Versões do carro tiveram aumento de até R$ 1.000.

A montadora Toyota apresentou a sua nova linha 2019 do modelo Corolla no mês de abril, um pouco antes de lançar o Yaris. Nessa época, o sedã médio já havia perdido duas versões, a GLi e a GLi CVT, e partia para a GLi Couro, pelo valor de R$ 89.990. Os preços iam até no máximo R$ 118.850 na sua versão Altis. Agora, o site da Toyota no Brasil mostra os seus preços um pouco mais elevados. Na configuração GLi em Couro está saindo por R$ 90.990 e a Altis está sendo cobrado o valor de R$ 118.990.

Vale lembrar também que a linha 2019 do novo Toyota Corolla não possui nenhuma alteração em relação ao seu sedã. Seja visual de mecânica ou até mesmo em seus equipamentos. O GLi em Couro segue como o único dotado com um motor 1.8 e flex, gerando uma força de até 144 cv movido a etanol e, como essas configurações o sedã, vem com câmbio automático e relações continuas e variáveis (CVT). Já as demais versões, os XEi, XRS e Altis, já trazem um motor 2.0 e flex capaz de chegar até 154cv com etanol.

Confira a alteração nos valores de cada modelo dessa linha do Toyota Corolla 2019:

O Corolla GLi em Couro 2019 vai agora para o valor de R$ 90.990 e antes ele custava o valor de R$ 89.990.

O Corolla XEi 2019 vai agora para o valor de R$ 105.990 e antes ele custava o valor de R$ 105.690.

O Corolla XRS 2019 vai agora para o valor de R$ 111.990 e antes ele custava o valor de R$ 111.270.

O Corolla Altis 2019 vai agora para o valor de R$ 118.990 e ante ele custava o valor de R$ 118.850.

Apesar de ter sofrido uma variável até considerável em seu valor, ainda compensa adquirir um carro do modelo. Pois ele é um dos carros mais luxuosos hoje na atualidade, e se procura conforto e um ótimo desempenho, esse carro é perfeito. Ele oferece tudo isso em praticamente todos os modelos de sua linha.

O Corolla tem sido a linha que mais tem vendido na Toyota aqui no Brasil, com isso tem conquistado o coração dos amantes de automóveis brasileiros. Por isso se ainda não comprou o seu essa pode ser uma grande oportunidade.

Mesmo com a alta no seu valor, ainda seu custo benefício é um dos melhores. Pois ele é um carro de alto padrão e mesmo suas versões 2.0 tem um bom desempenho com etanol. E ainda consegue economizar um pouco com combustível.

Ideal para viagens familiares, onde terá um ótimo desempenho nas rodovias, além de proporcionar muito conforto a toda sua família.

Vá até uma concessionária Toyota e faça um teste drive. Experimente pessoalmente uma máquina dessas, com certeza irá se apaixonar. Não deixe de consultar nenhuma informação sobre o modelo para que possa assim desenvolver um ótimo negócio. O Corolla é um carro que quem compra não se arrepende. Pelo contrário, as pessoas só trocam por outro mais novo do mesmo modelo.

Não se vê no mercado muitos Corollas usados para vender. Pois é um carro que depois que se compra a pessoa se apaixona pelo veículo.

Consulte quem já possui um desses veículos e comprove você mesmo. Com certeza irá se decidir em comprar um.

Na sua versão em Couro ele possui um acabamento interno perfeito. Mesclando seu estofado com todo o design interno ficando um carro de alto padrão. E dando um ar totalmente luxuoso ao modelo.

É um carro para deixar qualquer um apaixonado, quem tem não vende e quem experimenta quer comprar um de qualquer jeito!

Ricardo Ferreira Rodrigues


Novo modelo da Toyota será lançado no Brasil nas versões hatch e sedan.

O novo Toyota Yaris é lançado no Brasil nas versões hatch e sedan, com motores 1.3 e 1.5, tendo a dura missão de superar a concorrência, tarefa nada fácil, já que os modelos disponíveis no mercado estão conquistando o consumidor e esta promete ser uma disputa difícil. Nesta última quinta-feira, dia 7, a Toyota apresentou as duas versões do Yaris para o mercado brasileiro e confirmou que a produção começa já neste mês.

Os preços do Toyota Yaris começam em R$ 59.590 e vão até R$ 79.990, tudo vai depender da versão escolhida pelo consumidor e o que ele irá querer acrescentar em seu novo carro. O modelo hatch terá motor 1.3, enquanto o motor 1.5 será para hatch e também sedan, sendo o mesmo modelo do Etios, só que passou por uma ligeira mudança e consegue oferecer um pouco mais de potência. A intenção da Toyota é ocupar o espaço que ficou entre o Etios e o Corolla.

A meta da montadora é vender pelo menos 5.800 unidades por mês, o que para alguns especialistas é um número bastante elevado, já que a crise no Brasil se agravou e o cenário não anda favorável às vendas de carros 0Km, mas a Toyota manteve esta estimativa e foi mais além, determinando que 45% das vendas devem ser do sedã e 55% do hatch.

Ainda em relação às vendas, 95% deve ser de modelo com câmbio automático CVT e apenas 5% dos consumidores deverão optar pela transmissão manual. Estes números podem apontar uma nova tendência do mercado, com preferência para o câmbio automático, mas também pode ser simplesmente o desejo da montadora de forçar mais a venda do modelo e menos do que tem câmbio automático. Seja como for, a decisão final continua sendo do consumidor e dentro de alguns meses as estatísticas estarão mostrando qual foi a opção que teve maior procura.

E o foco da Toyota agora é no Yaris, tanto é que as versões Platinum e XLS do Etios estão sendo deixadas de lado, elas não serão mais vendidas, pois a montadora quer ter seu novo modelo se destacando entre os que estão comercializando. Realmente será preciso muito empenho para garantir boas vendas, pois o Yaris vai bater de frente no mercado nacional com o Volkswagen Polo, o Honda Fit, o Peugeot 208 e o Ford Fiesta, modelos que estão indo muito bem e ainda tem as versões mais caras, mas que estão chamando a atenção do consumidor, entre elas o Argo da Fiat e o HB20 da Hyundai.

No caso da versão sedã do Yaris, a disputa pelo consumidor será com o Honda City, o Virtus da Volkswagen, o Cobalt da Chevrolet e também o Cronos da Fiat.

Em relação ao tamanho, o Yaris hatch é bem generoso, com seus 4,14 metros de comprimento e de largura tem 1,73 metros. A distância entre-eixos é de 2,55 m e a altura de 1,49 m. No caso do sedan, as medidas são as mesmas, exceto o comprimento, que é um pouco maior, tendo 4,42 metros. O porta-malas é de 310 litros para a versão hatch e 473 litros para o sedan, sendo que em relação ao tamanho do taque de combustível, para ambos o tamanho é de 45 litros.

E com tantos bons concorrentes no mercado nacional, a Toyota resolveu apostar em uma lista com variados itens de série para as duas versões do Yaris, oferecendo ar-condicionado, comandos no volante, rodas de 15 polegadas de liga leve, faróis com acendimento automático, entre outras opções.

O Yaris tem um visual arrojado, com linhas modernas, material de qualidade em seu interior, mas não se preocupou apenas com a beleza, a Toyota também ficou atenta à parte de segurança, por isso as duas versões trazem controle de tração e estabilidade, faróis de neblina, airbag duplo, assistente de rampa e até frenagem com ABS.

Por Russel

Toyota Yaris 2019

Toyota Yaris 2019

Toyota Yaris 2019


Modelo chega às concessionárias com modificações e novos acessórios.

Os consumidores brasileiros que sempre esperam uma grande novidade para o ano de 2019 de sua marca de carro preferida, mais uma vez não vão sair decepcionados. Se a preferência for pela Toyota então, é bom ir se preparando, pois a montadora já anunciou grandes novidades para a sua linha Etios 2019.

Sem esquecer um dos seus grandes sucessos de vendas no Brasil, o seu Toyota Etios, a montadora japonesa anunciou oficialmente que a sua linha de veículos feita para as grandes cidades deverá ter novas modificações com o objetivo de oferecer a seus consumidores muito mais segurança e praticidade na hora de dirigir.

Uma das grandes modificações para a linha 2019 é a inclusão de um assistente que vai ajudar o veículo a dar partida em grandes rampas tanto no declive quanto no aclive e também a adoção de controles eletrônicos de estabilidade e de tração.

Vale salientar que estas modificações serão válidas para as duas versões disponíveis do Toyota Etios, a Hatch e a Sedan. Além disso, ambas já se encontram disponíveis à venda nas concessionárias da marca desde o mês de março de 2018.

Entretanto, como o lançamento de uma nova versão sempre traz um ônus a mais para o consumidor final, o uso destes dois dispositivos vai representar um custo adicional no preço de venda do novo modelo, em torno de R$ 1.050,00.

Deste modo, para os leitores que gostam de saber logo de cara o preço do modelo novo, ele está nas concessionárias da marca espelhadas pelo Brasil com um custo final que pode variar entre R$ 47.000,00 para a versão Hatch e de R$ 52.000 a R$ 70.000,00 para a versão sedan, o que vai depender do gosto e do bolso do consumidor.

Outra novidade é a saída da versão tipo Cross, o Etios Cross. Com a ascensão dos veículos do tipo SUV no país, o modelo foi afetado em seu volume de vendas, o que fez a montadora tirar esta versão ‘mais reduzida’ de um SUV por baixos índices de comercialização.

Para os detalhes externos, o novo Etios 2019 traz algumas novidades que prometem manter o estilo mais luxuoso e refinado, mesmo na sua versão hatch.

O visual ficou um pouco mais agressivo com linhas mais negras, seguido de faróis do tipo máscara negra. Sem contar que a versão exclusiva, a X-STD, lançada também para o ano de 2019, não ganhou este tipo de detalhe.

Para os leitores que gostam de saber sobre a motorização e o câmbio do novo modelo 2019, aqui vão as novidades: a nova versão ganha as versões 1.3 e 1.5, ambas com 16 válvulas. Entretanto, ambas permanecem com o mesmo sistema de abertura e fechamento do sistema de cabeçotes (válvulas) e com a caixa de marcha manual de seis marchas e de quatro marchas automático para a as respectivas versões.

Além destas modificações , a nova linha 2019 vem também com outros itens de série como ar condicionado digital, direção elétrica, vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico, travas elétricas, abertura do porta malas por um dispositivo elétrico no painel do veículo, inclusive para a versão hatch, dentre outras novidades.

Outros itens também estão presentes como sistema de conexão Bluetooth, entradas para dispositvos USB, computador de bordo, controle de som no volante e demais funções.

Os interessados em conhecer a nova linha Etios 2019 devem se dirigir a uma concessionária mais próxima de sua casa e agendar, quem sabe, um test drive com o novo modelo.

Para quem já tem um e quer trocar pela versão mais nova, então é bom ir preparando o bolso porque a versão 2019 vem com um preço bem mais elevado.

Emmanoel Gomes


O Yaris foi feito a partir da incorporação de um estilo mais jovem que a fabricante fez questão de atender. No Brasil, o novo carro pensa no público mais jovem que precisa se locomover com mais rapidez e não quer perder tempo no trânsito das grandes

Se você pensa que já viu tudo da Toyota em termos de luxo e sofisticação de seus modelos de veículos mais famosos, então vai se surpreender com um novo lançamento que a marca pretende trazer para o Brasil só a partir de 2019: o Toyota Yaris.

Sucesso de vendas na Europa, o novo Yaris deverá trazer para o mercado de automóveis brasileiro um novo conceito que vai unir tanto o padrão de luxo e sofisticação típicos da marca e a praticidade de um carro feito para mostrar todo o seu desempenho dentro das cidades.

Para começar, o novo Yaris chegará ao Brasil em 2019 com o mesmo estilo e sofisticação de sua versão europeia.

A Toyota decidiu apostar no gosto dos brasileiros que gostam de viver na cidade e, portanto, precisam de um carro confortável e prático ao mesmo tempo. Deste modo, o modelo foi projetado dentro de categoria hatch, portanto, mais leve, compacto e econômico.

O novo Yaris seria uma versão mais compacta do seu maior sucesso, o Corolla?

Os menos avisados vão tomar um susto com as imagens do novo modelo. Afinal, um detalhe que chama a atenção no novo carro é o seu formato compacto. Pode soar estanho para quem já estava acostumado para o estilo tipo ‘carrão’ que colocou a montadora no topo das vendas por um bom tempo no país.

Até mesmo quem já estava acostumado com o estilo mais curto de outro modelo similar do seu concorrente mais próximo, o Honda Fit, vai se surpreender com a capacidade da montadora em reinventar seu estilo.

O Yaris da Toyota foi feito a partir da incorporação de um estilo mais jovem que a fabricante fez questão de atender. O novo carro (no Brasil) foi pensado naquele público mais jovem que precisa se locomover com mais rapidez e não quer perder tempo no trânsito louco das grandes cidades.

Características próprias do novo modelo da Toyota

Feitas as devidas apresentações, vamos agora repassar para os leitores um pouco das características do novo modelo. É claro que aquele ditado que ‘uma imagem fala mais do que mil palavras’ vai com certeza caber aqui, visto que, vocês vão poder também apreciar o novo modelo com as imagens deste artigo também.

Logo de cara, o que chama a atenção é estilo do novo Yaris. Os faróis em LED e no tipo alongado fazem a diferença, seguido com uma grade frontal em um estiolo único e lanternas com um novo desenho.

Quanto aos itens internos, o modelo da Toyota não deixa nada a desejar aos demais modelos da mesma marca. Para começar, ele vem com ar condicionado digital, direção elétrica, vidros elétricos, airbags laterais e frontais, teto solar, sensor de chuva e de luz.

Os consumidores que gostam de áudio e vídeo vão gostar do sistema multimídia que vem de fábrica, com rádio AM/FM e com entrada USB, além de um painel frontal onde o motorista pode acessar todas as funções do carro. Neste sentido, o novo Yaris vem com um volante multifuncional onde o condutor pode atá realizar chamadas no celular sem precisar tirar as mãos do volante.

De acordo com as informações técnicas liberadas pela Toyota até o presente momento sobre o veículo, a versão que vai estrear em 2019 vem com motor 1.8 e potência de até 144 cv.

Sem descuidar da segurança de seus consumidores, aliás, esta é uma das características do da Toyota, o novo modelo incorpora uma série de itens que irão contribuir para a manutenção da integridade física dos seus ocupantes. São eles, por exemplo, o controle automático de tração, câmeras auxiliares de estacionamento, sistema de aviso de colisão e mudanças inesperadas de faixa, dentre outros.

Se você gostou até aqui, então vá se preparando desde agora para agendar uma visita a uma concessionária mais próxima de sua casa para conhecer de perto este mais novo lançamento da Toyota.

Por Emmanoel Gomes

Toyota Yaris 2019


Veja aqui mais informações sobre o Recall do Toyota Corolla.

Ao saber que haverá uma convocação para recall, a primeira pergunta que se vem é exatamente o que é este recall. As empresas possuem grande importância com a segurança de seus compradores, pois isso manterá seu status de empresa preocupada e a conseqüência disso é a maior procura por seu produto por ter um título de segurança, sendo assim, após análises, quando uma empresa detecta que em algum de seus modelos feitos está contido algum problema, os carros que estão “infectados” são convocados para a correção desse problema pela montadora, no caso do Corolla, a responsável é a Toyota.

Encontrado o problema que atinge 65.963 carros que é denominado por problema de transmissão. E também o problema nos AirBags que afetam 53.635 unidades.

Os proprietários da atual geração do Corolla foram convocados nesta terça feira, dia 3 de abril de 2018, para o recall.

De maneira organizada, primeiramente a convocação será para proprietários do Corolla 1.8 que contém câmbio automático, esses terão que fazer uma reprogramação na unidade de transmissão eletrônica da CVT. As 65.963 unidades citadas por problemas na tranmissão foram fabricadas todas entre 7 de outubro de 2013 e 11 de agosto de 2017. Abaixo seguirá os intervalos alfanuméricos nãoo sequênciais dos chassis:

Os carros Corolla convocados para a revisão são:

Do Corolla GLi Automático 1.8

O Alfanumérico: 9BRBL3HE*; Os chassis serão de J0104446 até J0125110

Alfanumérico: 9BRBLWHE*; Já os Chassis vão de F0001003 até H0104445

Já para os que contém problemas na transmissão:

Toyota Corolla:

O número Alfanumérico 9BRBD48E* ; O número de Chassis: D26020000 a E2642203

O número Alfanumérico 9BRBL42E*; E os Chassis: D4759577 a E4789205

Mas pensando profundamente no que interessa um recall para os condutores de veículos ou para as montadoras. Para as empresas é de grande importância ter uma boa segurança de seus passageiros e condutores de veículos comprados porque dessa forma a sensação de segurança por parte do passageiro é a garantia de que terá um retorno econômico para sua própria empresa pois essa segurança traz para os compradores uma sensação maior de que se comprarem o produto não terão problemas para enfrentar futuramente E caso tiverem, tem confiança na empresa, que consertará os defeitos contidos.

Diferentemente da indústria, o pensamento da pessoa física é normalmente com a própria preocupação do seu bem-estar e em caso de acidente não machucar a si mesmo e em Casos de Família não pôr em risco a vida de seus entes queridos. Até porque quem arca com as consequências materiais, ou seja econômicas, de um acidente, caso comprovado que for por erro de fabricação, é a própria montadora do veículos, independente da marca, pois ela prometeu uma segurança que as vezes não ofereceu.

Segundo informações da empresa, pode haver alguma possibilidade de ocorrer um mau funcionamento da válvula solenoide da transmissão CVT, isso faz com que a unidade de controle eletrônico acenda uma luz de advertência no painel de instrumentos, isso poderá dar um limite a velocidade do carro em até 60 km/h. Diferente de alguns outros recalls onde pode ser oferecido os riscos materiais e físicos ao condutor e todos que estiverem dentro do veículo Toyota deixa claro aos seus passageiros que não vai haver a possibilidade desses danos ocorrerem por esse problema válvula solenoide. Então é um alívio para quem conduz por saber que sua vida não está em risco e que poderá confiar na marca para continuar usando seus veículos.

Gustavo Martins dos Santos


Confira aqui a ficha técnica e as novidades presentes no Toyota Yaris 2018.

A aposta da Toyota para concorrer na categoria do Volkswagen Polo e do Honda City será o Yaris nacional, que vem a ser lançado em maio, com custo variando entre R$ 60.000,00 e R$ 80.000,00. Em novembro, a versão sedã Yaris será apresentada somente no Salão do Automóvel de São Paulo.

Junto com o hatch, o sedã será fabricado em Sorocaba, no estado de São Paulo, a partir de uma versão evoluída da plataforma Etios, chamada de EFC (Entry Family Car).

Há quem diga que o Yaris já está rodando em testes no interior de São Paulo. No momento, o modelo só está disponível na Tailândia, em um motor 1.2 de 86 CV, com transmissão automática CVT.

Medidas

O Yaris Hatch mede 4,14 metros de comprimento, 1,73 metro de largura, 1,45 metro de altura, 2,55 metros de distância entre eixos. Além disso, seu porta-mala comporta 300 litros (que é a mesma capacidade do compartimento do hatch da Volkswagen).

Mecanismos

Na linha Yaris, a motorização prevista será a 1.8, de 16 válvulas flex, que rende até 144 cv de potência e 18,6 kgfm de torque com etanol. Tudo isso combinado ao câmbio manual de cinco marchas ou automático CVT (variação contínua).

Ademais, o Yaris virá equipado de uma série com controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, isofix, encosto de cadeira para todos os ocupantes, cinto de três pontos, além de 4 airbags (versões mais caras apresentarão airbags de cortina e para o joelho do motorista). A nova versão sedã do Yaris contém rodas de liga leve de 16 polegadas.

Além disso, conta com um volante multifuncional, com teclas de computador de bordo, sistema de som, piloto automático e telefonia, junto de revestimento de couro. Apresentam também os componentes clássicos, como o GPS, leitor de CD e DVD, rádio, bluetooth, câmera de ré, ar-condicionado digital e entradas USB, SD e HDMI. Também garantem que a central multimídia sensível ao toque é completa e de uso intuitivo.

Seu sistema de direção tem um ótimo nível de assistência confortável nas manobras, além de vir com peso suficiente para transmitir segurança até mesmo nas velocidades mais elevadas.

Desenho

Seu desenho apresenta um upgrade em relação ao tão comentado Etios e causa uma boa impressão à primeira vista. Ele também se assemelha bastante ao Nissan Versa.

As maçanetas têm acabamento cromado (apenas na versão mais equipada) e os retrovisores ganham um aplique preto brilhante. Apresenta luz de posição (lanterna), na forma de um filete de led, na traseira, na tampa do porta-malas e na lateral da carroceria, o que deixa o carro com um ar mais sofisticado.

No momento, o Yaris ainda não passou pelos testes de segurança, mas a Toyota assegura sua construção com ligas de altíssima resistência. Tem previsão de chegada ao Brasil em maio de 2018.

Até o momento, ainda é difícil definir um veredito final. Comparando com as grandes promessas da Volkswagen, da Fiat e da Honda, a competição fica acirrada. Portanto, é necessário esperar a estreia para declarar o vencedor.

Ficha técnica – Toyota Yaris

  • Preço estimado: entre R$ 60.000 e R$ 80.000;
  • Dimensões: comprimento: 442,5 cm, largura: 173 cm, altura: 147,5 cm, entre-eixos: 255 cm, peso: 1.470 kg, tanque: 42l, porta-malas: 473l;
  • Motor: gasolina, diant., transv., 4 cil. em linha, 1.1197 cm3, 16V, 72,2 x 72,5 mm, 11,5:1, 86 cv a 6.000 rpm, 11 mkgf a 4.000 rpm;
  • Câmbio: automático, CVT, tração dianteira;
  • Suspensão: McPherson (dianteiro), eixo de torção (traseiro);
  • Freios: disco ventilado (dianteiro), tambor (traseiro);
  • Direção: elétrica;
  • Rodas e pneus: 185/60 R15.

Aurenivia Alves Pereira


Veja aqui uma projeção de como pode ser o visual do novo Toyota Corolla 2020.

Sem sombra de dúvidas, este vai ser um lançamento que poderá estremecer toda a categoria dos Sedans de luxo em todo o mundo.

Para quem não sabia, o Toyota Corolla é um dos carros mais vendidos em todo o mundo e agora parece que vai continuar o seu reinado chegando à sua 12ª geração. Um verdadeiro sucesso em todo o mundo.

Embora a Toyota ainda não tenha se manifestado oficialmente, os sites especializados no mercado automotivo mundial já disparam que a montadora já trabalha em segredo para lançar no mercado, ainda este ano, a linha 2020 da marca.

As especulações giram em torno da nova plataforma adotada pela marca, a TNGA, sigla que significa a nova arquitetura global da Toyota, que deverá ser adotada para sua linha de produção ainda este ano.

Para quem quiser ter uma ideia da nova sistema de projeção dos carros da marca, basta ver o lançamento do novo Auris, um novo modelo de hatch, ainda não lançado no Brasil e que, segundo os especialistas, além de incorporar as mudanças com o novo projeto, ele poderá ter sido a fonte de inspiração para a nova linha do Corolla 2020.

Se formos bastante objetivos, podemos reproduzir o raciocínio dos que conhecem o mercado de automóveis, que afirmam que o novo Corolla é a versão do Auris em um estilo sedan.

As fontes mais especializadas no assunto afirmam ainda que o novo Corolla poderá absorver muito do lançamento Europeu, com algumas modificações necessárias mais voltadas para o gosto dos consumidores brasileiros, embora a plataforma seja a mesma.

Para quem já viu as fotos por aí, a opinião é de que o resultado ficou maravilhoso, principalmente, para quem gosta de muita sofisticação, luxo e robustez.

Embora o que seria o protótipo do novo modelo 2020 já tenha sido visto rodando em uma fase de testes, todo camuflado por adesivos nas estradas europeias, o que se sabe é que a versão 2020 deverá seguir uma tendência na adoção de motores híbridos.

E ao que tudo indica parece que a Toyota vai aproveitar o mesmo tipo de motorização do Auris para o Corolla 2020. Esperamos que ela faça também todas a adequações necessárias, levando em consideração o tamanho e peso de um sedan de luxo, com mais capacidade de passageiros para um modelo hatch, menor e mais esportivo.

Se as previsões se confirmarem, o Corolla 2020 deverá chegar ao Brasil em duas versões, a 1.8 e a 2.0, com motor do tipo hibrido mesmo. Há uma segunda versão do motor que será adotada pela marca, o 1.2 Turbo, C-HR, porém, algumas informações dão conta de que este tipo não vai ser adotado para o modelo brasileiro (Talvez, o Brasil não tenha estradas suficientemente adequadas para este tipo).

Apesar da agitação que se segue em torno do lançamento da nova versão, a Toyota ainda não se manifestou sobre quais os planos para a nova linha 2020. As únicas imagens que possivelmente possam ser do novo modelo estão por aí circulando a pleno vigor na internet, a exemplo de outros modelos esperados também como o novo Ford Focus 2018.

Quem conhece a fundo as estratégias da montadora japonesa pode afirmar que ela pode estar preparando um ambicioso plano para surpreender os seus consumidores pelo mundo afora e já pode esta trabalhando também naquela que seria também a versão 2020 do seu sedan mais famoso.

Se o mercado consumidor brasileiro ainda nem tem ideia de quando a versão 2020 vai chegar por aqui, então, com relação ao preço nem se fala. Mas quem já tem experiência pode até arriscar um palpite: o preço com toda certeza deverá ser mais caro.

Emmanoel Gomes


Modelo traz diversas versões e itens. Confira as características.

A linha Toyota Hilux e SW4 2018 é apaixonante. Está recheada de novidades e promete tomar o gosto de quem ainda não tem uma Hilux ou quer trocar por um modelo mais atual. Um dos atrativos para este tipo de automóvel é relacionado aos preços da categoria que variam entreR$ 108.990 e R$ 193.270 na Hilux 2018, já da SW4 vão de R$ 152.090 a R$ 252.790. Ficou curioso? Então confira tudo sobre a nova linha e corra para adquirir o seu.

Linha Toyota Hilux 2018

Uma grande novidade é a inédita Challenge substituindo SR turbodiesel que não está mais no catálogo. E é esta versão que vamos apresentar primeiro. Com motor turbodiesel de 2,8; rps 3400; tração 4×4 apresenta rodas liga leve com 17 polegadas na tonalidade preta. O modelo ainda conta com grades pretas, design interior com detalhes pretos e vermelhos, protetor de para-choques, há central multimídia toucheescren, câmera de ré, blueetooth, travas e retrovisores elétricos, computador de bordo e disponível nas cores Vermelho Metálico e Branco Polar. E o preço? Imperdível! Recomendado em R$ 161.990.

Dentro da linha a SR 4×2 também apresenta novidades que valem a pena destacar. Com motor sob o capô de 2.7 e 163 cavalos. Com 5.000 rotações por minuto e 25 kgfm com 4.000 rotações por minuto. Câmbio de 5 marchas. Apresenta também banco com ajuste para altura, computador de bordo, ar-condicionado, direção hidráulica, rodas de liga leve em 17 polegadas, bluetooth, USB, faróis de neblina. A opção mais em conta sai por R$ 108.990.

SW4 2018

A novidade é em relação ao SR 4×2. Com motor 2.7, 163 cv e câmbio de 6 marchas – automático. Quanto aos equipamentos a lista é grande: Ar-condicionado automático, central de multimídia touchscreen em 7 polegadas, volante ajustável – altura e profundidade, assentos luxuosos em couro, computador de bordo, airbags laterais, acabamento do painel em madeira, paddle shifts – trocas manuais da marcha e câmera de ré. Este modelo está tabelado em R$ 178.990.

O que foi apresentado até o momento se trata de versões destinadas ao público em geral. Contudo, há outras duas versões, estas são para vendas diretas. A Hilux Diesel de 4×4 Narrow, possui cabine dupla e está tabelada em R$ 153.780. A versão automática da SW4 SR diesel de 4×4 para 5 lugares com valor de R$ 228.320.

Veja a tabela com todas as versões e modelos tabelados de acordo com o preço sugerido para o mercado.

Modelos e Preços Hilux 2018

– SR M/T 4×4 Dupla Canine, FLEX: R$ 108.990

– SR A/T 4×2 Dupla Canine, FLEX: R$ 115.000

– Chassi M/T 4×4 diesel Simples Cabine: R$ 119.550

– Cabine M/T 4×4 diesel: 123.520

– SRV A/T 4×2 Dupla Cabine, FLEX: R$ 124.380

– SRV A/T 4×4 Dupla Cabine, FLEX: R$ 135.090

– STD M/T 4×4 Dupla Cabine, Narrow, DIESEL: R$ 135.780

– STD M/T Dupla Cabine, DIESEL: R$ 136.280

– SR Challenge A/T 4×4 Dupla Cabine, DIESEL: R$ 161.990

– SRV A/T Dupla Cabine, DIESEL: R$ 171.260

– SRX A/T Dupla Cabine, DIESEL: R$ 193.270

Modelos e Preços SW4 2018

– SR M/T 4×2, 5 assentos, FLEX: R$ 152.090

– SR A/T 4×2, 5 assentos, FLEX: R$ 165.640

– SR A/T 4×2, 7 assentos, FLEX: R$ 171.140

– SRV A/T 4×2, 7 assentos, FLEX: R$ 178.990

– SR A/T 4×4, 5 assentos, DIESEL: R$ 228.320

– SRX A/T 4×4, 5 assentos, DIESEL: R$ 247.160

– SR A/T 4×4, 7 assentos, FLEX: R$ 252.790

Agora que você já está por dentro de todos os modelos, equipamentos e preços é hora de adquirir um Toyota desta linha fantástica. Há versões para todos os gostos.

Por Mateus Aparecido de Faria

Toyota Hilux 2018


A nova Hilux 2018 foi desenvolvida com base no novo estilo global adotado pela Toyota. Dessa forma, a picape acaba parecendo ser maior do que suas medidas informam.

A Toyota apresentou há alguns meses a linha 2018 da Hilux que apresenta grandes mudanças em suas versões. A picape da Toyota conta com três novas configurações. Com preço sugerido partindo de R$ 108.990, essa é a grande aposta da Toyota para a categoria em 2018. Confira mais informações sobre a nova Hilux 2018 na continuação desta matéria.

A nova Hilux 2018 foi desenvolvida com base no novo estilo global adotado pela Toyota. Dessa forma, a picape acaba parecendo ser maior do que suas medidas informam. Vale destacar que a Hilux 2018 ganhou 7 cm, mas isso não é muita coisa para uma picape, sendo assim, ela continua menor que o modelo S10 cabine dupla. A impressão de ser maior é devido à nova frente do automóvel que conta com grade mais proeminente e cromada.

Principais novidades

E como destacado aqui, as principais mudanças estão nas versões da nova Hilux. Um dos destaques é a versão SRX que agora passa a contar com faróis de neblina dianteiros em LED de fábrica. Também se destaca a série especial SR Challenge, cuja principal inspiração é o modelo SR diesel com motor 2.8, equipada com câmbio automático de seis marchas além de tração 4×4.

A nova Hilux 2018 também está mais luxuosa: o interior da picape recebeu bancos e painéis de portas com acabamento em tecido vermelho além de painel preto com friso vermelho e tapes com o logo Challenge. A parte tecnológica do interior é garantida com o sistema multimídia acompanhado de tela sensível ao toque de 7 polegadas, trio elétrico, computador de bordo, câmera de ré, dentre outros itens.

A nova versão Hilux SR Flex 4×2 também promete fazer bastante sucesso com itens como, por exemplo, ar-condicionado manual, câmbio manual, computador de bordo monocromático, direção hidráulica progressiva, faróis de neblina dianteiros, modos de condução Eco e Power, banco do motorista com ferramentas de regulagem de altura, além de outros itens.

Itens de série

Um dos destaques da linha 2018 da Hilux é, sem sombra de dúvidas, a grande quantidade de itens de série. A versão SR 4×2 Flex conta com os seguintes itens de fábrica: airbag de joelho para o banco do motorista, sistema de alarme perimétrico, airbags frontais, ar-condicionado manual, banco do motorista com opção de ajuste de altura, freios ABS com EBD, computador de bordo monocromático, direção hidráulica, rodas de liga leve aro 17 polegadas, sistema multimídia de 7 polegadas com tela sensível ao toque (com TV Digital, GPS, DVD, câmera de ré, Bluetooth, USB AUX, rádio), além de outros itens.

Já a versão Hilux SRV com suas variantes 4×2/4×4 Flex ou Diesel contém os itens da versão acima além de adicionar: assistente de reboque, ar-condicionado automático, retrovisor externo cromado, computador de bordo com tela de 4,2 polegadas, controle eletrônico de estabilidade, assistente de subida, seis alto-falantes, dentre outros itens.

A versão SRX 4×4 Diesel, por sua vez, além de contar com os itens já citados ainda vem acompanhada de: faróis de neblina dianteiros de LED, acendimento automático dos faróis, faróis de LED, entrada e saída sem precisar usar chave e rodas de liga leve aro 18 polegadas.

Preços

Confira abaixo os preços das versões e suas variantes da Hilux 2018:

· SR 4×2 M/T Flex com Cabine Dupla: R$ 108.990

· SR 4×2 A/T Flex com Cabine Dupla: R$ 115.000

· Chassi 4×4 M/T Diesel com Cabine Simples: R$ 119.550

· Cabine 4×4 M/T Diesel: R$ 123.520

· SRV 4×2 A/T Flex com Cabine Dupla: R$ 124.380

· SRV 4×4 A/T Flex com Cabine Dupla: R$ 135.090

· STD 4×4 M/T Diesel Narrow com Cabine Dupla: R$ 135.780

· STD 4×4 M/T Diesel com Cabine Dupla: R$ 136.280

· SR Challenge 4×4 A/T Diesel com Cabine Dupla: R$ 161.990

· SRV 4×4 A/T Diesel com Cabine Dupla: R$ 171.260

· SRX 4×4 A/T Diesel com Cabine Dupla: R$ 193.270

Motor

Em relação ao motor sob o capô da Hilux 2018, saiba que estão disponíveis duas opções. O motor da versão de entrada é o mesmo encontrado na geração anterior. Ou seja, trata-se de um Dual VVT-I Flex 2.7 com 163 cv de potência a 5.000 rpm (etanol) ou 159 cv a 5.00 rpm (gasolina). A outra opção, e também uma novidade, é o motor Diesel 2.8 1GD de 177 cv de potência e 45,9 kgfm com transmissão automática de seis velocidades além dos modos Eco e Power. Também há opção de transmissão manual de seis marchas para o motor 2.8.

Por Bruno Henrique

Toyota Hilux 2018


Modelo ganha reestilização e chega ao Brasil por R$ 159 mil.

A linha 2017 do RAV4, lançado pela Toyota, chega tendo como destaque, entre as novidades, a reestilização que foi feita em sua dianteira. Para compararmos ela ficou um pouco parecida com a do C- HR, um SUV compacto, que também é da marca e deve ser lançado aqui no Brasil em 2018. Veja os detalhes dessa novidade logo abaixo:

Os preços

Bom, voltando ao RAV4, ele será vendido em uma versão única sendo ela a 4×2 CVT Top. O preço sugerido é de R$159.290. A título de curiosidade, a linha 2016, que conta com a mesma configuração, era taxada em R$147.850. Aqui a alta foi de R$11.440.

Além da citada modificação na dianteira, que agrega também um redesenho da grade e do para-choque, o modelo também ganhou uma reestilização em suas saias laterais e nas rodas de 17 polegadas, que agora tem um novo visual. No caso da traseira, quase não houve mudanças, a não ser se considerarmos o aplique na tampa do porta-malas.

Mais novidades

O RAV4 2017 ainda tem outra novidade. Tanto as lanternas quanto os faróis agora contam com iluminação full-LED. Os faróis de neblina ganharam uma nova moldura cromada.

As poucas modificações feitas no carro foram suficientes para fazê-lo aumentar de tamanho. Apesar de ter ganhado 3,6 cm no comprimento, a distância entre-eixos (de 2,66m), assim como a largura (de 1,845m), não foram modificadas.

Itens de Série

Indo agora para os itens de série do modelo, vamos ter câmera de ré, central multimídia com GPS, computador de bordo (agora em tela TFT colorida), partida do motor por botão, abertura das portas com sensor de chave, acabamento de couro sintético, Isofix, controles de tração e estabilidade, sete airbags, sensores de estacionamento traseiros e dianteiros e teto solar elétrico.

Além de tudo isso, o Toyota RAV4 ainda irá contar com ar-condicionado trazendo dois ajustes independentes de temperatura e controle de velocidade de cruzeiro, além de aviso sonoro para a chave na ignição e faróis ligados.

Por fim, o trem de força continua sem nenhuma alteração. Continuamos com o motor 2.0 com 145 cavalos de potência e 19,1 kgfm de torque. O câmbio é um CVT de sete marchas virtuais.

Por Denisson Soares


Confira aqui as principais novidades e o preço do Toyota Etios Ready 1.5 Automático.

De pouco em pouco. Em resumo, é assim que a Toyota tem feito com o Etios em relação as mudanças. Em agosto de 2016, a fabricante mostrou um novo facelift para o carro. Na época apenas a versão Platinum iria receber as alterações. Mas chegando o final do ano a montadora resolveu estender a “novidade” para outro modelo. Com isso a edição especial Ready 1.5 acabou por chegar ao mercado.

De início o hatch sairá das concessionárias por R$ 59.780. A título de curiosidade ele vai custar R$ 3.590 a mais do que o XS Original, modelo este sobre o qual foi baseado.

Um dos pontos que mais foi alvo de comentários de especialistas foi o estilo adotado pelo carro. Com o objetivo de diminuir um pouco o ar de utilitário do Etios, os para-choques dianteiros e traseiros estão com uma cara mais esportiva. Para carregar um pouco mais esse aspecto alguns detalhes ainda foram acrescentados como os frisos e os retrovisores que vem na cor da carroceria.

O nome Ready, que só ficou adesivado na coluna do carro, é a única identificação da versão especial. Quando comparamos o Ready com a versão Platinum vamos ver algumas diferenças bem claras em coisas simples. Por exemplo, temos as rodas de aro 14 com calotas e a falta dos faróis de neblina bem como das lentes claras dos faróis e as lanternas. Sobre as cores, a Toyota está disponibilizando duas cores: a Prata Premium ou a Vermelho Fúria. As duas são metálicas e não terão custo extra.

Seguindo o “método” do mercado, já se consagrou oferecer as séries especiais com um pacote mais recheado de itens com um preço relativamente mais baixo do que usualmente seria cobrado se fossem vendidos isolados. Além dos aspectos plásticos, o Ready traz (a mais que o XS ) o sistema multimídia Toyota Play. Antes esse sistema era coisa exclusiva do Plantinum. No mais ainda vamos encontrar o suporte para bolsas e mochilas, tapetes e porta-malas.

Como pontos positivos do carro podemos destacar o novo desenho dos retrovisores e a reformulação do acabamento interno; o bom desempenho do modelo e entre os itens de série EBD, freios com ABS, direção elétrica e ar-condicionado.

Por Denisson Soares


Nova versão do modelo chegará às concessionárias com mudanças visuais e custará cerca de R$ 62 mil.

O novo Etios Platinum 2017 nas versões Hatchback e Sedã estão custando a partir de R$ 62,490.

A Toyota mostrou ao público brasileiro nesta terça-feira (2) o novo Etios Platinum com visual totalmente renovado, em duas versões, hatchback e sedã. Com muitas novidades e uma delas é a nova variante que recebeu rodas novíssimas com 15 polegadas, um acabamento na cor preta em sua coluna do centro. A grade da frente ficou na mesma cor do carro e máscara negra na lanterna de trás. Os bancos receberam couro e material sintético, macio e agradável ao toque.

Mas a novidade ficou por conta do seu design feito com exclusividade, no para-choque frontal e da parte de trás e também a grade da frente foram desenvolvidos com um diferencial pela equipe de engenharia brasileira.

O moderno Etios Platinum 2017 vai estar disponível nas concessionárias Toyota a partir do dia 04 de agosto em duas versões. Na versão hatchback ele pode ser adquirido por R$ 62.490 e na versão sedã por R$ 65.990.

Em seu interior, o novo modelo recebeu uma aplicação de couro macio com material sintético, proporcionando mais conforto ao usuário, bem como sistema multimídia Toyota Play com som, TV, DVD, GPS e câmera. As lanternas da parte de trás são com máscara negra e o sensor para estacionar fica na cor do carro, fazendo a diferença do novo utilitário.

O novo modelo Etios Platinum 2017 somente poderá ser encontrado com o motor 1.5 Dual VVT-i DOHC com 16 válvulas, seu rendimento é de 107 Cv de potência a 5.600 rpm, se o abastecimento for com etanol. Caso seja a gasolina, será de 102 Cv e os mesmos 5.600 giros. Se fizermos uma comparação com a versão passada, a nova motorização ganhou em torque 11% e potência 11 Cv. A transmissão é automática com 4 velocidades.

A nova marca ainda apresenta direção eletroassistida progressiva (EPS), sistema moderno de ar-condicionado, além de abertura elétrica no hatchback e interna no Sedã (do porta-malas e tanque de combustível). Todas as portas com chave de comando para abrir e fechar, trava elétrica e alto-falante. Computador de bordo possui a função EcoWallet, que possibilita o condutor digitar o valor que pagou pelo combustível e calcular o gasto numa viagem, na tela digital.

E sobre itens obrigatórios não faltou ao Etio 2017 o airbag duplo na frente e sistema moderníssimo de ABS.

Por Ruth Galvão


Conheça aqui um pouco mais do Toyota Etios 2017.

A Toyota anunciou o lançamento de 6 (seis) versões do Etios modelo 2017, todos eles com motor 16 V Dual VV Ti Flex.

As versões X-MT e X-AT vem com um motor de 1.3 litors com 98 CV e as versões XS-MT, XS-AT, XLS-MT e XLS-AT vem com um motor de 1.5 litros e 107 CV. As 3 (três) versões "-MT" tem transmissão manual de 6 (seis) velocidades, enquanto que nas outras versões, "-AT", esta transmissão é automática com 4 (quatro) marchas.

Nas duas versões mais básicas, as "X-MT" e "X-AT", o tipo de transmissão é o único item diferente que se pode observar e na grande maioria dos seus itens básicos de fábrica são iguais nas demais versões. Com exceção dos itens que foram "melhorados", onde vemos o caso das rodas, que nas versões "X" e "XS" tem rodas em aço de 14" com calotas e nas versões "XLS" já vem com rodas de liga leve com aro de 15".

No acabamento externo pode-se observar alguns itens de fábrica em todas as versões. Espelhos e maçanetas externas, grade dianteira e os dois para-choques são da cor do veículo.

Na parte interna do veículo, as diferenças também são observadas nas versões. Algumas delas são: dois tipos de acabamento nos bancos, em tecido nas versões "X" e "XS" e em material sintético nas quatro versões "XS" e "XLS", que também contam com tem 3 (três) porta-copos (duas dessas estão na parte da frente), este último item não consta na versão "X".

Com Ar-condicionado e porta-luvas climatizado de 13 (treze) litros em todas as versões, eles possuem o sistema de velocidade cruzeiro, onde este é programado e o motorista não precisa mais pisar no pedal. Com isolamento acústico na cabine, um motor mais silencioso e com menos vibrações, a direção eletroassistida e a suspensão mais macia, o fabricante focou na tranquilidade das pessoas a bordo.

E falando nisso, não podemos esquecer a parte de segurança, onde esta é bem observada com o sistema "ISOFIX", que além da facilidade, a montadora menciona uma maior segurança na fixação de cadeiras para crianças. Deformação progressiva é o nome do item que diminui o impacto em caso de colisão e está presente em todos os veículos mencionados aqui.

Além dessas informações, no site da Toyota podemos ver que eles oferecem garantia de 3 (três) anos de fábrica, devendo ser observada as condições da mesma.

Por: Fernando Dias


Oficialmente a marca anunciou a chegada do T3 no Salão de Pequim. Expectativa é que ele chegue até o fim de 2016

Uma das empresas do setor automotivo que chegaram no Brasil e estão cada vez mais ganhando prestígio do consumidor brasileiro é a JAC Motors. E é neste contexto que a empresa está conduzindo a todo vapor os testes para trazer o seu veículo T3 para o mercado nacional. Uma prova que os testes estão acontecendo em ritmo intenso é o fato de o modelo já ter sido visualizado durante o test-drive de imprensa do lançamento do renomado e aguardado Toyota Etios 2017, teste este que foi realizado no interior do estado de São Paulo na cidade de Mogi das Cruzes.

Com relação às dimensões o JAC T3 possui de 4,14 metros de comprimento, largura de 1,75m e 2,49m de entre-eixos, medidas estas que são bem similares às dos seus principais concorrentes que serão os Renault Sadero Stepway, Hyundai HB20X e Volksvagen Cross Fox. Todavia, o diferencial do T3 em relação aos concorrentes mencionados serão os faróis e capô em posição elevada, bem como um porte um pouco mais avantajado.

A comercialização do T3 aqui no mercado nacional já foi divulgada oficialmente pela JAC durante o Salão de Pequim 2016, sendo que a expectativa da empresa é que este modelo comece a ser comercializado até o final do ano de 2016.

Lá fora o T3 possui outro nome de batismo, sendo que por lá ele é conhecido como S2. No primeiro momento, a ideia da JAC Motors era realizar a produção do T3 junto com a produção do novo J3 na sua unidade da cidade de Camaçari (BA), porém com o atual cenário da economia nacional a JAC reformulou os seus planos, de modo que a principal aposta da fabricante passou a ser a fabricação do seu novo crossover o T5, modelo este que chegará ao mercado nacional para brigar com o Ford EcoSport.

Com relação à motorização que será utilizada no T3 será o conhecido propulsor 1.5 16V já utilizado pela marca nos modelos J2, J3 e J5 e também no próprio T5, este propulsor é capaz de entregar aos veículos chineses uma potência máxima de 113 cavalos e um torque de 14,9 Kgfm. Na versão brasileira o propulsor será adaptado para uma opção flex e terá a capacidade de gerar uma potência máxima de 125 cavalos quando abastecido com gasolina e 127 cavalos quando abastecido com etanol e, respectivamente, um torque de 15,5 e 15,7 Kgfm. No mercado chinês, este motor trabalha em conjunto com câmbio de seis marchas nas configurações manual ou automática de variação contínua, sendo que esta última opção de câmbio já está confirmada para equipar o T5 nacional.

Por Adriano Oliveira


Veículo conta com novidades para tentar vencer a concorrência do HB 20 e Onix.

Os consumidores que estão à procura de comodidade, modernidade e economia, não podem perder o lançamento do novo Toyota Etios, que chega ao Brasil com câmbio automático e visual arrebatador.

A Toyota, que começou a sua produção em 1892, no Japão, atualmente é a maior montadora do planeta com atuação em 160 países e é normalmente conhecida por sua inovação, qualidade e respeito aos seus clientes.

Esperado desde 2012, o novo Toyota deverá apresentar as novidades até o fim do mês com o objetivo de atrair os admiradores por carro até a chegada da segunda geração.

Nos dias atuais, com a crise econômica que o país está presenciando, o poder de compra da população diminuiu, por esse motivo houve uma retração no mercado, isso pode prejudicar o lançamento do carro. Além disso, ainda terá que enfrentar a concorrência da HB20 e Onix, que também irão receber modificações no estilo.

O Etios irá receber o câmbio automático de quatro marchas, que é o mesmo utilizado na geração anterior do Corolla, o que ajudaria a reduzir consideravelmente os custos de produção, além disso, ele estará à frente dos carros automatizados ofertados pela Fiat e Volkswagen.

Porém, uma desvantagem relacionada ao Toyota Etios é que comparado a Hyundai e Chevrolet, ele sai perdendo, pois essas marcas produzem caixas de seis velocidades.

Em relação a parte visual, o modelo terá leves mudanças na grade, faróis e para-choques.

As concessionárias já fazem propaganda do modelo, que é produzido no complexo em Sorocaba (SP), que passará a montar 108 mil unidades do Etios por ano. A rede Grand Brasil criou um folder que anunciava o lançamento para que o consumidor não compre outro carro e espere o lançamento do novo modelo.

A fabricante anunciou no final do ano passado a reestilização dos novos motores 1.3 e 1.5, que são diferentes dos atuais.

Atualmente o Etios Hatchback e Sedan são vendidos com duas opções de motor, o 1.3 de 90 cv de potência e o 1.5 de 96 cv. Quanto aos preços, eles variam entre R$ 41.890 a R$ 54.790 (hatch) e R$ 46.390 e R$ 57.050 (sedã).

Se esse é o carro que você procura, não perca a oportunidade de adquirir o novo Toyota Etios com melhorias no motor e no visual.

Raquel Alice Moreira


Nova Hilux 2016 possui preço sugerido a partir de R$ 114.860 até R$ 188.120.

No início de novembro a Toyota, uma das maiores montadoras do mundo, anunciou oficialmente a nova Hilux 2016 para o mercado brasileiro. Esse era um dos lançamentos mais esperados do mercado automotivo brasileiro.

A nova Hilux vem recheada de novidades e totalmente reformulada. Um dos principais destaques é o novo conceito adotado pela Toyota para este modelo, haja vista a montadora apostar numa versão de utilitário mais próximo dos carros de passeio. A Hilux 2016 possui preço sugerido a partir de R$ 114.860 e sua versão mais cara custa R$ 188.120.

Um exemplo bastante claro que indica o novo conceito adotado pela Toyota para a Hilux é a dianteira que conta com faróis e grade bastante inspiradas no Corolla. Além disso, a parte interna também lembra bastante o Corolla, pois dispõe de painel e quadro de instrumentos bastante semelhantes do sedan da Toyota.

O lançamento da Toyota para 2016 conta com nada menos que seis versões, sendo que todas são equipadas com motor a diesel. Dentre os principais itens da Hilux 2016, podemos destacar: cabine dupla (isofix), freios ABS com EBD além de assistente de rampas (versões SRV e SRX), três airbags (no mínimo) e controles eletrônicos de tração e estabilidade (disponíveis a partir da versão SRV).

Já em relação aos itens de série, os clientes irão encontrar: sistema de entretenimento com tela de sete polegadas, rodas de 17 polegadas, volante multifuncional, ar-condicionado, porta-luvas refrigerado e sistema de som personalizado. As versões mais caras ainda dispõem de itens como, por exemplo, sete airbags, bancos em couro acompanhados de ajustes elétricos, ar-condicionado automático, rodas de 18 polegadas, sistema de condução EcoDrive.

Uma das grandes novidades está na parte mecânica do automóvel, pois o antigo motor 3.0 de 171 cv deu lugar ao GD 2.8 de 177 cv e 42,8 kgfm com câmbio manual e 45,8 kgfm com automático. Um dos grandes destaques desse motor é sem sombra de dúvidas a promessa de economia de combustível além de uma maior potência. Além disso, é importante destacar que, pela primeira vez, o famoso sistema de tração 4×4 dispõe de acionamento eletrônico.

Por Bruno Henrique

Toyota Hilux 2016

Toyota Hilux 2016

Fotos: Divulgação


Nova geração tem previsão de chegar ao Brasil no 1º semestre de 2016.

A nova geração da Toyota SW4 tem previsão para chegada ao Brasil no primeiro semestre de 2016, com fabricação na Argentina, segundo divulgação da empresa, em evento internacional.

O novo SUV Fortuner, como é conhecido na Austrália, Tailândia (seus maiores mercados globais) e Oriente Médio, corresponde ao SW4, que será lançado no Brasil, e traz novidades na nova versão. Teve projeto desenvolvido no centro de produções da montadora Toyota, na Tailândia, com o auxílio de engenheiros e projetistas australianos e japoneses.

Com design sofisticado e particular, de traços ainda mais modernos, o novo SUV de grande porte apresenta diferenciações. Em sua parte dianteira, o modelo possui faróis com luzes diurnas de LED e projetores; grades novas, com filetes cromados e barras que se direcionam ao para-choque; também exibe molduras cromadas e espessas ao redor dos faróis de neblina. As laterais também dão continuidade ao estilo requintado do carro, com vidros de formatos distintos, com destaque para o design da porta traseira. Na parte de traz do veículo, lanternas de LED estreitas e divididas pela tampa do porta-malas, associadas a uma barra, também cromada, ajudam a compor o novo visual esportivo e moderno do SUV. 

O SW4 2016 apresenta modificações em sua dimensão: é 7 centímetros maior que o modelo anterior, 2 centímetros mais largo, 4,5 centímetros mais baixo, e continua com a mesma distância entre-eixos, de 3,08 metros.

No que diz respeito à mecânica, tem-se o novo motor GD 2.8 de 177 cv e 42,8 kgfm (câmbio manual) e 45,8 kgfm (câmbio automático) e transmissões de seis marchas, independentemente de ser manual ou automática.

Para o sistema de tração 4×4, a antiga alavanca deixa de existir, pois o acionamento desse sistema passa a ser eletrônico. O interior da picape transmite conforto, segurança e tecnologia, com revestimento em couro, a nova tela infotainment, no console central, bem como novos volantes e assentos. Há espaço para sete passageiros, e fixações Isofix para cadeirinhas de crianças, podendo chegar a conter 7 airbags.  Possui também volante multifuncional, sistema integrado de som Bluetooth/CD/USB, rodas aro 17 e porta-luvas com compartimento refrigerado.

Por Helem Franco

Toyota SW4

Toyota SW4

Fotos: Divulgação


Novo modelo tem estreia marcada no Brasil para a primeira semana de novembro de 2015. Seus preços partem de R$ 181 mil.

Após ter sido lançada no Sudeste Asiático e na Austrália, agora a oitava geração de uma das caminhonetes que mais fazem sucesso, a Toyota Hilux, chegará para comercialização aqui no Brasil na primeira semana do mês de novembro.

Informações que já estão sendo veiculadas dão conta de que o preço desse utilitário será de R$ 166 mil para a versão mais básica a SR, R$ 181 mil a versão SRV e a versão topo de linha que é a SRV TOP custará R$ 192.400.

A previsão de chegada da Hilux flex é somente para o próximo semestre, sendo assim, neste primeiro momento essa nova versão da Hilux só será comercializada com propulsor movido a Diesel.

Com relação à versão antiga, ela não mais será produzida na fábrica de Zárate, na Argentina, agora com a produção dessa antiga geração encerrada, para fazer a introdução da nova geração da caminhonete no mercado brasileiro, por aqui, as revendedoras da Toyota estão tralhando com vários descontos para zerar os seus estoques, para se ter uma noção o modelo de entrada na versão 4X2 está saindo por R$ 95 mil, a versão SRV com rodas aro 16 polegadas estão sendo vendida a R$ 153.500 e a versão top que vem com controle de estabilidade e rodas de 17 polegadas está saindo por R$ 162 mil.

Essa nova versão da Hilux traz muitos diferenciais em relação à versão anterior, o primeiro deles é que ela é mais larga, mais longa e mais baixa. Agora ela possui 5,34 metros de comprimento, 1,86 de largura e 1,82 de altura. Já a distância entre-eixos foi mantida e continuou com 3,09  metros, a melhor mudança e que irá agradar muitos consumidores foi a que ocorreu no espaço para os passageiros do banco traseiro que ganharam um espaço de 3,5 cm para acomodar os joelhos. Outra novidade interessante é que este veículo teve a sua capacidade de reboque aumentada para 3.500 Kg, sendo que o seu limite de carga é de 1.240 Kg.

Os novos propulsores são o 2.4 e o 2.8 turbodiesel os quais possuem a capacidade de produzir uma potência máxima de 150 cavalos e 177 cavalos respectivamente, a estreia desses motores ocorreu na Ásia.  

Por Adriano Oliveira

Toyota Hilux 8ª geração

Toyota Hilux 8ª geração

Fotos: Divulgação


Carro híbrido da Toyota deverá chegar ao Brasil ainda neste ano de 2015 totalmente reestilizado.

Após ter sido apresentado há poucos dias, no Salão de Frankfurt, evento ocorrido na Alemanha, a renomada fabricante de veículos automotores Toyota  já divulgou oficialmente que a nova geração do seu veículo híbrido, Toyota Prius, irá chegar ao mercado brasileiro bem antes do que era previsto anteriormente.

Essa divulgação foi feita na 11ª edição do Salão Latino-Americano de Veículos Elétricos, evento este ocorrido na cidade de São Paulo, sendo que a montadora informou que o Prius irá chegar ao mercado brasileiro ainda neste ano de 2015.

Apesar de o veículo ser importado do Japão, a  expectativa  da empresa é de que essa novidade chegue ao Brasil por volta do mês de dezembro. O carro chegará totalmente reestilizado nesta nova versão e alinhado com os lançamentos recentes da Toyota. O veículo foi projetado sobre a plataforma modular chamada TNGA, fator este que fez com que nessa nova versão, o Prius tenha um tamanho sensivelmente maior que o modelo anterior. Segundo os dados técnicos da fabricante, estas novas medidas incluem um acréscimo de 60 mm no cumprimento e outros 15 mm na largura, consequentemente com um ganho de espaço interno. Além disso, o chassi do carro obteve uma rigidez de 60% a mais e o centro de gravidade, mais baixo.

Conforme a própria Toyota já divulgou de forma oficial, a produção do Prius aqui no Brasil está inserida nos seus planos futuros, sendo que a produção deste novo Prius será feita na unidade da Toyota localizada na cidade de São Bernardo do Campo (SP). No entanto, o entrave para que isso ocorra são as incertezas que a montadora possui a respeito de quais seriam os incentivos que o governo brasileiro daria para o setor. O outro fator desanimador seria a volatilidade do câmbio, uma vez que a operação será realizada no regime de CKD com peças importadas diretamente do Japão, motivo pelo qual a empresa está analisando o assunto com cautela.

Por Adriano Oliveira

Novo Toyota Prius 2016

Novo Toyota Prius 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo conta com mudanças no visual e novas tecnologias.

A Toyota deve chegar bastante forte ao mercado automobilístico, tanto no restante de 2015 como no início de 2016. Após a apresentação da reestilização do Lexus LX 570, foi a vez da montadora japonesa apresentar o novo Land Cruiser 2016. Apesar do lançamento não contar com mudanças radicais, as mudanças efetuadas foram suficientes para trazer uma cara nova ao automóvel, bem como dar uma boa sequência a esta geração.

O design do Land Cruiser 2016 apresenta algumas novidades. A novidade que mais se destaca é, sem sombra de dúvidas, a nova grade frontal que conta com três barras e ganha grande destaque entre os faróis projetores que vêm acompanhados de LEDs. Outro detalhe interessante, e inédito, é que o capô conta com uma cavidade em sua parte central. A parte traseira do automóvel também passou por mudanças, haja vista as lanternas que foram redesenhadas e o friso cromado que se encontra acima da placa.

Saiba que as novidades não são exclusivas da parte exterior do automóvel, pois a parte interna também conta com muitos atrativos. Um dos principais destaques é o novo console central com tela multimídia de 9 polegadas. Além disso, também temos a tela LCD de 4,2 polegadas que é localizada no cluster. A parte interior do automóvel é toda iluminada com LEDs. Os clientes podem optar entre as quatro cores diferentes para o acabamento interno.

As novidades na parte interna do automóvel não param por aí. Um dos destaques é o novo pacote de segurança Sense P, no mercado japonês. Esse pacote trás ainda mais segurança, bem como interatividade com o cliente. Um dos diferenciais desse pacote é que o mesmo dispõe de sistema de pré-colisão que é capaz de identificar pedestres, possui radar Cruise Controle, dispõe de alerta de saída de faixa, monitor de pontos cegos dentre outras ferramentas.

Já na parte mecânica, o automóvel não conta com variantes. O mesmo é disponibilizado no mercado japonês com apenas uma única opção de motor, o V8 4.6 litros de 318 cavalos e 44,6 kgfm de torque a 3.400 rpm. O mesmo é acompanhado de transmissão automática de seis marchas e tração integral.

Por Bruno Henrique

Toyota Land Cruiser 2016

Toyota Land Cruiser 2016

Toyota Land Cruiser 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo conta com inovações no design e será lançado em breve.

O Toyota Land Cruiser que será lançado para o ano de 2016 virá com algumas modificações no seu visual. A previsão de seu lançamento é para as próximas semanas, mas o modelo foi flagrado sem a "camuflagem" em uma das concessionárias da fabricante, o que revelou alguns detalhes interessantes.

Seu novo design aparenta ser mais sóbrio e elegante que o do modelo atual, que é um pouco mais agressivo. Grande parte das alterações do Toyota Land Cruiser está localizada na parte dianteira do modelo. Agora os faróis do modelo serão retangulares e com um detalhe de um friso cromado na lente, o que faz um belo conjunto com os novos faróis de LED. Outro detalhe diferente deste modelo é a grade: totalmente renovada, o detalhe frontal ganhará frisos cromados em posição horizontal, e o para-choque se apresentará em formato mais quadrado, possuindo um protetor em formato de "U" invertido, também cromado.

Os faróis para neblina também vêm renovados e contam com uma moldura que acompanha o estilo cromado dos outros detalhes frontais. Mas não só na parte dianteira há novidades, a parte traseira também oferece inovações: há lanternas também com a tecnologia em LED, que são interligadas por um detalhe de um filete cromado, com o nome "Land Cruiser" estampado, para agradar os fãs da marca.

A parte interna do Land Cruiser conta com um volante novo e uma versão mais atualizada do já famoso sistema de entretenimento, além de inovações também no acabamento. 

O novo modelo tem previsão de começar a ser vendido já no final deste ano, mas como o mercado nacional sempre demora um pouco mais para oferecer as inovações aos seus clientes, o modelo ainda não tem previsão de chegada no Brasil.

O que nos resta é esperar para conferir todas essas novidades e todas as outras que ainda não foram reveladas no novo Land Cruiser.

Por Patrícia Generoso

Toyota Land Cruiser

Toyota Land Cruiser

Fotos: Divulgação


Corolla teve 312.792 emplacamentos no mundo nos 3 primeiros meses de 2015. Se continuar no ritmo que está de vendas, pode atingir o recorde de carro mais vendido no mundo, ultrapassando o Golf, que em 2014 teve 1.223.253 unidades vendidas.

O Toyota Corolla começou o ano de 2015 ganhando a liderança no mercado de vendas nos três primeiros meses do ano.  Segundo a consultoria Focus2move, que realizou a pesquisa entre 120 carros. Foi revelado que até o mês de maio ocorreu em torno de 312.792 emplacamentos de veículos da linha Toyota do modelo Corolla.

A venda ainda está em um ritmo acelerado, e pode alcançar o recorde do carro mais vendido no mundo, titulo que foi concedido em 2014 para o Golf que fechou com 1.223.253 unidades vendidas.

Para o mercado automobilístico, entre as categorias de sedans, o Toyota Corolla está ganhando uma posição de destaque na preferência dos motoristas, muitas concessionárias estão recebendo clientes que estão escolhendo o carro pelos diversos quesitos de qualidade e sofisticação. Pois, o veículo vem com a opção Flex de combustível, motor 1.8 ou 2.0 e a caixa de cambio automático ou manual. E o preço atual está na faixa de R$ 67.000.

O Corolla pertence à fabricante Toyota, a empresa também impressiona o mercado com o seu sistema de produção eficiente e que já destacou por vários prêmios de qualidade e alta tecnologia.

O Toyota Corolla está liderando, mas na posição entre os mais vendidos, o Golf está na segunda opção e pode aproximar do primeiro lugar, outro modelo muito bem conceituado é o Ford Focus que já está na terceira posição.

Veja a lista dos mais vendidos até maio de 2015 no Brasil:

1 – Toyota Corolla com 312.792;

2 – VW Golf com 258.989;

3 – Ford Focus com 214.318;

4 – Ford F-Series com 209.241;

5 – Hyundai Elantra com 193.014.

Portanto, agora é só esperar qual será o veículo que será o mais vendido deste ano, quem sabe o Toyota permanece na liderança e ganha o título ou os outros modelos também podem ganhar mais destaque.

Caso tenha uma preferência, deixe o seu comentário.

Por Jaqueline Mendes Rodrigues dos Santos

 

Vendas do Toyota Corolla

Vendas do Toyota Corolla

Fotos: Divulgação


Lançamento da nova versão ocorrerá em breve. Modelo contará com novo painel, com tela sensível ao toque, com diversas funções multimídia.

Um grande mistério envolvendo o nome da Toyota chegou ao fim. Depois de muita especulação sobre o lançamento da nova Hilux, a data oficial da sua estreia no mercado foi revelada. De acordo com o site Hilux Revo Thailand, o novo utilitário será lançado no dia 21 de maio de 2015.

Apesar de ser uma informação extra oficial, esse site é o mesmo que divulgou as primeiras imagens que vazaram da nova geração da Hilux, portanto, é bem possível que essa realmente seja a data oficial do lançamento do carro.

Mesmo que o lançamento ocorra nos próximos dias, especulações dão conta de que o novo veículo só chegará para o mercado asiático dentro de alguns meses. As imagens que vazaram da nova Hilux mostram detalhes importantes do carro, como um para-choque mais largo, luzes de LED para uso diurno, partes cromadas na carroceria e novas rodas, que foram redesenhadas. Pode parecer pouco, mas já deram um visual bem diferente para o utilitário da montadora japonesa.

A parte interna também foi modificada, e deve apresentar um painel novo, que tem como destaque a tela sensível ao toque, onde foram centralizadas diversas funções multimídia.

Para quem está interessado na parte mecânica, a marca traz motor com blocos de 2.4 litros turbodiesel, com 150 ou 167 cavalos de potência, e outro motor turbodiesel, porém com 2.8 litros e potência de 177 cv. Esse segundo motor entra para substituir a versão de 3.0 litros.

No Brasil, as especulações são de que a nova picape chegará em nossas terras apenas no ano que vem. A produção da nova Hilux está sendo na planta de Zárate, na Argentina, que teve um investimento de R$ 1,6 bilhão para receber a produção do novo veículo.

A montadora não informou os possíveis valores da nova Hilux no Brasil, já que todas as informações divulgadas até agora foram de fontes não oficiais.

Por Felipe Villares

Toyota Hilux

Foto: Divulgação


Nova plataforma tem materiais mais leves acrescentando potência de 15% e melhoria na eficácia no gasto de combustível em 25%

A Toyota expôs nesta quinta-feira sua atual plataforma global de autos, designada TNGA – sigla para Toyota New Global Architecture. De combinação com a montadora japonesa, a disposição terá materiais mais leves, o que consentirá acrescentamento de potência em 15% e melhoria na eficácia no gasto de combustível em 25%.

Ao mesmo tempo, a plataforma TNGA autorizará a diminuição dos preços de fabricação de novos automóveis, graças a sua adequabilidade. A expectativa da Toyota é de que, até 2020, metade de seus transportes comercializados mundialmente aproveite a nova arquitetura. O primeiro modelo a adotá-la será um veículo médio, com tração dianteira, a ser disseminado até o fim de 2015.

A montadora confirma que a TNGA concentra materiais mais leves e oferece centro de gravidade mais baixo. Além disso, a Toyota assegura que o novo apoio vai empregar motores mais modernos, que acrescentaram a ação energética em 25%, bem como 15% a mais de potência. Os híbridos ficarão 15% mais competentes.

O primeiro modelo com a TNGA aparecerá ainda este ano e será um carro de porte médio com tração dianteira como mencionado anteriormente, mas futuramente modelos de tração traseira também usarão a plataforma. A Toyota acredita que metade de seu extenso lineup esteja abastecido com essa plataforma em 2020.

De acordo com o site japonês Nikkei Asian Review, o novo Prius  vai ser arranjado no Brasil em 2018, em São Bernardo do Campo (SP), na primeira fábrica da Toyota fora do Japão, consagrada em 1962 e que acaba de ter a fase elementar de revitalização completada. A aquisição nesta etapa do projeto foi de aproximadamente R$ 19 milhões. Batizado “São Bernardo Reborn”, o projeto contempla diversas ações. Entre elas está a implantação do terceiro turno no setor de forjaria, que passará a produzir peças para aprovisionar a futura planta da Toyota em Porto Feliz (SP), com previsão de inauguração no primeiro semestre de 2016, e onde serão fabricados os motores 1.3L e 1.5L do Etios.

Por Lorena de Oliveira

Nova plataforma da Toyota

Foto: Divulgação


Novo modelo será lançado no Salão de Nova York

A Toyota anunciou duas fotos de forma que antecipa a versão híbrida da sua RAV4 que será disponibilizada no próximo ano. O veículo, contudo, será mostrado ao público no Salão de Nova York. Nas imagens, existe a possibilidade de somente verificar uma parte da traseira do modelo, apresentando algo um pouco distinto da RAV4 2015, o que significa que será recebido com design otimizado e que poderá ser utilizado no restante da série.

As configurações técnicas não foram informadas, entretanto, existe a possibilidade da empresa utilizar o motor de 2.5 litros de quatro cilindros do Lexus NX300h que possibilita 200 cavalos em união com o sistema híbrido.

A Toyota deixou para depois o começo da fabricação do modelo híbrido Prius no território brasileiro para 2018, de acordo com o jornal de negócios Nihon Keizai Shimbum. Em outubro do último ano, a companhia tinha divulgado que a fabricação do veículo possuiria começo no próximo ano. O Brasil irá se tratar do terceiro país, somado ao Japão, a ter a fabricação do Prius. China e Tailândia já fabricam o veículo em menor escala.

Segundo a NKS, a Toyota irá começar o planejamento de um objetivo especificado de fabricação depois de terminar as negociações de proveitos com o governo do Brasil e com o governo do estado de São Paulo. A companhia tem a meta de importação de kits de peças para fabricação do modelo em sua fábrica de São Bernardo do Campo. Para fornecer espaço para a nova fabricação, a empresa tem o objetivo de levar a fabricação de peças da picape Hilux para o território argentino.

A empresa disponibilizou na Tailândia o novo Corolla Nürburgring Edition. O novo modelo ganhou para-choque dianteiro com design mais sofisticado, faróis com máscara negra, grade frontal com acabamento escurecido, spoilers, rodas de liga-leve diamantadas de 17 polegadas, saias laterais, aerofólio na tampa do porta-malas, dentre outros.

Por Felipe Couto de Oliveira

Toyota RAV4 híbrido

Toyota RAV4 híbrido

Toyota RAV4 híbrido

Fotos: Divulgação


A montadora Toyota lançou mais uma novidade no mercado automobilístico no ano de 2015. Essa novidade é o novo Toyota RAV4 2015 que está muito mais moderno e equipado do que as suas versões anteriores.

Com relação à parte técnica, esse veículo foi projetado com um motor de 2,5 L Dual VVT 16V, transmissão automática sequencial com sete velocidades, injeção multi ponto e ar condicionado.

Esse veículo é completíssimo, contudo, como tudo tem o seu preço, o valor dessa joia depende exclusivamente da quantidade de acessórios opcionais que o consumidor irá incluir no veículo no ato da aquisição.

Foto: divulgação

O mais interessante é que o consumidor que pretende conhecer, ou até mesmo adquirir esse belíssimo veículo, vá até uma concessionária da Toyota e monte o carro com todos os detalhes desejados e cabíveis no seu orçamento, a fim de saber quanto será o investimento de se ter um desses em casa.

Uma questão que não podemos ignorar é que, infelizmente, o Toyota RAV4 tem um consumo elevado de combustível, até mesmo por que o seu motor é o 2.5, o qual possui algumas tecnologias que acabam aumentando bastante todo o consumo do veículo.

A montadora carrega consigo alguns sinônimos que nunca são deixados de lado, sendo que, dentro desses, o quesito acabamento de seus veículos nunca deixa a desejar e no RAV4 não seria diferente, haja vista que eles são feitos cuidadosamente com materiais de alta qualidade, bem como com bons arremates.

Foto: divulgação

Quando falamos de segurança este carro sai de fábrica com encosto de cabeça em todos os assentos e cinto de segurança de três pontos para todos os passageiros, além disso Airbags, freios ABS e controle de tração.

A sua dirigibilidade é super confortável, principalmente, por causa da sua suspensão que é independente nas quatro rodas o que deixa o carro bastante silencioso, até mesmo em terrenos mais irregulares.

O certo é que a compra desse crossover que faz sucesso por todo o mundo, após ganhar essa repaginada, irá agradar a muitos consumidores aqui no Brasil que o adquirirem.

Por Adriano Oliveira

Foto: divulgação


Com o início de um novo ano, sempre vem à tona as pesquisas que contabilizaram dados durante todo o ano que se passou. No mundo do automobilismo, isso é muito importante, já que as fabricantes precisam desse feedback para prepararem mudanças para o ano presente. Pesquisas a respeito da quantidade de carros que foram emplacados no Brasil durante 2014, mês a mês, definiram os sedans que tiveram maior sucesso no mercado, entre eles está o Toyota Corolla.

Entre os sedans médios, que são aqueles que se encaixam entre as categorias mais básicas de carro e os veículos de luxo encontrados no mercado, o Toyota Corolla foi o grande destaque do ano, ultrapassando o Honda Civic, seu maior concorrente, que tinha sido o mais vendido em 2013.

No total, a Toyota vendeu 63.290 Corollas durante o ano de 2014 contra as 52.255 unidades de Civic da Honda. Porém, foi apenas dois meses após o remodelamento do Corolla, que aconteceu no mês de março, que a situação inverteu a favor da Toyota.

No mês de dezembro de 2014, os cinco sedans médios mais vendidos foram os da Toyota, da Honda, da Chevrolet, da Nissan e da Renault. Encabeçando a lista, a Toyota vendeu 7.587 unidades do Corolla. Em segundo lugar, a grande rival Honda vendeu 4.262 unidades do Civic.

Em terceiro lugar, com bem menos unidades vendidas, a Chevrolet entregou 2.572 unidades de seu sedan Cruze. Vale lembrar que esse modelo possui uma versão hatch bastante robusta que pode ser a opção mais escolhida dos compradores.

Em quarto lugar, a Nissan entregou 1.537 unidades do Sentra. A diferença do quarto para o quinto lugar foi de apenas 11 unidades, com a Renault fechando a lista com o Fluence, que teve 1.526 unidades emplacadas durante o último mês do ano.

Em uma categoria inferior, de sedans compactos, a Chevrolet assumiu a liderança com o Prisma, com 9.549 unidades vendidas em dezembro de 2014. Em segundo lugar ficou a Fiat com o Siena, com 9.430 unidades, em terceiro, a Hyundai vendeu 7.361 unidades do HB20S, a Volkswagen ocupou o quanto lugar com o Voyage, vendendo 5.630 unidades, enquanto que a Renault ocupou novamente o quinto lugar no ranking, com o Logan sendo vendido em 5.407 unidades.

Por Rannier Ferreira Mendes

Toyota Corolla

Toyota Corolla

Fotos: Divulgação


A Toyota, famosa montadora japonesa, a cada dia que passa impressiona mais com seus modelos de carros. O seu mais novo carrão, que deve chegar ao mercado brasileiro em 2015, é o Novo Toyota Camry. O carro ganhou algumas mudanças e, à primeira vista, impressiona e muito.

Haja vista ser um carro importado diretamente do Japão, o preço do veículo se torna um pouco salgado para o mercado brasileiro. O Novo Toyota Camry não sai de uma concessionária por menos de R$ 158,6 mil.

O carrão desembarca no Brasil com mudanças visuais que agradam e a adoção de equipamentos que ainda não eram oferecidos ao modelo.

Foto: divulgação

No que diz respeito ao aspecto mecânico, não houve nenhuma mudança. O carro continua com o mesmo motor 3.5 V6 que dá ao Novo Toyota Camry uma grande potência em velocidade e nas retomadas. Além disso, o carro é composto por um câmbio de 6 marchas automáticas.

O Novo Toyota Camry teve os faróis redesenhados, grade com novos filetes, para-choques com entradas de ar mais aguçadas. Além disso, a fim de dar ao carro maior robustez e agressividade, foram empregadas rodas de 17 polegadas.

Para se alinhar melhor ao friso cromado da tampa do porta-malas, as lanternas traseiras foram redesenhadas.

Foto: divulgação

A cabine do Novo Toyota Camry impressiona e traz algumas inovações. É possível perceber o conforto e luxo que o veículo oferece. O carro conta com alguns detalhes em madeira, além de possuir um volante com novos comandos. A central multimídia, também, não ficou de fora do Novo Toyota Camry, dando ao carro um maior ar de modernidade.

Outra novidade diz respeito ao aspecto de segurança. Agora, o carro conta com airbags para os joelhos do condutor, o que dá ao carro um total de sete bolsas de ar.

Apesar do preço, o carro oferece boas funcionalidades e equipamentos. Cremos que aqueles que adquirirem um modelo estarão bem servidos.

Por Daniel Alves


O modelo Etios Platinum da Toyota foi lançado no Brasil com o intuito de se destacar no mercado entre os modelos compactos. A marca já está habituada em buscar o sucesso de vendas com outras versões e, assim, superar os principais concorrentes.

Um exemplo disso é nos modelos sedãs médios e picapes em que a Toyota empenhou-se em oferecer aos consumidores uma mecânica eficiente, além de um design atrativo e um acabamento de qualidade.

Por ser um carro espaçoso e com uma boa direção, já agradou diversos clientes. A versão Etios Platinum ganha destaque em seu sistema multimídia, o qual possibilita uma interatividade no interior do veículo.

A central multimídia possui navegador, câmera de ré, para auxiliar o condutor nas manobras, além de estar integrada com DVD e TV Digital. Possui também conexão com Bluetooth e controle de sistema de áudio, para facilitar o manuseio do dispositivo.

Foto: divulgação

 

O modelo também está focado na segurança e, nesse sentido, possui um sensor de estacionamento que oferece uma assistência ao condutor, detectando a distância de outros automóveis e obstáculos, com o intuito de evitar colisões nas manobras realizadas.

Em seu exterior, a versão Etios Platinum apresenta lanternas com máscara negra, grade dianteira cromada e rodas liga leve de 15 polegadas com um novo design exclusivo. Os faróis de milha também possuem elementos cromados, além de apliques cromados na carroceria, que deixam o visual do veículo mais elegante.

Foto: divulgação

 

Outro diferencial deste automóvel é o potente motor de 1.5 litro de 16 válvulas que é capaz de gerar 92/96,5 cv, proporcionando um excelente desempenho na direção. O seu câmbio manual de 5 marchas está voltado para a facilidade no manuseio, possibilitando um melhor engate de velocidade e rapidez nos movimentos. 

Com essas vantagens, o modelo Etios Platinum da Toyota também se destaca na questão da qualidade em sua direção, sendo considerada ágil, prática e confortável para o condutor. 

Por Felipe Couto de Oliveira


No Salão de São Paulo foi anunciada e apresentada a HILUX SRV Limited Edition da Toyota. Agora temos o preço anunciado. O valor da belezinha é de R$ 155.650,00.

Essa edição da picape é bem completa e é baseada na SRV Top Diesel cabine dupla, tendo apenas 3.000 unidades produzidas. A SRV Top convencional tem valor de R$ 152.350,00.

As diferenças entre uma edição e outra: a edição especial conta com rodas de 17 polegadas em preto fosco, adesivos exclusivos nas laterais, detalhes como santantonio e retrovisores cromados, capota marítima de lona e proteção para o pára-choque, cabine com acabamento especial e detalhes em couro.

Foto: divulgação

A picape vem com motor 3.0 16V turbodiesel com 171 cv de potência, tração nas quatro rodas e câmbio automático de cinco marchas. A SRV Top também conta com ar-condicionado digital, bancos com ajuste elétrico, vidros, travas e retrovisores controlados eletronicamente, central de multimídia contando com TV digital, DVD, GPS, câmera de ré (que é mais que essencial para estacionar um veículo desse tamanho), entrada para bluetooth e rádio, controles diversos integrados ao volante, controle de estabilidade também eletrônico, faróis de neblina e faróis com acendimento automático. Freios com sistema ABS com EBD e BAS integram o pacote.

A HILUX já é tradicionalmente conhecida no mercado como uma picape cabine dupla que cumpre o que promete. Além de contar com um espaço interno significativo e um motor que não deixa a desejar em nenhum tipo de terreno, a HILUX é vista como sinônimo de conforto e economia dentro da categoria.

Foto: divulgação

A cabine dupla é uma combinação moderna de força e tecnologia, combinando sempre o que há de melhor em aspectos mecânicos do automóvel com os aspectos eletrônicos e contando com um design sempre arrojado, que dá ao veículo traços imponentes e exclusivos da marca.

Para mais informações acesse o site da Toyota, que sempre está atualizado as novidades da empresa. O endereço eletrônico é http://www.toyota.com.br/.

Por Nosf


A nova linha 2015 do Toyota Etios nem sequer chegou direito às lojas e já desperta algumas “curiosidades” nada agradáveis. Em primeiro lugar está o fato de que a nova geração não traz mudanças significativas em relação ao visual e muito menos no que diz respeito aos itens de série. Mas, se há algo que tem “pegado” muita gente de surpresa é o preço. Esse sim teve alterações. Ficou mais caro, é claro.

Em sua linha 2015 o hatch tem um preço inicial sugerido de R$38.380, o Etios Sedan começa nos R$42.470. Os reajustes feitos dão um acréscimo de R$420 e R$440 na mesma ordem citada.

Deixando um pouco de lado as questões relativas ao preço vejamos o que o carro realmente pode oferecer ao consumidor.

Em primeiro plano pode-se dizer que os principais atrativos da linha estão na parte de dentro do modelo. De fato alguns itens apareceram para não deixar tão em evidência o interior “sem nada”. Agora o Etios conta com um indicador de combustível de tecnologia digital, alerta sonoro de portas abertas e também para faróis acesos e regulagem de altura do banco do motorista.

Já o volante tem o mesmo design que é apresentado tanto no Camry 2015 quanto no Corolla.

Se for para tocar no ponto  “destaque” a realidade é que o melhor representante nesse quesito é a versão topo de linha Platinum. Essa versão conta a partir de agora com uma central multimídia já com navegador, sistema de TV Digital e reprodução de DVD e câmera de ré. Todo esse equipamento adicionado só poderia ser  sentido melhor no preço. Em relação à linha 2014 eles provocaram um aumento de R$2.040.

Já nos demais pontos nada de novo. O motor, por exemplo, continua sendo o mesmo.

Entre os pontos negativos apresentados podemos citar o fato de que a versão Cross agora custa mais de R$45 mil, o velocímetro no centro do painel não é nada prático e por fim, até agora nada de despertar nos consumidores a vontade de comprar um.

Já entre os pontos positivos estão a reformulação do acabamento interno, os retrovisores que foram redesenhados e o bom desempenho que o modelo oferece ao condutor.

Por Denisson Soares

Toyota Etios 2015

Toyota Etios 2015

Fotos: Divulgação


A Toyota, fabricante de veículos automotores japonesa e uma das maiores do mundo, anunciou recentemente um plano interessante: de acordo com as informações da fabricante em 2015 ela deverá revelar para o público em um lançamento especial seu primeiro modelo sedan que será movido a células de combustível de hidrogênio.

A previsão é de que a estreia do sedan aconteça no mês de abril do ano que vem. O lançamento será feito no Japão, por lá a informação é de que deverá custar algo em torno dos sete milhões de ienes (cerca de 70.000 dólares).

De acordo com as informações divulgadas até o momento, o carro em questão deverá dentro de alguns meses após seu lançamento já está sendo vendido nos Estados Unidos e também na Europa. Nestes casos, os preços do veículo ainda não foram cogitados.

De qualquer forma o Japão providenciará subsídios públicos para que empresas, instituições e particulares possam comprar o carro.

Mitsushisa Kato, o diretor adjunto da Toyota, destacou o fato de que veículos desse tipo não emitem o dióxido de carbono. E claro, fez que questão de chamar a atenção para o fato de o hidrogênio ser uma fonte alternativa muito promissora para o setor, até porque o tal combustível pode ser produzido por meio de várias energias primárias, a exemplo do sol e do vento.

A montadora japonesa deverá dar início a produção do novo modelo de automóvel em locais que tenham pontos ou postos para a recarga. Vale ressaltar que a região de Tóquio deverá ser uma das primeiras. De acordo com os planos estão previstos a construção de cerca de 100 postos para esse tipo de recarga em todo o país.

Apesar de todas as notícias divulgadas o modelo ainda está em fase de desenvolvimento. A informação divulgada é de que ele poderá circular cerca de 700 km com apenas uma única recarga. A operação leva apenas três minutos. Seria ótimo.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


A Toyota (montadora de carros japonesa, conhecida pelo seu sedan de luxo Corolla), lançará uma nova série do modelo  Etios (que teve seu lançamento em 2014), o Etios Platinum, e o veículo estará disponível nas versões de carroceria hatch e sedã.

O modelo apresenta modificações em seu exterior, como na sua dianteira e traseira. Em nota sobre o novo veículo a Toyota disse que a nova série do modelo busca atender aqueles consumidores que procuram mais conforto e sofisticação. A edição (que será limitada) tem como modelo a versão XLS do modelo Etios.

O carro vem com lanternas escurecidas, moldura cromada nos faróis de neblina, rodas de liga leve aro 15 (que são parecidas com as da versão Cross), friso cromado na parte inferior do porta-malas, sensor de estacionamento traseiro e bancos com revestimento de couro e imitação de couro e pra finalizar, a grade frontal vem totalmente cromada.

Já, nos itens de série temos ar-condicionado, airbag duplo frontal, cintos de segurança com pré-tensionador e limitador de força, freios ABS, com distribuição de frenagem (EBD), volante revestido em couro com base achatada, apliques em preto brilhante no painel e retrovisores elétricos.

Não há muitos detalhes do motor e de seu desempenho quando movido a gasolina, mas com etanol, o motor chega em até 96,5 cavalos de potência, sendo o motor 1.5 de 16V.

O carro será vendido por R$ 47.090,00 (sua versão Etios 2014 X Hatch sai a partir de R$ 37.960,00) nas cores preto e prata, custando R$ 2.700,00 a mais na versão hatchback, chegando assim, no valor de R$ 49.790,00 em sua versão sedã.

O carro, que traz algumas inovações, em sua versão sedã lembra um pouco seu primo de longa distância, o Corolla, um dos grande sucessos da montadora Toyota, mostrando a credibilidade da mesma no mercado brasileiro, já que, o carro é um dos queridos para aqueles que apreciam sedãns de luxo.

Por Mariana Caetano 

Foto: divulgação


Comprar um carro nos dias de hoje é o sonho de muitos brasileiros, haja vista o conforto e acessibilidade que oferece ao realizarmos as tarefas diárias. Contudo, ao comprar um veículo é bom estar atento às comodidades que eles oferecem e verificar qual deles se adaptam melhor ao seu estilo. Assim, vamos abordar nesta matéria os carros mais vendidos do mundo, que têm feito o maior sucesso e pode ser um de seus companheiros na estrada futuramente.

Primeiramente, a montadora que figura entre as 10 maiores montadoras globais em vendas é a Toyota, seguida por Volkswagen e Ford. Entretanto, é dessa última o modelo mais vendido no mundo, com o carro Ford Focus na lista com mais de 1 milhão de unidades vendidas em 2013.

Em segundo lugar temos o Toyota Corolla, como o segundo veículo mais comercializado em 2013, com pouco mais de 850 mil unidades vendidas. Posteriormente, temos o F-series da Ford, com 751.674 unidades comercializadas. Não podemos esquecer da Hyundai, que ficou em quarto lugar com seu famoso Elantra. A Chevrolet também entrou para a lista com o carro Cruze. Posteriormente, veio o sexto e mais vendido carro do mundo da marca Volkswagen que é o chiquérrimo Passat. A Toyota não deixa barato e tem investido cada vez mais em seus veículos e aparece novamente na lista com o Toyota Camry, seguida do Honda CR-V e Ford Fiesta. Por fim, em décimo lugar ficou o Civic da montadora japonesa Honda, como o carro mais vendido no mundo.

Como visto, são carros ousados e elegantes que fazem o maior sucesso nas ruas e estão na lista como os queridinhos dos brasileiros. Para saber mais sobre qual veículo se adapta mais ao seu estilo, vá a uma concessionária e peça para fazer um teste drive. Verifique também se você prefere um carro mais urbano ou para estrada. Certamente o que não faltará em nenhum dos carros citados é conforto e durabilidade. 

Por Luciana Viturino

Ford Focus

Foto: Divulgação


A versão 2015 do novo Corolla já teve sua data de lançamento anunciada no Brasil. De acordo com as informações da montadora o sedan da Toyota deverá ser apresentado à imprensa especializada nos dias 11 e 12 de março. A apresentação deve acontecer em Campinas-SP.

A marca de origem japonesa decidiu desenvolver um visual mais ousado para o modelo e deixá-lo com cara mais chamativa e esportiva. Esse fato deve causar uma certa polêmica e já traz a promessa de agitar o seguimento.

Vale ressaltar que essas mudanças não representam a tradição até então tida pelo modelo que se tornou conhecido pelo conforto oferecido e pela suavidade. Com o ar mais requintado o novo Corolla 2015 brasileiro segue as mesmas linhas do modelo europeu.

Já em relação ao modelo desenvolvido para os Estados Unidos a Toyota decidiu ir mais longe nas mudanças criando um carro que traz um estilo mais agressivo e despojado. E antes da versão brasileira sair já há a informação de que o modelo americano também deve chegar por aqui.

A Toyota também anda estudando a possibilidade de vender no Brasil um modelo esportivo que deverá ter o sobrenome “Fúria”, que anteriormente foi usado em um conceito mostrado no ano de 2013.

Voltando ao Corolla “normal”, uma das maiores novidades além do visual, claro, é a presença da transmissão CVT que foi integrada ao modelo como substituta para o câmbio automático de 4 marchas. Mesmo contando com marchas infinitas, o CVT oferece sete velocidades pré-programadas com o objetivo de facilitar o manuseio. A título de curiosidade a rival da marca, a Nissan, também faz uso desse mesmo tipo de câmbio no Sentra.

No caso do Corolla manual serão seis marchas, entretanto as vendas deverão ser marginais.

A grade cromada que faz união com os faróis que possuem LEDs é uma das características que se destaca no modelo. O vidro da porta traseira que termina como uma espécie de seta é outra característica chamativa do carro.

Por Denisson Soares

Toyota Corolla 2015

Foto: Divulgação


No Salão do Automóvel de Tóquio, a Toyota está dando o que falar. No evento que vai até domingo que vem, dia 1° de dezembro, a marca apresentou diversas novidades em um conceito que agrada dos jovens até os mais experientes. Com o título “Fun to Drive, Again”, a fabricante traz propostas futurísticas responsáveis por criar suas versões.

Um dos que chamou a atenção foi o Toyota i-Road. Um ultracompacto que chegará no Japão já no ano que vem e oferece conveniência de uma moto e conforto de um carro. Com cabine fechada, a novidade tem um sistema recém-desenvolvido: ele é capaz de abaixar as rodas dianteiras e deixar o seu ângulo correto automaticamente.

Outras duas que também deram o que falar foram as novas minivans Voxy e Noah quem chegam ao mercado junto com o i-Road, apenas no Japão. Elas são superespaçosas por causa da sua bateria bem posicionada que permite que o espaço da minivan seja aproveitado, o que faz do lançamento capaz de oferecer conforto para toda a família; possuem tecnologia de última geração e são capazes de economizar bastante combustível. Os modelos vem em motores à combustão e elétrico. Para as duas são os mesmos: 2.0L a gasolina e 1.8L híbrido. Elas também são mais compactas.

Na apresentação dos três modelos no evento em Tóquio, não foi divulgado nada em relação aos preços. Também não há declarações sobre quais serão os outros países que seguirão a comercialização dos carros. Só resta aguardar mais detalhes sobre os lançamentos.

A  Toyota busca cada vez mais se posicionar em um posto competitivo no mercado automobilistico e os apaixonados por carros esperam ver logo esta nova promessa no mercado e anseia que com esta nova proposta seu nome ganhe novos alvos e supere as expectativas do mercado.

Aguardemos até que esta nova proposta chegue às nossas portas.

Por Jaime Pargan

Toyota apresenta Modelos em conceito  Fun to Drive, Again

Foto: Divulgação


No Salão do Automóvel de Tóquio, a Toyota apresenta uma proposta futurística para explicar os seus modelos que estão chamando a atenção de todos que acompanham o evento. No tema “Fun to Drive, Again”, a fabricante expõe os seus desafios em termos de tecnologia, exclusividade, potência e inovação.

Em meio a tantos lançamentos, a marca traz o FV2, um carro que mescla as ações da máquina com o próprio motorista. Podemos dizer que, nessa experiência, a marca decidiu unir a vida real com o que, antes, só podíamos encontrar nos games. Até porque, além de tudo, o carro ainda é capaz de mudar de cor. Funciona da seguinte maneira: ao invés de usar o volante, o veículo é comandado por movimentos do corpo de quem está dirigindo. E não é só o volante que fica a disposição das ações do condutor, ele reconhece a voz e as feições do motorista para identificar o seu humor.

A tecnologia do FV2 não para por aí. Um dos outros destaques da novidade é o poder de mudar de cor. Sim, para mudar o seu visual, ele possui uma tecnologia de realidade aumentada que consegue modificar a parte externa através de seu display. Outra característica não menos importante sobre o sistema é a sua capacidade de se conectar à outros veículos. Ele dá informações em tempo real sobre o tráfego e avisa sobre outros carros em cruzamentos e pontos cegos.

Para quem está aguardando mais novidades da marca, saiba que ela já está com um lançamento marcado para o final desse mês no mercado japonês, que é o Aqua G Sports, um modelo da família Prius. Outros, como o FT 86 Open, também um modelo esporte, não tem data marcada para estréia.

A novidade busca causar impacto no mercado automobilistico e conquistar um público cada vez mais exigente.

Por Jaime Pargan

Salão de Automóvel apresenta Toyota Carro que Obedece  Movimentos

Foto: Divulgação


O Salão do Automóvel de Los Angeles está rolando e trazendo diversas novidades das montadoras mais conceituadas do mundo inteiro. O evento que acontece praticamente ao mesmo tempo que o Salão de Tóquio também está chamando a atenção de quem está acompanhando por trazer novos modelos que vão além do visual bem elaborado.

Um exemplo disso são as novas propostas de combustíveis. A Toyota foi uma das marcas que pensou em novos conceitos e divulgou o Toyota FCV com uma novidade para lá de curiosa: o carro é movido à célula de combustível de hidrogênio.

A verdadeira experiência consegue rodar até 482 quilômetros e possui um sistema que pode ser reabastecido em apenas três minutos – aproximadamente o mesmo que um veículo comum movido à gasolina. O tanque encontra-se embaixo da carroceria, que alimenta as células de hidrogênio e cria energia para o motor. Para se ter uma ideia, ele conseguirá atender as necessidades diárias de seu proprietário por mais de uma semana. E não é só o combustível que trabalha em conjunto com as células. A bateria também pode ser recarregada por meio delas.

O seu visual procura seguir o conceito: bem futurístico e inovador em design. E não é apenas um modelo de exposição não. A Toyota comercializará essa verdadeira máquina já no início de 2015. Por enquanto, apenas nos Estados Unidos. Mas, a faixa de preço ainda não foi divulgada. Além disso, a fabricante afirmou durante a apresentação que o modelo tem potencial de aplicação em vários tipos de veículos futuramente.

Com esta nova apresentação ao competitivo mercado automobilístico, a Toyota vem em busca de enfatizar ainda mais sua ansia por uma coloção de destaque  quando falamos em carros conceitos, a empresa ainda promete mais novidades nas próximas edições dos espetáculos dos automóveis, e ao meros mortais apaixonados por carros basta aguardar o que a Toyota reserva.

Por Jaime Pargan

Toyota FCV movido à célula

Foto: Divulgação


Logo ToyotaA Toyota está no ranking Interbrand das 100 empresas mais valiosas do mundo. Na décima posição, a companhia perdeu para a Apple, que conseguiu passar a Coca Cola e ficar em primeiro lugar, e o Google, em segundo.

A consultoria deu a entender que a liderança da montadora japonesa no segmento de combustíveis alternativos contribuiu para a boa avaliação da marca neste ano. Em relação a primeira colocada que tem um valor avaliado em US$ 98,3 bilhões, a Toyota possui US$ 35,3 bilhões.

No setor automobilístico, as três mais bem classificadas mantiveram as posições conquistadas em 2012. Depois da Toyota, aparece a Mercedes-Benz, em 11ª, e a BMW, em 12ª. A Honda, a Volkswagen e a Ford apareceram em seguida na 20ª, 34ª, e 42ª posições, respectivamente.

O que também chama a atenção é que 14 empresas do setor automobilístico estiveram neste ranking, o que significa que 9 delas tiveram um percentual de crescimento de dois dígitos no seu valor de marca. As que mais cresceram foram a Porsche e a Nissan. A Porsche (64ª colocada) aumentou em 26% seu valor de marca e a Nissan (65ª), 25%.

As demais classificadas foram Hyundai (43ª colocada), Audi (51ª), Kia (83ª), Chevrolet (89ª), Harley-Davidson (96ª) e Ferrari (98ª).

Por Jaime Pargan


A montadora Toyota, uma das maiores marcas automotivas do mundo, acabou de apresentar as novidades do  Toyota Vios 2014. Trata-se de um veículo compacto, movido a um potente motor Flex. 1.5, atingindo 110 cavalos.

O lançamento da Toyota, apesar de compacto, possui um amplo espaço interno. A altura do carro é de 1.47 metros, o comprimento é de  4.41 metros e a largura é de 1.70 metros. O novo Toyota Vios 2014  vem ainda com itens de alta tecnologia, dentre eles:  retrovisor elétrico, sensor de estacionamento, direção hidráulica, ar condicionado digital, áudio com entrada para MP3 e USB, dentre outros atributos de última geração.

De acordo com a fabricante, o Toyota Vios 2014  chega ao mercado automotivo a fim de concorrer com os modelos Honda City, Chevrolet Cobalt, Volkswagen Santana e com o Fiat Grand.

Vale destacar que o valor de venda do modelo ainda não foi divulgado pela montadora e a data oficial de lançamento também não foi informada. Certamente, quando o novo Toyota Vios 2014   chegar às concessionárias ele agitará o segmento.

Os apaixonados por carros não perdem por esperar!

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares

                                                                      


A Toyota é uma marca líder em vendas de veículos no Brasil e em diversos outros países, e a empresa acaba de fazer a divulgação de um novo automóvel que promete ser um grande sucesso no nosso país.

Estamos falando é claro do seu novo modelo Toyota RAV4 2014. Esse modelo foi lançado no Salão do Automóvel de Los Angeles, em Novembro do ano passado. Em breve esse modelo chegará do Japão para ser comercializado no Brasil.

Como o modelo será importado, o valor dele chegará ser a partir de R$ 96.900, devido à taxa de IPI.

O modelo sofreu diversas alterações para a mudança de seu visual, e ele está entre os carros mais belos dos últimos tempos, contendo itens e acessórios exclusivos que são as duas opções de motor, a 2.0 litros e 2.5 litros, ambos movidos à gasolina, além de duas opções de câmbio, sendo manual e automática, e duas opções de tração, sendo 4×2 e 4×4.

Mas saiba que não é só isso, o Novo Toyota RAV4 2014 terá também sistema de freio a disco completo com EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem), ABS (antitravamento), Ar-Condicionado, Computador de Bordo com 7 funções, Retrovisores Externos Elétricos, rodas de liga leve aro 17″ e pneus 225/65, Airbag Duplo frontal, sistema completo de som MP3 com conexões auxiliares, USB e Bluetooth entre outros itens.

Não deixe de conhecer o modelo em breve nas concessionárias Toyota.

Por Josiane Fernandes de Jesus

Novo Toyota RAV4 2014


O sedan mais vendido do Brasil e um dos carros mais esperados deste ano, o novo Corolla deve ser apresentado no Salão do Automóvel de Los Angeles, nos Estados Unidos, que tem previsão de ocorrer em novembro.

A informação foi dada pelo vice-presidente sênior de operações da Toyota, Bob Carter, no Salão do Automóvel de Nova York. 

Baseado no Corolla Furia, o novo modelo apresenta linhas modernas e está um pouco maior que a versão anterior, que ainda possui uma grade frontal mais ampla e farois afilados. O automóvel mede 4,62m de distância, com 2,70m de distância entre-eixos e altura de 1,42m.

O lançamento ainda terá rodas de liga leve com aro de 19 polegadas com detalhes de fibra de carbono. O interior está cheio de novidades, dentre elas a nova central de multifunções com tela de 6,1 polegadas que apresenta funções, como navegador GPS com visualização 2D e 3D, sistema de áudio, Bluetooth e câmera de ré. 

Os itens de série presentes nas versões anteriores permanecem na versão mais recente. O valor do modelo ainda não foi divulgado pela Toyota, mas é certo que será competitivo em relação aos principais concorrentes. 

Por Robson Quirino de Moraes


A Toyota, que é nada menos que a maior fabricante de veículos do mundo, revelou há pouco tempo o seu mais novo triciclo, o i-ROAD.

O novo veículo é compacto e tem dois lugares para transportar pessoas. Foi desenhado para competir com os automóveis elétricos que vêm ganhando espaço no mercado mundial e também com as motocicletas.

O i-ROAD ainda está na fase conceito e por isso ainda pode receber diversas modificações e até mesmo pode nem ser lançado. Apesar desta possibilidade, a Toyota já deixou claro que a sua vontade é de vender, sim, o triciclo.

A principal característica do novo produto é a Active Lean, que é uma tecnologia que permite que o veículo se incline automaticamente nas curvas (quando em alta velocidade) para compensar a força centrífuga, evitando que o motorista saia da curva – deixando o i-ROAD mais estável e intuitivo.

De acordo com a própria Toyota, espera-se que a tecnologia Active Lean seja, por si só, o principal argumento nas vendas do triciclo. Além disso, a sua bateria tem autonomia de 50 km e pode ser carregada em 3 horas.

Por ser um modelo conceito, ainda não há nenhuma data marcada para início das vendas do veículo.

Por Guilherme Marcon


No último dia 27 de março a Toyota divulgou a linha 2014 do Corolla.

A grande novidade é que o sedã passará a oferecer versão XRS e XEi, além da linha Altis. A mudança se refere apenas à central multimídia com sistema de áudio, Bluetooth, câmera de ré, GPS e tela de 6,1 polegadas. No visual externo e na parte mecânica não houve nenhuma mudança.

O novo Corolla chegará ao mercado para competir com o Civic 2014 que a Honda lançou recentemente.

De acordo com a Toyota, o GPS nas versões Altis, XEi e XRS pode ser visto em 2D ou 3D. Outra novidade é o sistema que evita e perda de navegação por possível perda de sinal o que é comum acontecer em outros GPS quando o carro passa por encostas de morro, garagens e túneis. O Bluetooth pode ser ativado da tela de LCD, mas nas versões XEi e Altis também é possível fazer isso pelo volante.

O Corolla manteve os seus itens de série, como alarme, travas e vidros elétricos, ar condicionado, direção elétrica, airbag duplo, comando interno de abertura do tanque de combustível e travamento automático das portas.

Por Jéssica Posenato


Para quem estava curioso para saber sobe a nova geração do Toyota Corolla, a espera acabou. O site Carscoop revelou as primeiras fotos do novo sedã japonês que foi totalmente reformulado mantendo o conceito Furia, com estilo arrojado que foi apresentado no último Salão do automóvel em Detroit, nos EUA.

De acordo com a publicação do site, o novo automóvel chegará as lojas dos Estados Unidos até o final de 2013, já a versão européia tem previsão de lançamento para o começo do ano que vem.

A Toyota informou durante o Salão em Detroit que o objetivo do conceito Furia com desenho inusitado e linhas esportivas é levar a marca para o público jovem. A versão final do modelo, inclusive, chama muita atenção no design diferente, que conta com traços mais marcantes na grade frontal e um conjunto óptico, mas que mantém toda a elegância de sempre.

Até o momento, a parte mecânica do veículo se matém  desconhecida.

No Brasil o novo Corolla deverá chegar em breve, até porque o modelo atual está terminando seu ciclo. Ainda que a Toyota não tenha confirmado nada ainda, acredita-se que a produção do veículo em Indaiatuba, São Paulo, deverá começar até o final do ano que vem.

Por Felipe Santos Bonfim


Recentemente a marca automotiva Toyota apresentou ao mercado uma novidade incrível: o novo Auris. Trata-se da versão Touring Sports, que foi projetada para trazer em seu DNA muita esportividade, arrojo e beleza.

Inicialmente essa versão será produzida apenas na Europa, mas ainda assim, seu lançamento não deixa de ser uma notícia animadora para o mundo inteiro.

O novo Auris Touring Sports será disponibilizado com vários tipos de motorização, dentre elas estão as seguintes:

  • 1.4 D-4D a diesel;
  • 2.0 D-4D a diesel;
  • 1.33 Dual VVT-i a gasolina;
  • 1.6 Valvematic a gasolina.

O novo Toyota Auris poderá atingir até 132 cavalos e alcançar a velocidade de 200 km/h. Vale destacar que haverá também uma versão “verde” do veículo. Esta será equipada com Tecnologia HSD –  Hybrid Synergy Drive, que possui no seu conjunto um motor de combustão trabalhando aliado com um motor elétrico.

O interior do carro tem atributos interessantes, como painel moderno com tela sensível ao toque, sistema de entretenimento, ar condicionado, grande espaço interno e muitas outras facilidades.

Segundo a Assessoria Comercial da Toyota, o novo Auris Touring Sports será comercializado a partir do início do próximo ano e os preços de venda ainda são desconhecidos.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Lexus, marca de luxo da Toyota, é vendida há anos no Brasil, porém até esta segunda-feira, 21 de maio, as vendas eram feitas somente por encomenda.

Agora, os brasileiros poderão usufruir de vários modelos da marca, pois a Lexus acaba de lançar em São Paulo sua primeira loja no país.

Comparada com as alemãs Audi, Mercedes-Benz e BMW, a Lexus ainda produz outros modelos como superesportivos e híbridos.

No Brasil até então, os únicos carros importados eram os sedãs ES 350 e LS 460 L, mas agora as atenções também se voltam para o sedã de entrada IS 300, com motor V6 de 231 cv e dimensões de um Fusion e o utilitário esportivo RX 350, com tração integral e motor de 277 cv também V6.

A má notícia é que os preços dos carros são elevados, exemplo disso, é o luxuoso LS 460L, sedã com motor V8 de 347 cv e câmbio de oito marchas, que custa nada mais nada menos que R$ 615.000.

A vantagem é que a Lexus oferecerá quatro anos de garantia para todos os carros, e promete aumentar a quantidade de modelos de híbridos e esportivos.

Fonte: Portal IG

Por Camila Caetano

 


A Toyota acaba de lançar no Brasil os modelos Corolla XRS 2013 e o Novo Camry que alcançou a sua edição de número sete. Os dois modelos ganharam novidades tanto na parte de fora, quanto na parte de dentro.

O Corolla XRS 2013, por exemplo, foi todo reformado para ganhar um visual arrojado, essa foi a forma encontrada pela montadora para se aproximar dos clientes mais jovens. O novo modelo aparece equipado com spoilers traseiro, laterais e frontais, além de um interior mais elegante e ao mesmo tempo esportista. Os compradores desse novo modelo ainda levarão para casa um jogo de tapetes originais e personalizados da Toyota com a logomarca Corolla, e para ficar ainda mais diferenciados, a cor escolhida para os tapetes foi o vermelho.

Já o Novo Camry aparece ainda mais espaçoso, assim como o Corola XRS 2013, o desenho do veículo segue a linha sofisticada e elegante, de acordo com a empresa, esse sedã é considerado um ícone do segmento. Outra vantagem do veículo são os itens de série que o acompanha como o ar-condicionado com três zonas, ajuste automático da altura e profundidade da coluna de direção, seis airbags, painel com tela LCD sensível ao toque, entre outros.

Por Joyce Silva


Quando a Toyota apresentou a linha 2012 da Hilux e também do SW4 para o Brasil, em novembro de 2011, havia a promessa de que os dois modelos ganhariam motores flex. E como promessa é dívida, a montadora japonesa acaba de apresentar as novas versões, que oferecem ao consumidor a oportunidade de escolher com qual combustível quer abastecer o seu veículo.

O motor em questão é o VVT-i Flex Fuel, de 2.7 litros e 16 válvulas, que entrega 158 cv de potência a 5.000 rpm, quando em seu tanque está presente a gasolina. Caso seja abastecido com etanol, o propulsor rende 163 cv de potência a 5.000 rpm, de acordo com a Toyota, que informa ainda que o torque máximo é de 25 kgfm, independente do combustível utilizado. O gerenciamento fica por conta da transmissão automática de 4 velocidades.

A versão da Hilux SR 4×2, equipada com o novo bloco, tem preço sugerido de R$ 88.730,00, e conta com itens como roda de liga leve de 16 polegadas, ar condicionado, volante multifuncional, trio elétrico, direção hidráulica progressiva, regulagem de altura para o banco do motorista e sistema de áudio com porta USB e entrada para iPod, entre outros itens de série. A versão 4×4 bicombustível da picape custa R$ 103.420,00.

Já o utilitário SW4 Flex 2012 sai por R$ 114.150,00, e traz rodas de liga leve aro 17, regulagem de altura para a direção, trio elétrico e retrovisores cromados e com luz de seta, entre outros acessórios instalados de fábrica.

Por André Gonçalves


O GT 86 é um cupê esportivo da Toyota com uma potência de 200 cv. Ele é o único veículo do mundo que possui o motor frontal boxer. Sendo este colocado em posição dianteira, possuindo 2.0 litros. Este modelo foi desenvolvido combinando também a tecnologia do bloco Subaru. Possui ainda uma ótima tração traseira.

O Toyota GT 86 é o veículo esportivo de quatro lugares mais compacto do mundo, de linhas rasgadas, apresentando ligeiras mudanças relacionadas aos protótipos de anos anteriores, tem 4,24 metros de comprimento e 1,28 metros de largura.

Tem a potência transmitida às rodas traseiras, mediante uma caixa manual de 6 velocidades. Contudo, a Toyota oferece opcionalmente uma transmissão automática com borboletas no volante de seis velocidades.

O seu peso chega aos 1.180 kg e atinge uma velocidade máxima de 230 km/h, conseguindo alcançar os 100 km/h em apenas 7 segundos. Possui uma excelente relação peso / potência.

Este protótipo foi anunciado no Salão do Automóvel de Tóquio e espera-se que a sua comercialização tenha início ainda neste ano.


O Toyota Prius, primeiro carro híbrido produzido em série, pode estar perto de estrear no Brasil, segundo especulações que têm surgido na mídia.

O modelo, lançado em 1997, no Japão, atualmente é vendido em mais de 70 países, e chegará para incrementar o mercado dos carros ecológicos em território nacional, que ainda é bastante tímido, oferecendo poucas opções aos consumidores. A expectativa é de que ele chegue para testes a partir do mês de outubro, com as vendas ficando para 2012.

Construído sob uma carroceria hatchback, o Prius está na sua 3ª geração, que tem o conjunto mecânico composto pelo propulsor DOHC VVT-i 16V, movido a gasolina, de 1.8 litro, que entrega 99 cv de potência, associado a um motor elétrico que fornece outros 36 cv de potência. Juntos, eles levam o modelo a uma velocidade máxima de 180 km/h, de acordo com a Toyota, enquanto a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 9,8 segundos. Já o consumo de combustível gira em torno de 20,4 km/l na cidade.

De série, dependendo da versão, ele pode trazer itens como ar condicionado digital, volante multifuncional, 7 airbags, rádio com CD e MP3 player, apoios de cabeça ativos, faróis com lâmpadas de LED, rodas de alumínio de 15 polegadas e freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem.

Nos Estados Unidos, onde apresenta boas vendas, ele está disponível em 4 versões de configuração, cujos preços iniciais ficam entre US$ 23.520 (R$ 41.783) e US$ 28.790 (R$ 51.145).

Por André Gonçalves

Fonte: Carros IG


O Toyota Etios Liva, versão hatchback de baixo custo do sedã compacto Etios, foi lançado oficialmente na Índia, onde já se encontra nas concessionárias da marca. O modelo mede 3,77m de comprimento, 1,69m de largura, 1,51m de altura, e 2,46m de distância entre-eixos, suficientes para levar até 5 pessoas. Ele será oferecido por lá em cinco versões, todas equipadas com ar condicionado de série.

A versão de entrada, J, equipada apenas com itens básicos, tem preço sugerido equivalente a R$ 14.400. Já a top de linha, VX, vendida a partir de um valor que se equivale a R$ 21.300, traz duplo airbag frontal, direção hidráulica, freios ABS com EBD, volante multifuncional e revestido de couro, rádio, detalhes cromados na grade frontal e rodas de liga leve aro 15, entre outros itens.

O motor será o mesmo para todas, o DOHC 1.2 litros, movido a gasolina, que entrega 80 cv de potência, acoplado ao câmbio manual de 5 marchas.

O Etios tem previsão de estrear no Brasil em 2012, quando será produzido na futura fábrica da Toyota, em Sorocaba, no estado de São Paulo, para disputar espaço com outros populares. Especula-se para o modelo um preço em torno de R$ 30.000.

Por André Gonçalves

Fonte: Toyota


O segmento de utilitários leves como picapes, por exemplo, é altamente competitivo, pois além de beleza, estética, conforto e segurança, quem opta por comprar um utilitário necessita de desempenho, economia, rendimento e uma boa relação custo-benefício que compense o investimento.

Pensando nisso e querendo brigar pelo segmento, onde apenas a S10 da Chevrolet possui motor flex, a Toyota confirmou que a partir do primeiro semestre do ano que vem a Hilux terá motorização flex, tornando-a ainda mais competitiva no mercado.

A Hilux é uma picape de porte: possui desenho moderno e funcionalidade extrema, além da boa e necessária robustez do design. E na nova motorização flex a relação custo-benefício com certeza irá melhorar muito.

Outro modelo da marca que vai ganhar esse tipo de motor será o utilitário esportivo SW4, que também em seu segmento será o segundo modelo a rodar com tecnologia flex. O outro veículo oferecido no mercado brasileiro com esta característica é a versão flex do Pajero da Mitsubishi.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carro Online


A montadora Toyota também tem investido bastante no segmento de veículos híbridos e apresentou o Prius + e o Yaris HSD no Salão de Genebra desse ano, na Suíça. Os novos modelos fazem parte dos veículos com a tecnologia Hybrid Synergy Drive (HSD), implantada nos híbridos e nos carros elétricos.

O Prius + se destaca por ser o primeiro veículo de sete lugares com o conceito de híbrido a chegar na Europa. A Toyota desenvolveu o modelo dando ênfase ao seu espaço interno: amplo e confortável. Outro ponto favorável do Prius + é que, de todos os monovolumes europeus, ele é o que menos consome combustível.

A Toyota também fez a apresentação do modelo híbrido Yaris HSD que deverá chegar ao mercado europeu em breve. Segundo a Toyota, o design do modelo Yaris HSD apresentado no Salão de Genebra é bem parecido com o que chegará às concessionárias.

Por Andrea Gomes


O nome de uma pessoa, de uma marca ou de um produto não é escolhido à toa. Denominações de efeito, conceituais, ampliam a identificação de pessoa para pessoa e de pessoa para produto, e vice-versa. Situação semelhante a estas pode ser observada quando mencionada a Toyota Motor Sales (TMS), divisão da fabricante Toyota nos Estados Unidos.

Após votação popular pela rede mundial de computadores, o plural da linha Prius foi escolhido: Prii – especificamente para modelos híbridos da empresa. Informações da Toyota indicam que após 1,8 milhão de votos computados durante a campanha, o novo vocábulo superou outros quatro adversários (Prien, Priuses, Prius e Prium).

Aos que imaginam concepção recente estão enganados. Há cerca de uma década o plural da terminologia Prius já era debatido, justamente com foco nos modelos plug-in. Na página da votação é possível observar vídeos sobre a história do Prius.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Toyota


O mercado automotivo brasileiro obteve bons números no ano passado, fruto de investimentos das empresas, isenções de impostos até o 1º trimestre de 2010, além da economia em franca expansão, embora para 2011 o índice do Produto Interno Bruto (PIB) deve ser mais baixo – cerca de 4,60%.

O Brasil já é considerado o 4º maior mercado mundial do setor, perdendo apenas para China, Estados Unidos e Japão. Uma das montadoras de sucesso mundial, a Toyota apresenta modelos variados no Brasil. A produção de seus veículos, em Zárate, província de Buenos Aires, na Argentina, é a responsável pelo destino de muitos exemplares ao território tupiniquim.

A Toyota Mercosul, que reúne as operações da Toyota brasileira e da Toyota da Argentina, contabilizou recentemente a fabricação do veículo número 500 mil nessa planta. Esse resultado soma-se ao investimento de US$ 126 milhões na Argentina no intuito de ampliar a capacidade produtiva para 92 mil unidades anuais.

No ano passado, a Toyota Mercosul reservou mais de 99,5 mil veículos ao Brasil e cerca de 32 mil à Argentina. Unidos, os países obtiveram recorde de vendas.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Maxpress


O aumento nas vendas de veículos automotores importados no país expôs tanto pontos negativos como positivos. A implicância para a indústria brasileira é a perda de participação no mercado, algo que pode ser contido com medidas de incentivo, e o interessante, por outro lado, é a disposição em o consumidor apostar sua remuneração em unidades de preços mais elevados – denotando, grosso modo, otimismo.

Dados divulgados pela Toyota do Brasil indicam que no ano passado 99.570 unidades foram comercializadas pelo país, ascensão de 7% em comparação a 2009. O Corolla foi o modelo mais vendido entre os sedãs médios e entre as picapes médias foi o modelo Hilux.

De acordo com release divulgado pela assessoria de imprensa da montadora, o crescimento mais amplo ficou a cargo do SUV (Sport Utility Vehicle) SW4, que em 2010 abocanhou mais de 8 mil unidades entre os consumidores, bem acima das cerca de 5,8 mil de 2009 – alta de 49,1%.

Por Luiz Felipe T. Erdei


A fabricação de carros híbridos ou elétricos vem ganhando corpo em todas as partes do mundo e de experiência está se transformando em tendência e grandes montadoras pelo mundo todo estão dispostas a investir na criação, desenvolvimento e fabricação de carros ecologicamente corretos. É o que prova matéria do site G1, que informa que a Toyota tem planos de aumentar consideravelmente a sua gama de veículos híbridos.

De acordo com a matéria a empresa informou a agências de notícias internacionais que até o final de 2012 pretende lançar um total de seis novos modelos híbridos, entre modelos novos exclusivamente híbridos e versões de carros atuais com motorização híbrida. E confirmando esta disposição da montadora já em 2011 estará a venda um novo modelo com motor a combustão e elétrico que será um compacto da sua marca de luxo batizado de Lexus CT200h, de design leve, elegantemente retilíneo e obviamente luxuoso como é característica desta marca da Toyota.

Já tendo conseguido um grande sucesso no segmento de carros híbridos, principalmente com o modelo Prius lançado em 2009 que se tornou o primeiro modelo híbrido a chegar ao primeiro lugar de vendas no mercado japonês, a montadora aposta no aumento da demanda por carros com este tipo de propulsão e também nos incentivos que governos estão concedendo para a compra destes modelos. O próprio Japão é um exemplo disto, pois até este mês o governo concedia incentivos a comercialização de veículos híbridos.

Lexus CT200h

Foto: AA0on

Por Mauro Câmara


A Toyota anunciou na última quinta-feira mais um recall de seus veículos no mercado dos Estados Unidos. De acordo com a nota divulgada pela montadora, o recall envolve cerca de 1,1 milhão de unidades dos modelos Corolla e Corolla Matriz produzidos entre os anos de 2005 e 2008.

A verificação se dará no motor dos modelos, que podem apresentar defeitos de fabricação nos módulos de controle do motor. Segundo a Toyota, o motor 1ZZ-FE pode apresentar rachaduras em pontos de solda ou em outras partes da peça, o que pode causar uma parada repentina do motor com o automóvel ainda em movimento.

A Toyota esclarece que as unidades convocadas para recall foram vendidas somente nos mercados da América do Norte. Desta forma, não há unidades dos modelos convocados presentes no mercado brasileiro.

Por Luana Neves


Apesar da grande contribuição dos motores híbridos colocados nos veículos em favor do meio ambiente, o silêncio dos mesmos durante a circulação do automóvel pode ser prejudicial para os pedestres, especialmente aqueles com deficiência visual, o que pode levar a um risco maior de acidentes.

Por causa disto, a empresa japonesa Toyota anunciou nesta última terça-feira, 24 de agosto de 2010, o lançamento de um dispositivo a ser colocado nos veículos híbridos Prius, que produz um zumbido eletrônico, permitindo ao pedestre perceber a aproximação do mesmo.

O novo equipamento começará a ser comercializado no Japão no próximo dia 30 de agosto, sob o preço equivalente a R$ 263, com custo de instalação a cargo do motorista. Em todo o mundo, a Toyota já vendeu mais de 2,7 milhões de veículos híbridos até o momento.

Por Elizabeth Preático

Fontes: G1, Ribeirão Preto Online


A Toyota do Brasil está realizando um recall de veículos da divisão Lexus no Brasil. Os veículos LS460L e LS600hL, fabricados entre os anos de 2005 e 2008, segundo a montadora, podem apresentar um defeito de fabricação.

O problema foi constatado nas molas das válvulas do sistema de admissão e escape do motor dos modelos. As molas podem quebrar ou funcionar de forma irregular. Em nota, a Toyota afirmou que o erro pode interromper o funcionamento do motor com o veículo ainda em movimento.

Os proprietários dos modelos devem se informar sobre o recall através do site: www.lexusbrasil.com.br ou www.toyota.com.br e comparecer a uma das assistências autorizadas da Lexus em todo o país para realizar a verificação e possível troca da peça.

Outras informações também podem ser obtidas pelo telefone 0800 703 0206.

Por Luana Neves


É inegável e irreversível a tendência de buscar alternativas aos combustíveis poluidores que movimentam os veículos hoje pelo mundo. E cada vez mais montadoras buscam o desenvolvimento de projetos de carros ou que diminuam este impacto ambiental ou mesmo sejam movidos por outro tipo de energia que não produza os efeitos danosos que os combustíveis atuais provocam.

Dentro desta filosofia a Toyota anunciou parceria com a americana Tesla, fabricante de veículos elétricos, para o desenvolvimento de um modelo de propulsão elétrica do esportivo utilitário da marca japonesa, o SUV RAV4, com previsão, informada pelo fabricante japonês, de chegar ao mercado americano em 2012.

O Toyota RAV4 é comercializado atualmente no Brasil em uma única versão com motor de quatro cilindros 2.4 de 170CV com tração integral e reduzida.

O projeto deste elétrico é a primeira parceria entre as duas empresas após a Toyota adquirir ações ordinárias da fabricante de veículos elétricos americana que se destaca no desenvolvimento de veículos baseados nesta nova e limpa tecnologia.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carro Online, G1


A nova fábrica da Toyota no Brasil custará R$ 600 milhões. Será na cidade de Sorocaba, 96 km da capital São Paulo.

 A previsão inicial é que as obras tenham início em setembro. A linha de produção deve ser inaugurada no segundo semestre de 2012.

Serão gerados 1.500 novos empregos com esta nova instalação que produzirá, a priori, 70 mil novas unidades de um novo compacto da montadora japonesa. Este novo modelo poderá ser exportado para o exterior, mas esta opção ainda é estuda pela direção da Toyota.

Esta será a terceira unidade da montadora no país. Existe uma fábrica em São Bernardo do Campo (SP) que produz peças e outra em Indaiatuba (SP) que fabrica o Corolla.

Por VSZ


Toyota admite problemas em 270 mil veículos da linha Lexus e Crown

O problema, admitido pela Toyota, está nos motores dos seguintes modelos: Crown e Lexus GS350, GS450h, GS460, IS350, LS460, LS600h e LS600hL.

O porta-voz da montadora japonesa, Hideto Yukawa disse que o motor destes veículos podem parar subitamente devido a uma falha no funcionamento de uma válvula.

O ano de 2010 não vem sendo nada bom para a Toyota. No último dia 27 a montadora realizou recall de 17 mil unidades do modelo Lexus HS 250h, nos EUA, devido a problemas de vazamento de gasolina. Já no início deste ano, anunciou um recall envolvendo 8,5 milhões de automóveis pelo mundo, por causa de problemas com aceleração súbita.

Por VSZ


A montadora Toyota, em período de crise com diversos recalls, divulgou que as unidades atingidas podem ser unidades que foram produzidas a partir do mês de abril do ano de 2008.

Segundo a Fenabrave, nesse período foram produzidas e comercializadas cerca de 102.890 unidades de veículos.

O recall que aconteceu devido a problemas na fixação no tapete, o qual a fabricante ainda não assumiu, teve repercussão nacional e a marca divulgou uma nota prestando esclarecimentos aos proprietários dos veículos (sedã Corolla).

Embora não reconheça o problema na fixação dos tapetes, a Toyota lamenta os incidentes causados e em acordo com o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor(DPDC) irá tomar providencias.

Por José Alberi Fortes Junior


A antiga versão SE-G passou a ser chamada de Corolla Altis e está com novo motor 2.0 16V Dual VVt-i Flex. Possui um revestimento diferenciado, câmbio automático de quatro velocidades e com borboletas atrás do volante para troca de marcha.

E um detalhe, o novo motor dessa linha foi produzido no Japão exclusivamente para o Brasil com um sistema “inteligente” de válvulas de admissão e escape da câmara de combustão, além do desempenho que faz a diferença na qualidade e no bolso também.

O valor não é nada suave, mas para quem não abre mão da marca e dispõe da quantia, a versão Altis deve custar em média R$90 mil.

Por Aline Barbosa


A Toyota lançou o Corolla com motor 2.0 flexível que gera até 153cv e com cambio automático, essa versão  top de linha promete charme, conforto e silêncio com marchas mais longas.

O que parece é que o visual não recebeu alteração, mas para os fãs de motor 2.0 isso não será  importante, a potência do motor e o novo cambio seqüencial paddle-shift atrás do volante dará um toque esportivo ao carro.

Na competição entre o Corrolla e o Civic a expectativa é que o novo carro da Toyota passe a perna na Honda. Até pelo menos a chegada do Civic modelo 2011.


Para se manter na frente de seu concorrente Honda Civic, a Toyota já prepara a apresentação do seu Novo Corolla 2.0.

O novo veículo deve chegar as lojas no mês de abril e pelo que tudo indica deve agradar e muito os motoristas. Tudo isso por conta do seu motor mais potente que do Civic. O novo motor tem 150 cv, já o do Civic tem apenas 140cv.

Apesar dos preços de opcionais ainda não terem sido divulgados, acredita-se que a Toyota deva manter os valores do carro bem próximos dos atuais.

Confira a foto do carro:






CONTINUE NAVEGANDO: