas posições em relação ao ranking do ano passado, ocupando a quarta posição. O modelo ficou à frente ainda do Chevrolet Cruze Sedan, que está atravessando um momento de transição para seu novo modelo reestilizado e enfrentando um recorde negativo de vendas, desde o mês de setembro de 2011, quando começou a ser comercializado oficialmente no Brasil.

Na disputa pelo sexto lugar, ganha o renovado Renault Fluence sobre o Citroën C4 Lounge. Apenas duas unidades separam o Fiat Linea e o Ford Focus Sedan numa disputa acirradíssima pelo oitavo lugar. E para completar o top 10, o Hyundai Elantra fecha o ranking de vendas.

Já na outra ponta da tabela, dos modelos de automóvel com menos unidades vendidas, há o destaque para o Impreza que teve um salto de vendas de 5 unidades em 2015, para 33 no último mês. Um crescimento considerado alto: 560%. Outro modelo também teve crescimento expressivo de vendas: o Geely EC7, registrou uma variação positiva em 100% em suas unidades vendidas. Mesmo com tanta variação, os dois modelos ainda amargam o 13º e 14º lugar na tabela, respectivamente, pelo fato de ainda terem pouquíssimas unidades vendidas em relação aos ocupantes do topo do ranking.

Os dados foram divulgados pela Fenabrave.

Por Patrícia Generoso

Toyota Corolla 2015

Foto: Divulgação


Renault Talisman é o novo modelo da montadora que traz características esportivas e design arrojado.

A Renault divulgou na última segunda-feira, dia 29 de junho, um teaser mostrando seu novo sedan de médio porte. O modelo Renault Laguna deverá ser substituído por um novo modelo, o Talisman. O modelo deverá ser um rival em potencial para o Volkswagen Passat, Ford Mondeo e Mazda 6. O modelo da marca francesa deverá ser revelado ao público oficialmente no mercado dia 6 de julho.

Segundo a empresa, o nome do novo modelo significa proteção e poder, e é uma palavra de fácil pronuncia e é compreendida em todo mundo. Isso demonstra que o interesse da francesa Renault é criar um carro para o mercado global.

O teaser demonstrativo não revela muitas informações a respeito do modelo Talisman. A empresa utilizou um novo estilo nunca visto nos modelos da marca, deixando o sedan com características esportivas e design arrojado. O modelo possui dianteira com design agressivo, grade cromada, novo design de lanternas e rodas de liga leve com duas tonalidades.

O modelo terá a opção de adquirir faróis LED, que garante uma melhor qualidade de iluminação. Além disso, acredita-se que terá controle cruzeiro adaptativo, assistente para estacionamento, vários sistemas de segurança produzidos pela Renault e assistência para os motoristas.

Quanto ao interior do modelo podemos destacar os materiais de ótima qualidade, detalhes em madeira, bancos com revestimento de couro é semelhante ao modelo Renault Espace. O modelo possui um ecrã tátil no centro, que deverá controlar toda central multimídia.

Apesar da proposta para globalização do veículo, o modelo foi projetado para direção esquerda. Sendo assim, países que utilizam o sentido de circulação contrário, como o Reino Unido, não deve receber o modelo.

O modelo Talisman deverá ser produzido em uma instalação da empresa na França. O modelo deverá estar em circulação até o final do ano de 2015. A empresa também busca efetuar a criação de um novo modelo de perua.

Por Wendel George Peripato

Renault Talisman

Renault Talisman

Fotos: Divulgação


Com o início de um novo ano, sempre vem à tona as pesquisas que contabilizaram dados durante todo o ano que se passou. No mundo do automobilismo, isso é muito importante, já que as fabricantes precisam desse feedback para prepararem mudanças para o ano presente. Pesquisas a respeito da quantidade de carros que foram emplacados no Brasil durante 2014, mês a mês, definiram os sedans que tiveram maior sucesso no mercado, entre eles está o Toyota Corolla.

Entre os sedans médios, que são aqueles que se encaixam entre as categorias mais básicas de carro e os veículos de luxo encontrados no mercado, o Toyota Corolla foi o grande destaque do ano, ultrapassando o Honda Civic, seu maior concorrente, que tinha sido o mais vendido em 2013.

No total, a Toyota vendeu 63.290 Corollas durante o ano de 2014 contra as 52.255 unidades de Civic da Honda. Porém, foi apenas dois meses após o remodelamento do Corolla, que aconteceu no mês de março, que a situação inverteu a favor da Toyota.

No mês de dezembro de 2014, os cinco sedans médios mais vendidos foram os da Toyota, da Honda, da Chevrolet, da Nissan e da Renault. Encabeçando a lista, a Toyota vendeu 7.587 unidades do Corolla. Em segundo lugar, a grande rival Honda vendeu 4.262 unidades do Civic.

Em terceiro lugar, com bem menos unidades vendidas, a Chevrolet entregou 2.572 unidades de seu sedan Cruze. Vale lembrar que esse modelo possui uma versão hatch bastante robusta que pode ser a opção mais escolhida dos compradores.

Em quarto lugar, a Nissan entregou 1.537 unidades do Sentra. A diferença do quarto para o quinto lugar foi de apenas 11 unidades, com a Renault fechando a lista com o Fluence, que teve 1.526 unidades emplacadas durante o último mês do ano.

Em uma categoria inferior, de sedans compactos, a Chevrolet assumiu a liderança com o Prisma, com 9.549 unidades vendidas em dezembro de 2014. Em segundo lugar ficou a Fiat com o Siena, com 9.430 unidades, em terceiro, a Hyundai vendeu 7.361 unidades do HB20S, a Volkswagen ocupou o quanto lugar com o Voyage, vendendo 5.630 unidades, enquanto que a Renault ocupou novamente o quinto lugar no ranking, com o Logan sendo vendido em 5.407 unidades.

Por Rannier Ferreira Mendes

Toyota Corolla

Toyota Corolla

Fotos: Divulgação


Após realizar algumas reestilizações por dentro e por fora, a Chrysler apresentou no último Salão do Automóvel de Los Angeles, que aconteceu neste mês de novembro na Califórnia, o novo Chrysler 300 2015. Modelo que no Brasil é conhecido como 300C.

No seu exterior houve poucas mudanças, mas mesmo assim elas foram capazes de deixar este luxuoso sedan com uma cara mais esportiva e agressiva.

A modificação mais contundente que o Novo Chrysler 300 recebeu foi em sua grade dianteira, que ficou maior e recebeu um acabamento cromado e outro acabamento em um tom mais escurecido, variando de acordo com a versão do modelo. O para-choque também ganhou um novo desenho, assim como seus novos faróis e lanternas em Led, compondo desta forma o novo design frontal do Chrysler 300.

Em seu interior, a Chrysler optou em dar um acabamento ainda mais refinado e tecnológico para o Novo Chrysler 300. A central multimídia de 7 polegadas que acompanhava o modelo 2014 foi substituída por uma tela multifunções de 8,4 polegadas e agora conta também com sistema Wi-Fi associado ao carro. E mesmo em meio a tanta tecnologia, o tradicional não foi esquecido. O clássico relógio analógico característico da marca continua presente no painel do modelo. Ele foi posicionado bem acima da sua central multimídia, unindo o moderno com o tradicional e elevando ainda mais a beleza e o luxo interno desta máquina.

Os motores do Chrysler 300 2015 são os já conhecidos Pentastar V6 de 3.6 litros com 292 cv e outro V6 com propulsor que chega aos 304 cavalos de potência. Uma versão mais envenenada deste motor é o HEMI V8 de 5.7 litros com 368 cv. Em todas as versões, o câmbio oferecido é o automático de 8 marchas.

Outras inovações apresentadas no Novo Chrysler 300 são os novos eixos produzidos em alumínio fundido, a atualização da sua direção elétrica, piloto automático, itens de segurança como o sistema de aviso de choque frontal e também de mudança de faixa de forma involuntária e sistemas eletrônicos de controle de velocidade.

Serão produzidas três versões distintas do Chrysler 300 2015: a Limited, S e a Platinum. Os valores variam entre US$ 32.395 dólares na versão mais básica e os US$ 43 mil dólares na versão mais luxuosa.

A previsão de chegada do Novo Chrysler 300 no Brasil é para o segundo semestre de 2015.

Por André F.C.

Chrysler 300 2015

Chrysler 300 2015

Chrysler 300 2015

Fotos: Divulgação


Após sua apresentação durante o Salão do Automóvel de São Paulo no estande da Renault, a marca francesa promoveu nesta semana o lançamento do Fluence reestilizado no mercado brasileiro.

Fabricado na Argentina, o Renault Fluence renovado chega ao Brasil com o visual pontualmente reformulado e novos equipamentos de série, sem alterações de preços para as configurações de entrada (Dynamique). O sedan da marca francesa chega com preços a partir de R$ 66.890.

Esteticamente, o renovado Fluence traz alguns detalhes que estão presentes nos mais recentes lançamentos da marca, como a já tradicional grade dianteira com o logotipo da Renault centralizado, que virou uma marca estilística atual da fabricante. Para completar, o modelo recebeu modificações pontuais, para deixá-lo mais interessante e competitivo no segmento, como os para-choques redesenhados, acabamento cromado em torno dos faróis de neblina, luzes diurnas de posição composta por LEDs, faróis escurecidos, rodas com novos desenhos e lanterna traseira com nova disposição interna.

No interior o modelo também passou por modificações. Além do novo revestimento dos bancos, o sedan agora conta com painel de instrumentos com velocímetro digital, item anteriormente exclusivo da versão esportiva Turbo, bem como com o sistema de entretenimento R-Link com tela retrátil touchscreen, que abrange diversas funções, como o sistema de navegação via satélite (GPS), sistema de som e que ainda exibe as imagens da câmera de segurança para manobras em marcha ré.

Mecanicamente não houve alterações e o Renault Fluence 2015 mantém o já conhecido motor 2.0 16V Hi-Flex capaz de entregar até 143 cv e torque de 20,3 kgfm, quando abastecido com etanol. Trabalhando em conjunto com o bloco pode estar um câmbio manual de seis marchas ou uma transmissão automática do tipo CVT, com opção de trocas sequenciais que simula seis velocidades.

Abaixo, versões e preços do Renault Fluence 2015:

– Dynamique – R$ 66.890;

– Dynamique CVT – R$ 71.890;

– Dynamique Plus CVT – R$ 74.890;

– Privilége CVT – R$ 82.990.

Por Caio Polo

Renault Fluence 2015

Renault Fluence 2015

Renault Fluence 2015

Fotos: Divulgação


A Fenabrave divulgou os índices de vendas da categoria sedans compactos no Brasil em julho deste ano. A categoria vendeu 11.708 veículos e teve uma alta de 33,79% em comparação ao mês de junho, assim como no mês passado, o segmento ainda apresentou queda (-18,32%) em relação ao ano de 2013 e o Chevrolet Cobalt manteve a liderança do segmento com ampla vantagem sobre o segundo colocado, o Toyota Etios. Além disso, assim como no mês de junho, todos os carros registraram queda nas vendas em relação a 2013, com exceção do Ford New Fiesta.

Com 4.551 unidades vendidas, o Chevrolet Cobalt manteve sua folgada liderança no segmento, com 2.351 unidades a mais que o segundo colocado, o Toyota Etios (2.200 carros emplacados). A variação junho/julho dos dois sedans foi positiva (+47,86% para o Cobalt e +18,34% para o Etios), contudo em relação ao ano passado o modelo da Chevrolet recuou 18,53%, enquanto que o sedan da Toyota teve queda de 22,34%.

Em terceiro lugar está o Nissan Versa, que emplacou 1.348 unidades e foi seguido de perto pelo Honda City (4º colocado e com 1.282 veículos vendidos) e pelo Ford New Fiesta Sedan (5º colocado e com 1.244 unidades emplacadas).

Enquanto as variações do Versa e do City, em relação ao ano passado, foram negativas (42,47% e 21,83%, respectivamente), o New Fiesta registrou um crescimento de 149,8%, fechando o top 5 da categoria.  

Na sexta colocação está o veterano da Volkswagen, o Polo Sedan. Obtendo seu melhor resultado de 2014, o modelo vendeu 581 carros, o mesmo número do ano passado. Com isso, o modelo não sofreu alterações nos índices de vendas em relação a 2013 (0%), mas registrou a maior alta na variação junho/julho, com alta de 101,74%.

Com a metade de vendas do Polo, o Chevrolet Sonic Sedan aparece em 7º colocado, com 267 unidades vendidas. Em seu pior desempenho de 2014, o sedan da Chevrolet teve pequenas quedas, com baixa de 2,2% e 13,03% em relação ao mês e ano passado, respectivamente.

Em oitavo e sétimo lugares estão o JAC J3 Turin e o Peugeot 207 Passion, respectivamente. O modelo chinês vendeu 152 unidades, enquanto que o francês teve apenas 83 carros emplacados, completando a lista de modelos que registraram vendas. 

Por Caio Polo

Chevrolet Cobalt 2014

Foto: Divulgação


Em 2014 a Ford de certa maneira está dando conclusão ao processo de globalização de sua linha em território nacional. Com o lançamento do novo Ka e a aposentadoria do antigo, bem como do Fiesta RoCam, a montadora se viu na obrigação de oferecer no mercado nacional veículos criados com vistas a atender diversos mercados.

O mais recentemente desses veículos é o Ka e que por sinal já agrega uma importância crucial para a fabricante. O modelo foi desenvolvido em solo brasileiro, mas sua missão (que não é nada fácil) é de se colocar no mercado como o compacto mais vendido a varejo no país. Em outras palavras isso que dizer que ele vai ter que superar nomes consagrados do setor como o Gol, Palio, HB20 e Onix.

Para a versão sedan a tarefa vai ser um pouco mais simples já que de acordo com os executivos da marca a “missão” do sedan é apenas ser o mais vendido da companhia.

O modelo que teve todos os detalhes revelados ao público em um evento realizado em Trancoso, na Bahia, é disponibilizado pela primeira vez na história com carroceria sedan, o que fez com o nome do carro ganhasse o “+” ficando Ka+.

De acordo com as informações divulgadas a previsão é de que o modelo chegue às lojas no mês de outubro deste ano. As versões serão as mesmas do hatch, ou seja, SE, SE Plus e SEL. De qualquer forma sempre com as opções 1.0 e 1.5.

Os preços começam em R$ 37.890, isso na versão SE 1.0 que conta com direção assistida, ar condicionado, som, vidros e travas elétricas. Com relação ao nível de equipamentos vale destacar que é o mesmo para as duas carrocerias.

Para quem quiser fazer um “upgrade” vai ter que gastar R$ 5.000 a mais. Fato que envolve todos os equipamentos.

O motor 1.5 que conta com quatro cilindros e 111 cavalos de potência é o mesmo que integra o New Fiesta. Com respeito à motorização é interessante de se observar que o bloco 1.0 com três cilindros não será exclusividade do hatch. A partir do mês de outubro ele também será oferecido no sedan.

Outra informação interessante é que com isso há a expectativa de que o Ka hatch equipado com um motor 1.5 chegue nessa mesma época (outubro).

Por Denisson Soares

Foto: Divulgação


A famosa Mercedes-Benz deu início no mês de junho de 2014 à fabricação da nova geração sedan do Classe C, tendo que modernizar suas fábricas, localizadas na cidade de Tuscaloosa, no estado do Alabama. A fabricação demandou um investimento milionário por parte da montadora, pois a fábrica localizada nos Estados Unidos obedece o mesmo sistema de qualidade encontrado na Alemanha. Mas a produção do carro no território estadunidense, somente atenderá a demanda no Canadá e nos Estados Unidos.

De acordo com a montadora, a princípio o carro será disponível em apenas duas opções de motorização:  O bloco de entrada será um 2.0 turbo de 241 cavalos e 31,6 kgfm de torque, seguido do topo de linha 3.0 V6 de 329 cavalos e 48,8 kgfm de força.

O novo Mercedes Classe C nos Estados Unidos dará início a um grande ciclo de investimentos no país.

A produção da nova geração do Classe C em território brasileiro, já foi confirmada a alguns meses pela montadora. A produção ocorrerá em Iracemápolis, cidade que se encontra no interior do estado de São Paulo. A montadora está construindo uma fábrica na cidade com um investimento de aproximadamente R$ 500 milhões, para poder produzir o sedan, e o SUV GLA A. Segundo as contas da Fenabre, desde janeiro até junho a montadora já entregou 999 carros comprados por consumidores brasileiros.

Enquanto a fábrica não fica pronta, os carros estão sendo importados da Alemanha. A previsão para a inauguração é para 2015. O valor inicial do carro importado que é vendido no Brasil é de R$ 122.900,00. Quando iniciar a produção nacional o preço provavelmente irá diminuir, mas a montadora ainda não se pronunciou a respeito do valor do carro produzido no Brasil.

Quem ama carros aguarda agora mais essa novidade de mercado e espera que por se tratar de marca tão conceituada como a Mercedes, o novo carro não apenas corresponda, mas surpreenda as expectativas.

Por Igor Lima

Mercedes-Benz Classe C

Foto: Divulgação


Após estrear na Coreia do Sul há algumas semanas, a nova geração do sedan Sonata finalmente aparece oficialmente ao público ocidental. Principal atração no estande da Hyundai no Salão de Nova York, a nova geração do Sonata chega totalmente renovado e com muitos atributos para enfrentar seus rivais, em um dos segmentos mais disputados no mercado norte-americano.

Além do visual repaginado, alinhado com os mais novos modelos da marca, o novo Hyundai Sonata adota as novas características estéticas da fabricante.

A Hyundai também modificou as dimensões do sedan, fazendo com o que o novo Sonata seja mais comprido e mais largo que a geração passada. Portanto, o novo sedan possui 4,85 metros de comprimento, 1,47 metros de altura e 1,86 metros de largura. Com isso, o novo modelo passa a oferecer um espaço interno maior, tanto para os ocupantes dos bancos dianteiros quanto para os ocupantes da parte traseira, e também houve uma ampliação da capacidade do porta-malas, passando de 463 litros para 510 litros.

A fabricante sul-coreana também modificou a rigidez da estrutura do veículo, já que, de acordo com a Hyundai, o sedan passa a contar com 51% de aços de alta resistência, deixando o veículo significativamente mais sólido e firme ao rodar.

No interior, o Sonata também sofreu alterações. O sedan agora passa a contar com tecnologias inéditas, incluindo a adoção de novos equipamentos que estrearam no novo Genesis há pouco tempo. Outra novidade para a nova geração do Sonata fica por conta da oferta do sistema Apple CarPlay, que estreia o item nos modelos da Hyundai. O sistema oferecido pela Apple CarPlay, que dispõe de uma central de multimídia com tela de 8 polegadas touchscreen, promete integração completa com o iPhone e outros dispositivos da Apple. Além do Apple CarPlay, que será oferecido opcionalmente, o carro ainda terá sistema de som via satélite com SiriusXM Travel Link®, navegador via satélite (GPS), suporte ao Pandora® e aplicações SoundHound.

Completa as alterações da cabine a reformulação total do painel de instrumentos e do console central, incluindo novo volante multifuncional, novos comandos do sistema de climatização, ajuste do carro e do sistema de entretenimento.

Mecanicamente o Hyundai Sonata 2015 será disponibilizado no mercado estadunidense com duas opções de motorização. A primeira opção é um motor 2.4 E-CVVT aspirado, capaz de entregar 187 cv e torque de 24,61 kgfm. Segundo a Hyundai, esse propulsor passou por melhorias, enquanto que o sistema eletrônico de comando variável de válvulas (E-CVVT) passará a oferecer mais torque em baixas rotações, ficando também mais econômico e menos poluente.

A segunda opção, por sua vez, é o bloco 2.0 Theta II GDI E-CVVT Turbo com injeção direta de combustível, que gera 248 cv e 36 kgfm de torque. Trabalhando em conjunto com ambos os motores está uma transmissão automática de seis velocidades.

Embora os preços serão divulgados apenas no lançamento do sedan, a Hyundai iniciará as vendas do novo Hyundai Sonata 2015 até o fim deste ano.

Por Caio Polo

Hyundai Sonata 2015

Foto: Divulgação


Na segunda-feira (14) dessa semana, a General Motors americana mostrou algumas imagens do que seria o sedan Chevrolet Cruze 2015. O modelo será apresentado oficialmente no Salão de Nova York que acontece nos dias 18 a 27 de abril.

O novo modelo teve alterações significativas. A nova grade é bipartida e é inspirada no visual da dupla Impala/Malibu, só que mais chamativa e com ar de dominadora. Os faróis agora têm um filete horizontal cromado, enquanto a de baixo tem um formato de diamante com três filetes.

Para equilibrar com o conjunto de mudanças, o para-choque tomou uma forma de “U” invertido, e as extremidades possuem um cromado com luzes diurnas de LED. Outros equipamentos como faróis, traseira e lateral do carro não mudaram em comparação com a última versão do modelo americano, parecido com o Cruze produzido aqui no Brasil. O sedan chegou ao mercado brasileiro em 2011, e de lá para cá não teve mudanças. Agora, com as novidades anunciadas pela GM americana, o caminho mais provável é que a filial brasileira siga com alterações para o modelo este ano.

A principal mudança que a GM quer mostrar no Cruze 2015 é a maior interatividade do carro com o condutor. Agora o modelo vai ter uma conexão à internet em nível 4G, que pode servir tanto de roteador para aparelhos móveis e computadores portáteis como o novo comando de voz da Apple, o sistema Siri. Funcionando como um smartphone, o sistema multimídia permite que o consumidor baixe aplicativos na sua tela.

A marca promete que o modelo nos Estados Unidos será o automóvel não-híbrido mais eficiente do mercado, que pode ter um consumo médio entre 18 e 20 km/h e autonomia maior que a 1.100 quilômetros por tanque.

No país norte-americano, o Cruze 2015 vai ser disponibilizado nas versões LS (básica), LT (intermediária), RS (esportiva) e LTZ, todos a gasolina e nas opções Eco e Diesel. O Cruze 2015 também vai incluir dez airbags de série, câmera de ré e auxílio estacionamento.

Por Carolina Miranda

Chevrolet Cruze 2015

Foto: Divulgação


O ano de 2014 é, sem sombra de dúvida, um dos melhores para a aquisição de carros. E, dentre as melhores opções, um automóvel está chamando bastante atenção. Estamos, pois, falando do Ford Focus Sedan.

Trata-se de um carrão com freios ABS, airbag duplo, monitor de pressão dos pneus, sistema multimídia SYNC com tela de 4 polegadas, rodas de liga leve, além de controle de estabilidade e de tração para o modelo com transmissão automatizada.

O Focus Sedan da Ford, por sua vez, tem vários pontos positivos como modernidade, conforto, segurança e uma série de recursos que tornam a sensação de guiar esse veículo algo super incrível. Em todo o caso, no que concerne aos preços, a verdade é que os valores então sugeridos são de R$ 62.990,00 a R$ 89.990,00, a depender da versão escolhida. 

No mais, para entendermos a dinâmica do carro, o fato é que alguns itens de série precisam ser escritos como: chave ou cartão inteligente automático, inclui entrada sem chave e inclui partida sem chave; retrovisores das portas do motorista e passageiro com ajuste elétrico na pintado e luzes indicadoras; suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora; roda tipo independente e molas helicoidais; suspensão tipo multibraço e traseira com barra estabilizadora; entre outros pontos que incrementam a força e estilo do Ford Focus Sedan.  

Outro ponto a favor é que o Ford Focus Sedan tem um ótimo custo benefício e parece ter sido feito para todos os tipos de clientes. Assim, apesar de ser muito bom, devemos salientar que há pequenos pontos negativos como o tecido do carro e o fato deste ser baixo demais.

O objetivo do carro, com efeito, é fazer a Ford entrar de vez no mercado dos sedans médios e com a tarefa de disputar espaço com o VW Golf.

Por Juan Wihelm

Ford Focus Sedan 2014

Foto: Divulgação


A Fiat lançou nesta semana o novo Linea para este ano. O carro, que ganhou um design mais sofisticado e renovado, tem como destaque o seu preço inicial na categoria Essence que sai a partir de R$ 55.850.

O sedan médio que teve sua primeira versão feita para concorrer com os sedans Corolla e Civic, agora revelou seus conceitos e tem a esperança de conseguir mais vendas após essas  mudanças. O carro tem três categorias, a Essence, a Essence Dualogic (que sai a partir de R$ 59.240) e a Absolute (que custa R$ 66.450).

A Absolute é a versão mais completa do carro, sendo top de linha, tem câmbio automático, ar condicionado digital automático, rodas de aro 17, saída de ventilação para o banco traseiro e cortina para-sol para as janelas traseiras.

O veículo também vem com sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico, e para divulgar esse item, tem até um pensamento e comentário preconceituoso (o qual diz  que "até as mulheres conseguem estacionar”).

O novo Fiat Linea continua contando com o motor bicombustível 1.8 16V. Chega a 130 cavalos de potência rodando com gasolina, e 132 cavalos de potência, com etanol. O torque é de 18,4 kgfm (gasolina) e 18,9 kgfm (etanol).

O carro estará disponível nas cores  Branco Banchisa, Branco Kalahari, Preto Vulcano (sólidas), Prata Bari, Cinza Scandium e Preto Vesúvio (metálicas).

O veículo ainda vem com planos de garantia (de três anos, sem limite de quilometragem), e assistência 24 horas Confiat, que realiza serviços como reboque e socorro mecânico. 

O carro aparenta ser um bom veículo e ter uma relação de custo-benefício equivalente (mesmo tendo uma divulgação preconceituosa de um dos acessórios tecnológicos – o que deveria ser cortado, ao meu ver), a Fiat acertou em rever os conceitos do modelo e adequá-lo à categoria em que o mesmo realmente se encaixa. 

Por Mariana Caetano

Fiat Linea 2015

Foto: Divulgação


A Citroën anunciou novos modelos de seus mais recentes 'DS' em um evento em Paris. A nova Berlina Citroën DS 5LS baseia-se na DS5 e será construída e vendida exclusivamente na China.

O 'LS' no nome significa "sedan de luxo" e será o segundo modelo DS a ser construído na nova fábrica em Shenzhen após o DS5, como a marca joga pesado em um boom de vendas no mercado chinês em rápida expansão.

Com um design claramente inspirado no conceito selvagem Rubis mostrado no Shanghai Motor Show deste ano, o DS 5LS tem um exterior elegante com 'asas' cromadas na frente que circundam a grade e se estendem até os faróis.

Esse recurso é destinado a ser o novo rosto do sucesso DS da sub-marca, e ela vai aparecer em todos os modelos da marca DS futuras, incluindo o novo Citroën DS3 SUV que também deve chegar mais tarde em 2014.

O design de três portas tem mais em comum com o sedan C5 que o DS5, mas compartilha as rodas de liga inteligentes e escape duplo com seu irmão Premium. Em 4,7 metros de comprimento, com uma distância entre eixos de 2,7 metros, a Citroeë afirma que o DS 5LS irá oferecer espaço para as pernas para ajudar a atrair os compradores que desejam ser motoristas. Isso é 0,2 m mais longo que o DS5.

No interior, ele tem o mesmo volante de fundo chato e uma mistura de madeira, couro e plásticos de toque suave projetados para dar uma sensação de luxo. O console central é intitulado em direção ao motorista, e aparelhos como assentos de massagem, um purificador de ar, câmara de marcha e leitor de DVD estão incluídos no carro.

Três variantes de motor a gasolina serão oferecidos: um motor a gasolina turbo de 1.6 litros com 158 ou 197bhp e um motor VTi 132bhp. O motor 1.6 irá impulsionar as rodas dianteiras através de uma caixa automática de seis velocidades com conversor de torque convencional.

Por Jaime Pargan

Citroën DS 5LS

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: